Juan Carlos Valdés Serra

Possui Graduação em Engenharia Mecânica pela "Universidad de Oriente. Santiago de Cuba-CUBA" (1992), Mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual de Campinas-SP, Brasil (UNICAMP) (1998) e Doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual de Campinas-SP, Brasil (UNICAMP) (2002). Atualmente é Professor Doutor Associado IV da Fundação Universidade Federal do Tocantins (UFT) Brasil. Tem experiência na área de Engenharia Mecânica, com ênfase em Materiais e Processos de Fabricação, atuando principalmente nos seguintes temas: Obtenção de Materiais Compósitos e Desenvolvimento Sustentável.

Informações coletadas do Lattes em 06/07/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Engenharia Mecânica

1998 - 2002

Universidade Estadual de Campinas
Título: Obtenção e Caracterização de revestimentos não trombogênicos, em tubos de PVC utilizados na Circulação Extracorpórea
Prof. Dr. Antonio Celso Fonseca de Arruda. Palavras-chave: Caracterização superficial; Circulação Extracorpórea; Hemocompatibilidade; Heparina-Cloreto de Benzalcônio; Poli(cloreto de vinila); Revestimentos não Trombogênicos. Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia de Materiais / Especialidade: Biomateriais. Setores de atividade: Desenvolvimento de Produtos Tecnológicos Voltados Para A Saúde Humana.

Mestrado em Engenharia Mecânica

1996 - 1998

Universidade Estadual de Campinas
Título: Caracterização mecânico-metalúrgica de compósitos Al-NbC produzidos por metalurgia do pó,Ano de Obtenção: 1998
Profa. Dra. Maria Helena Robert.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Compósitos de Matriz Metálica; ligas de Al reforçadas; materiais compósitos.Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Processos de Fabricação / Especialidade: Metalurgia da Transformação. Setores de atividade: Indústria Metal-Mecânica; Desenvolvimento de Novos Materiais.

Graduação em Ingenieria Mecánica

1987 - 1992

Universidad de Oriente. Santiago de Cuba
Título: Valoración de las Mezclas de Moldeo a Base de Zeolita
Orientador: Prof Dr. Marcos Cortina Vega

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 -

Coaching Integral Sistêmico. (Carga horária: 492h). , Florida Christian University/FEBRACIS, FCU/FEBRACIS, Estados Unidos.

2012 - 2013

Formação de Coordenadores, Prof. e Tutores (EAD). (Carga horária: 180h). , FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, UFT, Brasil.

2011 - 2011

Extensão universitária em Octave, Maxima e Gnuplot e sua Aplicação na Engenh. (Carga horária: 50h). , FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, UFT, Brasil.

2006 - 2006

Gestão de Resíduos Sólidos. (Carga horária: 16h). , Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR, Brasil.

2006 - 2006

Iniciando um Pequeno Grande Negócio. (Carga horária: 30h). , Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Tocantins, SEBRAE/TO, Brasil.

2005 - 2005

VIII Jornada de Treinamento Portal Periodicos CAPE. (Carga horária: 24h). , Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

2005 - 2005

Capacitação na Elaboração do relatório de Gestão. (Carga horária: 16h). , Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica, ABIPTI, Brasil.

2005 - 2005

Capacitação de Examinadores de Relatórios de Gestã. (Carga horária: 16h). , Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica, ABIPTI, Brasil.

2004 - 2004

Formação continuada. (Carga horária: 4h). , Universidade Luterana do Brasil. Centro Universitario de Palmas, ULBRA/CEULP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia de Materiais.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Reciclagem de Residuos sólidos.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Processos de Fabricação.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Projetos de Máquinas/Especialidade: Aproveitamento de Energia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

LIMA, M. D. ; VALDÉS S. , J. C. ; MEDINA, P. ; DAMBROS, J. . 1° WorkSHOP da Cadeia Produtiva de Madeira e Móveis do Estado do Tocantins. 2006. (Outro).

LIMA, M. D. ; VALDÉS S. , J. C. ; DAMBROS, J. ; MEDINA, P. . 1° Seminário da Cadeia Produtiva de Madeira e Móveis do Tocantins. 2005. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais-CBECIMAT. Controle da Queima da Casca de Arroz: Otimização da Queima e Redução da Cinza Gerada. 2014. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais-CBECIMAT. Controle da Queima da Casca de Arroz: Otimização da Queima e Redução da Cinza Gerada. 2014. (Congresso).

II Congresso Amazônico de Desenvolvimento Sustentável. 2012. (Congresso).

I Simpósiio Nacional de Agroenergia e II Seminário de Agroenergia da UFT.CENÁRIO NACIONAL DA AGROENERGIA: EFICIÊNCIA E SUSTENTABILIDADE. 2012. (Simpósio).

V Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental. Comemoração dos 20 anos de Engenharia Ambiental.Mediador de Mesa Redonda do Evento. 2012. (Outra).

V Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental. Comemoração dos 20 anos de Engenharia Ambiental.Laboratório de Materiais Compósitos-LMC. 2012. (Outra).

26° Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. ALTERNATIVA DE APROVEITAMENTO DE RESÍDUOS AGROENERGÉTICOS PARA PRODUÇÃO DE MATERIAIS. 2011. (Congresso).

Amazontech. 2011. (Outra).

IX Encontro Centro-Oeste e Norte dos Grupos PET.Tutor Pet Eng. Ambiental. 2011. (Encontro).

II Encontro Regional dos Estudantes de Engenharia Ambiental.Coordenador do Projeto. 2010. (Encontro).

25º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. Balanço Energético de um Galpão de Aves. 2009. (Congresso).

I Seminario Nacional Rede da Educação para a Diversidade.Rede da Educação para a Diversidade. 2008. (Seminário).

Treinamento para Elaboração de Balanços Energéticos.Treinamento para Elaboração de Balanços Energéticos. 2007. (Outra).

2° Congresso Brasileiro de Industrialização da Madeira e Produtos de Base Florestal. CBIM 2006. 2006. (Congresso).

I Encontro de Líderes do Tocantins. 2006. (Encontro).

Madeira 2006. 2006. (Congresso).

VI Jornada de Iniciação Científica. Ciência e Desenvolvimento Humano..Diagnóstico dos Pneus Usados no Estado do Tocantins. 2006. (Outra).

V Simpósio Brasileiro de Engenharia Ambiental - V SBEA.Proposta de Acondicionamento de pneus descartados na Cidade de Palmas. 2006. (Simpósio).

1° Congresso Científico da UFT. 2005. (Congresso).

1° Seminário da Cadeia Produtiva de Madeira e Móveis do Estado do Tocantins.1° Seminário da Cadeia Produtiva de Madeira e Móveis do Estado do Tocantins. 2005. (Seminário).

1° Seminário de Iniciação Científica.1° Seminário de Iniciação Científica. 2005. (Seminário).

VII PLYWOOD AND TROPICAL TIMBER INTERNATIONAL CONGRESS. 2005. (Congresso).

II Seminario de Engenharia Civil. I Fórum de Segurança do Trabalho. 2004. (Seminário).

IV Jornada de Iniciação Científica. IV Jornada de Iniciação Científica. 2004. (Congresso).

III Congresso Científico do Centro Universitário Luterano de Palmas. Mercado e Cidadania. III Congresso Científico do Centro Universitário Luterano de Palmas. 2003. (Congresso).

III Seminário de Engenharia Agrícola..III Seminário de Engenharia Agrícola. Produção Agroindustrial: Desafios e Oportunidades. 2003. (Seminário).

Engenharia Agrícola para o Desenvolvimento Sustentável: Água, Energia e Meio Ambiente. Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola. XXXI CONBEA. 2002. (Congresso).

SPMat Brazil-MRS.I Encontro da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais. 2002. (Encontro).

II Congresso Científico do Centro Universitário Luterano de Palmas. II Congresso Científico do Centro Universitário Luterano de Palmas. 2001. (Congresso).

