CHRISTINA JOSELEVITCH

Professora Doutora do Departamento de Psicologia Experimental do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Investiga a comunicação celular e codificação de sinais na retina de vertebrados através de eletrofisiologia, morfologia e modelagem computacional. Possui graduação em Medicina Veterinária e Zootecnia pela Universidade de São Paulo, mestrado em Psicologia (Neurociências e Comportamento) pela Universidade de São Paulo e doutorado em Medicina (Neurociências) pela Universidade de Amsterdã, Holanda.

Informações coletadas do Lattes em 28/02/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Medicina

1999 - 2005

Universiteit van Amsterdam
Título: The twilight zone: how mixed-input bipolar cells process rod and cone signals
Orientador: Henk Spekreijse e Maarten Kamermans
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: visão; eletrofisiologia; retina; celulas bipolares; fotorreceptores; redes neurais. Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Biofísica / Subárea: Biofísica Celular. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Citologia e Biologia Celular. Setores de atividade: Neurociências.

Mestrado em Neurociências e Comportamento

1997 - 1999

Universidade de São Paulo
Título: Visao no ultravioleta em Carassius auratus (Ostariophysi, Cypriniformes, Cyprinidae): estudo eletrofisiologico do sistema cones-celulas horizontais,Ano de Obtenção: 1999
Dora Selma Fix Ventura.Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: visao; percepcao de cor; retina; celulas horizontais; eletrofisiologia; biofísica. Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Biofísica / Subárea: Biofísica de Processos e Sistemas. Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Fisiológica / Especialidade: Neurologia, Eletrofisiologia e Comportamento. Setores de atividade: Neurociências.

Graduação em Medicina Veterinária e Zootecnia

1992 - 1996

Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

1987 - 1989

Escola Americana e Colégio Mackenzie

Ensino Fundamental (1º grau)

1981 - 1986

Colégio de São Bento

Ensino Fundamental (1º grau)

1979 - 1980

Colégio das Bandeiras

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2009 - 2010

Pós-Doutorado. , Universidade de São Paulo, USP, Brasil. , Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. , Grande área: Ciências Humanas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia de Órgãos e Sistemas / Especialidade: Neurofisiologia. , Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Biofísica / Subárea: Biofísica Celular.

2008 - 2009

Pós-Doutorado. , Yale University School of Medicine, YUSM, Estados Unidos. , Grande área: Ciências Biológicas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Biofísica / Subárea: Biofísica Celular. , Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Citologia e Biologia Celular.

2005 - 2007

Pós-Doutorado. , The Netherlands Institute for Neuroscience, NIN, Holanda. , Grande área: Ciências Biológicas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Biofísica / Subárea: Biofísica Celular. , Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Citologia e Biologia Celular.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

Atualização em biotérios. (Carga horária: 3h). , Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, ICB-USP, Brasil.

2018 - 2018

Microscopy, neuron reconstruction and stereology. (Carga horária: 10h). , Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, IP-USP, Brasil.

2017 - 2017

Manejo e Criação de Zebrafish. (Carga horária: 40h). , Instituto Butantan, IBU, Brasil.

2017 - 2017

Introdução à programação em MATLAB. (Carga horária: 30h). , Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, IP-USP, Brasil.

2013 - 2013

Fundamental Principles of Sensory Processing. (Carga horária: 6h). , Max Plack Institut fuer Experimentelle Medizin, MPI-EM, Alemanha.

2013 - 2013

Microscopia Confocal e Óptica Não Linear na Anális. (Carga horária: 32h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2013 - 2013

Introdução ao Image J. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2013 - 2013

Workshop de Capacitação em Publicação Científica. (Carga horária: 16h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2011 - 2011

Biossegurança. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, FMVZ-USP, Brasil.

2010 - 2010

Modelos experimentais de doenças neurológicas e neurodegenerativas: investi. (Carga horária: 3h). , Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento, SBNeC, Brasil.

2010 - 2010

Moodle. (Carga horária: 5h). , Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, IP-USP, Brasil.

2010 - 2010

Memantine and glaucoma. (Carga horária: 3h). , Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, IP-USP, Brasil.

2010 - 2010

Ressonância magnética funcional: bases para uso em pesquisa. (Carga horária: 3h). , Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento, SBNeC, Brasil.

2009 - 2009

Estrutura e função da retina. (Carga horária: 30h). , Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, IP-USP, Brasil.

2009 - 2009

Hazardous waste management. (Carga horária: 6h). , Yale University School of Medicine, YUSM, Estados Unidos.

2008 - 2008

Regulatory training for animal care and use. (Carga horária: 2h). , Yale University School of Medicine, YUSM, Estados Unidos.

2008 - 2008

Fundamentals of teaching science. (Carga horária: 6h). , Yale University School of Medicine, YUSM, Estados Unidos.

2008 - 2008

Laboratory chemical safety. (Carga horária: 4h). , Yale University School of Medicine, YUSM, Estados Unidos.

2008 - 2008

Yale Microscopy Workshop. (Carga horária: 18h). , Yale University School of Medicine, YUSM, Estados Unidos.

2005 - 2005

Writing English For Publication. (Carga horária: 24h). , Koninklijke Nederlandse Akademie van Wetenschappen, KNAW, Holanda.

2004 - 2004

Laboratory animal science. (Carga horária: 170h). , University of Utrecht, UU, Holanda.

2003 - 2003

Adobe Photoshop. (Carga horária: 12h). , The Netherlands Ophthalmic Research Institute, NORI, Holanda.

2002 - 2002

Neuropsychopharmacology. (Carga horária: 70h). , Graduate School Neurosciences Amsterdam, ONWA, Holanda.

2001 - 2001

Molecular neurobiology. (Carga horária: 80h). , Graduate School Neurosciences Amsterdam, ONWA, Holanda.

2000 - 2000

Advanced course in neurosciences. (Carga horária: 150h). , Graduate School Neurosciences Amsterdam, ONWA, Holanda.

2000 - 2000

Modern electrophysiological techniques. (Carga horária: 160h). , Graduate School Neurosciences Amsterdam, ONWA, Holanda.

2000 - 2000

Holandês. , University of Amsterdam, UVA, Holanda.

1998 - 1998

Pricípios básicos para o uso de animais. (Carga horária: 3h). , Federação das Sociedades de Biologia Experimental, FeSBE, Brasil.

1998 - 1998

Mecanismos de controle da ritmicidade biológica. (Carga horária: 3h). , Federação das Sociedades de Biologia Experimental, FeSBE, Brasil.

1998 - 1998

Microscopia confocal nível intermediário. (Carga horária: 8h). , Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, IP-USP, Brasil.

1991 - 1998

Alemão. , Instituto Goethe, IG, Brasil.

1997 - 1997

Novas técnicas de microscopia. (Carga horária: 3h). , Federação das Sociedades de Biologia Experimental, FeSBE, Brasil.

1997 - 1997

Microscopia confocal nível básico. (Carga horária: 8h). , Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, IP-USP, Brasil.

1997 - 1997

Eletrobiologia e canais iônicos. (Carga horária: 3h). , Federação das Sociedades de Biologia Experimental, FeSBE, Brasil.

1997 - 1997

Behavioral Techniques in Pigeons. (Carga horária: 240h). , Universitat Konstanz Alemanha, UK, Alemanha.

1995 - 1995

Urgências em oftalmologia. , Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, FMUSP, Brasil.

1995 - 1995

Neurologia em pequenos animais: um desafio. (Carga horária: 24h). , Associação Nacional de Clínico Veterinários de Pequenos Animais - SP, ANCLIVEPA-SP, Brasil.

1995 - 1995

Small Animal Neuroophthalmology (estágio). (Carga horária: 160h). , University of Pennsylvania, UPENN, Estados Unidos.

1994 - 1994

Imunologia em peixes. (Carga horária: 6h). , Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz, FEALQ, Brasil.

1993 - 1993

Medicina veterinária alternativa. , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, FMVZ-USP, Brasil.

1992 - 1992

Primeiros socorros em medicina veterinária. (Carga horária: 9h). , Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, FMVZ-USP, Brasil.

1989 - 1990

Espanhol. , Colégio Miguel de Cervantes, CMC, Brasil.

1984 - 1989

Inglês. , Sociedade Brasileira de Cultura Inglesa, SBCI, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Alemão

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Holandês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Fisiológica.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: NEUROCIÊNCIAS E COMPORTAMENTO.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: NEUROCIÊNCIAS.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia de Órgãos e Sistemas/Especialidade: Neurofisiologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

JOSELEVITCH, C ; Souza, G.S. ; MAIA, M. ; HAMASSAKI, D. E. . XIII Congresso da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology. 2016. (Congresso).

JOSELEVITCH, C ; HAMASSAKI, D. E. . SIMPÓSIO BRAVO (39o. SIMASP) - Do laboratório ao consultório: o papel da pesquisa translacional no tratamento oftalmológico. 2016. (Outro).

JOSELEVITCH, C. ; Souza, G.S. ; MAIA, M. ; HAMASSAKI, D. E. . XII Congresso da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology. 2015. (Congresso).

PESSOA JUNIOR, O. F. ; CAMPO, A. B. ; PEREIRA JUNIOR, A. ; QUEIROZ, A. J. M. ; LECLERC, A. ; CRAVO, A. M. ; LOULA, A. C. ; FORNER-CORDERO, A. ; SANTOS, C. S. ; JOSELEVITCH, C. ; ALVES, D. Z. ; GOMI, E. S. ; TEODOROV, E. ; VIOTTI, E. C. ; COZMAN, F. G. ; et al. . 10th International Brazilian Meeting on Cognitive Science. 2015. (Congresso).

JOSELEVITCH, C. ; Souza, G.S. ; MAIA, M. ; HAMASSAKI, D. E. . XI Congresso da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology. 2014. (Congresso).

JOSELEVITCH, C. ; Souza, G.S. ; MAIA, M. ; HAMASSAKI, D. E. . BRAVO - AIVO Social. 2014. (Outro).

JOSELEVITCH, C. ; Souza, G.S. ; MAIA, M. ; HAMASSAKI, D. E. . X Congresso da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology. 2013. (Congresso).

SALOMAO, S. R. ; VENTURA, D. S. F. ; BEREZOVSKY, A. ; JOSELEVITCH, C. . Encontro da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology (evento Pré-FeSBE). 2011. (Congresso).

JOSELEVITCH, C. ; HAMASSAKI, D. E. ; MAIA, M. ; SALOMAO, S. R. . VIII Congresso da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology. 2011. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

International Symposium on Refinement and Reproducibility in Animal Experiments. 2018. (Simpósio).

47ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. Psicologia Cognitiva e Neurociências: conjunturas teóricas no estudo da percepção e cognição. 2017. (Congresso).

Encontro do INCT para Doenças Cerebrais, Excitoxicidade e Neuroproteção (465671/2014-4).Temas e linhas de pesquisa do Laboratório da Visão, IPUSP. 2017. (Encontro).

XXV SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP. Densidade e distribuição das células bipolares ON de entrada mista do peixe dourado ao longo do crescimento. 2017. (Congresso).

39º Simpósio Moacyr Álvaro.A pesquisa translacional e perspectivas para o tratamento da retinopatia da prematuridade. 2016. (Simpósio).

II Encontro de CEUAs da FMVZ/USP e SBPPC e VI Fórum da Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUAVet) da FMVZ/USP. 2016. (Simpósio).

XXXI Reunião Anual da FeSBE. Sensibilidade à luz na retina externa do camundongo: resultados preliminares. 2016. (Congresso).

XXXI Reunião Anual da FeSBE. Cell morphology and signal processing in the retina: a window into the brain. 2016. (Congresso).

10th International Brazilian Meeting on Cognitive Science. Behavior analysis and neuroscience: exploring frontiers for a new neuroscientific model. 2015. (Congresso).

10th International Brazilian Meeting on Cognitive Science. Gain control at the first visual synapse. 2015. (Congresso).

67a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. Integração de sinais de cones e bastonetes na retina. 2015. (Congresso).

67a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. Estratégias experimentais para reparo de injúrias retinianas irreversíveis. 2015. (Congresso).

ARVO Annual Meeting. Morphological effects of the intravitreal injection of acyclovir upon cell density in the ganglion cell layer of the rabbit retina. 2015. (Congresso).

II Simpósio CONCEA. 2015. (Simpósio).

VII Congresso Interno do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Densidade e distribuição de células bipolares ON de entrada mista ao longo do crescimento na retina do peixe dourado. 2015. (Congresso).

VII Congresso Interno do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Avaliação de contagens celulares como ensaio toxicológico na retina. 2015. (Congresso).

VII Congresso Interno do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Estudo eletrofisiológico e morfológico de modelo animal para retinopatia da prematuridade. 2015. (Congresso).

VII Congresso Interno do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Relação entre sensibilidade e convergência na retina de peixes dourados. 2015. (Congresso).

Workshop sobre sistemas sensoriais na Amazônia.Visão em peixes: processamento retiniano de sinais. 2015. (Oficina).

XXX Reunião Anual da FeSBE. Avaliação de contagens celulares como ensaio toxicológico na retina. 2015. (Congresso).

XXX Reunião Anual da FeSBE. Introdução do conferencista internacional Robert G. Smith. 2015. (Congresso).

22o Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.Estudo das relações entre células bipolares ON de entrada mista e bastonetes no peixe dourado (Carassius auratus). 2014. (Simpósio).

22o Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.Distribuição das células bipolares ON de entrada mista na retina do peixe dourado (Carassius auratus) ao longo do crescimento. 2014. (Simpósio).

37o. Simpósio Internacional Moacyr Álvaro.Abordagens Experimentais Para Recuperação das Injúrias Retinianas Irreversíveis. 2014. (Simpósio).

4º Congresso Paranaense de Ciências Biomédicas. Como elaborar pôsteres. 2014. (Congresso).

ARVO Annual Meeting. Distribution of goldfish mixed-input ON bipolar cells during retinal growth. 2014. (Congresso).

FASEB Summer Research Conferences on Retinal Neurobiology. Voltage-Gated Potassium channels contribute to gain control of rod-driven light responses in goldfish mixed-input ON bipolar cells. 2014. (Congresso).

Hibrida.Como vemos? Um panorama fisiologico. 2014. (Seminário).

XXIX Reunião Anual da FeSBE. Introdução do conferencista internacional Robert Duvoisin. 2014. (Congresso).

XXIX Reunião Anual da FeSBE. Distribuição das células bipolares ON de entrada mista na retina do peixe dourado (Carassius auratus) ao longo do crescimento. 2014. (Congresso).

