Informações do processo 2008.38.10.702507-9

  • Movimentações
  • 5
  • Data
  • 16/02/2016 a 31/10/2017
  • Estado
  • Minas Gerais

Movimentações 2017 2016

31/10/2017

Seção: SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE POUSO ALEGRE-JEF ADJ - 2ª POUSO ALEGRE
Tipo: CÍVEL / PREVIDENCIÁRIO / CONCESSÃO DE BENEFÍCIO / JEF

Juiz Titular : DR. FRANCISCO DE ASSIS GARCÊS CASTRO JÚNIOR

Juiz Substit. : DR. MARCELO GARCIA VIEIRA

Dir. Secret. : MELISSA BISCONSIN TORRES DE CARVALHO

EXPEDIENTE DO DIA 30 DE OUTUBRO DE 2017

Atos do Exmo. J^ DR. MARCELO GARCIA VIEIRA

AUTOS COM ATO ORDINATÓRIO
No(s) processo(s) abaixo relacionado(s)


O Exmo. Sr. Juiz exarou :

Intime-se a parte autora a dar cumprimento à decisão de fls. 144, no prazo de
20(vinte) dias.


Retirado do TRF1 - Seção Judiciária de Minas Gerais - Judicial

12/09/2017

Seção: SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE POUSO ALEGRE-JEF ADJ - 2ª POUSO ALEGRE
Tipo: CÍVEL / PREVIDENCIÁRIO / CONCESSÃO DE BENEFÍCIO / JEF

Juiz Titular : DR. FRANCISCO DE ASSIS GARCÊS CASTRO JÚNIOR

Juiz Substit. : DR. MARCELO GARCIA VIEIRA

Dir. Secret. : DELMAR CARNEIRO PESSOA JÚNIOR

EXPEDIENTE DO DIA 11 DE SETEMBRO DE 2017

Atos do Exmo. J^ DR. FRANCISCO DE ASSIS GARCÊS CASTRO JÚNIOR

AUTOS COM ATO ORDINATÓRIO
No(s) processo(s) abaixo relacionado(s)


O Exmo. Sr. Juiz exarou :

Vista às partes, pelo prazo improrrogável de 05 (cinco) dias, sobre a Requisição de
Pagamento de Pequeno Valor.


Retirado do TRF1 - Seção Judiciária de Minas Gerais - Judicial

21/03/2017

Seção: SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE POUSO ALEGRE-2 0 JEF ADJUNTO
Tipo: CÍVEL / PREVIDENCIÁRIO / CONCESSÃO DE BENEFÍCIO / JEF

Juiz Titular : DR. FRANCISCO DE ASSIS GARCÊS CASTRO JÚNIOR

Juiz Substit. : DR. MARCELO GARCIA VIEIRA

Dir. Secret. : DELMAR CARNEIRO PESSOA JÚNIOR

EXPEDIENTE DO DIA 20 DE MARÇO DE 2017

Atos do Exmo. TT dR. MARCELO GARCIA VIEIRA

AUTOS COM DECISÃO
No(s) processo(s) abaixo relacionado(s)


O Exmo. Sr. Juiz exarou :

(...)

Por não haver condenação à revisão do benefício não há, portanto, parcelas
vencidas a serem pagas pelo instituto réu, razão pela qual os honorários deverão ser
calculados sobre o valor atualizado da causa (art. 85, §2°, CPC/15). Deste modo,
defiro parcialmente o requerimento de f. 121/123 para determinar ao INSS o
pagamento dos honorários advocatícios no limite de 20% (vinte por cento) fixado no
acórdão sobre o valor da causa. Apresentado o cálculo pela parte autora, intime-se o
INSS. Havendo concordância da ré, expeça-se ofício requisitório.


Retirado do TRF1 - Seção Judiciária de Minas Gerais - Judicial