O papel do Professor Universitário.Semana Pedagogica. 2001. (Oficina).

2° Simpósio Ambientalista do Cerrado no Tocantins.2° Simpósio Ambientalista do Cerrado no Tocantins. 2000. (Simpósio).

9° Congreso Chileno de Ingeniería Mecánica y IV Congreso Nacional de Energia. 9° Congresso de Engenharia Mecânica. 2000. (Congresso).

Implantação da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) no Estado de TOCANTINS.Implantação da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) no Estado de TOCANTINS. 2000. (Encontro).

XXIX Congresso Brasileiro De Engenharia Agrícola. CONBEA 2000. XXIX Congresso Brasileiro De Engenharia Agrícola. CONBEA 2000. 2000. (Congresso).

I Congresso Cientifico ULBRA-ILES/Palmas-TO. I Congresso Cientifico ULBRA-ILES/Palmas-TO. 1999. (Congresso).

13º Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciências dos Materiais. 13º Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciências dos Materiais. 1998. (Congresso).

8º Congresso Chileno de Ingenieria Mecánica. 8º Congresso Chileno de Ingenieria Mecánica. 1998. (Congresso).

9° Powder Metallurgy World Congress & Exhibition. 9° Powder Metallurgy World Congress & Exhibition. 1998. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Laila Cristina Gonçalves Silva Amaral

VALDÉS S. , J. C.; ABREU, Y.; NASCIMENTO, J. S.. Mercado Brasileiro de Biodiesel sob a ótica dos leilões públicos promovidos pela ANP: 1005. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Agroenergia) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Rachel de Moura Nunes

VALDÉS S. , J. C.GUARDA, E.; MONTEL, A. L. B.. Aproveitamento de Farelo de Arroz: Potencial de Produção de Papel e etanol. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Agroenergia) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Jualiana Barbosa Chaves Malimpensa

SANTOS, M. A.;VALDÉS S. , J. C.; BORGES, A. K. P.. Incidência de Acidentes de Tarbalho não Fatais em Trablhadores Segurados no Estado do Tocantins no Período de 2005 a 2009.. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profisional em Ciências Da Saúde) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Lidianne Santos Cabral

ABREU, Y.;VALDÉS S. , J. C.; SHAYANI, R. A.. Indicadores de ecoeficiência para propriedades rurais. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Agroenergia) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Hugo Rivas de Oliveira

ABREU, Y.; GUERRA, S. G.;VALDÉS S. , J. C.. BIODIESEL, SELO COMBUSTÍYEL SOCIAL E AGRTCULTURA FAMILIAR NO BRASIL. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Agroenergia) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Roberta Batista Guimarães

PICANÇO, A. P.VALDÉS S. , J. C.; CAROLINO, J.T.. Diretrizes de Palnejamento para Implantação da Coleta Seletiva no Município de Palmas-TO. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Planejamento e Gestâo Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Jean Marcel Pinto Cordeiro

TORQUATO, J. C.;VALDÉS S. , J. C.PICANÇO, A. P.. Utilização de Áreas degradadas para a Produção e Florestas de rápido crescimento, visando a produtividade florestal e o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Planejamento e Gestão Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins.

Aluno: Maria do Carmo Pereira dos Santos

BORMA, L. S.;VALDÉS S. , J. C.. Saúde e Educação ambiental no Assentamento Che Guevara, municipio de Goianorte, Tocantins. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Planejamento e Gestão Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins.

Aluno: Eva Janny Fernandes Saraiva Silva

CAROLINO, J.T.;VALDÉS S. , J. C.; Oliveira, E. F.. Diagnóstico Sócio-ambiental do Projeto Alegre do Assentamento Rural em Araguína-TO. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Planejamento e Gestâo Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Joseísa Furtado

VALDÉS S. , J. C.; NOBREGA, S. L.; RIBEIRO, F. H. M.. Reciclagem de Materiais: Uma Alternativa para a Construção Civil. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Tecnologia e Gerenciamento de Ob) - Universidade Luterana do Brasil. Centro Universitario de Palmas.

Aluno: Wanessa de Oliveira Timóteo

VALDÉS S. , J. C.; ANDRADE, R. S.; SOARES, R. M.. Capacidade Atual de Abastecimento de Água tratada Superficialmente Humano no Municiípio de Palmas-TO. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Italo Pereira

VALDÉS S. , J. C.PICANÇO, A. P.. Análise da Viabilidade Econômica de Funcionamento de Cooperativas de Segregação e Comercio de Materiais Recicláveis em Palmas. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins.

Aluno: Breno Cardoso Dias Rattes

VALDÉS S. , J. C.FIGUEROA, F. E.; SCAPIN, E.. Projeto de Reator Contínuo para Produção de Biodiesel. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins.

Aluno: Ruy César Marques de Vasconcelos

VALDÉS S. , J. C.PICANÇO, A. P.; ANDRADE, R. S.. Comparativo de Substituição de Materiais Convencionais por Ecológicos na Construção de Casa Populares no Estado do Tocantins. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins.

Aluno: Lúcio Melchiades da Mata Torres Gomes

VALDÉS S. , J. C.; Naval, L. P.;MACIEL, G. F.. Aproveitamento de Resíduos de Madeira para Elaboração de Compósitos. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins.

Aluno: Patrícia Nogueira dos Reis

VALDÉS S. , J. C.MACIEL, G. F.; ADORNO, L. F. M.. Gerenciamento e Proposta de Reutilização de Pneus Inservíveis em Palmas-TO. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins.

Aluno: Bruno Rocha Cardoso

PICANÇO, A. P.VALDÉS S. , J. C.. Levantamento da infraestrutura urbana e Diagnóstico Ambiental do Municipio de Cachoerinha-TO, para elaboraçaõ do Plano Diretor Participativo. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins.

Aluno: Jomar Falcão de França Pereira

CAROLINO, J.T.;VALDÉS S. , J. C.. Comportamento Pós-Plantio de Espécies Nativas do Cerrado sob o Efeito de Adubação na Recuperação de áreas Degradadas. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Paola Cardoso de Almeida

PICANÇO, A. P.VALDÉS S. , J. C.. Diagnóstico da Gestão dos Resíduos de Construção e Demolição do Municipio de Palmas-TO. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Glenda Feitosa da Silva

VALDÉS S. , J. C.FIGUEROA, F. E.. Análise estrutural e de atores como subsídio para a gestão de recursos hídricos: o caso da região hidrográfica do entorno do reservatório da UHE-Luis E. Magalhãe-Lajeado-TO. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Vanessa Oliveira Pimenta

Naval, L. P.; Oliveira, E. F.;VALDÉS S. , J. C.. Análise físico-químico e de metais do lodo da estação de tratamento de água 006 em Palmas-TO e avaliação da água à montante do ponto de lançamento do lodo com proposta de disposição final. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Saara Arruda Sousa

PICANÇO, A. P.VALDÉS S. , J. C.; Naval, L. P.. Situação da Gestão dos resíduos Sólidos no estado do Tocantins. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Mariana Ribeiro Santiago

PICANÇO, A. P.; Naval, L. P.;VALDÉS S. , J. C.. Proposta de Gerenciamento Integrado dos Resíduos de Serviço de Saude no Hospital Geral de Palmas-HGP. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Jaime de Souza Benevides Junior

VALDÉS S. , J. C.; ZUKOWSKI JR, J. C.; REYS, M.A.. Manutenção Corretiva em Sistemas e Descrição de Componentes de Tratores Agrícolas. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola) - Universidade Luterana do Brasil. Centro Universitario de Palmas.

Aluno: Alex Barbieri

VALDÉS S. , J. C.; ZUKOWSKI JR, J. C.; FRITZEN, P. C.. Projeto de uma Micro Centrakl Hidrelétrica para uma propriedade Rural. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola) - Universidade Luterana do Brasil. Centro Universitario de Palmas.

