Rodrigo Cardoso Pereira

Possui graduação em Letras na Universidade Federal do Maranhão, em 2004, com ênfase em Teoria da Literatura e Literatura Brasileira

Informações coletadas do Lattes em 20/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Teoria e História Literária

2007 - Atual

Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: mímese; vanguarda; poesia-práxis.

Graduação em Letras

1998 - 2004

Universidade Federal do Maranhão
Orientador: Maria de Fátima Sopas Rocha

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Francês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Poesia, fazer poético e expressão: enriquecendo o universo dos jovens.Poesia, fazer poético e expressão: enriquecendo o universo dos jovens. 2003. (Outra).

Café Literário.O problema da poesia: o fazer poético em questão. 2001. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Francine Fernandes Weiss Ricieri

BOAVENTURA, M. E.; CAMILO, V.;RICIERI, F. F. W.. A concepção de palavra na poesia práxis. 2010. Dissertação (Mestrado em Teoria e História Literária) - Universidade Estadual de Campinas.

Vagner Camilo

BOAVENTURA, M. E. G.;CAMILO, V.. A concepção de Palavra na Poesia-Práxis. 2010. Dissertação (Mestrado em Teoria e História Literária) - Universidade Estadual de Campinas.

Maria Betânia amoroso

Boaventura, Maria Eugenia;Amoroso, Maria Betânia; Camilo, Vagner. A concepção de palavra na poesia-práxis (Exame de Qualificação). 2009. Dissertação (Mestrado em Teoria e História Literária) - Universidade Estadual de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Maria Eugenia da Gama Alves Boaventura Dias

Lavra Lavra; Início: 2007; Dissertação (Mestrado em Teoria e História Literária) - Universidade Estadual de Campinas, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv; Científico e Tecnológico - MA; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2002

Prêmio Odylo Costa Filho, Fundação Cultural do Maranhão.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional