Keyti Cristine Alves Damas Rezende

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de Goiás (1999-2003). Mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal de Goiás (2009-2011). Especialista em Auditoria em Sistemas de Saúde pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2006-2008) e em Saúde da Família pela Universidade Federal de Goiás (2009). Integra o Núcleo de Estudos e Pesquisas de Enfermagem em Prevenção e Controle de Infecção Relacionada aos Cuidados em Saúde (NEPIH), vinculado ao CNPq, da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás. Atualmente é membro executor da Comissão de Controle da Infecção Hospitalar do Hospital Materno Infantil em Goiânia - Goiás e enfermeira do centro obstétrico do Hospital Regional de Santa Maria no Distrito Federal.

Informações coletadas do Lattes em 01/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Enfermagem

2009 - 2011

Universidade Federal de Goiás
Anaclara Ferreira Veiga Tipple.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Enfermagem; Precauções Universais; Equipamentos de proteção; Controle de infecção; Risco ocupacional; Atenção básica. Grande área: Ciências da Saúde / Área: Enfermagem. Setores de atividade: Saúde humana e serviços sociais.

Especialização em Especialização Multiprofissional Saúde da Família

2009 - 2009

Universidade Federal de Goiás
Orientador: Ana Luisa Lima

Especialização em Auditoria em Sistemas de Saúde

2006 - 2008

Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Graduação em Enfermagem

1999 - 2003

Universidade Federal de Goiás
Orientador: Denize Boutelett Munari
Bolsista do(a): PRÓ-REITORIA DE EXTENÇÃO E CULTURA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2004 - 2004

II Treinamento de Vigilância das VE-DTA. (Carga horária: 30h). , Secretaria Estadual de Saúde de Goiás.

2004 - 2004

Didática da Educação Profissional. (Carga horária: 24h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - CEP - Iporá.

2003 - 2003

Curso de emergências Médicas Clínicas Traumáticas. (Carga horária: 40h). , Corpo de Bombeiros de Goiás.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Controle de Infecção.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Enfermagem.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Ensino-Aprendizagem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

VII CONGRESSO DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO DA UFG. O USO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NA REALIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS NA ATENÇÃO BÁSICA. 2010. (Congresso).

CAPACCITAÇÃO PARA PREPARAÇÃO DA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA RUBÉOLA, SALA DE VACINA, TUBERCULOSE E HANSENÍASE.AVALIAÇÃO DO PACIENTE COM QUADRO CLÍNICO DE HANSENÍASE. 2008. (Seminário).

59º CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM. BIOSSEGURANÇA E ASSISTÊNCIA DOMICILIAR NA PRÁTICA DO PROGRAMA DE SAPUDE DA FAMÍLIA: RELATO DE UM CASO COM INTERFACE ENTRE MEDIDAS DE CONTROLE DE INFECÇÃO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE. 2007. (Congresso).

SEMINÁRIO DE LANÇAMENTO DA POLÍTICA ESTADUAL DE SAÚDE À PESSOA IDOSA E CADERNETA DE SAÚDE DA PESSOA IDOSA NO ESTADO DE GOIÁS.O IDOSO NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA. 2007. (Seminário).

CURSO BÁSICO PARA A ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA. 2007. (Outra).

Oficina: Didática da Educação Profissional para o Trabalho e a Cidadania. 2004. (Oficina).

Goiás Fazendo Saúde. 2004. (Encontro).

II Treinamento de Viligilância das Doenças Transmitidas por Alimentos - VE - DTA. 2004. (Encontro).

I Seminário de Humanização da Assistência do Hospital das Clínicas.I Seminário de Humanização da Assistência do Hospital das Clínicas. 2003. (Seminário).

II Ciclo de Terapias Alternativas.Oficina de Unibiótica. 2003. (Oficina).

II Ciclo de Terapias Alternativas.II Ciclo de Terapias Alternativas. 2003. (Outra).

Curso de Emergências Médicas Clínicas Traumáticas.Curso de Emergências Médicas ClínicasTraumáticas. 2003. (Outra).

1º Fórum sobre Serviços de Apoio ao Controle de Infecção Hospitalar.1º Forum sobre Serviços de Apoio ao Controle de Infecção Hospitalar. 2003. (Outra).