Aluno: Diego Zanchi Battistella

MENDONCA, R. M. G.;VALDÉS S. , J. C.; BORMA, L. S.. Descrição e Avalicação das alternativas para o controle de drenagem ácida em um depósito de rejeitos na Carbonífera Crisciúma S.A. - Unidade Mineira Verdinho. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

Aluno: Karine Gomes Bezerra

VALDÉS S. , J. C.; NOBREGA, S. L.. Análise da Resistência Mecânica de Tijolos Solo-Cimento Alternativo produzido a partir da cinza da casca de arroz. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola) - Universidade Luterana do Brasil. Centro Universitario de Palmas.

Aluno: Leonardo Paula de Souza

VALDÉS S. , J. C.; SOUZA, L. P. DE; REYS, M.A.; PREVIERO, C. A.. Conservação Pós-colheita da Alface (Lactuca sativa L.). 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agricola) - Universidade Luterana do Brasil.

Aluno: Natalício Slongo Júnior

SLONGO JÚNIOR, N.;VALDÉS S. , J. C.; REYS, M.A.; CORREIA, J. B.. Manutenção de maquinário no Pre-processamento de Grãos. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola) - Centro Universitario Luterano de Palmas.

Aluno: Leonardo Olímpio Pereira

VALDÉS S. , J. C.; PREVIERO, C. A.. Avaliação de sombra em Pastagens para gado de corte, através de índice de conforto térmico. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola) - Universidade Luterana do Brasil. Centro Universitario de Palmas.

VALDÉS S. , J. C.; CASTRO, B. C.; ARAUJO JUNIOR, R. P.. Banca Examinadora do Concurso Público. 2015. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

VALDÉS S. , J. C.; VASCONCELLOS, R. B. H.; ROCHA, C. M. M. A.. Banca Examinadora do Concurso Público. 2013. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

VALDÉS S. , J. C.; PICANCO, V. M. P. A.; SOUZA, M. V. R. E.. Banca Examinadora de Concurso Público. 2013. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

VALDÉS S. , J. C.; CHOQUE, N. M. S.; ROCHA, A. S.. Banca Examinadora do Concurso Público. 2013.

SILVA, E. M.; TAVARES, A. D.;VALDÉS S. , J. C.. Banca: Fenômenos de Transporte; Termodinâmica Aplicada; Operações Unitárias. 2011. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

VALDÉS S. , J. C.; SANTOS, J. P.; SANTOS, M.M.. Banca: Termodinâmica Aplicada; Desenho Técnico e Geometria Descritiva; Fenômeno de Transporte. 2010. Universidade Federal do Tocantins.

VALDÉS S. , J. C.; SANTOS, J. P.; SANTOS, M.M.. Banca: Topografia, Desenho Técnico e Construções Rurais. 2010. Universidade Federal do Tocantins.

VALDÉS S. , J. C.; OLIVEIRA F., J. C.; AGUIAR, R. W.. Professor Adjunto. 2009. Universidade Federal do Tocantins.

VALDÉS S. , J. C.; ANDRADE, R. S.;ZUNIGA, A. D.. Professor Assistente. 2009. Universidade Federal do Tocantins.

SANTOS JUNIOR, S.;VALDÉS S. , J. C.; LEONOR, S. J.. Professor Assistente e Professor Adjunto. 2006. Fundação Universidade Federal do Tocantins.

FIGUEROA, F. E.VALDÉS S. , J. C.; COSTA, M. L.. Seleção de Professor Substituto de Física I, II e III. 2011. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

DIAS, R. R.; SOUSA NETO, M.;VALDÉS S. , J. C.. Seleção de Professor Substituto Calculo Numérico, Modelagem e Informática. 2007. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS.

VALDÉS S. , J. C.; BORMA, L. S.;PICANÇO, A. P.. Banca Avaliadora. Professor Substituto. Edital 049. 2006. Universidade Federal do Tocantins.

VALDÉS S. , J. C.. Comissão Científica do 1° Congresso Científico da UFT. 2005. Fundação Universidade Federal do Tocantins.

VALDÉS S. , J. C.. Comitê PIBIC 2004/2005. 2005. Fundação Universidade Federal do Tocantins.

VALDÉS S. , J. C.. Comissão Cientifica UFT. XI Jornada de Iniciação Científica da UFT/UNITINS. 2004. Fundação Universidade Federal do Tocantins.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria Helena Robert

Robert, M. H.; Mei, Paulo Roberto; Assumpção, Roberto de Toledo. Caracterização Mecânico Metalurgica de Compósitos Al-NbC Produzidos por Metalurgia do Pó. 1998. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual de Campinas.

José Francisco Biscegli

ARRUDA, A. C. F.; SANTANA, M. H. A.; SANTANA, C. C.;BISCEGLI, J. F.. Obtenção e Caracterização de Revestimentos não Trombogênicos, em tubos de PVC Utilizados na Circulação Extracorpórea. 2002. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual de Campinas.

Roberto de Toledo Assumpcao

ASSUMPCAO, R.. Caracterização Mecânica Metalúrgica de Compósitos Al-NbC Produzidos por Metalurgia do Pó. 1998. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual de Campinas.

Selma Candelária Genari

ARRUDA, Antonio Celso Fonseca de;ZAVAGLIA, Cecília A C; SANTANA, Maria Helena Andrade; SANTANA, César Costapinto; BISCEGLI, José Francisco;GENARI, Selma Candelaria; ROBERT, Maria Helena. Obtenção e Caracterização de Revestimentos não trombogênicos em tubos de PVC utilizados na Circulação Extracorpórea (ECC) - Membro Suplente da Banca Examinadora do trabalho de Tese de Doutorado. 2002. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual de Campinas.

Cecília Amélia de Carvalho Zavaglia

ZAVAGLIA, C. A. C.. Obtenção e Caracterização de Revestimentos não Trombogênicos, em Tubos de PVC Utilizados na Circulação Extracorpórea. 2002. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Paula Raquel Barreto Rodrigues

Caracterização de Compósitos obtidos de resíduos Agroenergéticos; Início: 2016; Dissertação (Mestrado em Agroenergia) - Universidade Federal do Tocantins, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Camila Rosa da Silva Takada

OBTENÇÃO DE MATERIAIS COMPÓSITOS A PARTIR DE RESÍDUO AGROENERGÉTICO: CASO DO APROVEITAMENTO DA PALHA DA CANA-DE-AÇÚCAR; 2014; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Agroenergia) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS,; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Lucas Mendes Oliveira

OBTENÇÃO DE MATERIAIS COMPÓSITOS BIODEGRADÁVEIS A PARTIR DE AMIDO PLASTIFICADO, REFORÇADOS COM TORTA DE PINHÃO MANSO; 2012; Dissertação (Mestrado em Agroenergia) - Universidade Federal do Tocantins,; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

FERNANDO ANTÔNIO DA SILVA FERNANDES

APROVEITAMENTO DE RESÍDUOS DE BIODIESEL EM TIJOLOS CERÂMICOS; 2012; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Agroenergia) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Thaysi Castro Coelho

Alternativa para tratamento de Resíduos Sólidos e Geração de Energia em Palmas-TO; 2011; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS,; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Camila Rosa da Silva Takada

Resíduos sólidos nas Industrias de Biodiesel do Tocantins: Aproveitamento em materiais Compósitos; 2011; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Agroenergia) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Glecymara Sousa Gomes

Utilização dos Resíduos Agroenergéticos Para Fabricação de Materiais Compósitos; 2011; Dissertação (Mestrado em Agroenergia) - Universidade Federal do Tocantins, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Marco Antônio Baleeiro Alves

Otimização da obtenção de biodiesel etílico de Pinhão Manso; 2010; Dissertação (Mestrado em Agroenergia) - Universidade Federal do Tocantins,; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Izana assunção Alves

