Valéria Peixoto Borges

Professora do Departamento de Solos e Engenharia Rural da Universidade Federal da Paraíba. Engenheira Agrônoma graduada pela Universidade Federal da Bahia, Mestra em Ciências Agrárias, área de concentração Engenharia e Manejo de Irrigação, pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia e doutora em Meteorologia pela Universidade Federal de Campina Grande, com sua tese na Linha de Pesquisa Agrometeorologia e Micrometeorologia com Sensoriamento Remoto. Atua com instrumentação ambiental, Sensoriamento Remoto e Meteorologia aplicada à produção agrícola e ambiência animal. Mãe de um filho, esteve em licença maternidade em 2016.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Meteorologia

2008 - 2011

Universidade Federal de Campina Grande
Título: Necessidades hídricas e produtividade de água da cultura do meloeiro irrigado em Mossoró-RN
Bernardo Barbosa da Silva. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: melão; evapotranspiração; Razão de Bowen; SEBAL; uso da água.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Micrometeorologia. Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados Com Essas Atividades.

Mestrado em Mestrado em Ciências Agrárias

2006 - 2008

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Título: Aplicação do algorítimo SEBAL e imagens Landsat para estimativa da demanda hídrica do algodoeiro irrigado no Oeste da Bahia.,Ano de Obtenção: 2008
Áureo Silva de Oliveira.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Sensoriamento remoto; balanço de energia; evapotranspiração.Grande área: Ciências AgráriasSetores de atividade: Produção Vegetal.

Graduação em Agronomia

2000 - 2006

Universidade Federal da Bahia

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

OPERANDO O GOOGLE EARTH ENGINE EEFLUX,. (Carga horária: 7h). , Instituto de Pesquisa e Inovação na Agricultura Irrigada, INOVAGRI, Brasil.

2015 - 2015

Curso de QGIS. (Carga horária: 40h). , ClickGeo - Cursos de Geotecnologias, CLICKGEO, Brasil.

2007 - 2007

Sistema de aquisição e armazenamento de dados. (Carga horária: 16h). , Embrapa Centro Nacional de Pesquisa Mandioca e Fruticultura, EMBRAPA-CNPMF, Brasil.

2007 - 2007

Sistemas de Inf. Geográficas e Geoprocessamento. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.

2006 - 2006

Rel. hídricas (fruteiras e cafeeiro)-teoria e apl. (Carga horária: 16h). , Embrapa Centro Nacional de Pesquisa Mandioca e Fruticultura, EMBRAPA-CNPMF, Brasil.

2005 - 2005

Teoria e Prática da Agroecologia. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2003 - 2003

Diagnóstico e Manejo de Recursos Naturais Bases Pa. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Agrometeorologia/Especialidade: Sensoriamento Remoto aplicado à Agrometeorologia.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Agrometeorologia.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola / Subárea: Engenharia de Água e Solo/Especialidade: Irrigação e Drenagem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

IV Inovagri International Meeting.RELATIONS BETWEEN SURFACE TEMPERATURE, ALBEDO, AND EVAPOTRANSPIRATION OF MELON GROWN WITH PLASTIC MULCH. 2017. (Encontro).

I Inovagri Meeting & IV Workshop Internacional de Inovações Tecnológicas na Irrigação. Evapotranspiração do meloeiro irrigado cultivado com mulch plástico determinada pelo SEBAL com imagens Landsat 5. 2012. (Congresso).

II Workshop Internacional de Inovações Tecnológicas na Irrigação e I Conferência sobre recursos Hídricos do Semi-Árido Brasileiro.Análise dos dados de radiação global medidas em estações meteorológicas convencional e automática. 2008. (Outra).

I Workshop Internacional de Inovações Tecnológicas na Irrigação e I Conferência sobre recursos Hídricos do Semi-Árido Brasileiro. 2007. (Outra).

XVI Reunião Brasileira de Manejo e Conservação de Solo e Água.Modelos paramétricos para determinação da condutividade hidráulica não saturada. 2006. (Encontro).

XXIV Seminário Estudantil de Pesquisa.XXIV Seminário Estudantil de Pesquisa. 2005. (Seminário).

XXX Congresso Brasileiro de Solos - Solos, sustentabilidade e qualidade ambiental. XXX Congresso Brasileiro de Solos. 2005. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Karlla Karem da Silva

BRAGA, C. C.;SILVA, B. B.BORGES, V. P.. Avaliação da produtividade primária bruta da Caatinga do Semiárido Paraibano. 2019. Dissertação (Mestrado em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Neilon Duarte da Silva

OLIVEIRA, A. S.BORGES, V. P.; VELLAME, L. M.. Estimativa, análise espacial e temporal da evapotranspiração de referência (ETo) na Bacia hidrográfica do Rio São Francisco, Brasil. 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Aluno: Raniere Fernandes Costa

LOPES NETO, J. P.;BORGES, V. P.; LOPES, F. F. M.. Desempenho e eficiência térmica de placas sanduiche de EVA + resíduos como forro de coberta. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Gisele Caldas de Araújo Cunha

