Yuri Gomes Alves

Graduado no curso de História da Universidade Federal de Ouro Preto e participante do Grupo de História da Educação da UFOP/CNPq, e do Grupo de Estudos sobre Marxismo (GEMARX/CNPq) com experiência em pesquisa sobre Modernidade e Teoria da História, e atualmente se dedica ao estudo sobre Ideologia e Ensino, e História da Educação no Brasil.

Informações coletadas do Lattes em 01/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em História

2007 - 2011

Universidade Federal de Ouro Preto
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Seminário Revoluções. 2011. (Seminário).

VIII SIMPOED. 2011. (Simpósio).

III Simpósio do ILB. 2010. (Simpósio).

VII SIMPOED (Minicurso: Educação para as relações étnico-raciais: Desafios e perspectivas). 2009. (Oficina).

II Seminário Nacional de História da Historiografia. 2008. (Seminário).

Seminário Nacional de História da Historiografia. 2007. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Helena Miranda Mollo

As construções do tempo da História; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Ouro Preto; Orientador: Helena Miranda Mollo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ALVES, Y. G. . A Educação Santa do Trabalho: o discurso educacional da elite agrária no Congresso Agrícula do Rio de Janeiro em 1878. In: SIMPOED (Simpósio de Formação e Profissão Docente), 2011, Mariana. Anais do VIII SIMPOED, 2011.

  • ALVES, Y. G. . As funções ideológicas do ensino: uma perspectiva sobre Ideologia por Althusser, Bakhtin e Eagleton. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, Y. G. . Hannah Arendt e a recuperação da origem revolucionária. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, Y. G. . Narrativa baconiana e multi-paradigmatismo: construção do tempo histórico em Paolo Rossi. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, Y. G. ; MOLLO, H. M. . As construções do tempo da história. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2010 - 2011

    O discurso educacional da elite agrária: relações entre instrução e trabalho (1871-1908), Descrição: O processo de abolição do trabalho escravo gerou uma crise que envolveu a necessidade de redefinir o modelo de organização da sociedade brasileira, na segunda metade do século XIX. Vários segmentos sociais participaram deste debate presentando propostas em relação às formas de redefinição da economia do país. Entre estes, destaca-se o segmento representado pelos produtores rurais que buscavam consolidar sua posição política e econômica na ordem social que estava sendo gestada. Em meio às propostas deste grupo, destacavam-se aquelas que estavam ligadas a defesa do ensino agrícola como um elemento capaz de atenuar a crise gerada pelo fim do escravismo resolvendo parte dos problemas de mão-de-obra através de uma qualificação dos trabalhadores do campo e pela introdução das ciências agronômicas aos proprietários. Estas propostas começaram a receber contornos precisos nos primeiros eventos que reuniram os grandes proprietários rurais do país, em 1878, nos congressos agrícolas do Rio de Janeiro e Recife, e permaneceram na agenda de debates até o início do século XX, através de diferentes associações que reuniram os ruralistas. Este projeto tem como objetivo acompanhar o movimento de aglutinação dos setores ligados a agricultura em torno das propostas que buscavam responder a crise a partir da construção do ensino agrícola. Desta forma, toma como referência os Congressos do Rio de Janeiro e de Recife (1878) para a partir daí compreender as diferentes formas de organização que levaram a construção de discursos e práticas em torno do ensino agrícola.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Yuri Gomes Alves - Integrante / Marcus Vinicius Fonseca - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2008 - 2009

    As Construções do Tempo da História, Descrição: A pesquisa tem como objetivo estudar o fenômeno da modernidade e sua interpretação contemporânea através dos teóricos: Hannah Arendt, Michel Foucault, Paolo Rossi e Reinhart Koselleck. A partir das leituras de algumas obras estabelecer pontos em comum e refletir sobre novos métodos historiográficos para a ciência e a modernidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Yuri Gomes Alves - Integrante / Helena Miranda Mollo - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Ouro Preto, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de Historia. , Rua do Seminário, Centro, 35420-000 - Mariana, MG - Brasil, Telefone: (31) 35579412, Fax: (31) 35579401, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2008 - 2009

Universidade Federal de Ouro Preto

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 12