Estudo da Produção Limpa no Setor Cerâmico da Região Central do Estado do Tocantins; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Planejamento e Gestâo Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Jarllany Cirqueira Lopes

Reaproveitamento do Lodo da ETA-6 de Palmas-TO em Substituição Parcial ao Agregado Miúdo em Matriz de Concreto; ; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Isabella Stoppa Müller Fernandes

Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos: Tecnologias de Reciclagem e Impactos Ambientais; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Stéfanny Paula Silva de Assunção

Proposta para a Elaboração do Plano Inicial de Gestão de Resíduos Sólidos Gerados no Campus Universitário de Palmas da Univ; Federal do Tocantins; ; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Ruben Sousa Junior

Estudo das Possíveis Tecnologias para o Tratamento dos Resíduos Sólidos em Palmas-TO; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Marcelo Paulino Galhardo

AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO DA ADIÇÃO DAS FIBRAS DE PET NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DO CONCRETO; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Nadson Nanmir Borges de Oliveira

MONOGRÁFIA-ESTIMATIVA DA EMISSÃO DE GASES PROVENIENTES DA QUEIMA DE COMBUSTÍVEIS DO TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE PALMAS-TO; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Rafael Duarte Boff

Estudo do Teste no meio denso para separção de metais em Placas de Circuito Impresso (PCI); 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

FERNANDO AFONSO NUNES FILHO

CENTRO DE PROCESSAMENTO DE RESÍDUOS ELETROELETRÔNICOS E INCLUSÃO SOCIAL DO TOCANTINS; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Rafael Duarte Boff

PROJETO DE UM PROTÓTIPO PARA SEPARAÇÃO DE METAIS PROVENIENTES DE PLACAS DE CIRCUITO IMPRESSO (PCIs); 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Amir Prudente Bittar

ESTUDO DA VIABILIDADE DE PEQUENAS CENTRAIS TERMELÉTRICAS EM COMUNIDADES ISOLADAS UTILIZANDO BRIQUETES DE RESÍDUOS SÓLIDOS; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Thanna Costa Martins

Ecoeficiência energética no Campus de Palmas da UFT; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Jordanna Barreira Lustosa

Utilização do biogás gerado por ETEs em Palmas como substituição de combustível veicular; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Leandro Viana dos Santos

ANÁLISE COMPARATIVA DOS MATERIAIS PROVENIENTES DOS RESÍDUOS TECNOLÓGICOS E CONSUMO DOS RECURSOS NATURAIS; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Fabio José Strieder

MÉTODO DE TOPSIS PARA TOMADA DE DECISÃO MULTICRITÉRIO:UMA APLICAÇÃO PARA A ESCOLHA DE MATERIAIS E TECNOLOGIAS NA CONSTRUÇAO CIVIL MAIS SUSTENTAVEL; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Breno Cardoso Dias Rattes

Projeto de Reator continuo para produção de Biodiesel; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Ruy César Marques de Vasconcelos

Estudo Comparativo de Substituição de Materiais Convencionais por Ecológicos na Construção de Casa Popular no Estado; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Itamar Antônio de Oliveira Júnior

Avaliação do Potencial de Energia Solar no Municipio de Palmas-TO; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Larissa Moreira Cardoso

Estudo dos Processos de Obtenção de Biodiesel; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Patrícia Nogueira dos Reis

Gerenciamento e Proposta de Reutilização de Pneus inservíveis em Palmas-TO; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Lúcio Melchiades da Mata Torres Gomes

Aproveitamento dos Resíduos de Madeira para Elaboração de Compósitos; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Janaina P

Guimarães; Análise do Programa de Controle e Redução de Perdas Reais no Sistema de Distribuição da Quadra 305 Norte em Palmas - To; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Lucas Mendes de Oliveira

Estudo Comparativo das Diferentes Tecnologias Utilizadas para Produção de Alcool; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Isabella Stoppa Müller Fernandes

DIAGNOSTICO DAS PRINCIPAIS TECNOLOGIAS DE SEPARAÇÃO DE METAIS EM PLACAS DE CIRCUITOS IMPRESSOS; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Divanir da Silva Xerente

Aproveitamento dos Resíduos Sólido nas Aldeias Xerente; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Divanir da Silva Xerente

AVALIAÇÃO QUANTITATIVA DO RESÍDUO SÓLIDO GERADO PELA ETNIA XERENTE; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Derci Antonio Andrade Junior

ESTUDO DO APROVEITAMENTO DOS RESÍDUOS TECNOLOGICOS; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Rafael Duarte Boff

REAPROVEITAMENTO DE PILHAS E BATERIAS; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Derci Antonio Andrade Junior

ESTUDO DO APROVEITAMENTO DOS RESÍDUOS TECNOLOGICOS; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Jordanna Barreira Lustosa

PROPOSTAS DE NOVAS UTILIZAÇÕES DO BIOGÁS; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Larisse Maria de Oliveira Machado

Balanço Energético de uma Granja de suinos; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Jordanna Barreira Lustosa

PROPOSTAS DE NOVAS UTILIZAÇÕES DO BIOGÁS; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Lúcio Melchiades da Mata Torres Gomes

Diagnóstico da Quantidade e Classificação dos Resíduos Produzidos na Indústria Madeireira de Palmas-TO; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Patrícia Nogueira dos Reis

Reciclagem de Pneus; 2005; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Hanuscleiton Luiz Corrêa

OBTENÇÃO E AVALIAÇÃO MECÂNICA - TÉRMICA DE MATERIAIS ALTERNATIVOS PARA COBERTURA DE ESTRUTURAS RURAIS; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agrícola) - Centro Universitario Luterano de Palmas, Centro Universitario de Palmas; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Mauricio Vaz dos Reis Cunha

OBTENÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE TIJOLOS ECOLÓGICOS, REFORÇADOS COM CASCA DE ARROZ E FIBRAS VEGETAIS; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agrícola) - Centro Universitario Luterano de Palmas, Centro Universitario de Palmas; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Edson Almeida De Oliveira Pereira

Desenvolvimento de um descacador de Pequi; 2001; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agrícola) - Centro Universitario Luterano de Palmas, Centro Universitario de Palmas; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Jarllany Cirqueira Lopes

Programa de Educação Tutorial - PET Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Alana de Almeida Valadares

Programa de Educação Tutorial ? PET/Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Fausto Amancio de Oliveira

Programa de Educação Tutorial ? PET/Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Renato Almeida de Oliveira

Programa de Educação Tutorial ? PET/Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Vitor Ferracioli Corrêa

Programa de Educação Tutorial ? PET/Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Benildes Campos Rocha

Programa de Educação Tutorial ? PET/Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Gabriella Ferreira Debiazzi

Programa de Educação Tutorial ? PET/Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Hellen Rayssa Nunes

Programa de Educação Tutorial ? PET/Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Luiza Dezem

Programa de Educação Tutorial ? PET/Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Tâmara Lopes Farias

Programa de Educação Tutorial ? PET/Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Victor Garcia Aristides Oliveira

Programa de Educação Tutorial ? PET/Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Welton Silva Cardoso

Programa de Educação Tutorial ? PET/Engenharia Ambiental; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Júlio Natividade

PROGRAMA DE COLETA SELETIVA E REUTILIZAÇÃO DE PILHAS E BATERIAS; 2010; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins, Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Renn6e UEdy Aquino Brasil

Programa Institucional de Monitoria -PIM; 2007; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental) - Universidade Federal do Tocantins, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juan Carlos Valdés Serra;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Jordanna Barreira Lustosa

Fontes para utilização do biogás; Início: 2008; Iniciação científica (Graduando em engenharia ambiental) - Fundação Universidade Federal do Tocantins, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Maria Helena Robert

Caracterização Mecânica Metalúrgica de Compósitos Al-NbC, Produzidos por Metalurgia do Pó; ; 1998; 0 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual de Campinas,; Orientador: Maria Helena Robert;

Waldyr Parolari Novello

Revestimentos em dispositivos médicos; Início: 1999; Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual de Campinas; (Coorientador);

Waldyr Parolari Novello

Desenvolvimento e avaliação de revestimentos não trombogênicos; 2002; Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual de Campinas,; Coorientador: Waldyr Parolari Novello;

Antonio Celso Fonseca de Arruda

Obtenção e Caracterização de revestimentos Não Trombogênicos, em Tubos de PVC Utilizados na Circulação Extracorpórea; 2002; Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual de Campinas,; Orientador: Antonio Celso Fonseca de Arruda;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • DA SILVA FERNANDES, FERNANDO ANTONIO ; ARCARO, SABRINA ; TOCHTROP JUNIOR, ERWIN FRANCISCO ; VALDÉS SERRA, JUAN CARLOS ; BERGMANN, CARLOS PÉREZ . Glass foams produced from soda-lime glass waste and rice husk ash applied as partial substitutes for concrete aggregates. PROCESS SAFETY AND ENVIRONMENTAL PROTECTION , v. 2, p. 134, 2019.