LOPES NETO, J. P.;BORGES, V. P.; GUISELINI, C.. Influência da tipologia da coberta e aberturas de ventilação no conforto térmico em habitação de interesse social. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Helder Carneiro Garrido Arruda de Souza

SILVINO, G. S.; GUIMARAES, C. L.; ALMEIDA, C. N.;BORGES, V. P.. CARACTERIZAÇÃO FÍSICA DO SOLO COM CRITÉRIO DE ALOCAÇÃO DE ÁGUA EM ÁREAS CULTIVADAS COM ARROZ VERMELHO. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciência do Solo) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Talita Stephanie Alves da Costa

COSTA FILHO, J. F.; SILVINO, G. S.; LEÓN, M. J.;BORGES, V. P.. Estimativa do Balanço de Radiação em Áreas do Semiárido Paraibano Utilizando Geotecnologias. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciência do Solo) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Jordânio Inácio Marques

LOPES NETO, J. P.; FURTADO, D. A.;BORGES, V. P.. Estimativa das trocas de calor e temperatura retal de caprinos mestiços Boer mantidos em diferentes condições térmicas. 2019. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Rafael Costa Silva

NASCIMENTO, J. W. B.;BORGES, V. P.; ARAUJO, T.; LOPES, F. F. M.; FURTADO, D. A.. Avaliação das trocas de calor e do desempenho de cordonas japonesas alojadas em ambientes com condições bioclimáticas. 2017. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Gisele Caldas de Araújo Cunha

LOPES NETO, J. P.;BORGES, V. P.; NASCIMENTO, J. W. B.; FURTADO, D. A.; FREIRE, E. A.. Modelagem computacional da distribuição de variáveis ambientais em aviário ventilado à pressão negativa. 2017. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Ana Cristina Chacon Lisboa

FURTADO, D. A.; NASCIMENTO, J. W. B.;BORGES, V. P.; SILVA, R. A. V.; FREIRE, E. A.. Avaliação de diferentes materiais de cobertura para criação de codornas no sistema alternativo. 2017. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: DELKA DE OLIVEIRA AZEVEDO

LOPES NETO, J. P.;BORGES, V. P.; FURTADO, D. A.; NASCIMENTO, J. W. B.. Conforto térmico e simulação Fuzzy em instalações ovinas com diferentes forros de coberta para duas estações do ano. 2016. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: JOELMA VIEIRA DO NASCIMENTO

FURTADO, D. A.;BORGES, V. P.; FIDELIS FILHO, J.. Balanço de energia térmica em ovinos nativos mantidos em ambiente termoneutro e sob estresse. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Rafael Costa Silva

NASCIMENTO, J. W. B.;BORGES, V. P.; FURTADO, D. A.; ARAUJO, T.. Estudo da transferência de calor versus diferentes condições ambientais na produção de codornas japonesas. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Karlla Karem da Silva

BRAGA, C. C.;SILVA, B. B.Borges, V.P.. Avaliação da concentração e variabilidade de CO2 na Caatinga do Semiárido Paraibano. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Juciê de Souza Almeida

PLAMPLONA, P. X.; MACHADO, E. C. M. N.;BORGES, V. P.. Análise da degradação ambiental do polo de desenvolvimento agroindustrial do Alto Piranhas - PB utilizando critérios de ecodinâmica da paisagem. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Sistemas Agroindustriais) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Helen Carolline Macêdo do oliveira

LOPES, F. F. M.; LOPES NETO, J. P.;BORGES, V. P.. Incorporação da mucilagem de palma forrageira na elaboração de argamssa cimento Portland. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: José Normand Vieira Fernandes

BORGES, V. P.; BORGES, P. F.; NASCIMENTO, R. S.. Avaliação temporal do desenvolvimento e transpiração do algodoeiro irrigado no Cerrado Baiano por meio de índice espectral de vegetação. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Lucas de Assis Moraes

NASCIMENTO, R. S.; MELO, D. C. D.;Borges, V.P.. Balanço hídrico para a caatinga em cenário de mudança climática. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Laysa Gabryella de Sousa Laurentino

Borges, V.P.; NASCIMENTO, R. S.; CAVALCANTI, M. L. F.. Demanda hídrica e crescimento do meloeiro em relação aos graus-dia acumulados. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Antônio Gonçalves de Lima Junior

Borges, V.P.; NASCIMENTO, R. S.; MELO, D. C. D.. Estimativa do Kcb com dados de NDVI: avaliação de equações em cultivo do meloeiro irrigado no semiárido brasileiro. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Maria Arcelina Pontes de Araújo

BORGES, V. P.; NASCIMENTO, R. S.; BORGES, P. F.. Avaliação de modelos de estimativa de radiação solar para localidades úmidas e semiáridas. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Douglas Vieira Marques

BORGES, V. P.; NASCIMENTO, R. S.; BORGES, P. F.. Evapotranspiração e biomassa de culturas agrícolas em sistema convencional e plantio direto via sensoriamento remoto em Uruçuí-PI. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Lucivânia Rangel de Araújo Medeiros

BORGES, V. P.; BRITO, M. E. B.; CUNHA, J. E. B. L.. Análise do processo de degradação ambiental em Pombal-PB utilizando sensoriamento remoto. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal de Campina Grande.

