Paula Marye de Andrade

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT/2007). Atuação profissional como Analista de Meio Ambiente da Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso (SEMA-MT) desde 2011. Desenvolve trabalhos na Coordenadoria de Unidades de Conservação (CUCO), setor responsável pela Gestão das Unidades de Conservação do Estado. Além das funções institucionais do setor de lotação, atua também como Ponto Focal/suplente do Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA. Este é um programa do governo federal, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), tido com um dos maiores programas de conservação de florestas tropicais desenvolvidos no mundo e o maior ligado à temática das unidades de conservação no Brasil. Em Mato Grosso, o ARPA financia a implantação de 07 unidades de conservação da categoria de proteção integral.

Informações coletadas do Lattes em 09/08/2018

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Especialização em Gestão Ambiental e Urbanismo

2012 - 2013

Cursos de Pós-graduação e Extenção
Título: Planejamento Territorial: Aspectos Legais e Seus Fundamentos
Orientador: Aroldo de Luna Cavalcanti

Especialização em Elaboração e Execução de Projetos Estratégicos

2010 - 2011

Faculdade de Tecnologia Equipe DARWIN
Título: O Papel da Gestão Estratégica na Busca Pelo Desenvolvimento Sustentável
Orientador: Aroldo de Luna Cavalcanti

Graduação em andamento em Direito

2018 - Atual

Universidade de Cuiabá

Graduação em Ciências Biológicas

2003 - 2007

Universidade Federal de Mato Grosso
Título: O Pantanal Como Referência Para Contextualização Do Ensino da Biodiversidade No Ensino Básico
Orientador: Antônio Carlos Hidalgo Geraldo

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2015

Curso de Ferramentas de Planejamento - Enfoque Elab. Plano de Manejo. (Carga horária: 40h). , Academia Nacional da Biodiversidade, ACADEBIO - MMA, Brasil.

2013 - 2013

Extensão universitária em Biogeografia Neotropical aplicada a conservação. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Conservação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

NASCIMENTO, J. A. ; ANDRADE, P. M. . 2ª Conferência Municipal de Meio Ambiente Cuiabá - MT. 2006. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Oficina de Impactos Causados por Atropelamentos da fauna Silvestre na Biodiversidade Brasileira.Promovido pelo Departamento de Geografia/ICHS/UFMT, nos dias 20 e 21 de outubro de 2014.. 2015. (Oficina).

AVANÇADO DE INSTRUMENTOS TÉCNICOS PARA REDD+.INSTITUTO CENTRO DE VIDA E SEMA/MT. 2013. (Seminário).

CONTROLE DE EMISSÕES ATMOSFERICAS.CONSELHO REGIONAL DE QUIMICA XVI REGIÃO. 2012. (Seminário).

II CONGRESSO DE NATUREZA, TURISMO E SUSTENTABILIDADE. FUNDAÇÃO NEOTROPICA DO BRASIL. 2011. (Congresso).

PROCESSAMENTO DE IMAGENS DE SATELITE. 2011. (Seminário).

ELABORAÇÃO, EXECUÇÃO E GESTÃO DE PROJETOS.MMA PROJETO AQUABIO. 2010. (Oficina).

RECUPERAÇÃO DE APPS.MMA PROJETO AQUABIO. 2010. (Seminário).

MUDANÇAS CLIMÁTICAS E DESCENTRALIZAÇÃO DA GESTÃO AMBIENTAL.SEMA/MT. 2009. (Oficina).

PLANO DE CONSERVAÇÃO DE ÁREAS. 2009. (Seminário).

FORMAÇÃO DE GESTORES.ESCOLA DE GOVERNO. 2008. (Outra).

18º Encontro de Biólogos do CRBio-1 (SP,MT,MS).O Pantanal como Referência para o Ensino da Biodiversidade na 6ª série.. 2007. (Encontro).

2ª Conferência municipal de meio ambiente.não houve. 2006. (Simpósio).

SEMINÁRIO TEMÁTICO: Ciências, Filosofia & Educação Ambiental. 2006. (Seminário).

v ibero americano de educação ambiental. v ibero americano de educação ambiental. 2006. (Congresso).