III Simpósio internacional de esterilização e controle de infecção hospitalar e II Curso de implantes e equipamentos em ortopedia, bucomaxilo, cirurgia plástica e neurocirurgia.III Simpósio Internacional de Esterilização e Controle de Infecção Hospitalar. 2002. (Simpósio).

VII Encontro de Enfermagem da Região Centro-Oeste, V Encontro de Enfermagem em Saúde Coletiva.VII Encontro de Enfermagem da Região Centro-Oeste. 2001. (Encontro).

II Encontro Pedagógico das Escolas Inclusivas.II Encontro Pedagógico das Escolas Inclusivas. 2001. (Encontro).

I Jornada Goiana de Arteterapia.I Jornada Goiana de Arteterapia. 2001. (Outra).

I Encontro Goiano de Enfermagem em Queimaduras.I Encontro Goiano de Enfermagem em Queimaduras. 2000. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

MILCA SEVERINO PEREIRA

TIPLLE, Anaclara Ferreira Veiga; Figueiredo, Rosely Moralez;SOUZA, Adenicia Custodia Silva ePEREIRA, Milca Severino; Souza, Marcia Maria de. Risco biológico e medidas de prevenção na prática da atenção básica.. 2011. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de Goiás.

Adenicia Custodia Silva e Souza

TIPPLE, A.F.V.; FIGUEIREDO,R.M.;SOUZA, A.C.S.SOUZA, Adenícia Custódia SilvaPEREIRA, M.S.; SOUZA, M.M.. Risco biológico e medidas de prevenção na prática da atenção básica.. 2011. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de Goiás.

Márcia Maria de Souza

SOUZA, M. M.. Risco biológico e medidas de prevenção na prática da atenção básica. 2011. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de Goiás.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Anaclara Ferreira Veiga Tipple

Risco Biológico e Medidas de Prevenção na Prática da Atenção Básica; 2011; Dissertação (Mestrado em enfermagem) - Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás,; Orientador: Anaclara Ferreira Veiga Tipple;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • DAMAS, K. C. A. ; SIQUEIRA, K. M. ; Denize Boutelett Munari . CUIDANDO DO CUIDADOR: REFLEXÕES SOBRE O APRENDIZADO DESSA HABILIDADE1. Revista Eletrônica de Enfermagem , v. 06, p. 12, 2004.

  • SALGADO, T. A. ; TIPPLE, A. F. V. ; BARROS, D. X. ; DAMAS, K. C. A. ; SOUZA, A.C.S. . A SEGURANÇA DOS ARTIGOS CRÍTICOS NECESSÁRIOS AO ATENDIMENTO DOMECILIAR NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA. In: 10º CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM EM CENTRO CIRÚRGICO,RECUPERAÇÃO ANESTÉSICA E CENTRO DE MATERIAL E ESTERILIZAÇÃO, 2011, SÃO PAULO. ANAIS - 10º CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM EM CENTRO CIRÚRGICO,RECUPERAÇÃO ANESTÉSICA E CENTRO DE MATERIAL E ESTERILIZAÇÃO, 2011.

  • TIPPLE, A. F. V. ; SALGADO, T. A. ; SOUZA, A.C.S. ; DAMAS, K. C. A. ; ALVES, S.B. ; MENDONCA, K. M. . REPROCESSING DEVICES IN A PRIMARY HEALTH CARE UNITS. In: 12 WORLD STERILIZATION CONGRESS, 2011, ESTORIL. WASHING, DISINFECTION AND STERILIZATION OF MEDICAL DEVICES, 2011.

  • DAMAS, K. C. A. ; SALGADO, T. A. ; TIPPLE, A. F. V. ; SOUZA, A.D.S. ; ALVES, S.B. . HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS NA REALIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS NA ATENÇÃO BÁSICA. In: XII CONGRESSO BRASILEIRO DE CONTROLE DE INFECÇÃO E EPIDEMIOLOGIA HOSPITALAR, 2010, RECIFE/OLINDA. XII CONGRESSO BRASILEIRO DE CONTROLE DE INFECÇÃO E EPIDEMIOLOGIA HOSPITALAR - QUALIDADE E SEGURANÇA: BUSCANDO A EXCELÊNCIA NO CONTROLE DE INFECÇÃO, 2010.