MORAES NETO, J. M.;BORGES, V. P.; MIRANDA, R. J. A.. Comissão Examinadora do Concurso de Público para Professor Efetivo. 2015. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

LOPES, F. F. M.; SILVINO, G. S.;BORGES, V. P.. Comissão Examinadora de Concurso de Prova e Títulos para Professor do Magistério Superior - Edital CCTA 026/2013. 2014.

LOPES, F. F. M.; SILVINO, G. S.;BORGES, V. P.. Comissão Examinadora de Concurso de Prova e Títulos para Professor do Magistério Superior - Edital CCTA 019/2013. 2013. Universidade Federal de Campina Grande.

BORGES, V. P.. Sessões Pôster realizadas durante o IV INOVAGRI International Meeting; XXVI Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem - CONIRD e o Simpósio Brasileiro de Salinidade. 2017. Instituto de Pesquisa e Inovação na Agricultura Irrigada.

FURTADO, D. A.; LOPES NETO, J. P.;BORGES, V. P.. Processo Seletivo Simplificado para Professor visitante da Unidade Acadêmica de Engenharia Agrícola da UFCG. 2015. Universidade Federal de Campina Grande.

ANDRADE, L. A.; FRAGA, V. S.;BORGES, V. P.; DINIZ NETO, M. A.. Banca Examinadora de Projeto de Tese. 2013. Universidade Federal da Paraíba.

BORGES, V. P.; BRITO, M. E. B.; SANTOS, R. B.. Banca Examinadora do Processo Simplificado para Professor Substituto, Edital CCTA/UFCG N° 06 de 03 de maio de 2013. 2013. Universidade Federal de Campina Grande.

BORGES, V. P.. I Congresso de Iniciação Científica dos Institutos Médios Agrários de Angola. 2010. Institutos Médios Agrários de Angola.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Áureo Silva de Oliveira

SILVA, Bernardo Barbosa da; SANTOS, Carlos Antônio Costa dos; SOBRINHO, José Espínola;OLIVEIRA, Aureo Silva de; CARAMORI, Paulo Henrique. Necessidades hídricas e produtividade de água da cultura do meloeiro irrigado na região de Mossoró-RN. 2011. Tese (Doutorado em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande.

Carlos Antonio Costa dos Santos

SILVA, B. B.SANTOS, C. A. C.; Sobrinho, J. E.; CARAMORI, P. H.; Oliveira, A. S.. Necessidades hídricas e produtividade de água da cultura do meloeiro irrigado na região de Mossoró - RN. 2011. Tese (Doutorado em Doutorado em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande.

Carlos Antonio Costa dos Santos

SANTOS, C. A. C.; BRAGA, Célia Campos;SILVA, B. B.; Sobrinho, J. E.; Oliveira, A. S.. Balanço de energia e produtividade de água do meloeiro irrigado em Mossoró - RN. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande.

Bernardo Barbosa da Silva

OLIVEIRA, A.S.;SILVA, B. B. da; FACCIOLE, G.G.. Aplicação do algoritmo SEBAL e imagens Landsat para estimativa da demanda hídrica do algodoeiro irrigado no oeste da Bahia. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Bernardo Barbosa da Silva

SILVA, B. B. daESPÍNOLA SOBRINHO, José; CARAMORI, Paulo Henrique; SILVA, Áureo de Oliveira;SANTOS, Carlos Antonio Costa dos. Necessidades hídricas e produtividade de água da cultura do meloeiro irrigado na região de Mossoró - RN. 2011. Tese (Doutorado em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande.

Bernardo Barbosa da Silva

SILVA, B. B. da. Balanço de energia e produtividade de água do meloeiro irrrigado em Mossoró - RN.. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande.

Bernardo Barbosa da Silva

SILVA, B. B. da. Balanço de energia e produtividade de água do meloeiro irrrigado em Mossoró - RN.. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande.

José Espínola Sobrinho

SILVA, Bernardo Barbosa da; SANTOS, C. A. C. dos.;ESPINOLA SOBRINHO, J.; OLIVEIRA, A. S. de.; CARAMORI, P. H.. Necessidades hidricas e produtividade de água da cultura do meloeiro irrigado na região de Mossoró-RN. 2011. Tese (Doutorado em Doutorado em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande.

