Antonio Viana da Silva Filho

Possui graduação em engenharia civil pela Universidade Federal do Ceará (1998) e mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos) pela Universidade Federal do Ceará (2003) atuando principalmente nos seguintes temas: erosividade, energia cinética, intensidade de chuva, ceará e erosão. Tem experiência na área de Matemática (lecionou na Universidade Federal do Ceará entre Setembro de 2006 e Dezembro de 2008), com ênfase em Matemática, atuando principalmente nas seguintes disciplinas: Equações diferenciais, Cálculo diferencial e integral e Álgebra linear. Atualmente é professor de matemática da Universidade Federal Rural de Pernambuco, lotado na unidade acadêmica de Serra Talhada desde a data de 15 de janeiro de 2009, ministrando as disciplinas equivalentes a Cálculo diferencial e integral, Geometria analítica, Equações diferenciais e Álgebra linear. Ministrou mini-cursos de Modelagem matemática, Conjuntos e funções , Matemática aplicada à ecologia, Matemática aplicada à engenharia de pesca e Uso de calculadora científica em evento do curso de agronomia da UFRPE.

Informações coletadas do Lattes em 02/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)

2001 - 2003

Universidade Federal do Ceará
Título: Equação de Erosividade de Chuva para o Estado do Ceará,Ano de Obtenção: 2003
José Carlos de Araújo.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: erosividade; hidrologia; erosão; sedimentologia; ceará.Grande área: Engenharias

Graduação em engenharia civil

1994 - 1998

Universidade Federal do Ceará

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2013 - 0

Teen english course. (Carga horária: 142h). , Centro de cultura anglo americana, CCAA, Brasil.

2009 - 2009

Iniciação à docência no ensino superior. (Carga horária: 120h). , Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.

2001 - 2002

linguagem de programação computacional delphi. , instituto de desenvolvimento do trabalho, IDT, Brasil.

1996 - 1997

autocad. , Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

1996 - 1997

operador de informática (Dos/windows/word/excel). , centro de treinamento e aperfeiçoamento em informática, CT & A, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Civil.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Segunda semana de química UFRPE UAST.As transformadas de laplace e suas aplicações. 2010. (Seminário).

Mini curso estatística aplicada à engenharia de pesca.Primeira Semana de engenharia de pesca. 2010. (Encontro).

5º Semana nacional de ciência e tecnologia.Mini curso de Cálculo numérico. 2010. (Encontro).

Prêmio jovem cientista.Água - fonte da vida. 2003. (Outra).

VI simpósio de recursos hídricos do nordeste.avaliação de equações de energia cinética de precipitação no ceará. 2002. (Simpósio).

24º Seminário Nacional de grandes barragens.Seminário sobre grandes barragens. 2001. (Seminário).

Curso Introdução ao Sistema Maple.Intodução ao uso de computadores para cálculos analíticos e ao sistema Maple. 1999. (Outra).

curso Planejamento de obras de edificação.Curso de extensão Planejamento de obras de edificação. 1999. (Outra).

Seminário sobre o complexo industrial portuário do Pecém.Seminário Sobre o porto do Pecém. 1997. (Seminário).

Curso de autocad 2D.Curso de Autocad promovidoprlo centro acadêmico de engenharia da Universidade Federal do Ceará. 1997. (Outra).

Curso de extensão A informática em projeto de edifícios em m concreto armado.Curso de extensão promovido pela Universidade de Fortaleza com a Multiplus computação gráfica. 1997. (Outra).

Minicurso de redação.Prática de ensino em língua portuguesa. 1988. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

SILVA FILHO, A. V.; Oliveira, Demacio C.; Santos, José N. M.. Seleção pública simplificada para professor substituto de matemática. 2011. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

SILVA FILHO, A. V.. Seleção para monioria em matemática 2. 2011. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

SILVA FILHO, A. V.. Seleção para monioria em matemática1 e 3. 2011. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

SILVA FILHO, A. V.; Oliveira, Demacio C.. Concurso público para professor efetivo. 2010. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

SILVA FILHO, A. V.. Processo de seleção de monitoria em matemática. 2009. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

SILVA FILHO, A. V.; Oliveira, Demacio C.; MELO, M. A. B.. Seleção pública simplificada para professor substituto de matemática. 2009. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

SILVA FILHO, A. V.; Oliveira, Demacio C.. Processo de seleção de monitoria em matemática para biólogos. 2009. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

SILVA FILHO, A. V.. Seleção para monitoria matemática 1. 2009. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

SILVA FILHO, A. V.. Seleção para monitoria cálculo 1 e 2, geometria analítica e matemática discreta. 2009. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

MELO, M. A. B.;SILVA FILHO, A. V.; Oliveira, Demacio C.; Costa, Simone R.. Seleção pública simplificada para professor substituto de matemática. 2008. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Rogério Campos

CAMPOS, Rogério; ARAUJO, J. C.; FERREIRA FILHO, W. M.. Calibração de uma Equação de Erosão para o Semi-árido Cearense. 2003. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará.

Iran Eduardo Lima Neto

Medeiros, P. H. A.MAMEDE, G. L.LIMA NETO, I. E.. Análise do desempenho de modelos baseados no princípio da entropia máxima: Aplicação a processos hidrossedimentológicos. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará.

Pedro Henrique Augusto Medeiros

Medeiros, P.H.A.Lima Neto, I.E.Mamede, G.L.Araújo, J.C.. Análise do desempenho de modelos baseados no princípio da entropia máxima: aplicação a processos hidrossedimentológicos. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará.