XXIX Reunião Anual da FeSBE. Estudo morfológico dos efeitos da injeção intravítrea de aciclovir na densidade celular da camada de células ganglionares da retina de coelhos. 2014. (Congresso).

I Congresso Brasileiro de Neurovisão. Mecanismos retinianos para a visão de cores. 2013. (Congresso).

Neuroscience 2013. A survey of amacrine cell types in the goldfish retina. 2013. (Congresso).

Ribbon Synapses Symposium 2013.Direct observation of vesicle transport on the synaptic ribbon. 2013. (Simpósio).

XXVIII Reunião Anual da FesBE. Como elaborar apresentações orais. 2013. (Congresso).

XXVIII Reunião Anual da FeSBE. Estratégias de recuperação visual nas injúrias irreversíveis dos tecidos retinianos. 2013. (Congresso).

XXVIII Reunião Anual da FeSBE. Abordagens experimentais para recuperação visual nas injúrias irreversíveis dos tecidos retinianos. 2013. (Congresso).

10th International Congress on Cell Biology. Gain control in the outer retina. 2012. (Congresso).

VI Congresso Interno do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Distribuição de células bipolares do tipo ON em peixe dourado (Carassius auratus). 2012. (Congresso).

VIII Congresso da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology. Microcircuitos e Transmissão Sináptica na Retina. 2012. (Congresso).

XXVII Reunião Anual da FeSBE. Como elaborar apresentações orais. 2012. (Congresso).

XXVII Reunião Anual da FeSBE. Gain control in the outer retina. 2012. (Congresso).

XXVII Reunião Anual da FeSBE. Retinal Neurobiology. 2012. (Congresso).

ARVO Annual Meeting. Vesicle transport on the synaptic ribbon and its role in the recovery from synaptic depression. 2011. (Congresso).

European Retina Meeting. Bipolar Cell Pathways II. 2011. (Congresso).

Pan American Research Day.Vesicle transport on the synaptic ribbon and its role in the recovery from synaptic depression. 2011. (Encontro).

VII Congresso da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology. Neurobiologia da Retina. 2011. (Congresso).

VII Congresso da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology. Neurobiologia da Retina. 2011. (Congresso).

XIII Research Days - Department of Ophthalmology - UNIFESP. Retinal Mechanisms for Color Vision. 2011. (Congresso).

XXVI Reunião Anual da FeSBE. Signal transduction in sensory, hormone and drug receptors. 2011. (Congresso).

FASEB Summer Research Conference on Retinal Neurobiology and Visual Processing. No evidence of UV input to cone-driven horizontal cells in the goldfish retina. 2010. (Congresso).

I Encontro Nacional de Processos Psicológicos Básicos. 2010. (Encontro).

XIII Simpósio de Pesquisa e Intercâmbio Científico em Psicologia.GT39 - Psicobiologia, Neurociências e Comportamento. 2010. (Outra).

XIX Biennial Meeting of the International Society for Eye Research. No evidence of UV input to cone-driven horizontal cells in the goldfish retina. 2010. (Congresso).

XXV Reunião Anual da FeSBE. Cones uv não projetam para células horizontais no peixe dourado adulto. 2010. (Congresso).

XXXIV Congresso Anual SBNeC 2010. Cones uv não projetam para células horizontais no peixe dourado adulto. 2010. (Congresso).

ARVO Annual Meeting. Vesicle transport on the synaptic ribbon and its role in the recovery from synaptic depression. 2009. (Congresso).

Neuroscience Track Recruitment Brunch and Poster Session.Vesicle transport on the synaptic ribbon and its role in the recovery from synaptic depression. 2009. (Outra).

Annual Retreat of the Cellular and Molecular Physiology Department.Vesicle transport on the synaptic ribbon and its role in the recovery from synaptic depression. 2008. (Encontro).

ARVO Annual Meeting. Interaction between rod and cone inputs in mixed-input bipolar cells of the goldfish. 2007. (Congresso).

European Retina Meeting. Localization of metabotropic glutamate receptors in the outer plexiform layer of the goldfish retina. 2007. (Congresso).

FASEB Summer Research Conference on Retinal Neurobiology and Visual Processing. Dendritic potassium channels in mixed-input ON bipolar cells. 2006. (Congresso).

III Amsterdam Retinal Connexin Meeting. 2006. (Encontro).

Netwerken / Career Development.Talentendag. 2006. (Oficina).

ARVO Annual Meeting. Dendritic potassium channels in mixed input on bipolar cells. 2005. (Congresso).

II Amsterdam Retinal Connexin Meeting. 2005. (Encontro).

ARVO Annual Meeting. Rod-driven light-responses in mixed-input bipolar cells. 2004. (Congresso).

FASEB Summer Research Conference on Retinal Neurobiology and Visual Processing. Multiple conductance mechanisms generate rod-driven ON bipolar cell responses in the goldfish retina. 2004. (Congresso).

Development, Dynamics and Pathology of Neuronal Networks. 2003. (Congresso).

I Amsterdam Retinal Connexin Meeting. 2003. (Encontro).

Annual Meeting of the Graduate Schools Neurosciences Amsterdam and Patophysiology of the Nervous System.Glutamate receptors of depolarizing mixed-input bipolar cells of the goldfish retina. 2002. (Encontro).

FASEB Summer Research Conference on Retinal Neurobiology and Visual Processing. Glutamate receptors of depolarizing mixed-input bipolar cells of the goldfish retina. 2002. (Congresso).

Annual Meeting of the Graduate Schools Neurosciences Amsterdam and Patophysiology of the Nervous System.Glutamate receptors of mixed-input bipolar cells of the goldfish retina. 2001. (Encontro).

ARVO Annual Meeting. Intensity-dependent opponency in mixed-input bipolar cells of the goldfish retina. 2001. (Congresso).

Annual Meeting of the Graduate Schools Neurosciences Amsterdam and Patophysiology of the Nervous System.Preliminary recordings from bipolar cells in goldfish retinal slices. 2000. (Encontro).

Biophysics: From Molecules to Cell. 2000. (Simpósio).

Annual Meeting of the Graduate Schools Neurosciences Amsterdam and Patophysiology of the Nervous System. 1999. (Encontro).

ARVO Annual Meeting. A UV-coded bipolar cell type. 1999. (Congresso).

I International Seminar on Electronic Interfaces and III Workshop on Cybernetic Vision.Coding of UV information in the goldfish retina. 1999. (Seminário).

International School of Biophysics.Vision in the ultraviolet range in Carassius auratus (Ostariophysi, Cypriniformes, Cyprinidae): an electrophysiological study. 1998. (Seminário).

XIII Reunião Anual da FeSBE. Respostas à luz ultravioleta na retina do peixe dourado, Carassius auratus. 1998. (Congresso).

ARVO Annual Meeting. Study of the aqueous humor outflow in standard and black moor goldfish (Carassius auratus). 1997. (Congresso).

X Semana Científica do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo.Estudo do sistema de drenagem do humor aquoso em Carassius auratus (Ostariophysi, Cypriniformes, Cyprinidae) variedades padrão e ?demekin?. 1996. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Danilo Araújo Amaral Santos

JOSELEVITCH, C.; SOUZA, E. M. G.; Mendes, C.C.C.; BRITTO, L. R. G.. Avaliação do efeito do gangliosídeo GM1 por via intraestriatal em modelo animal da doença de Parkinson induzida por 6-hidroxi-dopamina. 2018. Dissertação (Mestrado em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Kae Leopoldo

CLAESSENS, P. M. E.; CASSOLA, A. C.;COSTA, MARCELO FERNANDESJOSELEVITCH, C.. O efeito das condutâncias dependentes de voltagem e de glutamato nas respostas à luz da célula bipolar ligada a bastonetes: um estudo computacional. 2017. Dissertação (Mestrado em Psicologia Experimental) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Sarah Kuwano Molinari Salotti

JOSELEVITCH, C.; AVANCINI, A. J.; GUALTIERI, M.. . Percepção estética de fotografias. 2017. Dissertação (Mestrado em Psicologia Experimental) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Ricardo Tiosso Panassiol

VENTURA, D. F.; Souza, G.S.; GIORDANO, R. J.;JOSELEVITCH, C. Estudo eletrofisiológico de modelo animal para retinopatia da prematuridade. 2017. Dissertação (Mestrado em Psicologia Experimental) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Aline Yoshie Goto

SMITH, R. L.; HAMASSAKI, D. E.; Bonci, D.M.O.;JOSELEVITCH, C. Estudo da produção, composição e drenagem dos meios oculares de Carassius auratus (Cyprinidae) variedades padrão e demekin. 2016. Dissertação (Mestrado em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Flávio Theodoro da Silva

VENTURA, D. S. F.; HAMASSAKI, D. E.;JOSELEVITCH, C.. Distribuição das células bipolares ON do peixe dourado (Carassius auratus). 2013. Dissertação (Mestrado em Psicologia Experimental) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Renata Genaro Aguiar

JOSELEVITCH, C.; ROCHA, F. A. F.;VENTURA, D. S. F.. Estudo eletrofisiológico dos efeitos da injeção intravítrea de ácido micofenólico (MPA) na retina de coelhos. 2011. Dissertação (Mestrado em Neurociências e Comportamento) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Loreni Cristine da Silva

JOSELEVITCH, C.; Yamanouye, N.; HAMASSAKI, D. E.. A GTPase Rac1 participa da proliferação de células gliais de Müller após lesão excitotóxica. 2011. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Tecidual) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

Aluno: Maria Cristina Valzachi Rocha

JOSELEVITCH, C.; BERNARDI, M. M.; CRUZ, F. C.; FELICIO, L. F.; CAMARINI, R.. Estudo das vias de ativação do CREB na neuroplasticidade induzida por cocaína em camundongos adolescentes e adultos. 2017. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

Aluno: Fabrízio Veloso Rodrigues

JOSELEVITCH, C.; Vanzella, P.M.; Figueiredo, F.L.; COSTA, M. F.; GUALTIERI, M.. O processamento de informação rítmica em pessoas com ouvido absoluto. 2017. Tese (Doutorado em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Daniella Sabino Bagatello

JOSELEVITCH, C; Otta, E; Rodrigues, J.A.; Marques, M.J.; Bittencourt, J.C.. Identificação, caracterização molecular, mapeamento e colocalização do receptor 1 do hormônio concentrador de melanina em mama de ratas lactantes e não-lactantes. 2016. Tese (Doutorado em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: GABRIELA LOURENÇON IOSHIMOTO

JOSELEVITCH, C.; MESSIAS, A. M. V.; ROCHA, F. A. F.; HAMASSAKI, D. E.; VENTURA, D. F.. Estudo terapêutico do implante intravítreo de ácido micofenólico em uveíte autoimune experimental. 2015. Tese (Doutorado em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Caroline Costa Gomes Alencar

JOSELEVITCH, C.; Kirsten, G.P.C.; CLAESSENS, P. M. E.; LEONELLI, M.; BRITTO, L. R. G.. Efeitos da desnutrição proteica na percepção de contraste e acuidade visual em seres humanos e em ratos. 2014. Tese (Doutorado em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Mirella Telles Salgueiro Barboni

JOSELEVITCH, C.; MESSIAS, A. M. V.; TAKAHASHI, W. Y.; Souza, G.S.;VENTURA, D. S. F.. Avaliação eletrofisiológica e psicofísica das vias visuais ON e OFF em jovens com distrofia muscular de Duchenne. 2012. Tese (Doutorado em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Fernanda Balen

JOSELEVITCH, C.Ventura, Dora Fix; BRITTO, L. R. G.; CASTRUCCI, A. M. L.; HAMASSAKI, D. E.. Em busca de novos métodos de tratamento para a retinose pigmentar causada por mutações na rodopsina. 2012. Tese (Doutorado em Biologia Celular e Tecidual) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

Aluno: Lauro José Barata de Lima

JOSELEVITCH, C.; Marcelo Fernandes da Costa; Souza, G.S.;VENTURA, D. S. F.; Luiz Carlos de Lima Silveira. Estudo psicofísico e eletrofisiológico de famílias com história de retinose pigmentar. 2010. Tese (Doutorado em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Diego Vinícius Lopes Decleva

ABDULKADER, F. R. M.; VENTURA, D. F.;JOSELEVITCH, C. Estudo da relação entre convergência e sensibilidade em células bipolares ON de entrada mista da retina do peixe dourado (Carassius auratus). 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Muriele Nazareth Lobato

JOSELEVITCH, C.; COSTA, M. F.; LIMA, S. M. A.. Identificação neuroanatômica de áreas cerebrais relacionadas à produção do canto em uma espécie de pássaro sub-oscine da Amazônia (Myiozetes canayensis). 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Maria Cristina Valzachi Rocha Maluf

JOSELEVITCH, C.; DALIO, F. M.; CHIAVEGATTO, S.. Estudo das vias de ativação do CREB na neuroplasticidade induzida por cocaína em camundongos adolescentes e adultos. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Farmacologia) - Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

Aluno: GABRIELA LOURENÇON IOSHIMOTO

JOSELEVITCH, C; MESSIAS, A. M. V.; VENTURA, D. F.. Estudo terapeutico do implante intravitreo de MPA em uveite autoimune experimental. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Mirella Telles Salgueiro Barboni

JOSELEVITCH, C.; Souza, G.S.;VENTURA, D. S. F.. Avaliação das vias visuais em jovens com distrofia muscular de duchenne. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Guido Barbieri Bittencourt

HAMASSAKI, D. E.; Bonci, D.M.O.;JOSELEVITCH, C. Estudo morfológico de modelo animal para retinopatia da prematuridade. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia Experimental) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Sarah Kuwano Molinari Salotti

JOSELEVITCH, C.; Otta, E; GUALTIERI, M.. Percepção estética de fotografias na era digital. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia Experimental) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Kae Leopoldo

NAGY, BALÁZS VINCE; CASSOLA, A. C.;JOSELEVITCH, C.. O efeito das condutâncias dependentes de voltagem e de glutamato nas respostas à luz da célula bipolar murina ligada a bastonetes: um estudo matemático. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia Experimental) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Danilo Araújo Amaral Santos

JOSELEVITCH, C.; GREGORIO, C. R.; BRITTO, L. R. G.. Avaliação do uso do gangliosídeo GM1 administrado por via intraestriatal em modelo animal de doença de Parkinson induzida por 6-hidroxi-dopamina. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Ricardo Tiosso Panassiol