Célia Campos Braga

SILVA, B. B.; Santos, C.A. C. dos;BRAGA, C. C.; ESPINOLA SOBRINHO, J.; OLIVEIRA, A. S.. Balanço de energia e produtividade de água do meloeiro irrigado em Mossoró-RN. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Erika Vieira Cassiano

RELAÇÃO ENTRE NDVI E DEMANDA HÍDRICA DA CULTURA: DETERMINANDO FUNÇÃO DE ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO PARA A CANA DE AÇÚCAR; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Nara Tosta Santos

Desempenho de sensores de radiação solar global e efeitos da cobertura do solo no balanço de radiação; 2015; Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Valéria Peixoto Borges;

Laysa Gabryella De Souza Laurentino

DESENVOLVIMENTO E USO DA ÁGUA DO MELOEIRO EM RELAÇÃO AOS GRAUS-DIA ACUMULADO; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Antônio Gonçalves de Lima Junior

ESTIMATIVA DO Kc_b COM DADOS DE NDVI: AVALIAÇÃO DE EQUAÇÕES EM CULTIVO DE MELOEIRO IRRIGADO NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Maria Arcelina Pontes de Araújo

Avaliação de modelos de estimativa de radiação solar para localidades úmidas e semiáridas; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Douglas Vieira Marques

Evapotranspiração e biomassa de culturas agrícolas em sistema convencional e plantio direto via sensoriamento remoto em Uruçuí - PI; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Lucivânia Rangel de Araújo Medeiros

Análise do processo de degradação ambiental em Pombal - PB utilizando sensoriamento remoto; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal de Campina Grande; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Douglas Vieira Marques

Obtenção da produção primária líquida de cultivos agrícolas em Uruçuí ? PI com índice espectral de vegetação; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

José Normand Vieira Fernandes

Uso de índice de vegetação multiespectral na determinação da transpiração das culturas agrícolas em Uruçuí - PI; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Douglas Vieira Marques

Mapeamento do uso da água pelas culturas agrícolas na região de Bom Jesus ? PI com sensoriamento remoto; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Rômulo Carantino Lucena Moreira

Modelagem do balanço de radiação de áreas irrigadas no semiárido baiano com o algoritmo SEBAL e imagens TM ? LANDSAT 5; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Campina Grande; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Laysa Gabryella De Souza Laurentino

Estudo do tempo e clima nas ciências naturais: práticas didáticas para o ensino fundamental; 2018; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Douglas Vieira Marques

Eficiência do uso de luz da cultura da soja, em sistema de plantio direto e convencional; 2016; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Maria Arcelina Pontes de Araújo

Determinação dos coeficientes da equação de Angström para Areia - PB; 2015; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Geysillene Mary Silva

Crescimento e desenvolvimento do meloeiro em relação aos graus-dia acumulados; 2015; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Geysillene Mary Silva

Relação entre coeficientes de cultivo e graus-dia acumulados do meloeiro cultivado com mulch plástico; 2015; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Valéria Peixoto Borges;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Áureo Silva de Oliveira

Aplicação do algoritmo SEBAL e imagens LANDSAT para estimativa da demanda hídrica do algodoeiro irrigado no oeste da Bahia; 2008; Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Aureo Silva de Oliveira;

Áureo Silva de Oliveira

2012; Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Aureo Silva de Oliveira;

Áureo Silva de Oliveira

Assitente de Ensino de Graduação - CCA 035 Meteorologia e Climatologia Agrícola; 2006; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronomica) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Aureo Silva de Oliveira;

Maria de Fátima da Silva Pinto Peixoto

Herbicida trifluralina na microrrização e crescimento inicial de plantas de amendoim inoculadas com duas espécies de fungos micorrízicos; ; 2005; 0 f; Iniciação Científica - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria de Fátima da Silva Pinto Peixoto;

Bernardo Barbosa da Silva

Aplicação do algoritmo SEBAL e imagens Landsat para estimativa da demanda hídrica do algodoeiro irrigado no oeste da Bahia; 2008; Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Bernardo Barbosa da Silva;

Bernardo Barbosa da Silva

Necessidades hídricas e produtividade de água da cultura do meloeiro irrigado na região de Mossoró - RN; 2011; Tese (Doutorado em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Bernardo Barbosa da Silva;

José Espínola Sobrinho

Consumo hidrico e o comportamento dos componentes do balanço de energia sobre a cultura do melão bem como a aplicabilidade do sensoriamento remoto na estimativa dessas variávies no semi-árido brasileiro; ; 2009; Tese (Doutorado em Doutorado em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Jose Espinola Sobrinho;

José Fernandes de Melo Filho

Disponibilidade de água e produtividade dos citros submetido a manejo físico com subsolagem em Latossolo Amarelo coeso no ecossistema dos Tabuleiros Costeiros da Bahia; ; 2004; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: José Fernandes de Melo Filho;

CLOVIS PEREIRA PEIXOTO

Manipulação cultural da soja em duas épocas de semeadura no Reconcavo Baiano; 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Clovis Pereira Peixoto;

CLOVIS PEREIRA PEIXOTO

Arranjo espacial no crescimento e rendimento do amendoim no Reconcavo Baiano; 2005; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Clovis Pereira Peixoto;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CUNHA, GISELE C. DE A. ; LOPES NETO, JOSÉ P. ; FURTADO, DERMEVAL A. ; BORGES, VALÉRIA P. ; FREIRE, ELIAS A. ; NASCIMENTO, JOSÉ W. B. DO . Diagnosis and validation by computational fluid dynamics of poultry house with negative pressure ventilation. REVISTA BRASILEIRA DE ENGENHARIA AGRÍCOLA E AMBIENTAL (IMPRESSO) , v. 23, p. 761-767, 2019.

