Telefone público com regulagem de altura

  • Número do pedido da patente:
  • MU 8301505-1 Y1
  • Data do depósito:
  • 27/05/2003
  • Data da publicação:
  • 01/03/2005
  • Data da concessão:
  • 05/08/2014
Inventores:
  • Classificação:
  • H04M 1/11
    Equipamentos de subesta??o, p. ex. para uso pelos assinantes; / Características estruturais dos aparelhos telef?nicos; / Suportes para aparelhos telef?nicos, p. ex. incluindo apoio para os bra?os;
    ;
    H04M 1/12
    Equipamentos de subesta??o, p. ex. para uso pelos assinantes; / Características estruturais dos aparelhos telef?nicos; / Suportes para aparelhos telef?nicos, p. ex. incluindo apoio para os bra?os; / Suportes ajust?veis, p. ex. extens?veis;
    ;

"TELEFONE PÚBLICO COM REGULAGEM DE ALTURA". Telefone público com sistema de regulagem de altura, para uso em locais externos ou internos, que permita tanto uma pessoa em uma cadeira de rodas como uma pessoa em pé, ajustar uma altura confortável e acessível para o manuseio do telefone.

Página de 1

Documento

1/4


o •    • •

• •


• ♦ • • •

• • • • • • • • •

• • • • •


• •


"TELEFONE PÚBLICO COM REGULAGEM DE ALTURA"

O presente modelo de utilidade tem por objetivo apresentar um telefone público com regulagem de altura, para uso em locais externos ou internos, para facilitar e tornar mais acessível a utilização do mesmo por portadores de 5 necessidades especiais e para o público em geral.

Os telefones públicos geralmente são instalados a uma altura fixa padronizada (1,70m), apropriada para uma pessoa adulta, dé estatura mediana poder manuseá-lo em pé, confortavelmente. É possível se encontrar telefones ^ públicos instalados em uma posição mais baixa (1,20m). Existem leis como a ío lei n° 2062, de 17 de junho de 2001, Artigb 2o, que!fala “Ao menos uma das caixas de Correio e Telefones Públicos quando houverem, deverão ser instalados no máximo a 1,20 metros de altura do piso ”, mas elas nem sempre , são cumpridas.

Essa altura fixa gera um grande desconforto às pessoas que são

/

15; portadoras de necessidades especiais, sem restrições quanto ao tipo de necessidades especiais, como por exemplo as que utilizam cadeira de rodas. Tal desconforto se deve ao fato do telefone ficar em uma posição desconfortável ou inacessível para que elas possam manuseá-lo. Os telefones adaptados a uma posição mais baixa, tomam dispendiosa sua instalação, já 20 jque aumentam o número de aparelhos instalados, pois se faz necessária a instalação de um aparelho com altura normal e outro com altura reduzida em 'um mesmo local. Por isto, eles são dificilmente encontrados, apesar das leis existentes que obrigam a instalação dos mesmos.

Em busca realizada no banco de patentes do INPI, não foi encontrado 25 nada a respeito de regulagem de altura para telefones públicos e tendo em vista esse problema e com o propósito de superá-lo, foi desenvolvido um sistema de regulagem de altura para telefones públicos, objeto do presente modelo de utilidade, o qual pode ser composto por um mecanismo de contra peso, roldana e sistema de travamento, onde tal contra peso é ligado ao 30 telefone através de um cabo, passando por uma roldana que é presa na parte superior da estrutura do telefone. Outra configuração para tal sistema de

»

• • • • • • • • • • • •

• • • • *

• • • •••


regulagem de altura é um conjunto de molas com sistema de travamento, onde uma mola é presa ao telefone e à parte superior da estrutura do mesmo. Com a mola em sua posição normal, o telefone se encontra na posição mais alta. Ao deslocá-lo para baixo, o sistema de travamento em forma de catracas ajusta a altura do telefone e destravando as catracas ele volta à posição mais elevada. Estudos preliminares mostraram que o sistema de contra peso, roldana e sistema de travamento é mais eficiente, devido ao fato do contra peso equilibrar o telefone, permitindo a regulagem de sua altura com o mínimo de . força possível.    *r

