Melissa Sigrist Crepaldi

Atualmente é discente da Universidade Metodista de Piracicaba.

Informações coletadas do Lattes em 02/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Psicologia

2000 - Atual

Universidade Metodista de Piracicaba

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Telma Regina de Paula Souza

Racismos e anti-racismos no ensino superior: o caso UNIMEP; 2004; 113 f; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Metodista de Piracicaba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Telma Regina de Paula Souza;

Telma Regina de Paula Souza

Censo étnico-racial da UNIMEP: inclusão/exclusão dos afro-descendentes no mercado de trabalho brasileiro; ; 2003; 100 f; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Metodista de Piracicaba, Fundo de Apoio à Pesquisa da Unimep; Orientador: Telma Regina de Paula Souza;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CREPALDI, Melissa Sigrist . Censo Étnico-Racial da Unimep: Inclusão/Exclusão dos Afrodescendentes no Mercado de Trabalho Brasileiro. In: 1ª Mostra Acadêmica Unimep, 2003, Piracicaba, 2003.

  • CREPALDI, Melissa Sigrist . Censo Étnico-Racial da Unimep: Inclusão/Exclusão dos Afrodescendentes no Mercado de Trabalho Brasileiro. In: 3º CONIC-SEMESP e 1º COINT-SEMESP, 2003, São Paulo, 2003.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2003 - 2004

    Racismos e Anti-Racismos no Ensino Superior: O Caso Unimep, Descrição: O projeto de pesquisa "Racismos e Anti-Racismos no Ensino Superior: O Caso Unimep" com o objetivo de analisar discursos em torno dos racismos e anti-racismos da comunidade universitária, buscou identificar os significados e sentidos presentes nesses discursos, problematizando as idéias acerca da "identidade afrodescendente". A pesquisa compreendeu uma metodologia qualitativa através da entrevista dirigida realizada com 7 docentes, 9 discentes e 7 funcionários que se reconheceram como negros, pretos ou pardos (moreno ou mestiço) no I Censo Étnico-Racial da Unimep realizado de agosto de 2002 a agosto de 2203. As entrevistas foram analisadas através da hermenêutica dos discursos que foram gravados e transcritos com o consentimento dos sujeitos. De acordo com a análise, a compreensão de uma "identidade afrodescendente" pode ser observada na postura política que alguns sujeitos assumem na sua identidade, calcada numa origem familiar negra ou mestiça. Ser negro, mais do que ser afrodescendente, implica no reconhecimento do racismo, mesmo que velado, na sociedade brasileira e de uma realidade de luta dos negros para resistir à rejeição e à exclusão produzidas pelo racismo. Todos identificam na educação (política universal) a possibilidade de diminuição gradual da desigualdade social que tem base nas relações raciais. As políticas focais são entendidas como necessárias, embora devam ser debatidas com toda a sociedade. . , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Melissa Sigrist Crepaldi - Integrante / Lia Raquel Posi - Integrante / Telma Regina De Paula Souza - Coordenador., Financiador(es): Universidade Metodista de Piracicaba - Bolsa.

  • 2002 - 2003

    Censo Étnico-Racial da Unimep: Inclusão/Exclusão dos Afrodescendentes no Mercado de Trabalho Brasileiro, Descrição: A prática discriminatória, em relação aos afrodescendentes no Brasil, está presente dentro das empresas e instituições escolares, que promovem uma discriminação institucionalizada, na qual a ideologia racista está implícita nas normas e regras burocráticas dessas instituições. Este tipo de racismo configura-se de forma sutil e mascarada, sustentando o "mito da democracia racial", o qual é justificado pela grande diversidade étnico-racial apresentada no país. O objetivo desta pesquisa foi conhecer a diversidade étnico-racial de toda a população da Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) que inclui os discentes, docentes e funcionários, através do I Censo Étnico-Racial realizado nos três campi da instituição: Lins, Santa Bárbara e Taquaral, procurou-se verificar onde estão os afrodescendentes e quantos eles são no segmento de professores e funcionários, assim como discutir a realidade dos afrodescendentes no Mercado de Trabalho Brasileiro. Através de questionários específicos para cada segmento de sujeitos, dispostos na INTRANET e através de formulários impressos, desenvolveu-se a coleta de dados, e verificou-se que participação de docentes e funcionários foi extremamente baixa, e os resultados obtidos revelaram a pequena participação de negros nos dois segmentos. Desta forma, a pesquisa oferece subsídios para reflexões acerca do racismo no Brasil e como ele está configurado na UNIMEP, e ainda possibilita o debate sobre a implantação de políticas de Ação Afirmativa na Universidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Melissa Sigrist Crepaldi - Integrante / Lia Raquel Posi - Integrante / Telma Regina De Paula Souza - Coordenador., Financiador(es): Universidade Metodista de Piracicaba - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2000 - Atual

Universidade Metodista de Piracicaba

Vínculo: discente, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0

Atividades

  • 08/2004

    Estágios , Centro de Ciências Humanas, Curso de Psicologia.,Estágio realizado, Estágio Supervisionado de Clínica na Abordagem Analítica Individual Adulto.

  • 08/2004

    Estágios , Centro de Ciências Humanas, Curso de Psicologia.,Estágio realizado, Estágio Supervisionado em Orientação Vocacional.

  • 08/2004

    Estágios , Centro de Ciências Humanas, Curso de Psicologia.,Estágio realizado, Estágio Supervisionado em Psicologia do Trabalho.

  • 08/2004

    Estágios , Centro de Ciências Humanas, Curso de Psicologia.,Estágio realizado, Estágio Supervisionado em Psicologia Social.