  • NASCIMENTO, R. S. ; BRITO, J. I. B. ; BORGES, VALÉRIA P. . Assessing carbon sequestration in brazilian northeastern biomes under ENSO events. Gaia Scientia , v. 13, p. 11-26, 2019.

  • LOPES NETO, J. P. ; MARQUES, J. I. ; FURTADO, D. A. ; LOPES, F. F. M. ; BORGES, V. P. ; ARAUJO, T. G. P. . Pupillary stress index: A new thermal comfort index for crossbred goats. Revista Brasileira de Engenharia Agricola e Ambiental , v. 22, p. 866-871, 2018.

  • NASCIMENTO, R. S. ; BRITO, J. I. B. ; BORGES, V. P. ; BORGES, P. F. ; ARAUJO, L. S. . Variabilidade interanual dos teores de carbono absorvido nos biomas nordestinos e sua relação com fatores climáticos. Gaia Scientia , v. 11, p. 232-242, 2017.

  • BORGES, VALÉRIA PEIXOTO ; MELO FILHO, JOSÉ FERNANDES ; BRITO, Alexsandro dos Santos ; REZENDE, JOELITO OLIVEIRA ; BRANDÃO, FLÁVIA JANAÍNA CARVALHO . QUALIDADE FÍSICA DE UM LATOSSOLO COESO CULTIVADO COM TANGOR MURCOTT COM E SEM SUBSOLAGEM. Revista Agrotecnologia , v. 8, p. 44, 2017.

  • BORGES, V. P. ; SILVA, B. B. da ; SOBRINHO, J. E. ; FERREIRA, R. C. ; OLIVEIRA, A. D. ; MEDEIROS, J. F. . Energy balance and evapotranspiration of melon grown with plastic mulch in the Brazilian semiarid region. Scientia Agricola , v. 72, p. 385-392, 2015.

  • BEZERRA, M.V. C. ; SILVA, B. B. ; BEZERRA, B. G. ; BORGES, V. P. ; OLIVEIRA, A. S. . EvapotranspiraÃÃo e coeficiente de cultura do algodoeiro irrigado a partir de imagens de sensores orbitais. Revista Ciência Agronômica (UFC. Impresso) , v. 43, p. 64-71, 2012.

  • ARAÚJO, ARGEMIRO LUCENA DE ; SANTOS, Carlos Antonio Costa dos ; SILVA, BERNARDO BARBOSA DA ; BEZERRA, BERGSON GUEDES ; BORGES, VALÉRIA PEIXOTO . Refinamento de imagens termais do Landsat 5 - TM com base em classes de NDVI. Revista Brasileira de Meteorologia (Impresso) , v. 27, p. 484-490, 2012.

  • BORGES, V. P. ; OLIVEIRA, A. S. ; COELHO FILHO, M. A. ; SILVA, T. S. M. ; PAMPONET, B. M. . Avaliação de modelos de estimativa da radiação solar incidente em Cruz das Almas, Bahia. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (Impresso) , v. 14, p. 74-80, 2010.

  • BORGES, V. P. ; OLIVEIRA, A. S. ; SILVA, B. B. . Mapeamento e quantificação de parâmetros biofísicos e radiação líquida em área de algodoeiro irrigado.. Ciência e Agrotecnologia (UFLA) , v. 34, p. 485-493, 2010.

  • Peixoto, M.F.S.P. ; BORGES, V. P. ; Peixoto, C.P. . Ação do trifluralin na micorrização e crescimento de plantas de amendoim (Arachis hypogaea). Planta Daninha (Impresso) , v. 28, p. 609-614, 2010.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Disponibilidade hídrica em eventos extremos nas bacias hidrográficas do Rio Paraná e São Francisco: da seca meteorológica aos impactos na produção agrícola, Descrição: Desastres naturais (secas, enchentes, etc) têm resultado em perdas humanas e grandes prejuízos financeiros em diversos lugares do mundo. Os recentes períodos de seca ocorridos na região nordeste e sudeste do Brasil mostraram a importância de se dispor de estratégias de mitigação dos efeitos decorrentes desses eventos extremos. Um pré-requisito para prever impactos desses eventos no futuro, é compreender como os mesmos ocorreram no passado, caracterizando-os espacial e temporalmente. Diante do exposto, o objetivo desta proposta é quantificar os impactos de secas na disponibilidade hídrica e produtividade agrícola nas bacias hidrográficas dos rios Paraná e São Francisco. Para isso, faz-se necessário (i) compreender como a seca meteorológica é traduzida em termos de seca agrícola e hidrológica; (ii) quantificar os impactos das secas na produtividade agrícola (iii) sobre os processos hidrológicos. Tais avaliações podem ser feitas a partir da análise de dados monitorados em terra e obtidos por sensoriamento remoto. Como resultados da pesquisa, espera-se obter dados espaço-temporais dos impactos das secas na umidade do solo; identificar as áreas mais sensíveis às secas hidrológicas e agrícolas; e gerar informações que auxiliem no processo de gerenciamento espacial dos recursos hídricos superficiais. De maneira resumida, espera-se poder responder o seguinte questionamento: Em situação de seca, qual a disponibilidade de água no solo e mananciais superficiais e onde ela ocorre nas bacias dos rios Paraná e São Francisco? Espera-se também divulgar os resultados gerados com essa pesquisa em periódicos internacionais de alto impacto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Valéria Peixoto Borges - Integrante / Cristiano das Neves Almeida - Integrante / Davi de Carvalho Diniz Melo - Coordenador / Paulo Tarso Sanchez de Oliveira - Integrante / Alexandre Cândido Xavier - Integrante / Edson Wendland - Integrante / Augusto Getirana - Integrante / Bridget R. Scanlon - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Unidade produtiva de alimentos em edifícios verticais no semiárido brasileiro, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Valéria Peixoto Borges - Integrante / José Wallace Barbosa do Nascimento - Coordenador / Marina Paiva Baracuhy - Integrante / Alexandre Sales - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Análise da produção primária líquida e transpiração de áreas agrícolas do cerrado no Piauí com produtos de sensoriamento remoto, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Valéria Peixoto Borges - Coordenador / Douglas Vieira Marques - Integrante / José Normand Vieira Fernandes - Integrante.

