Braço de suspensão e conjunto de suspensão traseiro de veículo automotor

  • Número do pedido da patente:
  • PI 1004650-0 A2
  • Data do depósito:
  • 26/11/2010
  • Data da publicação:
  • 12/03/2013
Inventores:
  • Classificação:
  • B60G 11/00
    Suspens?es el?sticas caracterizadas pela disposi??o, localiza??o ou tipo das molas;
    ;

BRAÇO DE SUSPENSÃO E CONJUNTO DE SUSPENSÃO TRASEIRO DE VEÍCULO AUTOMOTOR. A presente invenção se refere a um braço de suspensão que compreende caracteristicas técnicas e funcionais capazes de aumentar a capacidade de carga dos veículos automotores, em especial, veículos do tipo pick up de pequeno porte. Mais especificamente a presente invenção refere-se a um braço de suspensão e um conjunto de suspensão traseiro de veículo que compreende um número reduzido de peças e, principalmente os referidos braços de suspensão são formados por uma estrutura única.

Página de 1

Documento

“BRAÇO DE SUSPENSÃO E CONJUNTO DE SUSPENSÃO TRASEIRO DE

VEÍCULO AUTOMOTOR”

Campo da Invenção

A presente invenção refere-se uma suspensão traseira para 5 veículo, em especial veículo de carga de pequeno porte. Mais especificamente, a presente invenção refere-se a um braço de suspensão utilizado no conjunto de suspensão traseiro de um veículo, o qual compreende características técnicas inovadoras capazes de promover, dentre outros efeitos, o aumento da capacidade de carga do veículo.

10    Mais particularmente, a presente invenção se refere a um braço

para o conjunto de suspensão traseira de veículos, que compreende

características técnicas e funcionais capazes de, além de elevar a capacidade

de carga dos veículos, simplificar e reduzir custos no processo de fabricação e *

montagem dos conjuntos de suspensão traseiras de veículos, 15 preferencialmente do tipo pick-up de pequeno porte, sem com isso, necessitar de qualquer alteração nas estruturas do chassis dos referidos veículos.

Fundamentos da Invenção

Atualmente, como deve ser apreciado no mercado automotivo, as empresas montadoras e suas empresas fornecedoras de auto peças disputam 20 um mercado muito competitivo, no qual os consumidores exigem cada vez mais veículos com características capazes de agradar tanto os aspectos estéticos de design, como os aspectos relacionados à funcionalidade e durabilidade das peças, de modo que, as montadoras possam disponibilizar no mercado veículos diferenciados e atrativos quando comparados aos veículos 25 de outras montadoras.

Neste sentido, muitas empresas fornecedoras de auto peças possuem equipes de pesquisas e desenvolvimentos que constantemente trabalham em busca de obter tecnologias diferenciadas e capazes de proporcionar vantagens competitivas no mercado e fornecer novos produtos às montadoras.

Esse tipo de atividade é muito comum nas indústrias para se obtér o aperfeiçoamento e desenvolvimento de peças capazes de melhorar os 5 veículos automotores, seja para melhorar o rendimento, a potência, a capacidade de transporte, ou seja, os aspectos técnicos e funcionais, como também, busca-se obter reduções de custos e simplificações nos processos de fabricação e montagem das peças e, conseqüentemente, do veículo como um todo. Logicamente, o objetivo de todos esses desenvolvimentos é desenvolver 10 um veículo modernos, com custos reduzidos, de alta performance e durabilidade.

Os veículos automotores utilizam diversos tipos de conjunto de suspensão, o que vai depender das características gerais do veículo. Dentre aqueles comumente chamados de pick-up de pequeno porte, por exemplo, o modelo VW Saveiro, o conjunto de suspensão traseiro é compreendido por 15 uma série de peças encaixadas e soldadas entre si;

Nos conjuntos de suspensão traseiros de veículos, verifica-se que há uma peça, denominada braço de suspensão, que é disposta nas extremidades do conjunto de suspensão para fornecer a sustentação do conjunto de suspensão em relação ao chassis do veículo, bem como para 20 fixação do conjunto de rodagem do veículo, tais como: rolamento, bandeja, roda, tambor, etc. Assim, o conjunto de suspensão traseiro dos veículos compreende dois braços de suspensão, interligados por meio de uma barra transversal de maneira a interligar as duas rodas traseiras do veículo.