George Leite Mamede

LIMA NETO, I. E.;MAMEDE, G. L.; MEDEIROS, P. H. A.. ANÁLISE DO DESEMPENHO DE MODELOS BASEADOS NO PRINCÍPIO DA ENTROPIA MÁXIMA: Aplicação a processos hidrossedimentológicos. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Ítalo Nathan Soares de Souza

Monitoria em matemática 2; Início: 2013; Orientação de outra natureza; Universidade Federal Rural de Pernambuco; (Orientador);

Alessandro Alves dos Santos

Monitoria em matemática B; Início: 2013; Orientação de outra natureza; Universidade Federal Rural de Pernambuco; (Orientador);

Lucas Conceição Vieira

Monitoria em matemática 1 para biólogos; Início: 2013; Orientação de outra natureza; Universidade Federal Rural de Pernambuco; (Orientador);

Ítalo Nathan Soares de Souza

Orientação de monitoria em matemática 2; 2013; Orientação de outra natureza; (Engenharia de Pesca) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Antonio Viana da Silva Filho;

Lucas Conceição Vieira

Orientação de monitoria; 2013; Orientação de outra natureza - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Antonio Viana da Silva Filho;

Alessandro Alves dos Santos Silva

Orientação de monitoria; 2013; Orientação de outra natureza - Universidade Federal Rural de Pernambuco; Orientador: Antonio Viana da Silva Filho;

Gislaine Dayana Pereira de Souza

Monitoria em matemática; 2011; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Federal Rural de Pernambuco; Orientador: Antonio Viana da Silva Filho;

William Dias Vasconcelos Galdino

Monitoria em matemática; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia de Pesca) - Universidade Federal Rural de Pernambuco; Orientador: Antonio Viana da Silva Filho;

Angélica Silva de Siqueira

Monitoria em matemática; 2010; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Antonio Viana da Silva Filho;

Angélica Silva de Siqueira

Monitoria em matemática; 2009; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal Rural de Pernambuco; Orientador: Antonio Viana da Silva Filho;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

José Carlos de Araújo

Modelagem hidráulica e sedimentológica usando o princípio da entropia máxima; Início: 2016; Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará; (Orientador);

