Maira Biajoni Guimarães

Psicóloga, mestre em Psicologia pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (PPGPSI/UFRRJ). Atua como Psicóloga na Clínica do Comportamento, realizando avaliação neuropsicológica, reabilitação cognitiva e psicoterapia. Psicóloga pela Prefeitura Municipal de Barra Mansa/RJ, no Centro de Referência de Assistêncial Social (CRAS). É pesquisadora dos Grupos de Pesquisa do CNPq - "Núcleo de Ações e Reflexões em Neuropsicologia do Desenvolvimento (NARN)" e "ST3M-C: Estudos Transdisciplinares sobre Empoderamento de Meninas e Mulheres na Ciência". Estagiou no Serviço de Psicologia Aplicada (SPA) da UFRRJ com ênfase em Neuropsicologia - Avaliação e Reabilitação, e atuou como pesquisadora bolsista de Iniciação Científica PIBIC/CNPq nos períodos de 2015-2016 / 2016-2017.

Informações coletadas do Lattes em 07/09/2021

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em Psicologia

2017 - 2019

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Título: Controle inibitório, impulsividade e o uso de substâncias por adolescentes,Ano de Obtenção: 2019
Emmy Uehara Pires.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências Humanas

Graduação em Psicologia

2012 - 2017

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Curso técnico/profissionalizante em Técnico em Informática

2009 - 2011

Colegio de Aplicação UBM

Ensino Médio (2º grau)

2009 - 2011

Colegio de Aplicação UBM

Formação complementar

2020 - 2020

Aprofundam. Teórico-Prático de Testes TEA e TDAH: Avaliação a Intervenção. (Carga horária: 650h). , InstitutoNeuro, INSTITUTONEURO, Brasil.

2020 - 2020

Workshop de Terapia Cognitivo-Comportamental. (Carga horária: 4h). , COGNI: Soluções em Psicologia, COGNI, Brasil.

2016 - 2016

Extensão universitária em Treinamento e Capacitação Técnica do WASI. (Carga horária: 5h). , Núcleo de Ações e Reflexões em Neuropsicologia do Desenvolvimento, NARN, Brasil.

2016 - 2016

Traumas infantis e transtornos mentais - Curso e Workshop. (Carga horária: 4h). , NEUROCLÍNICA, NEUROCLÍNICA, Brasil.

2016 - 2016

Teste Figuras Complexas de Rey. (Carga horária: 4h). , MAGO Produtos e Serviços em Psicologia, MAGO, Brasil.

2015 - 2015

Desenvolvimento Infantil e Neurociências - Curso e Workshop. (Carga horária: 24h). , NEUROCLÍNICA, NEUROCLÍNICA, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia.

Organização de eventos

MATTOSINHOS, P. H. O. ; LIMA, L. C. O. ; SOUZA, M. A. F. ; GUIMARÃES, M. B. . III Encontro Estadual do APL do RJ. 2013. (Outro).

Participação em eventos

Imersão em ABA 2021. 2021. (Outra).

Avaliação Psicológica: As Interfaces da Produção de Documentos. 2019. (Seminário).

III Encontro de Gestalt-Terapia do Sul Fluminense. 2018. (Encontro).

VII Mostra Carioca de Neuropsicologia Clínica. 2018. (Outra).

IV Seminário de Estágio Supervisionado do Serviço de Psicologia Aplicada - SPA UFRRJ. 2017. (Seminário).

VI Mostra Carioca de Neuropsicologia Clínica. 2017. (Outra).

Visita Técnica Mago Psico Testes. 2016. (Outra).

V Mostra Carioca de Neuropsicologia Clínica. 2016. (Outra).

XV Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de Neuropsicologia. 2016. (Congresso).

Geopolítica & Psicologia Junguiana: Perspectivas para o Brasil no Século XXI. 2015. (Seminário).

II Seminário de Estágio Supervisionado do Serviço de Psicologia Aplicada - SPA UFRRJ. 2015. (Seminário).

O conceito Reichiano de contato ocular. 2015. (Oficina).

Redução da maioridade penal: redução é a solução?. 2015. (Seminário).

Teste de Apercepção Temática. 2015. (Oficina).

VII Psicocine UFRRJ. 2015. (Outra).

