Renato dos Santos Pinto

Possui graduação em Administração pelo Centro Universitário Plínio Leite (1999), Especialização em Literaturas e Culturas Africanas Expressas em Língua Portuguesa na UFF (2000), MBA em Finanças: Gestão de Ativos pela PUC-Rio e mestrado em Letras pela Universidade Federal Fluminense (2005). Atualmente, cursa Doutoramento em Letras - Literaturas Comparadas (início em 2017), atuando principalmente nos seguintes temas: Letras, Literatura Comparada, Literatura Portuguesa, Literaturas Africanas, Teoria Literária.

Informações coletadas do Lattes em 21/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Letras

2003 - 2005

Universidade Federal Fluminense
Título: Angola, Culturas e risos em Crônica de um mujimbo de Manuel Rui,Ano de Obtenção: 2005
Orientador: Dalva Calvão

Especialização em MBA em Gestão de Ativos

2004 - 2005

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio

Especialização em Literaturas e culturas de língua portuguesa

2001 - 2002

Universidade Federal Fluminense

Graduação em Administração

1997 - 1999

Centro Universitário Plínio Leite

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PINTO, R. S. . I Colóquio Literaturas Africanas de Língua Portuguesa: Transições. 2018. (Outro).

PINTO, R. S. . Congresso Internacional 100 Futurismo. 2017. (Congresso).

PINTO, R. S. . X Seminário de literaturas de língua portuguesa: Portugal e África ? Literatura, Política e Memória. 2017. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Congresso Internacional Abralic 2018. Luandino, João Vêncio e suas memórias emprestadas. 2018. (Congresso).

XIX Sappil - UFF - Seminário dos Alunos dos Programas de Pós Graduação do Instituto de Letras.Dos projetos aos balanços políticos e culturais: João Vêncio: os seus amores, de Luandino Vieira, e Quantas madrugadas tem a noite, de Ondjaki. 2018. (Seminário).

12° Congresso Alemão de Lusitanistas. Reflexões sobre Angola em Quantas madrugadas tem a noite de Ondjaki. 2017. (Congresso).

Congresso Internacional 100 Futurismo. 2017. (Congresso).

X Seminário de Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África - Literatura, Política e Memória.Luandino Vieira e Ondjaki - Não se navega duas vezes numa mesma Luanda. 2017. (Seminário).

XV Congresso Internacional Abralic. A atualidade da crítica de Lima Barreto aos poderes constituídos na República Velha. 2017. (Congresso).

XV Encontro da Associação Brasileira de Literatura Comparada - Abralic. 2016. (Encontro).

VI Fórum Nacional de Prevenção a Crimes Econômicos. 2010. (Seminário).

XXI Encontro da ABRAPLIP - Revoluções, Diásporas e Identidades.Buscando sentido para a felicidade nas fronteiras lusófonas em Mia Couto. 2007. (Encontro).

Tarde Literária - I Festa Portuguesa em Cabo Frio. 2005. (Outra).

Poetas que pensaram o mundo. 2003. (Outra).

Refletindo a África. 2003. (Seminário).

Leitura, leituras - 2ª etapa: A presença do maravilhoso, estranho e fantástico nas escritas literárias portuguesa e africana. 2002. (Outra).

Palavras em Transição: A literatura portuguesa e angolana finisseculares. 2001. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Dalva Maria Calvão da Silva

CALVÃO, Dalva.; LUGARINHO, M. C.; Teresa Salgado. Angola, culturas e risos em "Crónica de um mujimbo", de Manuel Rui. 2005. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal Fluminense.

Dalva Maria Calvão da Silva

CALVÃO, Dalva.. Projeto "O riso crítico em Manuel Rui". 2004. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal Fluminense.

Graciane Rafisa Saliba

SALIBA, Graciane Rafisa; COSTA, Fabrício Veiga; ALVES, Evandro Alair Camargos. Aspectos jurídico-constitucionais do prontuário do paciente e a problemática do sigilo médico. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdade de Pará de Minas.

Norma Sueli Rosa Lima

LUGARINHO, Mário C; CALVAO, D;LIMA, Norma (LIMA, N). Crônica de um mujimbo, de Manuel Rui .. 2005. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal Fluminense.

Sílvio Renato Jorge

JORGE, S. R.; CAN, Nazir Ahmed; SILVA, Renata Flavia da. De projetos e balanços políticos e culturais em "João Vêncio: os seus amores", de Luandino Vieira, e "Quantas madrugadas tem a noite", de Ondjaki. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em ESTUDOS DE LITERATURA) - Universidade Federal Fluminense.

Maria Teresa Salgado Guimarães da Silva

SILVA, M. T. S. G.; LUGARINHO, M.; CALVAO, D.. Angola, Culturas e Risos em Crônica de um Mujimbo. 2005. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal Fluminense.

Mario Cesar Lugarinho

LUGARINHO, M. C.VERANNI, Dalva Calvão; SALGADO, T.. Angola: culturas e risos em "Crónica de um mujimbo", de Manuel Rui. 2005. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal Fluminense.

Nazir Ahmed Can

JORGE, Sílvio. R.; SILVA, R. F.;CAN, Nazir A.. DE PROJETOS A BALANÇOS POLÍTICOS E CULTURAIS EM JOÃO VÊNCIO: OS SEUS AMORES, DE LUANDINO VIEIRA, E QUANTAS MADRUGADAS TEM A NOITE, DE ONDJAKI. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Letras) - Universidade Federal Fluminense.

Renata Flavia da Silva

SILVA, R. F.; Jorge, S. R.; CAN, N. A.. De projetos a balanços políticos e culturais em João Vêncio: os seus amores, de Luandino Vieira, e Quantas madrugadas tem a noite, de Ondjaki. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura Comparada) - Instituto de Letras / UFF.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Dalva Maria Calvão da Silva

Angola, culturas e risos em "Crónica de um mujimbo", de Manuel Rui; 2005; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal Fluminense,; Orientador: Dalva Maria Calvão da Silva;

Fabrício Veiga Costa

ASPECTOS JURÍDICO-CONSTITUCIONAL DO PRONTUÁRIO DO PACIENTE E A PROBLEMÁTICA DO SIGILO MÉDICO; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em DIREITO) - Faculdade de Pará de Minas; Orientador: Fabricio Veiga Costa;

Sílvio Renato Jorge

Prisão e hospício, espaço de opressão: Luandino Vieira e Lima Barreto; Início: 2017; Tese (Doutorado em ESTUDOS DE LITERATURA) - Universidade Federal Fluminense; (Orientador);

Sílvio Renato Jorge

Não vergar também é preciso: a narrativa de José Luandino Vieira; 2002; 0 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Literaturas e Culturas de Língua) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Silvio Renato Jorge;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PINTO, R. S. . A atualidade da crítica de Lima Barreto aos poderes constituídos na República Velha. In: Ângela Maria Gomes. (Org.). Notas sobre literatura, leitura e linguagens 3. 1ed.Ponta Grossa: Atena, 2019, v. 1, p. 238-245.

  • PINTO, R. S. ; André Brandão ; Mariza de Paula Assis ; Amauri Mendes Pereira ; Carlos Roberto de Carvalho ; Silvio de Almeida Carvalho Filho ; Pires Laranjeira ; PADILHA, L. ; Sônia Beatriz dos Santos ; Vânia Penha-Lopes . Narrativas angolanas: esbarrando na escrivaninha de Agualusa. In: Maria Alice Rezende Gonçalves. (Org.). Educação, arte e literatura africana de língua portuguesa: contribuições para a discussão da questão racial na escola. 1ed.Rio de Janeiro: Quartet Editora & Comunicação LTDA, 2007, v. 2, p. 283-296.

  • PINTO, R. S. . A atualidade da crítica de Lima Barreto aos poderes constituídos na República Velha. In: XV Congresso Internacional Abralic, 2017, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos do XV Congresso Internacional da ABRALIC - 07 a 11 de agosto de 2017, 2017.

  • PINTO, R. S. . Buscando sentido para a felicidade nas fronteiras lusófonas em Mia Couto. In: XXI Encontro da ABRAPLIP - Revoluções, Diásporas e Identidades, 2007, São Paulo. Revoluções, Diásporas e Identidades, 2007.

  • PINTO, R. S. . Relações Dégradés: Fronteiras angolanas em Manuel Rui e José Eduardo Agualusa. In: XX Encontro de professores Brasileiros de Literatura Portuguesa, 2005, Niterói. No limite dos sentidos, 2005.

  • PINTO, R. S. . Revolução, tradição: litoral e interior na narrativa de Manuel Rui. In: IV Seminário das Literaturas de Língua Portuguesa - Revolução, Revoluções, 2004, Niterói. IV Seminário das Literaturas de Língua Portuguesa - Revolução, Revoluções, 2004.

  • PINTO, R. S. . Discursos em transição: De João Vêncio: os seus amores, de Luandino Vieira, a Quantas madrugadas tem a noite, de Ondjaki. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • PINTO, R. S. . Luandino, João Vêncio e suas memórias emprestadas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • PINTO, R. S. . A atualidade da crítica de Lima Barreto aos poderes constituídos na República Velha. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • PINTO, R. S. . A atualidade da crítica de Lima Barreto aos poderes constituídos na República Velha. Ponta Grossa: Atena Editora, 2019 (Publicação de capítulo em E-book).