Superior Tribunal de Justiça 03/12/2018 | STJ

Padrão

Ministro MOURA RIBEIRO
Relator

(5793)

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.389.877 - PR (2018/0285914-4)

RELATOR : MINISTRO MOURA RIBEIRO

AGRAVANTE : C T M ADMINISTRACAO DE BENS LTDA

ADVOGADOS : JOSÉ DEVANIR FRITOLA E OUTRO(S) - PR013901

JAIRO JOSÉ BENDER JÚNIOR - PR034311

AGRAVADO : JOÃO CASILLO

AGRAVADO : CASILLO ADVOGADOS SOCIEDADE DE ADVOGADOS

ADVOGADOS : PATRICIA DE BARROS CORREIA CASILLO E OUTRO(S) -

PR022765
BIANCA FERRARI FANTINATTI - PR066455
CASILLO ADVOGADOS - SOCIEDADE DE ADVOGADOS -

PR000791
EMENTA

PROCESSO CIVIL. EMBARGOS À EXECUÇÃO. AGRAVO EM
RECURSO ESPECIAL. RECURSO ESPECIAL. INTERPOSTO NA
VIGÊNCIA DO NCPC
. INDEFERIMENTO DE PRODUÇÃO DE
PROVAS. CERCEAMENTO DE DEFESA. ALEGAÇÃO AFASTADA.
LIVRE CONVENCIMENTO MOTIVADO. REEXAME DE PROVAS.
SÚMULA Nº 7 DO STJ. AGRAVO CONHECIDO PARA NÃO

CONHECER DO RECURSO ESPECIAL
DECISÃO
C T M ADMINISTRAÇÃO DE BENS LTDA (C T M ADMINISTRAÇÃO)
opôs embargos à execução de título extrajudicial ajuizada por JOÃO CASILLO E CASILLO
ADVOGADOS - SOCIEDADE DE ADVOGADOS (JOÃO CASILLO e outro) decorrente de

contrato de prestação de serviços advocatícios.

Os embargos foram julgados improcedentes (e-STJ, fls. 245/252).

Recursos interpostos pelas partes, o acórdão do Tribunal de origem ficou assim

ementado:
Apelação cível. Embargos à execução de título extrajudicial. Contrato de

Prestação de Serviços Advocatícios.

Processos na página

2018/0285914-4