XXVII Seminário de Estudos Biológicos (SEB)/ III Encontro Mato-Grossense de Estudantes de Biologia (EMABIO) / I Semana de Cultura Biológica Cultura Biológica.. 2004. (Seminário).

XXVI Seminário de Estudos Biológicos.não houve. 2003. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maitê Tambelini dos Santos

TAMBELINI, M.; Moraes, E.C.C.. O Pantanal como referência para o ensino da biodiversidade na 6a série: uma proposta de textos complementares. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Jane Vignado

Geraldo, A. C. H;VIGNADO, J.; NUNES, E. C.. O Pantanal como referência para o ensino da biodiversidade na 6 série: Uma rpoposta de textos complementares. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ANDRADE, P. M. . Aspectos Institucionais das Unidades de Conservação de Mato Grosso. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ANDRADE, P. M. ; CARMO, Edson Júnior. ; COSTA, Joliane Aparecida. ; FREITAS, Joseana Luiza. ; GERALDO, A. C. H. . O Pantanal como Referência para o Ensino de Biodiversidade na 6ª Série.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Secretaria de Estado do Meio Ambiente de Mato Grosso. , Rua C, Esquina cm a F, Palácio Paiaguas, Centro Político Administrativo, 78050970 - Cuiabá, MT - Brasil, Telefone: (65) 36137253, Ramal: 7224

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2011 - Atual

    Secretaria de Estado do Meio Ambiente de Mato Grosso

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Classe B, Nível 2, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Atuante como Analista de Meio Ambiente da Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso desde 2011. Desenvolve trabalhos na Coordenadoria de Unidades de Conservação da SEMA/MT, setor responsável pela Gestão das 45 Unidades de Conservação do Estado. Atualmente, além das funções institucionais de gestão das 45 UC´s Estaduais, atua também como Ponto Focal do Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA.

  • 2014 - Atual

    Secretaria de Estado do Meio Ambiente

    Vínculo: Ponto Focal, Enquadramento Funcional: Classe B, Nível 2, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Atua como Ponto Focal/Suplente na Coordenação Regional do Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA, que apoia a implantação e consolidação de 07 unidades de conservação estaduais localizadas no Bioma Amazônia de MT, com o objetivo de expandir e fortalecer o Sistema Nacional de Unidades de Conservação - SNUC, proteger 60 milhões de hectares na Amazônia, assegurar recursos financeiros para a gestão destas áreas a curto / longo prazo e promover o desenvolvimento sustentável naquela região. O ARPA é um programa do Governo Federal, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente - MMA, gerenciado financeiramente pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade-FUNBIO e financiado com recursos do Global Environment Facility ? GEF, por meio do Banco Mundial; do governo da Alemanha, por meio do Banco de Desenvolvimento da Alemanha (KfW); da Rede WWF, por meio do WWF-Brasil e do Fundo Amazônia, por meio do BNDES. Lançado no ano de 2002 para durar 13 anos e ser executado em três fases independentes e contínuas. O Programa foi prorrogado por mais 25 anos. É tido como um dos maiores programas de conservação de florestas tropicais desenvolvidos no mundo e o maior ligado à temática das unidades de conservação no Brasil. O estado de Mato Grosso começou a executar o Programa no ano de 2004.

  • 2009 - 2011

    Secretaria de Estado do Meio Ambiente

    Vínculo: Administrativo e Financeiro, Enquadramento Funcional: Classe B, Nível 2, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Projeto Promoção da Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade nas Florestas de Fronteira do Noroeste de Mato Grosso (também conhecido pela sigla BRA/00/G31). Financiado pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF) e implementado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e pelo Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema/MT). De 2009 a 2011 atuei no administrativo e financeiro desse projeto, que teve duração de 10 anos de execução.

  • 2016 - 2017

    Secretaria de Estado de Meio Ambiente

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Classe "C", Carga horária: 40

    Outras informações:
    Atuei como Coordenadora de Unidades de Conservação. Cargo de livre nomeação do chefe do poder executivo.