Visita técnica na Mago Produtos e Serviços em Psicologia. 2015. (Outra).

8ª Mostra Regional de Práticas em Psicologia. 2014. (Outra).

CEREALIA. 2014. (Encontro).

Para além de Adão e Eva: Sexualidade, gênero e imagem arquetípica no horizonte do século XXI. 2014. (Seminário).

PsicoCine UFRRJ. 2014. (Outra).

Semana Acadêmica de Psicologia da UFRRJ: A Psicologia que temos e a Psicologia que queremos. 2014. (Outra).

ECOcapacitação. 2013. (Encontro).

Comissão julgadora das bancas

Wanderson Fernandes de Souza

PIRES, E. U.; Norte, C.E.L.S; SOUZA, W. F.. CONTROLE INIBITÓRIO, IMPULSIVIDADE E O USO DE SUBSTÂNCIAS POR ADOLESCENTES. 2019. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Wanderson Fernandes de Souza

SOUZA, WANDERSON FERNANDES DE; PIRES, E. U.; Norte, C.E.L.S. CONTROLE INIBITÓRIO, IMPULSIVIDADE E O USO DE SUBSTÂNCIAS POR ADOLESCENTES. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Carlos Eduardo Nórte

NÓRTE, C. E.. Controle Inibitório, Impulsividade e o Uso de Substâncias por Adolescentes. 2019. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Carlos Eduardo Nórte

NÓRTE, C. E.. Controle Inibitório, Impulsividade e o Uso de Substâncias por Adolescentes. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Emmy Uehara Pires

PIRES, E. USOUZA, W. F.NORTE, C. E.. Controle Inibitório, Impulsividade e o Uso de Álcool e Drogas por Adolescentes. 2019. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Emmy Uehara Pires

PIRES, E. UNORTE, C. E.SOUZA, W. F.. Controle inibitório, impulsividade e o uso de substâncias por adolescentes. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Emmy Uehara Pires

PIRES, E. UROCINHOLI, L. F.. Controle Inibitório e o Uso de Álcool de Drogas por Adolescentes: Uma Revisão Sistemática. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Foi orientado por

Wanderson Fernandes de Souza

ANÁLISE DE PREVALÊNCIA E FATORES DESENCADENATES DE SÍNDROME DE BURNOUT EM EQUIPE DE ENFERMAGEM DA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE DO MUNICÍPIO DE VOLTA REDONDA; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Wanderson Fernandes de Souza;

Emmy Uehara Pires

Controle Inibitório, Impulsividade e o Uso de Álcool e Drogas por Adolescentes; 2017; Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro,; Orientador: Emmy Uehara Pires;

Emmy Uehara Pires

Controle Inibitório e o Uso de Álcool e Drogas por Adolescentes: Uma Revisão Sistemática; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; Orientador: Emmy Uehara Pires;

Emmy Uehara Pires

O controle inibitório em adolescentes; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Emmy Uehara Pires;

Emmy Uehara Pires

Estágio em Neuropsicologia - Avaliação e Intervenção; 2015; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; Orientador: Emmy Uehara Pires;

Luciene de Fatima Rocinholi

Estágio em Avaliação Neuropsicológica Infantil; 2015; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; Orientador: Luciene de Fatima Rocinholi;

Produções bibliográficas

  • UEHARA, E. ; GUIMARÃES, M. B. ; MARQUES, B. G. . Avaliação Psicológica de Pessoas Não-Alfabetizadas. In: Juliane Callegaro Borsa. (Org.). Avaliação Psicológica aplicada a contextos de vulnerabilidade psicossocial. 1ed.São Paulo: Vetor, 2019, v. 1, p. 00-00.

  • MARQUES, B. G. ; GUIMARÃES, M. B. ; UEHARA, E. . Avaliação Neuropsicológica e a Suspeita de TDAH: Caso Clínico.. In: VII Mostra Carioca de Neuropsicologia Clínica, 2018, Rio de Janeiro. VII Mostra Carioca de Neuropsicologia Clínica, 2018.

  • SACRAMENTO, R. R. ; SOUZA, W. F. ; GUIMARÃES, M. B. . Análise de Prevalência e Fatores de Riscos de Síndrome de Burnout em Equipes de Enfermagem da Atenção Básica de Saúde. In: 47ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2017, São Paulo. Anais da 47ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, 2017.

