Victor de Oliveira Pinto Coelho

Professor do curso de Licenciatura em Ciências Humanas-História do Centro de Ciências Humanas, Saúde e Tecnologia de Pinheiro - CCHNST/UFMA e do Programa de Pós-Graduação em História - PPGHIS/UFMA. Bolsista Produtividade FAPEMA. Possui graduação em História pela UFMG, é Mestre em História e Culturas Políticas pela UFMG e Doutor em História Social da Cultura pela PUC-Rio na linha de pesquisa Teoria e Historiografia. Atua nos campos da Teoria da História e Historiografia, História Moderna e Contemporânea; desenvolve pesquisas, atua e orienta/tem interesse em temas tais como Estado de exceção e tempo presente; modernidade, modernização e secularização/secularidade; capitalismo e mundos do trabalho; história das ideias políticas e sociais; história, literatura, ficção e arte; organização de acervos e políticas públicas. É um dos líderes do grupo de pesquisa CNPq Poderes e Instituições, Mundos do Trabalho e Ideias Políticas (POLIMT/UFMA) e membro do grupo de pesquisa CNPq História Transdisciplinar dos Conceitos (PUC-Rio). É um dos integrantes da UFMA no Instituto Multidisciplinar e Multi-institucional de Pesquisa em Economia Criativa do Estado do Maranhão (IECT GECRIA), realizado mediante projetos aprovados no âmbito da Fapema. Atualmente, ocupa também a direção da Associação Nacional de História - Seção Maranhão (ANPUH-MA).

Informações coletadas do Lattes em 03/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em História Social da Cultura

2009 - 2013

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio
Título: A técnica como totalidade. Uma abordagem da obra de Ernst Jünger no entreguerras
Orientador: Luiz de França Costa Lima Filho
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: História; teoria da cultura.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.

Mestrado em História

2002 - 2004

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: "Nova Lima, 1948 - o discurso anticomunista contra a greve dos mineiros",Ano de Obtenção: 2004
Rodrigo Patto Sá Motta.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em História

1997 - 2000

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: Greve em Morro Velho: anticomunismo, repressão e batalha jurídica (Nova Lima, 1948-1952)
Orientador: Douglas Cole Libby

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Departamento de Ciencias de la Educación. (Carga horária: 21h). , Universidad de Alcalá, UAH, Espanha.

2017 - 2017

Educação Patrimonial e Turismo Sustentável. (Carga horária: 10h). , Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.

2016 - 2016

Curso de Ambientação Docentes 2016. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.

2015 - 2015

Programa Docência Ativa - Formação Continuada e Atualização Pedagógica. (Carga horária: 24h). , Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.

2015 - 2015

Curso de Complementação do Programa de Ambientação Docentes (EAD). (Carga horária: 20h). , Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História dos Conceitos.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das ideias.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil República.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

COELHO, VICTOR DE OLIVEIRA PINTO . Coordenador da Comissão Científica da I Jornada Internacional de Ciências Humanas: interdisciplinaridade e educação inclusiva. 2017. (Outro).

COELHO, Victor de Oliveira Pinto ; LIMA, Edyene M. S. . I Congresso de História ? I CONHIST. 2016. (Congresso).

COELHO, Victor de Oliveira Pinto ; LIMA, A. S. ; CORREIA, F. P. ; MARQUES, C. V. V. C. O. ; RODRIGUES, L. R. S. ; SILVA, J. O. A. . II Semana Ambiente em Foco: a água nas discussões sobre Educação Ambiental e Políticas Públicas. 2015. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

V Simpósio Internacional em História Contemporânea: Soberania, Relações de Poder e Propriedades.Coordenação do ST "Modernidade e Conservadorismo". 2018. (Simpósio).

V Simpósio Internacional em História Contemporânea: Soberania, Relações de Poder e Propriedades."Estado de exceção: questões para uma história política do tempo presente". 2018. (Simpósio).

XI Encontro Reginal da ANPUH-MA: 1968: cinco décadas do ano que não terminou.Coordenador(a) do Simpósio Temático ?O patrimônio cultural brasileiro e suas perspectivas?. 2018. (Encontro).

XI Encontro Reginal da ANPUH-MA: 1968: cinco décadas do ano que não terminou.Moderador da conferência intitulada: ?'N?oublions jamais la lutte de classe': 1968 visto hoje sob a ótica da luta de classes?. 2018. (Encontro).

XI Encontro Reginal da ANPUH-MA: 1968: cinco décadas do ano que não terminou.Palestrante da Mesa Redonda "Estados de Exceção: Economia e Política?. 2018. (Encontro).

I Colóquio Internacional Religiões Ontem e Hoje: Abordagens Antropológicas e Psicanalíticas. O sujeito fraturado como centro de uma teoria crítica da ficção na obra de Luiz Costa Lima. 2017. (Congresso).

I Jornada Internacional de Ciências Humanas: interdisciplinaridade e educação inclusiva.Mediador da Mesa de Comunicações Orais intitulada: Poderes, Hierarquias e Sociabilidades. 2017. (Outra).

I Jornada Internacional de Ciências Humanas: interdisciplinaridade e educação inclusiva.Mediação da Mesa Coordenada "Poderes, Hierarquias e Sociabilidades". 2017. (Outra).

X Encontro Regional ANPUH-MA: Autoritarismo e democracia.Mesa Redonda "A Ditadura Brasileira em suas Múltiplas Dimensões". 2017. (Encontro).

X Encontro Regional de História ANPUH-MA: autoritarismo e democracia.Coordenador de Simpósio Temático. 2017. (Encontro).

8o Seminário Brasileiro de História da Historiografia - Variedades do discurso histórico: possibilidades para além do texto.Visão, técnica e subjetividade. A representação como problema existencial e político na modernidade. 2014. (Seminário).