NAGY, BALÁZS VINCE; VENTURA, D. F.;JOSELEVITCH, C. Estudo eletrofisiológico de modelo animal para retinopatia da prematuridade. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia Experimental) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Aline Yoshie Goto

Bonci, D.M.O.; HAMASSAKI, D. E.;JOSELEVITCH, C.. Estudo da produção, composição e drenagem dos meios oculares de Carassius auratus (Cyprinidae) variedades ?padrão? e. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Flávio Theodoro da Silva

HAMASSAKI, D. E.;VENTURA, D. S. F.JOSELEVITCH, C.. Distribuição das células bipolares ON do peixe dourado (Carassius auratus). 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia Experimental) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Ana Carolina Leopoldino Sabado

JOSELEVITCH, C.; Di Stasi, L.C.; Gomes, B.D.. Análise da ocorrência de rearranjos cromossômicos em amostras de carcinoma tireóide através da aplicação de sondas loco-específicas e cromossomo-específicas. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Reinaldo de Carvalho Magalhães

JOSELEVITCH, C.; Di Stasi, L.C.; ROCHA, F. A. F.. Substância A promove proliferação de células-tronco neurais no giro denteado do hipocampo de camundongos adultos. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Cristiane Colares Damasceno de Araújo

JOSELEVITCH, C.; Di Stasi, L.C.; Herculano, A.M.. Citotaxonomia e evolução cromossômica em quatro espécies de aves da ordem ciconiiformes através da aplicação de pintura cromossômica. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Fredson Carmo dos Santos

JOSELEVITCH, C.; Di Stasi, L.C.; ROCHA, F. A. F.. Avaliação de registros eletrofisiológicos da retina e do córtex visual usando transformada de wavelets. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Rodrigo Ribeiro Furtado

JOSELEVITCH, C.; Di Stasi, L.C.; Herculano, A.M.. Detecção da atividade e imunolocalização da enzima óxido nítrico sintase constitutiva (cNOS) em leishmania (Leishmania) amazonensis e Leishmania (Viannia) braziliensis. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: César Augusto Raiol Fôro

JOSELEVITCH, C.; Di Stasi, L.C.; Gomes, B.D.. Envelhecimento, ambiente, declínio cognitivo e plasticidade astroglial no giro denteado. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Isabelle Christine Vieira da Silva Martins

JOSELEVITCH, C.; Di Stasi, L.C.; ROCHA, F. A. F.. Efeitos da frequência espacial e contraste espacial de cor sobre respostas corticais visuais provocadas por estimulação pseudo-aleatória. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Suzanne Suely Santos da Fonseca

JOSELEVITCH, C.; Di Stasi, L.C.; Gomes, B.D.. Avaliaçao da ação protetora do extrato de Mauritia flexuosa contra os déficits de memória e danos celulares no hipocampo de camundongos expostos ao metilmercúrio. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Renata Genaro Aguiar

JOSELEVITCH, C.; ROCHA, F. A. F.;VENTURA, D. S. F.. Estudo eletrofisiológico dos efeitos da injeção intravítrea de ácido micofenólico (MPA) na retina de coelhos. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Vitor Henrique Corredor

JOSELEVITCH, C; Bonci, D.M.O.; Hauzman, E.; Liber, A.M.P.; Francoy, T.M.. ?Distribuição das células bipolares ON de entrada mista do peixe dourado (Carassius auratus). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatrura em Ciências da Natureza) - Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo.

Aluno: Aline Yoshie Goto

JOSELEVITCH, C.; Damico, F.M.; CYSNEIROS, R. M.. Estudo morfológico dos efeitos da injeção intravítrea de aciclovir na densidade celular da camada de células ganglionares da retina de coelhos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Aluno: Flávio Theodoro da Silva

JOSELEVITCH, C.; BONVENTI JUNIOR, W.; CARDOSO, T. V.. A aplicação do eletrorretinograma multifocal na detecção de patologias. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Saúde e Sistemas Biomédicos) - Faculdade de Tecnologia de Sorocaba "José Crespo Gonzales".

Coelho Jr., N.E.; IZAR, P.; BENVENUTI, M. F.; CHALINE, N. G.;JOSELEVITCH, C.. Banca de avaliação para ingresso no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2018. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C.; HELENE, A. F.; BRITO, I.. Banca de avaliação para ingresso no Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento. 2017. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

RESENDE, B. D.; DEBERT, P.;JOSELEVITCH, C. Banca de avaliação para ingresso no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2017. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C. Avaliação de trabalhos na etapa nacional do XXV SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP. 2017. Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C. Comissão de Avaliação dos resumos da Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology na XXXII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental ? FeSBE. 2017. Federação das Sociedades de Biologia Experimental.

JOSELEVITCH, C. Avaliação de trabalhos na etapa internacional do XXV SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP. 2017. Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C; MIGLIAVACCA, E. M.; FERNANDES, M. I. A.; SOUZA, M. T.. Banca de avaliação para classificação de candidatos inscritos no Edital Bolsa Mérito USP 2015 - 1o. semestre. 2016. 2016. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C.; CHALINE, N. G.; BENVENUTTI, M. F. L.; SIQUEIRA, J. O.. Banca de avaliação para ingresso no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2015. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C.. Comitê externo de avaliação dos projetos submetidos ao Programa Bolsa Pesquisa Aluno. 2015. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

JOSELEVITCH, C.; FERNANDES, M. I. A.; MIGLIAVACCA, E. M.; SOUZA, M. T.; ZUZARTE, L.. Banca de avaliação para classificação de candidatos inscritos no Edital Bolsa Mérito USP 2015 - 1o. semestre. 2015. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C.; FERNANDES, M. I. A.; MIGLIAVACCA, E. M.; SOUZA, M. T.; LEITE, D. S.. Banca de avaliação para classificação de candidatos inscritos no Edital Bolsa Mérito USP 2015 - 2o. semestre. 2015. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C.; MIJARES, M. G.; IZAR, P.; GUIMARAES, D. S.. Banca de avaliação para ingresso no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2014. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C.; MIJARES, M. G.. Banca de avaliação para ingresso no Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento. 2013. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C.. Avaliação das apresentações finais da disciplina PSI2222-Práticas de Eletricidade e Eletrônica II.. 2012. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C.VENTURA, D. S. F.; Marcelo Fernandes da Costa; Luiz Carlos de Lima Silveira. Sensibilidade visual de pacientes usuários de cloroquina e hidroxicloroquina: uma avaliação genética, psicofísica e eletrofisiológica. 2010. Universidade Federal do Pará.

JOSELEVITCH, C.VENTURA, D. S. F.; Marcelo Fernandes da Costa; Luiz Carlos de Lima Silveira. Avaliação psicofísica visual e neurocomportamental de sujeitos expostos de forma crônica ocupacional à mistura de solventes orgânicos. 2010. Universidade Federal do Pará.

JOSELEVITCH, C.VENTURA, D. S. F.; Marcelo Fernandes da Costa; Luiz Carlos de Lima Silveira. Investigação do papel dos matizes puros sobre respostas comportamentais em sujeitos saudáveis e com lesões corticais. 2010. Universidade Federal do Pará.

JOSELEVITCH, C.; EPIPHANIO, S.; PINTO, F. A. C.. Avaliação de apresentações orais para o XIV Prêmio Jovem Cientista Mário Mariano durante a XIX SEMANA CIENTÍFICA BENJAMIN EURICO MALUCELLI. 2010. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C.; Souza, G.S.; Russell David Hamer;VENTURA, D. S. F.. Avaliação eletrofisiológica e psicofísica das vias visuais em jovens com distrofia muscular de Duchenne. 2010. Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C.. Avaliação das apresentações finais da disciplina PSI2222-Práticas de Eletricidade e Eletrônica II. 2010. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

JOSELEVITCH, C.. Avalliação de trabalhos no XVIII SIICUSP - Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - área de Humanas e Humanidades. 2010. Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Jan Nora Hokoç

JOSELEVITCH, C.;HOKOÇ, J. N.. Visão no ultravioleta em carassius Auratus (ostariophysi, cypriniformes, cyprinidae): Estudo eletrofisiológico do sistema cones-células horizontais. 1999. Dissertação (Mestrado em Neurociências e Comportamento) - Universidade de São Paulo.

Dania Emi Hamassaki

HAMASSAKI, D.E. Exame de qualificação. 1999.

Dora Selma Fix Ventura

VENTURA, D. F.. The Twilight Zone - How mixed-input bipolar cell process rod and cone signals. 2005 - Universiteit van Amsterdam.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Kae Leopoldo

Integração de sinais em células bipolares; Início: 2017; Tese (Doutorado em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; (Orientador);

Ricardo Tiosso Panassiol

Estudo eletrofisiológico de modelo animal para retinopatia da prematuridade; 2017; Dissertação (Mestrado em Psicologia Experimental) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Kae Leopoldo

O efeito das condutâncias dependentes de voltagem e de glutamato nas respostas à luz; 2017; Dissertação (Mestrado em Psicologia Experimental) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Christina Joselevitch;

Aline Yoshie Goto

Estudo da produção, composição e drenagem dos meios oculares de Carassius auratus (Cyprinidae) variedades padrão e demekin; 2016; Dissertação (Mestrado em Neurociências e Comportamento) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Flávio Theodoro da Silva

Distribuição das células bipolares ON do peixe dourado (Carassius auratus); 2013; Dissertação (Mestrado em Psicologia Experimental) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Christina Joselevitch;

Vitor Henrique Corredor

Densidade e distribuição das células bipolares ON de entrada mista do peixe dourado (carassius auratus); 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Licenciatrura em Ciências da Natureza) - Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Aline Yoshie Goto

Estudo morfológico dos efeitos da injeção intravítrea de aciclovir na densidade celular da camada de células ganglionares da retina de coelhos; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Luiz Claudio Portnoi Baran

Análise de dados para avaliação da distribuição e densidade celular das células bipolares ON de entrada mista do peixe dourado; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas; Orientador: Christina Joselevitch;

Flávio Theodoro da Silva

A aplicação do eletrorretinograma multifocal na detecção de patologias; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em PROJETOS, MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO DE APARELHOS MÉDIC) - Faculdade de Tecnologia de Sorocaba "José Crespo Gonzales"; Orientador: Christina Joselevitch;

Vitor Henrique Corredor

Distribuição de células bipolares ON do peixe dourado (Carassius auratus) ao longo do crescimento; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências da Natureza) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Christina Joselevitch;

Vitor Henrique Corredor

Estudo das relações entre as células bipolares ON de entrada mista e os bastonetes do peixe dourado (Carassius auratus); ; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências da Natureza) - Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Livia Lohis Harue Uyeti

Estudo morfológico da retina externa de camundongos; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade São Judas Tadeu; Orientador: Christina Joselevitch;

Elizabeth Brydon

An immunocytochemical study of neuronal populations of the goldfish and mouse retinas; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Minority Health International Research Training; Orientador: Christina Joselevitch;

Vitor Henrique Corredor

Distribuição de células bipolares ON do peixe dourado (Carassius auratus); 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências da Natureza) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Christina Joselevitch;

Amanda Bernardino Garcia

Estudo das relações entre as células bipolares ON de entrada mista e os bastonetes do peixe dourado (Carassius auratus); 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Christina Joselevitch;

Milton A´keem Williams

Análise morfológica das células amácrinas da retina do peixe dourado (Carassius auratus); 2013; Iniciação Científica - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Minority Health International Research Training; Orientador: Christina Joselevitch;

Aline Yoshie Goto

Estudo dos efeitos retinianos do aciclovir administrado intravitreamente em coelhos; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Justin Rakim King

Estudo dos efeitos retinianos do aciclovir administrado intravitreamente em coelhos; 2012; Iniciação Científica - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Minority Health International Research Training; Orientador: Christina Joselevitch;

Rafael Mantuaneli Ferraro

Estudo morfológico dos efeitos da injeção intravítrea de ácido micofenólico em coelhos; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Vitor Melo Gonzales

Modelagem computacional de células bipolares; 2018; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Carlo Martins Gaddi

Monitoria na disciplina de graduação PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2016; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Valéria Duarte Garcia

Monitoria na disciplina de graduação PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2016; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Daiane de Oliveira Fontes

Monitoria na disciplina de graduação PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2016; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Anderson J

C; de P; Santos; Monitoria na disciplina de graduação PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2016; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Paulo Henrique de Lima Oliveira

Técnicas morfológicas e estereológicas de estudo da retina; 2016; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas; Orientador: Christina Joselevitch;

Giovanna de Oliveira Santos Souza

Reformulação da apostila de experimentos de PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2016; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Victor Aparecido de Jesus Souza

Reformulação da apostila de experimentos de PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2016; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Clara Moreno Mamano

Técnicas morfológicas e estereológicas de estudo da retina; 2016; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Davi Henrique Lamas

Técnicas de investigação da neurobiologia da retina; 2015; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Guido Barbieri Bittencourt

Técnicas de investigação da neurobiologia da retina; 2015; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Rafael Mantuaneli Ferraro

Estudo morfológico dos efeitos da injeção intravítrea de ácido micofenólico em coelhos; 2015; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Luiz Claudio Portnoi Baran

Técnicas experimentais para avaliação da função visual em vertebrados; 2015; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Tainã De Oliveira Carvalho

Técnicas histológicas para o estudo da dinâmica dos fluidos oculares; 2015; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Lais Dias Leite de Oliveira

Reformulação da apostila de experimentos de PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2015; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Ana Paula Villares Mendes

Reformulação da apostila de experimentos de PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2015; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Leonardo Tessarolo Silva

Planejamento e construção de aparelho para teste psicofísico da frequência critica de fusão do sistema visual; 2015; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Pedro Henrique Bertrami D'Angelo

Planejamento e construção de aparelho para teste psicofísico da frequência critica de fusão do sistema visual; 2015; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Victor Sato Simionato

Planejamento e construção de aparelho para teste psicofísico da frequência critica de fusão do sistema visual; 2015; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Thais Barreto de Oliveira Campos

Monitoria na disciplina de graduação PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2015; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Ana Caroline Aramaki Hitomi

Monitoria na disciplina de graduação PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2015; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Douglas Barbosa Caetano

Estudo morfológico do olho do peixe dourado; 2014; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie; Orientador: Christina Joselevitch;

Celina Adreila da Silva

Técnicas de estudo da fisiologia retiniana; 2014; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Christina Joselevitch;

Kae Leopoldo

Estudo da expressão gênica de marcadores para Doença de Alzheimer; 2014; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Barbara Schwair Nogueira