  • GUIMARÃES, M. B. ; MARQUES, B. G. ; REIS, C. ; UEHARA, E. . A utilização de técnicas projetivas na Avaliação Neuropsicológica: Uma Experiência com a Técnica de Apercepção para Idosos (SAT). In: XV Congresso Brasileiro da SBNp, 2016, Brasília. ANAIS DO XV CONGRESSO DA SBNP, 2016. p. 1-203.

  • REIS, C. ; GUIMARÃES, M. B. ; UEHARA, E. . Mídias interativas e maturação cerebral: implicações ao desenvolvimento infantil. In: V Mostra Carioca de Neuropsicologia Clínica, 2016, Rio de Janeiro. Contribuições da neuropsicologia para diagnóstico diferencial na neurologia e neuropsiquiatria, 2016.

  • BIAJONI, M. ; UEHARA, E. . Impulsividade em adolescentes em vulnerabilidade às substâncias psicoativas: proposta de avaliação neuropsicológica. REVISTA DE PSICOLOGIA DA IMED , 2020.

  • MARQUES, B. G. ; GUIMARÃES, M. B. ; UEHARA, E. . Avaliação e Reabilitação neuropsicológica em cliente com suspeita de TDAH. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MARQUES, B. G. ; GUIMARÃES, M. B. ; UEHARA, E. . Avaliação Neuropsicológica e a Suspeita de TDAH: Caso Clínico. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • REIS, C. ; MARQUES, B. G. ; GUIMARÃES, M. B. ; UEHARA, E. . Funções executivas em adolescentes: Uma revisão sistemática.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CINELLI, P. S. M. ; ANDRADE, A. M. ; MARQUES, B. G. ; REIS, C. ; GUIMARÃES, M. B. ; CORREA, P. M. ; GONCALVES, R. C. S. ; ALBUQUERQUE, R. S. ; MELO, R. V. . Prática da Neuropsicologia na UFRRJ. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • GUIMARÃES, M. B. ; UEHARA, E. . Relaçãoentreocontrole inibitório e o uso de álcool e drogaspor adolescentes. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SACRAMENTO, R. R. ; SOUZA, W. F. ; GUIMARÃES, M. B. . Análise de Prevalência e Fatores de Riscos de síndrome de Burnout Em Equipes de Enfermagem da Atenção Básica à Saúde. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • REIS, C. ; GUIMARÃES, M. B. ; UEHARA, E. . Mídias interativas e maturação cerebral: Implicações ao desenvolvimento infantil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GUIMARÃES, M. B. ; MARQUES, B. G. ; REIS, C. ; UEHARA, E. . A utilização de técnicas projetivas na Avaliação Neuropsicológica: Uma experiência com a Técnica de Apercepção para Idosos (SAT). 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • REIS, C. ; GUIMARÃES, M. B. ; UEHARA, E. . Cérebro e Tecnologia - Implicações sobre o desenvolvimento infantil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GUIMARÃES, M. B. ; SACRAMENTO, R. R. ; SOUZA, W. F. . Sintomas de Depressão em equipes de enfermagem da Atenção Básica à Saúde do Município de Volta Redonda. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções

MARQUES, B. G. ; REIS, C. ; GUIMARÃES, M. B. . Instrumentos para avaliação de Funções Executivas. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARQUES, B. G. ; REIS, C. ; GUIMARÃES, M. B. ; MOREIRA, P. S. ; ALBUQUERQUE, R. S. . Escala Wechsler de Inteligência para Crianças (WISC-IV). 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    O Controle inibitório em adolescentes, Descrição: No contexto da neuropsicologia, o estudo das funções executivas tem se mostrado um campo em ascensão. Essas funções participam da supervisão de todo o processo cognitivo, evitando erros e limitando as ações dentro dos padrões culturais do grupo a que pertencemos. Portanto, são essenciais para garantir o bom desempenho na escola, no trabalho e na vida cotidiana. Entretanto, quando essa função cognitiva não se encontra funcional, podem ocorrer comportamentos inadequados ou até doenças neurológicas e neuropsiquiátricas. Em nosso cotidiano, ocorrem situações que exigem uma mudança brusca de comportamento. Essa capacidade de inibir uma ação em detrimento de uma mais adequada, vinda de uma demanda interna ou externa, é necessária para a adaptação ao meio e é parte importante dos processos executivos. A essa capacidade dá-se o nome de controle inibitório. O presente trabalho tem como principal objetivo compreender as trajetórias de desenvolvimento do controle inibitório em adolescentes de 12 a 15 anos, residentes e matriculados em escolas do município de Seropédica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maíra Biajoni Guimarães - Integrante / Camila dos Reis Pereira - Integrante / Emmy Uehara Pires - Coordenador / Bruna Guimarães Marques - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2016 - Atual