Quanto ao sistema de travamento, pode ser composto por uma alavanca com sistema de freios, onde ao se acionar a alavanca para cima ou para baixo, o sistema de freios é liberado permitindo o movimento do telefone. Como a força para acionar a alavanca está na direção desejada do movimento do telefone, além de destravar os freios, tal força também promoverá o movimento para ajuste de altura do telefone. Ao se soltar a alavanca os freios são acionados. Tal sistema de travamento também pode ser composto por um gatilho com pino de travamento, onde ao se puxar o gatilho, o pino de travamento é liberado e o telefone fica livre para se mover. Ao se soltar o gatilho, o pino se encaixa no furo mais próximo, travando o telefone. Outra possível configuração para o sistema de travamento é a utilização de um sistema elétrico com motor e fuso, onde um pequeno motor faz girar um fuso que é ligado ao telefone e ao girar, promove o deslocamento do mesmo.

Sem restrições ao sistema de travamento, estudos preliminares mostraram que a alavanca com freios apresentou os melhores resultados, já que além de não necessitar de energia elétrica para funcionar, seu mecanismo de freios permite que o aparelho seja travado em qualquer ponto de seu curso, o que não é possível no sistema de gatilho, pois é preciso ajustar o pino de travamento em um furo determinado para tal altura. Tal sistema de regulagem de altura pode ser adaptado à bandeja de apoio para os braços, para o caso de aparelhos com bandeja ou ao próprio telefone, caso não possua tal bandeja de apoio.


t

• • •


• •


Os desenhos anexos mostram os detalhes construtivos do sistema de regulagem de altura para os telefones públicos, objeto do presente modelo de utilidade, nos quais:

A fig. 1a mostra o telefone com sua estrutura e seu sistema de travamento 5 com alavanca, vista de lado;

A fig. 1b mostra o telefone com sua estrutura e seu sistema de travamento com alavanca, vista de cima;

A fig. 2 mostra a estrutura do telefone com seu sistema de regulagem de* altura, em perspectiva.    t

b>    *

io    A fig. 3 mostra a parte externa do sistema de travamento com a alavanca,

vista de lado.

A fig. 4 mostra detalhadamente o sistema- de travamento dentro da estrutura do telefone, vista da cima.

De conformidade com as figuras acima relacionadas, o sistema de ajuste 15 de altura para telefones públicos, objeto do presente modelo de utilidade, consiste em um telefone (1), ligado a um contrapeso (2) através de um cabo (3). Este cabo (3), passa por uma roldana (4), que é presa na estrutura (5) do telefone (1). O contrapeso (2) tem o mesmo peso do telefone (1) e tem a função de equilibrá-lo de modo que seja necessário o mínimo de força para 2o ajustar sua altura. Ao dito telefone (1), é preso um suporte (6) dotado de pequenas rodas. Este suporte (6) desliza pela estrutura (5) que também tem a função de trilho para tal suporte (6).

O sistema de travamento para o telefone (1) é composto por uma alavanca (7) que é presa à uma polia (8). Tal polia (8) é ligada ao cabo de freio 25    (9) e ao se girar a alavanca (7) para cima ou para baixo o cabo de freio (9),

com a ajuda dos pinos de apoio (10), se enrolará na polia (8) conforme a ângulação do giro. Isto fará com que o cabo de freio (9) seja recolhido conforme a seta na figura 3. Tal cabo, em sua outra ponta é separado em duas pontas e cada uma delas é conectada ao sistema de freios (11), que funciona 30 como um freio de bicicleta invertido. Ao se girar a alavanca (7), haverá por conseqüência, o recolhimento do cabo de freio (9) e o sistema de freios (11) é

•• •••••«••«» • • • ••• • •••

liberado, destravando o telefone (1). Ao se soltar a alavanca (7) o sistema de freios (11) é acionado através da mola (12), que fará com que o cabo de freio (9) e a alavanca (7) voltem para a sua posição de origem.

