Sheila Souza dos Santos

É Assistente Social Residente em Saúde do Idoso em Cuidados Paliativos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Possui Pós-graduação lato sensu em Saúde do Idoso: Abordagem Interdisciplinar pela Universidade Federal de São Paulo, Campus Baixada Santista (2016). Estuda Pós-graduação em Psicopedagogia Clínica e Institucional, pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, FMU. Possui graduação em Serviço Social, Bacharelado, pela Universidade Federal de São Paulo, Campus Baixada Santista (2017). E Graduação em Pedagogia, Licenciatura Plena, pela Universidade Guarulhos, UnG (2011). Foi aluna do Curso de Extensão "Fragilidades na Velhice: Gerontologia Social e Atendimento", da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2017). Foi Extensionista do PET Educação Popular "Criando e Recriando a Realidade Social" na Universidade Federal de São Paulo. Foi integrante do Núcleo de Estudos Reflexos de Palmares, do Núcleo de Estudos Heleieth Saffioti, e do Coletivo de Mulheres Negras "Ecoa Preta", na mesma universidade.

Informações coletadas do Lattes em 22/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Especialização em andamento em Psicopedagogia Clínica e Institucional

2019 - Atual

Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas

Especialização em andamento em Residência em Área Profissional da Saúde - Modalidade Multiprofissional: S

2018 - Atual

Universidade de São Paulo
Bolsista do(a): Ministério da Saúde, MS, Brasil.

Especialização interrompida em 2018 em Psicopedagogia Clínica e Institucional

2018 - Interrompido

Centro Universitário São Camilo
Ano de interrupção: 2018

Especialização em Saúde do Idoso: Abordagem Interdisciplinar

2015 - 2016

Universidade Federal de São Paulo
Título: Tornar- se velha sendo mulher negra: O envelhecimento na intersecção de gênero, raça e classe social
Orientador: Renata Cristina Gonçalves dos Santos

Graduação em Serviço Social

2015 - 2017

Universidade Federal de São Paulo
Título: Tornar-se velha sendo mulher negra: uma questão para o Serviço Social
Orientador: Renata Gonçalves

Graduação interrompida em 2014 em Serviço Social

2013 - Interrompido

Universidade Federal de Ouro Preto
Ano de interrupção: 2014

Graduação interrompida em 2013 em Fonoaudiologia

2013 - Interrompido

Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas
Ano de interrupção: 2013

Graduação em Pedagogia

2008 - 2011

Universidade de Guarulhos
Título: EJA- Identidade Cultural do Aluno
Orientador: Sandra da Graça
Bolsista do(a): Associação dos Trabalhadores Sem Terra, ATST, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 -

Práticas educativas no contexto do envelhecimento. , Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo, EACH USP, Brasil.

2019 - 2019

Das políticas às ações: direitos da pessoa idosa no Brasil. (Carga horária: 40h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2018 - 2018

Curso para cuidadores de pacientes em atenção domiciliar - como montar. (Carga horária: 4h). , Congresso Brasileiro Interdisciplinar de Assistência Domiciliar, CIAD, Brasil.

2018 - 2018

Avaliação Multidimensional da Pessoa Idosa. (Carga horária: 16h). , Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.

2018 - 2018

Idosos e o Museu: possibilidades educativas. (Carga horária: 40h). , Pinacoteca do Estado de São Paulo, Pinacoteca, Brasil.

2018 - 2018

II Curso Internacional Avançado de Cuidados Paliativos. (Carga horária: 18h). , Instituto Paliar, IPaliar, Brasil.

2017 - 2017

Extensão universitária em Fragilidades na Velhice: Gerontologia Social e Atendimento. (Carga horária: 40h). , Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.