Comparação de aspectos quantitativos e qualitativos da personalidade em indivíduos com depressão e voluntários saudáveis: um estudo caso-controle; 2014; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Christina Joselevitch;

Muriele Nazareth Lobato

Identificação neuroanatômica de áreas cerebrais relacionadas ao canto em duas espécies de pássaros sub-oscines da Amazônia; 2014; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Christina Joselevitch;

Ricardo Tiosso Panassiol

Estudo eletrorretinográfico da retina externa de camundongos; 2014; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Diego Vinícius Lopes Decleva

Técnicas eletrofisiológicas para estudo da comunicação celular; 2014; Orientação de outra natureza - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Marcos Antonio Luvison Junior

Técnicas de estudo da fisiologia retiniana; 2013; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Danilo Henrique dos Santos Ferreira

Técnicas de estudo da fisiologia retiniana; 2013; Orientação de outra natureza - Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Erli Gonçalves Magalhães Junior

Técnicas de estudo da fisiologia retiniana; 2013; Orientação de outra natureza - Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Flávio Theodoro da Silva

Comunicação celular na retina: estudo da transmissão sináptica entre fotorreceptores e células bipolares de entrada mista; 2013; Orientação de outra natureza - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Marcela Ohanian

Estudo do crescimento do olho do peixe dourado; 2013; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Flávio Theodoro da Silva

Monitoria na disciplina de graduação PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2013; Orientação de outra natureza - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Christina Joselevitch;

Mariana Silveira Muniz

Estudo da produção, composição e drenagem dos meios oculares do peixe dourado; 2013; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie; Orientador: Christina Joselevitch;

Larissa Campaner Medina

Análise eletrorretinográfica de um modelo animal de retinopatia da prematuridade; 2013; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie; Orientador: Christina Joselevitch;

Fabrício Bacchini Dias

Aplicação da técnica de patch-clamping afatias retinianas vivas; 2013; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Renato Roberto Vernucio

Monitoria na disciplina de graduação PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2013; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Isabela Martins Angelo

Software para reconhecimento e contagem automatizada de células em lâminas de microscopia; 2012; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Luana Ianara Rubini Ruiz

Software para reconhecimento e contagem automatizada de células em lâminas de microscopia; 2012; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Luís Gustavo Moneda dos Santos

Software para reconhecimento e contagem automatizada de células em lâminas de microscopia; 2012; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Weslley Morellato Bueno

Software para reconhecimento e contagem automatizada de células em lâminas de microscopia; 2012; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Annika Susann Wienke

Tecnica patch-clamp em fatias retinianas vivas; 2012; Orientação de outra natureza; (Integrated Life Sciences) - Friedrich-Alexander-Universität Erlangen-Nürnberg; Orientador: Christina Joselevitch;

Christian Tadeu Lia Mendes de Oliveira

Projeto e confecção de medidor de pH para experimentos eletrofisiológicos; 2012; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Ivan Medina

Projeto e confecção de medidor de pH para experimentos eletrofisiológicos; 2012; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Thales Cantafaro Machado

Projeto e confecção de medidor de pH para experimentos eletrofisiológicos; 2012; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Rodrigo da Silva Cunha

Projeto e confecção de medidor de pH para experimentos eletrofisiológicos; 2012; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

GABRIELA LOURENÇON IOSHIMOTO

Monitoria na disciplina de graduação PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2012; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Christina Joselevitch;

Rodolfo Santos Flaborea

Estudo morfológico dos efeitos da injeção intravítrea de ácido micofenólico em coelhos; 2011; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Fernando Augusto Julio Silva

Estudo comparativo da densidade de células ganglionares nas retinas de Bothropoides jararaca e Caudisona durissa terrifica (Serpentes, Viperidae); 2011; Orientação de outra natureza - Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Valéria Duarte Garcia

Monitoria na disciplina de graduação PSE1545 - Psicologia Sensorial; 2011; Orientação de outra natureza; (Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Christina Joselevitch;

Luiz Guilherme Pilar Saraiva

Modelagem matemática de células retinianas acopladas; 2010; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Marcus Vinicius Maciel da Silva

Modelagem matemática de células retinianas acopladas; 2010; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Matheus Floriano Melo Martins

Modelagem matemática de células retinianas acopladas; 2010; Orientação de outra natureza; (Engenharia Elétrica) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo; Orientador: Christina Joselevitch;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Arani Nanci Bomfim Mariana

Orientação de Iniciação Cintífica; 1995; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Vaterinária) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Arani Nanci Bomfim Mariana;

Dora Selma Fix Ventura

Visão ultravioleta no Carassius auratus (Ostaryophisi, Cypriniformes, Cyprinidae): estudo eletrofisiológico do sistema cones-células; 1999; 0 f; Dissertação (Mestrado em Neurociências e Comportamento) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Dora Selma Fix Ventura;

Dora Selma Fix Ventura

Processamento cromático em Carassius auratus (Ostariophysi, Cypriniformes, Cyprinidae): estudo da transmissão sináptica entre cones UV e células horizontais; ; 2009; Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Dora Selma Fix Ventura;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • 2018 LEOPOLDO, K. ; JOSELEVITCH, C. . A neurociência computacional no estudo dos processos cognitivos. Psicologia-Universidade de SP-USP (Impresso) , v. 29, p. 40-49, 2018.

  • 2018 CORREDOR, VITOR HENRIQUE ; DA SILVA, FLÁVIO THEODORO ; BARAN, LUIZ CLAUDIO PORTNOI ; Ventura, Dora Fix ; Joselevitch, Christina . Distribution and density of mixed-input ON bipolar cells of the goldfish ( Carassius auratus ) during growth. JOURNAL OF COMPARATIVE NEUROLOGY , v. 527, p. 1-13, 2018.

  • 2014 GASPARIN, FABIO ; AGUIAR, RENATA GENARO ; IOSHIMOTO, GABRIELA LOURENÇON ; CUNHA, ARMANDO DA SILVA ; FIALHO, SILVIA LIGÓRIO ; LIBER, ANDRÉ MAURICIO ; NAGY, BALÁZS VINCE ; OIWA, NESTOR NORIO ; COSTA, MARCELO FERNANDES ; Joselevitch, Christina ; Ventura, Dora Fix ; DAMICO, FRANCISCO MAX . Pharmacokinetics, Electrophysiological, and Morphological Effects of the Intravitreal Injection of Mycophenolic Acid in Rabbits. Journal of Ocular Pharmacology and Therapeutics , v. 30, p. 140514063713005-511, 2014.

  • 2010 JOSELEVITCH, C. ; SOUZA, J. M. ; VENTURA, D. S. F. . No evidence of UV cone input to mono- and biphasic horizontal cells in the goldfish retina. Journal of Comparative Physiology. A, Sensory, Neural, and Behavioral Physiology , v. 196, p. 913-925, 2010.

  • 2010 JOSELEVITCH, C. ; ZENISEK, D. . The Cytomatrix Protein Bassoon Contributes to Fast Transmission at Conventional and Ribbon Synapses. Neuron (Cambridge, Mass.) , v. 68, p. 604-606, 2010.

  • 2009 JOSELEVITCH, C. ; ZENISEK, D. . Imaging exocytosis in retinal bipolar cells with TIRF microscopy. Journal of Visualized Experiments , v. 28, p. 1305, 2009.

  • 2009 JOSELEVITCH, C ; KAMERMANS, M. . Retinal parallel pathways: Seeing with our inner fish. Vision Research (Oxford) , v. 49, p. 943-959, 2009.

  • 2008 Joselevitch, Christina . Human retinal circuitry and physiology. Psychology & Neuroscience (Online) , v. 1, p. 141-165, 2008.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Eilliar, B.G. ; SANTOS, C. R. M. ; PESSE, M. ; JOSELEVITCH, C . Software para estimulação luminosa e aquisição de dados eletrofisiológicos (ERG e intracelular). 2016.

SANTOS, C. R. M. ; PESSE, M. ; JOSELEVITCH, C. . Software para medidor de pH. 2014.

SANTOS, C. R. M. ; PESSE, M. ; JOSELEVITCH, C. . Software para equiparação de dados eletrofisiológicos e estimulação luminosa (patch-clamping). 2014.

SANTOS, C. R. M. ; PESSE, M. ; JOSELEVITCH, C. . Software para medidor de pH. 2012.

SANTOS, C. R. M. ; PESSE, M. ; JOSELEVITCH, C. . Software para integração de estimuladores ópticos com equipamento de eletrofisiologia (patch-clamping). 2012.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre artigo para The European Journal of Neuroscience. 2018.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de doutoramento, FAPESP. 2018.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre artigo para Scientific Reports. 2018.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2018.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de credenciamento de orientador específico, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2018.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de aproveitamento de estudos em disciplinas, Comissão de Graduação do IP-USP. 2018.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de doutoramento, FAPESP. 2017.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2017.

LEOPOLDO, K. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de doutorado para Kae Leopoldo, FAPESP. 2017.

JOSELEVITCH, C . Parecer sobre projeto de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2017.

JOSELEVITCH, C . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2017.

JOSELEVITCH, C . Parecer sobre artigo para The European Journal of Neuroscience. 2017.

PANASSIOL, R. T. ; JOSELEVITCH, C . Prestação de contas final, bolsa de mestrado de Ricardo Tiosso Panassiol, FAPESP. 2017.

PANASSIOL, R. T. ; JOSELEVITCH, C . Relatório científico final, bolsa de mestrado de Ricardo Tiosso Panassiol, FAPESP. 2017.

CORREDOR, V. H. ; JOSELEVITCH, C . Relatório científico final, bolsa de iniciação científica de Vitor Henrique Corredor, Pró-Reitoria de Pós-Graduação, USP. 2017.

JOSELEVITCH, C . Parecer sobre artigo para Clinics. 2017.

JOSELEVITCH, C . Relatório de atividades 2016 da CEUA do IP-USP, CONCEA. 2017.

PANASSIOL, R. T. ; JOSELEVITCH, C . Relatório final de atividades, CEUA do IP-USP (proc. 1396140916). 2017.

DECLEVA, D. V. L. ; JOSELEVITCH, C . Relatório parcial de atividades, CEUA do IP-USP (proc. 2451190916). 2017.

JOSELEVITCH, C . Relatório de utilização de animais em 2016 pelo IP-USP, CONCEA. 2017.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C . Relatório final de atividades, CEUA do IP-USP (proc. 4926170916). 2017.

SOUZA, E. M. G. ; BRITTO, L. R. G. ; JOSELEVITCH, C . Pedido de certificado de ética, CEUA do IP-USP (proc. 1007210517). 2017.

JOSELEVITCH, C . Redação do Regimento da CEUA do IP-USP. 2017.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de iniciação científica, FAPESP. 2016.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre projeto de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2016.

JOSELEVITCH, C . Parecer para matrícula em programa de doutoramento, Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento. 2016.

JOSELEVITCH, C . Parecer sobre pedido de reconsideração para bolsa de doutoramento, FAPESP. 2016.

JOSELEVITCH, C . Parecer sobre relatório de iniciação científica (reconsideração), FAPESP. 2016.

JOSELEVITCH, C . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2016.

JOSELEVITCH, C . Relatório de atividades 2015 da CEUA do IP-USP, CONCEA. 2016.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2016.

JOSELEVITCH, C. . Relatório científico final, Auxílio Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, FAPESP. 2016.

JOSELEVITCH, C. . Prestação de contas final, Auxílio Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, FAPESP. 2016.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório científico final, bolsa de mestrado de Aline Yoshie Goto, FAPESP. 2016.

PANASSIOL, R. T. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório científico parcial, bolsa de mestrado de Ricardo Tiosso Panassiol, FAPESP. 2016.

PANASSIOL, R. T. ; JOSELEVITCH, C. . Prestação de contas parcial, bolsa de mestrado de Ricardo Tiosso Panassiol, FAPESP. 2016.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C. . Prestação de contas final, bolsa de mestrado de Aline Yoshie Goto, FAPESP. 2016.

CORREDOR, V. H. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório científico final, bolsa de iniciação científica de Vitor Henrique Corredor, Pró-Reitoria de Graduação, USP. 2016.

JOSELEVITCH, C. . Pedido para Auxílio Visitante do Exterior, FAPESP (William Kenyon Stell). 2016.

JOSELEVITCH, C. . Pedido para Auxílio Visitante do Exterior, AUCANI - USP (William Kenyon Stell). 2016.

CORREDOR, V. H. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de iniciação científica para Vitor Henrique Corredor, CNPq - PIBIC. 2016.

COSTA, MARCELO FERNANDES ; Bonci, D.M.O. ; JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de validação de diploma, Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento.. 2016.

JOSELEVITCH, C. . Relatório científico final, Edital MCTI/CNPQ/MEC/CAPES Nº 22/2014. 2016.

JOSELEVITCH, C. . Prestação de contas final, Edital MCTI/CNPQ/MEC/CAPES Nº 22/2014. 2016.

JOSELEVITCH, C . Prestação de contas final, Auxílio Visitante do Exterior, FAPESP (William Kenyon Stell). 2016.

JOSELEVITCH, C . Prestação de contas final, Auxílio Visitante do Exterior, AUCANI - USP (William Kenyon Stell). 2016.

JOSELEVITCH, C . Relatório científico, Auxílio Visitante do Exterior, FAPESP (William Kenyon Stell). 2016.

PANASSIOL, R. T. ; BITTENCOURT, G. B. ; JOSELEVITCH, C . Pedido de certificado de ética, CEUA do IP-USP (proc. 1396140916). 2016.

DECLEVA, D. V. L. ; JOSELEVITCH, C . Pedido de certificado de ética, CEUA do IP-USP (proc. 2451190916). 2016.

JOSELEVITCH, C . Relatório de utilização de animais em 2015 pelo IP-USP, CONCEA. 2016.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C . Pedido de certificado de ética, CEUA do IP-USP (proc. 4926170916). 2016.

JOSELEVITCH, C . Relatório final de atividades, CEUA do IP-USP (proc. 2010.011). 2016.

JOSELEVITCH, C . Relatório final de atividades, CEUA do IP-USP (proc. 2012.002). 2016.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C . Relatório final de atividades, CEUA do IP-USP (proc. 2013.005). 2016.

JOSELEVITCH, C . Relatório final de atividades, CEUA do IP-USP (proc. 2014.001). 2016.

PANASSIOL, R. T. ; JOSELEVITCH, C . Relatório final de atividades, CEUA do IP-USP (proc. 2014.002). 2016.