    Mapeamento das Funções Executivas em Adolescentes de Seropédica: Contribuições para Prevenção dos Fatores de Risco, Descrição: A adolescência é um processo biopsicossocial, no qual os indivíduos enfrentam significativas mudanças físicas e comportamentais. Essas mudanças exigem dos adolescentes uma serie de reorganizações, e influenciam diretamente o seu estado cognitivo e emocional. Muitas vezes, os adolescentes não possuem os recursos biológicos e psíquicos necessários para lidar com essa situação. As funções executivas são um dos aspectos mais complexos da cognição. Pode ser descrita como um conjunto de habilidades cognitivas e metacognitivas que proporcionam aos indivíduos a capacidade de controlar seu comportamento de acordo com as exigências do meio, tornando possível o engajamento dos mesmos em ações complexas, comportamentos orientados a objetivos, realizando ações voluntárias, auto organizadas e direcionadas a metas. Juntos, esses processos proporcionam ao indivíduo a capacidade de iniciar, planejar, sequenciar e monitorar seus comportamentos e cognições. O conhecimento acerca das funções executivas e de suas alterações podem ser proficientes na capacitação de profissionais que atuem com crianças e adolescentes, contribuindo de maneira significativa com educadores, clínicos e outros profissionais, além de ser uma ferramenta útil na estimulação do desenvolvimento dessas habilidades e para a construção de estratégias interventivas que auxiliem a sua reabilitação. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho é realizar o mapeamento das tendências desenvolvimentais dos processos cognitivos em adolescentes dos 12 aos 15 aos de idade, devido a relevância deste período no amadurecimento das funções executivas, alem de ser a fase com maior índice de mudanças psicossociais. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maíra Biajoni Guimarães - Integrante / Camila dos Reis Pereira - Integrante / Emmy Uehara Pires - Coordenador / Bruna Guimarães Marques - Integrante / Priscila Mauro Corrêa - Integrante / Juliana Ribeiro de Lima - Integrante / Priscila Ribeiro da Costa - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Sintomas de Depressão em Equipes de Enfermagem da Atenção Básica de Volta Redonda, Descrição: A enfermagem é uma das ocupações da área de saúde com maior risco de adoecimento, estando propensa a diversos problemas de saúde mental, como por exemplo, a depressão. Os profissionais de enfermagem possuem vários campos de atuação, sendo a Rede Básica de Saúde, foco desse estudo. A Atenção Básica é um campo que apresenta agentes estressores que podem afetar o trabalho e comprometer a qualidade de vida dos profissionais. Com relação a depressão, embora seja atualmente bastante conhecida, percebe-se uma escassez em estudos nacionais que se ocupam em pensar a relação entre o trabalho dos enfermeiros nas Redes Básicas de Saúde e os sintomas depressivos. Nesse estudo foi utilizado o Inventário Beck de Depressão (BDI) para identificar a prevalência de sintomas depressivos nas equipes de enfermagem e um questionário de dados Sócio demográficos. O objetivo foi avaliar os possíveis fatores desencadeantes de sintomas depressivos em profissionais de enfermagem das Unidades de Saúde da Atenção Básica do Município de Volta Redonda/RJ.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Maíra Biajoni Guimarães - Integrante / Renata Resende do Sacramento - Integrante / Wanderson Fernandes de Souza - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2015 - 2015

