Informações do processo 0003548-25.1990.8.26.0506

Movimentações 2015 2014

03/08/2015

Seção: JUÍZO DE DIREITO DA 5ª VARA CÍVEL
Tipo: Procedimento Sumário
DESPACHO Processo n°:0003548- 25.1990.8.26.0506 - Ordem n° 782/1990 Classe - Assunto:Procedimento Sumário - Assunto Principal do Processo \\> Requerente:Rosangela Nunes da Fonseca e outros Requerido:Concrenasa Concreto Nacional S/A Juiz(a) de Direito: Dr(a). Lucilene Aparecida Canella de Melo Vistos. Ao arquivo. Int. Ribeirão Preto, 22 de julho de 2015. R E C E B I M E N T O Em 22 de julho de 2015, recebi estes autos do MM. Juiz de Direito. Eu, Jose Henrique Queiroz, - Escrevente Técnico Judiciário, subscrevo.
Retirado do Diário de Justiça do Estado de São Paulo - Primeira Instancia do Interior parte 3

12/02/2015

Seção: JUÍZO DE DIREITO DA 5ª VARA CÍVEL
Tipo: Procedimento Sumário
VISTOS etc. ROSANGELA NUNES DA FONSECA, CRISTIANE PATRÍCIA NUNES SILVA e CRISTIANO NUNES SILVA, devidamente qualificados nos autos, ajuizaram AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANOS POR ATO ILÍCITO contra CONCRENASA-CONCRETO NACIONAL S/A, já sentenciada. A sentença de primeiro grau foi mantida pela egrégia superior instância. Em fase executória informam as partes o cumprimento integral da condenação pela empresa ré, requerendo na oportunidade a extinção do feito. Feito merece extinção em fase executória. Por fim, vieram os autos à conclusão. É o RELATÓRIO. FUNDAMENTO e DECIDO. Ao que se tem, parte credora recebeu o valor da condenação, merecendo feito extinção em fase execução. Ante o exposto, só resta a extinção do feito, no caso, em sua fase executória, vez que a solução do litígio se deu em pagamento da condenação. Isto posto, ante pagamento da condenação, JULGO EXTINTO o feito, em sua fase executória, com base no art. 794, I, CPC. Levante-se a penhora. Calculadas as custas finais, intime-se a parte ré, vencida na demanda, para saldá-las no prazo de 10 dias, sob pena de inscrição. Regularmente intimada ou não encontrada ou quedando-se inerte, inscreva-se a dívida, expedindo-se certidão, a qual haverá de ser entregue ao Dr. Procurador do Estado, para as providências necessárias. Oportunamente ao arquivo. A guarda do feito em arquivo é provisória, lá permanecendo pelo prazo de 05 anos, com possibilidade de sua eliminação, conforme Provimento CSM n°. 1.743/2010. P.R.I.C.
Retirado do Diário de Justiça do Estado de São Paulo - Primeira Instancia do Interior parte 3