Fonte de iluminação das escalas dos medidores de fluxos de gases medicinais, com luzes coloridas, com ajuste da intensidade luminosa

  • Número do pedido da patente:
  • PI 0700383-8 A2
  • Data do depósito:
  • 24/01/2007
  • Data da publicação:
  • 09/09/2008
Inventores:
  • Classificação:
  • G01F 15/06
    Detalhes ou acessórios de aparelhos dos grupos desde que esses detalhes ou acessórios n?o sejam adaptados a tipos especiais desses aparelhos; / Dispositivos de indicação ou registro, p. ex. para indicação remota;
    ;

FONTE DE ILUMINAÇÃO DAS ESCALAS DOS MEDIDORES DE FLUXOS DE GASES MEDICINAIS, COM LUZES COLORIDAS, COM AJUSTE DA INTENSIDADE LUMINOSA. Descreve-se um dispositivo de iluminação de fundo colorido, que serve para facilitar a visualização e rápida identificação do produto ou gás medicinal fornecido para uso em ambientes de baixa luminosidade, cuja intensidade luminosa ode ser alterada através da corrente elétrica aplicada através de seus terminais. É constituido de um conjunto de placas de plástico, onde sobre uma película reflexiva branca coloca-se uma placa transparente de plástico, na qual numa das superfícies é aplicado um verniz misturado com corante, em forma de pintas minúsculas eqúidistantes, de tamanhos que variam conforme a distância que ficam da fonte de luz, de maneira que na parte posterior do rotâmetro de cada gás medicinal forma uma faixa com cor padrão normalizado; e uma fonte de luz branca na parte lateral da placa com intensidade que pode ser ajustada conforme a corrente elétrica aplicada aos seus terminais; e sobre esta uma película translúcida para dispersar a luz de maneira a tornar difusos os contornos das pintas coloridas.

Página de 1

Documento

FONTE DE ILUMINAÇÃO DAS ESCALAS DOS MEDIDORES DE FLUXOS DE GASES MEDICINAIS, COM LUZES COLORIDAS, COM AJUSTE DA INTENSIDADE LUMINOSA

A presente invenção refere-se a um dispositivo de iluminação do fundo do bloco de rotâmetros utilizados para controle de fluxos de gases medicinais, colorido, para facilitar a visualização e rápida identificação do gás medicinal fornecido, principalmente para uso em ambientes de baixa luminosidade.

Convencionalmente os dispositivos provedores de gases, geralmente fluxômetros ou rotâmetros não possuem sistemas de iluminação de fundo, colorido, o que causa muita dificuldade de identificação de gases utilizados, principalmente em ambientes com iluminação reduzida, como ocorre comumente em salas de cirurgia de hospitais que empregam, por exemplo, a técnica de videolaparoscopia. Para melhorar a leitura nesse tipo de ambiente os fabricantes dos dispositivos de dosificação de gases através dos fluxômetros ou rotâmetros empregam um sistema de retro-iluminação por lâmpadas ou outras fontes de luz, só de uma cor e de intensidade única, para permitir uma melhor visualização da escala de medição do fluxo de gás, outra técnica utilizada é o emprego de uma placa plástica condutora de luz, cuja fonte de luz incide numa das laterais e durante o seu trajeto internamente à placa encontra obstáculos, gerados através de uma das superfícies opacas, que faz com que esta luz se espalhe de modo a sair pela superfície transparente, dando a sensação de iluminação de fundo. A superfície opaca geralmente é realizada através de vernizes que corroem o plástico, formando estruturas que se transformam em obstáculos à trajetória da luz.

Esta última técnica é amplamente utilizada para iluminação de fundo (“backlight”) dos displays de cristal líquido, dipositivo amplamente utilizado na informática e mais recentemente em eletrônica de consumo. Contudo, a grande desvantagem deste sistema é que a simples iluminação de fundo não permite a fácil identificação do gás que está sendo administrado ao paciente, além da distribuição irregular da luz, exigindo outras formas de identificação, tipicamente leds (diodos emissores de luz) ao lado de texto escrito, texto esse de difícil leitura em ambientes de pouca luminosidade; isso prejudica o desempenho da equipe médica na sala cirúrgica, pois seria necessário o uso de outras fontes de luzes para a visualização do texto que muitas vezes atrapalham o manuseio dos equipamentos ou mesmo ofuscando a visualização de monitores de vídeo na técnica de videolaparoscopia. Os dispositivos empregados até o momento como fundos de iluminação de rotâmetros ou fluxômetros não permitem a variação de intensidade, quando muito intensa pode prejudicar a técnica de cirurgia por videolaparoscopia e quando muito fraca não é possível a visualização.

