Processo de produção de etanol a partir do hidrolisado da fração hemicelulósica do bagaço de cana-de-açúcar em reator do tipo prensa

  • Número do pedido da patente:
  • PI 0505299-8 B1
  • Data do depósito:
  • 11/11/2005
  • Data da publicação:
  • 07/08/2007
  • Data da concessão:
  • 16/12/2014
Inventores:
  • Classificação:
  • C12P 7/14
    Preparação de compostos orgânicos contendo oxig?nio; / contendo um grupo hidroxila; / ac?clicos; / Etanol, i.e. n?o para bebida; / Est?gios m?ltiplos de fermenta??o; Utiliza??o de fermenta??o com diferentes tipos de micro-organismos ou reuso de micro-organismos;
    ;

PROCESSO DE PRODUÇÃO DE ETANOL A PARTIR DO HIDROLISADOR DA FRAÇÃO HEMICELULÓSICA DO BRAGAÇO DE CANA-DE-AÇÚCAR EM REATOR DO TIPO PRENSA A invenção trata de um processo de produção de etanol a partir de bagaço de cana, o qual tem como etapas principais a hidrólise branda com ácido da fração hemicelulósica do gagaço de cana seguida da extração do hidrolisado e sua posterior fermentação com a levedura Pichia stipitis. O processo pode ser realizado em diferentes condições de relação sólido: líquido, na etapa de hidrólise, e, prevê uma etapa de aclimatação da levedura Pichia stiptis, o que propicia uma maior produtividade na obtenção de etanol. O processo se passa em um reator do tipo prensa, especialmente projetado para esta finalidade, o que permite uma extração mais eficiente do hidrolisado, e, consequentemente, melhor performance do processo