JOSELEVITCH, C . Apresentação contábil da Brazilian Association for Research in Vision and Ophthalmology. 2016.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre projeto de pesquisa, PUC-RS. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de projeto de pesquisa, FAPESP. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de auxílio para organização de evento científico, FAPESP. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de auxílio para organização de evento científico, FAPESP. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Relatório de atividades, CCNINT - IPUSP, Ciclo de Avaliação Institucional 2010-2014. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de bolsa de doutoramento, FAPESP. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Relatório científico parcial, Auxílio Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, FAPESP. 2015.

JOSELEVITCH, C. ; MORETTO, M. L. ; Bertolla, M.M. ; COSTA, M. F. ; TARDIVO, L. ; TOMANARI, G. A. Y. . Relatório de Atividades, IPUSP - Ciclo de Avaliação Institucional 2010-2014. 2015.

PANASSIOL, R. T. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de mestrado para Ricardo Tiosso Panassiol, FAPESP. 2015.

CORREDOR, V. H. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de iniciação científica para Vitor Henrique Corredor, CNPq - PIBIC. 2015.

Uyeti, L.L.H. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de iniciação científica para Lívia Lohis Harue Uyeti, CNPq - PIBIC. 2015.

Uyeti, L.L.H. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de iniciação científica para Livia Lohis Harue Uyeti, FAPESP. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades (Docente). 2015.

JOSELEVITCH, C. . Pedido para Auxílio Visitante do Exterior, FAPESP (Robert G. Smith). 2015.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para recredenciamento de orientador, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2015.

BITTENCOURT, G. B. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de mestrado para Guido Barbieri Bittencourt, FAPESP. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de auxílio para organização de evento científico, FAPESP. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de bolsa de doutoramento, FAPESP. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre projeto de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Prestação de contas parcial, Auxílio Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, FAPESP. 2015.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório científico parcial, bolsa de mestrado de Aline Yoshie Goto, FAPESP. 2015.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C. . Prestação de contas parcial, bolsa de mestrado de Aline Yoshie Goto, FAPESP. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Pedido para Auxílio Visitante do Exterior, AUCANI - USP (Robert G. Smith). 2015.

JOSELEVITCH, C . Apresentação contábil da Brazilian Association for Research in Vision and Ophthalmology. 2015.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para inclusão de docente em disciplina, Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para credenciamento de disciplina, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre projeto de pesquisa, FACEPE. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de projeto de pesquisa, FAPESP. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de projeto de pesquisa, FAPESP. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de projeto de pesquisa, FAPESP. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de equivalência em disciplinas, IP-USP. 2014.

JOSELEVITCH, C. ; Bonci, D.M.O. ; COSTA, MARCELO FERNANDES . Parecer sobre pedido de validação de diploma, Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Projeto de pesquisa, Edital MCTI/CNPQ/MEC/CAPES Nº 22/2014. 2014.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, bolsa de iniciação científica de Aline Yoshie Goto, FAPESP. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Relatório científico parcial, Auxílio Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, FAPESP. 2014.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de mestrado para Aline Yoshie Goto, FAPESP. 2014.

CORREDOR, V. H. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, bolsa de iniciação científica de Vitor Henrique Corredor, CNPq-PIBIC. 2014.

GARCIA, A. B. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, bolsa de iniciação científica de Amanda Bernardino Garcia, CNPq-PIBIC. 2014.

LEOPOLDO, K. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de mestrado para Kaê Leoplodo, FAPESP. 2014.

DECLEVA, D. V. L. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de doutorado para Diego Vinícius Lopes Decleva, FAPESP. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Prestação de contas parcial, Auxílio Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, FAPESP. 2014.

Ohanian, M.Y. ; JOSELEVITCH, C . Pedido de certificado de ética, CEUA do IP-USP (proc. 2014.001). 2014.

JOSELEVITCH, C . Pedido de certificado de ética, CEUA do IP-USP (proc. 2014.002). 2014.

JOSELEVITCH, C . Apresentação contábil da Brazilian Association for Research in Vision and Ophthalmology. 2014.

JOSELEVITCH, C. . Parecer em artigo para The Journal of Neuroscience. 2013.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2013.

JOSELEVITCH, C. ; ZENISEK, D. . Pareceres sobre artigos científicos para Faculty of 1000. 2013.

JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades (Docente). 2013.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2013.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre projeto de pesquisa de docente, Departamento de Psicologia Experimental. 2013.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2013.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para credenciamento de orientador, Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento. 2013.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre projeto de pesquisa, FAPESP. 2013.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de projeto de pesquisa, FAPESP. 2013.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de projeto de pesquisa, FAPESP. 2013.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de bolsa de iniciação científica, FAPESP. 2013.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de iniciação científica para Aline Yoshie Goto, FAPESP. 2013.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, bolsa de iniciação científica de Aline Yoshie Goto, FAPESP. 2013.

JOSELEVITCH, C. . Relatório científico parcial, Auxílio Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, FAPESP. 2013.

CORREDOR, V. H. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de iniciação científica para Vitor Henrique Corredor, CNPq-PIBIC. 2013.

CORREDOR, V. H. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, bolsa de iniciação científica de Vitor Henrique Corredor, CNPq-PIBIC. 2013.

GARCIA, A. B. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de iniciação científica para Amanda Bernardino Garcia, CNPq-PIBIC. 2013.

GARCIA, A. B. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, bolsa de iniciação científica de Amanda Bernardino Garcia, CNPq-PIBIC. 2013.

COSTA, MARCELO FERNANDES ; JOSELEVITCH, C. ; Russell David Hamer . Elaboração das Normas do Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento. 2013.

JOSELEVITCH, C. . Prestação de contas parcial, Auxílio Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, FAPESP. 2013.

Goto, A.Y. ; JOSELEVITCH, C . Pedido de certificado de ética, CEUA do IP-USP (proc. 2013.005). 2013.

JOSELEVITCH, C . Apresentação contábil da Brazilian Association for Research in Vision and Ophthalmology. 2013.

JOSELEVITCH, C. ; ZENISEK, D. . Pareceres sobre artigos científicos para Faculty of 1000. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre projeto de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para credenciamento de co-orientador, Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de bolsa de doutoramento pleno no exterior, CAPES. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre projeto de pesquisa, UFPR. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de iniciação científica, FAPESP. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de auxílio para participação em congresso no exterior, FAPESP. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de equivalência em disciplinas, IP-USP. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, Edital MCT/ CNPq 14/2010 ? Universal - Faixa A. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Pedido de auxílio para visitante do exterior, FAPESP. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, auxílio para vinda de docente do exterior, FAPESP. 2012.

GERSDORFF, H. V. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido para Auxílio Visitante do Exterior, FAPESP (Henrique von Gersdorff). 2012.

JOSELEVITCH, C. . Pedido para Auxílio Visitante do Exterior, Pró-Reitoria de Pós-Graduação - USP (Henrique von Gersdorff). 2012.

SILVA, F. A. J. ; JOSELEVITCH, C . Pedido de certificado de ética, CEUA do IP-USP (proc. 2012.001). 2012.

JOSELEVITCH, C. . Prestação de contas parcial, Auxílio Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, FAPESP. 2012.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2011.

JOSELEVITCH, C. ; ZENISEK, D. . Pareceres sobre artigos científicos para Faculty of 1000. 2011.

JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades (Docente). 2011.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para credenciamento de disciplina, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2011.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para credenciamento de orientador, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2011.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2011.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para credenciamento de disciplina, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2011.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para credenciamento de co-orientador, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2011.

JOSELEVITCH, C. ; GUIMARAES, D. S. ; Mirella Gualtieri . Parecer sobre pedido de reconhecimento de diploma de doutor, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2011.

FERRARO, R. M. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, bolsa de iniciação científica de Rafael Mantuaneli Ferraro, FAPESP. 2011.

FERRARO, R. M. ; JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, bolsa de iniciação científica de Rafael Mantuaneli Ferraro, FAPESP. 2011.

JOSELEVITCH, C. . Pedido para Auxílio Visitante do Exterior, Pró-Reitoria de Pós-Graduação - USP (David Paul Zenisek). 2011.

JOSELEVITCH, C. . Pareceres em artigos da revista Clínica Veterinária. 2010.

JOSELEVITCH, C. ; ZENISEK, D. . Pareceres sobre artigos científicos para Faculty of 1000. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de iniciação científica PIBIC. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de iniciação científica PIBIC. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para credenciamento de orientador, Programa de Pós-Graudação em Psicologia Experimental. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para credenciamento de orientador, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de iniciação científica PIBIC. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de afastamento de docente para realização de pós-doutoramento no exterior. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Parecer para credenciamento de disciplina, Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre relatório de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre projeto de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Parecer sobre pedido de bolsa de iniciação científica, FAPESP. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Relatório científico final, bolsa de pós-doutoramento, FAPESP. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, programa de pós-doutoramento, Comissão de Pesquisa do IP-USP. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Pedido de auxílio para participação em evento no exterior, FAPESP. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Relatório de Atividades, auxílio para participação em evento no exterior, FAPESP. 2010.

FERRARO, R. M. ; JOSELEVITCH, C. . Pedido de bolsa de iniciação científica para Rafael Mantuaneli Ferraro, FAPESP. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Projeto de pesquisa, Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes, FAPESP. 2010.

JOSELEVITCH, C. . Pedido para Auxílio Visitante do Exterior, Pró-Reitoria de Pós-Graduação - USP (Maarten Kamermans). 2010.

JOSELEVITCH, C. . Prestação de contas final, bolsa de pós-doutoramento, FAPESP. 2010.

JOSELEVITCH, C . Pedido de certificado de ética, CEUA do IP-USP (proc. 2010.011). 2010.

JOSELEVITCH, C . Pedido de certificado de ética, CEUA do IP-USP (proc. 2010.001). 2010.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2009.

JOSELEVITCH, C. ; ZENISEK, D. . Pareceres sobre artigos científicos para Faculty of 1000. 2009.

JOSELEVITCH, C. . Projeto de pesquisa, Edital MCT/ CNPq 14/2010 ? Universal - Faixa A. 2009.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2008.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2007.

JOSELEVITCH, C. . Projeto de pesquisa de pós-doutoramento, FAPESP. 2007.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2006.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2005.

JOSELEVITCH, C. . Revisão de artigos para a revista Clínica Veterinária. 2004.

MARIZ, F. ; JOSELEVITCH, C . Ciência USP Responde: Como os olhos enxergam as cores?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

FRANCISCO, C. ; JOSELEVITCH, C. . Cor de vestido vira polêmica na internet. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

HAMASSAKI, D. E. ; JOSELEVITCH, C . Oftalmologia em Notícias - BRAVO!. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

LOPES, R. J. ; FERNANDES, R. B. ; JOSELEVITCH, C. . Terapia gênica para a visão é alvo de estudos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

LOPES, R. J. ; JOSELEVITCH, C. ; FERNANDES, R. B. . Brasil terá primeiro teste clínico com células embrionárias. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

