Informações do processo 0001351-79.2014.5.06.0016

  • Movimentações
  • 9
  • Data
  • 20/02/2015 a 11/04/2017
  • Estado
  • Pernambuco

Movimentações 2017 2016 2015

11/04/2017

Seção: 2 a Vara do Trabalho de Olinda - Notificação
Tipo: Despacho

Intimado(s)/Citado(s):

-    JEMIMA ALVES DA SILVA

-    M.C.R.B.-ALIMENTOS LTDA - EPP

PODER

JUDICIÁRIO

DESPACHO

Vistos.

1-    Compulsando os autos, verifico que a reclamada recolheu o
valor das custas, bem como do INSS, a menor, consoante
certidão de ID. c3c74c2 e planilha de ID. 90821f7. Destarte,
notifique-se a executada para que proceda ao complemento do
depósito, no prazo de 05 dias, sob pena de execução.

2-    Mantendo-se inerte, ao BACENJUD.

3-    Recolhidos os valores, e inexistindo outras pendências,
arquivem-se os autos, eis que a certidão de ID. 934807d aponta
que o crédito do reclamante foi adimplido.

OLINDA-PE, 10 de Abril de 2017.

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001
de 24/08/2001, que instituiu a Infra-estrutura de Chaves
Públicas Brasileira - ICP-Brasil, e nos termos da Lei
11.419/2006, que instituiu o Processo Judicial Eletrônico. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico
" http://pje.trt
6 .jus.br/primeirograu/Processo/ConsultaDocument
o/listView.seam", informando-se a chave numérica abaixo.
OLINDA, 11 de Abril de 2017

MARTHA CRISTINA DO NASCIMENTO CANTALICE
Juiz(a) do Trabalho Titular


Retirado do TRT da 6ª Região (Pernambuco) - Judiciário

23/01/2017

Seção: 2 a Vara do Trabalho de Olinda - Notificação
Tipo: Despacho

Intimado(s)/Citado(s):

-    JEMIMA ALVES DA SILVA

-    M.C.R.B.-ALIMENTOS LTDA - EPP

PODER

JUDICIÁRIO

DESPACHO

1.    NOTIFIQUEM-SE o(s) executado(s), para ciência da planilha
de cálculos ID 90821f7, bem como para que pague(m) o valor
remanescente da execução, observando-se que o valor
apurado já conta com a dedução dos depósitos recursais e
das parcelas depositadas, ou indique(m) bens no prazo de
48 horas, sob pena de penhora.

2.    Havendo o pagamento espontâneo e não havendo
insurgências, certifique-se, e pague-se a quem de direito,
recolhendo-se as custas e encargos previdenciários. Após,
arquivem-se os autos.

3.    Decorrido o prazo sem que haja pagamento ou garantia da
execução, proceda-se ao bloqueio nas movimentações
financeiras através do sistema BACENJUD.

4.    Caso haja sucesso no bloqueio, juntem-se aos autos os
extratos das contas destinatárias das transferências e dê-se
ciência ao(s) executado(s).

5.    Cumprido o item supra,  e quedando-se inerte a parte
executada, libere-se a quem de direito.

6.    Se a diligência junto ao BACENJUD não surtir efeito ou não
for possível, inscrevam-se os executados citados no BNDT,
após efetuem-se consultas através dos convênios RENAJUD
e INFOJUD.

7.    Caso a pesquisa através do convênio RENAJUD apresente
veículos livres e desembaraçados, registrem-se a "restrição
de transferência" observando sempre a proporcionalidade
entre os veículos e o valor da execução. Caso os veículos
pesquisados encontrem-se gravados com a informação de
alienados fiduciariamente, expeça-se, de pronto, ofício à
instituição financeira para que informe os dados do contrato
(quantidade de parcelas pagas; parcelas restantes; etc).

8.    Havendo bens compatíveis com o valor da execução, expeça

-se MANDADO DE PENHORA dos bens pesquisados através
dos convênios, se porventura o(s) executado(s) possuir(em)
endereço certo nos autos.

9. Não havendo sucesso em quaisquer das diligências
anteriores, consulte-se a JUCEPE em busca dos atos
constitutivos das executadas.

OLINDA, 13 de Janeiro de 2017

MARTHA CRISTINA DO NASCIMENTO CANTALICE
Juiz(a) do Trabalho Titular


Retirado do TRT da 6ª Região (Pernambuco) - Judiciário