Juliana de Oliveira Carlos

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, 2005), mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP, 2012) e mestrado em Direitos Humanos e Métodos de Pesquisa pela Universidade de Essex (Inglaterra, 2014). É doutoranda em Sociologia na Universidade de São Paulo (USP), pesquisando judiciário e encarceramento feminino, e assessora técnica na Defensoria Pública do Estado de São Paulo.Tem experiência em pesquisa (qualitativa e quantitativa) e políticas públicas nos temas de direitos humanos, justiça, segurança pública e política de drogas.

Informações coletadas do Lattes em 23/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Sociologia

2017 - Atual

Universidade de São Paulo
Título: Judiciário e encarceramento feminino em São Paulo.,
Orientador: Marcos César Alvarez
Palavras-chave: Justiça Criminal; Encarceramento; Sentenças judiciais; Gênero.Grande área: Ciências Sociais Aplicadas

Mestrado em Human Rights and Research Methods

2013 - 2014

University of Essex
Título: Drug Policy and Human Rights in Brazil,Ano de Obtenção: 2014
Orientador: Todd Landman
Bolsista do(a): Foreign and Commonwealth Office, United Kingdom, FCO-UK, Inglaterra. Palavras-chave: direitos humanos; Política de Drogas; Justiça Criminal.

Mestrado em Sociologia

2009 - 2011

Universidade de São Paulo
Título: Experimento de Exceção: Política e Direitos Humanos no Brasil Contemporâneo.,Ano de Obtenção: 2012
Orientador: Maria Célia Pinheiro Machado Paoli
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: direitos humanos; democracia; cultura política.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político / Especialidade: Atitude e Ideologias Políticas.

Graduação em Licenciatura em Ciências Sociais

2005 - 2006

Universidade Estadual de Campinas

Graduação em Bacharelado em Ciências Sociais

2002 - 2005

Universidade Estadual de Campinas
Título: A luta pelos direitos humanos no Brasil
Orientador: Sergio Salomé Silva
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Human Rights and Drug Policy. (Carga horária: 16h). , University of Essex, ESSEX, Inglaterra.

2014 - 2014

Latin American Advocacy Fellowship on Drug Policy. (Carga horária: 80h). , Open Society Foundation, OSF, Inglaterra.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Francês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Seminário Internacional Política de Drogas: Direitos Humanos e Saúde Pública.Política de drogas e encarceramento em São Paulo. 2015. (Seminário).

Congresso Interno de Iniciação Científica da UNICAMP. A luta pelos direitos humanos no Brasil. 2006. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Marcos Cesar Alvarez

ALVAREZ, M. C.; PAOLI, M. C. P. M.; Sinhoretto, J.. Experimento de exceção: política e direitos humanos no Brasil contemporâneo.. 2012. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

Walquiria Gertrudes Domingues Leao Rego

Sérgio Silva; MORAES, M. L. Q.; Oliveira Juliana Carlos;REGO, W. G.D. L.. A Luta pelos Direitos Humanos no Brasil. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas- IFCH.

Jacqueline Sinhoretto

PAOLI, M. C.; ALVAREZ, M. C.;SINHORETTO, J.. Experimento de exceção: política de direitos humanos no Brasil contemporâneo. 2012. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Sergio Salome Silva

A luta pelos direitos humanos no Brasil; Início: 2005; Iniciação científica (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Campinas, Universidade Estadual de Campinas; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PAIVA, LUIZ GUILHERME MENDES DE ; FELTRAN, GABRIEL ; CARLOS, JULIANA DE OLIVEIRA . Presentation of the Special Issue. Journal of Illicit Economies and Development , v. 1, p. 118, 2019.

  • DELCHIARO, M. T. C. ; CARLOS, J. O. . Para além da prisão: efeitos civis da política criminal de drogas em relação às mulheres. BOLETIM DO IBCCRIM , v. 24, p. 5, 2016.

  • CARLOS, J. O. . Anistia e a luta pelos direitos humanos no Brasil. Cadernos Arquivo Edgard Leuenroth (UNICAMP) , v. 13, p. 169-202, 2008.

  • DIAS NETO, T. ; RISSO, M. I. ; RICARDO, C. M. ; CARLOS, J. O. ; COELHO, T. H. . Regulação sobre o uso da força pelas polícias militares dos Estados de São Paulo e Pernambuco. In: Isabel Seixas de Figueiredo; Cristina Neme; Cristiane do Socorro Loureiro Lima. (Org.). Coleção Pensando a Segurança Pública - Direito Humanos. 2ed.Brasília: Ministério da Justiça, 2013, v. V. 2, p. 239-302.

  • CARLOS, J. O. . Mulheres, Tráfico e Indulto. Folha de São Paulo, 29 fev. 2016.

  • CARLOS, J. O. . Drug Policy and Incarceration in São Paulo (Brazil). International Drug Policy Consortium Publications, 01 jul. 2015.