Apesar de se mostrarem füncionais até o momento, verificou-se 25 que esses conjuntos de suspensão traseiros conhecidos no estado da técnica revelam alguns inconvenientes, principalmente com relação às limitações de capacidade de carga nas caçambas desse tipo de veículo.

Isso porque, os referidos conjuntos de suspensão traseiros do

estado da técnica compreendem braços de suspensão constituídos por uma série de “sub peças”, cada qual fabricada a partir de chapas de aço estampadas que, posteriormente, são soldadas entre si. Assim, em virtude dessa configuração, o dimensionamento e a capacidade de carga do veículo 5 acabam limitados à estrutura e pluralidade de regiões de solda que o conjunto de suspensão possui, em especial, os diversos pontos de solda necessários para fabricação do braço de suspensão.

Além disso, esse tipo de braço de suspensão do estado da técnica revela problemas durante o processo de fabricação e montagem, tanto 10 do braço, como do conjunto de suspensão do veículo. Mais especificamente, verifica-se que o processo de fabricação é relativamente complexo, pois esses braços compreendem uma série de “sub peças” que são fabricadas separadamente e posteriormente encaixadas e soldadas entre si. Com isso, é necessário que o fabricante desse braço de suspensão disponha de uma 15 estrutura fabril grande capaz de comportar a acomodação de ferramentais próprios para a estampagem individual de cada “sub-peça”, bem como equipamentos de soldas próprios para a soldagem dessas “sub peças”.

Além dos inconvenientes acima relatados, como deve ser apreciado pelos técnicos no assunto, esse tipo de processo de fabricação e 20 montagem do braço de suspensão requer muitas etapas passíveis de acarretar em erros. Isso porque, como existem muitas peças ou “sub peças”, há a necessidade de formar muitos pontos, ou regiões, de soldas entre essas “sub peças”, bem como a estampagem individual de cada “sub peça” e seus devidos posicionamentos para que seja possível proceder com a etapa de soldagem.

25    Em vista desses diversos pontos passíveis de falhas, torna-se

evidente que, além de limitar a capacidade de cargas dos veículos, os custos de fabricação do braço são relativamente altos, o que acaba refletindo diretamente nos custos e complexidade do processo de montagem do conjunto

de suspensão traseira desses veículos.

Portanto, resta claro que os braços de suspensão, bem como os conjuntos de suspensão traseiros.de veículos conhecidos no estado da técnica revelam inconvenientes e limitações relacionados à complexidade e custos 5 elevados nos processos de fabricação e montagem, mas principalmente acarretam em limitações funcionais quanto à capacidade de carga dos veículos automotores.

Descrição Resumida da Invenção

Assim, diante do acima exposto, é objetivo da presente invenção 10 um braço de suspensão, bem como um conjunto de suspensão traseiro de veículos automotores que compreende características técnicas e funcionais capazes de superar os inconvenientes e limitações do estado da técnica de forma objetiva e eficiente.

Mais especificamente, é objetivo da presente invenção um braço 15 de suspensão constituído por uma única peça fundida em ferro capaz de elevar a capacidade de carga de veículos automotores sem a necessidade de alterar as configurações originais do chassis.

Também é objetivo da presente invenção prover um braço de suspensão que simplifica consideravelmente o processo e os custos de 20 fabricação e montagem dos conjuntos de suspensão traseiros de veículos automotores.

Ainda, outro objetivo da presente invenção é prover um conjunto de suspensão traseiro de veículo que compreende um braço que permite simplificar os processos de montagem do conjunto e do veículo automotor, 25 reduzindo-se custos e, principalmente, resultando no aumento da capacidade de carga desses veículos.