    Desenvolvimento Neuropsicológico de Crianças: Perfil, Avaliação e Intervenção, Descrição: Trata-se de estudo para investigar o desenvolvimento neuropsicológico de crianças de 6 a 60 meses de idade. Durante o estudo será traçado o perfil de desenvolvimento socioemocional, cognitivo, motor, linguagem e comportamento adaptativo de crianças que frequentam creches municipais na cidade de Seropédica - RJ. O estudo se propõe a analisar as características de desenvolvimento destas crianças, investigar dificuldades e atrasos no desenvolvimento e ainda sugerir e implementar propostas de intervenção nesta população. Serão incluídas 250 crianças que frequentam creches ou outras instituições no município de Seropédica. Para avaliação serão utilizadas as Escalas BAYLEY de desenvolvimento infantil (BSID-III). Após as avaliações serão sugeridas propostas de intervenção de acordo com os resultados obtidos considerando o perfil das crianças avaliadas, o nível de desenvolvimento da criança, e os programas de intervenção para pais, cuidadores, grupos e famílias. Todos os pais, cuidadores e professores que aceitarem participar do estudo, serão submetidos a programas de Intervenção propostos, uma vez que a o estudo tem como intuito melhorar o desenvolvimento das crianças nesta fase do desenvolvimento.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maíra Biajoni Guimarães - Integrante / Luciene de Fátima Rocinholi - Coordenador.

  • 2014 - 2016

    Análise de Prevalência e fatores de riscos em equipes de enfermagem de unidades básicas de saúde no município de Volta Redonda, Descrição: Os distúrbios psiquiátricos e condições psicológicas consequentes de problemas relacionados ao trabalho têm sido relatados por trabalhadores e são apontados como uma das principais fontes de afastamento. Dentre estes podemos citar a depressão, o estresse, o abuso de substâncias e a Síndrome de Burnout. A Síndrome de Burnout (SB), origina-se da consonância de condições precárias de trabalho, bem como dificuldades nas relações de trabalho e sucessivas tentativas de superação de situações de stress. O Burnout ainda é pouco conhecido entre os profissionais, bem como seus sintomas. Os profissionais de enfermagem, em sua maioria, se encontram em condições que facilitam o desenvolvimento de elementos estressores. O objetivo deste trabalho, foi estimar a prevalência síndrome de Burnout entre os profissionais de enfermagem de unidades básicas de saúde do município de Volta Redonda, através do Maslach Burnout Inventory (MBI), relacionando com variáveis sócio demográficas obtidas a partir de um questionário estruturado, e identificar possíveis fatores de risco associados Avaliar a Depressão como possível variável mediadora utilizando o Beck Depression Inventory (BDI) e examinar a satisfação no trabalho. Trata-se de um estudo de abordagem quantitativa, descritivo e transversal. Buscou-se realizar um Censo no município de Volta Redonda, RJ, com equipes de enfermagem da Rede Básica de Saúde no período de agosto a outubro de 2015. A amostra do estudo foi composta por 116 profissionais de enfermagem, sendo 44 enfermeiros e técnicos de enfermagem, lotados em 43 unidades básicas de saúde. A taxa de resposta foi de 77%. Os dados descritivos mostraram uma amostra bastante homogênea, composta por (94,83%) sexo feminino e (4,31%) sexo masculino, a média de idade foi de 40,17 anos (DP= 10,4), 54,31% casados e 70,69% com filhos. Em relação aos dados referentes a variáveis laborais, 83,3% declaram que a instituição não oferece incentivo para formação continuada, 90,52% acham o número de profissionais insuficientes e 45,69% já se afastaram do trabalho por motivo de saúde. A prevalência de síndrome de Burnout encontrada no presente estudo foi de 21,6% nos profissionais de enfermagem. A presença das dimensões despersonalização e baixa realização pessoal foram mais predominantes 49,1% e 61,2% respectivamente. A prevalência de exaustão emocional foi de 36,2%. Em relação aos critérios preenchidos, 79,3% da população preencheu pelo menos um dos critérios. Os dados mostraram maior prevalência entre aqueles que já pensaram em abandonar a profissão e o trabalho, e aqueles que declararam ter sofrido algum tipo de violência por parte de usuários (p<0,05). A dimensão despersonalização teve uma correlação negativa com todas as dimensões de satisfação no trabalho e a dimensão de baixa realização pessoal correlacionou-se com todas as dimensões de satisfação no trabalho, porém não se correlacionou com níveis de depressão. É preciso ampliar o número de estudos sobre burnout, com rigor metodológico adequado, preferencialmente estudos longitudinais, para que estes trabalhadores possam ser observados em suas trajetórias de trabalho por mais tempo, e outros resultados reforcem os já encontrados. A identificação de fatores de riscos é importante para auxiliar em medidas que visem melhora na qualidade de vida destes profissionais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Maíra Biajoni Guimarães - Integrante / Renata Resende do Sacramento - Integrante / Wanderson Fernandes de Souza - Coordenador.

