Disposições introduzidas em embalagem para vegetais

  • Número do pedido da patente:
  • MU 7700933-9 Y1
  • Data do depósito:
  • 13/06/1997
  • Data da publicação:
  • 29/12/1998
  • Data da concessão:
  • 20/08/2002
Inventores:
  • Classificação:
  • B65D 85/34
    Recipientes, elementos de embalagens ou embalagens, especialmente adaptados para artigos ou materiais especiais; / para artigos especialmente sens?veis o dano por choque ou press?o; / para frutas, p. ex. ma??s, laranjas, tomates;
    ;

Patente de Modelo de Utilidade de APERFEIÇOAMENTO DA EMBALAGEM PARA TOMATE E PIMENTÃO NO VAREJO. Refere-se a um modelo de embalagem de plástico, associando-se requisitos técnicos para proteger os produtos contra agentes externos, como danos mecânicos, amassamentos e sobrecarga, e ainda agentes internos como acúmulos de gás carbônico, a fim de proporcionar um bom arejamento do produto, indispensável a uma melhor conservação. A vantagem comparativa da nova embalagem proposta é que possui superfície lisa; ausência de aberturas laterais cortantes; pouca profundidade, que comporta pequeno número de camadas de produtos; não é tampada e possui "ombros" que separam e ajustam uma caixa na sequinte quando do empilhamento para transporte; possui medidas que se encaixam perfeitamente em paletes; possui superfície interna arrendondada e saliente, no formato de um semi-círculo Essas características desfavorecem as injúrias mecânicas e protegem o tomate e pimentão. Cabe destacar que a caixa plástica é indicada para uso no transporte de curta distância, como CEASA e supermercado, com retorno, porque existe um vínculo entre vendedor e comprador que facilita a troca de uma caixa cheia por outra vazia. A nova embalagem tem as seguintes dimensões: 30 cm de largura por 21 cm de altura e 50 cm de comprimento.

Página de 1

Documento

Relatório Descritivo da Patente de Modelo de Utilidade “APERFEIÇOAMENTO DA EMBALAGEM PARA TOMATE E PIMENTÃO NO VAREJO”

Refere-se o presente modelo a uma embalagem plástica destinada a transportar e expor tomates e pimentões em melhores condições de proteção e conservação.

Atualmente, a embalagem mais usada para comercialização do tomate e pimentão no Brasil é a caixa K”, assim denominada devido ao seu uso para transportar querosene na Segunda Guerra Mundial, cujas principais características são as seguintes: trata-se de uma caixa de madeira, com 49,5 cm de comprimento, 35,5 cm de largura e 22,0 cm de altura. Os aspectos desejáveis da caixa ‘K' incluem o fato de ser retomável e resistente. Os aspectos indesejáveis incluem o fato de possuir superfície áspera; alocar patógenos, funcionando como fonte de inóculo; aberturas laterais cortantes; profundidade excessiva, que comporta grande número de camadas de produtos; ser tampada. Essas características favorecem as injúrias mecânicas e comprometem a durabilidade e qualidade do tomate e pimentão.

Existem outros tipos de embalagem em uso no mercado nacional, entretanto sua participação no volume total é relativamente pequena. Dentre elas, encontra-se uma caixa de plástico, que oferece maior proteção aos frutos que a caixa lK\ mas que é muito grande e com grande número de camadas, o que prejudica a durabilidade e qualidade do tomate e pimentão.

A nova embalagem desenvolvida, segundo o presente modelo, é de plástico, associando-se requisitos técnicos para proteger os produtos contra agentes externos, como danos mecânicos, amassamentos e sobrecarga, e ainda agentes internos como acúmulos de gás carbônico, a fim de proporcionar um bom arejamento do produto, indispensável a uma melhor conservação. A vantagem comparativa da nova embalagem proposta é que possui superfície lisa; ausência de aberturas laterais cortantes; pouca profundidade, que comporta pequeno número de camadas de produtos; não é tampada; possui dispositivos de encaixe que separam e ajustam uma caixa na seguinte no empilhamento para transporte e prevê um espaço entre uma caixa e a próxima

para troca de calor e evitar carga excessiva. Intemamente, a superfície arredondada e saliente, no formato de um semi-círculo, é anatomicamente projetada para manter íntegra a casca dos frutos. Essas características desfavorecem as injúrias mecânicas e protegem o tomate e pimentão. A nova 5 embalagem tem as seguintes dimensões: 30 cm de largura por 21 cm de altura e 50 cm de comprimento. Uma característica importante da embalagem proposta é que suas medidas encaixam-se perfeitamente em paletes, que possuem 1m por 1,20 m e que são usados no manuseio e transporte com empilhadeiras para quantidades grandes de mercadoria, permitindo ajuste e ío segurança da carga.

Os aspectos do presente modelo poderão ser melhor compreendidos pela descrição seguinte, associada com os desenhos em anexo, onde:

A Figura 1 representa uma vista lateral da embalagem para tomate e pimentão, com dimensões externas e do rebaixamento interno.

15    A Figura 2 mostra o perfil da embalagem para tomate e pimentão, com

dimensão da alça interna e do dispositivo para empilhamento das caixas.

A Figura 3 é uma vista superior interna da embalagem para tomate e pimentão, com dimensões externas, internas, da alça de apoio e do dispositivo para empilhamento de caixas.

20    O presente modelo de embalagem é útil para o uso no transporte de

curta distância e exposição em mercados de varejo como centrais de abastecimento e supermercados, permitindo o retorno da embalagem, uma vez que existe um vínculo entre vendedor e comprador que facilita a troca de uma caixa cheia por outra vazia.

*»fr

»»»l


REIVINDICAÇÕES

Io) APERFEIÇOAMENTO DA EMBALAGEM PARA TOMATE E PIMENTÃO NO VAREJO, caracterizada por possuir superfície lisa; não possuir aberturas laterais cortantes; possuir profundidade adequada, evitando número 5 excessivo de camadas de frutos; não ser tampada; possuir dispositivos de encaixe que separam e ajustam uma caixa na seguinte quando do empilhamento para transporte; por prever um espaço entre uma caixa e a próxima; por possuir medidas que se encaixam perfeitamente em paletes; por possuir superfície interna arredondada e saliente, no formato de um semi-10 círculo.

21 cm


ivynsu


*••• •


•••• **

FIGURA 2


30 era


30 cm


*


rcg_n£


50 cm


FIGURA 3


«•r»


'1700933

RESUMO

Patente de Modelo de Utilidade de APERFEIÇOAMENTO DA EMBALAGEM PARA TOMATE E PIMENTÃO NO VAREJO.

Refere-se a um modelo de embalagem de plástico, associando-se 5 requisistos técnicos para proteger os produtos contra agentes externos, como danos mecânicos, amassamentos e sobrecarga, e ainda agentes internos como acúmulos de gás carbônico, a fim de proporcionar um bom arejamento do produto, indispensável a uma melhor conservação. A vantagem comparativa da nova embalagem proposta é que possui superfície lisa; ausência de aberturas 10 laterais cortantes; pouca profundidade, que comporta pequeno número de camadas de produtos; não é tampada e possui “ombros” que separam e ajustam uma caixa na seguinte quando do empilhamento para transporte; possui medidas que se encaixam perfeitamente em paletes; possui superfície interna arredondada e saliente, no formato de um semi-círculo Essas 15 características desfavorecem as injúrias mecânicas e protegem o tomate e pimentão. Cabe destacar que a caixa plástica é indicada para uso no transporte de curta distância, como CEASA e supermercado, com retorno, porque existe um vínculo entre vendedor e comprador que facilita a troca de uma caixa cheia por outra vazia. A nova embalagem tem as seguintes dimensões: 30 crn de 2o largura por 21 cm de altura e 50 cm de comprimento.