  • 2018 SOTO, F. ; ALVES, M. ; VALDÉS S. , J. C. ; ARMAS, O. ; CRNKOVIC, P. ; RODRIGUES, G. ; LACERDA, A. ; MELO, L. . The determination of the activation energy of diesel and biodiesel fuels and the analysis of engine performance and soot emissions. FUEL PROCESSING TECHNOLOGY , v. 174, p. 69-77, 2018.

  • 2018 CUTRIM NAZARENO, JULIANNE ; VALDÉS SERRA, JUAN CARLOS ; NEVES DE SOUSA, DIEGO . Obtenção e caracterização de materiais compósitos constituídos de fibra de dendê (Elaeis guineensis). REVISTA LIBERATO (NOVO HAMBURGO) , v. 19, p. 157-168, 2018.

  • 2018 BRITO², M. R. ; VALDÉS SERRA, JUAN CARLOS . RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE: UM ESTUDO DO GERENCIAMENTO DOS RESÍDUOS NO MUNICÍPIO DE PALMAS-TO E SUAS TECNOLOGIAS. Revista Saúde e Meio Ambiente-RESMA , v. 7, p. 17-32, 2018.

  • 2018 COELHO, T. F. ; VALDÉS SERRA, JUAN CARLOS . Tecnologias para Reciclagem de Sistemas Fotovoltaicos: Impactos Ambientais. Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade , v. 15, p. 83-99, 2018.

  • 2017 MOREIRA, L. L. ; VALDÉS S. , J. C. . Avaliação de metodologias utilizadas em estudos morfométricos de bacias hidrográficas. REVISTA AGROGEOAMBIENTAL , v. 9, p. 101-113, 2017.

  • 2017 ALMEIDA, L. ; VALDÉS S. , J. C. . Modelos hidrológicos, tipos e aplicações mais utilizadas. Revista da FAE , v. 20, p. 129-137, 2017.

  • 2017 SILVA, E. R. B. R. ; VALDÉS S. , J. C. . REVISÃO DE BIOMASSAS PARA PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO. ENGENHARIA AMBIENTAL (ONLINE) , v. 14, p. 16-25, 2017.

  • 2017 NUNES, R. S. B. ; VALDÉS S. , J. C. . LEVANTAMENTO DA GERAÇÃO DE RESÍDUOS DE MADEIRA EM PALMAS/TO. ENGENHARIA AMBIENTAL (ONLINE) , v. 14, p. 98-104, 2017.

  • 2017 SILVA, T. A. ; VALDÉS S. , J. C. . AVALIAÇÃO DE REUSO DE ÁGUA EM UM FRIGORÍFICO DE AVES. ENGENHARIA AMBIENTAL (ONLINE) , v. 14, p. 61-71, 2017.

  • 2016 BELO, P. S. F. ; VALDÉS S. , J. C. ; QUEIROZ, S. C. B. ; PICANÇO, A. P. . RESÍDUOS GERADOS EM ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA NO MUNICÍPIO DE PALMAS/TO: CARACTERIZAÇÃO E TRATAMENTO. Revista de Engenharia e Tecnologia , v. 8, p. 227-238, 2016.

  • 2016 AGUIAR, M. A. ; VALDÉS S. , J. C. ; PEDROZA, M. M. ; ZUKOWSKI JR, J. C. ; PAU, F. S. . ANÁLISE DE DESEMPENHO DE UM MOTOR AGRÍCOLA COM USO DE DIESELE BIODIESEL DE SOJA (GLYCINEMAX) DA REGIÃO DO MATOPIBA, TOCANTINS, BRASIL. Revista Brasileira de Energia Renováveis , v. 5, p. 566-586, 2016.

  • 2016 SILVA, J. S. ; VALDÉS S. , J. C. . ANÁLISE MECÂNICA E FISÍCO-QUÍMICA DE TELHAS ECOLÓGICAS CARTONADAS EM DIFERENTES IDADES DE UTILIZAÇÃO. REVISTA DE ENGENHARIA E TECNOLOGIA , v. 8, p. 211-222, 2016.

  • 2016 LIMA, L. S. ; VALDÉS S. , J. C. . AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS NA DESATIVAÇÃO DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO BREJO COMPRIDO PALMAS-TO. ENGENHARIA AMBIENTAL (ONLINE) , v. 13, p. 68-79, 2016.

  • 2016 LOPES, J. C. ; VALDÉS S. , J. C. . ADENSAMENTO MECÂNICO E DESIDRATAÇÃO DO LODO DA ETA-6 POR FILTRO PRENSA. ENGENHARIA AMBIENTAL (ONLINE) , v. 13, p. 126-132, 2016.

  • 2016 RODRIGUES, P. R. B. ; PICANÇO, A. P. ; VALDÉS S. , J. C. . ESTUDO DO POTENCIAL DE REUTILIZAÇÃO DOS RESÍDUOS DE PODA DO MUNICÍPIO DE PALMAS ? TO. ENGENHARIA AMBIENTAL (ONLINE) , v. 13, p. 144-154, 2016.

  • 2015 PAULO, ROBINSON ; SERRA, JUAN . ESTUDO DE CASO ENVOLVENDO UMA INDÚSTRIA DE FERTILIZANTES NA CIDADE DE PORTO NACIONAL/TO. Revista Eletronica Sistemas & Gestão , v. 10, p. 316-323, 2015.

  • 2015 RODRIGUES, P. R. B. ; PICANÇO, A. P. ; VALDÉS S., J. C. ; GUARDA, E. ; SERRA, J. C. V. . Análise do potencial de reutilização dos resíduos provenientes de poda, município de Palmas, Tocantins. Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais , v. 6, p. 19-29-29, 2015.

  • 2015 MALDONADO, A. F. ; VALDÉS S. , J. C. . RELATO DE IMPACTOS AMBIENTAIS CAUSADOS POR MÁQUINAS EM MARMORARIAS. ENGENHARIA AMBIENTAL (ONLINE) , v. 12, p. 90-103, 2015.

  • 2014 OLIVEIRA, L. M. ; VALDÉS S., J. C. ; SERRA, J. C. V. ; MAGALHÃES, K. B. . BALANÇOS ENERGÉTICOS DA PRODUÇÃO DE ETANOL PARA DIFERENTES MATÉRIAS PRIMAS. Geoambiente On-line , v. 1, p. 39-52, 2014.

  • 2014 RIBEIRO, J. S. ; VALDÉS S. , J. C. . Compósitos Obtidos de Resíduos de Papel, Reforçados com Pó de Serragem e de Gesso. E&S ENGINEERING AND SCIENCE , v. 2, p. 1-9, 2014.

  • 2014 BORBA, K. C. A. ; VALDÉS S. , J. C. ; MENDONCA, R. M. G. ; MAFRA, W. A. ; Takada, C. R. S. . ANÁLISE AMBIENTAL E DE MAQUINÁRIO DE MARMORARIAS NO MUNICÍPIO DE PALMAS-TO. Engenharia Ambiental (Online) , v. 11, p. 03-15, 2014.