2017 - 2017

Núcleo de Estudos Heleieth Saffioti. , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

2017 - 2017

Núcleo de Estudos Reflexo de Palmares. , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

2016 - 2016

Formação em Educação Popular e Direitos Humanos. (Carga horária: 36h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

2010 - 2010

Extensão universitária em Mulheres construindo sua autonomia: gênero, raça e diversidade no cotidiano. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

2010 - 2010

XVIII Curso de Introdução ao Aleitamento Materno. (Carga horária: 4h). , Secretaria Municipal de Saúde de Guarulhos, SMSG, Brasil.

2010 - 2010

Atualização Profissional no Diagnóstico Precoce de Hepatite C. (Carga horária: 4h). , Secretaria Municipal de Saúde de Guarulhos, SMSG, Brasil.

2009 - 2009

Curso Introdutório Saúde da Família. , Prefeitura Municipal de Guarulhos, PMG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Serviço Social.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SANTOS, S. S. ; CAETANO, L. ; BORGES, C. ; ALVES, T. ; AGUIAR, M. . CÍRCULO DE DISCUSSÕES COM AS/OS ADOLESCENTES USUÁRIAS/OS DO AMBULATÓRIO TRANSDISCIPLINAR DE IDENTIDADE DE GÊNERO E ORIENTAÇÃO SEXUAL - AMTIGOS DO INSTITUTO DE PSIQUIATRIA - IPQ DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - HCFMUSP. 2019. (Outro).

SANTOS, S. S. ; HATAI, L. ; SILVA, B. ; Ludmila Barbosa Rodrigues . Curso de Extensão: Tekoa Paranapuã e os Juruá. 2017. (Outro).

SANTOS, S. S. ; SANTOS, R. C. G. ; FAUSTINO, D. . V Semana da Consciência Negra: Parem de nos matar!. 2017. (Outro).

SANTOS, S. S. . Abelha não faz mal, mas faz o mel. 2008. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Dia Internacional da Mulher - Histórias de Revoluções, Lutas e Resistências. 2019. (Outra).

Outubro Negro - Oficina: Efeitos psicossociais do racismo. 2019. (Outra).

17 Congresso Brasileiro Interdisciplinar de Assistência Domiciliar. 2018. (Congresso).

7 Jornada "Lutos não autorizados" do Laboratório de Estudos sobre a Morte. 2018. (Outra).

I Congresso Internacional de Direitos Humanos. 2018. (Congresso).

III Encontro de Residência Multiprofissional e Aprimoramento na área da saúde da ABEPSS Sul II: 30 anos do SUS - desafios e perspectivas da formação em saúde. 2018. (Encontro).

II Seminário Velhices LGBT: expressões da violência contra pessoas idosas. 2018. (Seminário).

I Jornada de Serviço Social e Envelhecimento. 2018. (Outra).

I Simpósio de Medicina e Evolução. 2018. (Simpósio).

Lugar de fala: velhices diversas. 2018. (Outra).

17° SudestPET.Educação Popular e a Emancipação dos Sujeitos. 2017. (Encontro).

Mini curso "O quesito raça/cor: como abordar no trabalho profissional". 2017. (Outra).

Mini curso "O trabalho do/a Assistente Social com mulheres vítimas de violência doméstica". 2017. (Outra).

XVII Fórum de Supervisão de Estágio na Universidade Federal de São Paulo. 2017. (Outra).

7° Congresso Brasileiro de Extensão Universitária. Extensão Popular: A Contramão e a via de mão- dupla, caminhos a serem percorridos.. 2016. (Congresso).

Cultura e Resistência Indígena. 2016. (Outra).

Fórum Social Mundial.PET Educação Popular Criando e Recriando a Realidade Social. 2016. (Outra).

I Fórum Social Mundial da População Idosa. 2016. (Outra).

II Congresso Acadêmico da Uiversidade Federal de São Paulo- UNIFESP. EDUCAÇÃO POPULAR E UNIVERSIDADE ? A PRAXIS DO PET EDUCAÇAO POPULAR DA UNIFESP-BAIXADA SANTISTA. 2016. (Congresso).

VII Encontro do Programa de Educação Tutorial da UNIFESP. 2016. (Encontro).