A presente invenção tem como primeiro objetivo prover um painel de iluminação de fundo dos equipamentos, colorido, para que o rotâmetro ou o fluxômetro do gás medicinal seja iluminado pela sua cor padronizada pela norma de equipamentos médico-hospitalar. Na anestesia geral inalatória, por exemplo, os rotâmetros terão os fundos iluminados com as cores conforme padrão de cores das normas brasileira .e americana, onde são utilizados para os gases: oxigênio, óxido nitroso e ar comprimido, as cores verde, azul e amarelo, respectivamente, e, no padrão europeu: branco, azul e xadrez (branco e preto), respectivamente para oxigênio, oxido nitroso e ar comprimido.

A presente invenção tem como um segundo objetivo prover um painel de pequena espessura.

A presente invenção tem como um terceiro objetivo prover uma fonte de luz que possa ter sua intensidade controlada.

A presente invenção tem como um quarto objetivo prover uma placa de iluminação com luz colorida com pluralidade de formas e desenhos de diversas cores para reproduzir quaisquer normas de cores para gases medicinais.

A presente invenção tem como quinto objetivo prover uma fonte de luz de fundo para iluminação de painéis de medição de gases medicinais de baixo custo.

De acordo com a presente invenção, é proporcionada uma forma de iluminação de fundo para fácil visualização das escalas dos rotâmetros e a rápida identificação do gás medicinal a ter seus fluxos freqüentemente reajustados durante as cirurgias, mesmo em ambientes com pouca luminosidade.

Os objetivos da presente invenção são alcançados por um conjunto de placas de plástico, onde uma película branca reflexiva que pode ser particularmente de um filme comum de PVC branco, sobre a qual uma placa transparente de plástico, particularmente podendo ser de acrílico, a qual numa das superfícies é aplicado, por exemplo, por meio de técnicas de silk-screen, um verniz do tipo que reage com o plástico, misturado com corante, em forma de pintas minúsculas eqüidistantes, de tamanhos que variam conforme a distância que ficam da fonte de luz para se ter assim um reticulado que permite um espalhamento uniforme de luz colorida, de maneira que na parte

posterior do rotâmetro de cada gás medicinal forma uma faixa com cor padrão normalizado para cada gás; e uma fonte de luz branca na parte lateral da placa com intensidade que pode ser ajustada conforme a corrente elétrica aplicada aos seus terminais iluminando as pintas, montado sobre o filme branco reflexivo, com superfície pintada para o mesmo e sobre esta placa transparente uma película translúcida para dispersar a luz de maneira que tornam difusos os contornos das pintas coloridas.

A figura 1 é um vista explodida de um painel de iluminação de fundo colorido para identificação de gases medicinais.

A figura 2 é um corte transversal do painel mostrando o detalhe da fonte de luz, o seu acoplamento ao painel plástico.

A figura 3 é uma vista do dispositivo com as faixas de cores demarcadas.

A figura 4 é um exemplo de um reticulado aplicado à superfície onde são criados dispersores nas cores: amarelo, azul e verde com faixas longitudinais.

A figura 5 é um outro exemplo de reticulado aplicado à superfície onde são criados padrões na cor branca em sua maioria e com pequenas faixas transversais nas cores amarelo, azul e verde.

A figura 6 é um outro exemplo de reticulado aplicado à superfície onde são criados os padrões complexos como o europeu de identificação de gases, onde há uma pequena faixa longitudinal xadrez indicando ar comprimido, faixa longitudinal em azul indicando óxido nitroso e uma última faixa longitudinal branca indicando oxigênio.

A figura 7 mostra o detalhe da matriz de pontos básica para aplicação das cores mostrando a variação de áreas das pintas conforme a distancia da fonte.

A figura 8 é uma fonte de luz branca em cujos terminais aplica-se corrente elétrica para controlar a intensidade luminosa.