  • 2014 PONCE, E. S. ; VALDÉS S. , J. C. . IMPORTÂNCIA DA MANUTENÇÃO DE MAQUINÁRIOS EM ATERROS SANITÁRIOS. ENGENHARIA AMBIENTAL (ONLINE) , v. 11, p. 154-163, 2014.

  • 2014 BARBOSA, C. C. ; VALDÉS S. , J. C. . VIABILIDADE TÉCNICA E AMBIENTAL DA CARBONIZAÇÃO EM RESÍDUOS SÓLIDOS: EFICIÊNCIA E PERSPECTIVAS. ENGENHARIA AMBIENTAL (ONLINE) , v. 11, p. 125-132, 2014.

  • 2013 Takada, C. R. S. ; VALDÉS S. , J. C. . APROVEITAMENTO E DISPOSIÇÃO FINAL DE LODOS DE ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUA NO MUNICÍPIO DE PALMAS ? TO. Engenharia Ambiental (Online) , v. 10, p. 157-165-165, 2013.

  • 2013 TIMOTEO, W. O. ; VALDÉS S. , J. C. . PROBLEMÁTICA DO ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM UMA POPULAÇÃO CRESCENTE: CASO ESPECÍFICO PALMAS ? TO. Engenharia Ambiental (Online) , v. 10, p. 220-230, 2013.

  • 2013 COELHO, T. C. ; VALDÉS S. , J. C. ; LUSTOSA, J. B. . ALTERNATIVA DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E GERAÇÃO DE ENERGIA ATRAVÉS DE FORNOS DE QUEIMA: UMA ANÁLISE. RCA. Revista de Ciências Ambientais (UniLASALLE) , v. 7, p. 79-89, 2013.

  • 2013 NUNES, R. M. ; GUARDA, E. ; VALDÉS S. , J. C. ; MARTINS, A. A. . Resíduos agroindustriais: potencial de produção do etanol de segunda geração no Brasil. Revista Liberato , v. 15, p. 113-238, 2013.

  • 2013 LEITE, M. F. ; VALDÉS S. , J. C. . Avaliação dos Impactos Ambientais na aplicação dos Agrotóxicos. Ambiência (UNICENTRO) , v. 9, p. 675, 2013.

  • 2013 MARTINS, T. C. ; VALDÉS S. , J. C. . Ecoeficiência Energética no Campus de Palmas da UFT. Revista Brasileira de Energia , v. 19, p. 155-171, 2013.

  • 2013 COELHO, T. C. ; SERRA, J. C. V. ; ANDRADE, A. B. . APLICAÇÃO DE UMA FERRAMENTA DE GESTÃO AMBIENTAL DE QUALIDADE DE ATERROS DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS. RCA. Revista de Ciências Ambientais (UniLASALLE) , v. 7, p. 45-56, 2013.

  • 2013 SACRAMENTO, A. A. O. ; ZUKOWSKI JR, J. C. ; VALDÉS S., J. C. ; SERRA, J. C. V. . MEIO AMBIENTE E A UTILIZAÇÃO DE TURBINAS EÓLICAS. Revista Brasileira de Energia , v. 19, p. 61-75, 2013.

  • 2013 SILVA, R. G. ; VALDÉS S. , J. C. ; PICANÇO, A. P. . DETERMINAÇÃO DO COEFICIENTE DE PRODUÇÃO DE RESÍDUOS RECICLÁVEIS, NAS QUADRAS RESIDENCIAIS 404 SUL E 904 SUL NO MUNICÍPIO DE PALMAS ? TO. Engenharia Ambiental (Online) , v. 10, p. 194-207, 2013.

  • 2012 GENTIL, R. M. ; VALDÉS S. , J. C. ; CASTRO, R. B. . RESÍDUOS SÓLIDOS ORGÂNICOS PROVENIENTES DA EXTRAÇÃO DE OLEAGINOSAS PARA BIODIESEL E SEUS POTENCIAIS DE USO. Geoambiente On-line , v. 18, p. 127-142, 2012.

  • 2012 MENDES, D. B. ; VALDÉS S. , J. C. . Glicerina: uma abordagem sobre a produção e o tratamento. Revista Liberato (Novo Hamburgo) , v. 13, p. 59-67, 2012.

  • 2012 PEREIRA, A. C. ; VALDÉS S. , J. C. . DISPOSITIVOS E EQUIPAMENTOS DE MONITORAMENTO DE HERPETOFAUNA, MASTOFAUNA E AVIFAUNA UTILIZADOS EM PEQUENAS CENTRAIS HIDRELÉTRICAS (PCHs) NO ESTADO DO TOCANTINS. Engenharia Ambiental (Online) , v. 9, p. 249-263, 2012.

  • 2012 OLIVEIRA, L. M. ; VALDÉS S. , J. C. ; MAGALHÃES, K. B. . ESTUDO COMPARATIVO DAS DIFERENTES TECNOLOGIAS UTILIZADAS PARA PRODUÇÃO DE ETANOL. Geoambiente On-line , v. 19, p. 1-23-23, 2012.

  • 2011 OLIVEIRA, L. M. ; VALDÉS S. , J. C. ; MAGALHÃES, K. B. . PROPOSTA DE OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS PARA USINAS DE PRODUÇÃO DE ETANOL DE CANA-DE-AÇÚCAR. Biomassa & Energia (Viçosa) , v. 4, p. 61-71, 2011.

  • 2011 CASTRO, V. P. ; VALDÉS S. , J. C. ; ZUKOWSKI JR, J. C. . IMPACTOS AMBIENTAIS NEGATIVOS DA MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS EM PORTO NACIONAL ? TOCANTINS. Engenharia Ambiental (Online) , v. 2, p. 8, 2011.

  • 2011 Silva, J. V. H. ; Bittar, A. P. ; VALDÉS S. , J. C. ; ZUKOWSKI JR, J. C. . Diagnóstico do Reaproveitamento de Resíduos com Potencial Energético no Municipio de Palmas-TO. Engenharia Ambiental (Online) , v. 8, p. 226-233, 2011.

  • 2011 CARDOSO, A. S. ; VALDÉS S. , J. C. ; ZUKOWSKI JR, J. C. ; VIERA, G. E. . A UTILIZAÇÃO DE BIODIESEL EM MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA: ASPECTOS TÉCNICOS E AMBIENTAIS. Biomassa & Energia (Viçosa) , v. 4, p. 163-172, 2011.

  • 2011 Souza, R.M. ; VALDÉS S. , J. C. ; ZUKOWSKI JR, J. C. ; Santos, D.R.R. . ANÁLISE DO POTENCIAL ENERGÉTICO DO BIOGÁS PROVENIENTE DO ATERRO SANITÁRIO DE PALMAS/TO PARA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. Revista CientÍfica da AJES , v. 5, p. 10-17, 2011.

  • 2011 SANTOS, E. F. ; VALDÉS S. , J. C. . PROCESSOS DE TRANSFORMAÇÃO DE PILHAS E BATERIAS USADAS. Educação Ambiental em Ação , v. Núm-38, p. 1-3, 2011.

  • 2010 ZUNIGA, A. D. ; PINEDO, A. A. ; SILVA, A.F. ; VALDÉS S. , J. C. ; PAVLAK, M. C. M. . Datos Experimentales de la Cinética del secado y del Modelo matemático para pulpa de Cupuaçu (Thebrama grandiflorum) en rodajas. Ciência e Tecnologia de Alimentos (Impresso) , v. 30, p. 179-182, 2010.

  • 2010 ALVES, M. A. B. ; VALDÉS S. , J. C. . Caracterização Fisico-Química de Óleo de Pinhão Manso Cultivado no Estado do Tocantins. Anais IV Congresso Brasileiro de Mamona e I Simpósio Internacional de Oleaginosas Energéticas. João Pessoa 2010 , v. 1, p. 1835-1839, 2010.