BAIMA, C. ; DINIZ, B. ; JOSELEVITCH, C. . Implante de chip e células-tronco são terapias promissoras contra a cegueira. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Stringueto, K. ; JOSELEVITCH, C. . A força das cores. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Creemers, H. ; Wubben, R. ; KAMERMANS, M. ; JOSELEVITCH, C. . Het slimme vlies (entrevista/participação). 2003. (Programa de rádio ou TV/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    INCT DCEN - Doenças cerebrais, excitoxicidade e neuroproteção - Subprojeto Desenvolvimento de Métodos de Avaliação Visual, Descrição: Este subprojeto integra o INCT-DCEN coordenado por Diogo Onofre de Souza (UFRGS). Funções visuais podem ser utilizadas como biomarcadores de dano ao sistema nervoso. A avaliação visual precisa levar em conta que o processamento da informação visual ocorre pela ação de vias neurais paralelas, que processam diferentes atributos da imagem, como os aspectos cromáticos e os aspectos de movimento e contraste acromáticos. O presente subprojeto propõe o desenvolvimento de protocolos clínicos e de novas metodologias para estudar o sistema visual em humanos e outros vertebrados em condições de saúde e doença, visando elucidar mecanismos patológicos e ter ferramentas de diagnóstico precoce e acompanhamento. A abordagem metodológica inclui: análise das respostas eletrofisiológicas visuais retinianas e corticais e através de funções psicofísicas visuais como visão de cores, de contraste, acuidade de Vernier, perimetria visual e outras; testes envolvendo memória e atenção ligadas a estímulos visuais; efeitos da estimulação transcraniana por corrente contínua; determinação genética dos pigmentos visuais de cada indivíduo; e pupilometria. Em modelos animais, serão realizados experimentos de patch-clamp e de eletrorretinografia, com a finalidade de avaliar os mecanismos retinianos subjacentes à percepção visual e de testar drogas de uso terapêutico. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Dânia Emi Hamassaki - Integrante / Balázs Vince Nagy - Integrante / Marcelo Fernandes Costa - Integrante / Dora Fix Ventura - Coordenador / Daniela Maria Oliveira Bonci - Integrante / Elaine Cristina Zachi - Integrante / Mirella Gualtieri - Integrante / Mirella Barboni - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Distrofinas e o sistema visual humano: estudo dos diferentes fenótipos visuais de pacientes com distrofia muscular de Duchenne - FAPESP 2016/04538-3, Descrição: Os produtos do gene DMD - as proteínas Dp427, Dp260, Dp140, Dp116 e Dp71 - são expressos em tecidos neurais. Há mais de duas décadas descobriu-se que mutações no gene DMD provocam alterações no funcionamento do sistema visual humano. Não se sabe ao certo quais destas mutações seriam responsáveis pelas mudanças no funcionamento retiniano de pacientes com distrofia muscular de Duchenne e distrofia muscular de Becker. O presente projeto de pesquisa tem como meta realizar uma avaliação detalhada do sistema visual de pacientes com distrofia muscular de Duchenne visando relacionar os diferentes tipos de alterações no gene DMD com o funcionamento do sistema visual humano. Métodos: funções visuais serão avaliadas com instrumentos não invasivos capazes de isolar a atividade de diferentes viais visuais e verificar sua integridade. Será desenvolvido um instrumento totalmente portátil que permite gerar estímulos visuais e registrar sinais eletrofisiológicos da retina e do córtex visual primário. A avaliação poderá ser realizada em outros locais, fora do laboratório, desde que se disponha de uma sala escura. A análise dos resultados será conduzida de modo que se estabeleça uma relação entre o genótipo e o fenótipo visual desses pacientes. Resultados esperados: será possível: i) entender se os diferentes tipos de alterações genéticas no gene DMD causam disfunções menos ou mais severas no sistema visual humano; ii) estabelecer quais vias visuais são menos e mais dependentes da distrofina; iii) verificar se os prejuízos visuais são progressivos iv) desenvolver testes de avaliação visual que poderão ser utilizados futuramente para o monitoramento da doença e de futuras terapias genéticas. Progressos: os resultados científicos contribuirão para ampliar o conhecimento sobre a fisiopatologia da retina procurando esclarecer os mecanismos visuais dependentes dos diferentes subprodutos do gene DMD. Serão desenvolvidos testes clínicos não invasivos que poderão ser utilizados em futuros estudos. Haverá a validação de um sistema portátil de avaliação do funcionamento do sistema visual humano através de testes psicofísicos e eletrofisiológicos. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Francisco Max Damico - Integrante / Balázs Vince Nagy - Integrante / Marcelo Fernandes Costa - Integrante / Dora Fix Ventura - Integrante / Daniela Maria Oliveira Bonci - Integrante / Mirella Telles Salgueiro Barboni - Coordenador / Elaine Cristina Zachi - Integrante / Jan Kremers - Integrante / Alvaro Rendon Fuentes - Integrante / Michel Roux - Integrante / Alessandra Goldstein Locatto Mazolla - Integrante / Sarah Beatriz Santos da Silva - Integrante / Tamiris Aparecida de Moraes Fiorato - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Estudo da relação entre convergência e sensibilidade em células bipolares ON de entrada mista da retina do peixe dourado (Carassius auratus), Descrição: Atualmente, a retina é a parte mais bem compreendida do sistema nervoso central, organizando-se em cinco camadas, três camadas nucleares, onde se encontram os corpos celulares dos neurônios e células gliais, e duas camadas sinápticas, onde os neurônios fazem contato. Embora existam apenas duas classes de fotorreceptores, cones e bastonetes, a partir da primeira sinapse esse número muda consideravelmente: os sinais dos fotorreceptores divergem para aproximadamente 15 tipos de células bipolares em peixes, das quais, pelo menos cinco tipos se comunicam concomitantemente com cones e bastonetes, as chamadas células bipolares de entrada mista dos tipos ON e OFF (mbON/OFF). Essas diferentes vias de processamento neural retiniano têm origem na necessidade de adaptação do sistema à cena visual, que vai de uma noite sem luar, quando cada fotorreceptor recebe um fóton a cada 85 minutos (visão escotópica), a um dia ensolarado na praia, quando cerca de 100.000 fótons são absorvidos por fotorreceptor por segundo (visão fotópica). Em cada camada retiniana, há também convergência neuronal, para que o nervo óptico seja fino o suficiente, para possibilitar movimentos oculares: a retina converge a informação de cerca de 100 milhões de fotorreceptores em um milhão de células ganglionares. O aumento da convergência camada a camada coincide com a amplificação do sinal transmitido. Esse ganho, tanto espacial quanto elétrico, levou alguns autores a especularem sobre a relação entre convergência e sensibilidade, uma vez que tanto o ganho em voltagem quanto a convergência neuronal aumentam da retina externa para a retina interna. Por outro lado, outros autores contestam que a convergência poderia na realidade diminuir o ganho das sinapses, em função do aumento do número de canais glutamatérgicos pós-sinápticos e canais de membrana não sinápticos, pois, segundo a Lei de Correntes de Kirchhoff, a condutância de um canal iônico depende do número total de canais abertos na membrana plasmática. Dessa forma, o objetivo deste projeto é estudar, através da técnica de patch-clamp, a relação entre convergência neuronal e sensibilidade absoluta na retina. Utilizaremos o peixe dourado como modelo experimental, uma vez que, nesta espécie, há neurogênese retiniana contínua e aumento da convergência entre bastonetes e mbON com o crescimento, e investigaremos a sensibilidade absoluta das mbON em animais de diversos tamanhos e idades. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Coordenador / Vitor Henrique Corredor - Integrante / Kae Leopoldo - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2015 - Atual

    O efeito das condutâncias dependentes de voltagem e de glutamato nas respostas à luz da célula bipolar murina ligada a bastonetes: um estudo matemático, Descrição: Nosso sistema visual precisa lidar com mudanças significativas na quantidade absoluta de fótons no meio ambiente, que variam 10 a 12 unidades logarítmicas ao longo de um dia. Parte desta versatilidade decorre da existência de fotorreceptores, bastonetes e cones, ativos em luminosidades médias diferentes, e outra parte é consequência de mecanismos de controle de ganho pós-receptorais, que ajustam a faixa dinâmica da retina à luminosidade média. Em ambientes com pouca luz, a atividade de muitos bastonetes converge para as células bipolares. Enquanto em teleósteos estes neurônios de segunda-ordem recebem entradas mistas de cones e bastonetes, em mamíferos as células bipolares fazem sinapses apenas com um tipo de receptor. O objetivo desse trabalho é descrever a integração sináptica e o controle de ganho de células bipolares murinas ligadas a bastonetes e comparar as estratégias adaptativas destas células com as de teleósteos. Para tanto, desenvolveremos um modelo matemático deste tipo neuronal utilizando o ambiente de simulação NEURON, com base em dados publicados na literatura a respeito de sua geometria, conectividade e biofísica, e simularemos diversos tipos de estimulação luminosa em níveis escotópicos e mesópicos. Os resultados obtidos serão comparados com os de um modelo pré-existente da célula bipolar ON de entrada mista (mbON) do peixe dourado (Carassius auratus). , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Coordenador / Kae Leopoldo - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 5

  • 2015 - Atual

    Desenvolvimento e implantação de métodos de avaliação visual: aplicações clínicas e em modelos animais - projeto temático FAPESP 2014/26818-2, Descrição: A avaliação de funções visuais humanas é hoje feita com técnicas psicofísicas e com métodos eletrofisiológicos não invasivos, possibilitados pelos avanços computacionais recentes, auxiliando a apresentação de estímulos visuais, programação experimental, análise de dados on-line, etc. Para compreender os mecanismos responsáveis por perdas visuais, ainda pouco conhecidos, são necessários estudos usando modernas técnicas de psicofísica e eletrofisiologia em humanos assim como estudos em modelos animais nos quais é possível acesso direto à retina ou aos centros superiores. O presente projeto propõe o desenvolvimento de protocolos e/ou novas metodologias para estudar o sistema visual para uso com humanos e animais em condições de saúde e doença, visando elucidar mecanismos patológicos e ter ferramentas de diagnóstico precoce e acompanhamento. O projeto investigará o sistema visual através de testes perceptuais e métodos psicofísicos de escalonamento; respostas eletrofisiológicas visuais pseudo-aleatórias; funções visuais como visão de cores, de contrastes, acuidade de Vernier, perimetria visual e outras; neuropsicologia visual, envolvendo memória e atenção ligadas a estímulos visuais. O desempenho visual em vários destes testes será avaliado em diferentes condições de iluminação ambiente, com a finalidade de testar os novos recursos de iluminação disponíveis no mercado, baseados na tecnologia de LEDs. Avaliaremos também os efeitos da estimulação transcraniana por corrente contínua nestas funções visando elucidar mecanismos neurais subjacentes e propor aplicações clínicas. Os experimentos de visão de cores serão combinados com a determinação genética dos pigmentos visuais de cada indivíduo e estas técnicas moleculares serão estendidas a diversas questões ligadas à evolução da visão de cores em vertebrados. A pupilometria permitirá avaliar funções do pigmento melanopsina, descoberto recentemente, responsável pelo reflexo pupilar à luz, pelo ritmo circadiano e por várias outras funções como, por exemplo, a depressão sazonal. Em modelos animais para a compreensão de mecanismos visuais básicos serão realizados experimentos de patch-clamp e de eletrorretinografia, com a finalidade de avaliar os mecanismos retinianos subjacentes à percepção visual e de testar drogas de uso terapêutico. O projeto envolve os setores de pesquisa básica e clínica de diversas instituições: o Laboratório da Visão do Instituto de Psicologia da USP (proponente), o Centro de Ciências Biológicas, o Núcleo de Medicina Tropical e a Escola de Primatas da Universidade Federal do Pará (colaboradores nacionais) e a Universidade de Erlangen, na Alemanha e o CNRS na França (colaboradores internacionais). O projeto prevê missões de estudo e trabalho entre os diferentes grupos de pesquisa com intuito de implantar os novos métodos de investigação visual em ambos os grupos nacionais componentes desta proposta. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Mirella Gualtieri - Integrante / Russell David Hamer - Integrante / Luiz Carlos de Lima Silveira - Integrante / Givago da Silva Souza - Integrante / Francisco Max Damico - Integrante / Bruno Duarte Gomes - Integrante / Balázs Vince Nagy - Integrante / Marcelo Fernandes Costa - Integrante / Dora Fix Ventura - Coordenador / Daniela Maria Oliveira Bonci - Integrante / Anderson Raiol Rodrigues - Integrante / Mirella Telles Salgueiro Barboni - Integrante / Elaine Cristina Zachi - Integrante / Jan Kremers - Integrante / Alvaro Rendon Fuentes - Integrante / Michel Roux - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Estudo da produção, composição e drenagem dos meios oculares do peixe dourado (Carassius auratus), Descrição: O peixe dourado é considerado um bom modelo experimental para pesquisas sobre a visão porque apresenta uma condição intermediária entre os peixes com sistema visual pouco desenvolvido e aqueles cuja visão constitui o sentido dominante. A produção, composição e escoamento dos meios oculares nesta espécie, fundamentais para a formação de imagem sobre a retina, são, entretanto pouco conhecidos. O presente projeto tem por finalidade estudar o sistema de drenagem do humor aquoso e a composição dos humores aquoso e vítreo no peixe dourado. Para tanto, técnicas histológicas, de bioquímica e biologia molecular serão empregadas. Inicialmente, a região de produção e drenagem do humor aquoso será avaliada através de microscopia óptica de luz e microscopia eletrônica. A pressão intraocular será avaliada através de tonometria. A drenagem dos fluidos intraoculares será estudada através da injeção intraocular de agentes corantes e posterior processamento histológico em intervalos fixos pós-injeção (15 min, 30 min, 45 min, 1 h, 4 h, 12 h, 24 h e 36 h) e sua composição através de estudos envolvendo eletroforese e imunoblotting, para determinação dos seus componentes individuais e comparação com os encontrados no ser humano. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Coordenador / Dânia Emi Hamassaki - Integrante / Aline Yoshie Goto - Integrante / Tainã de Oliveira Carvalho - Integrante / Vanessa Morais Freitas - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.Número de orientações: 2

  • 2014 - Atual

    Desenvolvimento de métodos eletrofisiológicos que permitem a separação funcional das vias visuais em sujeitos normais e em sujeitos com alterações retinianas - CNPq 490428/2013-4 - Chamada: Alemanha DLR, Descrição: O presente projeto propõe, através de cooperação internacional entre grupos brasileiros e grupos da Alemanha, o desenvolvimento de novos protocolos eletrofisiológicos que permitirão a separação funcional das vias visuais para estudar os efeitos de diferentes alterações da retina no sistema visual humano. A proposta é utilizar estímulos visuais cuidadosamente definidos para ativar separadamente os fotoreceptores cones L e M com estímulos específicos para as vias visuais ON e OFF e, dessa maneira, avaliar diferentes mecanismos do processamento visual. Métodos: Eletrorretinograma de campo total, para estudar a integridade funcional da retina e Potencial Cortical Visual Provocado, para verificar a integridade funcional da via visual primária. Ambos os métodos serão estudados para diferentes níveis de adaptação do sistema visual, considerando que mudanças na amplitude das respostas ocorrem em função do tempo de adaptação à luz. Cada grupo de pesquisa (USP, UFPA e Erlangen) desenvolverá um novo método que será implementado nos três laboratórios de pesquisa e testados em diferentes grupos de pacientes: glaucoma e distrofia macular (Erlangen), Diabetes Mellitus e distrofia muscular de Duchenne (USP), expostos ao mercúrio e em uso de cloroquina (UFPA). A Instituição Colaboradora Estrangeira (Roland Consult) implementará os novos protocolos nos equipamentos de avaliação eletrofisiológica. Resultados esperados: Pretendemos desenvolver novas ferramentas de considerável valor clínico cujos métodos poderão auxiliar no diagnóstico e acompanhamento de pacientes com diversos tipos de doença que afetam a visão. Haverá o estreitamento das colaborações já existentes entre os grupos nacionais e internacionais com publicação de artigos científicos e apresentações em congressos. Além disso, o projeto possibilitará o intercâmbio de um aluno de doutoramento de uma das Institutições Nacionais (USP ou UFPA) para a Instituição Estrangeira (Erlangen). , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Coordenador / Givago da Silva Souza - Integrante / Balázs Vince Nagy - Integrante / Marcelo Fernandes Costa - Integrante / Jan Kremers - Integrante / Mirella Gualtieri - Integrante / Mirella Barboni - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2015

    Estudo morfológico dos efeitos da injeção intravítrea de aciclovir na densidade de células ganglionares da retina de coelhos, Descrição: A necrose aguda de retina (NAR) é uma retinite viral de evolução muito rápida e devastadora. O aciclovir é o antiviral de escolha para o tratamento da NAR por ter boa seletividade contra seus agentes etiológicos. No entanto, estudos demonstram que a concentração de aciclovir no vítreo é muito baixa após o uso sistêmico. A injeção intravítrea pode ser uma via alternativa de administração do aciclovir e complementar ao tratamento sistêmico pela rapidez com que a droga atinge a retina e a necessidade de menor dose. O objetivo deste estudo é avaliar o impacto da injeção intravítrea de três doses de aciclovir sobre a densidade neuronal na camada de células ganglionares da retina, por ser esta a de maior exposição ao fármaco. Para tanto, retinas de animais tratados serão fixadas e coradas pela técnica de Nissl e densidade celular da camada de células ganglionares será amostrada. A abordagem experimental dessa nova via de administração de droga para o tratamento das retinites virais abre uma nova perspectiva para estudos pré-clínicos futuros pois a injeção intravítrea de aciclovir pode ser uma arma importante no tratamento da NAR por permitir acesso imediato da droga à retina e início de ação imediato.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Coordenador / Francisco Max Damico - Integrante / Dora Fix Ventura - Integrante / Beatriz Sayuri Takahashi - Integrante / Aline Yoshie Goto - Integrante / Justin Rakim King - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Minority Health International Research Training - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1