  • CARLOS, J. O. ; GRANJA, N. F. . Presos Provisórios: mero punitivismo. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais - RJ, Rio de Janeiro, p. 1 - 1, 01 abr. 2011.

  • CARLOS, J. O. ; GRANJA, N. F. . Xenofobia e homofobia: questões penais?. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais - RJ, Rio de Janeiro, p. 1 - 1, 01 dez. 2010.

  • CARLOS, J. O. ; SILVA, S. S. . A Insegurança Nacional. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais - RJ, Rio de Janeiro, p. 4 - 4, 01 jun. 2008.

  • CARLOS, J. O. . Rua homenageia torturador. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais - RJ, Rio de Janeiro, p. 4 - 4, 01 mar. 2008.

  • CARLOS, J. O. . Trabalho infantil, violência doméstica e tortura.. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais-RJ, Rio de Janeiro, p. 04 - 04, 01 dez. 2006.

  • CARLOS, J. O. . De onde vem a violência nos presídos?. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais, Rio de Janeiro, p. 04 - 04, 01 out. 2006.

  • CARLOS, J. O. ; SILVA, S. S. . Tortura, cada vez mais, no Brasil e no mundo. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais/RJ, Rio de Janeiro, , v. 57, p. 4 - 4, 01 jun. 2006.

  • CARLOS, J. O. ; SILVA, S. S. . Segurança privada é um bom negócio. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais - RJ, Rio de Janeiro, p. 4 - 4, 01 dez. 2005.

  • CARLOS, J. O. ; SILVA, S. S. . O estado lamentável dos direitos humanos no Brasil. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais - RJ, Rio de Janeiro, 01 jun. 2005.

  • CARLOS, J. O. ; SILVA, S. S. . O direito de não ir à guerra. Jornal do Grupo ortura Nunca Mais - RJ, Rio de Janeiro, 01 abr. 2005.

  • CARLOS, J. O. ; SILVA, S. S. . A República deve condenar a ditadura. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais - RJ, Rio de Janeiro, 01 dez. 2004.

  • CARLOS, J. O. ; SILVA, S. S. . Ser negro, uma luta. . Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais - RJ, Rio de Janeiro, 01 jun. 2004.

  • CARLOS, J. O. ; SILVA, S. S. . Um sentimento positivo de solidariedade. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais - RJ, Rio de Janeiro, 01 mar. 2004.

  • CARLOS, J. O. ; SILVA, S. S. . Trabalho escravo e tortura. Jornal do Grupo Tortura Nunca Mais - RJ, Rio de Janeiro, 01 dez. 2003.

  • CARLOS, J. O. . A luta pelos direitos humanos no Brasil. In: Congresso Interno de Iniciação Científica da UNICAMP, 2006, Campinas. Caderno de Resumos do XIV Congresso Interno de Iniciação Científica, 2006.

  • VISCARRA, S. ; CARLOS, J. O. ; MANCINI, P. ; TANIGUTI, G. . Compreendendo a relação entre instituições e desenvolvimento econômico ? Alguns assuntos teóricos-chave. São Paulo, 2011. (Tradução/Artigo).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

CARLOS, J. O. . Locais de Memória. 2012.

CARLOS, J. O. ; FELTRAN, G. S. . A questão social no entorno do aterro - Subsídio ao estudo dos possíveis impactos da instalação do Aterro Sanitário de São Carlos-SP. 2009.

FELTRAN, G. S. ; CARLOS, J. O. . Processos de Ocupação da Bacia do Córrego Jararaca. 2008.

CARLOS, J. O. ; FELTRAN, G. S. . Impactos sociais previstos pela implantação do Paço Municipal de Poços de Caldas - MG. 2008.

CARLOS, J. O. ; FELTRAN, G. S. . A questão social no entorno do aterro. 2009.

CARLOS, J. O. . Agora é que elas são (mais) presas. 2015; Tema: Coluna sobre encarceramento feminino para a página "Quebrando o Tabu" no Facebook.. (Rede social).

DIAS NETO, T. ; RISSO, M. I. ; RICARDO, C. M. ; CARLOS, J. O. ; COELHO, T. H. . Regulações sobre o Uso da Força pelas Polícias Militares dos Estados de São Paulo e Pernambuco. 2012. (Relatório de pesquisa).

CARLOS, J. O. . Relatório de entrevistas semi-estruturadas realizadas em Ribeirão preto (SP), Mococa (SP) e São Carlos (SP). 2010. (Relatório de pesquisa).

CARLOS, J. O. ; FELTRAN, G. S. . Impactos sociais previstos pela instalação do paço municipal de Poços de Caldas ? MG. 2009. (Relatório de pesquisa).

CARLOS, J. O. ; FELTRAN, G. S. . A questão social no entorno do aterro - Subsídio ao estudo dos possíveis impactos da instalação do Aterro Sanitário de São Carlos-SP. 2009. (Relatório de pesquisa).