  • SALGADO, T. A. ; TIPPLE, A. F. V. ; SOUZA, A.D.S. ; DAMAS, K. C. A. ; ALVES, S.B. ; PAULA, G. R. . ARTIGOS SEMICRÍTICOS UTILIZADOS NA ATENÇÃO BÁSICA EM GOIÂNIA: INDICADORES DE QUALIDADE DO REPROCESSAMENTO. In: XII CONGRESSO BRASILEIRO DE CONTROLE DE INFECÇÃO E EPIDEMIOLOGIA HOSPITALAR, 2010, RECIFE/OLINDA. XII CONGRESSO BRASILEIRO DE CONTROLE DE INFECÇÃO E EPIDEMIOLOGIA HOSPITALAR - QUALIDADE E SEGURANÇA: BUSCANDO A EXCELÊNCIA NO CONTROLE DE INFECÇÃO, 2010.

  • SALGADO, T. A. ; TIPPLE, A. F. V. ; SOUZA, A.D.S. ; DAMAS, K. C. A. ; ALVES, S.B. ; PAULA, G. R. . O REPROCESSAMENTO DE ARTIGOS CRÍTICOS EM UNIDADES DE ATENÇÃO BÁSICA DE GOIÂNIA-GOIÁS. In: XII CONGRESSO BRASILEIRO DE CONTROLE DE INFECÇÃO E EPIDEMIOLOGIA HOSPITALAR, 2010, RECIFE/OLINDA. XII CONGRESSO BRASILEIRO DE CONTROLE DE INFECÇÃO E EPIDEMIOLOGIA HOSPITALAR - QUALIDADE E SEGURANÇA: BUSCANDO A EXCELÊNCIA NO CONTROLE DE INFECÇÃO, 2010.

  • ALVES, S.B. ; SOUZA, A.C.S. ; BISINOTO, C. S. ; DAMAS, K. C. A. ; RODRIGUES, E. G. ; REZENDE, F. R. ; MELO, D. S. ; NEVES, H. C. C. . QUANTIFICAÇÃO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO DE GERENCIAMENTO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. In: XII CONGRESSO BRASILEIRO DE CONTROLE DE INFECÇÃO E EPIDEMIOLOGIA HOSPITALAR, 2010, RECIFE. XII CONGRESSO BRASILEIRO DE CONTROLE DE INFECÇÃO E EPIDEMIOLOGIA HOSPITALAR, 2010.

  • ALVES, S.B. ; SOUZA, A.C.S. ; TIPPLE, A. F. V. ; DAMAS, K. C. A. ; REZENDE, F. R. ; RODRIGUES, E. G. . MANEJO DE RESÍDUOS GERADOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR PELA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA. Revista Brasileira de Enfermagem (Impresso) , 2012.

  • PEREIRA, MS ; SOUZA, A.C.S. ; TIPPLE, A. F. V. ; ALVES, S.B. ; DAMAS, K. C. A. . Resíduos em unidades não hospitalares de urgência e emergência: uma reflexão sobre seu gerenciamento. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • DAMAS, K. C. A. . REPROCESSING DEVICES IN A PRIMARY HEALTH CARE UNITS. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DAMAS, K. C. A. ; SALGADO, T. A. ; TIPPLE, A. F. V. ; SOUZA, A.D.S. ; ALVES, S.B. . HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS NA REALIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS NA ATENÇÃO BÁSICA. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SALGADO, T. A. ; TIPPLE, A. F. V. ; SOUZA, A.D.S. ; DAMAS, K. C. A. ; ALVES, S.B. ; PAULA, G. R. . O REPROCESSAMENTO DE ARTIGOS CRÍTICOS EM UNIDADES DE ATENÇÃO BÁSICA DE GOIÂNIA-GOIÁS. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SALGADO, T. A. ; TIPPLE, A. F. V. ; SOUZA, A.D.S. ; DAMAS, K. C. A. ; ALVES, S.B. ; PAULA, G. R. . ARTIGOS SEMICRÍTICOS UTILIZADOS NA ATENÇÃO BÁSICA EM GOIÂNIA: INDICADORES DE QUALIDADE DO REPROCESSAMENTO. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DAMAS, K. C. A. ; TIPPLE, A. F. V. . O USO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL NA REALIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS NA ATENÇÃO BÁSICA. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DAMAS, K. C. A. ; TIPPLE, A. F. V. ; ALMEIDA, A. N. G. ; JESUS, N. L. R. . A extesão universitária enquanto estratégia de ensino de processamento de artigos - um relato de esperiëncia. 2003. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • DAMAS, K. C. A. ; SIQUEIRA, K. M. . Religião e Cura Sob o Olhar Antropológico. 2003. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • DAMAS, K. C. A. . A Assistëncia de Enfermagem aos Queimados. 2000. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

