FELIPE CAMARGO MUNHOZ

Possui graduação em Odontologia (2005), Mestrado em Estomatologia (2008) e Doutorado em Ciências Fisiológicas (2012), pela Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA) da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Foi 4 vezes bolsista de iniciação científica, realizando trabalhos nas áreas de Anatomia (PAE - 2001), Reimplantes Dentais (CNPq - 2002), Materiais Dentários (CNPq - 2003) e Reparação Óssea (FAPESP - 2004). Desenvolveu pesquisas com Tomografias Computadorizadas e Implantes Ósseos durante o Mestrado e com Doadores de Óxido Nítrico e Hipertensão durante o doutorado, quando foi bolsista do CNPq (2009-2012). Já ministrou aulas em todos os níveis de ensino, do ensino fundamental até cursos de pós graduação (São Leopoldo Mandic, ABO, IPE e IOA). Foi também professor substituto de Patologia e Embriologia no curso de Medicina da Universidade Federal do Tocantins. Desde 2014, é professor do Instituto Tocantinense Presidente Antonio Carlos, em Porto Nacional, Tocantins, onde já foi responsável técnico pela clínica odontológica e ministrou aulas de disciplinas morfofisiológicas e propedêuticas nos cursos de Medicina, Enfermagem e Odontologia, do qual é membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE). Mais recentemente, assumiu a coordenação do Núcleo de Apoio Pedagógico e Experiência Docente (NAPED), que caracteriza-se como um órgão de apoio didático-pedagógico, subordinado à Diretoria Acadêmica, constituindo-se um instrumento de acompanhamento, orientação, supervisão e avaliação das práticas pedagógicas dos cursos de Graduação da Instituição. Também foi eleito como um dos representantes docentes do CONSUP (Conselho Superior - ITPAC Porto Nacional).

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Programa Multicêntrico de Ciências Fisiológicas

2009 - 2012

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Estudo do efeito do TERPY [Ru(terpy)(bdq)NO+]3+, um novo doador de óxido nítrico, na reatividade vascular e na pressão arterial de ratos espontaneamente hipertensos (SHR).
Orientador: em Fauldade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP) ( Lusiane Maria Bendhack)
com Cristina Antoniali Silva. Coorientador: Lusiane Maria Bendhack. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Fisiologia; Farmacologia; Farmacologia Cardiovascular; Doadores de Óxido Nítrico.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Farmacologia Cardiorenal. Setores de atividade: Fabricação de produtos químicos; Pesquisa e desenvolvimento científico.

Mestrado em Odontologia

2006 - 2008

Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP)
Título: Determinação das áreas de cortes em tomografias espirais de mandíbulas humanas secas, utilizando o tomógrafo X-Mind Tome.,Ano de Obtenção: 2008
Gilberto Aparecido Coclete.Palavras-chave: Tomografia espiral; Implantes dentais.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia / Subárea: Estomatologia. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia / Subárea: Radiologia Odontológica. Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.

Especialização em Estomatologia

2006 - 2008

Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP)
Título: Determinação das áreas de cortes em tomografias espirais de mandíbulas humanas secas, utilizando o tomógrafo X-Mind Tome
Orientador: Gilberto Aparecido Coclete

Aperfeiçoamento em Capacitação em proteína botulínica aplicada à odontologia

2015 - 2015

Instituto de Pesquisa e Ensino
Título: Proteína Botulínica na Odontologia. Ano de finalização: 2015
Orientador: Rafael Vinícius da Rocha

Graduação em Odontologia

2000 - 2005

Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP)
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

1996 - 1998

COLEGIO CIDADE DE ITAPETININGA

Ensino Fundamental (1º grau)

1988 - 1995

Escola Estadual Peixoto Gomide - Itapetininga

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2020 - 2020

PRODUTIVIDADE, GESTÃO DO TEMPO E PROPÓSITO. (Carga horária: 4h). , Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.

2020 - 2020

Workshop em Saúde Baseada em Evidência. (Carga horária: 2h). , SBE Academy, SBE, Brasil.

2020 - 2020

COMO ALCANÇAR OBJETIVOS PROFISSIONAIS E METAS FINANCEIRAS. (Carga horária: 4h). , Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.

2019 - 2019

Insider Trading - Afya. (Carga horária: 1h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2019 - 2019

Prevenção em Câncer Bucal. (Carga horária: 10h). , Hospital de Amor - Barretos, HA, Brasil.

2019 - 2019

Introduction to Dental Medicine. (Carga horária: 8h). , University of Pennsylvania, UPENN, Estados Unidos.

2019 - 2019

Estomatologia para sobre Cirurgiões-Dentistas da Rede Pública. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.

2018 - 2018

Seminário da comissão própria de avaliação. (Carga horária: 3h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

CANDIDIASE E GENGIOESTOMATITE HERPETICA. (Carga horária: 1h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

Avanços no Estudo Epidemiológico de Zoonoses. (Carga horária: 2h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

HIV/AIDS. (Carga horária: 1h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

Superando Desafios na Pesquisa Odontológica. (Carga horária: 2h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

Sífilis. (Carga horária: 1h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

Exposição de Resumo Estruturado. (Carga horária: 4h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

Pneumonia/Tuberculose. (Carga horária: 1h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL POR IMAGEM PNEUMONIA E TUBERCULOSE. (Carga horária: 1h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

Marketing e Empreendedorismo na Produção Científica. (Carga horária: 2h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

Reflexões sobre a vocação científica. (Carga horária: 3h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

Ética Aplicada à Pesquisa Científica. (Carga horária: 2h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

MANEJO DE PACIENTES COM INFECÇÃO MULTIRRESISTENTE. (Carga horária: 2h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

Atualização sobre sepse. (Carga horária: 1h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

Seminário da comissão própria de avaliação. (Carga horária: 2h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2017 - 2017

Lançamento da Revista Focus in Scientiae. (Carga horária: 2h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2015 - 2015

SEMANA DE PLANEJAMENTO E FORMAÇÃO CONTINUADA 2016/1. (Carga horária: 16h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2015 - 2015

Oficina de Elaboração de Itens. (Carga horária: 16h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2014 - 2014

I Seminário da comissão própria de avaliação (CPA). (Carga horária: 4h). , ITPAC Porto Nacional, ITPAC PORTO, Brasil.

2013 - 2013

Farmacoterapia e prescrição medicamentosa na clínica odontológica. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2012 - 2012

Neuropeptide Circuits Controlling Autonomic Function. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2012 - 2012

Oxidative Stress and the Immune System. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP, FMRP- USP, Brasil.

2010 - 2010

Writing a Scientific Paper: Theory and Practice. (Carga horária: 3h). , Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental, SBFTE, Brasil.

2009 - 2009

Extensão universitária em XXV Semana da prevenção da Hipertensão. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2009 - 2009

Tratamento de Hipertensão Arterial. (Carga horária: 4h). , Inter-American Society of Hypertension, IASH, Estados Unidos.

2009 - 2009

Alvos biológicos relevantes para o desenvolvimento de novos analgésicos. (Carga horária: 3h). , Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental, SBFTE, Brasil.

2006 - 2006

Perspectivas atuais e futuras da aplicação de técnicas de biologia celular. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2005 - 2005

Extensão universitária em Curso de Inverno - Patologia 2015. (Carga horária: 80h). , Fauldade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP), FMRP-USP, Brasil.

2005 - 2005

Interpretação de exames complementares: imageologia, sorologia, hematologia. (Carga horária: 5h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2004 - 2004

Extensão universitária em Curso de Inverno - Farmacologia 2014. (Carga horária: 112h). , Fauldade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP), FMRP-USP, Brasil.

2004 - 2004

Pesquisa e clínica: O que tem a ver?. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2004 - 2004

Tratamento do apinhamento primário com extrações de dentes. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2004 - 2004

Novas visões em dentística. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2003 - 2003

Extensão universitária em Análise e Orientação dos infortúnios que acometem os Cirurgiões Dentistas. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2003 - 2003

Extensão universitária em Psicologia Aplicada à Odontologia. (Carga horária: 32h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2003 - 2003

Trauma - Avanços Recentes no Tratamento de Trauma Dental. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2003 - 2003

A importância da integração interdisciplinar no sucesso do tratamento. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2003 - 2003

Emergências médicas e diagnóstico oral. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2003 - 2003

Oficina de Elaboração de Resumos. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2002 - 2002

Extensão universitária em Semana de Prevenção ao Consumo de Álcool. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2002 - 2002

Oficina de Comunicação Oral e Escrita. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2002 - 2002

Próteses Implantadas: Fundamentos e sequência clínica. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2002 - 2002

O cirurgião dentista em clínica geral: Uma visão atual. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2002 - 2002

Sistemas Cerâmicos em Prótese Metal Free. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2002 - 2002

Publicação Científica. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2001 - 2001

Extensão universitária em Campanha de Aferição da Pressão Arterial. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2001 - 2001

Extensão universitária em XVII Semana Da Hipertensão Arterial. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2001 - 2001

Urgência em Odontologia. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2001 - 2001

Traumatismos em bebês e primeiros cuidados com bebês especiais. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2001 - 2001

Diagnóstico Diferencial de Lesões Ósseas. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2001 - 2001

Traumatismo dentário: existem novidades?. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2001 - 2001

Reconstrução Alveolar Maxilo-Facial e Emergências Sistêmicas no Consultório. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2001 - 2001

Diagnóstico e Tratamento da Dor Orofacial no Consultório Odontológico. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2001 - 2001

Soluções de problemas endodônticos usando o MTA & relação endo-prótese. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2001 - 2001

Homeopatia Aplicada na Odontologia. (Carga horária: 8h). , Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, Brasil.

2000 - 2000

Anestesiologia. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

2000 - 2000

Marketing em Odontologia. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP), FOA/UNESP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Morfofisiologia: Anatomia, Histologia, Embriologia, Genética, Imunologia e Fisiologia.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Semiologia, Estomatologia e Radiologia Odontológica.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Epidemiologia Médica e Medicina Baseada em Evidências.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Educação no Ensino Superior de Saúde.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Farmacologia Cardiovascular.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia / Subárea: Imaginologia e Implantodontia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MUNHOZ, F. C. ; SPENER, K. R. . Mãe, pedaço do céu!. 2019. (Outro).

MUNHOZ, F. C. ; ARANTES, E. B. ; SILVESTRE, L. J. B. . Segundo Congresso Integrado de Cardiologia, Ginecologia e Obstetrícia. 2019. (Congresso).

MUNHOZ, F. C. . Simpósio Acadêmico de Ciências da Saúde. 2018. (Congresso).

MUNHOZ, F. C. . II Semana de Saúde da FAPAC/ITPAC Porto Nacional. 2017. (Congresso).

MUNDIM, A. P. ; BRITO, A. P. P. ; LACERDA, A. P. A. G. ; SAMPAIO, F. C. ; ROCHA, R. V. ; MUNHOZ, F. C. ; TAQUES, C. R. M. . 2ª Semana Acadêmica de Odontologia. 2015. (Congresso).

MUNHOZ, F. C. . 24ª Jornada Acadêmica de Araçatuba. 2004. (Congresso).

MUNHOZ, F. C. . 2º Encontro de Estomatologia de Araçatuba.. 2003. (Congresso).

MUNHOZ, F. C. . 23ª Jornada Acadêmica de Araçatuba. 2003. (Congresso).

MUNHOZ, F. C. . Encontro de Estomatologia de Araçatuba.. 2002. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Dia D da Internacionalizacao.Dia D da internacionalização. 2019. (Encontro).

I Jornada Academica Internacional de Odontologia do ITPAC Palmas. ENDOCARDITE BACTERIANA RELACIONADA A SAUDE BUCAL: REVISAO SISTEMATICA DE LITERATURA. 2019. (Congresso).

Segundo Congresso Integrado de Cardiologia, Ginecologia e Obstetricia. 2019. (Congresso).

Simpósio integrado de doenças infecciosas.Sífilis. 2017. (Simpósio).

II Congresso Brasileiro de Dor Orofacial. 2015. (Congresso).

o CICLO DE DEBATE INTERDISCIPLINAR EM ENFERMAGEM.o CICLO DE DEBATE INTERDISCIPLINAR EM ENFERMAGEM. 2015. (Encontro).

42 Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental.. Writing a Scientific Paper: Theory and Practice.. 2010. (Congresso).

42 Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental.. Quantitative and qualitative analysis of drug interactions.. 2010. (Congresso).

XXV Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FESBE),. Variabilidade da FC e modulação autonômica cardiovascular.. 2010. (Congresso).

XIV RYLA - Prêmio Rotary para jovens líderes."A teoria do Big Bang". 2008. (Encontro).

22 Ciosp - Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo. 2003. (Congresso).

25ª JORP - Jornada Odontológica de Ribeirão Preto. 25ª JORP - Jornada Odontológica de Ribeirão Preto. 2003. (Congresso).

Encontro nacional dos acadêmicos em Odontologia. 2003. (Encontro).

II Encontro de Estomatologia da Faculdade de Odontologia de Araçatuba- Unesp.II Encontro de Estomatologia da Faculdade de Odontologia de Araçatuba - Unesp. 2003. (Encontro).

XV Congresso de Iniciação Científica da Unesp. XV Congresso de Iniciação Científica da Unesp. 2003. (Congresso).

XV Congresso de Iniciação Científica da Unesp.Elaboração de Resumos. 2003. (Oficina).

XV Congresso de Iniciação Científica da Unesp.Publicação Científica. 2003. (Oficina).

20o. Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo. 2002. (Congresso).

22ª Jornada Acadêmica de Araçatuba. 22ª Jornada Acadêmica de Araçatuba/SP (UNESP). 2002. (Congresso).

2o. ENAO - Encontro Nacional dos Acadêmicos de Odontologia. 2002. (Encontro).

Encontro de Estomatologia.Encontro de Estomatologia (UNESP-Araçatuba/SP). 2002. (Encontro).

Jornada Odontológica de Araçatuba. Jornada Odontológica de Araçatuba/SP (UNIP). 2002. (Congresso).

XIV Congresso de iniciação científica. XIV Congresso de iniciação científica (Presidente Prudente-SP). 2002. (Congresso).

XIV Congresso de iniciação científica.Comunicação Oral e Escrita (Congresso de Iniciação Científica-Presidente Prudente-SP). 2002. (Oficina).

21a. Jornada Acadêmica de Araçatuba. Jornada Acadêmica de Araçatuba/SP - (UNESP). 2001. (Congresso).

23a. Jornada Odontológica de Ribeirão Preto. Jornada Odontológica de Ribeirão Preto/SP (FORP-USP). 2001. (Congresso).

2a. Jornada Acadêmica de Odontologia - UNIP Araçatuba. Jornada Acadêmica de Odontologia (UNIP-Araçatuba/SP). 2001. (Congresso).

3o. Simpósio de Pós-Graduação em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial.Simpósio de Pós Graduação em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial (UNESP-Araçatuba/SP). 2001. (Simpósio).

5a. JADB - Jornada Acadêmica de Diagnóstico Bucal. Jornada Acadêmica de Diagnóstico Bucal (UNESP-Araçatuba/SP). 2001. (Congresso).

I Encontro de Odontologia em Saúde Coletiva e Bioética.Encontro de Odontologia em Saúde Coletiva e Bioética (UNESP-Araçatuba/SP). 2001. (Encontro).

II Congresso Mundial de Odontologia. Congresso Mundial de Odontologia (Londrina-PR). 2001. (Congresso).

III Workshop de Pós-Graduação em Odontologia Preventiva e Social.Workshop de Pós Graduação em Odontologia Preventiva e Social (UNESP-Araçatuba/SP). 2001. (Oficina).

IV Congresso UNiversitário Odontológico de Ribeirão Preto. Congresso Universitário Odontológico de Ribeirão Preto/SP (FORP-USP). 2001. (Congresso).

VI EEPD - Encontro Estudantil de Prótese Dentária.Encontro Estudantil de Prótese Dentária (USP-São Paulo/SP). 2001. (Encontro).

XVII Semana de Prevenção da HIpertensão.Palestras sobre Prevenção da Hipertensão Arterial (UNESP-Araçatuba/SP). 2001. (Seminário).

XV JAFOA. Jornada Acadêmica (UNESP-Araraquara/SP). 2001. (Congresso).

XXVI CUBO - Congresso Universitário Brasileiro de Odontologia. Congresso Universitário Brasileiro de Odontologia USP (CUBO) São Paulo/SP. 2001. (Congresso).

20a. Jornada Acadêmica de Araçatuba. Jornada Acadêmica de Araçatuba/SP (UNESP). 2000. (Congresso).

2o. Simpósio de Pós-Graduação em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial de Araçatuba.Simpósio de Pós-Graduação em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial (UNESP-Araçatuba/SP). 2000. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Cleber Baqueiro Sena e Victor Martins Soares

BURNS, G. V.;MUNHOZ, F. C.. Perfil dos acidentes de transito associados ao uso de alcool nas rodovias federais do Estado do Tocantins no periodo de 2015 a 2017. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional.

Aluno: Antônia Alyne Gomes Costa

KRUMMER, K.;MUNHOZ, F. C.. Sintomas de Transtorno de ansiedade em estudantes do Curso de Enfermagem. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - ITPAC Porto Nacional.

Aluno: Adevaldo S

ESTEVES, S. R. R.;MUNHOZ, F. C.. Barbosa Júnior e Jéssica Jarenko da Silva.Fitoterapia e medicação alternativa na Odontologia.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional.

Aluno: Amanda de S

ARAUJO, R. O.; SAMPAIO, F. C.;MUNHOZ, F. C.. Cavalcante e Mayara Ingrid S. Oliveira.Perfil epidemiológico de câncer orofacial no estado do Tocantins. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional.

Aluno: Bruna Lustosa Carvalho e Rodolfo Ferreira Assis

MUNHOZ, FELIPE C.. Perfil epidemiológico dos pacientes geriátricos acometidos por insuficiência cardíaca no hospital regional de Porto Nacional. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional.

Aluno: Alana de Melo Carmo e Vanessa Minohara Kakisaka

ROCHA, A. M.;MUNHOZ, F. C.. Perfil Epidemiológico de acidentes com exposição à material biológico no município de Porto Nacional - TO. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional.

Aluno: Ygor Aluísio de Moura e Monick Piton Pereira

DOTOR, E. A.;MUNHOZ, F. C.. Perfil Epidemiológico dos pacientes com varicela no município de Porto Nacional. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional.

Aluno: Ana Paula Rodrigues Parente

MUNHOZ, FELIPE C.. Recidivas em casos de hanseníase. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - ITPAC Porto Nacional.

Aluno: Thaís de Andrade Lino e Michelle Cristinne Evangelista Paiva

MUNHOZ, FELIPE C.. Relação entre dor e sobrepeso em trabalhadores de uma empresa de grande porte do ramo do agronegócio do Tocantins. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - ITPAC Porto Nacional.

Aluno: Clara Cintia Marinho Pires

BRITO, A. P. P.;MUNHOZ, F. C.. Identificação humana a partir da análise da arcada dentária. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional.

Aluno: Allyne Wanderley Lima e Andressa Regina Moraes Mota

SAMPAIO, F. C.;MUNHOZ, F. C.. Avaliação da quantidade de obturação e acidentes operatórios de tratamentos endodônticos realizados por alunos de graduação. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional.

Aluno: Erick Vinícius Chaves Parreira Machado e Leonardo Ruffo

GOMES, E. R. S.;MUNHOZ, F. C.. Síndrome de Sjogrën: Uma visão estomatológica. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional.

MUNHOZ, FELIPE C.. 2 Congresso da Faculdade de Odontologia de Araçatuba. 2012. Faculdade de Odontologia de Araçatuba.

MUNHOZ, FELIPE C.SUMIDA, D. H.; GARBIN, C. A. S.. XXIII Congresso de Iniciação Científica da UNESP. 2011. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

MUNHOZ, F. C.; RIBEIRO, A. C. P.; SILVA, A. R. S.. VI Encontro de Estomatologia da Faculdade de Odontologia de Araçatuba. 2007. Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP).

MUNHOZ, F. C.. Simpósio Acadêmico de Cièncias de Saúde. 2019. ITPAC Porto Nacional.

MUNHOZ, F. C.; KATZWINKEL, C.; SILVA JUNIOR, E. R.; SILVA, W. A. P.. I Congresso Tocantinense de Trauma e Emergencias Medicas (I COTTEM). 2019. ITPAC Porto Nacional.

MUNHOZ, F. C.. Jornada Científica da Saúde 2016. 2016. ITPAC Porto Nacional.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Alvimar Lima de Castro

COCLETE, G. A.CASTRO, A. L.TRENTO, C. L.. Determinação das áreas de cortes em tomografias espirais de mandívulas humanas secas, utilizando o tomógrafo X-Mind Tome. 2007. Dissertação (Mestrado em Odontologia Estomatologia Araçatuba) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

GILBERTO APARECIDO COCLETE

COCLETE, Gilberto AparecidoCASTRO, Alvimar Lima de; TRENTO,C. L.. Determinação das áreas de cortes em tomografias espirais de mandíbulas humanas secas, utilizando o tomógrafo X-Mind Tome. 2007. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Faculdade de Odontologia de Araçatuba - UNESP.

Michele Paulo

ANTONIALLI, C.; Lemos, VS; Ceravolo GS;Paulo, Michele; Oliveira SHP. Estudo do efeito do Terpy [Ru(terpy)(bdq)NO]3+, um novo doador de óxido nítrico, na reatividade vascular e na pressão de ratos espontâneamente hipertensos (SHR). 2012. Tese (Doutorado em Ciências Básicas - Campus Araçatuba) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Cleverson Luciano Trento

COCLETE, G. A.;CASTRO, Alvimar Lima deTRENTO, Cleverson Luciano. Determinação das Áreas de Cortes em Tomografias Espirais de Mandíbulas Humanas Secas, Utilizando o Tomógrafo X-Mind Tome. 2007. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Guilherme Monteiro Tosoni

Tosoni, G. M.. Determinação das áreas de cortes em tomografias espirais de mandíbulas humanas secas, utilizando o tomógrafo X-Mind Tome. 2008. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Odontologia) - Faculdade de Odontologia de Araçatuba - UNESP.

Cristina Antoniali Silva

Antoniali, Cristina; LEMOS, V. S.; CERAVOLO, G. S.; PAULO, M.; OLIVEIRA, S. H. P.;BENDHACK, L. M.. Estudo do efeito do Terpy [Ru(terpy)(bdq)NO]3+, um novo doador de óxido nítrico, na reatividade vascular e na pressão arterial de ratos espontaneamente hipertensos (SHR).. 2012. Tese (Doutorado em Programa Multicêntrico de PG em Ciênc Fisiológicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Lusiane Maria Bendhack

BENDHACK, L. M.; Callera JC; De Oliveira SHP. Ação de doadores de óxido nítrico em SHR. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em UNESP) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Sandra Helena Penha de Oliveira

SILVA, C. A.; LEMOS, V. S.; CERAVOLO, G. S.; PAULO, M.;Oliveira, Sandra H.P.. Estudo do efeito do Terpy [Ru(terpy)(bdq)NO]3+, um novo doador de óxido nítrico, na reatividade vascular e na pressão arterial de ratos espontaneamente hipertensos (SHR).. 2012. Tese (Doutorado em Ciências Fisiológicas) - Faculdade de Odontologia de Araçatuba.

Sandra Helena Penha de Oliveira

OLIVEIRA, S. H. P.. Ação de doadores de óxido nítrico em SHR. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Fisiológicas) - Faculdade de Odontologia de Araçatuba.

João Carlos Callera

CALLERA, J. C.; Bendhack, L.M; OLIVEIRA, S. H. P.. Ação de doadores de óxido nítrico em ratos espontâneamente hipertensos (SHR). 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Programa Multicêntrico de Pós-Graduação) - Faculdade de Odontologia de Araçatuba/UNESP.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Andressa Faria Vilela Ferreira e Beatriz Campagnoli Freire

Perfil epidemiologico dos casos de sifilis em gestantes no municipio de Porto Nacional, Tocantins de 2014 a 2017; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Dhiemysson Mathews de Oliveira e Jeovanna Roberta Brito Nole

Perfil Epidemiologico dos casos de Leishmaniose Visceral no municipio de Porto Nacional, no periodo de 2013 a 2017; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Lorena Milhomem Martins e Paulo Afonso Vieira Gomes Filho

Perfil Epidemiologico dos casos notificados de Tuberculose em Porto Nacional - TO; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Alan Oliveira Pereira e Ludimila Dias Silva

Perfil Epidemiologico dos profissionais e estudantes da Saude que sofreram acidentes com material perfurocortante em Porto Nacional de 2015 a 2016; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Amanda Moreira Portes e Vicente de Paula Freire da Silva

Perfil Epidemiologico de Leishmaniose Visceral no Estado do Tocantins entre 2013 e 2017; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Maria Pires de Oliveira Santos

Analise epidemiologica da Meningite no Estado do Tocantins; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Larissa Rodrigues Vieira

A avaliacao dos casos notificados de toxoplasmose; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Paola Venere

Depressao e Ideacao Suicida na adolescencia no municipio de Porto Nacional- TO; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Ada Keren Queiroz Aquino e Ianka Tamylla Souza Silva

O convívio familiar e sua relação com a qualidade de vida de estudantes de medicina; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Núbia Tavares e Nathália Mesquita

Nível de conhecimento dos concluintes de graduação da área da saúde sobre hanseníase; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Dalila de Paiva Faria e Mirella Miranda B

de Souza; Ansiedade frente ao atendimento odontológico: revisão sistemática; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Jeferson da S

Rodrigues e Thiago Cândido S; Bastos; Síndrome de Sjogrën; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Leonardo Lustosa Lima Filho e Luanderson Denez Rombaldi

Interferência da dor crônica no desempenho acadêmico dos estudantes do ITPAC-Porto Nacional/TO; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Ellen de Lima e Jean de Lima

SIUS (Sistema de Informações Unificadas de Saúde); ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Josilleya Damacena Simão

Prevalência da dor orofacial e seu impacto na qualidade de vida; ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Bruna Michelly Cardoso de Oliveira

Diagnóstico de paciente em radiografias panorâmicas na prevenção de AVE; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Isabella Carmo Pinheiro Nolasco

Estética do sorriso e personalidade: Revisão de Literatura; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Camila Miglio Costa e Rolando Chavez Chavez Filho

Uso indiscriminado de Cloridrato de Metilfenidato em estudantes de medicina; ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Isadora Hertel Bilharinho e Júlia Oliveira de Carvalho

Autocuidados em Diabetes Mellitus Tipo 2: Avaliação da conduta dos pacientes com relação ao gerenciamento da doença; ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Andreia de Sousa Riciardi

Alterações bucais em pacientes em tratamento quimioterápico; ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Patrícia Bernardes Rodrigues e Paloma Eduardo da Silva

Nível de ansiedade de universitários previamente a apresentações orais de trabalhos de conclusão de curso; ; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Priscila Sousa Bastos e Simone Gomes de Azevedo

Motivos que levam grávidas do município de Porto Nacional a escolherem pelo tipo de parto; ; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Eduardo Ferreira Basílio e Luma Lorrany Pereira Felizardo

Conceito da Biocibernética bucal no bem estar do paciente; ; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Odontologia) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Simone Custodio dos Santos e Thiago Teles Medeiros Melo

