Uso de baixas doses de dna plasmideal no controle da resposta imune e vacina para tratar doenças auto-imunes, inflamatórias, alérgicas e/ou infecciosas

  • Número do pedido da patente:
  • PI 0700698-5 A2
  • Data do depósito:
  • 16/02/2007
  • Data da publicação:
  • 09/08/2005
Inventores:
  • Classificação:
  • A61K 48/00
    Prepara??es medicinais contendo material gen?tico o qual ? inserido nas c?lulas dos corpos vivos para tratar doen?as gen?ticas; Geneterapia;
    ;
    A61P 37/08
    F?rmacos para o tratamento de dist?rbios imunol?gicos ou al?rgicos; / Agentes antial?rgicos;
    ;
    A61K 31/713
    Prepara??es medicinais contendo ingredientes ativos orgânicos; / Carboidratos; A??cares; Derivados dos mesmos; / Compostos tendo tr?s ou mais nucleos?dios ou nucleot?dios; / ?cidos nucleicos ou oligonucleot?dios de dupla espirala??o;
    ;
    A61P 37/02
    F?rmacos para o tratamento de dist?rbios imunol?gicos ou al?rgicos; / Imunomoduladores;
    ;

USO DE BAIXAS DOSES DE DNA PLASMIDEAL NO CONTROLE DA RESPOSTA IMUNE E VACINA PARA TRATAR DOENÇA SAUTO-IMUNES, INFLAMATÓRIAS, ALÉRGICAS E/OU INFECCIOSAS. A presente invenção se refere ao uso de baixas doses de DNA plasmideal capaz de inibir a acidificação das vesículas endossomais/lisossomais, após sua fagocitose, inibindo assim, a ação de proteases e conseqUentemente, a inibição de apresentação de peptídeos antigênicos, no contexto de moléculas de histocompatibilidade do tipo II (MHC II) para o receptor TCR de células T CD4, que após ativação, desencadeia vários processos de resposta imune específica.