Rodrigo Altoé

Doutor e Mestre em Ciência e Tecnologia de Materiais Políméricos pelo Instituto de Macromoléculas, IMA/UFRJ. Graduado em Química pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Tem experiência em materiais nanocompósitos polímeros/argila com propriedades de barreira e mecânica melhoradas para aplicação em embalagens alimentícias (projeto de mestrado). Atuou como Químico Pesquisador no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da PETROBRÁS/CENPES (Fundação Gorceix), onde desenvolveu atividades relacionadas a produção de petróleo na área de Garantia de Escoamento: avaliação e seleção de aditivos inibidores de precipitação de asfaltenos, desenvolvimento de metodologias analíticas, fracionamento de petróleos em sistemas de alta pressão, caracterização de frações polares de petróleo, avaliação da influência de sistemas supramoleculares sobre a viscosidade e tecnologias de redução de viscosidade de petróleos pesados (projeto de doutorado). Atualmente trabalha em projetos de parceria UNICAMP/Grupo Guaçu com atuação abrangente: concepção/elaboração de projetos e sua viabilização econômica por meio de agências de fomentos, coordenação e execução de projetos. Cita-se o desenvolvendo atual de materiais microporosos (zeólitos A) aplicáveis à desidratação de etanol e em processos de tratamento de água, com atividades relacionadas tanto a sínteses de laboratório quanto ao scale-up, visando a qualificação dos materiais obtidos como produtos acabados.

Informações coletadas do Lattes em 19/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciência e Tecnologia de Polímeros

2009 - 2014

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Separação e caracterização de frações polares de petróleo obtidas sob pressão e temperatura e avaliação da influência da organização supramolecular sobre a viscosidade
Elizabete Fernandes Lucas. Coorientador: Gaspar González Maldonado. Palavras-chave: Asfaltenos; Ligações Supramoleculares; Química de Colóides; Parâmetros de Solubilidade; Sistemas de Alta pressão.Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química / Especialidade: Petróleo e Petroquímica. Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química supramolecular. Setores de atividade: Extração de Petróleo e Gás Natural.

Mestrado em Ciência e Tecnologia de Polímeros

2008 - 2009

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Caracterização e Obtenção de Sistemas Nanocompósitos EVA/argila,Ano de Obtenção: 2009
Maria Inês Bruno Tavares.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Nanocompósitos; Embalagens Plásticas para Alimentos; polietileno Vinil Acetato (EVA); Argila Montmorilonita; Permeabilidade.Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química / Especialidade: Polímeros. Setores de atividade: Fabricação de produtos de borracha e de material plástico.

Aperfeiçoamento em andamento em Capacitação para Gerenciamento de Projetos

2015 - Atual

Universidade Estadual de Campinas

Aperfeiçoamento em Green Belt - Six Sigma

2015 - 2015

Universidade Estadual de Campinas
Título: Avaliação de Melhoria em Processos de Produção de Peças Metálicas Acabadas. Ano de finalização: 2015

Aperfeiçoamento em Modelagem de Negócios Inovadores

2015 - 2015

Universidade Estadual de Campinas
Título: Proposta de Startup: Aplicativo para pedidos de pizzaria. Ano de finalização: 2015

Graduação em Química

2002 - 2006

Universidade Federal do Espírito Santo
Título: Reatividade em Reações de Diels-Alder entre Ciclo-Enonas e Ciclopentadieno: Uma Abordagem Teórica
Orientador: Valdemar Lacerda Júnior

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2015

Pós-Doutorado. , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil. , Bolsista do(a): Produtos Químicos Guaçu, PQG, Brasil. , Grande área: Engenharias, Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química. , Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Inorgânica.