A descrição detalhada que se segue em conjunto com as figuras, uma aplicação típica do invento, apresentado a título de exemplo não limitativo, torna claro a invenção. Com referência à Figura 1 a 3 dos desenhos, é mostrado um painel de iluminação de fundo colorido para identificação de gases medicinais de acordo com a invenção genericamente indicada pela referência numérica (1) para fornecimento de iluminação de fundo para rotâmetros de gases e rápida identificação do gás a ter seu fluxo ajustado. O dispositivo (1) é composto de quadro metálico (4) para fixação e suporte do conjunto dos painéis e fontes de luz, painel refletor de luz (2), preferencialmente na cor branca, painel plástico ou acrílico transparente condutor de luz (3) com impressão da matriz de pontos de encontro ao quadro metálico (4), fonte de luz branca (5) cuja intensidade pode ser alterada conforme corrente aplicada aos seus terminais, refletor flexível (6) que envolve a fonte luminosa, painel translúcido difusor de luz (7).

A figura 2 mostra o detalhe da fonte de luz (5) e seu acoplamento óptico ao painel plástico ou acrílico condutor de luz (3), que se encontra envolvido por um refletor flexível (6) para aproveitamento total da fonte luminosa, a luz emitida assim adentra o painel plástico (3) e devido aos ângulos de incidência nas superfícies e dos índices de refração do meio condutor e ar, este tendería a percorrer toda a trajetória sem extravasar para a parte exterior do

painel plástico transparente (3) devido a reflexões totais. De acordo com a invenção, numa das superfícies deste mesmo painel plástico (3) são gerados pequenas estruturas rugosas translúcidas coloridas ou não que adentram esta superfície, constituindo obstáculos à livre passagem direta da luz. Estes pequenos obstáculos, ou estruturas translúcidas podem ser obtidos, por exemplo, por usinagem mecânica do plástico ou de outra maneira por aplicação de solventes líquidos impregnados de tinta colorida ou não, que corroem a superfície do painel plástico ou acrílico transparente (3). A luz encontrando em sua trajetória linear estas pequenas estruturas espalha-se por todas as direções e os feixes de luz que se direcionam para a outra superfície num ângulo de incidência que permita a sua saída faz com que haja luminosidade direcionada para esta superfície. Quando estas estruturas são coloridas, a luz refletida toma a cor das mesmas, assim permitindo que haja luminosidade colorida. Para maior aproveitamento da luz coloca-se sob a superfície impressa com a matriz de pontos (10), logo abaixo do painel plástico (3) e entre o quadro metálico (4) um painel refletor de luz, aumentando assim a luminosidade do painel de iluminação de fundo. Na superfície oposta ao da impressão da matriz de pontos (10) do painel plástico (3) é colocado um painel translúcido difusor de luz (7) para que haja uma sensação de continuidade de intensidade luminosa.

A figura 3 apresenta um exemplo de um painel de iluminação de fundo colorido (1) dividido em três faixas longitudinais, cujo painel plástico transparente (3) é impresso com a matriz de pontos (10) apresentado na figura 4, este painel (1) aplicado a um rotâmetro de

aparelho de anestesia (não mostrado) segue o padrão de cores para gases medicinais brasileiro e americano.

A figura 5 apresenta um segundo exemplo de matriz de pontos que podem ser impressos no painel plástico transparente (3) para atender ao padrão de cores de gases medicinais: brasileiro e americano.

A figura 6 apresenta um exemplo de matriz de pontos que podem ser impressos no painel plástico transparente (3) para atender ao padrão de cores de gases medicinais europeu.

A figura 7 apresenta parcialmente a matriz de pontos que otimiza e uniformiza a intensidade luminosa em toda a superfície vísivel do painel de iluminação de fundo colorido (1), cada ponto pode assumir diversas formas, quadrado, triângulo, hexágono, circular, no exemplo apresentado são quadrados que têm dimensões aumentadas à medida que se afastam da fonte de luz e dimensões reduzidas medida que se aproximam da fonte de luz, o mesmo vale para as outras formas. As dimensões reduzidas próximas à fonte de luz faz com que pequena parte do feixe atinja as pequenas estruturas obstáculo e à medida que se afastam da fonte de luz as dimensões maiores dessas estruturas permitem que as menores intensidades de luz que as alcançam sejam espalhadas permitindo assim uniformidade de intensidade luminosa em toda a superfície do painel de iluminação de fundo (1).