José Carlos de Araújo

Equação de erosividade de chuva para o estado do Ceará37.Cláudia Beghini Rodrigues Abreu. Impacto da política de aumento da oferta hídrica do Governo Estadual sobre a redução do estresse hídrico nos municípios cearenses. 2003. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.38.Francisco Atualpa Soares. Assoreamento de bacia urbana: estudo de caso do açude Santo Anastácio, Fortaleza, Ceará. 2003. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, . Orientador: José Carlos de Araújo.39.George Leite Mamede. Modelagem hidrossedimentológica com vistas cenários de mudança global. 2002. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.40.Wanderley Uchôa de Araújo. Cálculo de vazão em canais abertos retangulares baseado no princípio da entropia máxima. 2002. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, . Orientador: José Carlos de Araújo.41.Jorge Oliveira Aires. Determinação do modelo tarifário de água bruta - o caso do Canal do Trabalhador, Ceará. 2002. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Coorientador: José Carlos de Araújo.42.Elano Lamartine Leão Joca. Gestão da demanda hídrica na agricultura irrigada no Ceará: financiamento do incremento tecnológico. 2001. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.43.Goretty Batista de Almeida. Modelagem da retenção de sedimentos em reservatórios no semi-árido. 2001. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.44.Thereza Christina Citó César Rêgo. Avaliação das perda d'água em trânsito na bacia do rio Jaguaribe. 2001. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, . Orientador: José Carlos de Araújo.45.Lia Fernandes. Processo Hidrossedimentológico na Bacia do Acarape do Meio, Ceará. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.46.Cláudio Pacheco Barbosa. Avaliação dos Custos de Água Subterrânea e de Reuso de Efluentes no Estado do Ceará. 2000. 0 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.47.Wendell Carneiro de Araújo. Avaliação dos custos de água bruta associados a diversas garantias na bacia do rio Paraíba. 2000. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.48.Débora Maria Rios Ribeiro. Estudo Comparativo das Bacias Hidrográficas do Estado do Ceará: Aspectos Hídricos, Agrícolas e Sócio-Econômicos. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.49.Lúcia de Fátima Pereira Araújo. Lagoas de Estabilização na Região Metropolitana de Fortaleza, RMF: Qualidade e Potencialidade de Reuso do Efluente Final. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, . Orientador: José Carlos de Araújo.50.Célio Augusto Tavares e Sales. Contribuição para um Modelo de Alocação de Água no Ceará. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, . Orientador: José Carlos de Araújo.Tese de doutoradoANTONIO ÁLISSON FERNANDES SIMPLÍCIO. Avaliação de processos erosivos intensivos no Núcleo de Desertificação de Gilbués-PI. 2020. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará, . Coorientador: José Carlos de Araújo.George Sampaio Martins. Relação entre o grau de conservação da cobertura vegetal e od veranicos agrícolas na bacia do Alto Jaguaribe, Ceará. 2017. Tese (Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal do Ceará, . Orientador: José Carlos de Araújo.Christine Farias Coelho. Eutrofização em pequenos reservatórios semiáridos: saneamento rural, aspectos limnológicos e sensoriamento remoto. 2017. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.Leonardo Schramm Feitosa. Manejo da mata ciliar e eutrofização de reservatório semiárido. 2016. Tese (Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.Teresa Raquel Lima Farias. Estradas rurais não pavimentadas como fonte de sedimentos em bacia hidrográfica do semiárido. 2016. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará, . Coorientador: José Carlos de Araújo.Cicero Lima de Almeida. Relações solo-planta-atmosfera em Caatinga preservada: o caso da Bacia Experimental de Aiuaba. 2016. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.José Wellington Batista Lopes. Disponibilidade hídrica em reservatório no semiárido brasileiro: interações entre assoreamento e escassez. 2016. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.Inah Maria de Abreu. Alocação negociada da água no Ceará, Brasil: proposta metodológica para a tomada de decisão em cenário de escassez. 2015. Tese (Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal do Ceará, . Orientador: José Carlos de Araújo.Mário Cesar Wiegand. Eutrofização em açudes semiáridos: vulnerabilidade e biorecuperação. 2015. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.10.Sávio de Brito Fontenele. Trocas hídricas entre rio e aquífero em regiões do semiárido hidrogeologicamente distintas. 2015. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: José Carlos de Araújo.11.Cristian Epifânio de Toledo. Conectividade hidrológica em ambiente semiárido: estudo de caso Bacia Hidrográfica do Açude Orós. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.12.Carlos Alexandre Gomes Costa. Umidade do solo e disponibilidade hídrica na zona das raízes em condições naturais de Caatinga preservada. 2012. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.13.Deborah Mithya Barros Alexandre. Gestão de pequenos sistemas hídricos no semiárido nordestino. 2012. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Ceará, . Orientador: José Carlos de Araújo.14.Alexandre Cunha Costa. Analyzing and modelling of flow transmission processes in river-systems with a focus on semi-arid conditions. 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em Geo-Ecologia) - University of Potsdam, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: José Carlos de Araújo.15.Pedro Henrique Augusto Medeiros. Processos hidrossedimentológicos e conectividade em bacia semiárida: modelagem distribuída e validação em diferentes escalas. 2009. Tese (Doutorado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.16.Vanda Tereza Costa Malveira. Pequena açudagem e sustentabilidade hidrológica em grandes bacias semi-áridas: estudo de caso da bacia do açude Orós. 2009. Tese (Doutorado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, . Orientador: José Carlos de Araújo.17.Rodolfo José Sabiá. Estudo do padrão de emissão de poluentes para o enquadramento de rios intermitentes. 2008. Tese (Doutorado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.18.George Leite Mamede. Reservoir Sedimentation in Dryland Catchments: Modelling and Management. 2008. Tese (Doutorado em Institut für Erd- und Umweltwissenschaften) - Universidade de Potsdam, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: José Carlos de Araújo.19.Francisco Maurício de Sá Barreto. Contaminação da água subterrânea por pesticidas e nitratos no município de Tianguá, Ceará. 2006. Tese (Doutorado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos)) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.Supervisão de pós-doutoradoCarlos Enrique Tupio Salinas. 2018. Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. José Carlos de Araújo.Carlos Enrique Tupio Salinas. 2017. Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. José Carlos de Araújo.Cristine Ferreira Gomes Viana. 2015. Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. José Carlos de Araújo.Carlos José Freire Machado. 