Flávio Rosa de Moura

Possui graduação em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo(1999), mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo(2004) e doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo(2011). Atualmente é Editor da Companhia das Letras e Membro de corpo editorial da Novos Estudos CEBRAP (Impresso). Tem experiência na área de Comunicação. Atuando principalmente nos seguintes temas:sociologia da cultura, neoconcretismo, projeto construtivo.

Informações coletadas do Lattes em 03/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Sociologia

2007 - 2011

Universidade de São Paulo
Título: Obra em construção: o neoconcretismo e a invenção da arte contemporânea no Brasl
Sergio Miceli Pessoa de Barros. Palavras-chave: sociologia da cultura; neoconcretismo; projeto construtivo.Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia. Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes Plásticas.

Mestrado em Sociologia

2002 - 2004

Universidade de São Paulo
Título: Diálogo Crítico: disputas no campo literário em São Paulo (1984-2004),Ano de Obtenção: 2004
Orientador: Sergio Miceli Pessoa de Barros
Palavras-chave: campo literário; sociologia da cultura; crítica literária.Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia. Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.

Graduação em jornalismo

1996 - 1999

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Alemão

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Leopoldo Garcia Pinto Waizbort

MOURA, F. R.;Waizbort, Leopoldo; MICELI, S.; AGUIAR, J.. Sociologia do campo literário brasileiro.. 2004. Outra participação, Universidade de São Paulo.

Sonia Salzstein Goldberg

MICELLI, Sérgio; PINHEIRO FILHO, F. A.; RUBINO, S. B.;SALZSTEIN, Sônia; FABRIS, Annateresa. Obra em construção: a recepção do neoconcretismo e a invenção da arte contemporânea no Brasil. 2011. Tese (Doutorado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP.

Sonia Salzstein Goldberg

MICELLI, Sérgio;SALZSTEIN, Sônia. O neoconcretismo e a invenção da arte contemporânea. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

Sérgio Miceli Pessoa de Barros

MICELI, Sergio. O neoconcretismo e a invenção da arte contemporânea. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Sérgio Miceli Pessoa de Barros

Obra em construção: a recepção do neocentrismo e a invenção da arte contemporânea no Brasil; 2011; Tese (Doutorado em Sociologia) - Fac; de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP,; Orientador: Sergio Miceli Pessôa de Barros;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • MOURA, FLÁVIO . Mário Pedrosa e o neoconcretismo:A centralidade de um projeto crítico. Novos Estudos CEBRAP (Impresso) , v. 99, p. 137-157, 2014.

  • MOURA, F. R. . Ambição e nostalgia. Novos Estudos CEBRAP (Impresso) , v. 1, p. 181, 2012.

  • MOURA, F. R. . Um crítico no redemoinho. Tempo Social (USP. Impresso) , v. 23, p. 71, 2011.

  • MOURA, F. R. . Pegada de Elefante. Estudos de Sociologia , v. 14, p. 359, 2009.

  • MOURA, FLÁVIO . Na trilha do Jeca: Monteiro Lobato e a formação do campo literário no Brasil. Tempo Social (USP. Impresso) , v. 16, p. 330-333, 2004.

  • MOURA, F. R. ; MONTERO, P. (Org.) . Retrato de Grupo. 1. ed. São Paulo: Cosac Naify, 2009.

  • MOURA, F. R. ; Nigri, A . Adoniran, se o senhor não tá lembrado. 1. ed. São Paulo: Boitempo, 2002. 168p .

  • MOURA, F. R. . Um mito em franca atividade. Valor Econômico, Caderno Eu&, 09 ago. 2013.

  • MOURA, F. R. . Como nascem os ícones: hélio e lygia rumo ao cânone. Folha de São Paulo, Caderno Ilustrissima, 29 jan. 2012.

  • MOURA, F. R. . Rififi pós-concreto. Folha de São Paulo, Caderno Ilustrissima, 14 ago. 2011.

  • MOURA, F. R. . Mario Pedrosa e o neoconcretismo: a centralidade de um projeto crítico. Novos Estudos CEBRAP (Impresso) , 2014.

  • MOURA, F. R. . Ferreira Gullar e o Neoconcretismo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MOURA, F. R. . Mario Pedrosa e o grupo neoconcreto. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2012 - Atual

Companhia das Letras

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Editor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2010 - 2012

Instituto Moreira Salles

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2004 - 2009

Centro Brasileiro de Análise e Planejamento

Vínculo: Editor, Enquadramento Funcional: Editor de Novos Estudos Cebrap, Carga horária: 20

2003 - 2009

Faculdades de Campinas

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Outras informações:
Ministrou cursos de Teoria do Jornalismo I e II, Processos Jornalísticos, Leituras de Ficção e Coordenou a produção de Trabalhos de Conclusão de Curso no Curso de Jornalismo.