XV Fórum de Supervisão de Estágio da UNIFESP/ Baixada Santista. 2016. (Outra).

Cinema e Direitos Humanos.Diálogos interdisciplinares- Redução da Maioridade Penal. 2015. (Outra).

III Semana da Consciência Negra da UNIFESP- BS. 2015. (Outra).

I Simpósio de Humanização e Espiritualidade na Saúde.I Simpósio de Humanização e Espiritualidade na Saúde. 2015. (Simpósio).

Poítica da Unifesp para mulheres trabalhadoras da comunidade universitária. 2015. (Outra).

Projeto de Extensão Cinema, Subjetividade e Sociedade.Exibição do filme: "Território do brincar".. 2015. (Outra).

VII Comemoração do dia do Assistente Social na UNIFESP/ Baixada Santista. 2015. (Outra).

VII Comemoração do dia do Assistente Social na UNIFESP/ Baixada Santista.O Neo Conservadorismo e os impactos para o trabalho do/a assistente social na atualidade.. 2015. (Outra).

Calourada Vermelha da Universidade Federal de Ouro Preto. 2014. (Outra).

Calourada Vermelha da Universidade Federal de Ouro Preto. 2014. (Outra).

I Congresso de Extensão, Cultura e arte da UFOP. Assistência social e relações raciais na cidade de Mariana: História, identidade e empoderamento. 2014. (Congresso).

II Semana de Integração do ICSA. 2014. (Oficina).

IV Semana Acadêmica de Serviço Social da Universidade Federal de Ouro Preto. 2014. (Outra).

Visita Técnica às Residências Terapêuticas em Juiz de Fora. 2014. (Outra).

Calourada Vermelha da Universidade Federal de Ouro Preto. 2013. (Outra).

Calourada Vermelha da Universidade Federal de Ouro Preto. 2013. (Outra).

Calourada Vermelha da Universidade Federal de Ouro Preto. 2013. (Outra).

Ação Social na Assistência Universal Bom Pastor.Contação de História para Crianças e Adolescentes. 2011. (Outra).

Palestra Saúde Mental e Trabalho. 2011. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Tamires Guimarães do Nascimento

GONCALVES, R.; ROCHA, L.;NASCIMENTO, T. G.. Tornar-se velha sendo mulher negra: uma questão para o Serviço Social. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal de São Paulo.

Maykson Costa de Jesus

SAMPAIO, A. P. A. M.;JESUS, M. C.; MONTEIRO, H.. Análise microbiologia de abóbora e quiabo minimamente processada em um municipio do Sul da Bahia. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) - Cesupi Faculdade de Ilhéus.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Sandra da Graça

EJA - Identidade Cultural do aluno; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Pedagogia) - Universidade de Guarulhos; Orientador: Sandra da Graça;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SANTOS, S. S. . O Envelhecer para a Mulher Negra. Portal do Envelhecimento, São Paulo, 17 mar. 2018.

  • Aline Lúcia de Rocco Gomes ; Ana Gabriela de Almeida Prado ; Andressa Kelly Araújo de Lima ; Beatriz Munhoz Guarnieri ; Bruna Freire de Carvalho ; Fabrício Gobetti Leonardi ; HATAI, L. ; Ludmila Barbosa Rodrigues ; Mayara Maria Alonge dos Santos ; Priscilla Duarte dos Santos ; ASSUMPCAO, R. P. S. ; SANTOS, S. S. ; OLIVEIRA, V. A. . Educação Popular e Emancipação dos Sujeitos. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Ana Gabriela de Almeida Prado ; Aline Lúcia de Rocco Gomes ; Andressa Kelly Araújo de Lima ; Beatriz Munhoz Guarnieri ; Brenda Barbosa da Silva ; Bruna Freire de Carvalho ; Camila Vecchi Macedo Mendes ; Fabrício Gobetti Leonardi ; HATAI, L. ; Ludmila Barbosa Rodrigues ; Núbia Cristina da Silva ; LEMES, .. H. C. ; Mayara Maria Alonge dos Santos ; Priscilla Duarte dos Santos ; ASSUMPCAO, R. P. S. ; SANTOS, S. S. ; Tainá Moreira Gatti ; Tatiane Berude ; OLIVEIRA, V. A. . Extensão Popular: A contramão e a via de mão- dupla, caminhos a serem percorridos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Lopes, J.C.S ; TEIXEIRA, M. C. ; AGOSTINHO, D. C. ; SOUZA, J. ; CANDIDO, N. F. N. ; SANTOS, S. S. . Assistência Social e Relações Raciais na Cidade de Mariana: História, Identidade e Empoderamento. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SANTOS, S. S. . Saúde da População Negra, Racismo e o Sistema único de Saúde. 2019. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SANTOS, S. S. . Psicopedagoga Sheila Souza. 2019; Tema: Psicopedagogia e Gerontologia. (Blog).