I Semana de Iniciação Científica em História do Campus Pinheiro - UFMA.Mesa Redonda: História e Memória: questões teóricas, estudos de caso e desafios à pesquisa e ensino. 2014. (Outra).

II Colóquio Internacional Carl Schmitt: Direito, Filosofia e Política.Carl Schmitt, Ernst Jünger e o problema da totalidade na era da técnica. 2013. (Outra).

IV Encontro do GT Nacional História das Religiões e das Religiosidades - Memória e Narrativas nas Religiões e Religiosidades.Secularização e niilismo no entreguerras: a formulação em Carl Schmitt, Ernst Jünger e Martin Heidegger. 2012. (Encontro).

IV Seminário Internacional Farias Brito. 2010. (Seminário).

I Colóquio Winnicott de Belo Horizonte - Amadurecimento e cuidado. 2009. (Outra).

V Simpósio Filosófico-Teológico: Literatura ? provocação para o pensar filosófico e teológico.Graciliano Ramos: a ficção como espaço crítico e pontencial - diálogo com a noção de fenômeno transicional de D. W. Winnicott. 2009. (Simpósio).

2º Seminário Nacional de História da Historiografia: a dinâmica do historicismo: tradições historiográficas modernas.Contingência e recalque: elementos para uma nova crítica da ideologia. 2008. (Seminário).

IV Simpósio Filosófico-Teológico - mini-curso "A Hermenêutica filosófica (Heidegger) e a hermenêutica psicanalítica (Winnicott)", Prof. Zeljko Loparic. 2008. (Simpósio).

III Seminário de Teoria e História Literária.Um diálogo com o método marxista de análise do discurso a partir de Lavoura Arcaica. 2007. (Seminário).

Ciclo de Conferências "O esquecimento da Política". 2006. (Simpósio).

XIII Encontro Regional de História-ANPUH-MG: História: O Saber Produzido e o Saber. Difundido.Ameaça Vermelha em Nova Lima: o discurso anticomunista contra a greve dos mineiros da Morro Velho (1948). 2002. (Encontro).

Seminário História e Culturas Políticas, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em história Fafich/UFMG. 2001. (Seminário).

XII Encontro Regional da ANPUH/MG - "História e Política: compromissos do historiador". 2000. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Talysson Benilson Gonçalves Bastos

PREVIDELLI, M. F. S. C.; SOUZA, L. E. S.;COELHO, Victor de Oliveira Pinto. O processo de adesão da Grécia à Comunidade Econômica Europeia (1969-2001). 2019. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Socioeconômico) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Paulo Victor Arouche Costa Leite

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; BITENCOURT, João Batista; BORRALHO, J. Henrique de P.. George Orwell e a busca pela verdade: linguagem, história e memória no universo ficcional de '1984'. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Dionizio Pereira Cavalcante

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; SANTOS, Lyndon de Araújo; RODRIGUES, Sávio J. D.. O caso Leodegário Aguiar: controles e resistências presentes na documentação do DOPS-MA. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Tayanná Santos de Jesus Sbrana

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; SANTOS, Lyndon de Araújo; MENDONÇA, Bartolomeu R.; SAN'TANA JÚNIOR, H. A.. "E deu nome a todas as coisas": as relações entre violência, território e desenvolvimento na formação da Zona Rural Ii de São Luiís, Maranhão (1996-2015). 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: FRANCISCO DAS CHAGAS DA CRUZ PEREIRA

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; FARIA, Regina Helena Martins de.; BITENCOURT, João Batista; BORGES, Arleth Santos. Ascensão política de Paulo Marinho em Caxias na década de 1980. 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Felipe Ucijara Guimarães Mendes

SANTOS, Lyndon de Araújo; ALMEIDA, Monica Piccolo;COELHO, Victor de Oliveira Pinto. Mashorqueiros ou Procellários? A experiência tenentista no Maranhão (política, cultura histórica, imaginário, personagens...). 2015. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Talysson Benilson Gonçalves Bastos

PREVIDELLI, M. F. S. C.; SOUZA, L. E. S.;COELHO, Victor de Oliveira Pinto. O processo de adesão da Grécia à Comunidade Econômica Europeia (1969-2001). 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Desenvolvimento Socioeconômico) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Tayanná Santos de Jesus Sbrana

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; SANTOS, Lyndon de Araújo; CARVALHO, Fernanda Cunha de. "E deu nome a todas as coisas": as relações entre violência, território e desenvolvimento na formação da Zona Rural II de São Luís, Maranhão (1970-2015). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Antônio de Oliveira Barbosa Júnior

SANTOS, Lyndon de Araújo;COELHO, Victor de Oliveira Pinto; CARREIRO, Gamaliel da Silva. A Nova Reforma Apostólica no Brasil: contribuição ao estudo da relação entre religião e espaço público (1970-2010). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: FRANCISCO DAS CHAGAS DA CRUZ PEREIRA

FARIA, Regina Helena Martins de.;COELHO, Victor de Oliveira Pinto; BORGES, Arleth Santos. Disputas partidárias e ascenção política de Paulo Marinho em Caxias: décadas de 1970 e 1980. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Marcelo Lima Costa

FARIA, Regina Helena Martins de.; BITENCOURT, João Batista;COELHO, Victor de Oliveira Pinto. Os Anos Paulo Ramos: O projeto modernizante de São Luís no contexto autoritário (1936-1945). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Lisiane Almeida Ferreira

SANTIROCCHI, I. D.;COELHO, VICTOR DE OLIVEIRA PINTO; CARVALHO, Fernanda Cunha de. ?Santas e protetoras?: uma análise dos assentos paroquiais de batismo em São João de Cortes no período oitocentista (1867-1889). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Welligton Martins Pereira

CARVALHO, Fernanda Cunha de;COELHO, Victor de Oliveira Pinto; FONSECA, A. V. L.. Impactos e conflitos territoriais no médio curso do rio Pericumã na cidade de Pinheiro-MA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Alipio Felipe Monteiro dos Santos

RODRIGUES, Sávio J. D.;COELHO, Victor de Oliveira Pinto; BANDEIRA, A. M.. Memória, Identidade e Territorialidade da Comunidade Quilombola Santana dos Pretos, Pinheiro-MA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: kerlisson Vinicio Santos Vieira

SANTIROCCHI, I. D.; RIBEIRO, D. R.;COELHO, Victor de Oliveira Pinto. Diálogo e análise. A concepção de Ciência Espírita para Allan Kardec. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Maria Alda Pinto Soares

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; ARAGAO, J. C.; COSTA, C. D. M.. Pelas mãos femininas: memórias da educação codoense (1950 a 1980). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Samir Luiz de Barcelos

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; DIAS, A. V. B.. "A face oculta norte-americana". 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

Aluno: Tatiane Bicalho Figueiró Souza

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; DIAS, A. V. B.. "Os desmandos do crime organizado". 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

Aluno: Vânia Aparecida de Souza Barcelos

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; DIAS, A. V. B.. "A inserção de crianças com necessidades especiais na escola pública: possibilidades e desafios". 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

Aluno: Luciana Aparecida Batista

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; MACHADO, Fabiana Moraes. "A evolução da estrutura museológica do mito ao contemporâneo". 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

Aluno: Edson Amorim

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; Rezende, Adriano Brasil de.. "O desenvolvimento econômico de Brumadinho a partir da descentralização do poder político federal - 1968 a 1993". 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

Aluno: Cátia Greisiela Campos

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; MACHADO, Fabiana Moraes. "Os caminhos percorridos pelo cinema nacional: da produção às salas de exibição". 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

Aluno: Maria da Glória Vieira Lima

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; MACHADO, Fabiana Moraes. "Movimento messiânico de Juazeiro de Padre Cícero". 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

Aluno: Valdercí Aparecido Pereira

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; MACHADO, Fabiana Moraes. "A influência dos imigrantes no anarcossindicalismo do Brasil nos anos 20". 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

Aluno: José Júnior Florentino Nasser

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; DIAS, A. V. B.. "As transformações das interpretações marxistas sobre os cercamentos de terras inglesas". 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

Aluno: Jones Divino de Freitas

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; DIAS, A. V. B.. "A esperança, o medo e a ordem: combustíveis que impulsionam o golpe político-militar de 1964". 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

Aluno: Kellerson Morais Lima

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; DIAS, A. V. B.. "Trajetória dos imigrantes na formação de um clube de futebol que mais tarde tornou-se Cruzeiro". 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

Aluno: Fabiana da Costa Alves

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; DIAS, A. V. B.. "CEBS: da fundamentação teleológica aos movimentos sociais". 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Faculdade ASA de Brumadinho.

ARAGAO, J. C.; COSTA FILHO, A.; RIBEIRO, D. R.; SANTIROCCHI, I. D.;COELHO, Victor de Oliveira Pinto. Comissão Examinadora do Concurso Público para Provimento de Cargo da Carreira do Magistério Sueperior - área de História - Edital 127/PROEN/UFMA. 2015. Universidade Federal do Maranhão.

COSTA, Diogo Menezes; LIMA, Helena Pinto;COELHO, Victor de Oliveira Pinto. Comissão Examinadora do Concurso Público para Provimento de Cargo de Carreira do Magistério Superior na área de Arqueologia - Campus Pinheiro/UFMA - Edital 323/2015 - PROEN. 2015.

COELHO, Victor de Oliveira Pinto. Edital FAPEMA n. 015/2017 - Programa de apoio à implantação, recuperação e modernização da infraestrutura para pesquisa. 2017. Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA.

COELHO, Victor de Oliveira Pinto. Comitê de Julgamento da FAPEMA referente ao Edital 18/2015 - Bolsas de Pós-Graduação Stricto Sensu - Mestrado e Doutorado. 2015. Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

COELHO, Victor de Oliveira Pinto. Comitê de Julgamento da FAPEMA referente ao Edital 21/2015 - APUB. 2015. Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

COELHO, Victor de Oliveira Pinto; SILVA, E. O.; SOUSA, C. C.; SANTOS, F. I. O.; ROJAS, M. O. A. I.; LIMA, A. S.; CORREIA, F. P.; MARQUES, C. V. V. C. O.; RODRIGUES, L. R. S.; SILVA, J. O. A.; MARQUES, P. R. B. O.; ARAGAO, J. C.; HOLANDA, M. J. A.. Comissão Científica da II Semana Ambiente em Foco: a água nas discussões sobre Educação Ambiental e Políticas Públicas - Campus UFMA Codó. 2015. Universidade Federal do Maranhão.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

RICARDO AUGUSTO BENZAQUEN DE ARAUJO

COSTA LIMA, Luiz;ARAUJO, R. A. B.; FERREIRA, Bernardo; MATTA, Sergio da; BENTIVOGLIO, J. C.. A Técnica como Totalidade: uma abordagem da obra de Ernst Junger. 2013. Tese (Doutorado em História Social da Cultura) - Pontifícia Universidade Catolica do Rio de Janeiro.