Monitoria de Anatomia I; 2015; Orientação de outra natureza; (Enfermagem) - ITPAC Porto Nacional, Coordenação de pesquisa e extensão - ITPAC; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Ava Sousa Diniz, Caio Cézar Rodrigues

Monitoria em Radiologia Odontológica II; 2015; Orientação de outra natureza; (Odontologia) - ITPAC Porto Nacional, Coordenação de pesquisa e extensão - ITPAC; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Bruna L

Carvalho e Mateus D; Borges da Silva; Monitoria nas disciplinas de Anatomia I e II; 2014; Orientação de outra natureza; (Enfermagem) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Tatiane Vieira Martins

Monitoria na disciplina de Radiologia Odontológica I; 2014; Orientação de outra natureza; (Odontologia) - ITPAC Porto Nacional; Orientador: Felipe Camargo Munhoz;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Norberto Perri Moraes

Orientou o acadêmico no Serviço de Dor orofacial Crônica do Centro de Oncologia Bucal da FOA-UNESP, no período de abril a dezembro, num total de 160 horas; 2003; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Norberto Perri Moraes;

Norberto Perri Moraes

Orientou o acadêmico em estágio no Serviço de Dor Orofacial Crônica do Centro de Oncologia Bucal da FOA-UNESP, no período de março a novembro; 2002; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Norberto Perri Moraes;

Alvimar Lima de Castro

Estágio de treinamento junto à Disciplina de Estomatologia, com 132 horas de atividades; 2003; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Alvimar Lima de Castro;

GILBERTO APARECIDO COCLETE

Determinação das áreas de cortes em tomografias espirais de mandíbulas humanas secas, utilizando o tomógrafo X-Mind Tome; ; 2008; Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Faculdade de Odontologia de Araçatuba - UNESP,; Orientador: Gilberto Aparecido Coclete;

GILBERTO APARECIDO COCLETE

Hipoparatireoidismo; Relato de caso clínico; ; 2007; Orientação de outra natureza; (Odontologia) - Faculdade de Odontologia de Araçatuba - UNESP; Orientador: Gilberto Aparecido Coclete;

Maria Lucia Marçal Mazza Sundefeld

Cadastro de Pacientes do COB; 2000; 0 f; Orientação de outra natureza; (Odontologia) - Faculdade de Odontologia de Araçatuba Unesp; Orientador: Maria Lucia Marçal Mazza Sundefeld;

Roelf Justino Cruz Rizzolo

Estudo histoquímico do córtex pré-frontal; 2000; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Faculdade de Odontologia de Araçatuba) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Roelf Justino Cruz Rizzolo;

Cristina Antoniali Silva

Estudo de efeito do TERPY [Ru(Terpy)(bdq)NO] 3+, um novo doador de óxido nítrico, na reatividade vascular e na pressão arterial de ratos espontaneamente hipertensos (SHR); Bolsa CNPq; ; 2012; Tese (Doutorado em Multicêntrico em Ciências Fisiológicas) - Sociedade Brasileira de Fisiologia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Cristina Antoniali Silva;

Cristina Antoniali Silva

Estudo da Cicatrização de Feridas de Extração Dental em Ratos Espontaneamente Hipertensos (SHR) velhos; 2005; Iniciação Científica; (Graduando em Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Cristina Antoniali Silva;

CELSO KOOGI SONODA

Pibic/Cnpq/UNESP "Remoção do ligamento periodontal de dentes de rato através da fricção com gaze embebida em hipoclorito de sódio"; ; 2002; Iniciação Científica; (Graduando em Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Celso Koogi Sonoda;

Lusiane Maria Bendhack

Efeitos vasculares de novas drogas doadoras de óxido nítrico (NO) no Rato Espontaneamente Hipertenso (SHR); ; 2009; Tese (Doutorado em Farmacologia) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Lusiane Maria Bendhack;

EDER RICARDO BIASOLI

Orientação ao paciente oncológico; 2003; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Eder Ricardo Biasoli;

Denise Pedrini

Efeito da variação de pH de soluções desmineralizante e remineralizante na dureza superficial de materiais restauradores que liberam flúor; 2003; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Denise Pedrini;

Fernando José de Oliveira Nóbrega

Uso do laser de baixa potência para o tratamento de hiperestesia dentinária; 2004; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista - Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Fernando José de Oliveira Nóbrega;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SILVA, I. T. S. ; AQUINO, A. K. Q. ; ARAUJO, R. O. ; MUNHOZ, F. C. . O convívio familiar e sua relação com a qualidade de vida de estudantes de Medicina de uma instituição privada do Tocantins. REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E SAÚDE , v. 10, p. 65-70, 2020.

  • TAKAHASHI, KARINE ; ARAUJO, HEITOR CEOLIN ; PESSAN, JULIANO ; MUNHOZ, FELIPE CAMARGO ; JARDIM JUNIOR, ELERSON GAETTI ; CUNHA, ROBSON FREDERICO . Microorganisms related to early childhood caries in a sample of an oral preventive-educative program: a longitudinal study. BRAZILIAN DENTAL SCIENCE , v. 22, p. 267-274, 2019.

  • MUNHOZ, F. C. ; SICCHIERI, L. G. ; ANTONIALI, C. . Estudo do Reparo Alveolar em SHR Velhos.. Revista Odontológica de Araçatuba , Araçatuba, v. 26, n.S 1, p. 67-67, 2005.

  • MUNHOZ, F. C. ; SICCHIERI, L. G. ; ANTONIALI, C. . Estudo da Hipertensão e do Atenolol sobre a Cicatrização Alveolar em Ratos.. Revista Odontológica de Araçatuba , Araçatuba, v. 26, n.s 1, p. 68-68, 2005.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

ZAKOWSKI, N. B. S. ; MUNHOZ, F. C. . METODOLOGIAS ATIVAS: OLHARES. 2019. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

MUNHOZ, F. C. ; CARVALHO, A. A. B. ; SILVESTRE, L. J. B. ; AIRES, R. S. ; ZUKOWSKI, M. S. . Dia D da internacionalização. 2019. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

MUNHOZ, F. C. ; PIRES, E. F. . Evolucao Biologica e Religiao: Dialogos Possiveis. 2018. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

MUNHOZ, F. C. ; NEVES, A. C. D. . Sífilis. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

MUNHOZ, FELIPE C. . Uso preventivo de exercícios na comunidade. 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SIMAO, J. D. ; SOUSA, P. S. E. ; LAUFER, M. ; LIMA, T. S. ; REZENDE, P. S. ; PEREIRA, A. C. ; ALMEIDA, M. J. ; MUNHOZ, F. C. . DOR OROFACIAL: PROJETO DE EXTENSÃO. 2015; Tema: DOR OROFACIAL. (Rede social).

MUNHOZ, F. C. . INTRODUÇÃO À ANATOMIA. 2015; Tema: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE ANATOMIA. (Rede social).

OLIVEIRA, H. S. ; MASCARENHAS, L. H. ; ALMEIDA, M. J. ; OLIVEIRA, F. V. ; MUNHOZ, F. C. . PESQUISA EM SAÚDE - ITPAC PORTO. 2015; Tema: Pesquisa em Saúde. (Rede social).

SIMAO, J. D. ; LAUFER, M. ; SOUSA, P. S. E. ; RIBEIRO, T. J. ; ALCANFOR, R. C. M. ; OLIVEIRA NETO, S. L. ; MUNHOZ, F. C. . LIGA ACADÊMICA DE ESTOMATOLOGIA. 2015; Tema: Estomatologia. (Rede social).

ALMEIDA, M. J. ; GUIMARAES, B. T. ; MELO, T. C. R. L. ; OLIVEIRA, H. S. ; SANTOS, M. A. R. ; OLIVEIRA, F. V. ; MUNHOZ, F. C. . EPIDEMIOLOGIA - ITPAC - PORTO. 2015; Tema: EPIDEMIOLOGIA. (Rede social).

SIMAO, J. D. ; SOUSA, P. S. E. ; AVILA, M. F. ; SOUZA, M. M. B. ; FERNANDES, R. P. ; LAUFER, M. ; MUNHOZ, F. C. . DIAGNÓSTICO - ITPAC PORTO. 2015; Tema: Diagnóstico Bucal. (Rede social).

MUNHOZ, F. C. . Metodologia Científica. 2013; Tema: Metodologia Científica. (Rede social).

MUNDIM, A. P. ; SAMPAIO, F. C. ; BRITO, A. P. P. ; ROCHA, R. V. ; MUNHOZ, F. C. . 2ª Semana Acadêmica de Odontologia. 2015. (Editoração/Anais).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    FREQUÊNCIA DAS ESCOVAÇÕES E INGESTÃO DE DOCES EM PACIENTES ODONTOPEDIÁTRICOS COM CÁRIE DENTÁRIA ATENDIDAS PELA CLÍNICA DE ODONTOPEDIATRIA DO ITPAC PORTO EM 2019, Descrição: Introdução - A Clínica Odontológica da Faculdade ITPAC Porto Nacional ? TO, recebe uma grande demanda de pacientes odontopediatricos, onde são registrados e chamados para avaliação. As lesões de cárie são responsáveis pela destruição e perda dos dentes onde se fazem presentes. Em crianças, pode causar um prejuízo intenso na qualidade de vida, seja individual, ou social das mesmas, por consequência da dor. Um baixo rendimento escolar, baixo peso devido à má alimentação, também são consequências. Objetivo - Diante do exposto, o objetivo deste estudo é analisar através dos prontuários os fatores relacionados à cárie dentária em pacientes Odontopediátricos da faculdade de Odontologia do ITPAC ? Porto Nacional ? TO. Métodos - O estudo apresenta um delineamento quantitativo, transversal, retrospectivo e descritivo, que consiste em realizar pela busca de prontuários, analisar e coletar dados dos pacientes Odontopediátricos assistidos pela clínica de Odontopediatria II da Clínica Odontológica do ITPAC ? Porto Nacional ? TO e comparar os hábitos alimentares e de higiene dos grupos com maior número de lesões de cárie com os grupos com menor número de lesões de cárie. Resultados esperados - Com o estudo, espera-se com resultado a identificação dos fatores relacionados à cárie dentária, para que haja uma melhora na atuação e execução de planejamento durante os atendimentos odontológicos em crianças na Odontopediatria.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Thais da Cunha Santos - Integrante / Nauany Maria da Cunha Xavier - Integrante.

  • 2019 - Atual

    NÍVEL DO CONHECIMENTO DOS PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL SOBRE AVULSÃO DENTÁRIA NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE PORTO NACIONAL - TO, Descrição: Introdução: A avulsão dentaria vem se tornando um agravo na saúde bucal. É um dos mais graves tipos de traumatismos dentários, necessitando de um atendimento eficaz e rápido para que ocorra o melhor prognostico. É ideal que professores do ensino fundamental tenham conhecimento adequado para lidar com esse tipo de trauma, pois a avulsão dentaria tende a ocorrer com maior frequência em crianças nesta fase escolar. Objetivo: O objetivo desta pesquisa é comparar os conhecimentos a respeito da avulsão dentaria dos professores do ensino fundamental da rede pública e do município de Porto Nacional ? TO. Metodologia: A pesquisa irá utilizar o método quantitativo através de questionários sobre como agir caso ocorra uma avulsão dentária na presença dos professores do ensino fundamental. Resultados esperados: É esperado que os professores avaliados possuam pouco conhecimento a respeito do assunto, uma vez que a região carece de campanhas educativas voltadas para este público. Uma vez comprovada esta hipótese, serão propostas atividades educativas voltadas para estes profissionais, almejando-se que este conhecimento possa ser útil para auxiliar no prognóstico de casos de avulsão.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Letícia Aires Rosa - Integrante / Janynne Zago Martins - Integrante.

  • 2019 - Atual

    A IMPORTÂNCIA DAS BARREIRAS FÍSICAS PARA O CONTROLE DA CONTAMINAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS ODONTOLÓGICOS., Descrição: Introdução: Os cirurgiões dentistas podem estar expostos ocupacionalmente a materiais infecciosos, incluindo substâncias corporais e suprimentos contaminados, utensílios, superfícies, água ou ar. A infecção cruzada pode ser definida como a disseminação de agentes transmissíveis entre pacientes e colaboradores em um ambiente clínico odontológico . Uma das medidas indispensáveis para impedir a contaminação é executar corretamente os protocolos de biossegurança aos pacientes, incluindo a garantia da esterilidade de materiais odontológicos e a sua posterior manutenção durante o armazenamento e o manuseio. Objetivo Analisar a presença de contaminações por microrganismos em ambiente físico de consultórios odontológicos. Métodos: Estudo experimental ,e apresenta natureza quantitativo, com enfoque descritivo sobre a importância das barreiras físicas para o controle da contaminação dos equipamentos odontológicos. Fapac/Itepac - Porto Nacional. Resultados Esperados: Ao realizar e analisar os resultados adquiridos com as pesquisas espera-se identificar a presença ou não de microrganismos antes e após ao protocolo de descontaminação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Gislaine Rodrigues dos Santos Cunha - Integrante / Loyanne da Silva Rodrigues - Integrante.

  • 2019 - Atual

    AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DOS ALUNOS CONCLUINTES DE ODONTOLOGIA DO ITPAC-PORTO NACIONAL SOBRE EMERGÊNCIAS MÉDICAS, Descrição: Introdução: As emergências médicas, apesar de ser pouco frequente na rotina clínica odontológica, representam risco iminente à vida. Os cirurgiões-dentistas precisam ter conhecimento para saber como agir rápido frente a essas eventualidades, visto que apresentam necessidade de resolução imediata. Objetivos: Analisar o nível de conhecimento dos formandos de odontologia a respeito de emergências médicas no consultório odontológico. Metodologia: Será realizado um estudo transversal quantitativo observacional descritivo. Será aplicado um questionário semiestruturado junto aos acadêmicos de Odontologia do ITPAC ? Porto Nacional/TO, integrantes dos últimos períodos, avaliando o nível de conhecimento desses estudantes sobre como agir em casos de emergências médicas no consultório odontológico. Resultados esperados: Com o estudo, espera-se compreender os riscos pelos quais são submetidos os pacientes e que podem apresentar eventualidades emergenciais no consultório odontológico. É esperado que os alunos não tenham segurança e apresentem necessidade de obter mais conhecimentos nessa área. Almeja-se também, delimitar quais os temas que precisam ser melhores explorados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / FILIPE HILÁRIO COLINO DE OLIVEIRA - Integrante / MARIA LÍVIA DE JESUS MEDEIROS - Integrante.