2013. Universidade Federal do Oeste do Pará, . José Carlos de Araújo.Iran Eduardo Lima Neto. 2010. Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. José Carlos de Araújo.George Leite Mamede. 2009. Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. José Carlos de Araújo.Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especializaçãoAna Paula Faiçal Parenti. Caracterização das Condições de Energia nas Cristas de Vertedores Creager. 1995. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em Engenharia de Barragens) - Universidade Federal de Ouro Preto. Orientador: José Carlos de Araújo.Lilia Maria de Oliveira. Programa Verter: Elaboração de Rotina para Dimensionamento de Vertedores de Parede Delgada. 1995. 0 f. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em Engenharia de Barragens) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.Trabalho de conclusão de curso de graduaçãoLindenberg Costa Paulino. Gestão das águas no semiárido brasileiro: o caso do assentamento rural Che Guevara em Ocará, Ceará. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.Tim Pauli. Influence of the gully erosion on connectivity patterns in a small semiarid catchment area. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - University of Twente, Universiteit Twente. Orientador: José Carlos de Araújo.Mike Flohr. Depletion of small reservoirs in a semiarid region based on remote sensing. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - University of Twente, Universiteit Twente. Orientador: José Carlos de Araújo.Gláuber Pontes Rodrigues. Equações de chuvas intensas na Bacia Experimental de Aiuaba, Ceará. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.Roy Daggenvoorde. The influence of change in reservoir shape on water availability. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - University of Twente. Orientador: José Carlos de Araújo.Jelger Hoeksma. Reproducing runoff initiation in an environment that has dynamic initial abstractions. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - University of Twente, Universiteit Twente. Orientador: José Carlos de Araújo.Sophia Martha Lisa Dobkowitz. Assessment of irrigation through groundwater extraction in the semiarid Northeast of Brazil. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geo-Ecologia) - University of Potsdam. Orientador: José Carlos de Araújo.Hendrik Reinhardt. Sanitation systems in the semiarid northeastern Brazil. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) - Goethe Universität Frankfurt am Main. Orientador: José Carlos de Araújo.Sido Grin. Assessment of reservoir volumes using remote sensing in the Madalena basin, Brazil. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universiteit Twente. Orientador: José Carlos de Araújo.10.Gabriela de Sousa Dantas. Mapa da erosividade do estado do Ceará. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.11.José Wellington Batista Lopes. Análise epaço-temporal da umidade do solo em uma bacia semiárida em Caatinga preservada. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará, Ministério da Educação. Orientador: José Carlos de Araújo.12.Everton Alves Rodrigues Pinheiro. Determinação in situ da profundidade efetiva das raízes da Caatinga preservada para fins de balanço de água no solo. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará, Ministério da Educação. Orientador: José Carlos de Araújo.13.Olga Rubênia da Silva Caminha de Menezes. Potencial de água para reúso na Região Metropolitana de Fortaleza, Ce. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.14.Neilo Ricardo Martins do Vale. Ante-projeto de barragens para o abastecimento de núcleos urbanos em Aiuaba, Ceará. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.15.Tiago Silveira de Andrade Aquino. Estudo técnico preliminar e estimativa de custo para a construção de adutoras para abastecimento de comunidades em Aiuaba, Ce. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.16.Marjella J de Vries. Assessment of WASAs reservoir storage model. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universiteit Twente, Universiteit Twente. Orientador: José Carlos de Araújo.17.Alexandre Cunha Costa. Elaboração de banco de dados hidrológicos e sua aplicação para o estudo de evaporação. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.18.Itarciane Paiva Sombra. Balanço hídrico diário do açude Boqueirão na Bacia Experimental de Aiuaba. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.19.Carlos Jaime de Souza Bemfeito. Análise e revisão do dimensionamento do vertedor da barragem Araçagi, PB. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.20.Fuad Moura Guimarães Braga. Diagnóstico da ocorrência de trtihalometanos na rede de abastecimento de água de Fortaleza. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.21.Daniel Pinheiro de Oliveira. Notas de aula e exercícios de saneamento. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.22.Igor Ramos Alves. Projeto de esgotamento sanitário da comunidade Novo Aquiraz, Ceará. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.23.Pedro Henrique Augusto Medeiros. Riscos e capacidade de pagamento das principais culturas irrigadas no Ceará. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.24.Giovanni Diógenes Castelo Branco. Proposta de ligação da rede de esgotos da Reitoria da UFC ao projeto SANEAR. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.25.Germana Cavalcante Menescal. Potencialidade do reúso do esgoto de Fortaleza para distritos industriais. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.26.Danielle de Paula Bezerra. Diagnóstico da gestão das águas no distrito de irrigação Jaguaribe Apodi. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.27.Carlos Rossas Mota Filho. Desenvolvimento de material didático voltado para o ensino de Barragens. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.28.Afonso Henrique dos Santos Sabino. Potencialidade de Reuso de Efluente Final de Lagoas de Estabilização em Fortaleza. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.29.George Leite Mamede. Avaliação de Assoreamento do Açude Santo Anastácio, Fortaleza. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.30.Sheila Darling Gondim Gonçalves. Avaliação da Erosão na Bacia Urbana de Santo Anastácio, Fortaleza. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.31.Marcos José Timbó Lima Gomes. Elaboração de Plano de Gestão de Águas para uma Bacia Rural em Canindé, Ceará. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.32.Cláudio José Queiroz Barros. Projeto de Saneamento Básico para Comunidade Rural em Canindé, Ceará. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.33.Viviane Ribeiro Viana. Projeto de uma Barragem no Município de Bonhu, Ceará. 1999. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.34.André Bezerra dos Santos. Técnicas de Tratamento de Fundação de Barragens por Injeção. 1998. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.35.Alysson Cesar Azevedo da Silva. Técnicas Hidrológicas Aplicadas à Gestão de Águas. 1998. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.36.Victor Rocha Ponte. Gestão de Sistemas Hídricos Isolados. 1998. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.37.Iran Eduardo Lima Neto. Avaliação do Coeficiente de Manning para o Baixo Rio Cocó. 1998. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.38.Luis de Almeida Caetano. Reuso de Águas: Princípios, Exigências e Critérios - Um Estudo de Caso. 1997. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.Iniciação científicaMateus Tomé de Sousa. Análise de processos hidrológicos com impactos na gestão das águas - evaporação. 2019. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.Isac Brito Barreira. Análise de processos hidrológicos com impactos na gestão das águas - erosão. 2019. Iniciação Científica. (Graduando em Geologia) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.Gleiciane dos Santos Gomes. Estação unidomiciliar de tratamento de água no semiárido: Moringa Oleífera como coagulante natural e métodos de filtração. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Energias e Meio Ambiente) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.Fernando Soares de Sousa Matos. Estação Unidomiciliar de tratamento de água no semiárido ? Moringa Oleífera como coagulante natural e métodos de filtração. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Energias e Meio Ambiente) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.Marina Freire Porto. Parâmetros de precipitação do semiárido cearense. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.Paul Donadieu de Lavit. Impactos socioambientais da prática de vazantes no Semiárido Brasileiro. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - AgroParisTech. Orientador: José Carlos de Araújo.Alberto Luiz Rigotto Teixeira. Avaliação de deposição e decomposição da serrapilheira no bioma Caatinga. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Computação) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.Francisco Paulo Costa Ipiranga. Avaliação de deposição e decomposição daserrapilheira no bioma Caatinga. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.Francisco Paulo Costa Ipiranga. Medida de parâmetros hidrológicos do bioma Caatinga preservado em bacia experimental. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.10.Marina Freire Porto. Medida de parâmetros hidrológicos do bioma Caatinga preservado em bacia experimental. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.11.Thiago Xavier de Sousa Rocha. Levantamento da biodiversidade ictiológica em um açude semiárido. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Federal do Ceará. Orientador: José Carlos de Araújo.12.Ana Caroline Bento da Silva. Impacto do saneamento rural na qualidade de água em reservatórios do semiárido. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.13.Marina Brito de Castro Moreira. Avaliação do impacto sócio-econômico de pequenos açudes no semi-árido Nordestino. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.14.Diego Castro Ribeiro. Impacto do saneamento rural na qualidade de água em reservatórios do semiárido. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.15.Rafael Marques Medeiros. Balanço hídrico e sedimentológico em reservatório de médio porte: estudo de caso Bengüê, Ce. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.16.André Linard. Instrumentação e medida de eficiência de barragens de contenção de sedimentos. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará, Ministério da Educação. Orientador: José Carlos de Araújo.17.Antônio Bruno Thé Teixeira. Otimização de parâmetros da curva logística visando a representação de granulometria de solos. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará, Ministério da Educação. Orientador: José Carlos de Araújo.18.João César Amorim de Freitas. Otimização da altura de uma barragem de terra. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.19.Anderson Bezerra Viana. Elaboração e validação de modelo de assoreamento em barragens do semi-árido. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.20.Luis Romero Teixeira. Avaliação de produção de sedimentos urbanos. 2000. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.21.Afonso Henrique dos Santos Sabino. Potencialidade de Reuso do Efluente Final de Lagoa de Estabilização. 1999. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.22.Ricardo Verotti Oliveira Teixeira. Potencialidade de Reuso de Efluente Final de Lagoa de Estabilização. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Ceará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.23.Júlio César da Silva. Projeto, Montagem e Operação de Modelo Reduzido de Vertedor Labirinto. 1995. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.24.Andrea Regina Dias da Silva. Modelo Matemático para Caracterização de Sistemas de Saneamento. 1995. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Carlos de Araújo.25.Adriano Magela de Oliveira. Caracterização Experimental do Fator de Atrito em Tubos de Cobre. 1995. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.26.Marconi Soares Aleixo. Aspectos Teóricos de Vertedores Labirinto. 1994. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.27.Wanderson Silvério Silva. Análise Dimensional Aplicada a Vertedores Labirinto. 1994. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.Orientações de outra naturezaElizabeth Coutinho. Barragens em Cabo Verde: dilemas e desafios rumo à sustentabilidade. 2017. Orientação de outra natureza. (Agronomia) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: José Carlos de Araújo.Ruben van der Meulen. Modelling evapotranspiration using a multilayer model for the Caatinga biome, Brazil. 2015. Orientação de outra natureza. (Soil Physics and Land Management) - Wageningen University, Wageningen University. Orientador: José Carlos de Araújo.Anne G. Leskens. Global change and regional impacts. 2006. Orientação de outra natureza. (Geoecologia) - GeoForschungsZentrum Potsdam. Orientador: José Carlos de Araújo.Pieter van Oel. Water scarcity patterns : spatiotemporal interdependencies between water use and water availability in a semi arid river basin. 2006. Orientação de outra natureza. (Engenharia Civil) - University of Twente. Orientador: José Carlos de Araújo.InovaçãoProjetos de pesquisa2018 - AtualPRINT - Impacto das mudanças climáticas sobre os recursos naturais em regiões secasDescrição: The perspective of this project is to consolidate an international research network of natural resources of dry regions, with scientists of both basic and applied research, interacting in a multidisciplinary and transversal way. This will be achieved by: active joint research; submission of joint research project to financing institutions (here and abroad); international exchange of undergraduate and graduate students both from and to Brazil; co-lecturing of courses; and co-publication of papers. The proposal involves four international insitutions (University of Leipzig, Germany University of Valladolid, Spain; USDA, United States; and IRD, France); and three UFC post-graduation programs (Agricultural Engineering, grade 5; Hydraulic and Environmental Engineering, grade 7; and Ecology and Natural Resources, grade 4). The scientific goal is to research natural resources in drylands, contributing with the state-of-the-art of water availability, soil quality and restoration of biodiversity in degraded areas. There are six tasks to be achieved: (1) to investigate the influence of anthropogenic action on degradation/desertification of drylands; (2) to analyse desertification indexes and map priority sites for recovery and preservation; (3) to investigate dryland biodiversity and resilience towards climate changes; (4) to study changes in hydrology and ecosystem services due to global changes; (5) to measure and model real evaporation in large semiarid lakes; and (6) to define strategies to increase water use efficiency for food production under scenarios of climate change. This project is expected to consolidate the dryland natural resources network; and the international interaction for the benefit of the institutions and, most relevantly, for science and society in dry regions..Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (6) .Integrantes: José Carlos de Araújo - Coordenador / Iran Eduardo Lima Neto - Integrante / Carlos Alexandre Gomes Costa - Integrante / Eunice Maia de Andrade - Integrante / Claudivan Feitosa de Lacerda - Integrante / Joaquín Navarro-Hevia - Integrante / Armin Raabe - Integrante / Francisca Soares de Araújo - Integrante / Manfred Wendisch - Integrante / Marie-Pierre Winnie Ledru - Integrante / Jorge F. S. Ferreira - Integrante / Ray G. Anderson - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.2017 - 2018Programme der Entwicklungszusammenarbeit (Programa de Desenvolvimento de Cooperação)Descrição: The main idea of the project is to develop and implement a new teaching and research investigation method concerning soil and water fluxes of matter and energy: the 3D-body method. This approach aims at considering the three spatial dimensions of an earth body ? including soil, voids, water, plants, atmosphere, as well as nutrients and other constituents ? in the process analysis. Often, according to usual teaching and research methods, the two horizontal dimensions prevail. However, some of the most relevant processes (e.g., precipitation, evaporation) occur predominantly in the vertical dimension. This 2D approach generates an undesired trend, i.e., a large surface area is necessary for any process analysis, generating problems with the non-homogeneity of parameters. Additionally, one of the main features of the 3D-body method is the active learning. The idea is that the pupils take active part in the learning process, suggesting ways to solve tangible problems (PBL ? Problem-Based Learning) using the main concepts presented by the lecturers and by the Literature, made available to the pupils. For this purpose, field classes have proven to be the most efficient way. In the first phase of the learning/research process, this can take place at the lysimeter; whereas, during the second phase, open areas (such as reservoirs, crops or river reaches) should be used. One of the best instruments to apply the 3D-body method is the lysimeter: it consists of a 3D body containing soil, water, plants, atmosphere and the respective constituents. The horizontal and vertical scales are alike (usually at the order of 10 - 10 cm) and an adequate instrumentation allows for computation of the most relevant processes in the soil-water-atmosphere environment, such as precipitation, evaporation, transpiration, sap flow: in short, matter and energy fluxes..Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .Integrantes: José Carlos de Araújo - Integrante / Carlos Alexandre Gomes Costa - Integrante / Hans Neumeister - Coordenador / Armin Raabe - Integrante.Financiador(es): Deutscher Akademischer Austauschdienst - Auxílio financeiro.2015 - 2015Método do corpo 3D em GeoecologiaDescrição: Prof. Hans Neumeister é docente aposentado de Geoecologia junto à Universidade de Leipzig, na Alemanha. O docente, que tem vasta experiência internacional (Rússia, França, Inglaterra, Eslováquia e Cuba, entre outros), pesquisou assuntos como fluxo de água e matéria, poluição de água e solo e sedimentologia, temas esses muito caros aos pesquisadores da área de conservação de solo e água. Prof. Neumeister desenvolveu em sua vida acadêmica um método de análise e de ensino de sistemas terrestres pouco profundos, intitulado ?Método do corpo tridimensional?, no qual advoga que tais sistemas devem ser abordados não como figuras bidimensionais ? planas, sendo preferível reduzir parcialmente as dimensões horizontais e incluir a verticalidade. Com isso ganha-se uma visão mais sistêmica, aproximando-se mais da realidade. Neumeister publicou o livro intitulado ?Oberflächennahe Erdsysteme: Leben-Wasser-Luft-feste Erde, systemisch raum-zeitlich verbunden in 3-D-Körpern, Transformations- und Funktionsräumen?, de 339 páginas, pela editora Projekte Verlag Halle. O livro traz as bases conceituais e aplicações do método, sendo uma ferramenta de excelência para a análise geoecológica. O projeto tem como metas (1) a aplicação de um curso de capacitação para docentes e discentes com interesse em Geoecologia; (2) a aplicação do método acima mencionado a áreas do Ceará; e (3) a redação de um livro em português sobre o tema, com a participação de docentes brasileiros e do Prof. Neumeister..Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) .Integrantes: José Carlos de Araújo - Coordenador / Edson A. Silva - Integrante / Hans Neumeister - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.2014 - 2015Sensoriamento remoto como estratégia para a gestão das águas no semiárido ? SERASDescrição: No semiárido Nordestino do Brasil a água é suprida em grande parte pelos reservatórios (açudes) de vários tamanhos. A água aí reservada é de grande relevância para a população, particularmente a rural, e suas atividades socioeconômicas associadas, como a irrigação. Há necessidade de um contínuo processo de gestão, mas a informação necessária à tomada de decisões nem sempre está disponível, particularmente nas áreas mais remotas e inacessíveis (Lee et al. 1986; Costa et al. 2013). Nesses casos, o sensoriamento remoto pode auxiliar no monitoramento dos recursos hídricos e auxiliar a compreensão de sua complexa dinâmica. Assim, o objetivo central desta proposta consiste na aplicação de técnicas de sensoriamento remoto para a gestão das águas da região semiárida. A área em estudo será a bacia do Rio Jaguaribe, Ceará, em três escalas: grande - bacia do Alto Jaguaribe (24,600 km); média - bacia do açude Benguê (960 km); e pequena - bacia do acude Marengo (124 km, também denominada Bacia de Madalena). Os objetivos específicos são: A) Identificar, usando sensoriamento remoto, macrófitas nos reservatórios (açudes) A.1. Diferenciar as macrófitas emergentes da vegetação ciliar no entorno dos reservatórios A.2. Avaliar a área efetivamente inundada dos reservatórios A.3. Monitorar o nível de eutrofização dos reservatórios B) Estimar disponibilidade hídrica em bacias c/ muitos reservatórios via sensoriamento remoto B.1. Estimar as curvas cota-área-volume dos reservatórios B.2. Avaliar o volume efetivamente armazenado e a disponibilidade de água nos reservatórios C) Avaliar vazões líquida e sólida (sedimentos suspensos) através de sensoriamento remoto C.1. Monitorar trechos de rios para avaliar vazões líquidas C.2. Monitorar trechos de rios para avaliar vazões sólidas suspensas D) Avaliar, por sensoriamento remoto, mudanças no uso do solo nos últimos dez anos D.1. Investigar a relação entre uso de solo (e suas mudanças) e o crescimento de macrófitas nos lagos D.2. Investigar o efeito do uso do solo (e suas mudanças) na mata ciliar dos açudes E) Avaliar em campo (ground-truthing) as seguintes variáveis, necessárias à calibração e/ou validação dos métodos de sensoriamento remoto E.1. Avaliar as áreas dos reservatórios cobertas por macrófitas E.2. Avaliar as áreas efetivamente inundadas dos reservatórios E.3. Monitorar a qualidade das águas dos reservatórios com vistas ao cálculo de índices de eutrofização E.4. Realizar levantamentos batimétricos para avaliar em campo suas curvas cota-área-volume E.5. Monitorar o nível dos reservatórios para avaliar (usando as curvas cota-volume) os volumes efetivamente aí armazenados E.6. Monitorar as vazões líquidas das seções dos rios E.7. Monitorar as vazões de sedimentos suspensos nas seções dos rios E.8. Identificar, em campo, padrões de uso dos solos, incluindo as matas ciliares E.9. Investigar os padrões de uso do solo e sua relação com a conectividade nos fluxos de água e sedimentos.Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) .Integrantes: José Carlos de Araújo - Coordenador / George Leite Mamede - Integrante / Axel Bronstert - Integrante / Pedro Henrique Augusto Medeiros - Integrante / Cicero Lima de Almeida - Integrante / Christine Farias Coelho - Integrante / Saskia Foester - Integrante / Leonardo Schramm Feitosa - Integrante / Éder Ramon Feitoza Lêdo - Integrante / Neyson Braz de Souza - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.2011 - 2013Impacto da pequena açudagem sobre a disponibilidade hídrica no semiárido: Análise integrada aplicada à bacia do Rio Jaguaribe, CeDescrição: É objetivo geral desta pesquisa avaliar, de modo integrado, o impacto da pequena açudagem em uma grande bacia hidrográfica semiárida, buscando uma topologia ótima para a rede de alta densidade de reservatórios. São quatro os objetivos específicos: 1. Atualizar, através de técnica de sensoriamento remoto, o inventário georreferenciado de todos os reservatórios (com área inundada superior a 3ha) existentes na bacia do Alto Jaguaribe, Ce. Com base nesse resultado, devem ser atualizadas separadamente a avaliação dos impactos hidrológico e sedimentológico da rede de pequenos reservatórios na referida bacia, mantendo os métodos explicitados em Malveira et al. (2011) e em Lima Neto et al. (2011), respectivamente; 2. Avaliar o impacto da rede de reservatórios sobre a conectividade hidráulica na bacia do Alto Jaguaribe; 3. Avaliar, de modo integrado, o impacto hidrológico, sedimentológico e de conectividade da pequena açudagem sobre a disponibilidade hídrica da bacia do Alto Jaguaribe; 4. Avaliar a qualidade das águas (em particular o processo de eutrofização) de pequenos açudes na bacia do Rio Jaguaribe, de modo a gerar uma base de conhecimento que permita, numa próxima etapa dessa pesquisa, integrar esse aspecto (qualidade da água) aos anteriormente abordados (hidrologia, sedimentologia e conectividade)..Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .Integrantes: José Carlos de Araújo - Coordenador / Pedro Henrique Augusto Medeiros - Integrante / Cristian Epifânio de Toledo - Integrante / Everton A R Pinheiro - Integrante / Hans Juergen Herrmann - Integrante / Nuno Araujo - Integrante / Bronstert, Axel - Integrante / Ana Caroline Bento da Silva - Integrante / Samuel Peter - Integrante / Edmilson Rodrigues de Lima Júnior - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 32008 - 2012DISPAB-SA - Metodologias para definição da disponibilidade hídrica em pequenos açudes e pequenas bacias hidrográficas na região semi-áridaDescrição: Envolvendo quatro universidades federais, entidades reguladoras de água e parcerias importantes, o projeto objetiva buscar informações, através de modelos hidrológicos e observações de campo, sobre a situação de pequenos açudes, pequenas bacias e a sócio-economia da população do semi-árido nordestino. Tais informações deverão subsidiar, com novas metodologias, a tomada de decisão, contribuindo para o Plano Nacional de Recursos Hídricos. Obs. Araújo é o coordenador da UFC e do sub-tema de "Impactos de Pequenas Barragens" no projeto. O coordenador geral do projeto é o Prof. Arthur Mattos..Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) .Integrantes: José Carlos de Araújo - Integrante / George Leite Mamede - Integrante / Iran Eduardo Lima Neto - Integrante / Alain Passerat de Silans - Integrante / Arthur Mattos - Coordenador / Pedro Henrique Augusto Medeiros - Integrante / Celso Augusto Guimarães Santos - Integrante / Vanda Tereza Costa Malveira - Integrante / Rafael Marques Medeiros - Integrante / Yuri Castro Ponciano Lima - Integrante / Mário Cesar Wiegand - Integrante / Deborah Mithya Barros Alexandre D'Almeida - Integrante / Marcelo Aguiar Távora - Integrante / Cristiano das Neves Almeida - Integrante / Leonardo Schramm Feitosa - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.Número de produções C, T & A: 15 / Número de orientações: 8Educação e Popularização de C & TArtigosArtigos completos publicados em periódicosCOELHO, C. F.2018COELHO, C. F.; REINHARDT, H. ;ARAÚJO, JOSÉ CARLOS DE. Fossa verde como componente de saneamento rural para a região semiárida do Brasil. ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL (ONLINE), v. 23, p. 801-810, 2018.MAMEDE, GEORGE L.2018MAMEDE, GEORGE L. ; GUENTNER, ANDREAS ; MEDEIROS, PEDRO H. A. ;de Araújo, José Carlos; Bronstert, Axel . Modeling the Effect of Multiple Reservoirs on Water and Sediment Dynamics in a Semiarid Catchment in Brazil. JOURNAL OF HYDROLOGIC ENGINEERING, v. 23, p. 05018020, 2018.Livros e capítulosSILVA, E. A. (Org.) ; GORAYEB, A. (Org.) ;de Araújo, J. C.(Org.) . Atlas socioambiental do Assentamento 25 de Maio, Madalena, CE. 1. ed. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2015. v. 1. 44p .DE ARAÚJO, JOSE CARLOS; LACERDA, C. F. ; COSTA, R. N. T. . Formação de docentes em engenharia agrícola. In: Maria Estrêla Araújo Fernandes. (Org.). Temos orgulho de ser professor(a). 1ed.Campinas: Ed. Pontes, 2019, v. 1, p. 97-102.Textos em jornais de notícias/revistasGERBER, B. ; EICHLER, R. ; LIMA, F. S. ;HERRMANN, H. J.de Araújo, J. C.. Abwehrtaktik gegen Dürren. Newsletter der ETH Zürich, Zurique, p. 4 - 4, 01 fev. 2014.ZOLNERKEVIC, I. ;MAMEDE, G. L.; ARAUJO, N. ;HERRMANN, H. J.; Scneider, C. M. ;ARAÚJO, J. C.. Redes complexas: a ordem da escassez. Pesquisa Fapesp, São Paulo, p. 59 - 61, 01 jul. 2012.Apresentações de Trabalhode Araújo, José CarlosBRONSTERT, A.. Hydrological droughts in a densely impounded semi-arid basin: the case of the Jaguaribe River, Brazil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).de Araújo, J. C.. Manejo de microbacias. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).DE ARAÚJO, JOSÉ-CARLOS. Impactes de la red de miles de embalses en las cuencas semiáridas de Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).DE ARAÚJO, JOSE CARLOS. Sensoriamento remoto como ferramenta de apoio à gestão das águas no semiárido brasileiro. 2019. (Apresentação de Trabalho/Seminário).Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/06/2020 às 4:19:14Baixar CurrículoImprimir CurrículoCNPq| Uma agência do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SILVA FILHO, A. V. ; ARAUJO, J. C. ; BELO, P. S. C. . avaliação de equações de energia cinética de precipitações no Ceará. avaliação de equações de energia cinética de precipitações no Ceará, 2002.

