Kelly Silva Fernandes

Discente do curso de Farmácia na Universidade Federal da Bahia e estudante de iniciação científica.

Informações coletadas do Lattes em 21/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Farmácia

2014 - Atual

Universidade Federal da Bahia

Ensino Médio (2º grau)

2007 - 2010

Colégio Estual Emílio Garrastazu Médici

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Congresso UFBA. 2016. (Congresso).

III Simpósio Fisiopatologia da Célula Glial e VII Simpósio de Atualização em Farmacologia da UFBA. 2015. (Simpósio).

I Simpósio Baiano de Atividades Farmacêuticas. 2014. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Kelvis Trindade Santos

VELOZO, E. S.; YAHOUEDEHOU, S. C. M. A.;SANTOS, K. T.. Avaliação da Atividade Antifalcizante de Dictyoloma vandellianum. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal da Bahia.

Setondji Cocou Modeste Alexandre Yahouedehou

VELOZO, E. S.;YAHOUEDEHOU, S. C. M. A.; SANTOS, K. T.. Avaliação da atividade antifalcizante de Dictyoloma vandellianum. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal da Bahia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Marcelo Santos Castilho

Identificação de inibidores enzimáticos de SOD de Leishmania braziliensis ou L; chagasi; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Marcelo Santos Castilho;

Eudes da Silva Velozo

Estudo fitoquímico e atividade antifalcizante de Dictyoloma vandellianum; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eudes da Silva Velozo;

Lucas Silva Abreu

Estudo fitoquímico e avaliação da atividade antifalcizante de Dictyoloma vandellianum; 2015; Iniciação Científica - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Lucas Silva Abreu;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FERNANDES, K. S. ; VELOSO, N. S. ; ABREU, L. S. ; ADORNO, E. V. ; VELOZO, E. S. . Avaliação da atividade antifalcizante de polifenóis presentes em Dictyoloma vandellianum. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • FERNANDES, K. S. ; ABREU, L. S. ; VELOZO, E. S. ; ADORNO, E. V. . Avaliação da atividade antifalcizante de polifenóis presentes em Dictyoloma vandellianum. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FERNANDES, K. S. ; ABREU, L. S. ; VELOZO, E. S. . Atividade antifalcizante de Zanthoxylum sp. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - 2018

    Identificação de inibidores enzimáticos de SOD de Leishmania braziliensis ou L. chagasi, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Kelly Silva Fernandes - Coordenador / Camila Bitencourt - Integrante / Marcelo Santos Castilho - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Estudo fitoquímico e avaliação da atividade antifalcizante de Dictyoloma vandellianum, Descrição: A anemia falciforme (AF) é um dos distúrbios genéticos mais frequentes no Brasil e no mundo. Estima-se que existam no Brasil de 25 mil a 30 mil portadores de AF e que surjam, anualmente, 3.500 novos casos e 200.000 casos com traço falciforme. No Estado da Bahia foi estimada uma frequência de portadores do traço falciforme de 5,5% na população geral, chegando a 6,3% na população afrodescendente. Um estudo realizado com crianças afrodescendentes na cidade de Salvador, apontou uma frequência ainda maior: 7,4%. As manifestações clínicas são heterogêneas e variáveis, podendo ocorrer desde anemia, retardo no crescimento e desenvolvimento até um acidente vascular cerebral. As manifestações clínicas alteram a qualidade de vida do portador, acarretando dificuldades no trabalho, estudo e lazer, além de repercussões psicológicas como a baixa autoestima. O único fármaco aprovado pela agência norte-americana Food and Drug Administration (FDA) para o tratamento desta doença é o antineoplásico hidroxiureia. Este fármaco possui alguns efeitos deletérios que dificultam seu uso seguro. No Brasil, o Ministério da Saúde (MS) publicou a portaria Nº 55 de 2010, aprovando o protocolo clínico e diretrizes terapêuticas para DF, viabilizando o uso da hidroxiureia. Segundo a portaria, o paciente deve assinar um termo de esclarecimento e responsabilidade que informa ao paciente sobre os efeitos indesejáveis do medicamento. A alternativa para o tratamento da doença é o uso de plantas medicinais que possam aliviar os sintomas. Espécies da família Rutaceae, foram estudadas por grupos de pesquisas africanos. Na espécie Zanthoxylum xanthoxyloides (Rutaceae), foi observado a atividade de reversão da forma drepanocítica do eritrócito, voltando este a sua forma normal biconcava. Esta atividade foi atribuída aos ácido p-hidroxibenzóico e ácido vanilínico presentes na espécie. Extratos metanólicos de D. vandellianum possuem taninos gálicos que são fortes candidatos a possuírem atividades antifalcizante. O objetivo desse estudo é avaliar a atividade antifalcizante dos taninos gálicos de D. vandellianum através dos testes de falcização, fragilidade osmótica e solubilidade da hemoglobina.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Kelly Silva Fernandes - Integrante / Lucas Silva Abreu - Integrante / Eudes da Silva Velozo - Coordenador / Elisângela Vitória Adorno - Integrante / Nathalie Souza Veloso - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2015 - 2016

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação científica, Carga horária: 20