Otávio Soares Dulci

COELHO, V. O. P.;DULCI, O. S.. Nova Lima, 1948: a greve dos mineiros e o ardil anticomunista. 2004. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Bernardo Medeiros Ferreira da Silva

Lima, Luiz costa; Mata, Sérgio da; BENTIVOGLIO, Júlio César; ARAÚJO, Ricardo Benzaquem de;FERREIRA, Bernardo. A técnica como totalidade: uma abordagem da obra de Ernst Jünger no entreguerras". 2013. Tese (Doutorado em História Social da Cultura) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Pedro Spinola Pereira Caldas

LIMA, L.C.;CALDAS, Pedro S.P.; ARAUJO, R. A. B.. Eterno retorno: A recepção de Nietzsche nas obras de Ernst Jünger e Georges Bataille, Sujeito e Lei na época do entre-guerras. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em História Social da Cultura) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Sérgio Ricardo da Mata

LIMA FILHO, L. F. C.; SILVA, B. M. F.; ARAUJO, R. A. B.; BENTIVOGLIO, J. C.;MATA, Sérgio da. A técnica como totalidade: uma abordagem da obra de Ernst Jünger no entreguerras. 2013. Tese (Doutorado em História Social da Cultura) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Rodrigo Patto Sá Motta

MOTTA, R. P. S.; Dulci, O.; Reis, JC. Nova Lima, 1948: a greve dos mineiros e o ardil anticomunista. 2004. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Heloisa Maria Murgel Starling

STARLING, H. M. M.. 1948- Comunismo e Anti-Comunismo e a greve de Morro Velho. 2003. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Paulo Henrique Matos de Jesus

A greve de 2011 realizada pela Polícia Militar do Maranhão (PM-MA); Início: 2018; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão; (Orientador);

Ana Lívia Aguiar de Sena

O Maranhão e as Cortes Constitucionais (1821-1822); Início: 2017; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão; (Orientador);

Marcos Paulo Teixeira

?Lenta, gradual e segura?: o consenso sobre a Transição nas páginas dos jornais O Imparcial e O Estado do Maranhão (1974-1990); Início: 2017; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão; (Orientador);

Dian Lucas Silva Ferreira

O presente imita o passado: reforma do ensino de 1971 x Medida Provisória Nº 746, De Setembro de 2016; ; Início: 2018; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão; (Orientador);

Dionizio Pereira Cavalcante

O caso Leodegário Aguiar: controles e resistências presentes na documentação do DOPS-MA; 2018; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv; Científico e Tecnológico - MA; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

Paulo Victor Arouche Costa Leite

George Orwell e a busca pela verdade: linguagem, história e memória no universo ficcional de '1984'; 2018; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv; Científico e Tecnológico - MA; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

Tayanná Santos de Jesus Sbrana

"E deu nome a todas as coisas": as relações entre violência, território e desenvolvimento na formação da Zona Rural Ii de São Luiís, Maranhão (1996-2015); 2017; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

FRANCISCO DAS CHAGAS DA CRUZ PEREIRA

Ascensão política de Paulo Marinho em Caxias na década de 1980; 2017; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão,; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

Felipe Ucijara Guimarães Mendes

Mashorqueiros ou Procellários? A experiência tenentista no Maranhão (política, cultura histórica, imaginário, personagens; ; ; ); 2015; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Maranhão,; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

Daniel Ridam dos Santos Silva

Cultura política: a perspectiva política dos jovens codoenses em meio às manifestações de junho de 2013; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

kerlisson Vinicio Santos Vieira

A secularização como tema interdisciplinar; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv; Científico e Tecnológico - MA; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

kerlisson Vinicio Santos Vieira

A formação do imaginário social moderno: a soberania popular; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

Ramonn de Oliveira Alves

A banalidade do mal na literatura de Orwell; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão, Universidade Federal do Maranhão; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

Ramonn de Oliveira Alves

Michel Foucault: a inovação da história enquanto (auto)crítica da razão ocidental; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

Davi Benvindo de Oliveira

Michel Foucault: o legado nietzschiano como subversão do fazer historiográfico; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv; Científico e Tecnológico - MA; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

Davi Benvindo de Oliveira

A história em Nietzsche: linguagem, metáfora e valor no horizonte da secularização; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Humanas - História) - Universidade Federal do Maranhão, Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento Científico do Maranhão; Orientador: Victor de Oliveira Pinto Coelho;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Rodrigo Patto Sá Motta

Nova Lima, 1948; A greve dos mineiros e o ardil anticomunista; 2004; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Rodrigo Patto Sá Motta;

Luiz de França Costa Lima Filho

A técnica como totalidade; Uma abordagem da obra de Ernst Jünger no entreguerras; 2013; Tese (Doutorado em História Social da Cultura) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Luiz de França Costa Lima Filho;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Ernst Jünger. PANDAEMONIUM GERMANICUM (ONLINE) , v. 22, p. 129-157, 2019.

  • COELHO, VICTOR DE OLIVEIRA PINTO . Secularização como embate político e teológico: apontamentos a partir da contraposição entre Carl Schmitt e Ernst Kantorowicz. REFLEXÃO (PUCCAMP) , v. 42, p. 183-200, 2018.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Intervenção crítica e política da ficção: aproximações entre Luiz Costa Lima e Jacques Rancière. FATO & VERSÕES , v. 10, p. 89-109, 2018.

  • COELHO, VICTOR DE OLIVEIRA PINTO . Ernst Jünger e o demônio da técnica: modernidade e reacionarismo. TOPOI (ONLINE): REVISTA DE HISTORIA , v. 18, p. 246-273, 2017.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto ; SBRANA, Tayanná S. J. . ?Como fantasmas fora do domínio do capital?: alienação, trabalho, desemprego e desenvolvimento na Área Rural de São Luís (MA ? Brasil). Revista de História da UEG , v. 5, p. 329-351, 2016.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Entre o niilismo e a legitimidade do espaço simbólico. Diálogo com Schmitt, Heidegger e Blumenberg. Horizonte: Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião (Online) , v. 12, p. 183-210, 2014.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Ernst Jünger: o sublime da guerra e o tempo como mudança de plano. Dimensões: Revista de História da UFES , v. 30, p. 173-212, 2013.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . A abordagem do texto cristão em Erich Auerbach. HORIZONTE: REVISTA DE ESTUDOS DE TEOLOGIA E CIÊNCIAS DA RELIGIÃO (ONLINE) , v. 10, p. 584-602, 2012.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . A totalidade enquanto problema histórico e categoria teórica: uma abordagem a partir das obras de Humboldt, Simmel e Ernst Jünger. REVISTA DE TEORIA DA HISTÓRIA , v. ano 4, p. 78, 2012.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . O Nietzsche de Georges Bataille e o problema (?paradoxo?) da soberania. Revista Litteris , v. -, p. 98-117, 2011.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Graciliano Ramos e o reverso da Nação. Intellèctus (UERJ. Online) , v. ano IX, p. 1-22, 2010.

