Rafaela Chagas Abreu

Enfermeira graduada pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, possui MBA em Gestão e Auditoria em Saúde, é Bolsista de Apoio Técnico (FAPEMIG) e Pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Ensino e Prática de Enfermagem ( NUPEPE- UFMG).

Informações coletadas do Lattes em 02/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Especialização em MBA em Gestão e Auditoria em Saúde

2009 - 2010

Faculdades Pitágoras
Orientador: Eliane Rodrigues

Graduação em enfermagem

2004 - 2008

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas
Orientador: Flávia Beatriz Viana e Thales Augusto Barçante

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2009 - 2009

Ações de enfermagem na prevenção e controle de inf. (Carga horária: 30h). , Conselho Federal de Enfermagem.

2008 - 2008

Atendimento à PCR- protocolos ACLS/ BLS. (Carga horária: 8h). , Ellu Consultoria.

2008 - 2008

Quimioterapia: atualizando o saber e o fazer do en. (Carga horária: 30h). , Conselho Federal de Enfermagem.

2008 - 2008

Alterações e intervenções associadas ao envelhecim. (Carga horária: 30h). , Conselho Federal de Enfermagem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Enfermagem.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

II Seminário de Atenção Domiciliar na Saúde Suplementar: cartografias de gestão e de cuidado. 2010. (Seminário).

A construção da integralidade da atenção ao recém-nascido: desafios e oportunidades. 2010. (Seminário).

1 Encontro de Saúde do Trabalhador. 2008. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Célia Maria de Oliveira

OLIVEIRA, C. M.; RIBEIRO, HCTC. Auditoria de enfermagem: um instrumento para educação continuada. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação em Saúde - CEFPEPE) - Escola de Enfermagem - UFMG.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Roseni Rosangela de Sena

Inovação nas práticas de promoção da saúde; 2010; Orientação de outra natureza; (Enfermagem) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Roseni Rosângela de Sena;

Célia Maria de Oliveira

Auditoria de Enfermagem: um instrumento para Educação continuada em Serviço; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Formação Pedagógica para Profissionais de Saúde) - Escola de Enfermagem da UFMG; Orientador: Célia Maria de Oliveira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • RABELO, A. R. M. ; LIMA, K. M. S. V. ; CAMPOS, K. F. C. ; ABREU, R. C. ; SILVA. K. L. ; Sena. R.R ; SILVA, P. M. . A prática de promoção da saúde nas ações culturais como inovação em municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte. In: V COMESP, 2010, Belo Horizonte. Anais do V Congresso Mineiro de Epidemiologia e Saúde Pública, 2010. p. 183-183.

  • CAMPOS, K. F. C. ; RODRIGUES, A. T. ; ABREU, R. C. ; OLIVEIRA, J. B. de ; SILVA. K. L. . A intersetorialidade e promoção da saúde em um município da Região Metropolitana de Belo Horizonte. In: V COMESP, 2010, Belo Horizonte. Anais do V Congresso Mineiro de Epidemiologia e Saúde Pública, 2010. p. 182-182.

  • ABREU, R. C. ; VIANA, F. B. ; BARÇANTE, T. A. . O papel do profissional enfermeiro nos serviços de atendimento à saúde do trabalhador. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2009 - Atual