A figura 8 apresenta a fonte de luz branca (5) que pode ter sua intensidade alterada através da corrente elétrica que se aplica através de seus terminais (22) e (23).

REIVINDICAÇÕES

FONTE DE ILUMINAÇÃO DAS ESCALAS DOS MEDIDORES DE FLUXOS DE GASES MEDICINAIS, COM LUZES COLORIDAS, COM 5    AJUSTE DA INTENSIDADE LUMINOSA

10


15


1.    Painel para Iluminação de fundo das escalas de medidores de gases, com luz colorida padronizada de cada gás medicinal em uso, caracterizado por ter um conjunto de placas translúcidas superpostas com desenhos ou padrões luminosos coloridos com uso de fonte de luz branca na lateral.

2.    Um conjunto    de placas    translúcidas de    acordo com    a

reivindicação 1 caracterizado por ser composta de uma película reflexiva, uma placa transparente com os desenhos ou padrões gravados numa das superfícies e uma película difusora de luz de pequena espessura.

3.    Uma placa transparente com os desenhos ou padrões gravados

numa das superfícies    de    acordo    com    a    reivindicação    2

caracterizado por ser em forma de retículos de pontos.

4.    Retículos de    pontos    de    acordo    com    a    reivindicação    3

caracterizado por terem estes pontos áreas maiores à medida que estão mais distantes da fonte.

5.    Retículos de    pontos    de    acordo    com    a    reivindicação    3

caracterizado por terem estes pontos coloridos.

6.    Fonte de luz branca conforme a reivindicação 1 caracterizado por ter um ajuste da intensidade luminosa.

5


7.    Retículos de pontos coloridos de acordo com as reivindicações 3 e 5 caracterizado por poderem ter desenhos ou padrões que emitem luzes coloridas em regiões distintas.

8.    Gravações de retículos de acordo com as reivindicações 3 caracterizado por serem gravações que os corantes invadem o interior da espessura da placa desgastando ou penetrando através da superfície da placa transparente.

# ••• • • •• • • ••• • • • •• •••#• ••

• • • • • • • • • • •



• • • •



Figura 2



3/7



Figura 4


• •

• •• •

• • • •

• • •

• •

• • •

• • •

• • •

• • • *

• •

• •



•    •••    • f•«    ♦    •    •

• • • « ••••• • •

••• * • • • • •

• • •

*

m


Figura 5




Figura 6


9»    ••

• • •


CO






■»




s



:::



Figura 7


7/7


■    I •    t

t •    ••    •    •    •    •    »    •••    •

»    4    *••••«•»    •    <

• •••• ••• •


Figura 8


* •

• • •

9

999

9

9 9

6

*

9 9

9

9

9

9 9

9

9 9

• •

99

9

9

9

9 9

• •

9

9 9

9

99

9

. •

9

9

9

9 9 » 9

9

9

9

1/1

RESUMO

FONTE DE ILUMINAÇÃO DAS ESCALAS DOS MEDIDORES DE FLUXOS DE GASES MEDICINAIS, COM LUZES COLORIDAS, COM AJUSTE DA INTENSIDADE LUMINOSA

Descreve-se um dispositivo de iluminação de fundo colorido, que serve para facilitar a visualização e rápida identificação do produto ou gás medicinal fornecido para uso em ambientes de baixa luminosidade, cuja intensidade luminosa pode ser alterada através da corrente elétrica aplicada através de seus terminais. É constituído de um conjunto de placas de plástico, onde sobre uma película reflexiva branca coloca-se uma placa transparente de plástico, na qual numa das superfícies é aplicado um verniz misturado com corante, em forma de pintas minúsculas eqüidistantes, de tamanhos que variam conforme a distância que ficam da fonte de luz, de maneira que na parte posterior do rotâmetro de cada gás medicinal forma uma faixa com cor padrão normalizado; e uma fonte de luz branca na parte lateral da placa com intensidade que pode ser ajustada conforme a corrente elétrica aplicada aos seus terminais; e sobre esta uma película translúcida para dispersar a luz de maneira a tornar difusos os contornos das pintas coloridas.