Diario de Justiça do Estado de São Paulo 07/07/2016 | DJSP

Primeira Instancia do Interior parte 1

Número de movimentações: 33390

Juiz(a) de Direito: Dr(a). Fábio Alexandre Marinelli SolaVistos.O(a) requerido (a) foi regularmente citado(a) para os termos da presente ação e não embargou o pedido inicial.Constituiu-se a dívida (CPC, art. 701 §2°), em título executivo judicial, convertendo-se o mandado inicial em mandado executivo, ANOTE-SE.Na forma do artigo 513 §2°, intime-se o executado para que, no prazo de 15 (quinze) dias, pague o valor indicado no demonstrativo discriminado e atualizado do crédito, acrescido de custas, se houver.Fica a parte executada advertida de que, transcorrido o prazo previsto no art.523 sem o pagamento voluntário, inicia-se o prazo de 15 (quinze) dias para que, independentemente de penhora ou nova intimação, apresente, nos próprios autos, sua impugnação.Não ocorrendo pagamento voluntário no prazo do artigo 523 do CPC, o débito será acrescido de multa de dez por cento e, também, de honorários de advogado de dez por cento.Ademais, não efetuado o pagamento voluntário no prazo de 15 (quinze) dias, independentemente de nova intimação do credor, poderá a parte exequente efetuar pedido de pesquisas junto aos sistemas informatizados à disposição do juízo, devendo comprovar o prévio recolhimento das taxas previstas no art.2°, inc.XI, da Lei Estadual 14.838/12, calculadas por cada diligência a ser efetuada.Por fim, certificado o trânsito em julgado da decisão e transcorrido o prazo do art. 523, mediante o recolhimento das respectivas taxas, a parte exequente poderá requerer diretamente à serventia a expedição de certidão, nos termos do art.517 do CPC, que servirá também aos fins previstos no art. 782, §3°, todos do Código de Processo Civil. Int.Adamantina, 21 de junho de 2016. (Nota de Cartório: requerente recolher as custas para intimação do requerido, no prazo legal)