  • 2013 - 2014

    Estudo morfológico e eletrofisiológico da retina em um modelo experimental para Alzheimer, Descrição: A doença de Alzheimer é uma doença neurológica degenerativa com redução progressiva da cognição, sendo a causa mais comum de demência em idosos no Brasil e no mundo. Ainda não há cura para essa enfermidade e os tratamentos são apenas paliativos, não havendo regressão. O mal de Alzheimer caracteriza-se por acúmulo de proteína tau patológica, associado à formação de emaranhados neurofibrilares, e também pela deposição da proteína β-amilóide, associada à formação das placas senis, sendo que ambos os fatores bloqueiam a comunicação neural pelas sinapses, contribuindo para a degeneração de neurônios (Rowan et al, 2007; Sorrentino et al, 2007). Essa patologia apresenta similaridades com o glaucoma, uma doença retiniana de múltipla etiologia que ocasiona morte celular e perdas visuais irreversíveis, O objetivo deste trabalho será averiguar a integridade funcional retiniana em um modelo animal de Alzheimer desenvolvido pelo grupo de Frank M. LaFerla (Universidade da Califórnia, EUA) e distingue-se dos outros modelos transgênicos por desenvolver lesões histopatológicas em regiões do cérebro como a amígdala, o hipocampo e o córtex (Oddo et al., 2003; LaFerla & Oddo, 2005). Neste modelo, são coinjetados dois transgenes (APPSWE, que codifica o precursor do peptídeo β-amilóide que forma as placas β-amilóides características do Mal de Alzheimer, e tauP301L, associado à deposição de proteína tau e formação de emaranhados neurofibrilares típicos da doença) em embriões unicelulares de um camundongo transgênico com expressão do gene humano PS1 (Guo et al., 2009), que acelera a taxa de deposição dessas proteínas. O posterior cruzamento sequencial dessa nova linhagem para estabilização dos transgenes origina o camundongo modelo de Alzheimer, 3xTg-AD. A função visual destes animais será avaliada através de eletrorretinografia e a integridade retiniana através de técnicas de histologia e imunohistoquímica para proteínas relacionadas ao mal de Alzheimer, bem como marcadores celulares convencionais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Coordenador / Dora Fix Ventura - Integrante / Paulo Maiorka - Integrante / Daniela Maria Oliveira Bonci - Integrante / Kae Leopoldo - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2013 - Atual

    Estudo morfológico e eletrofisiológico de modelo animal para retinopatia da prematuridade, Descrição: A retinopatia da prematuridade é uma doença do desenvolvimento que acomete bebês nascidos prematuramente e que passam longos períodos de tempo em incubadoras. O ambiente das incubadoras é rico em oxigênio, o que ocasiona neovascularização retiniana e perdas visuais consideráveis. Esta é a doença ocular mais frequente em neonatologia. O objetivo deste trabalho é avaliar funcionalmente através da eletrorretinografia (ERG) a visão em um modelo animal de retinopatia da prematuridade, comparando-o a animais sadios. Registraremos ERGs da retina de camundongos (Mus musculus) controle e camundongos submetidos a hiperoxigenação (animais que recebem grande quantidade de oxigênio em uma câmara hiperbárica), para que possamos entender as perdas visuais decorrentes da hiperoxigenação e privação visual consequente da neovascularização resultante.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Coordenador / Ricardo Giordano - Integrante / Jussara Michaloski Souza - Integrante / Ricardo Tiosso Panassiol - Integrante / Livia Lohis Harue Uyeti - Integrante / Guido Barbieri Bittencourt - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.Número de orientações: 3

  • 2011 - 2016

    Visão e comunicação celular na retina: o papel das células bipolares de entrada mista - Jovem Pesquisadores em Centros Emergentes FAPESP 2010/169-0 e CNPq Humanas 469797/014-2, Descrição: A sensibilidade e adaptabilidade do sistema visual aos mais variados ambientes luminosos são impressionantes. Embora boa parte de nossa versatilidade visual seja resultado da existência de fotorreceptores com sensibilidades diferentes na nossa retina, os bastonetes e os cones, mecanismos pós-receptorais de adaptação são imprescindíveis para o funcionamento apropriado da visão, dadas as limitações dos bastonetes em adaptar à luz. Esses mecanismos pós-receptorais de controle de ganho, entretanto, são pouco conhecidos. Células bipolares que recebem entradas de ambos os tipos de fotorreceptores são peças-chave nesse processo de adaptação, pois precisam ajustar sua faixa dinâmica ativamente para poder transmitir sinais continuamente à retina interna em níveis escotópicos, mesópicos e fotópicos. Este projeto visa esclarecer quais os mecanismos dessas células bipolares de entrada mista que possibilitam este feito, investigando as interações entre os sinais dos fotorreceptores em estados de adaptação diferentes, sua integração e controle de ganho, o tipo de filtragem imposto pela fisiologia e morfologia das células bipolares e seus mecanismos de transmissão sináptica. Para tanto, experimentos combinando técnicas eletrofisiológicas, morfológicas, farmacológicas e de modelagem matemática serão realizados, com o intuito de compreender os mecanismos de codificação do sinal visual em células bipolares de entrada mista do tipo ON (mbON). Esses neurônios recebem substancial entrada de bastonetes e possuem, portanto, mecanismos de controle de ganho robustos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Coordenador / Maarten Kamermans - Integrante / David Zenisek - Integrante / Flavio Theodoro da Silva - Integrante / Dora Fix Ventura - Integrante / Aline Yoshie Goto - Integrante / Milton A´keem Williams - Integrante / Henrique von Gersdorff - Integrante / Amanda Bernardino Garcia - Integrante / Vitor Henrique Corredor - Integrante / Diego Vinícius Lopes Decleva - Integrante / Luiz Claudio Portnoi Baran - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Minority Health International Research Training - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 41 / Número de orientações: 28

  • 2011 - Atual

    NAPNA- Núcleo de Apoio à Pesquisa em Neurociência Aplicada, Descrição: O Núcleo de Apoio à Pesquisa em Neurociência Aplicada (NAPNA) foi fundado em 2011 como um nos novos núcleos de apoio à pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade de São Paulo (órgãos de integração que objetivam reunir especialistas da universidade em torno de programas de pesquisa). Desde a sua criação, o NAPNA reúne mais de uma centena de pesquisadores e pós-graduandos distribuídos em 10 unidades diferentes da USP. Sua missão é produzir ciência e inovações tecnológicas de alto nível voltadas para o tratamento e prevenção de transtornos neurológicos e psiquiátricos, maximizando a eficiência produtiva de grupos de excelência sediados na USP e o impacto mundial do conhecimento gerado. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Christina Joselevitch - Coordenador / Dânia Emi Hamassaki - Integrante / Luiz Roberto Giorgetti de Britto - Integrante / Dora Fix Ventura - Integrante / Geraldo Busatto Filho - Integrante / Alexander Henning Ulrich - Integrante / João Pereira Leite - Integrante.

  • 2009 - 2014

    A visão como indicador de processos lesivos na retina e no sistema nervoso central. Projeto Temático FAPESP 2008/58731-2, Descrição: O presente projeto propõe o estudo da visão humana e de modelos animais em três grandes grupos de doenças ou condições que resultam em perdas visuais: doenças resultantes da exposição prolongada a substâncias tóxicas e/ou medicamentosas (intoxicação por mercúrio e por solventes orgânicos); doenças resultantes da interação de fatores ambientais com a predisposição genética (diabetes e esclerose múltipla), e doenças de origem genética e caráter hereditário comprovado (distrofia muscular de Duchenne e neuropatia óptica de Leber),. É também proposto o estudo da influência dessas condições nas funções neuropsicológicas. O objetivo principal é elucidar os mecanismos responsáveis pelas perdas funcionais e estruturais no sistema visual, da retina ao sistema nervoso central, e compará-los aos efeitos causados por outras doenças neurodegenerativas. Um segundo objetivo importante é o de elaborar novos protocolos e novos métodos de diagnóstico precoce. Para atingir esses objetivos será avaliado o funcionamento do sistema visual através da visão de cores e de contrastes, campo visual, acuidade visual, funções de hiperacuidade com métodologias psicofísicas, eletrofisiológicas, morfológicas e genéticas, em seres humanos e modelos animais. O efeito dessas condições em funções neuropsicológicas também será avaliado. O projeto envolve os setores de pesquisa básica e clínica de várias instituições: Laboratório da Visão do Instituto de Psicologia da USP, Laboratório de Neurobiologia do Centro de Ciências Biológicas, o Núcleo de Medicina Tropical, assim como da Escola de Primatas da Universidade Federal do Pará, reunindo ainda pesquisadores do Depto de Histologia da Universidade Federal do Paraná. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (7) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Coordenador / Ciro A. Oliveira Ribeiro - Integrante / Sonia Regina Grotzner - Integrante / Mirella Gualtieri - Integrante / Russell David Hamer - Integrante / Marcelo Fernandes da Costa - Integrante / Luiz Carlos de Lima Silveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 9

  • 2009 - 2011

    Processamento cromático em Carassius auratus (Ostariophysi, Cypriniformes, Cyprinidae): estudo da transmissão sináptica entre cones UV e células horizontais, Descrição: A visão de cores depende não apenas da existência de múltiplas classes de fotorreceptores com sensibilidades espectrais distintas, mas também de uma circuitaria pós-receptoral apta a analisar e comparar os sinais oriundos dessas células. Essa comparação tem início já na primeira sinapse retiniana, onde fotorreceptores se comunicam com células horizontais e bipolares. Entretanto, pouco se sabe a respeito das entradas de fotorreceptores para esses neurônios de segunda ordem e das suas estratégias de codificação do sinal visual. Por exemplo, cones sensíveis a comprimentos de onda na faixa do ultravioleta (cones UV) foram descritos em um número de espécies, mas o processamento retiniano de seus sinais ainda é pouco compreendido. Além disso, em alguns ectotermos como o peixe dourado (Carassius auratus), cones UV desaparecem após a maturidade sexual, o que implica na necessidade de reorganização da circuitaria retiniana envolvida no processamento de seus sinais. O presente projeto tem por objetivo estudar a entrada de cones UV para células horizontais do peixe dourado em várias fases de seu desenvolvimento através de técnicas eletrofisiológicas, visando compreender quais os tipos celulares que se comunicam com esses fotorreceptores e quais as transformações que esses neurônios de segunda ordem sofrem quando os cones UV desaparecem. Espera-se assim contribuir para uma maior compreensão da visão de cores em geral, bem como de processos envolvendo morte celular e reorganização sináptica que ocorrem em processos de intoxicação e patologias degenerativas retinianas que levam à perda de fotorreceptores. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Coordenador / Dora Selma Fix Ventura - Integrante / Flavio Theodoro da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2008 - 2012

    Eletrofisiologia e morfologia da retina de camundongo triplo-transgênico, Descrição: A prevalência de glaucoma é maior entre indivíduos com a Doença de Alzheimer do que na população normal. Para entender a relação entre estas duas patologias, as retinas de camundongos (Mus musculus) triplos transgênicos da linhagem 3xTg-AD , considerados bons modelos experimentais para o estudo da Doença de Alzheimer, são comparadas às de animais controles (linhagem 129/BL-6). A função retiniana é investigada através de registros eletrofisiológicos in vivo (ERG) e a integridade estrutural da retina é estudada através de técnicas de imunohistoquímica e histologia convencional. O projeto está sendo feito em colaboração com o Prof. Dr. Jan Kremers da Universidade de Erlangen, Alemanha, que investiga de maneira semelhante um modelo animal para o glaucoma (camundongos da linhagem DBA/2J) para fins de comparação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Coordenador / Gabriela Lourençon Ioshimoto - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Physiology and cell biology of the bipolar cell presynaptic terminal, Descrição: Neurônios em geral comunicam-se através da liberação de neurotransmissor por exocitose. Essa liberação é desencadeada por uma despolarização do potencial de membrana celular, que leva à abertura de canais de cálcio dependentes de voltagem, permitindo assim a entrada de cálcio no citoplasma. Níveis intracelulares elevados de cálcio, por sua vez, desencadeiam a fusão de vesículas sinápticas contendo neurotransmissor com a membrana sináptica. Embora esse processo seja conhecido em linhas gerais, os detalhes envolvidos em cada etapa ainda necessitam elucidação. O objetivo desse projeto é compreender a relação entre o potencial de membrana de células bipolares e sua liberação sináptica de glutamato. Para tanto, combina-se técnicas de transgênese, eletrofisiológicas, farmacológicas e de microscopia em tempo real em células de peixes normais (Carassius auratus e Danio rerio) e de várias linhagens transgênicas (Danio rerio) gerados no próprio laboratório, para observar a dinâmica de vesículas sinápticas quando o potencial de membrana das células bipolares é variado. Compara-se, assim, a atividade sináptica em zonas próximas a fitas sinápticas e em zonas nas quais essas células fazem sinapses convencionais, visando uma compreensão da função e do modo de funcionamento desses dois tipos de sinapse na transformação da informação visual.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / David Zenisek - Coordenador., Financiador(es): National Institutes of Health - Remuneração / Yale University School of Medicine - Remuneração / National Institutes of Health - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 11

  • 2007 - 2014

    Estudo farmacológico, morfológico e eletrofisiológico dos efeitos da injeção intravítrea de ácido micofenólico em coelhos, Descrição: Uveítes são inflamações intra-oculares geralmente crônicas e uma das principais causas de cegueira no mundo. Os corticosteróides são a droga de primeira escolha para o tratamento das uveítes não infecciosas, mas muitas vezes há necessidade do uso de outras drogas imunossupressoras. O micofenolato de mofetila (MMF) é um potente imunossupressor administrado por via oral que vem sendo utilizado com sucesso no tratamento das uveítes, mas cujos efeitos colaterais muitas vezes tornam necessária a sua suspensão. O MMF é uma pró-droga, que é transformado no fígado em ácido micofenólico (MPA), o imunossupressor ativo. Para minimizar os efeitos colaterais do uso do MPA e permitir que o olho receba uma dose maior da droga e mais rapidamente, testaremos os efeitos da injeção intravítrea do MPA em olhos de coelhos. O objetivos deste estudo é avaliar os efeitos anatômico, morfológico e eletrofisiológico da injeção intravítrea de diferentes concentrações de MPA na retina de coelhos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Coordenador / Rafael Mantuanelli Ferraro - Integrante / Francisco Max Damico - Integrante / Gabriela Lourençon Ioshimoto - Integrante / Renata Genaro - Integrante / André Maurício Passos Liber - Integrante / Rodolfo Santos Flaborea - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2005 - 2007