SANTOS, S. S. . Memorar. 2018; Tema: Gerontologia. (Rede social).

SANTOS, S. S. . sheila___souza. 2017; Tema: Gerontologia e Psicopedagogia. (Rede social).

SANTOS, S. S. ; GONCALVES, R. . Tornar- se velha sendo mulher negra: uma questão para o Serviço Social. 2017. (Relatório de pesquisa).

SANTOS, S. S. ; GONCALVES, R. . Tornar-se velha sendo mulher negra: O envelhecimento na instersecção de gênero, raça e classe social. 2016. (Relatório de pesquisa).

SANTOS, S. S. ; GRACA, S. . EJA - identidade cultural do aluno. 2011. (Relatório de pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Memorar, Descrição: O envelhecimento da população brasileira está relacionado a um fenômeno mundial. Nas próximas três décadas, o número de pessoas com mais de 60 anos de idade será três vezes maior do que o atual. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre 2012 e 2016, a população idosa brasileira (com 60 anos ou mais de idade) cresceu 16,0%, chegando a 29,6 milhões de pessoas. E, consequentemente, cresceu as demandas para o desenvolvimento cognitivo e social dessa grande parcela da população. A partir da missão de realizar uma intervenção pedagógica, para o desenvolvimento da pessoa idosa, a Memorar propõe ações profissionais para a recuperação e a promoção de processos sociais, cognitivos, emocionais e psicomotores.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sheila Souza dos Santos - Coordenador.

  • 2017 - 2017

    Projeto de Intervenção de Estágio, Descrição: Compreendendo a comunicação como ?mais do que a transmissão de informações pela fala ou pela escrita, constituindo um processo humano pelo qual informações, sentimentos e significados são compartilhados entre pessoas por meio da troca de mensagens verbais e não verbais? (VIVOLO, 2016, p.3), e percebendo a necessidade de uma atividade que contribua para que o tratamento dos usuários da Clínica Médica I e da Clínica Médica II seja um processo para além do método médico-clínico, entendemos que seria necessário a construção de um Projeto de Intervenção que despertasse a discussão crítica desses usuários e de seus acompanhantes. Esse Projeto Pedagógico foi desenvolvido pautado na metodologia da Educação Popular de Paulo Freire. Portanto, as discussões foram de grande abrangência, podendo dizer respeito ao acesso às políticas no âmbito do SUS, até mesmo sobre dificuldades cotidianas simples.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Sheila Souza dos Santos - Coordenador / Beatriz Munhoz Guarnieri - Integrante.