2014 - 2015

Pós-Doutorado. , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil. , Bolsista do(a): Produtos Químicos Guaçu, PQG, Brasil. , Grande área: Engenharias, Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química. , Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Físico Química Inorgânica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 -

Extensão universitária em CAPACITAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS. (Carga horária: 150h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2015 - 2015

Extensão universitária em Modelagem de Negócios Inovadores. (Carga horária: 30h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2015 - 2015

Extensão universitária em Six Sigma: Formação Green Belt. (Carga horária: 60h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2015 - 2015

Extensão universitária em Produção de Cerveja Artesanal. (Carga horária: 27h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química/Especialidade: Polímeros.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Físico-Química/Especialidade: Química de Interfaces.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química/Especialidade: Petróleo e Petroquímica.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química supramolecular.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Processos Industriais de Engenharia Química/Especialidade: Processos Inorgânicos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

3° Ciclo de Palestras sobre Peneiras Moleculares. 2015. (Simpósio).

TECNICAS AVANÇADAS DE TRATAMENTO DE ÁGUAS E REUSO. 2015. (Simpósio).

Treinamento sobre Desenvolvimento de Métodos no Software OPUS QUANT. 2010. (Outra).

2ª SEMANA DE NANOTECNOLOGIA.CARACTERIZAÇÃO DE NANOCOMPÓSITOS. 2009. (Outra).

3ª SEMANA DE POLÍMEROS - POLÍMEROS NA INDÚSTRIA TÊXTIL.FIBRAS NATURAIS. 2009. (Outra).

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NUCLEAR, MÓDULO II - TEORIA BÁSICA. 2009. (Outra).

VII ENCONTRO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE PESQUISA EM MATERIAIS. 2008. (Congresso).

12TH BRAZILIAN MEETING ON ORGANIC SYNTHESIS. REACTIVITY IN DIELS-ALDER REACTIONS OF 2-CYCLOENONES: EVALUATION OF THEORETICAL MODELS TO DESCRIBE THE FMOs. 2007. (Congresso).

XLVI CONGRESSO BRASILEIRO DE QUÍMICA CBQ. ESTUDO COMPUTACIONAL DA DIFERENÇA ENERGÉTICA ENTRE AS BANDAS DE VALÊNCIA E CONDUÇÃO DE POLÍMERO CONDUTOR PRECURSOR DE MÚSCULOS ARTIFICIAIS. 2006. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Marcia Cristina Khalil de Oliveira

OLIVEIRA, M. C. K.; MALDONADO, G. G.. Separação e caracterização de frações polares de petróleo obtidas sob pressão e temperatura e avaliação da influência da organização supramolecular molecular sobre a viscosidade. 2014. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Polímeros) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Fernando Gomes de Souza Júnior

TAVARES, M. I. B.; ROSA, D. S.; Mendes, L.C.;SOUZA Jr, F. G.. Preparação, caracterização e avaliação de sistemas nanocompósitos EVA / argilas para aplicação em embalagens. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Polímeros) - Instituto de Macromoléculas Professora Eloisa Mano.

Fernando Gomes de Souza Júnior

Lucas, E.F.; GONZALEZ, G.;SOUZA Jr, F. G.. Separação e caracterização de frações polares de petróleo obtdias sob pressão e temperatura e avaliação da influência da organização supramolecular sobre a viscosidade. 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em Ciência e Tecnologia de Polímeros) - Instituto de Macromoléculas Professora Eloisa Mano.

Claudia Regina Elias Mansur

Altoé, R;MANSUR, C. R. E.MONTEIRO, E. E. C.; Souza, M N; Castro, E. V. R.;LUCAS, E. F.. Avaliação da estabilidade de dispersões de petróleo utilizando técnicas ultrassônicas. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência e Tecnologia de Polímeros) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

LUIS CLAUDIO MENDES

MENDES, L. C.TAVARES, M. I. B.; MENDES, D. S.; JUNIOR, F. G. S.. Preparação, caracterização e avaliação se sistemas nanocompósitos EVA/argilas para aplicação em embalagens.. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Polímeros) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Reginaldo Bezerra dos Santos

Lacerda Jr, V.SANTOS, R. B.; MORIGAKI, M. K.. Reatividade em Reações de Diels-Alder entre Cicloenonas e Ciclopentadieno: Uma Abordagem Teórica.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura e Bacharelado em Química) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Derval dos Santos Rosa

