Processo e reator para pirólise de cargas residuais.

  • Número do pedido da patente:
  • PI 0106228-0 B1
  • Data do depósito:
  • 19/12/2001
  • Data da publicação:
  • 27/12/2005
  • Data da concessão:
  • 01/03/2006
Inventores:
  • Classificação:
  • B01J 19/00
    Processos qu?micos, f?sicos ou f?sico-qu?micos em geral; Aparelho para esses processos;
    ;
    C10G 9/42
    Craqueamento t?rmico n?o-catal?tico, na aus?ncia de hidrog?nio, de ?leos hidrocarbonetos; / por passagem da mat?ria a ser craqueada em fluxos finos ou em pulveriza??o sobre ou perto de superf?cies continuamente aquecidas;
    ;

"PROCESSO E REATOR PARA PIRÓLISE DE CARGAS RESIDUAIS". É descrito um reator (30) e um processo de conversão rápida de frações pesadas de hidrocarbonetos (PIE > 540C) em frações mais leves que inibe a formação de subprodutos gasosos e coque, dito processo compreende a pirólise rápida de hidrocarbonetos atomizados em atmosfera inerte aquecida e a baixa pressão, sem a necessidade de adição de hidrogênio. A invenção se refere também a um reator utilizado no processo. Utilizando o processo e o reator (30) a invenção a temperatura da parede do reator (30) é mantida em níveis mais baixos possibilitando o emprego de material de menor valor para a construção do dito reator (30). O dito processo proporciona conversões de até 30% das frações pesadas e grande redução da temperatura final de ebulição do resíduo, além de redução do CCR e do teor de asfaltenos sem favorecer a formação de coque. Processo para a conversão de compostos asfaltênicos em correntes de menor peso molecular, sem a necessidade da presença de hidrogênio ou doadores de hidrogênio e na ausência de catalisadores.

Página de 1

Documento

República Federativa do Brasil

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e do Comércio Exterior Instituto Nacional da Propriedade Industrial


(11) (21) PI 0106228-0 A

(22) Data de Depósito: 19/12/2001 (43) Data de Publicação: 23/09/2003 (RP11707)



(51) Int. Cl7

C10G 9/42 B01J 19/00


tJ'0


il


<    O''"'-"'


(54) Título: PROCESSO E REATOR PARA PIRÓLISE DE CARGAS RESIDUAIS

(71)    Depositante(s): Petroleo Brasileiro S.A. PETROBRAS (BR/RJ)

(72)    Inventor(es): Jefferson Roberto Gomes, Gerson José dos Santos Ciampi, Carlos Alberto Luengo

(74) Procurador: Antonio Cláudio Corrêa Meyer SanfAnna

(57) Resumo: "PROCESSO E REATOR PARA PIRÓLISE DE CARGAS RESIDUAIS". É descrito um reator (30) e um processo de conversão rápida de frações pesadas de hidrocarbonetos (PIE > 540°C) em frações mais leves que inibe a formação de subprodutos gasosos e coque, dito processo compreende a pirólise rápida de hidrocarbonetos atomizados em atmosfera inerte aquecida e a baixa pressão, sem a necessidade de adição de hidrogênio. A invenção se refere também a um reator utilizado no processo. Utilizando o processo e o reator (30) a invenção a temperatura da parede do reator (30) é mantida em níveis mais baixos possibilitando o emprego de material de menor valor para a construção do dito reator (30). O dito processo proporciona conversões de até 30% das frações pesadas e grande redução da temperatura final de ebulição do resíduo, além de redução do CCR e do teor de asfaltenos sem favorecer a formação de coque. Processo para a conversão de compostos asfaltênicos em correntes de menor peso molecular, sem a necessidade da presença de hidrogênio ou doadores de hidrogênio e na ausência de catalisadores.