  • SILVA FILHO, A. V. ; ARAUJO, J. C. ; BELO, P. S. C. . avaliação de equações de energia cinética de precipitações no Ceará. In: VI simpósio de recursos hídricos do Nordeste, 2002, Maceió. VI simpósio de recursos hídricos do Nordeste, 2002.

  • SILVA FILHO, A. V. . Equação de erosividade de chuva para o estado do ceará 2003 (Dissertação de mestrado).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SILVA FILHO, A. V. ; ARAUJO, J. C. ; REBOUCAS, J. O. . Erosiv - Programa computacional para cálculo de erosividade de chuva. 2003.

SILVA FILHO, A. V. ; ARAUJO, J. C. ; REBOUCAS, J. O. . erosiv - programa computacional para cálculo de erosividade de chuva. 2003.

SILVA FILHO, A. V. ; ARAUJO, J. C. ; REBOUCAS, J. O. . erosiv - programa computacional para cálculo de erosividade de chuva. 2003.

SILVA FILHO, A. V. . Membro do colegiado de coordenação didática do curso de engenharia de pesca. 2009. (Administrativa).

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal Rural de Pernambuco, UNIDADE ACADÊMICA DE SERRA TALHADA. , Av do Saco, sn, Fazenda Saco, 56000000 - Serra Talhada, PE - Brasil, Telefone: (87) 38311927, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2009 - Atual

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Leciono disciplinas de matemáticas desde 2009 para diversos cursos: Engenharia de pesca, Agronomia, Zootecnia, entre outros, além de orientar alunos de monitoria.

Atividades

  • 08/2015 - 12/2015

    Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática 1Z, Matemática para biólogos 2 e matemática 1

  • 03/2015 - 07/2015

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática para biólogos 1 e 2

  • 08/2014 - 12/2014

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática A2, Matemática para biólogos 1 e 2

  • 03/2014 - 07/2014

    Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática A1, Matemática para biólogos 1 e Matemática 2Z

  • 12/2013 - 12/2013

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática aplicada à engenharia de pesca

  • 08/2013 - 12/2013

    Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática B e matemática 3

  • 10/2013 - 10/2013

    Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Uso de calculadoras e aplicações, Semana da agronomia

  • 03/2013 - 07/2013

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática 1,2 e 3

  • 08/2012 - 12/2012

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática 1,2 e 3

  • 03/2012 - 07/2012

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática 2 e 3; Matemática para biólogos 1

  • 08/2011 - 12/2011

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática 1,2 e 3; Cálculo 2 e matemática

  • 03/2011 - 07/2011

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática 1 e Matemática 3

  • 03/2011 - 03/2011

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática aplicada à ecologia

  • 08/2010 - 12/2010

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática 1, 2 e 3

  • 10/2010 - 10/2010

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Modelagem matemática

  • 03/2010 - 07/2010

    Ensino, Química, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática 2, Cálculo 2 e cálculo 3

  • 03/2010 - 07/2010

    Conselhos, Comissões e Consultoria, UNIDADE ACADÊMICA DE SERRA TALHADA, .,Cargo ou função, Membro titular do curso de Engenharia de pesca no colegiado de coordenação didática CCD.

  • 08/2009 - 12/2009

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática 1, Matemática 3, Cálculo a uma variável e Cálculo 3

  • 03/2009 - 12/2009

    Conselhos, Comissões e Consultoria, UNIDADE ACADÊMICA DE SERRA TALHADA, .,Cargo ou função, Membro titular do curso de Engenharia de pesca no colegiado de coordenação didática.

  • 08/2009 - 08/2009

    Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Nivelamento de matemática: Números reais e funções.

  • 07/2009 - 07/2009

    Treinamentos ministrados , UNIDADE ACADÊMICA DE SERRA TALHADA, .,Treinamentos ministrados, Curso de iniciação à docência no ensino superior, Carga horária de 120 h aula

  • 03/2009 - 07/2009

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Matemática 1, Matemática 2 , Matemática e Cálculo a uma variável

  • 05/2009 - 05/2009

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Métodos numéricos e aplicações, Diagonalização de matrizes

  • 05/2009 - 05/2009

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Derivação numérica, Métodos numéricos

  • 04/2009 - 04/2009

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Funções e uso de calculadoras e winplot

  • 04/2009 - 04/2009

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Números reais e aplicações

2006 - 2008

Universidade Federal do Ceará

Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40

Atividades

  • 09/2006 - 12/2008

    Ensino, Engenharia Civil, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Cálculo Diferencial e integral

  • 09/2006 - 12/2008

    Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Álgebra linear , Equações diferenciais e Cálculo

2004 - 2006

Governo do Estado do Ceará

Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

  • 08/2004 - 01/2006

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Física

1996 - 1997

Departamento Nacional de Estradas de Rodagem

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: ESTAGIÁRIO

2015 - 2015

Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada

Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Orientador

Outras informações:
Participei, no polo São José do Egito - PE , da décima edição da Olimpíada Brasileira Matemática das escolas públicas - OBMEP, coordenada pelo IMPA - Instituto nacional de matemática pura e aplicada, do programa de iniciação científica realizando as seguintes tarefas: - Apoiei e orientei os alunos acompanhando seu desenvolvimento e sua participação no programa. - Organizei e realizei os encontros presenciais de acordo com o planejamento acadêmico.