TAVARES, M. I. B.ROSA, D; MENDES, L. C.; Souza Jr., F.G.. Preparação, caracterização e avaliação de sistemas nanocompósitos EVA/argilas para aplicação em embalagens. 2009. Dissertação (Mestrado em Programa Ciência e Tecnologia de Polímeros) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Valdemar Lacerda Júnior

LACERDA JÚNIOR, ValdemarSANTOS, R. B.; Morigaki, M. K.. Reatividade em Reações de Diels-Alder entre Ciclo-Enonas e Ciclopentadieno: Uma Abordagem Teórica. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Heloise de Oliveira Pastore

2014; Universidade Estadual de Campinas,; Heloise de Oliveira Pastore;

Maria Ines Bruno Tavares

Desenvolvimento de nanocompósitos a base de EVA para embalagens; 2009; Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Polímeros) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Ines Bruno Tavares;

Elizabete Fernandes Lucas

Separação e caracterização de frações polares de petróleo obtdias sob pressão e temperatura e avaliação da influência da organização supramolecular sobre a viscosidade; 2014; Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Polímeros) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Elizabete Fernandes Lucas;

Valdemar Lacerda Júnior

Reatividade em reações de Diels-Alder entre ciclo-enonas e ciclopentadieno: Uma abordagem teórica; 2006; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Valdemar Lacerda Júnior;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ALTOÉ, R. ; DE OLIVEIRA, M.C.K. ; LOPES, H.E. ; TEIXEIRA, C. ; CIRILO, L.C.M. ; LUCAS, E.F. ; GONZALEZ, G. . Solution behavior of asphaltic residues and deasphalted oil prepared by extraction of heavy oil. Colloids and Surfaces. A, Physicochemical and Engineering Aspects (Print) , v. 445, p. 59-66, 2014.

  • ALTOE, R. ; Tavares, M. I. B. ; CUCINELLI NETO, R. P. . Preparation of Poly(ethylene-co-vinyl acetate)/organoclay nanocomposites and characterization by nuclear magnetic resonance of low field. In: 12th NUCLEAR MAGNETIC RESONANCE USERS MEETING - 3rd IBEROAMERICAN NMR MEETING, 2009, Angra dos Reis - RJ. 12th NUCLEAR MAGNETIC RESONANCE USERS MEETING - 3rd IBEROAMERICAN NMR MEETING - EXTENDED ABSTRACTS BOOK, 2009.

  • ALTOE, R. ; GONZALEZ, G. ; LOPES, H.E. ; LUCAS, E.F. . Flocculation and recombination of heavy oil fractions at high pressure and temperatur. In: PetroPhase, 2013, Rueil - Malmaison, France. PetroPhase, 2013.

  • ALTOE, R. ; Branco, W ; DE OLIVEIRA, M.C.K. ; TEIXEIRA, C. ; LUCAS, E.F. ; GONZALEZ, G. ; LOPES, H.E. . Separation and characterization of solid asphaltic residues and deasphalted oil prepared from heavy oil. In: 13th International Conference on Petroleum Phase Behavior and Fouling, 2012, St. Petersburg Beach. PetroPhase, 2012.

  • ALTOE, R. ; DE OLIVEIRA, M.C.K. ; GONZALEZ, G. ; LUCAS, E.F. . Flocculation and recombination of heavy oil fractions at high pressure and temperature. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ALTOE, R. ; Branco, W ; DE OLIVEIRA, M.C.K. ; TEIXEIRA, C. ; LOPES, H.E. ; LUCAS, E.F. ; GONZALEZ, G. . Separation and characterization of solid asphaltic residues and deasphalted oil prepared from heavy oil. In. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ALTOE, R. ; Tavares, M. I. B. ; CUCINELLI NETO, R. P. . Preparation of Poly(ethylene-co-vinyl acetate)/organoclay nanocomposites and characterization by nuclear magnetic resonance of low field. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Lacerda Jr, V ; Santos, R B ; Oliveira, K T ; Silva, G V J ; ALTOE, R. . Reactivity in Diels-Alder Reactions of 2-Cycloenones: Evaluation of Theoretical Models to Describe the FMOs. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Prado, A. R. ; Bessa, H. V. ; ALTOE, R. ; Romao, W. ; Filho, E. A. S. . Estudo Computacional da Diferença Energética entre as Bandas de Valência e Condução de Polímero Condutor Precursor de Músculos Artificias. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