  • 2017 - 2017

    Tornar- se velha sendo mulher negra: uma questão para o serviço social, Descrição: Trata-se de projeto de pesquisa de TCC, que visa compreender o envelhecimento. Este pode ser vivido de maneira feliz, mas pode também ser uma fase de degradação, de precarização, de abandono. Em uma sociedade como a nossa, as pessoas que envelhecem podem sentir o peso do preconceito: o apelo constante à juventude e ao dinamismo não deixa espaço para aqueles que envelhecem. Se esta é uma realidade para a população idosa em geral, o que compreender no que diz respeito ao envelhecimento das mulheres negras que, antes mesmo de envelhecer, já ocupam o último lugar na pirâmide social? Por meio da metodologia qualitativa procurarei responder a esta indagação, o que me conduz a traçar uma trajetória que vai desde a apresentação de alguns estudos sobre o envelhecimento da população mundial, passando pelas pesquisas acerca das especificidades da população idosa no Brasil, chegando à análise do que significa para uma mulher negra tornar-se velha. Para tanto, será fundamental considerar, como mostram os dados do IBGE, o grande abismo social que separam negros e brancos no país e, por fim, realizar uma análise dessa discussão no Serviço Social. De que forma esta discussão aparece ou não para a profissão? O envelhecimento para esta categoria profissional é uma demanda de suma importância? Com vistas a responder a estas questões será examinada a produção científica da categoria a este respeito, a partir da consulta aos últimos números da revista Serviço Social & Sociedade, que tem a maior circulação na área de Serviço Social e da revista Temporalis, que é produzida pela Associação Brasileira de Pesquisa e Ensino em Serviço Social, responsável pelas discussões e deliberações das diretrizes curriculares da área.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sheila Souza dos Santos - Coordenador / Renata Gonçalves - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Serviço Social e Questão Racial, Descrição: Descrição: No dia seguinte à abolição da escravatura, a população negra se viu às margens do sistema capitalista nascente. O Estado brasileiro fez um esforço para empregar a força de trabalho europeia, passando a considerá-la mais qualificada do que a força de trabalho que até então supria as necessidades coloniais. Na nascente sociedade de classes foi imposta a subproletarização ou a inserção periférica da(o)s trabalhadora(o)s negra(o)s no Brasil. Estes certamente engrossariam as filas dos que se tornariam a(o)s usária(o)s de uma profissão que surge na década de 1930: o Serviço Social. No entanto, esta área de conhecimento ainda pouco se dedicou ao exame desta complexa relação. A presente pesquisa tem por objetivo analisar os nexos entre capitalismo e racismo, ideologia do branqueamento e mito da democracia racial. O problema que norteará nossas discussões teóricas será a forma como a questão racial foi apreendida pelo Serviço Social ao longo de sua trajetória. Este projeto esta diretamente vinculado ao Núcleo de Estudos Reflexos de Palmares... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Sheila Souza dos Santos - Integrante / Renata Cristina Gonçalves dos Santos - Coordenador / Deivison Faustino - Integrante / Kajali Lima Vitório - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Tornar- se velha sendo mulher negra: O envelhecimento na intersecção de gênero, raça e classe social, Descrição: Se de uma maneira geral não estamos preparados para lidar com uma população que está envelhecendo, nesta pesquisa procuramos examinar a condição de envelhecimento das mulheres negras. Que tipo de envelhecimento esperar para este grupo específico? O processo de envelhecimento entre as mulheres é bastante diferente. As mulheres negras vivem sozinhas, têm uma menor nupcialidade, pois é mais comum homens negros se casarem com mulheres não negras do que mulheres negras se casarem com homens não negros. Além disso, elas estão nos seguimentos mais pauperizados e precarizados quando o assunto é o mercado de trabalho. Estas condições as levam a uma maior miserabilidade e as colocam em contato com situações de insalubridade. Neste sentido, o envelhecimento da mulher negra é marcado por uma trajetória de desigualdades. O que coloca um enorme desafio para as políticas sociais, educacionais e da área da saúde que podem reforçar ou atenuar estas desigualdades. Estudar as diferentes formas de envelhecimento na sociedade brasileira pode contribuir tanto para problematizar a discussão e compreensão do processo de envelhecimento humano em suas múltiplas e relacionadas dimensões, mas também pode contribuir para promover as políticas adequadas a determinados grupos sociais com vistas ao fim das desigualdades, sejam elas de gênero, de raça ou de classe.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sheila Souza dos Santos - Coordenador / Renata Cristina Gonçalves dos Santos - Integrante / Cintila Neli da Silva Inácio - Integrante.

