Jorge Luiz Soares Ribeiro

Graduado em Letras - licenciatura plena em língua portuguesa do Instituto de Linguística Letras e Artes - Faculdade de Estudos da Linguagem - UNIFESSPA. Foi bolsista de iniciação científica (CNPq), no período de Janeiro a Julho de 2017, com o plano de trabalho Heterogeneidade discursiva e produção de simulacros na escrita acadêmica. Foi bolsista de iniciação científica (CNPq), no período de Agosto de 2017 a Agosto de 2018, desenvolvendo o plano de trabalho intitulado Funcionamento discursivo de simulacros na escrita acadêmica. Participa do projeto de pesquisa A escrita de si e processos de subjetivação: formação de professores na Amazônia Oriental, coordenado pela prof. dr. Nilsa Brito Ribeiro. É vinculado ao grupo de pesquisa do CNPq Práticas discursivas: narrativas, saberes e resistência cultural, coordenado pela prof. dr. Nilsa Brito Ribeiro.

Informações coletadas do Lattes em 22/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Letras - Língua Portuguesa

2014 - 2019

Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará
Título: EFEITOS DISCURSIVOS DE SIMULACROS NA ESCRITA ACADÊMICA
Orientador: Profa. Dra. Nilsa Brito Ribeiro

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

RIBEIRO, J. L. S. . II CONGRESSO REGIONAL DO PROFLETRAS UNIFESSPA. 2018. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

II CONGRESSO REGIONAL DO PROFLETRAS UNIFESSPA. 2018. (Congresso).

II SIMPÓSIO DE PRODUÇÃO CIENTÍFICA DA UNIFESSPA.FUNCIONAMENTO DISCURSIVO DE SIMULACROS NA ESCRITA ACADÊMICA. 2018. (Simpósio).

III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIFESSPA. 2017. (Seminário).

III SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIFESSPA.HETEROGENEIDADE DISCURSIVA E PRODUÇÃO DE SIMULACROS NA ESCRITA ACADÊMICA. 2017. (Seminário).

IV SEMANA PAN-AMAZÔNICA. DISCURSO DE OUTREM: A PRODUÇÃO DE SIMULACROS NA ESCRITA ACADÊMICA. 2017. (Congresso).

IV SEMANA PAN-AMAZÔNICA. 2017. (Seminário).

NEES 10 ANOS: OUTROS OLHARES SOBRE OS CORPOS NEGADOS. 2017. (Seminário).

V SISEL + VIII JORNADA DE LETRAS.FUNCIONAMENTO DISCURSIVO DE SIMULACROS NA ESCRITA ACADÊMICA. 2017. (Seminário).

CICLO DE OFICINAS: VIVENCIANDO PRÁTICAS E CONSTRUINDO CONHECIMENTO.UMA ANÁLISE DA PEÇA: "O DEMÔNIO FAMILIAR" DE JOSÉ DE ALENCAR COM UM OLHAR CONTEMPORÂNEO. 2016. (Oficina).

I ENCONTRO DE EDUCAÇÃO POPULAR.ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA NO CURSINHO POPULAR - UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. 2016. (Encontro).

I COLÓQUIO VIRTUAL SOBRE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO. 2015. (Outra).

I JORNADA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DA UNIFESSPA. 2015. (Encontro).

I SEMINÁRIO DO GAPLI. 2015. (Seminário).

VII SEMINÁRIO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS ES E LITERATURA E DO IV SEMINÁRIO INTERAÇÃO E SUBJETIVIDADE NO ENSINO DE LÍNGUAS. 2015. (Seminário).

VII SEMINÁRIO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS ES E LITERATURA E DO IV SEMINÁRIO INTERAÇÃO E SUBJETIVIDADE NO ENSINO DE LÍNGUAS.AS AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA (LITERATURA, REDAÇÃO E GRAMÁTICA) NO ENSINO POPULAR: POSSIBILIDADES E DESAFIOS. 2015. (Seminário).

NARRATIVAS E DIÁRIOS DE APRENDIZAGEM COMO INSTRUMENTOS PARA APRENDER A APRENDER. 2014. (Outra).

VI SEMINÁRIO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS E LITERATURAS. 2014. (Seminário).

VI SEMINÁRIO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS E LITERATURAS.NARRATIVAS E DIÁRIOS DE APRENDIZAGEM COMO INSTRUMENTOS PARA APRENDER A APRENDER. 2014. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maysa de Pádua Teixeira Paulinelli

Nilsa Brito Ribeiro;Maysa de Pádua Teixeira Paulinelli; Ingrid Fernandes Gomes Pereira Brandão. Efeitos discursivos de simulacros na escrita acadêmica. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Português) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Nilsa Brito Ribeiro

Funcionamento discursivo de simulacros na escrita acadêmica; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Português) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Nilsa Brito Ribeiro;

Nilsa Brito Ribeiro

Heterogeneidade discursiva e produção de simulacros na escrita acadêmica; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Letras/Português) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Nilsa Brito Ribeiro;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • RIBEIRO, J. L. S. . DISCURSO DE OUTREM: A PRODUÇÃO SIMULACROS NA ESCRITA ACADÊMICA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2017 - 2018

Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: BOLSISTA - INICIAÇÃO CIENTÍFICA, Carga horária: 20

Outras informações:
O Plano de trabalho tem como objetivo descrever e analisar na escrita do aluno universitário, particularmente relatórios produzidos em disciplinas de Estágio Supervisionado, a heterogeneidade de discursos propiciada indiciada pelo discurso relatado (dialogismo mostrado. Aceitando o postulado de Maingueneau (1997) de que todo discurso só se relaciona com outros através do simulacro que dele constrói, tomaremos os discursos relatados, sob a forma de citação, para analisarmos simulacros que se produzem na relação do discurso do sujeito em formação com as bases teóricas que fundamentam a escrita dos relatórios de estágio.

2017 - 2017

Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: PESQUISADOR - INICIAÇÃO CIENTÍFICA, Carga horária: 20

Outras informações:
O plano de trabalho denominado ?heterogeneidade discursiva e produção de simulacros na escrita acadêmica?, vinculado ao projeto de pesquisa ?A escrita de si e processos de subjetivação: formação de professores na Amazônia Oriental? tem como objetivo analisar a escrita acadêmica de alunos universitários, através de relatórios de estágio supervisionado. A pesquisa Se ampara teoricamente nos estudos de discursos de Maingueneau (1997), segundo o qual o discurso só se relaciona com o outro através do simulacro que dele constrói. Assim, é possível apreender nos relatos dos estudantes universitários os discursos relatados na forma de citação, atentando para como o sujeito escrevente introduz em seu discursos vozes produtoras de simulacros sobre si, sobre as vozes convocadas ou sobre o objeto do discurso. O corpus de análise são relatórios de estágio supervisionado das turmas de Letras/Português, Letras/PAFOR e Educação do campo, da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, totalizando 49 relatórios que fazem parte do banco de dados do projeto de pesquisa.

Atividades

  • 08/2017

    Pesquisa e desenvolvimento , UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ, .,Linhas de pesquisa