  • 2014 - 2015

    Mapeamento do uso da água pelas culturas agrícolas na região de Bom Jesus ? PI com sensoriamento remoto, Descrição: A região Sul do estado do Piauí vem se consolidando como uma das mais importantes fronteiras agrícolas do país. Para que haja uma potencialização da produção local é necessário uso de tecnologias dentre elas a irrigação. A evapotranspiração (ET) constitui a demanda hídrica de uma cultura, sendo parâmetro adequado para planejar a irrigação. Das diversas técnicas de sensoriamento remoto aplicadas para determinar a ET de grandes áreas, a utilização de índices de vegetação permite estimar os coeficientes de cultivo e a transpiração dos cultivos agrícolas. Dentre esses índices, o mais aplicado é o Índice de Vegetação da Diferença Normalizada, cuja sigla em inglês é NDVI. O objetivo do presente trabalho foi determinar e avaliar a distribuição temporal e espacial dos coeficientes basal de cultivo (Kcb) de áreas agrícolas na região de Bom Jesus ? Piauí, a partir do NDVI das culturas. Para tanto, foram utilizadas imagens geradas pelo satélite Landsat 8, da órbita e ponto 220/66. Apenas imagens obtidas em condição de céu claro, ou seja, livres de nuvens sobre a área de interesse, foram aproveitadas. O trabalho foi realizado em um período de um ano, aplicando-se o método em imagens de maio de 2013 a maio de 2014. Foram gerados os valores de reflectância no topo da atmosfera para posteriormente obter os valores de NDVI e Kcb. Dados meteorológicos da estação local do INMET foram aplicados para caracterização das condições meteorológicas e obtenção da evapotranspiração de referência. O NDVI variou no período de um ano conforme as precipitações locais. Os maiores valores do índice foram observados entre dezembro de 2013 e julho de 2014, período compreendendo que compreende as chuvas da região e ainda a contribuição da umidade do solo às plantas. Como as aéreas agrícolas não são irrigadas, essa mesma variabilidade da cobertura vegetal foi encontrada. O Kcb das culturas mapeadas apresentou as mesmas características: os menores valores foram obtidos no início da estação chuvosa (primeiras semanas de dezembro) e no começo da estação seca (setembro), correspondendo às culturas no primeiro estádio fenológico e na colheita, respectivamente. Os máximos valores de Kcb nas áreas agrícolas ocorreram no mês de maio, quando as culturas locais estavam na fase de máximo desenvolvimento vegetativo. O Kcb das culturas na região de estudo acompanhou o regime pluviométrico e não o crescimento da demanda hídrica atmosférica, dada pela evapotranspiração de referência.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Valéria Peixoto Borges - Coordenador / Douglas Vieira Marques - Integrante.