  • 2019 - Atual

    ÍNDICE DE RETRATAMENTO ENDODÔNTICO REALIZADO NA CLÍNICA ODONTOLÓGICA DO ITPAC PORTO, Descrição: Introdução: Para o sucesso do tratamento endodôntico, precisa-se de uma se-quência técnica minuciosa a ser seguida. Desde o diagnóstico inicial adequado a seleção do caso para o tratamento, que envolve desde a cadeia asséptica ao pre-paro químico e mecânico do conduto radicular e a obturação do mesmo. A negli-gência de um passo pode causar a falha endodôntica, que resulta na primeira es-colha de tratamento, o retratamento. Objetivo: Verificar a quantidade de casos de retratamento endodôntico realizado na clínica do ITPAC PORTO, no período de janeiro de 2018 a dezembro de 2018. Metodologia: Pesquisa transversal quantita-tiva, um estudo populacional, observacional, por meio de uma pesquisa realizada nos prontuários, nos pacientes atendidos no ano de 2018. Onde será analisado o índice de retratamento endodôntico realizado da clínica de odontologia do Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos em Porto, Tocantins. Resul-tados Esperados: Espera-se ter um levantamento das principais causas que le-vam o insucesso de um tratamento endodôntico, essa informação é importante pa-ra que os clínicos possam atentar para cuidados que possam diminuir essa inter-corrência.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / HYARA NOGUEIRA CARDOSO - Integrante / MARIA HELENA ALVES SILVA - Integrante.

  • 2018 - 2019

    MULHERES PARDAS, JOVENS E SOLTEIRAS SÃO AS PRINCIPAIS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA EM PORTO NACIONAL-TO, Descrição: Introdução: A violência doméstica é um fenômeno complexo e multidimensional, que transpõe classes sociais, idades e regiões. Esse termo se refere a um perfil comportamental que envolve abuso contra qualquer um dos membros da família, incluindo agressão física, sexual, psicológica e/ou socioeconômica. Sua importância faz-se presente tendo em vista a persistência cada vez mais crescente do número de casos no mundo, a morbidade que os acompanha, e as consequências a curto e longo prazo que estas causam em suas vítimas. Por isso, faz-se necessária a realização de um estudo a fim de dimensionar sua ocorrência em um município do estado do Tocantins. Materiais e métodos: Trata-se de um estudo epidemiológico retrospectivo, descritivo, e de abordagem quantitativa, em que foram utilizados dados provenientes do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan-net) do Ministério da Saúde, obtidos por meio da vigilância epidemiológica do município de Porto Nacional - TO. O período estudado foi de janeiro de 2015 a dezembro de 2018. Para melhor estudo dos dados, foi realizada a tabulação utilizando o Excel com elaboração de gráficos e tabelas para uma análise mais eficaz. Foram analisadas as seguintes variáveis: gênero, idade, ocupação, raça, lesões autoprovocadas e por local de residência. Resultados: No período de 2015 a 2018 foram notificados no município de Porto Nacional, no Estado do Tocantins, um universo de 797 casos de Violência Doméstica, com média de 199,2 casos/ano; 78,04% referem-se ao sexo feminino; 6,14% dos casos ocorreram com a média de idade de 13 anos; 30,7% são estudantes; as lesões por outrem totalizam 68,8% casos; 83,5% das ocorrências registradas dizem respeito às pessoas pardas; 83,9% das vítimas são solteiras. Discussão: A análise destes dados mostra que a população de mulheres pardas e solteiras são as maiores vítimas de violência doméstica em Porto Nacional, Tocantins. Isso traz à tona a necessidade de discussões mais abrangentes e aprofundadas a respeito da possível causa para essa ocorrência, para que se possa planejar ações que contribuam para a mudança deste cenário. Conclusão: A misoginia e o racismo podem gerar consequências nefastas para a sociedade, tornando necessária a realização de políticas educativas que possam ajudar a mudar esse quadro no futuro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Fernando Gomes de Sousa - Integrante / Marllon Cardozo Vieira Rocha - Integrante., Número de produções C, T & A: 1

  • 2018 - 2019

    REINCIDÊNCIA DE NOVOS CASOS DE SARAMPO EM CRIANÇAS E GESTANTES NO MUNICÍPIO DE PORTO NACIONAL DE 2015 A 2019., Descrição: O aumento da reincidência de novos casos de Sarampo, impactam diretamente a morbimortalidade em crianças e até mesmo em adultos. Podemos considerar um gravíssimo problema de saúde pública em muitos países, em especial no Brasil. Assim, é imprescidível que as autoridades entrem com medidas preventivas, alertando a população sobre a proporção alarmante que a doença vem tendo com a falta de vacinação, levando à vulnerabilidade da comunidade como um todo, podendo gerar vítimas fatais. O presente trabalho envolve um estudo de caráter descritivo e transversal, com abordagem epidemiológica, através de uma análise das notificações obtidas através do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), com dados de crianças e gestantes que foram acometidas pelo Sarampo, no Estado do Tocantins no Município de Porto Nacional de 2015 a 2019, visando traçar o desempenho desenvolvido por meio de ações educativas e de conscientização por meio dos servidores, para que continue tendo uma resposta positiva a vacinação e erradicação da doença supracitada. Os resultados ainda apontam um baixo número de casos por meio da faixa etária infantil como também nas gestantes. Ficou evidenciado que ainda é cedo para se fazer uma análise concisa em Porto Nacional, visto que as notificações ainda mostram um resultado satisfatório mediante a pesquisa.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Ana Paula Alves Gonçalves LACERDA - Integrante / Gean Domingos-Souza - Integrante / Edinaura Rios Cunha - Integrante / Nayara Santos Silva - Integrante / Zinaldo de Oliveira Silva Júnior - Integrante.

  • 2018 - 2019

    NÍVEL DE CONHECIMENTO DOS CONCLUINTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA ÁREA DA SAÚDE SOBRE A HANSENÍASE EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO PRIVADA., Descrição: A hanseníase é um grave problema de saúde, de alta endemicidade, que ainda é negligenciado. Desse modo, avaliar o nível de conhecimentos dos futuros profissionais é de suma importância. Realizou-se um questionário com 53 acadêmicos do último período de graduação dos cursos da área da saúde da FAPAC/ITPAC ? Porto, sendo eles, medicina, enfermagem e odontologia. Dentre os resultados, notou-se que 100% dos estudantes tinham conhecimento ou já ouviram falar sobre a hanseníase; porém a respeito da cura 19% ainda acreditam que é uma doença incurável. Quanto a transmissão, 19% dos acadêmicos responderam que se dá pelo contato direto com as lesões da pessoa infectada; 4% - pela picada de algum inseto e 2% não soube responder. Sobretudo, ainda teve um grupo de 9% que acreditam que o isolamento do doente da comunidade é necessário. Desse modo, apesar da maioria do grupo de entrevistados terem conhecimentos suficientes sobre a hanseníase, verificou-se ainda a necessidade de melhoria de ensino na Instituição de saúde, nos cursos de medicina, odontologia e enfermagem durante toda a graduação, para que se formem profissionais mais qualificados e preparados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / NATHÁLIA MESQUITA BORGES - Integrante / NÚBIA FERREIRA DA SILVA TAVARES - Integrante., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1

  • 2018 - 2019

    O CONVÍVIO FAMILIAR E SUA RELAÇÃO COM A QUALIDADE DE VIDA DE ESTUDANTES DE MEDICINA DE UMA INSTITUIÇÃO PRIVADA DO TOCANTINS, Descrição: Introdução: O conceito de qualidade de vida é complexo e multidimensional, pois inclui fatores psicológicos, físicos, emocionais e sociais. Além de ser subjetivo, pois pode ser avaliado pela própria pessoa. Em relação ao curso de Medicina, pode-se citar diversas causas que interferem na qualidade de vida do discente, como extensa carga horária a que os estudantes estão submetidos, contato com a morte, competitividade e muitas vezes a experiência de morar fora de casa e suas consequências. Objetivos: Analisar a qualidade de vida dos acadêmicos de medicina de uma instituição privada em relação a frequência do convívio familiar, sexo e período do curso. Metodologia: Estudo transversal descritivo e quantitativo. Foi aplicado o questionário IQVEM- modificado para 142 acadêmicos de medicina do 1, 4 e 8 períodos com nível de confiança de 95% e 5% de erro. Os dados foram tabulados pelo Excel com posterior análise através da análise de multivariância One Way ANOVA. Resultados: A maior média para a qualidade de vida (214,7) foi alcançada pelos acadêmicos que viam a família uma vez por semana e a menor média (200,9) para aqueles que viam a família uma vez por bimestre. Houve diferença significativa em relação ao sexo, com uma pontuação maior no sexo masculino, e no período do curso, sendo que 1 período obteve melhor média. Considerações finais: Os estudantes que têm contato mensal e semanal possuem melhor escore de qualidade de vida, se comparados aos acadêmicos com contato familiar bimestral. O contato semanal e mensal tem mostrado maior benefício na qualidade de vida.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Ronyere Olegário de Araujo - Integrante / Ada Keren Queiroz Aquino - Integrante / Ianka Thamylla Sousa Silva - Integrante.

  • 2018 - 2018

    PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE LEISHMANIOSE VISCERAL NO ESTADO DO TOCANTINS ENTRE 2013 E 2017, Descrição: RESUMO: Introdução: A leishmaniose visceral (LV), também conhecida como calazar, é uma doença endêmica em muitos países, incluindo o Brasil, sendo o estado do Tocantins o principal responsável pelo número de casos. Objetivos: Analisar os padrões de distribuição da LV entre regiões de saúde e municípios do Tocantins entre os anos de 2013 a 2017, identificar as áreas com numerosos casos de LV e observar a presença de coinfecção com HIV. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal, descritivo e com abordagem quantitativa, que avaliou a frequência de casos registrados de LV nos municípios do Tocantins, no período de 2013 a 2017, com base nos dados do Sistema de Agravos de Notificação (SINAN)/Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS)/Ministério da Saúdede. Resultados e Discussão: Foi identificado um total de 1132 casos de LV no estado do Tocantins, com a presença de coinfecção com HIV em 6,91% das notificações no período analisado. A Região Médio Norte do Araguaia e a Região Capim Dourado foram as regiões de saúde que apresentaram o maior número de casos, sendo as cidades de Araguaína e Palmas as principais representantes dessas regiões. Conclusão: O Tocantins é uma região endêmica e que anseia de medidas eficientes de contenção da doença.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Gean Domingos-Souza - Integrante / Guilherme Vaz Burns - Integrante / Amanda Moreira Portes - Integrante / Vicente de Paula Freire da Silva - Integrante / Edinaura Rios Cunha - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2018 - 2018

    ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DA MENINGITE NO ESTADO DO TOCANTINS NO PERÍODO DE 2017, Descrição: Introdução: Meningite é a inflamação das meninges, apresenta quadro clínico grave e é de notificação compulsória. Como justificativa tem-se os recentes casos confirmados no Tocantins, associado à deficiente distribuição da vacina. Objetivou-se analisar os casos notificados no SINAN no período de 2017 no Tocantins, comparar as etiologias e avaliar as faixas etárias acometidas. Metodologia: Foi realizado um estudo transversal, descritivo e quantitativo, que avaliou epidemiologicamente a frequência de casos registrados no ano referido. Os dados foram obtidos junto ao Sistema de Agravos de Notificação (SINAN)/Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS)/Ministério da Saúde (MS). Resultado e discussão: Foram identificados um total de 46 casos, apresentadas as etiologias da doença e expostos os dados relacionados à faixa etária. Araguaína apresentou o maior número de ocorrências, 31 casos do total, a meningite bacteriana prevaleceu e a faixa etária de 20 a 39 anos foi o intervalo no qual mais apareceu. No Brasil, as meningites virais são mais frequentes e as crianças as mais afetadas. Conclusão: Epidemiologicamente a doença acompanhou a disposição dos resultados no Brasil, exceto quanto à etiologia e a faixa etária, isso pode relacionar-se a uma falha das notificações ou pela dificuldade diagnóstica. Portanto, o SINAN mostrou uma deficiência de dados, apresentando apenas 5 municípios em um total de 139. Necessita-se que os profissionais de saúde notifiquem os casos e que a Estratégia de Saúde da Família faça uma conferência mais severa dos cartões de vacina. Sugere-se, que outras produções relacionadas à temática sejam desenvolvidas no Tocantins.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Ana Paula Alves Gonçalves LACERDA - Integrante / Guilherme Vaz Burns - Integrante / Vanessa Regina Maciel Uzan de Moraes - Integrante / Maria Pires de Oliveira Santos - Integrante / Paulla Résio Tavares - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2018 - 2018

    PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS CASOS DE DENGUE NOTIFICADOS EM PORTO NACIONAL-TO NO PERÍODO DE JANEIRO DE 2014 A DEZENBRO DE 2018, Descrição: INTRODUÇÃO: A Organização Mundial de Saúde estima que 80 milhões de pessoas sejam infectadas por ano pelo vírus da dengue, cujo vetor é o mosquito Aedes Aegypti. Desse modo o Estado do Tocantins, por se localizar na região norte do país, de clima quente e úmido, ser o ainda mais jovem da Federação e apresentar enormes demandas relativas à saúde apresenta números preocupantes que precisam ser descritos e melhor estudados. OBJETIVO: Descrever estudo epidemiológico dos casos notificados na cidade de Porto Nacional-TO. MÉTODOS: Estudo do tipo descritivo com dados coletados em plataforma virtual (Sistema Nacional de Agravos de Notificação - SINAN). Utilizou-se para tabulação de dados o software Microsoft Office Excel. RESULTADOS: Os meses com o maior número de casos registrados no período foram março com 433 casos notificados sendo o maior número contabilizado, fevereiro registrou 415 casos, abril 386. Nesses cinco anos de análise 1.572 mulheres e 1.299 homens foram acometidos. Do total de casos registrados 54,75% se declararam de raça parda, 28,53% não declarou raça, declarantes da raça branca foram 10,1%. Na variável escolaridade o maior número foi de pessoas que não declararam ou ignoraram 1.277 (47%), o segundo maior número foi de ensino médio completo 375 (14%), o terceiro maior número foi de crianças não escolares com 293 notificações A faixa etária mais acometida é dos 20 aos 29 anos com 22,09%, seguida dos 30 aos 39 anos 19,54%, dos 11 aos 19 anos 19%. O setor Vila Nova registrou o maior número de pessoas acometidas 257, em seguida o distrito de Luzimangues 255 e Nova Capital com 227. CONCLUSÃO: As mulheres são as mais acometidas, a transmissão coincide com o período de pluviosidade, a raça e a cor parda liderou o número de notificações, a escolaridade dos infectados é ignorada na ficha de notificação dificultando traçar um perfil acurado. Os mais acometidos são indivíduos economicamente ativos, em idade de trabalho. Os bairros com o maior número de prováveis de infecção são Vila Nova, Nova Capital e o distrito de Luzimangues.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Integrante / Guilherme Vaz Burns - Coordenador / Vanessa Regina Maciel Uzan de Moraes - Integrante / Alexandre Moreira Rissate - Integrante / Edinaura Rios Cunha - Integrante.