    Inovação das praticas de promoção da saúde, Descrição: Esta pesquisa é parte do trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Ensino e Prática de Enfermagem NUPEPE - da Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais. Tomamos como indagação o potencial das práticas cotidianas de promoção da saúde para a configuração de um movimento ascendente de rompimento do modelo tecnoassistencial hegemônico. Assim, propomos como objetivo geral do estudo analisar as práticas cotidianas de promoção da saúde em municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte/Minas Gerais. Os objetivos específicos do estudo serão: analisar os componentes da macro-estrutura (definição política e institucional, financiamento, gestão em rede e da rede de serviços, articulações intra e intersetores) que definem as práticas de promoção da saúde; analisar os componentes da micro-estrutura (organização da rede social, mecanismos de participação e controle social, envolvimento dos atores sociais) que definem as práticas de promoção da saúde; identificar os elementos presentes nas práticas indicativos de sucesso; identificar os elementos presentes nas práticas indicativos de insucesso; traçar uma matriz categorial e operacional sobre as práticas cotidianas analisadas. O estudo está sustentado na abordagem qualitativa tendo como referencial teórico-metodológico a dialética. A definição dos cenários do estudo utilizará como critério o contingente populacional dos municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Será considerada para inclusão um município em cada uma das faixas populacionais: município com mais de 1 milhão de habitantes, município com população de 500.000 a 1 milhão de habitantes; município de 100.000 a 500.000 habitantes; municípios de 50.000 a 100.000 habitantes e municípios com menos de 50.000 habitantes. O trabalho de campo será realizado em 5 momentos... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Rafaela Chagas Abreu - Integrante / Roseni Rosângela de Sena - Integrante / Kênia Lara Silva - Coordenador / Alda Martins Gonçalves - Integrante / Andreza Trevenzoli Rodrigues - Integrante / Maria Elizabeth Oliveira Silva - Integrante / Carmem Conceição Araújo Maia - Integrante / Robson Figueiredo Brito - Integrante / Marília Rezende da Silveira - Integrante / Fernanda Ourives Barreto - Integrante / Maria José Cabral Grillo - Integrante / Maria Angélica Salles Dias - Integrante / Caroline Gomes de Souza - Integrante / Paloma Morais Silva - Integrante / Ana Carolina Silva Martins - Integrante / Ana Renata Moura Rabelo - Integrante / Monique Fernanda Félix Ferreira - Integrante / Stephanie Marques Moura Franco Belga - Integrante / Bárbara Ribeiro Martins - Integrante / Juliana Braga de Oliveira dos Santos - Integrante / Kelciane Rodrigues Andrade Coura - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro / Universidade Federal de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Expansão dos cursos de graduação em enfermagem no Estado de Minas Gerais: relações entre políticas de saúde e de educação, Descrição: Esta pesquisa é parte do trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Ensino e Prática de Enfermagem NUPEPE - da Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais. Tomamos como indagação a expansão do número de escolas de enfermagem no país. Por um lado, este fenômeno pode representar democratização do acesso ao ensino superior, maior disponibilidade de profissionais no mercado, com a qualidade necessária e com aderência às demandas de saúde da população. Por outro lado, a expansão do número de cursos pode estar ocorrendo sem uma estreita relação com as políticas de saúde, seja em relação a qualidade e a quantidade dos profissionais requeridos para a consolidação do Sistema Único de Saúde. Assim, propomos como objetivo geral do estudo analisar as inter-relações entre as políticas públicas de saúde e educação e a expansão dos cursos de enfermagem no Estado de Minas Gerais. O estudo está sustentado na abordagem qualitativa tendo como referencial teórico-metodológico a dialética. O trabalho de campo será realizado em 2 momentos: Momento 1: Mapeamento e descrição dos cursos de graduação em enfermagem do Estado de Minas Gerais, com levantamento de dados através de um questionário aplicado aos coordenadores/diretores dos cursos de graduação e entrevistas com formuladores de políticas de saúde e educação no âmbito da enfermagem (MEC, Ministério da Saúde, INEP, ABEn); Momento 2: análise em profundidade de cursos selecionados (1 público e 1 privado em cada macro-região do Estado) com a realização de grupos focais, com docentes e estudantes em cada cenário. A organização e processamento dos dados quantitativos obtidos por meio de questionário se darão através da sistematização das informações coletadas com a criação de bancos de dados para descrição da expansão dos cursos considerando o número de ingressantes e e egressos em cada instituição; proporção discente-docente; relação do número de egressos com o número de postos de trabalho na região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Rafaela Chagas Abreu - Integrante / Roseni Rosângela de Sena - Integrante / Kênia Lara Silva - Coordenador / Marília Rezende da Silveira - Integrante / Maria José Cabral Grillo - Integrante / Paloma Morais Silva - Integrante / Ana Carolina Silva Martins - Integrante / Ana Renata Moura Rabelo - Integrante / Monique Fernanda Félix Ferreira - Integrante / Stephanie Marques Moura Franco Belga - Integrante / Bárbara Ribeiro Martins - Integrante / Juliana Braga de Oliveira dos Santos - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Enfermagem. , Alfredo Balena, 190., Santa Efigênia, 30130-100 - Belo Horizonte, MG - Brasil, Telefone: (031) 34099871

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2010 - Atual

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Pesquisador Voluntário

    Outras informações:
    Bolsista de apoio técnico do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Ensino e Prática de Enfermagem (NUPEPE) UFMG.

  • 2008 - 2009

    Secretaria de Estado da Saúde de Minas GErais

    Vínculo: Temporário, Enquadramento Funcional: Enfermeiro, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Atividades desenvolvidas: Supervisão detalhada do plano de ação para eliminação da Rubéola no Brasil. Referência técnica da equipe de saúde em postos fixos e volantes. Educação para a saúde através de palestras, orientações específicas e vacinação dos indivíduos susceptíveis, objetivando interromper a transmissão endêmica do vírus da rubéola, como também, a ocorrência da Síndrome da Rubéola Congênita (SRC). Monitoramento rápido de cobertura vacinal.

  • 2007 - 2008

    Hospital Mater Dei

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Acadêmica de Enfermagem, Carga horária: 30

    Outras informações:
    As atividades desenvolvidas eram relacionadas a assistência de enfermagem.