  • 2010 Santos, D.R.R. ; PICANÇO, A. P. ; MACIEL, G. F. ; VALDÉS S. , J. C. . ESTUDO DE NEUTRALIZAÇÃO DOS GASES DE EFEITO ESTUFA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - REITORIA E CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE PALMAS: UMA FORMA DE MITIGAÇÃO AMBIENTAL. Revista Geográfica Acadêmica , v. 4, p. 29-40, 2010.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

VALDÉS S. , J. C. . Avaliação de Projetos da CAPES. 2012.

VALDÉS S. , J. C. ; NOBREGA, S. L. . Desenvolvimento de um Eliminador de Ar em Dutos. 2004.

VALDÉS S. , J. C. ; ZUNIGA, A. D. . Desidratador eólico solar. 2006.

VALDÉS S. , J. C. ; COSTA, A. R. . Mecanismos para moldes de café embalados a vácuo.. 2000.

VALDÉS S. , J. C. ; MENDES, S. S. . Enfardaderia mecânica para sacos de café. 2000.

VALDÉS S. , J. C. . Leitura e Interpretação de Desenho Técnico. 2006. .

BARBIERI, A. ; VALDÉS S. , J. C. . ADUBADOR QUÍMICO MANUAL. 2003. (Maquete).

BEZERRA SOBRINHO, D. ; VALDÉS S. , J. C. ; NEGREIROS, F. S. . CISALHADOR DE SEMENTES DE MILHO PARA CONTROLE DE INFESTAÇÃO. 2003. (Maquete).

MATOS, D. B. ; VALDÉS S. , J. C. . DESPOLPADOR DE CAJA. 2002. (Maquete).

PALHARES JUNIOR, W. S. ; VALDÉS S. , J. C. . DESINTEGRADOR DE RESÍDUOS ORGÂNICOS. 2002. (Maquete).

RIBEIRO, W. C. ; VALDÉS S. , J. C. . MÁQUINA DE QUEBRAR COCO BABAÇU. 2000. (Maquete).

ROCHA, M. R. B. ; VALDÉS S. , J. C. . ADUBADOR QUÍMICO. 1999. (Maquete).

XAVIER, G. R. ; VALDÉS S. , J. C. . CARNEIRO HIDRAÚLICO. 1999. (Maquete).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2011 - 2013

    Resíduos EletroEletrônicos, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Aurélio Pessoa Picanço - Coordenador / Fernan Enrique Vergara Figueroa - Integrante / Emerson Guarda - Integrante.

  • 2008 - Atual

    Analisar a produção de biodiesel e seus insumos, utilizando a metodologia do desenvolvimento endógeno e a teoria de economia de escopo e de escala, na Região da Amazônia Legal, Descrição: O conceito de Amazônia Legal foi instituído pelo Governo Federal para reunir Estados pertencentes à Bacia Amazônica e, conseqüentemente, possuem em seu território trechos da Floresta Amazônica. Essas regiões apresentam problemas econômicos, políticos e sociais similares No total são nove Estados que compõem a Amazonia Legal, são eles: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e parte do estado do Maranhão (a oeste do meridiano de 44º de longitude oeste), perfazendo uma superfície de aproximadamente 5.217.423 km correspondente a cerca de 61% do território brasileiro. Este estudo irá excluir o Estado do Maranhão, que pertence à região, por não ter como coletar dados secundários somente de sua parte pertencente a Amazonia Legal. A economia desta região esta baseada na pecuária e na agricultura e por isso pode-se fazer uma ligação direta entre a cadeia produtiva do biodiesel, dependendo do modo que é estudada e analisada. Neste trabalho será utilizada a metodologia do desenvolvimento endógeno e a tória de economia de escopo e de escala para analisar as condições atuais da produção de Biodiesel ou de seus insumos quanto à sua sustentabilidade econômica e social na região da Amazonia Legal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Yolanda de Abreu - Coordenador.

  • 2006 - 2008

    Aproveitamento dos resíduos de Madeiras, Descrição: O resíduo pode ser considerado qualquer material que sobra após uma ação ou processo produtivo. No Brasil os resíduos de madeira são gerados ao longo de todo o seu processo de industrialização, com um aproveitamento global, em metros cúbicos, entre 30% e 40%. Em outras palavras, essas atividades podem gerar até 70% de resíduos, os quais não estão sendo adequadamente tratados ou aproveitados e que podem, às vezes, gerar graves problemas ambientais. A utilização da biomassa de madeira para fim de reutilização requer a avaliação sistêmica da cadeia produtiva dos resíduos e das características inerentes do produto, a fim de que se possa projetar um sistema logístico apropriado para a sua coleta e seu processo. Um fator fundamental para justificar a relevância do presente trabalho é a formulação da proposta de uma provável solução sobre o problema ambiental dos resíduos de madeira produzidos pelas indústrias madeireiras em Palmas ? TO, a fim de auxiliar os governantes sobre políticas públicas nesta área.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Coordenador / Lucio Melchiades da Mata Torres Gomes - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal do Tocantins - Bolsa., Número de produções C, T & A: 2

  • 2005 - 2008

    Reciclagem de Pneus, Descrição: No Brasil, o gerenciamento adequado dos resíduos sólidos urbanos constitui um dos grandes desafios enfrentados pelos municípios devido aos aspectos ambientais, sanitários e econômicos envolvidos. Um dos resíduos que atualmente vêm chamando a atenção da sociedade em relação ao seu descarte desenfreado e constante é o pneu. Com o crescimento da indústria automobilística, o pneu como acessório indispensável do veículo conseqüentemente também teve um aumento em sua produção. Sendo assim, analisando-se o fluxograma produção ? consumo ? descarte deve ser observado a busca por alternativas viáveis e ecologicamente corretas de destinação final para os pneumáticos inservíveis. Pneu ou pneumático inservível é aquele que não mais se presta a processo de reforma que permita condição de rodagem adicional, conforme código 4012.20 da Tarifa Externa Comum ? TEC,. São diversos os problemas gerados pela má disposição de pneus no meio ambiente, dentre elas, a retenção de água dentro deles, promovendo a proliferação de vetores de doenças, como a Dengue e Febre amarela; a queima acidental, o pneu é altamente combustível e têm em sua composição óleos que podem percolar e contaminar o lençol freático, além da geração de uma fumaça preta e tóxica para os seres vivos; outro problema está ligado a forma do pneu, por ser um resíduo com um volume grande, ocupa muito espaço em aterros sanitários, diminuindo assim a vida útil dos mesmos. Já existem formas e técnicas que estão utilizadas para o reaproveitamento e reciclagem dos pneus velhos. Além disso, a Lei nº 258/99 do Conselho Nacional do Meio Ambiente obriga os fabricantes e ou importadores de pneus a dar uma destinação ambientalmente correta para todos os pneus produzidos e/ou importados. O correto gerenciamento dos resíduos sólidos, assim como também do pneu, deve ser uma ação constante, principalmente em épocas de chuva e que vise um destino final ambientalmente seguro e sem nenhum tipo de transtorno para a população e também para o meio. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Coordenador / Patrícia Nogueira dos Reis - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 1

