Sistema e especificações técnicas em confecção de sapatos

  • Número do pedido da patente:
  • PI 9901971-0 A2
  • Data do depósito:
  • 19/05/1999
  • Data da publicação:
  • 09/01/2001
Inventores:
  • Classificação:
  • A43B 9/00
    Cal?ados caracterizados pela montagem de suas diferentes partes;
    ;

. "SISTEMA E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EM CONFECÇÃO DE SAPATOS". Em que o cabedal (1) é vinculado ao respectivo solado (2) através de costura manual, sem a utilização da palmilha intermediária presa à ela, sendo que, para a realização dessa vinculação, a borda periférica do cabedal (1) é provida com uma seqüência de pequenos furos eqüidistantes (3), em concordância com outra seqüência de pequenos orifícios eqüidistantes (4) realizados no solado (2), através dos quais o mestre artesão procede a fixação das duas peças por meio de pontos de costura (5).

Página de 1

Documento

" SISTEMA E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EM CONFECÇÃO DE SAPATOS "

Trata a presente patente de 05-Invenção de um sistema e especificações técnicas em confecção de sapatos, que se reveste de características inovadoras e proporciona uma série de vantagens técnicas, práticas, funcionais e econômicas, satisfazendo plenamente os objetivos propostos.

10-    Este sistema permite que o

cabedal do calçado seja fixado ao solado sem a utilização de palmilha intermediária presa à ela, eliminando o sistema convencional de montagem e eliminando também alguns maquinários comumente empregados, tais 15-como: molina (máquina de montar a frente do sapato), calcei ra (máquina de montar a parte traseira do sapato), e outros, trazendo com isto uma economia de grande monta para a industria do ramo, através de um trabalho efetuado por mestres artesões, e a obtenção de um sapato 20- de excepcional qualidade, macio, totalmente confortável e com excelente grau de acabamento.

Para que se tenha uma clara visualização do sistema e especificações técnicas em confecção de sapatos em questão acompanham os dese-25- nhos ilustrativos anexos, aos quais se faz referências a fim de melhor elucidar a descrição detalhada que se segue.

FIGURA 1: Representa vista

*• • •* »• 9 • • i« * •

• » « m * * 9 9 9 9 9    9 i« •«    ■    • ••    99    9    999

em perspectiva do cabedal e solado do sapato tomados em separado e em posição de montagem pelo novo sistema objeto da patente.

FIGURA 2: Representa vista 05- em perspectiva do sapato totalmente montado nos moldes aqui propostos.

De acordo com essas ilustrações e em seus pormenores, o sistema e especificações técnicas em confecção de sapatos ora proposto caracteri-10- za-se essencial mente por o cabedal (1) do sapato ser vinculado ao respectivo solado (2) através de costura manual, sem a utilização da palmilha intermediária presa à ela, sendo que, para a realização dessa vinculação, a borda periférica do cabedal (1) é provida com uma seqüên-15- cia de pequenos furos eqüidistantes (3), em concordância com outra seqüência de pequenos orifícios eqüidistantes (4) realizados no solado (2).

O cabedal é ajustado ao solado de maneira que o posicionamento das respectivas se-20- qüências de pequenos furos eqüidistantes (3) e (4) dos mesmos venham a coincidir.

Assim sendo, o mestre artesão procede a fixação das duas peças (cabedal e solado) por meio de pontos de costura (5) aplicados através dos 25- referidos furos, permitindo que seja obtido dessa forma um sapato de alta qualidade, com perfeito acabamento em todos os seus mínimos detalhes e um efeito visual e estético extraordinário.

««    *♦    «    *

• *    •    *

• « • * •

Trata-se, portanto, de um sistema realmente novo e prático para confecção de sapatos de alta qualidade, confortáveis, duráveis e com acabamento esmerado, que se desenvolve através de um traba-05- lho artesanal efetuado dentro dos padrões exigidos, de maneira bastante eficiente e prática, proporcionando uma série de vantagens inerentes à sua realização, revestindo-se de características próprias, inovadoras e dotadas com requisitos fundamentais de novidade.

REIVINDICAÇÕES

1)    " SISTEMA E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EM CONFECÇÃO DE SAPATOS ", caracterizado por o cabedal (1) ser vinculado

05- ao respectivo solado (2) através de costura manual, sem a utilização da palmilha intermediária presa à ela, sendo que, para a realização dessa vinculação, a borda periférica do cabedal (1) é provida com uma seqüência de pequenos furos eqüidistantes (3), em concordância com ou-

10- tra seqüência de pequenos orifícios eqüidistantes (4) realizados no solado (2).

2)    " SISTEMA E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EM CONFECÇÃO DE SAPATOS ", de acordo com a reivindicação 1, caracteriza-

15- do por ser o cabedal ajustado ao solado de maneira que o posicionamento das respectivas seqüências de pequenos furos eqüidistantes (3) e (4) dos mesmos venham a coincidir.

3)    " SISTEMA E ESPECI-

20- FICAÇÕES TÉCNICAS EM CONFECÇÃO DE SAPATOS ", de acordo com a reivindicação 1,caracterizado por o mestre artesão, após a ajustagem do cabedal (1) sobre o solado (2), proceder a fixação das duas peças por meio de pontos de costura (5) aplicados

25- através dos referidos furos.

* * * • ««



* * • •• * * m    •    4    •    «    •    •    +    *    *

»    t «•    »«    »    •*    •    «»•

1/1

RESUMO

" SISTEMA E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EM CONFECÇÃO DE SAPATOS "

05-    Em que o cabedal (1) é vin

culado ao respectivo solado (2) através de costura manual, sem a utilização da palmilha intermediária presa à ela, sendo que, para a realização dessa vinculação, a borda periférica do cabedal (1) é provida com uma seqüên-10- cia de pequenos furos eqüidistantes (3), em concordância com outra seqüência de pequenos orifícios eqüidistantes (4) realizados no solado (2), através dos quais o mestre artesão procede a fixação das duas peças por meio de pontos de costura (5).