FELTRAN, G. S. ; CARLOS, J. O. . Processos de ocupação da bacia do Jararaca, São Carlos ? SP. 2008. (Relatório de pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2012 - 2012

    Regulação da Uso da Força pelas Polícias Militares de São Paulo e Pernambuco, Descrição: Pesquisa sobre o Uso da Força (aprovada pelo Edital nº 001/2011 - Pensando a Segurança Pública, da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça), com o objetivo de realizar levantamento e análise das formas de regulação institucional sobre o uso da força por policias militares dos estados de São Paulo e Pernambuco, bem como propor indicadores de monitoramento do uso da força à luz da Portaria Interministerial n. 4.226 (que estabelece diretrizes sobre o uso da força pelos agentes de segurança pública).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Juliana de Oliveira Carlos - Coordenador / Melina Ingrid Risso - Integrante / Theodomiro Dias Neto - Integrante / Terine Husek Coelho - Integrante / Carolina de Matos Ricardo - Integrante.

  • 2011 - 2012

    Prisões em Flagrante na Cidade de São Paulo, Descrição: Diagnóstico das prisões em flagrante dos crimes apenas com reclusão (excluídos os crimes dolosos contra a vida e os casos de violênca doméstica), a partir das denúncias oferecidas pelo Ministério Público entre abril e junho de 2011.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Juliana de Oliveira Carlos - Integrante / Giane Silvestre - Integrante / Helena Malzoni Romanach - Coordenador / Alessandra Teixeira - Integrante / Lilian Konishi - Integrante / Eliana Bordini - Integrante / Rebecca Groterhorst - Integrante / Clarissa Peres e Silva - Integrante / vivane cantarelli - Integrante / Natália Lopes Acquisti - Integrante / Fenanda de Deus Diniz - Integrante., Financiador(es): Open Society Institute - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2010

    Egressos do programa Pró-Menino, Descrição: Aplicação de formulários e realização de entrevistas com jovens egressos do programa Pró-Menino em três cidades do interior paulista. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Juliana de Oliveira Carlos - Coordenador / Raoni Costa - Integrante / Renata Ribeiro Resende - Integrante., Financiador(es): Fundação Telefônica - Remuneração.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2015 - Atual

    Defensoria Pública do Estado de São Paulo

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assessora Técnica, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2015 - 2015

    Núcleo de Estudos da Violência da USP

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora

  • 2012 - 2013

    Ministério da Justiça

    Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Consultora, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Consultora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD),responsável por realizar pesquisa e articulação para execução de políticas públicas de memória histórica junto à Comissão de Anistia do Ministério da Justiça.

  • 2011 - 2012

    Instituto Sou da Paz

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Coordenadora de pesquisa, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Coordenadora de pesquisa nos projetos "Prisões em Flagrante na Cidade de São Paulo" e "Regulações do Uso da Força pelas Polícias Militares de São Paulo e Pernambuco".

  • 2010 - 2010

    Centro Brasileiro de Análise e Planejamento

    Vínculo: Pesquisadora autônoma, Enquadramento Funcional: Coordenadora de campo, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Coordenadora da pesquisa de campo nas cidades de Ribeirão preto (SP), Mococa (SP) e São Carlos (SP).

  • 2008 - 2009

    Mandacaru Consultoria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora

    Outras informações:
    Pesquisadora nos projetos ?Processos de ocupação da bacia do Jararaca, São Carlos (SP)?, ?Impactos sociais previstos pela instalação do paço municipal de Poços de Caldas (MG)? e ?A questão social no entorno do aterro - Subsídio ao estudo dos possíveis impactos da instalação do Aterro Sanitário de São Carlos (SP)?. Responsável (em parceria com Gabriel de Santis Feltran) por elaborar os projetos de pesquisa; realizar pesquisa qualitativa, de inspiração etnográfica, baseada em investigações de campo; conduzir entrevistas semi-estruturadas com moradores das regiões estudadas; realizar pesquisa bibliográfica; coletar documentação formal e informal; analisar dados e redigir relatório final de pesquisa.

  • 2007 - 2007

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora

    Outras informações:
    Pesquisadora responsável por coordenar a coleta de informações sobre as práticas produtivas de mais de 1.300 empresas; supervisionar a equipe de dois auxiliares de pesquisa e gerenciar o banco de dados para a pesquisa ?Implantação e consolidação de laboratório de gestão de operações e da cadeia de suprimentos da indústria de construção naval? (convênio FINEP 01.05.0931.00). Pesquisadora responsável pelo tratamento estatístico dos dados das revistas acadêmicas da área de Economia e dos cadernos de indicadores da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, sob supervisão do Prof. Dr. Mariano F. Laplane.

  • 2017 - Atual

    Instituto Brasileiro de Ciências Criminais

    Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Coordenadora do Núcleo de Pesquisa, Carga horária: 2