    Polarization vision and the development of retinal neural network models, Descrição: A luz solar sofre polarização ao penetrar a atmosfera terrestre, ou seja, apenas raios solares vibrando em uma determinada direção conseguem atingir a superfície do planeta. O grau de polarização dos raios solares varia com o comprimento de onda: a luz UV que penetra a atmosfera é altamente polarizada, enquanto comprimentos de onda mais longos sofrem menor polarização. Embora essa polarização seja invisível ao olho humano, uma série de espécies animais com sensibilidade ao UV, como formigas, pombos, peixes dourados, paulistinhas e salmões conseguem perceber luz polarizada e fazem uso dessa informação para navegar, uma vez que o padrão de polarização da luz solar varia com a posição do sol em relação ao eixo terrestre. Esse projeto investiga os mecanismos retinianos de sensibilidade à luz polarizada no peixe dourado através de experimentos eletrofisiológicos, morfológicos e modelagens matemáticas dos circuitos neurais envolvidos: fotorreceptores, células horizontais e células bipolares, comparando dados obtidos no peixe dourado comum e em algumas linhagens transgênicas de paulistinha, espécie intimamente relacionada e de fácil ma,nipulação genética. Essa pesquisa está enquadrada em um projeto de colaboração com dois outros laboratórios e tem como fim a elaboração de um chip para intrumentos de navegação que faça uso de luz polarizada. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Maarten Kamermans - Coordenador / Jan Klooster - Integrante / Craig Hawryshyn - Integrante / Duco Endeman - Integrante., Financiador(es): European Office of Aerospace Research and Development - Auxílio financeiro / European Office of Aerospace Research and Development - Remuneração., Número de produções C, T & A: 18

  • 1999 - 2005

    The twilight zone: how mixed-input bipolar cells process rod and cone signals, Descrição: O peixe dourado, Carassius auratus, é um ótimo modelo para o estudo da visão, em função de sua retina assemelhar-se em vários aspectos à do ser humano. Esse projeto tem como objetivo investigar a fisiologia e as estratégias de codificação das células bipolares de entrada mista do peixe dourado, responsáveis pela interface entre os sinais de cones e bastonetes na retina externa e as células ganglionares na retina interna. Registros eletrofisiológicos de fotorreceptores, células horizontais e bipolares a estímulos luminosos semelhantes são comparados e modelados matematicamente, com o auxílio de dados de morfologia referentes à composição de receptores de glutamato e canais iônicos das células envolvidas. Resultados de morfologia observados na retina do peixe dourado comum são comparados àqueles obtidos com diferentes linhagens transgênicas de paulistinha (Danio rerio), peixe da mesma família do peixe dourado que possibilita manipulação genética. Esses dados possibilitam entender quais as transformações sofridas pelos sinais visuais em cada sinapse, para uma compreensão de mecanismos fundamentais na transmissão sináptica da informação visual em vertebrados em geral. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Maarten Kamermans - Coordenador / Jan Klooster - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Koninklijke Nederlandse Akademie van Wetenschappen - Remuneração / Koninklijke Nederlandse Akademie van Wetenschappen - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 21

  • 1997 - 1999

    Visão no ultravioleta em Carassius auratus (Ostariophysi, Cypriniformes, Cyprinidae): estudo eletrofisiológico do sistema cones-células horizontais, Descrição: A visão de cores depende não apenas da existência de múltiplas classes de fotorreceptores com sensibilidades espectrais distintas, mas também de uma circuitaria pós-receptoral apta a analisar e comparar os sinais oriundos dessas células. Essa comparação tem início já na primeira sinapse retiniana, onde fotorreceptores se comunicam com células horizontais e bipolares. Cones sensíveis a comprimentos de onda na faixa do ultravioleta (cones UV) foram descritos em um número de espécies, dentre elas o peixe-dourado, Carassius auratus. Entretanto, o processamento retiniano desses sinais UV ainda é pouco compreendido. O presente projeto tem como finalidade investigar as entradas de cones UV para células horizontais retinianas, através de registros intracelulares de respostas eletrofisiológias à luz. Espera-se assim contribuir para uma maior compreensão da visão no ultravioleta em especial, e da visão de cores em geral. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / John Manuel de Souza - Integrante / Dora Selma Fix Ventura - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 14

  • 1996 - 1996

    Estudo morfológico do sistema de drenagem do humor aquoso em Carassius auratus (Ostariophysi, Cypriniformes, Cyprinidae) variedades padrão e demekin, Descrição: A variedade ?demekin? de peixe dourado (Carassius auratus) possui bulbos oculares extremamente desenvolvidos e uma retina muito menos celular e organizada do que a da variedade padrão. O presente projeto tem como objetivo investigar se o crescimento ocular do demekin está relacionado a um problema no sistema de drenagem de seu humor aquoso, com conseqüente aumento da pressão intra-ocular. Tal condição caracteriza, em seres humanos, um quadro de glaucoma primário. Para tal estudo, técnicas invasivas de medição da pressão intra-ocular e drenagem do humor aquoso são empregadas em ambas as variedades de peixe dourado para fins de comparação. O ângulo de drenagem do humor aquoso nessa espécie é estudado em maior detalhe através de microscopia convencional de luz e microscopia eletrônica de varredura de espécimes criofraturados. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Ricardo Luiz Smith - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 3

  • 1995 - 1995

    Estudo comparativo das retinas de Carassius auratus (Ostariophysi, Cypriniformes, Cyprinidae) variedades padrão e demekin, Descrição: Esse projeto apresenta uma comparação das retinas de peixe dourado variedades padrão e ?demekin?, visando determinar se o crescimento oftálmico da segunda variedade apresenta conseqüências para a sua estrutura retiniana. Para tanto, técnicas histológicas convencionais, como inclusão em parafina e coloração por hematoxilina-eosina, azul de toluidina e cresil violeta são utilizadas lado-a-lado a um estudo imunohistoquímico da distribuição retiniana das proteínas ligantes de cálcio (calbindina, calretinina e parvalbumina) em ambas as variedades de peixe dourado. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Arani Nanci Bomfim Mariana - Coordenador / Wagner Intelizano - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 2

  • 1994 - 1994

    Anatomia ocular de Carassius auratus (Ostariophysi, Cypriniformes, Cyprinidae) variedades padrão e demekin, Descrição: O peixe dourado comum, Carassius auratus, é considerado um bom modelo para o estudo de alguns aspectos da visão, por possuir uma retina com uma organização semelhante à do homem e percepção de cores desenvolvida. A variedade ?demekin? de peixe dourado caracteriza-se por possuir bulbos oculares supra-desenvolvidos e visãp sub-normal para os padrões da espécie. O presente projeto apresenta um estudo morfométrico das câmaras oculares da variedade padrão e demekin de peixe dourado, com o uso de técnicas não invasivas como ultrasonografia e radiografia. Resultados obtidos com essas técnicas são então comparados a dados obtidos com métodos morfométricos convencionais, como fotografia e videofilmagem de cortes em criostato para fins de validação. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Christina Joselevitch - Integrante / Arani Nanci Bomfim Mariana - Coordenador / Wagner Intelizano - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 2

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2018

Prêmio BRAVO - 1o lugar (Kae Leopoldo, DO), Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology.

2017

Menção Honrosa (Kae Leopoldo, DO) - 47a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Psicologia, Sociedade Brasileira de Psicologia.

2016

Prêmio BRAVO - 3o lugar (Kae Leopoldo, ME), Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology.

2016

Simpósio BRAVO 2016 - Melhor Apresentação Oral (Aline Goto, ME), Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology.

2016

Menção Honrosa (Vitor Henrique Corredor, IC) - XXXI Reunião Anual da FeSBE, Federação das Sociedades de Biologia Experimental.

2016

Menção Honrosa (Kae Leopoldo, ME) - XXXI Reunião Anual da FeSBE, Federação das Sociedades de Biologia Experimental.

2015

Melhor Trabalho Apresentado em Pesquisa Básica, Congresso Brasileiro de Oftalmologia.

2010

Prêmio BRAVO/Allergan, Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology.

2009

AFER/Ramon Dacheux II Memorial Travel Grant, The Association for Research in Vision and Ophthalmology.

2008

Melhor Apresentacao em Painel, Department of Cellular and Molecular Physiology - Yale University School of Medicine.

2007

Window on Science Travel Award, The European Office of Aerospace Research & Development.

2006

FASEB Travel Award, Federation of American Societies for Experimental Biology.

2005

Window on Science Travel Award, The European Office of Aerospace Research & Development.

2004

Spinoza Award, Universiteit van Amsterdam.

2004

FASEB Travel Award, Federation of American Societies for Experimental Biology.

2002

Melhor Apresentação Oral, Graduate School Neurosciences Amsterdam.

2002

FASEB Travel Award, Federation of American Societies for Experimental Biology.

1996

Premio Jovem Cientista Prof. Dr. Mário Mariano, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - Universidade de São Paulo.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade de São Paulo, Instituto de Psicologia. , Av. Professor Mello Moraes 1721, bloco A, sala D-9, Butantã, 05508030 - São Paulo, SP - Brasil, Telefone: (11) 30911915, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - Atual

    Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho Fiscal

  • 2013 - 2016

    Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Tesoureira

  • 2009 - 2013

    Brazilian Research Association in Vision and Ophthalmology

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro

  • 2010 - Atual

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2009 - 2010

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, nível pós-doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1997 - 1999

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, nível mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 11/2010

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, .,Cargo ou função, Comissão Interna de Biossegurança da FMVZ-USP - membro titular externo.

    • 08/2010

      Ensino, Psicologia Experimental, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, NEC5747 - Metodologia da Pesquisa em Psicofisiologia Sensorial, PSE5760 - Psicologia Sensorial, PSE5891 - Estratégias Retinianas de Codificação Visual, PSE5894 - Técnicas de Preparação de Trabalhos Científicos

    • 08/2010

      Ensino, Neurociências e Comportamento, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, NEC5747 - Metodologia da Pesquisa em Psicofisiologia Sensorial, PSE5760 - Psicologia Sensorial, PSE5891 - Estratégias Retinianas de Codificação Visual, PSE5894 - Técnicas de Preparação de Trabalhos Científicos

    • 02/2010

      Ensino, Psicologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, PSE5140 - Neurociências e Comportamento: Aspectos Cognitivos e Emocionais no Processo de Aprendizagem, PSE1545 - Psicologia Sensorial e PSE1646 - Percepção e Cognição, PSE2352, PSE2453 e PSE2554 - Treino de Pesquisa em Psicologia I, II e III, 4701784 e 4701885 - Trabalho de Pesquisa em Psicologia I e II, 4703691 - Ações Comunitárias I

    • 06/2009

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psicologia, .,Linhas de pesquisa

    • 11/2016 - 07/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, .,Cargo ou função, Comissão de Cooperação Internacional - Vice-Presidente.

    • 03/2016 - 07/2018

      Direção e administração, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Experimental.,Cargo ou função, Comissão Coordenadora do Biotério - Vice-Coordenadora.

    • 08/2015 - 07/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, .,Cargo ou função, Comissão de Ética no Uso de Animais - Presidente.

    • 11/2014 - 07/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, .,Cargo ou função, Conselho Acadêmico - membro titular.

    • 11/2012 - 07/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, .,Cargo ou função, Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental - membro suplente.

    • 10/2010 - 01/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Experimental.,Cargo ou função, Comissão de Bolsas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experimental - membro titular.

    • 11/2014 - 11/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, .,Cargo ou função, Comissão de Cooperação Nacional e Internacional - Presidente.

    • 10/2013 - 03/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, .,Cargo ou função, Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento - membro titular.

    • 01/2015 - 10/2015

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, .,Cargo ou função, Comissão de Avaliação Institucional - membro titular.

    • 05/2013 - 07/2015

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Experimental.,Cargo ou função, Comitê de Ética em Pesquisa com Animais - Vice-Presidente.

    • 11/2012 - 11/2014

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, .,Cargo ou função, Comissão de Cooperação Nacional e Internacional - Vice-Presidente.

    • 06/2010 - 06/2014

      Direção e administração, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Experimental.,Cargo ou função, Comissão Coordenadora do Biotério - Vice-Coordenadora.

    • 05/2010 - 10/2013

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, .,Cargo ou função, Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Comportamento - membro suplente.

    • 02/2010 - 04/2013

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, .,Cargo ou função, Comitê de Ética em Pesquisa com Animais - membro titular.

    • 02/2010 - 11/2012

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Experimental.,Cargo ou função, Comissão de Cooperação Nacional e Internacional - membro titular.

    • 08/2010 - 07/2012

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Experimental.,Cargo ou função, Conselho do Departamento de Psicologia Experimental - membro suplente.

    • 06/2010 - 08/2010

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Psicologia, .,Cargo ou função, Comissão Pró-Saúde - membro titular.

  • 2013 - 2013

    Yale University School Of Medicine

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Assistant Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2008 - 2009

    Yale University School Of Medicine

    Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, nível pós-doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 03/2008

      Serviços técnicos especializados , Department of Cellular and Molecular Physiology, .,Serviço realizado, Registro Eletrofisiológico de Neurônios Retinianos.

    • 03/2008 - 05/2009

      Pesquisa e desenvolvimento , Department of Cellular and Molecular Physiology, .,Linhas de pesquisa

  • 2005 - 2007

    The Netherlands Institute for Neuroscience

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, nível pós-doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 10/2005 - 12/2007

      Serviços técnicos especializados , Retinal Signal Processing, .,Serviço realizado, Registro Eletrofisiológico de Neurônios Retinianos.

  • 2003 - 2005

    The Netherlands Ophthalmic Research Institute

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, nível doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1999 - 2003

    The Netherlands Ophthalmic Research Institute

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, nível doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 10/1999 - 10/2005

      Serviços técnicos especializados , Retinal Signal Processing, .,Serviço realizado, Registros Eletrofisiológicos de Neurônios Retinianos.

  • 1996 - 1996

    Universidade Federal de São Paulo

    Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsista de iniciação científica, Carga horária: 20

  • 1995 - 1995

    Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiaria, Carga horária: 5

  • 1995 - 1995

    Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo

    Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsista de iniciação científica, Carga horária: 20

  • 1994 - 1994

    Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo

    Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Bolsista de iniciação científica, Carga horária: 20

  • 1993 - 1994

    Escola de Idiomas Incentive English

    Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Docente estagiária, Carga horária: 2

    Outras informações:
    Estágio não-remunerado para obtenção de experiência didática

    Atividades

    • 03/1993 - 12/1994

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Inglês

  • 2015 - Atual

    Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - São Paulo

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro