Cmara de ionização totalmente polimérica

  • Número do pedido da patente:
  • PI 0504101-5 A2
  • Data do depósito:
  • 13/05/2005
  • Data da publicação:
  • 06/05/2008
Inventores:
  • Classificação:
  • G01N 23/08
    Investiga??o ou an?lise de materiais pelo uso da radia??o de ondas ou part?culas n?o abrangidas pelo grupo ou , p. ex. raios-X, n?utrons; / pela transmiss?o de radia??o atrav?s do material; / e medindo a absor??o; / usando meios el?tricos de detec??o;
    ;

CMARA DE IONIZAÇÃO TOTALMENTE POLIMÉRICA. O presente modelo de utilidade refere-se a um detector de radiação ionizante constituído de partes poliméricas, que apresenta robustez e baixo custo, cuja a função é mensurar a dose que um feixe de radiação ionizante deposita no ar a uma certa distância da fonte de radiação. O detector é constituído de dois eletrodos (11 e 12) na forma de filme de polímero condutor elétrico polianilina (PANI) depositados sobre suportes (9 e 10) poliméricos não condutor poli(metacrilato de metila) (PMMA). Os eletrodos são dispostos paralelamente um ao outro e uma diferença de potencial é aplicada para gerar um campo elétrico na camada de ar entre eles. Uma fonte de radiação ionizante (6) produz uni feixe de radiação que incide perpendicularmente aos eletrodos. A interação da radiação com o detector produz a coleta de cargas nos eletrodos, que irá circular pelas sulcos (13 e 14) também condutores de PANI, constituindo uma intensidade de corrente elétrica proporcional a dose de radiação ionizante e pode ser mensurada utilizando um eletrômetro (8) qualquer.