Descrição Resumida das Figuras

Estes e outros objetivos, aperfeiçoamentos e efeitos técnicos

alcançados pelo braço de suspensão e pelo conjunto de suspensão traseiro para veículos automotores, segundo a presente invenção, serão aparentes aos técnicosmo assunto a partir da descrição detalhada a seguir que faz referência às figuras esquemáticas anexas a título exemplificativo, sendo que:

5    A Figura 1 representa uma vista superior de um braço de

suspensão segundo a presente invenção;

A Figura 2 representa uma vista de um detalhe do braço de suspensão ilustrado na Figura 1;

A Figura 3 representa uma vista inferior do braço de suspensão 10 ilustrado na Figura 1;

A Figura 4 representa uma vista semelhante à ilustrada na Figura 1, mas em linhas de contorno;

A Figura 5 representa um conjunto de suspensão traseiro para veículos automotor, segundo a presente invenção.

15    Descrição Detalhada da Invenção

De acordo com as figuras acima indicadas, o braço para suspensão, objeto da presente invenção compreende uma estrutura 1 constituída de um único corpo formado em ferro, a partir de um processo de fundição em um molde.

20    Mais especificamente, a estrutura 1 do braço para suspensão

compreende uma configuração formada por uma bandeja 2 de apoio de mola de suspensão, sendo dotado, em uma extremidade adjacente à dita bandeja 2, de um flange 3 de fixação de um conjunto de rodagem do veículo, e na outra extremidade são dispostos, de forma adjacentes, as conexões 4 e 5, 25 respectivamente para o encaixe de uma haste de interligação 6, e para a fixação do referido braço na estrutura do chassis do veículo.

Adicionalmente, o referido braço para suspensão, segundo a presente invenção, compreende um ressalto 7 dotado de orifício 8, através do qual é fixado um amortecedor.

Na face posterior do braço para suspensão, objeto da presente invenção, compreende nervuras 9 dispostas na região da dita bandeja‘2, cuja finalidade é reduzir a quantidade de matéria prima utilizada durante o processo 5 de moldagem, assegurando, no entanto, com o aumento da capacidade de carga do braço.

Ainda, a estrutura 1 do braço para suspensão possui reentrâncias 10 espalhadas sobre a superfície superior e inferior cuja finalidade é promover, além da redução de matéria prima, formar uma configuração que assegura, 10 durante o processo de moldagem, o adequado resfriamento do metal fundido, de modo a promover uma distribuição mais uniforme do metal e, com isso, eliminar eventuais pontos fragilizados na estrutura quando de sua finalização.

Em uma realização preferencial, a referida estrutura 1 é moldada a partir da fundição de ferro fundido em um molde, sendo que o referido ferro é 15 vantajosamente do tipo nodular da liga GGG40.

De acordo com a Figura 5, observa-se um conjunto de suspensão traseiro para veículos automotores, preferencialmente do tipo pick up de pequeno porte, tal como o modelo Volkswagen Saveiro.

O conjunto de suspensão traseiro, segundo a presente invenção, 20 compreende dois braços de suspensão, cada qual constituído por uma estrutura 1 única formada a partir da moldagem por fundição de um metal do tipo ferro fundido nodular. Sendo que os referidos braços de suspensão são interligados por meio de uma hastes transversal 6, a qual é fixada por meio de conexão 4 da estrutura 1.

25    O conjunto de suspensão traseiro, segundo a presente invenção

consegue aumentar a capacidade de carga dos veículos em cerca de 12-20% da capacidade convencional. Sem alterar significativamente as demais características do veículo, pois componentes ligados a absorção de impacto

como mola, amortecedor e batentes, devem ser adaptados a nova especificação de carga estabelecida. Isso porque, compreende braços de suspensão formados a partir de uma estrutura 1 de corpo único, que compreende uma configuração formada por uma bandeja 2 de apoio de mola 5 de suspensão, sendo dotado, em uma extremidade adjacente à dita bandeja 2, de um flange 3 de fixação de um conjunto de rodagem do veículo, e na outra extremidade são dispostos, de forma adjacentes, as conexões 4 e 5, respectivamente para o encaixe de uma haste de interligação 6, e para a fixação do referido braço na estrutura do chassis do veículo.

10    De acordo com o acima exposto, verifica-se que o braço e o

conjunto de suspensão, segundo a presente invenção, conseguem simplificar consideravelmente os processos de fabricação e montagem de veículos automotores e, principalmente, possibilita o aumento da capacidade de carga, sem exigir qualquer alteração estrutural do chassis do veículo.