  • 2018 - 2018

    AVALIAÇÃO DOS CASOS NOTIFICADOS DE TOXOPLASMOSE EM PORTO NACIONAL - TO, Descrição: Introdução ? A toxoplasmose é uma doença causada pelo protozoário Toxoplasma gondii. Os sintomas são perceptíveis em apenas cerca de 10% dos indivíduos infectados. Nos casos graves, podem ocorrer lesões oculares e lesões cerebrais. A toxoplasmose gestacional, pode provocar morte, danos graves no feto e infecção generalizada. A transmissão ao homem pode se dar por via transplacentária (toxoplasmose congênita), transfusões de sangue e acidentes de laboratório, ingestão de cistos contidos em carne crua ou mal cozida e por ingestão de oocistos presentes em plantas e na água. Metodologia ? Trata-se de uma avaliação transversal, quantitativa e descritiva, com alvo na população afetada pela infecção de toxoplasmose através de dados de notificações disponibilizadas pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação, além da comparação com dados bibliográficos disponíveis. Resultados e Discussão ? Observou-se o total de 14 casos entre 2015 e 2018, sendo que o primeiro semestre de 2018 teve o recorde de notificações (6), 13 casos foram no gênero feminino, a maioria com idade variando entre 17 e 32 anos, etnia parda, a escolaridade foi ignorada em metade das notificações, 78,7% dos casos eram gestantes, 7 casos foram diagnosticados em laboratório, 4 foram descartados e a metade evoluiu para a cura. Conclusão ? No período avaliado, foi percebido baixo número de notificações o que remete a hipótese de subnotificações além da dificuldade de se suspeitar devido ausência de sintomas. O adequado pré-natal com o rastreio das infecções é grande aliado de complicações do quadro, além da educação em prevenção de doenças.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Ana Paula Alves Gonçalves LACERDA - Integrante / Guilherme Vaz Burns - Integrante / Joelma Amaral Galvão - Integrante / Larissa Rodrigues Vieira - Integrante / Vanesa Regina Maciel Uzan de Moraes - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2018 - 2018

    PREVALÊNCIA DO USO INDISCRIMINADO DE ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDES (AINES) EM ACADÊMICOS DO ITPAC-PORTO, Descrição: Introdução Os anti-inflamatórios não esteroides (AINES) são um dos medicamentos mais procurados nas drogarias devido às suas propriedades terapêuticas com suas ações analgésicas, antipiréticas, anti-inflamatórias e antitrombótico. A utilização desses medicamentos é feita em larga escala na sociedade e a maioria da população conhece e/ou já fez uso em algum momento da vida com ou sem prescrição médica. O propósito deste estudo foi apresentar o perfil epidemiológico de uso indiscriminado dos anti-inflamatórios não esteroides (AINES) em acadêmicos de diferentes áreas do ITPAC-Porto, como a faixa etária, gênero, motivos de uso, efeitos adversos gastrointestinais do uso abusivo de AINES. Metodologia: Trata-se de um estudo de cunho quantitativo e descritivo com abordagem qualitativa, onde se promoveu o levantamento de dados através de questionários, verificando a prevalência do uso indiscriminado de AINES em acadêmicos da ITPAC ? Porto. A população estudada foi composta por 15% de um valor total de 1.628 acadêmicos regularmente matriculados nos cursos de Medicina, Odontologia, Enfermagem, Engenharia Civil e Arquitetura, do ITPAC-Porto, num total de 247 participantes. Resultados: Obtenção de dados de acordo com o curso, a idade, sexo, os motivos de uso de AINES e se apresentou algum desconforto gastrointestinal, revela várias informações, traçando o perfil epidemiológico da população que faz uso indiscriminadamente de AINES. Discussão: Na análise dos dados ratifica o predomínio do sexo feminino no uso de AINES sem prescrição médica, maior prevalência de uso indiscriminado em estudantes da área da saúde, e como principal motivo de utilização, dores de modo geral. Conclusão: Pode-se concluir que, a pesquisa foi de suma importância para evidenciar o elevado número de acadêmicos que utilizam AINES sem prescrição médica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Integrante / Guilherme Vaz Burns - Coordenador / Vanessa Regina Maciel Uzan de Moraes - Integrante / Edinaura Rios Cunha - Integrante / Carlos Eduardo Pires Barbosa - Integrante / João Gabriel Souza dos Santos - Integrante.

  • 2018 - 2018

    PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS CASOS DE SÍFILIS EM GESTANTES NO MUNICÍPIO DE PORTO NACIONAL, TOCANTINS DE 2014 A 2017., Descrição: Introdução - A sífilis é uma doença sistêmica de caráter infecto-contagioso e tem como agente causador a bactéria Treponema pallidum. Tal afecção possui sinais de cronicidade, períodos de latência e manifestações clínicas cutâneas temporárias, sendo a úlcera indolor na genitália a mais comum. A importância do estudo de prevalência da sífilis em gestantes é dada devido a sua necessidade para a gestão dos meios de vigilância, prevenção e controle, provendo com mais clareza a tomada de decisão. Objetivos - Analisar o perfil epidemiológico dos casos de sífilis em gestantes do município de Porto Nacional, no período de 2014 a 2017. Métodos - Trata-se de um estudo epidemiológico descritivo, com abordagem quantitativa levando conta a idade, escolaridade, zona de residência e classificação clínica. Os dados foram obtidos através do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN-NET), referente aos casos de sífilis em gestante ocorrentes no período de 2014 a 2017. Resultados ? Em relação a distribuição dos casos, pode-se perceber que foram notificados 52 casos de sífilis gestacional no período estudado. Constatou-se a prevalência nas gestantes de 20-29 anos, pardas, com ensino fundamental incompleto e residentes em zona urbana. Quanto à classificação clínica, a forma primária da doença foi predominante. Conclusão ? Constatou-se que houve um aumento significativo no número de casos no ano de 2017 em relação ao ano de 2014, o que pode ter ocorrido em virtude de uma melhora da qualidade das notificações.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Ana Paula Alves Gonçalves LACERDA - Integrante / Mariana Vargas Lindemaier e Silva - Integrante / Guilherme Vaz Burns - Integrante / Andressa Faria Vilela Ferreira - Integrante / Beatriz Campagnoli Freire - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2018 - Atual

    LOSARTAN COMO COADJUVANTE NO TRATAMENTO DE LESÕES MUSCULARES TRAUMÁTICAS, Descrição: Introdução: O Losartan é um medicamento utilizado para tratamento de hipertensão arterial por inibir os efeitos vasoconstrictores da angiotensina II. Entretanto, já foram identificados outros possíveis efeitos do Losartan, como a inibição dos TGFs (fatores transformadores de crescimento do beta), ampliando o leque de aplicações para outras situações clínicas, como o tratamento das lesões musculares. Não existem dados a respeito dos possíveis efeitos do Losartan na recuperação de lesões musculares de coelhos e estes dados poderiam ser importantes para a sugestão de possíveis novos protocolos clínicos. Objetivo: O objetivo do presente trabalho é, por meio de uma pesquisa quantitativa experimental animal, analisar qual a efetividade do uso do Losartan como coadjuvante no tratamento das lesões musculares traumáticas em coelhos. Metodologia: Serão utilizados 10 coelhos Oryctolangus cuniculus machos, pesando de 1 a 2 Kg, mantidos em condições controladas de luz e temperatura e com ração e água ad libitum, nas instalações do biotério do ITPAC/Porto Nacional. Eles serão submetidos a uma análise de locomoção, onde serão avaliadas as funções motoras de marcha dinâmica com a escala de Tinetti adaptada antes e depois da realização de um procedimento cirúrgico que simula uma lesão muscular. Para tal, os coelhos serão anestesiados por via intra-muscular com Ketamina: 80ml - 90 mg/Kg e Xilazina: 2% - 10 a 13 mg/Kg. Após a anestesia, serão realizadas incisões de 1 cm de extensão e profundidade na região posterior da pata traseira direita dos coelhos, no músculo retofemoral, separando os tecidos subcutâneos até a visualização dos músculos sóleos. Após isso, os tecidos serão reposicionados e realizada a síntese da pele e receberão uma dose 1 mg/Kg de Flunixin Meglumine (AINE), durante 5 dias, para controle da dor pós operatória. Após isso, os coelhos serão divididos em dois grupos de 5 animais cada (n=5). O grupo controle receberá injeção direta na área lesionada (intramuscular) de 2 mL de solução salina durante 7 dias, enquanto que o grupo tratado receberá a dose de 100 mg/kg de Losartan diluído em 2 ml de água destilada, pelo mesmo período. Os dados obtidos a partir serão tabulados e avaliados por meio de análise de multivariância TWO WAY ANOVA e teste de Bonferroni, sendo consideradas significativas diferenças maiores ou iguais a 5% (p 0,05). Resultados esperados: É esperado que o grupo tratado com Losartan recupere-se melhor do procedimento cirúrgico e que isso se reflita em menor déficit nos resultados da análise de Tinetti no grupo dos ratos tratados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / BRUCE RAWLINSON LIMA OTSUKA - Integrante / BRUNA HANAUER - Integrante / Guilherme Vaz Burns - Integrante / Isabela Luyça Martins Queiroz - Integrante.

  • 2018 - Atual

    EFEITOS NOCIVOS DO USO DE SMARTPHONES PELOS ACADÊMICOS DA ÁREA DA SAÚDE, Descrição: Com o desenvolvimento da tecnologia, foram criados smartphones de vários modelos e preços, possibilitando o acesso por várias pessoas e permitindo uma grande disseminação do seu uso. Os jovens são os que mais utilizam esse meio, seja para fins educativos ou para lazer, porém deve-se atentar ao seu uso excessivo que pode levar a consequências físicas e psicológicas. O objetivo deste trabalho é identificar e avaliar os efeitos nocivos do uso excessivo de smartphones pelos acadêmicos da área da saúde do Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos do município de Porto Nacional ? TO. Serão aplicados os questionários a todos os acadêmicos que estiverem em sala e com matrícula regular no período letivo de 2018/2, do 4° (quarto) e 5° (quinto) período dos cursos de medicina, odontologia e enfermagem. Todos os questionários serão analisados. Serão excluídos da pesquisa os indivíduos que se recusarem a assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e aqueles que não estejam presentes no dia que for passado o questionário. É esperado que todos os acadêmicos possuam smartphone, que a maioria passe em média de 3 a 5 horas no celular, que a maioria dos estudantes utilizem o celular durante a aula, e que a maioria deles não utilizem para fins didáticos. Espera-se também identificar a presença de indivíduos que relatam ter suas atividades acadêmicas e a saúde prejudicadas pelo uso abusivo de smartphones.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Amanda Moreira Portes - Integrante / Vicente de Paula Freire da Silva - Integrante.