DAMAS, K. C. A. . Treinamento de profissionais e acadëmicos de enfermagem em comunicação não verbal e lingua brasileira de sinais. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

DAMAS, K. C. A. ; TIPPLE, A. F. V. ; ALMEIDA, A. N. G. ; JESUS, N. L. R. . Assistëncia Multiprofissional a Comunidades Carentes. 2002. (Assistencial).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2009 - 2013

    O controle de infecção na Atenção Básica, Descrição: O controle da qualidade dos serviços prestados em instituições de atendimento à saúde habita sobre a tênue linha existente entre cura e adoecimento. Os índices de infecções relacionadas aos serviços de atendimento à saúde representam um dos principais indicadores de qualidade de assistência. O controle das mesmas, além de atender às exigências ético-legais, tornou-se uma premissa básica, tanto pela importância humana, quanto pelo impacto econômico, principalmente em países subdesenvolvidos e em desenvolvimento, onde os recursos precisam ser racionalizados. As infecções relacionadas ao cuidado em saúde, dentre os quais se incluem os serviços de atenção básica, têm representado um problema grave e de repercussões diversas no contexto da saúde humana, constituindo uma das principais causas de morbidade e mortalidade associadas a procedimentos diagnósticos, terapêuticos e clínicos. Considerando que risco é a probabilidade de ocorrência de um evento mórbido ou fatal, as instituições de saúde devem desenvolver uma gestão de riscos como política de proteção e recuperação da saúde, tendo como função identificar os agentes de risco, possibilitando a determinação dos indicadores que serão utilizados na tomada de decisão e nas estratégias de ações preventivas, que participa da gestão da biossegurança nas instituições de saúde. O risco biológico consiste na possibilidade de transmissão de patógenos relacionada à exposição a materiais, potencialmente infecciosos. Entendendo que o risco de exposição a material biológico é uma premissa constante para os profissionais de saúde, bem como para os usuários, faz-se necessário propor medidas de intervenção com o intuito de minimizar essa situação. Nesse contexto, a implementação das precauções padrão torna-se uma importante estratégia para a proteção de usuários e profissionais. As precauções padrão, editadas pelos Centers for Diseases Control and Prevention (CDC) em 1996 e atualizadas em 2007, são um conjunto de medidas a serem adotada. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Keyti Cristine Alves Damas Rezende - Integrante / Anaclara Ferreira Veiga Tipple - Coordenador / Adenícia Custódia Silva Souza - Integrante / Sergiane Bisinoto Alves - Integrante / THAÍS DE ARVELOS SALGADO - Integrante / KARINA SUZUKI - Integrante / Silvana de Lima Vieira dos Santos - Integrante / Hélio Galdino Júnior - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE, HOSPITAL MATERNO INFANTIL. , RUA R-7 ESQ. PERIMETRAL, SETOR OESTE, 74530-020 - Goiania, GO - Brasil, Telefone: (062) 32013309

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2009 - 2013

Universidade Federal de Goiás

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador

2004 - 2009

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - CEP - Iporá

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Instrutora da área de Saúde, Carga horária: 15

2010 - Atual

Secretaria de Estado da Saúde de Goiás

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: MEMBRO EXECUTOR DA CCIH - HMI, Carga horária: 30

2011 - Atual

Secretaria de Saúde do Governo do Distrito Federal

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: ENFERMEIRA, Carga horária: 20

2004 - 2009

Programa de Saúde da Família - Secretaria Municipal de Saúde de Iporá

Vínculo: Prestador de Serviço, Enquadramento Funcional: Enfermeira Supervisora, Carga horária: 40