  • ARAUJO, L. H. B. ; COELHO, Victor de Oliveira Pinto ; PINTO, Aline Magalhães ; VALINHAS, Mannuella Luz de O. . Luiz Costa Lima: História, Discurso, Vida. Uma entrevista com Luiz Costa Lima. História da Historiografia , v. -, p. 265-276, 2010.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . A lavoura arcaica e a semente do mal. Uma análise da obra de Raduan Nassar. Literatura e Autoritarismo (UFSM) , v. -, p. 28-55, 2010.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Confissão, ficção, história: uma análise interdisciplinar da obra de Graciliano Ramos. Revista de História Comparada (UFRJ) , v. ano 3, p. 1-23, 2009.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Resenha de: COSTA LIMA, Luiz. \. Gragoatá (UFF) , v. 27, p. 269-274, 2009.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Vidas Secas e o sol da esperança: uma análise da obra de Graciliano Ramos. Literatura e Autoritarismo (UFSM) , v. -, p. s.-p., 2008.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . O Jornal do Povo e a luta por direitos - 1948. Revista História & Luta de Classes , v. -, p. 31-38, 2008.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . 'Os novos estudos sobre história social do trabalho e a revisão do conceito de populismo: um breve balanço'. CSOnline (UFJF) , v. -, p. 1-20, 2007.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . 'Jornal do povo, 1948 ? entre a revolução e a luta por direitos'. Asa-Palavra (Brumadinho) , v. v. 1, p. 113-133, 2006.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . 'O ardil anticomunista - estudo de caso (1948-1949)'. História Social (UNICAMP) , v. -, p. 91-113, 2006.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Carl Schmitt, Ernst Jünger e o problema da totalidade na era da técnica. In: Roberto Bueno. (Org.). BESNOIT, Alain [et. al.]. Carl Schmitt hoje: política, direito e teologia. 1ed.São Paulo: Max Limonad, 2016, v. 1, p. 434-454.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Secularização e niilismo no entreguerras: a formulação em Carl Schmitt, Ernst Jünger e Martin Heidegger. In: PORTELA, Camila da Silva; SILVA, Joelma Santos da; SANTOS, Lyndon de Araújo; SANTOS, Thiago Lima dos (orgs.). (Org.). Leituras sobre religião: cultura política e identidade. 1ed.São Luís: EDUFMA, 2015, v. 1, p. 301-318.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . O problema da mímese em Graciliano Ramos. In: RIBEIRO, G. S. & VERAS, E. H. N.. (Org.). Por uma literatura pensante: ensaios de filosofia e literatura. 1aed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2012, v. , p. 123-146.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Desarquivando a tortura: a luta de um passado ainda presente. Diário Liberdade, Ferrol (GALIZA, Europa), 30 mar. 2012.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . "Repressão ou inteligência". Jornal O Tempo, Belo Horizonte, p. A11 - A11, 08 nov. 2007.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . "Vigiar e Punir". Jornal O Tempo, Belo Horizonte, p. A11 - A11, 20 out. 2007.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . "Questões para debate". Jornal O Tempo, Belo Horizonte, p. A9 - A9, 06 abr. 2007.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . "As ameaças à frágil democracia latino-americana". Jornal O Tempo, Belo Horizonte, p. A9 - A9, 27 mar. 2007.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . "A questão libanesa". Jornal O Tempo, Belo Horizonte, p. A9, 08 ago. 2006.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Secularização e niilismo no entre-guerras: a formulação em Carl Schmitt, Ernst Jünger e Martin Heidegger. In: IV ENCONTRO NACIONAL DO GT HISTÓRIA DAS RELIGIÕES E DAS RELIGIOSIDADES ? ANPUH - Memória e Narrativas nas Religiões e nas Religiosidades., 2013, São Leopoldo - RS. ANAIS DO IV ENCONTRO NACIONAL DO GT HISTÓRIA DAS RELIGIÕES E DAS RELIGIOSIDADES ? ANPUH - Memória e Narrativas nas Religiões e nas Religiosidades.. Maringá (PR): Revista Brasileira de História das Religiões., 2012. v. V. p. 1-17.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Luiz Costa Lima e a revisão da mímesis. In: II Colóquio Internacional Poéticas do Imaginário: literatura, interfaces, fronteiras, 2010, Manaus. LEÃO, Alisson e CAVALHEIRO, Juciane (orgs.). Anais do II Colóquio Internacional Poéticas do Imaginário: literatura, interfaces, fronteiras. Manaus: UEA Edições, 2010. v. 1. p. 848-858.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Graciliano Ramos: a ficção como espaço crítico e potencial Diálogo com a noção de fenômeno transicional de D. W. Winnicott. In: V Simpósio Teológico-Filosófico. Literatura - provicação ao pensar, 2009, Belo Horizonte. V Simpósio Teológico-Filosófico. Literatura - provicação ao pensar. Belo Horizonte: FAJE, 2009. v. 1. p. 1-13.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . A longa duração contra o evento: crítica a partir de análise interdisciplinar, história e ficção. In: 3º. Seminário Nacional de História da Historiografia: aprender com a história?, 2009, Mariana-MG. Sérgio Ricardo da Mata, Helena Miranda Mollo e Flávia Florentino Varella (orgs.). Anais do 3º. Seminário Nacional de História da Historiografia: aprender com a história? Ouro Preto: Edufop, 2009.. Ouro Preto: Edufop, 2009. v. 1. p. 1-12.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Contingência e recalque: elementos para uma nova crítica da ideologia. In: 2º. Seminário Nacional de História da Historiografia. A dinâmica do historicismo: tradições historiográficas modernas, 2008, Ouro Preto. Sérgio Ricardo da Mata, Helena Miranda Mollo & Flávia Florentino Varella (org.). Caderno de resumos & Anais do 2º. Seminário Nacional de História da Historiografia. A dinâmica do historicismo: tradições historiográficas modernas. Ouro Preto: EdUFOP, 2008. v. 1. p. 1-11.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Um diálogo com o método marxista de análise do discurso a partir de Lavoura Arcaica. In: III Seminário de Teoria e História Literária, 2007, Vitória da Conquista - BA. III Seminário de Teoria e História Literária - Caderno de resumos, 2007. p. 78-79.

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . O sujeito fraturado como centro de uma teoria crítica da ficção na obra de Luiz Costa Lima. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Visão, técnica e subjetividade. A representação como problema existencial e político na modernidade. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . História e memória: tensões, diálogos e desafios. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Carl Schmitt, Ernst Jünger e o problema da totalidade na era da técnica. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Secularização e niilismo no entreguerras: a formulação em Carl Schmitt, Ernst Jünger e Martin Heidegger. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Graciliano Ramos: a ficção como espaço crítico e pontencial - diálogo com a noção de fenômeno transicional de D. W. Winnicott. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Contingência e recalque: elementos para uma nova crítica da ideologia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Um diálogo com o método marxista de análise do discurso a partir de Lavoura Arcaica. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Ameaça Vermelha em Nova Lima: o discurso anticomunista contra a greve dos mineiros da Morro Velho (1948). 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Parecer sobre Projeto de Pesquisa - CONICYT/Programa Fondecyt - Ministerio de Educación, Gobierno de Chile. 2018.

COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Parecer de artigo para a revista Em Tese, editada por discentes do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política (PPGSP) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). 2016.

COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Parecer de artigo para a revita Outros Tempos, do curso de História da Universidade Estadual do Maranhão. 2016.

COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Parecer de artigo para a revista Anima, revista discente do do Departamente de História da PUC-Rio. 2013.

COELHO, Victor de Oliveira Pinto . Dossiê de Tombamento: Carranca do Rio São Francisco. 2009.

COELHO, Victor de Oliveira Pinto . 2a Audiência Pública de Elaboração do Plano Plurianual - PPA de Pinheiro-MA para o período de 2018-2021. 2017. (Audiência pública).

COELHO, Victor de Oliveira Pinto . "A difusão do imaginário através da imprensa: comunismo e anticomunismo", VIII Semana de Licenciaturas, Faculdade ASA. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

COELHO, Victor de Oliveira Pinto . "A difusão do imaginário através da imprensa: comunismo e anticomunismo", Semana de Licenciatura História-Letras, Faculdade ASA. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