  • 2017 - 2018

    PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PROFISSIONAIS E ESTUDANTES DA SAÚDE QUE SOFRERAM ACIDENTES COM MATERIAL PERFUROCORTANTE EM PORTO NACIONAL-TO DE 2015 E 2016, Descrição: Introdução: Os acidentes de trabalho envolvendo materiais perfurocortantes são complexos e podem causar danos à saúde do profissional, uma vez que, estará exposto a riscos de contaminação por doenças contagiosas. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi traçar o perfil epidemiológico dos profissionais e estudantes de saúde de Porto Nacional-TO que sofreram acidentes com material perfurocortante de 2015 e 2016 a partir das fichas de notificação do SINAN. Metodologia: Foi realizado um estudo com abordagem quantitativa, referente a uma pesquisa epidemiológica, observacional, descritiva, retrospectiva sobre acidentes com material perfurocortante entre profissionais e estudantes de saúde em Porto Nacional. Foi utilizado o banco de dados do Sistema de Informação de Agravos e Notificação (SINAN) com autorização prévia da Secretaria de Vigilância Epidemiológica. A partir dos 65 registros selecionados, foi realizado a análise das variáveis. Resultados: As análises apresentaram que os técnicos de enfermagem foi a ocupação com maior incidência de acidentes com perfurocortantes (40%), o procedimento odontológico e a punção venosa/arterial não especifica foram os procedimentos com maior número de notificações, sendo que a exposição percutânea estava presente em todos os casos. O estudo mostrou também que o principal material orgânico envolvido nos acidentes foi o sangue (87,70%) e 63,10% estavam ligados a acidentes envolvendo agulha com lúmen. Conclusão: Enfim, os achados principais possibilitaram uma análise do perfil epidemiológico dos profissionais e estudantes relacionado com a necessidade em desenvolver estratégias de prevenção de acidentes envolvendo materiais perfurocortantes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Mariana Vargas Lindemaier e Silva - Integrante / Ana Paula Alves Gonçalve Lacerda - Integrante / Alan Oliveira Pereira - Integrante / Ludmila Dias Silva - Integrante / Priscila Alves Cruz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2015 - 2016

    DOR OROFACIAL E SEU IMPACTO NA QUALIDADE DE VIDA: REVISAO SISTEMATICA, Descrição: A dor e definida como experiencia sensorial e emocional desagradavel, associada a lesoes reais ou potenciais ou descrita em termos de tais lesoes. Dor Orofacial e toda dor associada a tecidos moles e mineralizados (pele, vasos sanguineos, ossos, dentes, glandulas ou musculos) da cavidade oral e da face. Na Odontologia podem ser de origem odontogenica, ou estar associados as cefaleias, desordens patologicas neurogenicas, dores musculoesqueleticas, dores psicogenicas, cancer, infeccoes autoimunes e trauma tecidual. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisao sistematica da literatura sobre a prevalencia da dor orofacial e seu impacto na qualidade de vida. Os metodos aplicados incluiram estrategia de busca na literatura e criterios de inclusao e exclusao para a selecao dos artigos a serem adotados. As bases de dados incluidas foram BIREME, Google Academico, PubMed e SciElo, no periodo de 2006 a 2016. De 1260 artigos encontrados, foram selecionados 20 artigos. Atraves da revisao verificou-se que a dor orofacial e sintoma relativamente comum entre pacientes que procuram atendimento odontologico e que traz impactos negativos na qualidade de vida.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Josilleya Damacena SIMÃO - Integrante / Carllini Vicentine Barroso - Integrante / Sergio Ricardo Campos Maia - Integrante / Joelcy Pereira Tavares - Integrante / Tania Maria Aires Gomes Rocha - Integrante / Carina Scolari Gosch - Integrante / Raymundo do Espirito Santo Pedreira - Integrante., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1

  • 2015 - 2016

    ALTERACOES BUCAIS QUE ACOMETEM PACIENTES EM TRATAMENTO QUIMIOTERAPICO, Descrição: Existe uma preocupacao quanto ao grande numero de pacientes oncologicos em todo o mundo. Nesse cenario, o tratamento quimioterapico vem como uma alternativa de interversao, o que causa inumeras alteracoes na cavidade oral devido a queda de imunidade causada por esses farmacos e devido a grande toxidade dos medicamentos utilizados no tratamento. Diversos trabalhos na literatura mostram a correlacao entre os tratamentos oncologicos e as lesoes orais, portanto, o cirurgiao- dentista tem um papel fundamental e deve ser inserido no tratamento multidisciplinar desse paciente, podendo minimizar a dor e proporcionar um maior conforto na cavidade bucal durante o tratamento quimioterapico. Problemas bucais como mucosite, xerostomia, infeccoes, sangramento bucal, infeccoes fungicas, bacterianas e virais, alem de alteracoes no paladar e ligamento periodontal, estomatotoxicidade direta e indireta sao frequentes e causam grandes desgaste tanto fisico como emocional no paciente, podendo prejudicar o tratamento e trazer outros grandes problemas. Sendo assim, este trabalho teve como objetivo realizar uma revisao de literatura sistematica dos artigos que falam da importancia do cirurgiao-dentista para o paciente submetido a quimioterapia. Apesar da importancia do tema, ainda existem poucas de revisoes de literatura sistematizadas e recentes a respeito dos efeitos da quimioterapia na cavidade bucal. A xerostomia e a mucosite oral sao as alteracoes bucais predominantes em pacientes quimioterapicos. A partir desta revisao, pode-se concluir que o sexo feminino tem maior pre-disposicao a alteracoes bucais. O acompanhamento do cirurgiao-dentista junto ao tratamento quimioterapico e de extrema importancia, visando a saude do paciente e sua qualidade de vida. O cirurgiao-dentista e extremamente importante para a equipe multidisciplinar antes, durante e apos a quimioterapia, para evitar que infeccoes da cavidade oral ajudem a prejudicar o estado de saude geral debilitado do paciente submetido a este tratamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Elyne Regiane dos Santos Gomes - Integrante / Andreia De Sousa Riciardi - Integrante / Andre Machado de Senna - Integrante / Raimundo Celio Pedreira - Integrante / Nelzir Martins Costa - Integrante / Raquel da Silva Aires - Integrante / Ronyere Olegário de Araujo - Integrante., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1

  • 2015 - 2016

    OBSERVACAO COMPORTAMENTAL DA CRIANCA E DA MAE DURANTE O TRATAMENTO ODONTOLOGICO COM O ODONTOPEDIATRA, Descrição: O comportamento das criancas durante a consulta odontologica, tem permitido reconhecer padroes do cirurgiao-dentista com seu paciente. Assim como facilitar o procedimento clinico. Este artigo tem como objetivo, analisar o comportamento da crianca, juntamente com a mae, durante os procedimentos realizados por meio de revisao de literatura. O profissional odontopediatra esta preparado para atender as dificuldades do dia-a-dia nessa triade, que e a familia, mae/pai, profissional e a crianca. E de importancia ressaltar a experiencia que o profissional tem sobre a psicologia infantil e suas faixas etarias, a influencia do ambiente familiar e seus padroes comportamentais e suas reacoes emocionais frente ao tratamento odontologico. O artigo visa, relatar uma observacao da crianca na consulta odontologica, bem como a importancia da presenca dos pais, de estarem conscientes dos tratamentos que serao executados, alem das tecnicas de condicionamento, manejo para se obter um comportamento infantil.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Integrante / Mariana Vargas Lindemaier e Silva - Coordenador / Nelzir Martins Costa - Integrante / Tania Maria Aires Gomes Rocha - Integrante / Jhenniffer Coelho da Silva - Integrante / Luciana Marquez - Integrante / Ana Carolina Camargo Rocha - Integrante., Número de produções C, T & A: 1

  • 2014 - 2015

    ANALISE CRITICA DA FALSEABILIDADE DAS ALEGACOES DA BIOCIBERNETICA BUCAL, Descrição: Existe a necessidade de se compreender o paciente como um todo, nao restringindo apenas a boca. Com esta intencao, entretanto, alguns autores fazem algumas alegacoes sem evidencias no meio odontologico. Segundo os autores brasileiros que defendem a Biocibernetica Bucal, os dentes tem total ligacao com as nossas emocoes e ate mesmo da nossa postura em relacao a relacionamentos e comportamentos. Cada dente representaria uma relacao com a personalidade da pessoa, alem de representarem comportamentos especificamente masculinos ou femininos diante da sociedade e da cultura. Os incisivos centrais, superiores e inferiores, estariam relacionados com a inteligencia e a personalidade. Os incisivos laterais estariam ligados ao relacionamento. Eles tambem teriam relacao com o sistema neural, porem em menor intensidade. Caninos seriam os dentes correspondentes ao sistema circulatorio; primeiros pre- molares corresponderiam ao sistema excretor (rins e intestinos), e estariam relacionados ao contexto emocional, a seguranca. Segundos pre-molares corresponderiam ao sistema respiratorio como pulmoes ate vias aereas inferiores e superiores, e estariam relacionados a liberdade. Primeiros molares corresponderiam ao sistema digestivo, e estariam relacionados a autossuficiencia. Segundos molares corresponderiam ao processo hormonal do individuo e terceiros molares corresponderiam ao sistema linfatico. Alem disso, seria possivel mudar aspectos psicologicos e sistemicos, mudando o posicionamento dos dentes. Analisando desta forma, a extracao de elementos dentarios para finalidade ortodontica estaria totalmente contraindicada. O objetivo deste trabalho foi ao encontro do conceito estabelecido entre grandes filosofos acerca da definicao de ciencia e pseudociencia, alem da realizacao de uma analise critica e mais honesta possivel das principais teorias da Biocibernetica Bucal e concluir a classificacao da mesma diante de sua falseabilidade ou nao.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Eduardo Ferreira BASÍLIO - Integrante / Luma Lorrany Pereira Felizardo - Integrante / Larissa Jacome B Silvestre - Integrante / Ronyere Olegário de Araujo - Integrante / Jonas Eraldo de Lima Júnior - Integrante., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1

  • 2014 - 2015

    Perfil dos acidentes de trânsito com vítimas traumatizadas segundo dados das fichas de ocorrência do corpo de Bombeiros de Porto Nacional, Descrição: Análise epidemiológica do perfil dos acidentes de trânsito com vítimas traumatizadas segundo dados das fichas de ocorrência do corpo de Bombeiros de Porto Nacional. 430 horas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Talita Caroline Miranda - Integrante / Maria Rosa Arantes Pavel - Integrante.

  • 2011 - 2011

    Análise in vivo e in vitro do efeito da apocinina sobre a disfunção endotelial de ratos espontaneamente hipertensos (SHR)., Descrição: Contribuição para a redação do projeto científico que foi selecionado para receber bolsa FAPESP.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Integrante / Cristina Antoniali - Coordenador / BENDHACK, LUSIANE M. - Integrante / Lígia A. Perassa - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Participação do endotélio e do estresse oxidativo na resposta vasodilatadora e no efeito hipotensor do novo doador de NO (TERPY) em ratos espontaneamente hipertensos (SHR), Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Cristina Antoniali Silva em 02/02/2020., Descrição: The endothelium impairs the vasodilator effect of Ru(terpy)(bdq)NO]3 (TERPY) in Wistar rat aortas. We hypothesized that endothelial dysfunction could modulate TERPY's effect in spontaneously hypertensive rats. The present study investigated the role of the endothelium in the hypotensive and vasodilator effects of TERPY in spontaneously hypertensive rats. We observed a higher hypotensive effect of TERPY in spontaneously hypertensive than in Wistar rats. L-NG-Nitroarginine methyl ester, a nitric oxide synthase inhibitor, increased TERPY's hypotensive effect in Wistar but not in spontaneously hyperten- sive rats. TERPY induced a concentration-dependent vasodilator effect in aortas of both rat models. Endothelium removal or L-NAME increased TERPY's potency in Wistar rat aortas; this effect was decreased in spontaneously hypertensive rats. TERPY increased nitric oxide level in spontaneously hypertensive rat endothelial cells; this increase was abolished in the presence of L-NAME. In contrast, this effect was increased in Wistar rats. TERPY, with or without L-NAME, decreased levels of reactive oxygen species in spontaneously hypertensive rat endothelial cells. However, it increased these levels in Wistar rats. TERPY reduced aortic endothelial nitric oxide synthase expression in Wistar rats, but did not alter its expression in spontaneously hypertensive rats. In conclusion, different mechanisms underlie the hypotensive and vasodilator effects of TERPY in these two rat models. TERPY reduced endothelial nitric oxide synthase expression and increased reactive oxygen species production in Wistar rat aortas, but did not alter these in spontaneously hypertensive rats. Furthermore, the nitric oxide released by TERPY reacts with reactive oxygen species, decreasing their bioavailability in spontaneously hypertensive rats.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Integrante / Cristina Antoniali - Coordenador / BENDHACK, LUSIANE M. - Integrante / Simone Regina Potje - Integrante., Número de produções C, T & A: 3

  • 2010 - 2011

    Dimorfismo sexual no efeito hipotensor do novo doador de óxido nítrico (TERPY) em ratos espontaneamente hipertensos (SHR)., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Cristina Antoniali Silva em 02/02/2020., Descrição: Colaboração na orientação de iniciação científica. Ensino de metodologias de pesquisa científica e cuidados com animais em biotério.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Integrante / Cristina Antoniali - Coordenador / BENDHACK, LUSIANE M. - Integrante / Simone Regina Potje - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Efeitos do novo doador de óxido nítrico [Ru(terpy)(bdq) NO+]3+ (Terpy) na reatividade vascular e pressão arterial de Ratos Espontaneamente Hipertensos (SHR)., Descrição: O uso clínico de drogas que liberam óxido nítrico (NO) é limitado por seus efeitos colaterais. A hipotensão induzida pelo doador clássico de NO, nitroprussiato de sódio (NPS) é rápida, transiente e induz à taquicardia reflexa, o que pode ser um efeito indesejável em pacientes com doença cardíaca e uma limitação para a terapia anti-hipertensiva. Este estudo avaliou o efeito hipotensor e vasodilatador do novo doador de NO [Ru(terpy)(bdq)NO+]3+ (TERPY) e comparou com os resultados obtidos com o NPS em ratos Wistar e ratos espontaneamente hipertensos (SHR). Em outra parte do estudo, foram estudadas diferenças no mecanismo de ação desta droga entre aortas de SHR jovens e velhos. Diferente do observado para o NPS, a hipotensão induzida pelo TERPY é lenta, duradoura e não leva a alterações da frequência cardíaca. Além disso, o TERPY libera quantidades semelhantes de NO em aortas de SHR e Wistar, induzindo relaxamento parcialmente dependente de GCs em ambos os grupos, ao contrário do NPS, que libera mais NO em aortas de SHR e também é mais potente e eficaz em aortas desses animais. Fatores como o estresse oxidativo e a atividade da PDE5 são importantes para o relaxamento do TERPY em SHR, mas a inibição da PDE5 não aumenta a potência do TERPY em aortas de ratos Wistar. Além disso, o relaxamento induzido pelo TERPY é mais potente em anéis de aorta de SHR velhos do que novos. Os mecanismos de ação do TERPY são semelhantes nas aortas desses animais, mas, interessantemente, a incubação com Apocinina aumenta a potência do TERPY em aortas de SHR jovens, mas não de velhos. Em conjunto, estes dados demonstram que o composto TERPY é um doador de NO que possui vantagens em relação ao NPS. Além disso, é mais potente em aortas de animais hipertensos velhos, o que é mais uma vantagem para sua utilização e um incentivo para a realização de novos estudos que possam contribuir para entender melhor seu mecanismo de ação. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Integrante / Cristina Antoniali - Coordenador / BENDHACK, LUSIANE M. - Integrante / Simone Regina Potje - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 24