ALTOÉ, R. ; PASTORE, H. O. ; LANZI, J. R. . Produção de zeólito A em escala piloto a partir de uma fonte alternativa de alumínio e sua aplicação como adsorvente de água para produção de etanol anidro. 2014.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2014 - Atual

    Produção de zeólito A em escala piloto a partir de uma fonte alternativa de alumínio e sua aplicação como adsorvente de água para produção de etanol anidro, Projeto certificado pela empresa PRODUTOS QUIMICOS GUACU INDUSTRIA E COMERCIO LTDA em 04/12/2015., Descrição: Os zeólitos mais empregados em processos de desidratação de etanol por peneiras moleculares são os tipos 3A e 4A, cujos tamanhos de poro correspondem a 3 Å e 4,1 Å, respectivamente. Nestes materiais, as dimensões de poros e a estabilidade estrutural se refletem na propriedade de peneira molecular. Especificamente no caso da desidratação de etanol, a molécula de água (Øágua = 2,8 Å) apresenta dimensão adequada para ser adsorvida nos poros dos zeólitos 3A e 4A, enquanto que o etanol tem diâmetro molecular (ØetOH = 4,4 Å) superior aos tamanhos de poro destas peneiras moleculares. As peneiras moleculares em questão têm capacidade de adsorção de água igual a aproximadamente 22% de sua própria massa. Considerando os aspectos gerais relacionados, os objetivos propostos englobam basicamente quatro pontos fundamentais: ajustar os parâmetros de síntese do zeólito 4A em escala piloto; produzir zeólito 3A a partir do 4A, por meio de troca iônica; suportar o zeólito em um agente aglutinante de modo que o produto final apresente-se como grãos de forma e diâmetros uniformes; e, finalmente, avaliar a eficiência das peneiras moleculares produzidas em procedimentos de desidratação de etanol. A síntese de zeólito 4A será padronizada quanto aos reagentes e solventes industriais a serem empregados e às características referentes às dimensões da planta piloto (reator de aço inox com volume interno de 540 L, provido de sistema de agitação mecânica e aquecimento por banho de óleo, disponível na empresa Produtos Químicos Guaçu Indústria e Comercio Limitada (PQG). Os zeólitos obtidos serão caracterizados quanto à sua cristalinidade, homogeneidade estrutural e composição. As técnicas analíticas empregadas serão difração de raios-X e infravermelho com transformada de Fourier (FTIR). Procedimentos de granulação/pelotização serão padronizado na PQG com apoio do Laboratório de Geotecnologia e Geomateriais/UFMG. Adicionalmente, procedimentos de peletização serão testados no Laboratório de Nanocompósitos Poliméricos do Instituto de Macromoléculas (IMA/UFRJ). A eficiência dos zeólitos A obtidos na desidratação de etanol será avaliada através de procedimentos em escala laboratorial e/ou piloto, sendo para este fim desenvolvidos arranjos experimentais na PQG e no Laboratório do Grupo de Peneiras Moleculares e Materiais Micro e Mesoporosos da UNICAMP (GPM3). Ao fim deste projeto, espera-se que os resultados alcançados indiquem condições e procedimentos que levem a obtenção de zeólito A, em escala piloto, padronizado, com elevado grau de pureza, bem como os melhores procedimentos para o processamento deste material, gerando produtos acabados, adequados à comercialização para emprego em processos de desidratação de etanol.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Altoé - Coordenador / Heloise de Oliveira Pastore - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Cooperação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2014 - Atual