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2008

    Gestão Energetica para o Desesnvolvimento Sustentável- Centro de Pesquisas Canguçu, Descrição: Projeto aprovado pelo .CT-Energ MME - CNPq 03 2003 Considerando o estágio de desenvolvimento de sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de cargas isoladas de pequena monta e a tendência de redução de seus custos no futuro, o sistema proposto visa aliar todos os benefícios decorrentes desta modalidade de aproveitamento de energia renovável, à introdução de geração de hidrogênio no ciclo de disponibilização de reserva, visando suportar as variações da demanda e sazonalidade da fonte energética primária. O hidrogênio é amplamente considerado como sendo o vetor energético do futuro próximo. Tem havido esforços intensivos no sentido de desenvolver diferentes tecnologias para o uso de hidrogênio em substituição ao uso de combustíveis fósseis, substanciado pelas seguintes razões: - O uso de combustíveis fósseis produz a emissão de gases de efeito estufa; - Demanda crescente no uso de fontes renováveis e ecologicamente corretas; - Reservas limitadas de combustíveis fosseis. O Sistema híbrido de geração é estruturado pelo conjunto de seis módulos: - coletores fotovoltaicos; - sistema de acumuladores/inversores - geração de hidrogênio - compressão/armazenamento - geração de energia elétrica - sistema de controle do processo. O conjunto superior é composto por elementos tradicionais no atendimento a cargas isoladas, no caso composto por painéis fotovoltaicos de alta eficiência, acumuladores e um inversor para o atendimento à carga em 220V. O módulo de geração de hidrogênio é baseado em eletrólise livre de emissões, tecnologia que gera hidrogênio gasoso localmente de forma confiável e segura. O módulo de compressão eleva o gás de hidrogênio para uma pressão desejada, atualmente até 400 bar (6,000 psi). O hidrogênio é armazenado no módulo de armazenamento,em tanques de hidretos metálicos. Estes três módulos formam configuração típica para muitas aplicações industriais incluindo a fabricação de semicondutores.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juan Carlos Valdés Serra - Integrante / Alan Kardec Barbiero - Coordenador / Yolanda de Abreu - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2006

Homenagem Especial, Turma de Engenharia Agrícola 2005/2 CEULP/ULBRA.

2006

Turma JUAN CARLOS VALDÉS SERRA, Formando de Engenharia Agricola 2006/1 CEULP/ULBRA.

2005

Padrinho da Turma de Engenharia Agricola. CEULP-ULBRA, CEULP-ULBRA Palmas-TO.

2003

Patrono do Curso de Engenharia Agrícola 2003/1, Centro Universitario Luterano de Palmas.

2002

Patrono do Curso de Engenharia Agrícola 2002/2, Centro Universitário Luterano de Palmas.ULBRA.

1994

Contribuição no Desenvolvimento do IX FÓRUM de Ciência e Técnica, Direção Provincial de Saude Pública. Santiago de Cuba..

1994

VII Exposición Nacional de las Brigadas Teécnicas JuvenilesLES, BTJ. Ciudad da La Habana.

1993

Primeiro Lugar a nivel Provincial na VII Exposición de las Brigadas Técnicas Juveniles, BTJ. Santiago de Cuba.

1993

Destacada labor Investigativa, Reitor da Universidad de Oriente. Santiago de Cuba.

1992

VII FORUM Provincial de Peça de Reposição e Tecnologías de Avanzadas, Comité Provicial de Tecnologias.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, CAMPUS UNIVERSITARIO DE PALMAS, ENGENHARIA AMBIENTAL. , Avenida NS 15 ALCNO 14, Centro, 77001-970 - Palmas, TO - Brasil, Telefone: (63) 32328020, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2004 - Atual

    Universidade Federal do Tocantins

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Magisterio Superior-, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Coordenador do Curso de Engenharia Ambiental desde março de 2008 até 2011

    Atividades

    • 06/2011

      Outras atividades técnico-científicas , CAMPUS UNIVERSITARIO DE PALMAS, CAMPUS UNIVERSITARIO DE PALMAS.,Atividade realizada, Tutor do Programa de Educação Tutorial (PET-Engenharia Ambiental).

    • 05/2011

      Direção e administração, ENGENHARIA AMBIENTAL, .,Cargo ou função, Tutor do Programa de Educação Tutorial ? PET do curso de Engenharia Ambiental.

    • 03/2008

      Direção e administração, ENGENHARIA AMBIENTAL, .,Cargo ou função, Coordenador do Curso.

    • 03/2008

      Ensino, Mestrado em Agroenergia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Instalações Industriais para Produção de Biocombustíveis

    • 03/2008

      Conselhos, Comissões e Consultoria, FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS, .,Cargo ou função, Membro permanente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão -CONSEPE- UFT.

    • 02/2007

      Outras atividades técnico-científicas , CAMPUS UNIVERSITARIO DE PALMAS, CAMPUS UNIVERSITARIO DE PALMAS.,Atividade realizada, Conselho de Avliação do Campus de Palmas.

    • 07/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, CAMPUS UNIVERSITARIO DE PALMAS, .,Cargo ou função, Membro do Conselho Editorial. Engenharia. Editora UFT (EDUFT).

    • 03/2006

      Direção e administração, ENGENHARIA AMBIENTAL, .,Cargo ou função, Coordenador Substituto do Lab. de Meteorologia e Climatologia - UFT.

    • 05/2005

      Direção e administração, CAMPUS UNIVERSITARIO DE PALMAS, .,Cargo ou função, Coordenador de Tecnoligias do Centro Tecnológico de Madeira e Móveis do Tocantins.

    • 08/2004

      Pesquisa e desenvolvimento , CAMPUS UNIVERSITARIO DE PALMAS, ENGENHARIA AMBIENTAL.,Linhas de pesquisa

    • 03/2004

      Ensino, Engenharia Ambiental, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Noções Básicas de Máquinas e Equipamentos, Desenho Técnico, Mecânica das Engenharias, Resistência dos Materiais

    • 02/2007 - 04/2007

      Direção e administração, CAMPUS UNIVERSITARIO DE PALMAS, .,Cargo ou função, Diretor Pro-Tempore do Campus Universitário de Palmas.

    • 03/2004 - 12/2006

      Ensino, Engenharia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Mecânica (Eng. de Alimentos), Resitência dos Materiais (Eng. de Alimentos)

    • 08/2005 - 08/2005

      Ensino, Planejamento e Gestão Ambiental, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Metodologia da Pesquisa Científica

    • 03/2004 - 07/2005

      Ensino, Engenharia Ambiental, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Desenho Técnico, Mecânica das Engenharias, Resistência dos Materiais

  • 1998 - 2002

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Estudante de Doutorado, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 16

  • 1996 - 1998

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Bolsista Mestrado, Enquadramento Funcional: Estudante de Mestrado, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 03/1998 - 02/2002

      Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Engenharia Mecânica, Departamento de Engenharia de Materiais.

    • 08/1996 - 03/1998

      Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Engenharia Mecânica, Departamento de Engenharia de Fabricação.

  • 2000 - 2004

    Universidade Luterana do Brasil. Centro Universitario de Palmas

    Vínculo: Professor Horista, Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Carga horária: 20

    Atividades

    • 08/2000 - 12/2004

      Ensino, Engenharia Agrícola, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Mecanica, Resistencia, Isostática, Projeto de Elementos de Máquinas, Mecanismos, Elementos de Segurança de Trabalho e Desenho Técnico

  • 1998 - 1999

    Instituto Luterano de Ensino Superior

    Vínculo: Professor horista, Enquadramento Funcional: Professor Mestre, Carga horária: 40

    Atividades

    • 08/1998 - 12/1999

      Ensino, Engenharia Agrícola, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fenômenos de Transporte, Termodinâmica, Mecânica

  • 1992 - 1996

    Instituto Superior Politécnico Julio Antonio Mella

    Vínculo: Professor-Pesquisador, Enquadramento Funcional: Professor-Pesquisador (Reserva Cientifica), Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Atuação no: "Centro de Estudios de Equipos e Informática Médica" CORPUS http://www.uo.edu.cu/centros/CORPUS/index.html

    Atividades

    • 09/1992 - 02/1996

      Pesquisa e desenvolvimento , Ministerio de Educación Superior, Facultad de Ingenieria Mecánica.

    • 09/1993 - 01/1996

      Ensino, Ingenieria Mecánica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Laboratorios de Ciencia dos Materiais, Laboratorio de Teoria dos Tratamentos Térmicos I, Tecnologia da Fundição I