  • 2006 - 2008

    Estudo da precisão da análise de tomografias espirais de mandíbulas humanas secas realizadas pelo tomógrafo X-Mind Tome, Descrição: O sucesso dos implantes dentários depende de um cuidadoso planejamento préoperatório. O exame radiográfico é de fundamental importância na avaliação da morfologia; inclinação óssea e localização de estruturas anatômicas críticas durante os procedimentos de implantação; quando é necessário medir a quantidade de osso disponível. A Tomografia convencional é um exame de extrema importância; pois permite a mensuração da altura e espessura do rebordo alveolar; determinantes na escolha do tamanho do implante. Poucos autores estudaram a influência da variação do movimento tomográfico na qualidade da imagem. O objetivo deste trabalho foi elucidar precisamente as áreas avaliadas pelas imagens fornecidas por tomografias realizadas pelo tomógrafo espiral X-MIND TOME; fabricado em 2005 pela SOREDEX; Helsink; Finlândia. Foram utilizadas dez mandíbulas humanas secas; desdentadas na região dos pré-molares e molares. Os implantes foram posicionados bilateralmente em oito mandíbulas e unilateralmente em duas; com a distância de 4 mm um do outro. Em seguida; cada mandíbula foi adaptada ao tomógrafo; onde foi realizada uma radiografia panorâmica prévia; com magnificação de 50%. Sobre esta radiografia foi colocado um template que determina a região a ser avaliada; sendo realizados cortes de 4mm de largura; nos dois lados da mandíbula. Comparou-se então a solicitação ao tomógrafo com os resultados obtidos; quanto à distância e a ordem dos cortes solicitados. Foram realizadas 19 tomografias que foram avaliadas utilizando-se o programa Radioimp RADIO MEMORY Belo Horizonte Brasil. Em seguida; os dados foram tabulados; analisados e estudados estatisticamente; com nível de significância 5%. Através do teste de Wilcoxon; não foram evidenciadas diferenças estatisticamente significantes nos dados obtidos pelas tomografias; sendo; portanto; precisas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Gilberto Coclete - Integrante.

  • 2003 - 2004

    Estudo do Processo de Reparo Alveolar em Ratos Espontaneamento Hipertensos (SHR)., Descrição: Participou como colaborador neste projeto financiado pela Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), no período de 10/2003 a 09/2004,sob a orientação da Prof. Dra. Cristina Antiniali Silva. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da hipertensão e da terapia com anti-hipertensivo beta-bloqueador no processo de reparo alveolar. Através de um estudo histométrico utilizando o método da planimetria de pontos, foram avaliadas a porcentagem de pontos incidindo em tecido conjuntivo, trabeculado ósseo, remanescentes de coágulo e vasos sanguíneos no sétimo dia de reparo alveolar do terço médio do alvéolo. Nossos resultados mostraram alterações estatisticamente significantes (p<0,05) no aumento da densidade volumétrica de remanescentes do coágulo e decréscimo na densidade volumétrica de tecido conjuntivo, tecido ósseo e vasos sangüíneos no grupo de ratos SHR. O tratamento com beta-bloqueador Atenolol nos animais hipertensos não foi capaz de reverter este quadro, no entanto em ratos Wistar tratados foi observado uma menor densidade volumétrica de tecido ósseo neoformado. Dados recentes sugerem um decréscimo no número de fatores envolvidos no reparo tecidual em SHR. Pela primeira vez esta evidência é demonstrada no processo de reparo alveolar. A partir dos resultados obtidos em nosso estudo podemos associar a hipertensão essencial a um atraso no reparo alveolar observado até o sétimo dia após a exodontia em ratos espontaneamente hipertensos. O tratamento com atenolol, apesar de diminuir significativamente os valores de pressão arterial observados em SHR, não reverteu o atraso observado no processo de reparo alveolar. A diminuída resposta angiogênica observada em SHRs, a qual também não foi alterado pelo atenolol, poderia ser associada ao atraso no processo de cicatrização alveolar observada nestes animais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Integrante / Luciana Gonçalves Sicchieri - Integrante / Cristina Antoniali - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2003 - 2004

    Estudo do Processo de Reparo Alveolar em Ratos Espontaneamente Hipertensos (SHR) velhos., Descrição: Participou como bolsista deste trabalho sob a orientação da prof. Dra. Cristina Antoniali Silva. Este trabalho foi apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). O objetivo deste estudo foi avaliar a interferência da hipertensão essencial e da idade avançada nesse processo, através de um estudo histométrico do processo de reparo alveolar seguido da extração dental em ratos SHR velhos. Utilizando o método da planimetria de pontos, este estudo quantificou a porcentagem de pontos que incidiam em tecido conjuntivo, trabeculado ósseo, remanescentes de coágulo e vasos sangüíneos no terço médio do alvéolo ao sétimo dia de reparo. Encontrou-se número aumentado de remanescentes de coágulo em SHR velhos e um reduzido percentual volumétrico de tecido ósseo e vasos sanguíneos nos ratos normotensos velhos e nos SHRs novos e velhos, com p<0,05. Dados recentes têm sugerido um decréscimo no volume de fatores que estão envolvidos no reparo tecidual em SHRs. Pela primeira vez, esta evidência é demonstada no processo de reparo alveolar e em associação com a idade avançada.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Integrante / Luciana Gonçalves Sicchieri - Integrante / Cristina Antoniali - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2002 - 2003

    Efeito da variação de pH de soluções desmineralizante e remineralizante na dureza superficial de materiais restauradores que liberam flúor. 2003, Descrição: O uso do flúor na Odontologia tornou-se rotina para o controle da cárie dentária. No mercado existem diversos tipos de produtos para uso tópico, porém muitos não correspondem ou seguem as normativas de qualidade especificadas por órgãos governamentais. Um outro fator, é que o uso destes produtos, muitas vezes, é feito de maneira inadequada, fora de sua indicação. Muitos destes produtos estão em constante mudança para melhora de seu desempenho, como é caso dos materiais restauradores. O estabelecimento de métodos de associações destes produtos para aumentar a efetividade da ação do flúor no processo da cárie dental, sem como isso, aumentar a dose de flúor administrada é de fundamental importância para a saúde do paciente. Isto se tornou preocupante, trazendo risco para a saúde, com o aumento do uso destes produtos, em infantes. No tratamento de doenças locais ou sistêmicas que provocam perda mineral nos tecidos dentais ou ósseo, também tem-se utilizado terapêutica com flúor através da administração sistêmica. Assim, é objetivo deste projeto monitorar e fiscalizar se os produtos fluoretados seguem normas estabelecidas de concentração flúor, na categoria a que pertence, e sua efetividade em minimizar ou remineralizar lesões de cárie dental utilizando metodologia in vitro e in situ; avaliar a capacidade de liberação de flúor de materiais restauradores ou de selantes de fóssulas e fissuras, bem como, sua ação anticariogênica em processos que simulem atividade cariogênica in vitro e in situ; estudar a possibilidade e meios de melhorar a relação dose-resposta de fluoretos utilizados topicamente, como soluções e dentifrícios, sem aumentar o risco para o paciente, principalmente quando utilizados em crianças... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Viviane Piton Ferreira - Integrante / Alberto Carlos Botazzo Delbem - Integrante / Denise Pedrini - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2002 - 2002

    Os impactos econômicos e financeiros da UNESP para os municípios, Descrição: Entrevistador na pesquisa.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Coordenador / Celso Koogi Sonoda - Integrante / José Murari Bovo - Integrante., Financiador(es): FUNDUNESP - Análise dos impactos econômicos da Unesp nos Minicípios - Auxílio financeiro.

  • 2001 - 2002

    Tratamento da superfície radicular no reimplante dentário com gaze embebida com hipoclorito de sódio, Descrição: A sobrevida de um dente reimplantado está relacionada à manutenção do ligamento periodontal com vitalidade. No entanto, na maioria das vezes, esse ligamento encontra-se desvitalizado e contaminado quando chega ao clínico, devido a sua inadequada conservação. Alguns autores têm recomendado a sua remoção, pois em tais condições, tal estrutura possui o potencial de estímulo à reabsorção radicular. O hipoclorito de sódio possui a capacidade de remover tal estrutura, porém, possui efeito irritante quando entra em contato com o tecido conjuntivo. Isso motivou o desenvolvimento deste trabalho, no intuito de obter o mesmo efeito de remoção, diminuindo-se a concentração e o tempo de uso, para minimizar este efeito irritante. Para isso, utilizamos 36 incisivos de ratos divididos em 3 grupos. Após exodontia, todos os dentes permaneceram em meio seco por 30 minutos e na sequência tiveram a superfície radicular friccionada com gaze embebida em hipoclorito de sódio a 1%. No grupo 1 a fricção foi feita por 1 minuto, seguido de imersão em soro fisiológico por 4 minutos, no grupo II, a fricção foi por 2 minutos seguido de imersão em soro fisiológico por 3 minutos e no grupo III, o tempo de fricção foi de 4 minutos, seguido de imersão em soro fisiológico por 1 minuto. Os dentes foram processados e corados pelo Tricômico de Masson e os resultados demonstraram que nos grupos II e III, a maior parte do ligamento periodontal foi removida. Isso nos levou a crer na viabilidade desse método para remoção do ligamento periodontal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Integrante / Celso Koogi Sonoda - Coordenador / Ricardo Oliveria de Moraes - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2000 - 2001

    Análise histológica do córtex pré-frontal de macacos Rhesus, Descrição: Iniciação científica em laboratório de pesquisa. Treinamento em técnicas de produção e análise de lâminas histológicas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Felipe Camargo Munhoz - Integrante / Roelf Justino Cruz Rizzolo - Coordenador., Financiador(es): Fundação para o Desenvolvimento da UNESP - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Primeiro Lugar em Concurso Público de Universidade Federal para professor substituto 20 horas/aula., Universidade Federal do Tocantins (UFT) - Palmas/Tocantins..

2019

Segundo lugar na categoria Revisão de Literatura, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO EM CASOS DE OSTEORRADIONECROSE NA REGIÃO DA MANDÍBULA.

2019

Prêmio Superação ITPAC Porto Nacional - Melhor desempenho entre os docentes da instituição., ITPAC - Porto Nacional.

2018

1o Lugar, durante o I Encontro Tocantinense das Escolas Medicas, I Encontro Tocantinense das Escolas Medicas.

2018

3o Lugar, durante o I Encontro Tocantinense das Escolas Medicas, I Encontro Tocantinense das Escolas Medicas.

2018

3o Lugar na categoria "Apresentação Artística" - MACRO MODELO COM AS FASES DA ODONTOGENESE, Simpósio Acadêmico de Ciências de Saúde (SACS - ITPAC Porto Nacional).

2018

1o lugar na categoria de Apresentacoes Artistica - ??MACROMODELO DA ANATOMIA DO PERIODONTO SAUDAVEL??, Simpósio Acadêmico de Ciências de Saúde (SACS - ITPAC Porto Nacional).

2018

3o lugar na categoria de Projetos - "LOSARTAN COMO COADJUVANTE NO TRATAMENTO DE LESOES MUSCULARES TRAUMATICAS EM COELHOS", Simpósio Acadêmico de Ciências de Saúde (SACS - ITPAC Porto Nacional).

2018

1o lugar na categoria de Relato de caso clinico ??PANCREATITE AGUDA: EFEITO ADVERSO DO TRATAMENTO DE LEISHMANIOSE VISCERAL COM GLUCANTIME??, Simpósio Acadêmico de Ciências de Saúde (SACS - ITPAC Porto Nacional).

2018

3o lugar na categoria de Revisao da Literatura - ??USO DO PROTOCOLO DE DOR TORACICA E DIAGNOSTICO DE PACIENTES COM SINDROME CORONARIANA AGUDA NO PRONTO ATENDIMENTO??, Simpósio Acadêmico de Ciências de Saúde (SACS - ITPAC Porto Nacional).

2018

2o lugar na categoria de Revisao da Literatura ??MEDIASTINITE NECROSANTE DESCENDENTE COMO COMPLICACAO DE INFECCAO ODONTOGENICA: REVISAO DE LITERATURA??, Simpósio Acadêmico de Ciências de Saúde (SACS - ITPAC Porto Nacional).

2017

Professor Homenageado pela XVIII TURMA DE ODONTOLOGIA da ITPAC - Porto Nacional, FAPAC/ITPAC - PORTO NACIONAL.

2015

Terceiro Lugar na Categoria Apresentação Oral do trabalho "Condrossarcoma Mesenquimal imitando periodontite apical"., 2ª Semana Acadêmica de Odontologia do ITPAC - Porto Nacional - Tocantins.

2015

Segundo Lugar na categoria apresentação oral pelo trabalho "Manejo do Paciente com Odontofobia", 2ª Semana Acadêmica de Odontologia do ITPAC - Porto Nacional - Tocantins.

2015

Primeiro Lugar na categoria apresentação oral pelo trabalho "Células Tronco na Odontologia", 2ª Semana Acadêmica de Odontologia do ITPAC - Porto Nacional - Tocantins.

2012

Menção Honrosa pelo trabalho: EFEITO HIPOTENSOR E VASODILATADOR DO TERPY ([Ru(terpy)(bdq)NO+]3+ SÃO MODULADOS PELO ENDOTÉLIO E PELO ESTRESSE OXIDATIVO EM SHR., 2 Congresso da Faculdade de Odontologia de Araçatuba.

2011

Prêmio Prof. Eugênio Zerlotti - 1 Lugar categoria Painel Inglês: THE RELAXATION INDUCED BY TERPY IS MORE POTENT AND GCS DEPENDENT IN AGED SPONTANEOUSLY HYPERTENSIVE RATS (SHR) AORTA., Congresso de Odontologia de Araçatuba - Faculdade de Odontologia de Araçatuba ? UNESP..

2009

Group Study Exchange - Prêmio Intercâmbio para a Coréia do Sul (1 mês) - imersão profissional, Rotary Club.

2004

Menção Honrosa ao trabalho: Abordagem cirúrgica no tratamento da artrite reumatóide em articulação temporomandibular, demonstração e discussão de caso clínico. 24ª Jornada Acadêmica de Araçatuba, Faculdade de Odontologia de Araçatuba - Unesp..

2004

Menção Honrosa ao trabalho: Artrocentese em articulação temporomandibular. Uma análise de suas indicações, resultados, mecanismo de ação e detalhamento das técnicas. Durante a 24ª Jornada de Araçatuba, Faculdade de Odontologia de Araçatuba - Unesp..

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • ITPAC Porto Nacional, FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS. , Rua 2 Quadra 7 S/N, Jardim dos Ipês, 77500000 - Porto Nacional, TO - Brasil, Telefone: (63) 33639600, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - Atual

ITPAC Porto Nacional

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Professor de Disciplinas Básicas, Pré Clínicas e Clínicas nos Cursos de Odontologia, Enfermagem e Medicina.

2019 - Atual

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Avaliador, Carga horária: 2

Outras informações:
Membro da Junta Científica do ITPAC - Porto Nacional

2018 - Atual

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Radiologia Odontológica e Imaginologia, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e práticas no curso de Odontologia.

2018 - Atual

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Estomatologia e Diagnóstico, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas práticas e Clínicas no curso de Odontologia.

2018 - Atual

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coorientador do Grupo de Estudos em TBL, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Integrante da Equipe Multiplicadora de Metodologias do Nucleo de Apoio Pedagogico e Experiencia Docente.

2017 - Atual

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Imunologia, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas nos cursos de Odontologia e Enfermagem.

2017 - Atual

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Integrante dos Grupos de Estudos em Metodologias Ativas (Projeto GEMA) ofertados pelo Nucleo de Apoio Pedagogico e Experiencia Docente, tendo se aprofundado nos estudos das seguintes metodologias e estrategias par a Aprendizagem Ativa: TBL (Team Base Learning), Problematizacao, PBL (Problem Based Learning); utilizacao de ferramentas tecnologicas para a Aprendizagem Ativa.

2017 - Atual

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenador de Liga Acadêmica, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Participou como membro fundador e coordenador da Liga Academica de Cirurgia Plastica - LACIP do ITPAC-Porto Nacional.

2015 - Atual

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Núcleo Docente Estruturante, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Gestão Educacional

2017 - 2019

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Genética e Evolução, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas nos cursos de Odontologia de Enfermagem.

2015 - 2019

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Responsável Técnico pela Clínica Odontológica, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Responsável técnico pela clínica odontológica.

2014 - 2019

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
PROFESSOR INTEGRAL DEDICAÇÃO EXCLUSIVA

2017 - 2018

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Radiologia Odontológica II, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e práticas no curso de Odontologia.

2017 - 2018

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Biologia Bucal, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e práticas no curso de Odontologia.

2017 - 2018

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenador de Liga Acadêmica, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Participou da Liga Academica de Saude da Familia do Tocantins - LASF-TO no semestre de 2017/02, cumprindo a carga horaria total de 28 horas, na qualidade de Coordenador.

2017 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Radiologia Odontológica I, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas no curso de Odontologia.

2017 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Citologia/Histologia Geral, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e práticas (microscópio) no curso de Odontologia.

2017 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Radiologia Odontológica e Imaginologia, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e práticas no curso de Odontologia.

2017 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Introdução à Odontologia e Biossegurança, Carga horária: 3, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas no curso de Odontologia.

2017 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Biofísica e Fisiologia Humana, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e práticas no curso de Odontologia.

2017 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Microbiologia Oral e Cariologia, Carga horária: 3, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas no curso de Odontologia.

2017 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Embriologia, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas no curso de Enfermagem.

2017 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Radiologia I, Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e práticas no curso de Odontologia.

2017 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Semiologia Geral, Carga horária: 3, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas no curso de Odontologia.

2016 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Estomatologia I, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas no curso de Odontologia.

2016 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Estomatologia II, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Clínica de estomatologia no curso de Odontologia.

2015 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Diagnóstico Bucal, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e Clínicas no curso de Odontologia.

2014 - 2017

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Estomatologia, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e clínicas no curso de Odontologia.

2016 - 2016

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Clínica Muldisciplinar III, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Clínicas no curso de Odontologia.

2014 - 2016

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Epidemiologia Médica, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas no curso de Medicina.

2015 - 2015

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Radiologia Odontológica II, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e práticas no curso de Odontologia.

2014 - 2015

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Anatomia Humana I, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e práticas no curso de Enfermagem.

2014 - 2014

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Epidemiologia e Bioestatística, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas no curso de Medicina.

2014 - 2014

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Anatomia Humana II, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e práticas no curso de Enfermagem.

2014 - 2014

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Interação á Saúde Comunitária III, Carga horária: 3, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas no curso de enfermagem.

2014 - 2014

Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Formal labor contract, Enquadramento Funcional: Professor de Fisiologia Médica I, Carga horária: 6, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aulas teóricas e práticas no curso de Medicina.

Atividades

  • 08/2018

    Direção e administração, Nucleo de Apoio Pedagogico e Experiencia Docente, .,Cargo ou função, Integrante da Equipe Multiplicadora de Metodologias do Nucleo de Apoio Pedagogico e Experiencia Docente.

  • 08/2017

    Treinamentos ministrados , FACULDADE DE MEDICINA, .,Treinamentos ministrados, Utilizacao de ferramentas tecnologicas para a Aprendizagem Ativa.

  • 02/2015

    Direção e administração, FACULDADE DE ODONTOLOGIA, .,Cargo ou função, Integrante do Núcleo Docente Estruturante.

  • 02/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , FACULDADE DE ODONTOLOGIA, .,Linhas de pesquisa

  • 02/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , FACULDADE DE MEDICINA, .,Linhas de pesquisa

  • 02/2014

    Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Anatomia I e Anatomia II, Embriologia, Genética e Evolução, Histologia Geral, Imunologia, Interação em Saúde Comunitária, Genética, Embriologia e Evolução

  • 02/2014

    Ensino, Odontologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia Bucal, Microbiologia bucal e Cariologia, Estomatologia, Semiologia, Diagnóstico e Radiologia Odontológica, Fisiologia e Biofísica, Genética e Evolução, Imunologia, Introdução á Odontologia e Biossegurança, Radiologia Odontológica

  • 02/2015 - 12/2018

    Direção e administração, FACULDADE DE ODONTOLOGIA, .,Cargo ou função, Responsável Técnico pela Clínica Odontológica.

  • 02/2014 - 12/2018

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fisiologia Médica, Epidemiologia Médica, Epidemiologia e Bioestatística

2009 - 2012

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2002 - 2003

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 40

2001 - 2002

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 04/2009 - 10/2012

    Pesquisa e desenvolvimento , Programa Multicêntrico de Ciências Fisiológicas, .,Linhas de pesquisa

  • 08/2002 - 07/2003

    Pesquisa e desenvolvimento , PIBIC, .,Linhas de pesquisa

  • 08/2001 - 07/2002

    Pesquisa e desenvolvimento , PIBIC, .,Linhas de pesquisa

2003 - 2004

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 08/2003 - 09/2004

    Treinamentos ministrados , Faculdade de Odontologia de Araçatuba, .,Treinamentos ministrados, Treinamento técnico laboratorial - mensuração de Pressão Arterial em ratos, elaboração e preparo histológico

2005 - 2007

Colégio Êxito de Araçatuba

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Ciências e Biologia., Carga horária: 40

Atividades

  • 02/2005 - 12/2007

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Ciências

  • 02/2005 - 12/2007

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Biologia

2013 - 2013

Colégio Degrau Positivo

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Sociologia, Carga horária: 4

2013 - 2013

Colégio Degrau Positivo

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Matemática e Educação Ambiental, Carga horária: 8

Atividades

  • 03/2013 - 09/2013

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Matemática, Educação Ambiental

  • 03/2013 - 09/2013

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Sociologia

2004 - 2005

Colégio Maestro de Araçatuba

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Biologia, Carga horária: 4

Atividades

  • 08/2004 - 12/2004

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Biologia

2007 - 2007

Colégio Uniesp

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Ciências, Carga horária: 4

Atividades

  • 03/2007 - 12/2007

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Ciências

2000 - 2000

Centro de Atendimento ao Pacientes Excepcionais (CAOE-UNESP-Araçatuba/SP)

Vínculo: Estágio Clínico, Enquadramento Funcional: Estágio Clínico, Carga horária: 4

Atividades

  • 03/2000 - 07/2000

    Estágios , Centro de Atendimento ao Pacientes Excepcionais (CAOE-UNESP-Araçatuba/SP), .,Estágio realizado, Estágio Clínico Voluntário no Centro de Atendimento aos Pacientes Excepcionais.

2003 - 2003

Centro de Oncologia Bucal (COB- UNESP-Araçatuba/SP)

Vínculo: Estágio Clínico, Enquadramento Funcional: Estágio Clínico no serviço de Dor Orofacial, Carga horária: 4

Outras informações:
Estágio Clínico de 160 horas no serviço de Dor Orofacial.

2003 - 2003

Centro de Oncologia Bucal (COB- UNESP-Araçatuba/SP)

Vínculo: Estágio Clínico, Enquadramento Funcional: Estágio Clínico no serviço de Oncologia, Carga horária: 4

Outras informações:
Estágio Clínico no Serviço de Oncologia Bucal: 102 horas.

2002 - 2002

Centro de Oncologia Bucal (COB- UNESP-Araçatuba/SP)

Vínculo: Estágio Clínico, Enquadramento Funcional: Estágio Clínico no serviço de Dor Orofacial, Carga horária: 4

Outras informações:
Estágio clínico no serviço de Dor Orofacial: 168 horas.

2000 - 2000

Centro de Oncologia Bucal (COB- UNESP-Araçatuba/SP)

Vínculo: Estágio em estatística, Enquadramento Funcional: Estágio em estatística e arquivologia, Carga horária: 4

Outras informações:
Estágio de 104 em arquivologia e estatística no serviço de oncologia bucal.

Atividades

  • 04/2003 - 11/2003

    Estágios , Centro de Oncologia Bucal - COB/FOA/UNESP, .,Estágio realizado, Estágio Clínico Voluntário no Serviço de Oncologia Bucal..

  • 03/2003 - 11/2003

    Estágios , Centro de Oncologia Bucal - COB/FOA/UNESP, .,Estágio realizado, Estágio Clínico Voluntário no Serviço de Dor Orofacial Crônica.

  • 03/2002 - 11/2002

    Estágios , Centro de Oncologia Bucal - COB/FOA/UNESP, .,Estágio realizado, Estágio Clínico Voluntário no serviço de Dor Orofacial Crônica..

  • 04/2000 - 11/2000

    Estágios , Centro de Oncologia Bucal - COB/FOA/UNESP, .,Estágio realizado, Estágio no serviço de arquivologia e estatística.

2003 - 2003

Fauldade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP)

Vínculo: Estágio Clínico, Enquadramento Funcional: Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Carga horária: 50, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Estágio Clínico de 192 no serviço de Cabeça e Pescoço do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da universidade de São Paulo (FMRP-USP).

Atividades

  • 01/2003 - 02/2003

    Estágios , Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, .,Estágio realizado, Estágio Clínico Voluntário no serviço de trauma e semiologia de Cabeça e Pescoço..

2004 - 2004

Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP)

Vínculo: Monitoria Clínica, Enquadramento Funcional: Monitor da Disciplina, Carga horária: 8

Outras informações:
Monitoria Clínica na Disciplina de Estomatologia - 132 horas.

2003 - 2004

Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP)

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2002 - 2003

Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP)

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2001 - 2002

Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP)

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2000 - 2001

Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA/UNESP)

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Estágio de Iniciação Científica no departamento de Ciências Básicas do Programa de Apoio ao estudante da Faculdade de Odontologia de Araçatuba - FOA/UNESP.

Atividades

  • 04/2004 - 12/2004

    Estágios , Faculdade de Odontologia de Araçatuba, .,Estágio realizado, Monitoria Clínica na Disciplina de Estomatologia..

2013 - 2013

Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic

Vínculo: Professor Convidado, Enquadramento Funcional: Professor de Metodologia Científica, Carga horária: 32, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Professor de Metodologia Científica no curso de especialização de Implantodontia da Faculdade São Leopoldo Mandic - Unidade Belo Horizonte/MG.

2016 - 2016

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA (TO)

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
Aula intitulada "Diagnóstico de Lesões de Boca".

2018 - 2018

Instituto de Pesquisa e Ensino

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
Aula Teórica de "Emergências médicas em odontologia".

2019 - Atual

Universidade Federal do Tocantins

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

Outras informações:
Professor de Embriologia (primeiro período) e Patologia Geral (quarto período) do curso de Medicina.

2019 - Atual

Universidade Federal do Tocantins

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 6

1998 - 1999

Centro Cultural Brasil Estados Unidos

Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 2

Outras informações:
Professor de Inglês