Prêmios

2016

Menção Honrosa, IV Reunião Anual de Iniciação Científica da UFRRJ.

Histórico profissional

Experiência profissional

2017 - Atual

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora

2018 - 2018

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Vínculo: Professora Convidada, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 4

Outras informações:
Professora convidada no Curso de Graduação em Psicologia da UFRRJ. Ministrou a aula sobre o instrumento Desenho da Figura Humana (DFH) - Teoria e Prática, na disciplina Psicodiagnóstico II.

2018 - 2018

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Vínculo: Professora Convidada, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 4

Outras informações:
Professora convidada no Curso de Graduação em Psicologia da UFRRJ. Ministrou a aula sobre o instrumento Teste de Apercepção Temática (TAT) - Teoria e Prática, na disciplina Psicodiagnóstico II.

2018 - 2018

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Vínculo: Professora Convidada, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 4

Outras informações:
Professora convidada no Curso de Graduação em Psicologia da UFRRJ. Ministrou a aula sobre o instrumento Teste de Apercepção Temática para Crianças (CAT-A) - Teoria e Prática, na disciplina Psicodiagnóstico II.

2018 - 2018

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Vínculo: Professora convidada, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 4

Outras informações:
Professora convidada no Curso de Graduação em Psicologia. Ministrou a aula sobre o instrumento Teste de Apercepção Temática para Idosos (SAT) - Teoria e Prática, na disciplina Psicodiagnóstico II.

2012 - 2017

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Vínculo: Institucional, Enquadramento Funcional: Graduanda, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 09/2016

    Pesquisa e desenvolvimento, Instituto de Educação, Departamento de Psicologia.,Linhas de pesquisa

  • 08/2017 - 12/2017

    Estágios , Departamento de Pós-graduação em Psicologia.,Estágio realizado, Docência na disciplina de Psicodiagnóstico I (Profª. Emmy Uehara Pires).

  • 03/2016 - 08/2017

    Estágios , Instituto de Educação, Serviço de Psicologia Aplicada.,Estágio realizado, Avaliação e Reabilitação Neuropsicológica.

  • 08/2015 - 12/2015

    Estágios , Instituto de Educação, Serviço de Psicologia Aplicada.,Estágio realizado, Avaliação Neuropsicológica em Creches do Município de Seropédica.

2016 - 2017

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20

2015 - 2016

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20

2014 - 2014

CERES EMPRESA JUNIOR

Vínculo: Empresária junior/voluntária, Enquadramento Funcional: Gerente de Recursos Humanos, Carga horária: 20

2013 - 2014

CERES EMPRESA JUNIOR

Vínculo: Empresária junior/voluntária, Enquadramento Funcional: Consultora Recursos Humanos, Carga horária: 20

2010 - 2011

Centro Educacional Barra Mansa

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

Atividades

  • 02/2010 - 12/2011

    Estágios , GI Soluções.,Estágio realizado, Empresa Jr. de Informática.

2017 - Atual

Consultório Particular

Vínculo: Autônoma, Enquadramento Funcional: Psicóloga, Carga horária: 30

2019 - 2019

centro universitario celso lisboa

Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professora convidada, Carga horária: 9

Outras informações:
Professora convidada no Curso de Pós-Graduação em Neuropsicologia e Reabilitação do Centro Universitário Celso Lisboa. Ministrou as aulas sobre Avaliação Neuropsicológica Infanto-Juvenil e sobre a Escala Wechsler de Inteligência para Crianças (WISC-IV).

2019 - 2019

Pearson Clinical Brasil

Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Coleta de dados

Outras informações:
Atualização das tabelas normativas da Escala Wechsler para Adultos (WAIS-III).

2020 - Atual

Prefeitura Municipal de Barra Mansa

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Psicóloga, Carga horária: 20

2019 - Atual

Clínica do Comportamento

Vínculo: Prestador de Serviço, Enquadramento Funcional: Psicóloga Clínica, Carga horária: 20