Informações do processo 0000327-96.2013.5.15.0146

  • Movimentações
  • 35
  • Data
  • 25/04/2013 a 09/02/2018
  • Estado
  • São Paulo

Movimentações 2018 2017 2016 2015 2014 2013

09/02/2018

Seção: VARA DO TRABALHO DE ORLÂNDIA - Notificação
Tipo: Sentença
Intimado(s)/Citado(s):

- BANCO DO BRASIL SA

- JULIANA TEIXEIRA MARQUES

PODER JUDICIÁRIO

JUSTIÇA DO TRABALHO

Fundamentação

Processo: 0000327-96.2013.5.15.0146

AUTOR: JULIANA TEIXEIRA MARQUES

RÉU: DIGITO SERVICOS LTDA - ME e outros

CLS/RPM/rbn

SENTENÇA

Silente a reclamante quanto aos valores por ela recebidos,
presumem-se satisfeitos os seus créditos, declaro encerrada a
presente execução, na forma do art. 924, II e III, do NCPC. Anote
-se, vinculando ao respectivo movimento.

Além da determinação supra, deverá ser registrado o encerramento
da execução utilizando o lançador de movimentos, rito ordinário e
ente privado, e, no caso do sistema EXE15, verificar se o processo
foi cadastrado para que possa ser inativado.
Ato contínuo, excluam-se os executados do Banco Nacional de
Devedores Trabalhistas - BNDT.

Em prosseguimento, restitua-se ao segundo executado o depósito
judicial de Id. n° 6723f6e, de 14/09/2017, expedindo-se documento
hábil.

Para tanto, autorizo a empresa BANCO DO BRASIL SA, CNPJ n°
00.000.000/0001-91, ou o seu advogado, o Dr. ADRIANO ATHALA
DE OLIVEIRA SHCAIRA, OAB n° SP140055, CPF n° 144.909.548-
83, a proceder ao levantamento do SALDO TOTAL da conta judicial
n° 3400114969971 , aberta em 13/09/2017 , mediante depósito
originário no valor R$9.074,58, efetuado junto à agência 4203-X do
Banco do Brasil.

Visando à observância dos princípios da celeridade e economia
processuais, uma via deste despacho valerá como GUIA DE
RETIRADA JUDICIAL para o fim supracitado.

Visando à observância dos princípios da celeridade e economia
processuais, uma via desta sentença, devidamente assinada, valerá
como Guia de Retirada Judicial para o fim supracitado.
Salienta-se que o presente documento, assinado eletronicamente, é
suficiente para o levantamento dos benefícios, ficando dispensada a
assinatura manuscrita do(a) Magistrado(a), conforme Ofício-Circular
TST.GP.JAP n° 018/2017.

A autenticidade do documento poderá ser aferida mediante consulta
ao seguinte endereço na internet -
http://pJe.trt15.Jus.br/segundograu/Processo/ConsultaDocumento/list

View.seam -, digitando no campo "número do documento" o número

do respectivo código de barras.

Caso necessite, por meio dessa forma de consulta e acesso, a
instituição financeira poderá imprimir tantas vias quantas forem
necessárias para o seu controle interno de pagamentos.

Não deve o beneficiário comparecer em Secretaria para retirada do
documento, vez que incumbe à parte proceder a sua impressão.
Deve o segundo executado dirigir-se corretamente ao Banco do
Brasil ou à Caixa Econômica Federal, conforme a instituição
depositária, observando-se que, para os casos de alvará para
levantamento de depósitos recursais, deve o interessado se dirigir a
qualquer agência da CEF, EXCETUADOS os PABs ou Agências
Judiciárias, nas quais NÃO É POSSÍVEL o soerguimento de alvarás
de FGTS ou depósito recursal.

Tudo cumprido, nada mais havendo, efetue-se o lançamento dos
valores no sistema informatizado e remetam os presentes autos
eletrônicos, bem como aqueles físicos mantidos em Secretaria, aos
respectivos arquivos.

Intimem-se.

Orlândia, 3 de Fevereiro de 2018.

Juiz(íza) do Trabalho

(...) Ver conteúdo completo

Retirado do TRT da 15ª Região (São Paulo) - Judiciário