  • 2012 - 2013

    Modelagem da evapotranspiração via MetricTM em áreas irrigadas do Oeste da Bahia: subsídios para o gerenciamento dos recursos hídricos em bacias hidrográficas. Fonte financ.: CNPq 483837/2010-5. Edital Universal 2010., Descrição: Um requisito fundamental a qualquer programa de gerenciamento de recursos hídricos é o conhecimento dos processos naturais que regulam o ciclo da água. O balanço entre a precipitação e a evaporação define essencialmente a disponibilidade hídrica numa região. Na região Oeste da Bahia as condições de solo, clima e disponibilidade hídrica incrementam desde os anos 80 o desenvolvimento da agricultura irrigada. Atualmente, o uso de imagens de satélite em caráter operacional e de baixo custo tem se mostrado como um método promissor em estudos hidrológicos em áreas irrigadas. Técnicas de sensoriamento remoto apresentam grande potencial para quantificar com confiabilidade a demanda hídrica (ET) de culturas agrícolas e vegetação natural, ao proporcionar estimativas da ET para grandes áreas utilizando-se de um mínimo de dados de superfície. O objetivo principal desta proposta é determinar a ET de culturas agrícolas irrigadas, não-irrigadas bem como da vegetação natural no Oeste da Bahia, com o uso do algoritmo METRIC e produtos dos satélites Landsat 5 e 7. Entre objetivos específicos tem-se: a) avaliar o impacto de fatores como tipo de solo, tipo de cultura, práticas agronômicas e método de irrigação na variabilidade espacial do Kc dentro de um mesmo campo e entre campos cultivados com a mesma cultura; b) Determinar a ET total em áreas agrícolas e de vegetação natural via interpolação e avaliar os efeitos dos eventos de precipitação entre passagens do satélite sobre a ET acumulada; c) Avaliar a viabilidade de uso do METRIC para caracterizar a qualidade da irrigação no Oeste da Bahia via parâmetros de eficiência de uso da água e produtividade agronômica da água.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Valéria Peixoto Borges - Integrante / Aureo Silva de Oliveira - Coordenador / Maurício Antônio Coelho Filho - Integrante / Francisco Adriano de C. Pereira - Integrante / Richard G. Allen - Integrante / Jeppe Kjaersgaard - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Turbidez da água e evaporação de reservatórios: medição e modelagem nos trópicos, Descrição: Em reservatórios a taxa de evaporação (Ev) é função da turbidez da água e do armazenamento da energia na massa hídrica. O objetivo principal desta pesquisa é medir e modelar matematicamente a Ev da água em reservatórios de condições contrastantes de turbidez em ambiente tropical. A pesquisa será desenvolvida na fazenda da Danco Com. E Ind. de Fumo Ltda, em Gov. Mangabeira, BA, onde vários tanques de grande porte armazenam, para fins de irrigação, água limpa e de alto custo, produto de filtragem e osmose reversa. Parâmetros atmosféricos e da água serão medidos eletronicamente por pelo menos 12 meses. Com os dados, a Ev da água será avaliada através de métodos aerodinâmicos (correlação de vórtices em turbilhão), de balanço de energia e de variação do nível da água nos tanques. A hipótese básica deste estudo é: EvAt=0,5*EvBt, onde EvAt=taxa de Ev (mm/dia) da água de alta transparência (muito baixa turbidez) e EvBt=taxa de Ev (mm/dia) da água de baixa transparência (muito alta turbidez). Ao final da pesquisa espera-se (a) Modelo matemático onde Ev=f(turbidez); (b) Obtenção de um coeficiente aerodinâmico (Ke) para estimativa da Ev via métodos de transferência de massa; (c) Derivação de um coeficiente adimensional para estimativa da Ev a partir da ET de referência via equação de Penman-Monteith e (d) Derivação de um modelo de estimativa do fluxo de calor na água, para uso em algoritmos de sensoriamento remoto (METRIC, etc) para estimativa da Ev em larga escala espacial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Valéria Peixoto Borges - Integrante / Aureo Silva de Oliveira - Coordenador / Bernardo Barbosa da Silva - Integrante / Bruce Mota Pamponet - Integrante / Richard G. Allen - Integrante / Hans Raj Gheyi - Integrante / Neilon Duarte da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2011

    Produtividade de água e balanço de energia do meloeiro irrigado em Mossoró-RN, Descrição: Atualmente o meloeiro é o segundo fruto mais importante na pauta das exportações brasileiras, sendo o estado do Rio Grande do Norte o principal produtor no Brasil, com 41% do total da área plantada. O cultivo do meloeiro nesta região é feito utilizando-se cobertura plástica no solo e depende da irrigação, suprida com água de aqüíferos subterrâneos. Com a crescente demanda de alimentos, o uso da água na agricultura de regiões semiáridas deve considerar a aplicação da menor quantidade possível de água que possa garantir uma boa produção e conservação do solo. O presente estudo tem por objetivo determinar as necessidades hídricas e a produtividade de água do meloeiro irrigado cultivado com mulch no semiárido do Rio Grande do Norte. Utilizou-se a técnica do Balanço de Energia pela Razão de Bowen (BERB) e o algoritmo Surface Energy Balance Algorithm for Land (SEBAL) para determinar coeficientes de cultivo (Kc) e a evapotranspiração de áreas cultivadas co melão em quatro fazendas no município de Mossoró: Dinamarca, Brazil Melon, Fruta Vida e Norfruit. O experimento de campo com instrumentos para determinar o BERB foi instalado em duas épocas dentro da safra 2009/2010. Para implementação do SEBAL foram utilizadas cinco imagens do mapeador temático do satélite Landsat 5. Índices de produtividade e uso da água foram aplicados com dados coletados em campo e gerados pelo SEBAL. A média do Kc determinado nas duas campanhas de campo foi 0,26, 0,96 e 0,63, para os estádios inicial, médio e final, respectivamente. Os valores estimados pelo SEBAL foram próximos aos encontrados em campo, com máxima diferença de 16% entre os métodos. A produtividade e os índices de uso da água variaram bastante nas áreas estudadas. O suprimento relativo de água à cultura foi satisfatório, porém a fração de percolação média foi de 0,61, ou seja, 39% da água aplicada não foi utilizada pelas plantas. A média da produtividade de água com base na irrigação foi 6,47 kg m-3. A análise econômica do uso da ág. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Valéria Peixoto Borges - Coordenador / Bernardo Barbosa da Silva - Integrante / Rafael da Costa Ferreira - Integrante / José Espínola Sobrinho - Integrante / José Francismar de Medeiros - Integrante / José Ferreira da Costa Filho - Integrante / Alexsandra Duarte de Oliveira - Integrante.