COELHO, Victor de Oliveira Pinto . "Lingüística e literatura na teoria da história", Semana de Licenciatura História-Letras, Faculdade ASA. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Políticas Públicas na Preservação do Patrimônio Documental de Alcântara: Gestão, Governança, História, Memória e Cultura, Descrição: O presente projeto visa criar subsídios para proposição de políticas públicas de salvaguarda e preservação dos acervos documentais das instituições públicas do município de Alcântara, principalmente aqueles documentos de interesse histórico, memorialístico e cultural, tendo como fundamento uma proposta interdisciplinar e interinstitucional. O projeto também tem por objetivo promover a catalogação, limpeza e digitalização do Acervo Documental presente no Polo UFMA de Alcântara, ligado ao Campus de Pinheiro. Essa documentação é valiosíssima, pois representa um acervo riquíssimo para a pesquisa sobre a ocupação do território, a História social, a demográfica, a econômica, a História pública e etc. Sua preservação é fundamental para proteção do patrimônio histórico-cultural e a memória do Estado do Maranhão. Por fim se propõe também a refletir sobre a Educação Patrimonial, juntamente com as instituições de ensino público municipais, com intuito de conscientizar e envolver a população local na preservação do patrimônio Histórico-Cultural. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Victor de Oliveira Pinto Coelho - Integrante / Italo Domingos Santirocchi - Coordenador / Dimas dos Reis Ribeiro - Integrante / Fernanda Cunha de Carvalho. - Integrante / José Henrique de Paula Borralho - Integrante / Márcia Milena Galdez Ferreira - Integrante / Eládio Sebastián Heredero - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    PÉRIPLO LITERÁRIO: BRASIL (Maranhão), ÁFRICA (Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Cabo Verde) E EUROPA (Portugal): construção de identidades, afirmação de sentidos, Descrição: O objeto da pesquisa em tela é analisar os cruzamentos culturais entre a África (Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Cabo Verde), América/Brasil (Maranhão) e Europa (Portugal) no processo simbiótico de influenciações, metalinguagens, imagens, cenas e circunstâncias entre esses três mundos por terem as tradições africanas contribuído para o processo de criação da literatura brasileira, que já havia sido influenciada pela portuguesa entre os séculos XVII e XIX, que por sua vez, possibilitou uma crítica ao estado da arte da literatura portuguesa expressa, por exemplo, na Questão Coimbrã, permitindo uma reconfiguração de parte da literatura portuguesa. Por outro lado, já no século XX, a literatura brasileira influenciou a criação de uma literatura africana nos países de língua portuguesa levando o estado português a uma forte repressão aos intelectuais africanos, escritores, poetas, por se espelharam no Brasil enquanto nação emancipada do domínio lusitano.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Victor de Oliveira Pinto Coelho - Integrante / Tatiana Raquel Reis Silva - Integrante / Antonio Evaldo Almeida Barros - Integrante / Viviane de Oliveira Barbosa - Integrante / Leonardo Leal Chaves - Integrante / Talia Gabrielle Santos Azevedo - Integrante / Alessandra Ferro Salazar Caro - Integrante / Fernando Rodrigues Alves Jorge - Integrante / José Henrique de Paula Borralho - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Estado de exceção. Elementos para uma história política do presente, Descrição: O projeto procurar dar conta de um tema que já vinha ganhando espaços desde as obras Homo Sacer e especialmente Estado de exceção, de Giorgio Agamben. O objetivo é conjugar tanto uma discussão teórica e conceitual, a partir de obras de referência, quanto uma abordagem ? na perspectiva da história do tempo presente e da história dos conceitos ? da recepção e dos embates em torno do tema ?Estado de exceção? no Brasil, nos últimos anos. No primeiro caso, será essencial o diálogo com as obras de Agamben e com autores tais como Walter Benjamin, Jacques Derrida, Michel Foucault e Carl Schmitt, continuando também, em consonância com nosso projeto anterior sobre a secularização (tema, aliás, presente na obra O Reino e a Glória, de Agamben), a abordagem das obras de Hans Blumenberg e seus diálogos e contraposições com as teses de Carl Schmitt, Martin Heidegger e Ernst Jünger. Se é tão cara a Agamben a tese da longa duração de uma teologia política, numa perspectiva genealógica, nossa ênfase continuará sendo a configuração do Estado de exceção a partir do contexto das duas guerras mundiais e da emergência do problema da era da técnica. No segundo caso, o tema do Estado de exceção vem ganhando cada vez mais presença no debate público brasileiro, especialmente após a recente deposição da presidenta Dilma Rousseff. Mas, buscaremos apontar como o conceito vinha sendo mobilizado anteriormente e discutir, para além (ou aquém) da polarização político-partidário-ideológica, como ele vem sendo um conceito central para lidar com eventos e temas que perpassam o social, o econômico e o político, apontando para problemas de natureza estrutural que parecem condicionar a reprodução da desigualdade no país. Nossas fontes, nesse caso, serão tanto análises e notícias veiculadas nas mídias de comunicação como também obras de cunho de pesquisa acadêmica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (4) . , Integrantes: Victor de Oliveira Pinto Coelho - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Propriedade da Terra no Brasil e Portugal: Fundamentos legais e projetos em disputa (1970-1990), Descrição: Os eventos em torno dos cinquenta anos do golpe empresarial militar de 1964 suscitaram uma explosão de eventos acadêmicos, de publicações especializadas, de quase que diários programas televisivos e um amplo espaço na imprensa escrita. No entanto, tal explosão, em suas distintas áreas, está voltada para os acontecimentos do centro-sul do país. As especificidades dos (des)caminhos da ditadura empresarial-militar brasileira nas distintas regiões do pais não foram contempladas nem pelos estudos acadêmicos nem pela cobertura midiática. Assim, as análises que são construídas especificamente para a realidade do eixo Rio-São Paulo são nacionalizadas como se as demais regiões do Brasil fossem apenas caixas de ressonância. Em relação à ditadura salazarista, há ainda muito a ser respondido. Singular em sua longevidade, sendo mesmo considerada a mais longa no palco europeu, uma vez que durou entre 1926 e 1974. Foi instaurada através de golpe de Estado militar que, em 28 de Maio de 1926, derrubou a I República portuguesa e instituiu a chamada Ditadura Nacional Militar, que se transformou depois num regime ditatorial civil, erigido pelo novo chefe do governo, António de Oliveira Salazar. Através da instituição de uma nova Constituição, Salazar ergueu, a partir de 1933, o chamado Estado Novo, que sobreviveria à própria morte política do seu mentor, em 1968, pois continuou sob a vigência do seu sucessor, Marcello Caetano, período da chamada ?Primavera Marcelista?, quando foi destituída pela Revolução dos Cravos de abril de 1974. Só então o regime ditatorial português foi derrubado por um novo golpe militar, levado a cabo pelas patentes intermédias das Forças Armadas, envolvidas diretamente em uma guerra colonial, que vigorava desde 1961, em três teatros africanos - Angola, Guiné-Bissau e Moçambique . O eixo da investigação aqui proposta reside na investigação de dois distintos corpus documentais: a legislação que conduziu a política agrária e a b) a cobertura da imprensa sobre a temática, especificamente no Maranhão e em Portugal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Victor de Oliveira Pinto Coelho - Integrante / Monica Piccolo Almeida - Coordenador / Márcia Maria Menendes Motta - Integrante / Leandro José Luz Riodades de Mendonça - Integrante / Drielle Bittencourt - Integrante / Priscilla Piccolo Neves - Integrante / leonardo leal chaves - Integrante / Werbeth Serejo Belo - Integrante.

  • 2014 - 2017

    A secularização como problema histórico e teórico: a contribuição de Hans Blumenberg e caminhos de pesquisa, Descrição: O tema de nosso projeto é o da secularização, que diz respeito à perda hegemonia da religião como fator simbólico-estruturante do mundo no ocidente moderno. O objetivo é discutir a secularização enquanto categoria teórica e destacaremos a obra de Hans Blumenberg, que traz uma teoria original sobre a secularização e uma metaforologia. Com Blumenberg, temos a consideração sobre o desenvolvimento da ciência e da técnica fora da perspectiva de um desenvolvimento linear ? escapando da noção de ?necessidade histórica? e de qualquer teoria da superação da religião e do mito pelo pensamento científico e metódico. Tal abordagem não linear, por um lado, revela as especificidades da modernidade, que envolvem a autonomização (relativa) do sujeito e a expansão da técnica e do pensamento metódico, como também a reflexão sobre autonomia da arte e da linguagem; por outro lado, evita o círculo vicioso da noção de ?retorno do recalcado? (da religião e do mito) que é devedora ainda da ideologia do progresso. Partindo da obra de Blumenberg e dialogando com outros autores, procuramos abrir caminhos para a pesquisa de temas que podem ser articulados a partir do problema da secularização, tais como: (i) uma abordagem crítica sobre a questão do relativismo, incluindo o legado da obra de Nietzsche com seus ?jogos? envolvendo verdade, historicidade e linguagem assim como o legado da obra de Michel Foucault; (ii) um estudo sobre o problema específico da técnica, desenvolvendo a noção de autonomização do mundo objetivado da técnica, de Simmel, que por sua vez possibilita a perspectivação das teorizações conservadoras a respeito da secularização (tais como a de Carl Schmitt) ou as que tenham como foco a homologia entre ideia de progresso e escatologia cristã (como é o caso de Karl Löwith); (iii) a consideração de tais fatores como horizonte histórico para a abordagem das mitologias políticas próprias do século XX. O projeto conta com dois bolsistas PIBIC com bolsa Fapema (Davi B. de Oliveira) e CNPq (Ramonn de O. Alves). , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Victor de Oliveira Pinto Coelho - Coordenador / Davi Benvindo de Oliveira - Integrante / Ramonn de Oliveira Alves - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2014 - 2015

