Informações do processo 0010181-03.2013.5.03.0000

Movimentações 2015 2014

13/02/2015

Seção: Não definida
Tipo: Intimação

Poder Judiciário da União
Tribunal Regional do Trabalho da 3a Região
Secretaria de Dissídios Coletivos e Individuais


TRT-DC-0010181-03.2013.5.03.0000


Vistos.


1. Em atendimento ao despacho Id. b69d5da, o Suscitante
Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais -
SINPRO/MG, mediante a petição Id. 354ee08, apresenta o
comprovante de recolhimento das custas processuais, no
importe de R$ 200,00, à disposição deste Juízo (guia Id.


dc95b17).


2. O Suscitado Sindicato das Entidades Mantenedoras de
Estabelecimentos Particulares de Ensino do Norte de Minas
Gerais - SINEPE NORTE DE MINAS, por meio da petição Id.
7bf2a99, manifesta interesse em receber o seu crédito mediante
transferência bancária de valores, consoante os dados
indicados.


Oficie-se à Caixa Econômica Federal, solicitando-lhe a
transferência do montante para a conta indicada pelo
Suscitado.


3. Após a comprovação da transferência, arquivem-se os autos.
P.I.


Belo Horizonte, 12 de fevereiro de 2015.


JOSÉ MURILO DE MORAIS
Desembargador 1° Vice-Presidente


Retirado do TRT da 3ª Região (Minas Gerais) - Judiciário

19/01/2015

Seção: D.J. - Precatorio
Tipo: Intimação

Tribunal Regional do Trabalho da 3a Região


Assessoria da Diretoria Judiciária


TRT-DC-010181-03.2013.5.03.0000


Vistos.


Em razão do retorno dos autos do TST, concedo vista às
partes, pelo prazo de 5 dias.


Nesta mesma oportunidade, deverá o Suscitante (Sindicato dos
Professores do Estado de Minas Gerais - SINPRO/MG)
providenciar o recolhimento da importância relativa às custas
processuais, à disposição deste Juízo, no importe de R$


200,00.


Em idêntico prazo, o Suscitado (Sindicato das Entidades
Mantenedoras de Estabelecimentos Particulares de Ensino do
Norte de Minas Gerais - SINEPE NORTE DE MINAS) deverá
opinar sobre a forma de recebimento de seu crédito (Id.
374827), se por alvará ou transferência bancária, hipótese essa
em que deverá informar o nome do Banco, o número da
agência e da conta corrente, o nome do titular e o número de
inscrição do CNPJ/CPF.


Ressalta-se que o silêncio do credor importará em manifesto
desinteresse quanto ao recebimento de seu crédito, e implicará
o arquivamento dos autos.


P.I.


Belo Horizonte, 12 de janeiro de 2015.


JOSÉ MURILO DE MORAIS
Desembargador 1° Vice-Presidente


Retirado do TRT da 3ª Região (Minas Gerais) - Judiciário