    Produção de zeólito A em escala piloto a partir de uma fonte alternativa de alumínio e sua aplicação como adsorvente de água para produção de etanol anidro, Descrição: Considerando todo o conhecimento em escala laboratorial adquirido em estudo prévio, bem como o potencial de mercado das peneiras moleculares conhecidas como zeólitos A para a desidratação de etanol e outros fins, o presente projeto propõe o aumento de escala da síntese de zeólito 4A a partir de um resíduo industrial (solução aluminosa-Alcoa, SAA) como fonte de alumínio para produção em escala piloto. Os zeólitos mais empregados em processos de desidratação de etanol por peneiras moleculares são os tipos 3A e 4A, cujos tamanhos de poro correspondem a 3 Å e 4,1 Å, respectivamente. Nestes materiais, as dimensões de poros e a estabilidade estrutural se refletem na propriedade de peneira molecular. Especificamente no caso da desidratação de etanol, a molécula de água (Øágua = 2,8 Å) apresenta dimensão adequada para ser adsorvida nos poros dos zeólitos 3A e 4A, enquanto que o etanol tem diâmetro molecular (ØetOH = 4,4 Å) superior aos tamanhos de poro destas peneiras moleculares. As peneiras moleculares em questão têm capacidade de adsorção de água igual a aproximadamente 22% de sua própria massa. Considerando os aspectos gerais relacionados, os objetivos propostos englobam basicamente quatro pontos fundamentais: ajustar os parâmetros de síntese do zeólito 4A em escala piloto; produzir zeólito 3A a partir do 4A, por meio de troca iônica; suportar o zeólito em um agente aglutinante de modo que o produto final apresente-se como grãos de forma e diâmetros uniformes; e, finalmente, avaliar a eficiência das peneiras moleculares produzidas em procedimentos de desidratação de etanol. A síntese de zeólito 4A será padronizada quanto aos reagentes e solventes industriais a serem empregados e às características referentes às dimensões da planta piloto (reator de aço inox com volume interno de 540 L, provido de sistema de agitação mecânica e aquecimento por banho de óleo, disponível na empresa Produtos Químicos Guaçu Indústria e Comercio Limitada (PQG). Os zeólitos obtidos serão caracterizados quanto à sua cristalinidade, homogeneidade estrutural e composição. As técnicas analíticas empregadas serão difração de raios-X e infravermelho com transformada de Fourier (FTIR). Procedimentos de granulação/pelotização serão padronizado na PQG com apoio do Laboratório de Geotecnologia e Geomateriais/UFMG. Adicionalmente, procedimentos de peletização serão testados no Laboratório de Nanocompósitos Poliméricos do Instituto de Macromoléculas (IMA/UFRJ). A eficiência dos zeólitos A obtidos na desidratação de etanol será avaliada através de procedimentos em escala laboratorial e/ou piloto, sendo para este fim desenvolvidos arranjos experimentais na PQG e no Laboratório do Grupo de Peneiras Moleculares e Materiais Micro e Mesoporosos da UNICAMP (GPM3). Ao fim deste projeto, espera-se que os resultados alcançados indiquem condições e procedimentos que levem a obtenção de zeólito A, em escala piloto, padronizado, com elevado grau de pureza, bem como os melhores procedimentos para o processamento deste material, gerando produtos acabados, adequados à comercialização para emprego em processos de desidratação de etanol.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (0) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Rodrigo Altoé - Coordenador.