  • 2006 - 2008

    Aplicação do algoritmo SEBAL e imagens Landsat para estimativa da demanda hídrica do algodoeiro irrigado no Oeste da Bahia., Descrição: As necessidades hídricas de uma cultura agrícola podem ser supridas tanto pela precipitação natural quanto pela irrigação e representam o volume de água consumido no processo da evapotranspiração (ET). Numa área vegetada o saldo de radiação (Rn) é destinado fundamentalmente ao aquecimento do ar atmosférico, através do fluxo de calor sensível (H), ao aquecimento do solo, através do fluxo de calor no solo (G) e à evaporação da água através do fluxo de calor latente (LE). Pelo fato de ser um elemento comum aos princípios de conservação da massa e da energia, a ET pode ser obtida tanto pelo balanço de água na zona de abrangência do sistema radicular das plantas, quanto pelo balanço de energia ao nível da superfície evaporante. Entre os diversos métodos atualmente disponíveis para determinação das necessidades hídricas, grande ênfase tem sido dada ao sensoriamento remoto. Sua grande vantagem é o gerenciamento de grandes áreas, auxiliando no manejo e na gestão dos recursos naturais em macro escala. O objetivo deste trabalho é determinar o balanço de radiação e de energia em áreas de algodoeiro irrigado por pivô central, no oeste da Bahia, a partir de produtos dos satélites Landsat 5 TM e 7 ETM+, utilizando-se imagens atuais e de acervo, para estimativa de albedo (a), temperatura do solo (Ts), NDVI, coeficiente de cultivo (kc), saldo de radiação (Rn) e seus componentes (G, H e LE). Estes parâmetros serão determinados implementando-se o algoritmo SEBAL (Surface Energy Balance Algorithm for Land) em 'software' comercialmente disponível para o processamento digital das imagens. No modelo SEBAL, a ET é computada a partir de imagens de satélite e dados meteorológicos, na base de pixel por pixel. Desde que a imagem de satélite fornece informação apenas para aquele instante de passagem sobre a área, o SEBAL computa o fluxo instantâneo de ET, posteriormente extrapolado para valores diários. Os valores estimados pelo SEBAL serão validados a partir de determinações no campo, utiliza. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Valéria Peixoto Borges - Integrante / Aureo Silva de Oliveira - Coordenador / Bernardo Barbosa da Silva - Integrante / Claudia Bloisi Vaz Sampaio - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal da Paraíba, Centro de Ciências Agrárias - Campus III, Departamento de Solos e Engenharia Rural. , Rodovia PB 079, Km 12, 58397000 - Areia, PB - Brasil, Telefone: (83) 33621700, Ramal: 1715, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2013 - Atual

Universidade Federal da Paraíba

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor do Magistério Superior, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 06/2017

    Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias - Campus III, Departamento de Solos e Engenharia Rural.,Cargo ou função, Coordenadora do Projeto de Monitoria do Departamento de Solos e Engenharia Rural.

  • 06/2017

    Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias - Campus III, Departamento de Solos e Engenharia Rural.,Cargo ou função, Coordenadora do Laboratório de Meteorologia.

  • 02/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Agrárias - Campus III, Departamento de Solos e Engenharia Rural.,Linhas de pesquisa

  • 09/2013

    Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Meteorologia e Climatologia

2015 - Atual

Universidade Federal de Campina Grande

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor colaborador, Carga horária: 4

Outras informações:
Professor da disciplina "Climatologia aplicada à ambiência" no programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Campina Grande, área de concentração Construções Rurais e Ambiência.

2012 - 2013

Universidade Federal de Campina Grande

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2008 - 2011

Universidade Federal de Campina Grande

Vínculo: Bolsista CAPES, Enquadramento Funcional: Estudante do Doutorado em Meteorologia, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 06/2015

    Ensino, Engenharia Agrícola, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Climatologia aplicada à ambiência

  • 08/2012 - 08/2013

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar, Unidade Acadêmica de Ciências Agrárias.,Linhas de pesquisa

  • 03/2012 - 08/2013

    Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Desenho Técnico, Fotogrametria e Fotointerpretação

  • 03/2012 - 08/2013

    Extensão universitária , Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar, .,Atividade de extensão realizada, Vice-coordenadora da Coordenação de Manutenção Ambiental.

  • 02/2008 - 12/2011

    Pesquisa e desenvolvimento , Unidade Acadêmica de Ciências Atmosféricas, .,Linhas de pesquisa

2012 - 2012

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40

2006 - 2008

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Vínculo: Bolsista Capes, Enquadramento Funcional: Estudante do Programa de Pós Graduação, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 01/2012

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Agrárias Biológicas e Ambientais, Núcleo de Engenharia de Água e Solo.,Linhas de pesquisa

  • 03/2006 - 02/2008

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Agrárias Biológicas e Ambientais, .,Linhas de pesquisa