Método para produção de uma vacina para proteção de um hospedeiro contra doença causada por infecção com uma cadeia de chlamydia e composição imunológica

  • Número do pedido da patente:
  • PI 9712971-2 A2
  • Data do depósito:
  • 11/07/1997
  • Data da publicação:
  • 07/05/2002
  • Prioridade unionista:
  • País Número Data
    ESTADOS UNIDOS ESTADOS UNIDOS 60/021,607 12/07/1996
Inventores:
  • Classificação:
  • C12N 15/31
    Muta??o ou engenharia gen?tica; DNA ou RNA concernentes ? engenharia gen?tica, vetores, p. ex. plasm?deos ou seu isolamento, preparação ou purifica??o; Uso de seus hospedeiros; / Tecnologia do DNA recombinante; / Fragmentos de DNA ou RNA; Suas formas modificadas; / Genes que codificam prote?nas microbianas, p. ex. enterotoxinas;
    ;
    A61K 31/70
    Prepara??es medicinais contendo ingredientes ativos orgânicos; / Carboidratos; A??cares; Derivados dos mesmos;
    ;
    A61K 39/118
    Prepara??es medicinais contendo ant?genos ou anticorpos; / Chlamydiaceae, p. ex. Chamydia trachomatis ou Chlamydia psittaci;
    ;
    C07K 14/295
    Pept?deos tendo mais de 20 amino?cidos; Gastrinas; Somatoestatinas; Melanotropinas; Derivados dos mesmos; / de bact?rias; / de Chlammydiales (O);
    ;
  • Início da fase nacional:
  • 12/01/1999
  • PCT:
  • Número: CA9700500 Data:11/07/1997
  • WO:
  • Número: 98/02546 Data: 22/01/1998

"MÉTODO PARA PRODUÇÃO DE UMA VACINA PARA PROTEÇÃO DE UM HOSPEDEIRO CONTRA DOENÇA CAUSADA COM UMA CADEIA DE CHLAMYDIA E COMPOSIÇÃO IMUNOLÓGICA". Ácido nucléico, incluindo DNA, imunização para gerar um replicante imune para proteção em um hospedeiro, incluindo seres humanos, para uma proteína de membrana externa principal de uma cadeia de Chlamydia, preferivelmente uma seqüência de nucleotídeos codificando um MOMP ou fragmento de MOMP que gera anticorpos que especialmente reagem com MOMP e uma seqüência operacionalmente acoplada a primeira seqüência para expressão do MOMP no hospedeiro. O vetor não replicante pode ser formulado com um carreador farmaceuticamente aceitável para administração "in vivo" no hospedeiro.