Reivindicações

1.    BRAÇO    DE    SUSPENSÃO    TRASEIRO    DE    VEÍCULO

AUTOMOTOR,    caracterizado por compreender uma estrutura    (1)    constituída

por um corpo único formado a partir da moldagem por fundição de ferro em um

5 molde.

2.    BRAÇO    DE    SUSPENSÃO    TRASEIRO    DE    VEÍCULO

AUTOMOTOR, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de que a estrutura (1) é formada a partir de ferro fundido nodular, do tipo GGG40.

3.    BRAÇO    DE    SUSPENSÃO    TRASEIRO    DE    VEÍCULO

10 AUTOMOTOR, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de

que a estrutura (1) compreende uma configuração formada por uma bandeja (2) de apoio de mola de suspensão, sendo dotado, em uma extremidade adjacente à dita bandeja (2), de um flange (3) de fixação de um conjunto de rodagem do veículo, e na outra extremidade são dispostos, de forma 15 adjacentes, as conexões (4) e (5), respectivamente de encaixe de uma haste de interligação (6), e de fixação do referido braço na estrutura do chassis de um veículo.

4.    BRAÇO DE SUSPENSÃO TRASEIRO DE VEÍCULO AUTOMOTOR, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de

20 que compreende um ressalto (7) dotado de orifício (8) de fixação de um amortecedor.

5.    BRAÇO DE SUSPENSÃO TRASEIRO DE VEÍCULO AUTOMOTOR, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de que a face posterior da estrutura (1) compreende nervuras (9) dispostas na

25 região da dita bandeja (2).

6.    BRAÇO DE SUSPENSÃO TRASEIRO DE VEÍCULO AUTOMOTOR, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de que a estrutura (1) compreende reentrâncias (10) espalhadas sobre a superfície superior e inferior.

7.    CONJUNTO DE SUSPENSÃO TRASEIRO DE VEÍCULO AUTOMOTOR, caracterizado por compreender braços de suspensão constituídos por estruturas (1) constituída por um corpo único formado a partir

5 da moldagem por fundição de ferro em um molde, interligados por meio de uma haste transversal (6).

8.    CONJUNTO DE SUSPENSÃO TRASEIRO DE VEÍCULO AUTOMOTOR, de acordo com a reivindicação 7, caracterizado pelo fato de que a dita estrutura (1) dos ditos braços compreende uma configuração

10 formada por uma bandeja (2) de apoio de mola de suspensão, sendo dotado, em uma extremidade adjacente à dita bandeja (2), de um flange (3) de fixação de um conjunto de rodagem do veículo, e na outra extremidade são dispostos, de forma adjacentes, as conexões (4) e (5), respectivamente de encaixe de da haste de interligação (6), e fixação na estrutura do chassis do veículo.

15    9. CONJUNTO DE SUSPENSÃO TRASEIRO DE VEÍCULO

AUTOMOTOR, de acordo com a reivindicação 7, caracterizado pelo fato de ser um conjunto de suspensão traseiro de veículos automotores do tipo pick up de pequeno porte.

10. CONJUNTO DE SUSPENSÃO TRASEIRO DE VEÍCULO

20 AUTOMOTOR, de acordo com a reivindicação 7, caracterizado pelo fato de aumentar a capacidade de carga dos veículos em cerca de 12-20% da capacidade convencional, sem alterar as demais características do veículo.

1/3



FIG. 4


N3

CO

CO

CO

FIG.5


Resumo

“BRAÇO DE SUSPENSÃO E CONJUNTO DE SUSPENSÃO TRASEIRO DE

VEÍCULO AUTOMOTOR”

A presente invenção se refere a um braço de suspensão que 5 compreende características técnicas e funcionais capazes de aumentar a capacidade de carga dos veículos automotores, em especial, veículos do tipo pick up de pequeno porte. Mais especificamente a presente invenção refere-se a um braço de suspensão e um conjunto de suspensão traseiro de veículo que compreende um número reduzido de peças e, principalmente os referidos 10 braços de suspensão são formados por uma estrutura única.