  • 2014 - Atual

    Produção de zeólito A em escala piloto a partir de uma fonte alternativa de alumínio e sua aplicação como adsorvente de água para produção de etanol anidro, Descrição: Considerando todo o conhecimento em escala laboratorial adquirido em estudo prévio, bem como o potencial de mercado das peneiras moleculares conhecidas como zeólitos A para a desidratação de etanol e outros fins, o presente projeto propõe o aumento de escala da síntese de zeólito 4A a partir de um resíduo industrial (solução aluminosa-Alcoa, SAA) como fonte de alumínio para produção em escala piloto. Os zeólitos mais empregados em processos de desidratação de etanol por peneiras moleculares são os tipos 3A e 4A, cujos tamanhos de poro correspondem a 3 Å e 4,1 Å, respectivamente. Nestes materiais, as dimensões de poros e a estabilidade estrutural se refletem na propriedade de peneira molecular. Especificamente no caso da desidratação de etanol, a molécula de água (Øágua = 2,8 Å) apresenta dimensão adequada para ser adsorvida nos poros dos zeólitos 3A e 4A, enquanto que o etanol tem diâmetro molecular (ØetOH = 4,4 Å) superior aos tamanhos de poro destas peneiras moleculares. As peneiras moleculares em questão têm capacidade de adsorção de água igual a aproximadamente 22% de sua própria massa. Considerando os aspectos gerais relacionados, os objetivos propostos englobam basicamente quatro pontos fundamentais: ajustar os parâmetros de síntese do zeólito 4A em escala piloto; produzir zeólito 3A a partir do 4A, por meio de troca iônica; suportar o zeólito em um agente aglutinante de modo que o produto final apresente-se como grãos de forma e diâmetros uniformes; e, finalmente, avaliar a eficiência das peneiras moleculares produzidas em procedimentos de desidratação de etanol. A síntese de zeólito 4A será padronizada quanto aos reagentes e solventes industriais a serem empregados e às características referentes às dimensões da planta piloto (reator de aço inox com volume interno de 540 L, provido de sistema de agitação mecânica e aquecimento por banho de óleo, disponível na empresa Produtos Químicos Guaçu Indústria e Comercio Limitada (PQG). Os zeólitos obtidos serão caracterizados quanto à sua cristalinidade, homogeneidade estrutural e composição. As técnicas analíticas empregadas serão difração de raios-X e infravermelho com transformada de Fourier (FTIR). Procedimentos de granulação/pelotização serão padronizado na PQG com apoio do Laboratório de Geotecnologia e Geomateriais/UFMG. Adicionalmente, procedimentos de peletização serão testados no Laboratório de Nanocompósitos Poliméricos do Instituto de Macromoléculas (IMA/UFRJ). A eficiência dos zeólitos A obtidos na desidratação de etanol será avaliada através de procedimentos em escala laboratorial e/ou piloto, sendo para este fim desenvolvidos arranjos experimentais na PQG e no Laboratório do Grupo de Peneiras Moleculares e Materiais Micro e Mesoporosos da UNICAMP (GPM3). Ao fim deste projeto, espera-se que os resultados alcançados indiquem condições e procedimentos que levem a obtenção de zeólito A, em escala piloto, padronizado, com elevado grau de pureza, bem como os melhores procedimentos para o processamento deste material, gerando produtos acabados, adequados à comercialização para emprego em processos de desidratação de etanol.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (0) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Rodrigo Altoé - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2013

Prêmio Petrobrás Inventor 2013, PETROBRÁS.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguêz de Mello, Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguêz de Mello. , Avenida Horácio de Macedo, Prédio 20, Laboratório 2020, Cidade Universitária, 21945-915 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil, Telefone: (21) 38651744, Ramal: 21744, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2010 - 2014

    Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguêz de Mello

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Químico, Carga horária: 40

  • 2009 - 2010

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Bolsista, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    O fim deste vínculo de Bolsista termina com a contratação com Química para atuar no Centro de Pesquisas da Petrobrás - CENPES, onde o projeto de doutorado segue ainda com vínculo com o IMA/UFRJ, porém sem bolsa.

  • 2008 - 2009

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Mestrando, Enquadramento Funcional: Bolsista, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2002 - 2006

    Universidade Federal do Espírito Santo

    Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: aluno

    Atividades

    • 08/2006

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Exatas, .,Linhas de pesquisa

  • 2015 - Atual

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Pós-Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Scale-up de processo de síntese de peneiras moleculares a partir de matérias-primas alternativas, rejeitos do processo Bayer, bem como avaliação e padronização/qualificação dos materiais obtidos como produtos comerciais visando seu lançamento nos Mercados Sucroalcooleiros, de Tratamento de Água, e outros, para atuarem em processos de separação de componentes.

  • 2014 - 2015

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Pós-Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Scale-up de processo de síntese de peneiras moleculares a partir de matérias-primas alternativas, rejeitos do processo Bayer, bem como avaliação e padronização/qualificação dos materiais obtidos como produtos comerciais visando seu lançamento nos Mercados Sucroalcooleiros, de Tratamento de Água, e outros, para atuarem em processos de separação de componentes.