    Delimitação da área de risco de inundação no perímetro urbano do município de Codó (MA) e as implicações na dinâmica sócio-econômico-ambiental., Descrição: A presente pesquisa prima pela identificação das áreas de risco de inundação no perímetro urbano de Codó-MA e análise dos aspectos socioeconômicos e ambientais. Tem como objetivos a identificação dos limites das áreas de risco de inundação no perímetro urbano de Codó-MA segundo informações de campo referentes ao episódio de 2009 e imagens de satélite; caracterização do ambiente físico natural da área de risco de inundação no perímetro urbano de Codó-MA; destaque aos aspectos sociais e econômicos da área de risco de inundação do perímetro urbano de Codó-MA; mapeamento das áreas de risco de inundação do perímetro urbano de Codó-MA; proposição de planejamento e o ordenamento urbano da área de risco de inundação do município de Codó-MA; colaboração com o ensino de desastres naturais na Escola Municipal Estevam Ângelo de Sousa a partir da realidade da cidade de Codó; auxílio aos órgãos públicos, o setor privado e a comunidade com o banco de dados sobre as áreas de risco de inundação do perímetro urbano de Codó-MA. Este projeto faz parte dos trabalhos de pesquisa desenvolvidos no Grupo de Pesquisa em Ensino de Ciências ? GPECN, na linha de pesquisa Educação Ambiental.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Victor de Oliveira Pinto Coelho - Integrante / José Carlos Aragão - Integrante / Jascira da Silva Lima - Integrante / Alex de Sousa Lima - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2018

Prêmio de 4o lugar na modalidade de Pôster (orientador) - Campus Pinheiro (orientador) no XXX Seminário de Iniciação Científica (Semic) da UFMA, Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da Universidade Federal do Maranhão.

2017

Menção Honrosa no Prêmio Fapema 2017- Neiva Moreira, categoria Dissertação de Mestrado (orientação), Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema).

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Maranhão, Centro de Ciências Humanas, Saúde e Tecnologia de Pinheiro, Curso de Licenciatura em Ciências Humanas. , Rua Raimundo José Pimenta, Floresta, 65200000 - Pinheiro, MA - Brasil, Telefone: (98) 3811454

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2017 - Atual

    Universidade Estadual do Maranhão

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2013 - Atual

    Universidade Federal do Maranhão

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 04/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Naturais, Saúde e Tecnologia (CCHNST) -Pinheiro, .,Cargo ou função, Comissão de Avaliação de Desempenho de Estágio Probatório.

    • 07/2014

      Ensino, História, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, A secularização como problema histórico e teórico, Teoria da História

    • 05/2014

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais, Programa de Pós-Graduação em História.,Linhas de pesquisa

    • 11/2013

      Ensino, Ciências Humanas - História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estado e Sociedade, História, Ciências Humanas e Interdisciplinaridade, História da Europa II, História da Europa III , Historia do Brasil e do Maranhão República, Introdução à História, Teoria e Historiografia

    • 01/2018 - 05/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós-Graduaçao em História - PPGHIS-UFMA, .,Cargo ou função, Membro titular da comissão de redação do APCN de proposta de curso de doutorado do PPGHis.

    • 04/2014 - 08/2015

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Sociais, Curso de Licenciatura em Ciências Humanas - Campus VII Codó.,Cargo ou função, Membro do NDE - Núcleo Docente Estruturante.

    • 10/2014 - 07/2015

      Direção e administração, Campus de Codó, Curso de Licenciatura em Ciências Humanas.,Cargo ou função, Coordenador.

    • 01/2014 - 12/2014

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Sociais, Curso de Licenciatura em Ciências Humanas - Campus VII Codó.,Cargo ou função, Comissão para Elaboração do Regimento da Unidade Acadêmica do Campus de Codó.

  • 2009 - Atual

    Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro de grupo de pesquisa

    Atividades

    • 01/2009

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de História, .,Linhas de pesquisa

  • 2005 - 2007

    Faculdade ASA de Brumadinho

    Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

    Atividades

    • 01/2005

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Metodologia da História I e II, Historiografia Contemporânea, Teoria da História, História da América III, História do Brasil IV, História da América I, História da Arte Geral, Prática de Ensino II

  • 2004 - 2004

    Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira

    Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 0

    Atividades

    • 02/2004 - 08/2004

      Ensino, Turismo, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História de Minas Gerais

  • 1999 - 2002

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 0

    Atividades

    • 07/1999 - 07/2002

      Extensão universitária , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.,Atividade de extensão realizada, O Projeto de Extensão se deu em parceria com a Secretaria de Cultura de Nova Lima, e consistiu na organização e sistematização do arquivo do Fórum da Comarca para sua implementação num futuro arquivo municipal..

  • 1999 - 2002

    Prefeitura de Nova Lima, -

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Projeto de extensão da UFMG, Carga horária: 16