Tal alavanca (7) pode ser conectáda ao telefone (1) ou à bandeja (13) de 5 apoio para os braços, no caso dos aparelhos que as possuam.

Assim, o telefone (1) pode ser manuseado facilmente em diferentes alturas, tomando o seu uso mais confortável e acessível a toda a população a que se destina.

t

• • •• • ••• •    ••    «    • • •

• • • • • • • • • •    •    t


• • • • • • •


• •    • •    ••••

• # • « • « • • ••••••

• • • • • *

REIVINDICAÇÕES

1-    " TELEFONE PÚBLICO COM REGULAGEM DE ALTURA "

caracterizado pelo fato de que o sistema de regulagem de altura é constituído por um telefone (1), ligado a um contrapeso (2) através de um cabo (3), que passa por uma roldana (4), presa na estrutura (5) do telefone (1).

2-    " TELEFONE PÚBLICO COM REGULAGEM DE ALTURA ” de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de que o contrapeso (2) tem o mesmo peso do telefone (1) e tem a função de equilibrá-lo.

3-    " TELEFONE PÚBLICO COM REGULAGEM DE ALTURA " de acordo com as reivindicações 1 e 2, caracterizado pelo fato Òe possuir um suporte (6) dotado de pequenas rodas que deslizam pela estrutura (5), que também tem a função de trilho para tal suporte (6).

4-    - TELEFONE PÚBLICO COM REGULAGEM DE ALTURA " de acordo com as reivindicações 1, 2 e 3, caracterizado pelo fato de que tal telefone(1) possui um sistema de travamento que é composto por uma alavanca (7) que ao ser girada para cima ou para baixo, promoverá por conseqüência, o recolhimento do cabo de freio (9), liberando o sistema de freios (11), destravando o telefone (1) e que ao se soltar a alavanca (7) o sistema de freios (11) é acionado através da mola (12), que fará com que o cabo de freio (9) e a alavanca (7) voltem para a sua posição de origem.

5-    " TELEFONE PÚBLICO COM REGULAGEM DE ALTURA " de acordo com a reivindicação 4, caracterizado pelo fato de que a força utilizada para acionar a alavanca (7) para cima ou para baixo, destravando o telefone (1), também promoverá o movimento de regulagem de altura e que ao se soltar a alavanca (7), o sistema de travamento é acionado, mantendo o telefone (1) na posição desejada.

6-    " TELEFONE PÚBLICO COM REGULAGEM DE ALTURA " de acordo com as reivindicações 1 a 5, caracterizado pelo fato de que a alavanca (7) pode ser conectada ao telefone (1) ou à bandeja (13) de apoio para os braços, no caso dos aparelhos que as possuam.

•• • • • ♦ •• • •• • • • •

• •••• ••• • ••• •

1/4


• • • ••••• •



Figura 1b



2/4


•    •    •    •

• •    •    •    •

• •    •    ♦    «

•    •    •    •


• * ♦ • • •    •    •    ••

•    •    •    •

•    •    •    •


• • • • • • • •    •    •    •

••    •    •    ••

•    •    •    •


• •


• ••••• • •



Figura 2



Figura 3


• • • • • • • •


• • • •


• • • • • •

♦ •

• •


• •


•    • • •

• •    •    •

•    • •    •

• • • •    • •    •

• • • •


• ••


• •



Figura 4


• •

• • •



1/1


• • •

• * •

• •

• •

• t

• •

• •

• •

• •

• •

• •


RESUMO

"TELEFONE PÚBLICO COM REGULAGEM DE ALTURA". "

Telefone público com sistema de regulagem de altura, para uso em locais externos ou internos, que permita tanto uma pessoa em uma cadeira de rodas 5 como uma pessoa em pé, ajustar uma altura confortável e acessível para o manuseio do telefone.