LIGIA MERLO MARQUES

Graduanda em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e técnica em Estradas pelo Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) (2012-2015). Foi integrante do grupo de estudos (2016-2017) e voluntária no projeto de extensão RECAJ UFMG (2017-2018) sob orientação da Professora Doutora Adriana Goulart de Sena Orsini. Foi bolsista pelo CNPQ de iniciação científica sobre o tema "Violação de Direitos pela via do Trabalho Infantojuvenil nos Lares Mineiros" (2017-2018), também sob a orientação da Professora Doutora Adriana Goulart de Sena Orsini. Também foi integrante do Grupo de Estudos em Tributação e Novas Tecnologias da UFMG (GETT-UFMG). Atualmente é estagiária na área contenciosa e consultiva de Direito Tributário do escritório Freitas Ferraz Capuruço Braichi Riccio Advogados (2019-presente).

Informações coletadas do Lattes em 29/10/2021

Acadêmico

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Direito

2016 - Atual

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: Violação de Direitos pela via do Trabalho Infantojuvenil nos Lares Mineiros
Orientador: Adriana Goulart de Senna Orsini
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Público/Especialidade: Direito Tributário.

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Privado/Especialidade: Direito do Trabalho.

Participação em eventos

I CONGRESSO DE TECNOLOGIAS APLICADAS AO DIREITO. 2018. (Congresso).

VIII Congresso RECAJ UFMG: RECAJ-UFMG: ?Acesso à Justiça pela via dos Direitos Infantojuvenis?. 2017. (Congresso).

Comissão julgadora das bancas

Ana Carolina da Silva Barbosa

LOBATO, V. S.; CARVALHO, T. B.;BARBOSA, ANA CAROLINA DA SILVA. RECONHECIMENTO DE RECEITA: Um Estudo de Caso sobre o Aspecto Temporal da Norma Tributária em Programas de Fidelidade. 2021. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Foi orientado por

Valter de Souza Lobato

Reconhecimento de receita: um estudo de caso sobre o aspecto temporal da norma tributária em programas de fidelidade; 2021; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Direito) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Valter de Souza Lobato;

ADRIANA GOULART DE SENA ORSINI

Violação de Direitos pela Via do Trabalho Infantojuvenil nos Lares Mineiros; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Direito) - Faculdade de Direito da UFMG, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Adriana Goulart de Sena Orsini;

Produções bibliográficas

  • MARQUES, L. M. . O Uso das Redes Sociais como Ferramentas Facilitadoras do Trabalho Doméstico Infantojuvenil. In: I CONGRESSO DE TECNOLOGIAS APLICADAS AO DIREITO, 2018, Belo Horizonte. I CONGRESSO DE TECNOLOGIAS APLICADAS AO DIREITO, 2018.

  • MARQUES, L. M. ; ORSINI NI, A. G. S. . O Trabalho Doméstico como uma Violação dos Direitos Infantojuvenis. In: VIII Congresso RECAJ UFMG: RECAJ-UFMG: ?Acesso à Justiça pela via dos Direitos Infantojuvenis?, 2017, Belo Horizonte. VIII Congresso RECAJ UFMG: RECAJ-UFMG: ?Acesso à Justiça pela via dos Direitos Infantojuvenis?, 2017.

Projetos de pesquisa

  • 2017 - 2018

    Violação de Direitos Pela Via do Trabalho Infantojuvenil nos Lares Mineiros, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Adriana Goulart de Sena Orsini em 12/12/2017., Descrição: O projeto objetiva analisar o paradoxo da proteção normativa e da prática cotidiana em face da garantia do acesso à justiça infantojuvenil, investigando o trabalho doméstico de crianças e jovens e analisando as ocorrências de descumprimento dos direitos e garantias da criança e do adolescente em trabalho doméstico na jurisprudência do Tribunal Regional da 3ª Região e do Tribunal Superior do Trabalho. Desse modo, busca-se construir um referencial teórico a partir de análises bibliográficas sobre o assunto, bem como através de pesquisa jurisprudencial.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ligia Merlo Marques - Integrante / Adriana Goulart de Sena Orsini ni - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Histórico profissional

Experiência profissional

2017 - 2018

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

Outras informações:
Bolsista de iniciação científica sob a orientação da Professora Doutora Adriana Goulart de Sena Orsini.

Atividades

  • 08/2017 - 08/2018

    Pesquisa e desenvolvimento, Faculdade de Direito.,Linhas de pesquisa

2018 - 2018

Instituto de Previdencia dos Servidores do Estado de Minas Gerais

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 30

2019 - Atual

Freitas Ferraz Advogados

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 30

2018 - 2019

Coimbra & Chaves Advogados

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 30