  • 2011 - 2011

    EJA- Identidade Cultural do Aluno, Descrição: A característica dos jovens e dos adultos que estudam no EJA é aquela conhecida por todos nós: Por dificuldade sócia- econômica a pessoa deixa de ir a escola para ajudar sua família no sustento da casa; o filho muitas vezes acompanha o pai como servente de pedreiro e a filha vai ser babá ou doméstica. Muitos são do norte e nordeste, dos lugares mais precários dessas regiões onde a localização da escola é de difícil acesso. Muitos têm que trabalhar em roças ganhando um mísero salário, e muitas vezes esse ganho não é o suficiente para o sustento da família, então eles deixam seus lares, amigos, familiares e vão para a cidade grande em busca de uma vida mais digna. Por seus mais variados motivos e satisfações, esses jovens e adultos são estimulados ao retorno dos estudos. Os professores têm que entender suas dificuldades, e ter muita paixão pelo trabalho que está realizando, pois as pessoas que estão ali têm muitas dificuldades e marcas que foram adquirindo com as experiências da vida, e o professor tem que ter no mínimo delicadeza para entender e respeitar o conhecimento que seus alunos já têm.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sheila Souza dos Santos - Coordenador / Sandra da Graça - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, HCFMUSP. , Avenida Doutor Enéas Carvalho de Aguiar, 255, Cerqueira César, 05403000 - São Paulo, SP - Brasil, Telefone: (11) 26612407

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2018 - Atual

    Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Residente, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Acolhimento do paciente; Avaliação da condição social do indivíduo; Identificações de expressões sociais; Encaminhamento para rede e serviços; Reunião Familiar; Visita Domiciliar; Interconsulta Hospitalar; Construção de grupos e projetos.

  • 2018 - Atual

    Memorar

    Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Criadora

    Outras informações:
    Ações profissionais multidisciplinares, para a recuperação e a promoção de processos sociais, cognitivos, emocionais e psicomotores da pessoa idosa.

  • 2016 - 2017

    Universidade Federal de São Paulo

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Extensionista, Carga horária: 20

    Atividades

    • 01/2017

      Pesquisa e desenvolvimento , Campus BAIXADA SANTISTA, .,Linhas de pesquisa

    • 01/2017

      Extensão universitária , Campus BAIXADA SANTISTA, .,Atividade de extensão realizada, Educação, Cultura e Resistência Indígena.

    • 01/2016

      Extensão universitária , Campus BAIXADA SANTISTA, .,Atividade de extensão realizada, Programa de Educação Tutorial- Educação Popular: Criando e Recriando a Educação Popular.

    • 01/2016 - 12/2016

      Extensão universitária , Campus BAIXADA SANTISTA, .,Atividade de extensão realizada, Concretude.

  • 2017 - 2017

    Hospital Guilherme Álvaro

    Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 8

    Atividades

    • 02/2017

      Estágios , Serviço Social, .,Estágio realizado, Círculo de Cultura nas Enfermarias/ Clínicas Médicas.

  • 2017 - 2017

    PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE

    Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 30

  • 2016 - 2016

    Prefeitura Municipal de Santos, PM/Santos

    Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 8

  • 2014 - 2014

    Universidade Federal de Ouro Preto

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Extensionista

    Atividades

    • 06/2014 - 12/2014

      Extensão universitária , Instituto de Filosofia Artes e Cultura, Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas.,Atividade de extensão realizada, Assistência social e relações raciais na cidade de Mariana: História, identidade e empoderamento.

  • 2007 - 2014

    Prefeitura Municipal de Guarulhos

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Agente Comunitário de Saúde, Carga horária: 40

  • 2011 - 2011

    Universidade de Guarulhos

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2013 - 2013

    Governo do Estado de São Paulo

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 30

  • 2013 - 2013

    Secretária de Educação do Estado de São Paulo

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 30