Camila Gabriele da Cruz Clemente

É licenciada em Letras- Português/ Inglês pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Mestrado também pela UFMS, com o projeto de pesquisa "O subesquema [V_que] condicional no Português". Trabalhou como voluntária ministrando aulas de Redação, Português e Literatura no cursinho ADAPTE da UFMS. Atualmente é membro do Grupo de Estudos SocioFuncionalistas (GESF) e do Grupo de Estudos Discurso e Gramática (D&G). Doutoranda pela UFSCar. Professora de Inglês há 7 anos.

Informações coletadas do Lattes em 20/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Linguística

2020 - Atual

Universidade Federal de São Carlos
Flavia Bezerra de Menezes Hirata-Vale. Palavras-chave: gramática de construções; construcionalização; mudança construcional; conectivos.Grande área: Lingüística, Letras e ArtesGrande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Análise e descrição de línguas.

Mestrado em andamento em Letras

2018 - Atual

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Título: A não assertividade em orações condicionais,Orientador:
Taisa Peres de Oliveira.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: condicionais, não-assertividade.Grande área: Lingüística, Letras e Artes

Graduação em Letras - Português e Inglês

2014 - 2017

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 -

Extensão universitária em Atualização gramatical - Oficina de Gramática. (Carga horária: 40h). , Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.

2019 - 2019

Introdução à Gramática de Construções Baseada no Uso. (Carga horária: 5h). , Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB, Brasil.

2019 - 2019

Minicurso: Gramática de (RE)construção diacrônica. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual de Goiás, UEG, Brasil.

2019 - 2019

Minicurso ? Texto, Discurso e Gramática. (Carga horária: 2h). , Universidade Estadual de Goiás, UEG, Brasil.

2019 - 2019

Introdução à Morfologia Construcional. (Carga horária: 5h). , Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB, Brasil.

2019 - 2019

Introdução à Linguística Funcional Centrada no Uso. (Carga horária: 5h). , Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, UESB, Brasil.

2018 - 2019

Gramática para preparadores e revisores de texto. (Carga horária: 30h). , Editora Unesp, EDITORA UNESP, Brasil.

2018 - 2018

Extensão universitária em Construction grammar and language change. (Carga horária: 45h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2018 - 2018

Extensão universitária em Advanced English Academic Writing Workshop. (Carga horária: 50h). , Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.

2018 - 2018

Espaços Mentais e Integração Conceptual. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2014 - 2014

General English full-time course. (Carga horária: 52h). , Educational Language Centers, EF, Estados Unidos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Linguística.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

FECITEL - Feira de Ciência e Tecnologia de Três Lagoas. Avaliadora. 2019. (Feira).

GEL - 67 Seminário do Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo.O estabelecimento do traço não assertividade em construções condicionais. 2019. (Seminário).

SEVALING - III Seminário de Variação e Mudança Linguística no Sudoeste da Bahia: Gramática de Construções.A microconstrução [V_que] com valor condicional. 2019. (Seminário).

V SILF - Simpósio Internacional de Linguística Funcional.AS CONSTRUÇÕES CONDICIONAIS: a marcação do traço não-assertividade. 2019. (Simpósio).

GEL - 66 Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo GEL.A não assertividade em conectores condicionais. 2018. (Simpósio).

Intercâmbios Linguístico-Literários no Centro-Oeste e II Congresso Regional do Profletras..A não-assertividade e as construções condicionais. 2018. (Simpósio).

PorUs- III Seminário de estudos sobre o português em uso.A não-assertividade nas orações condicionais: um olhar construcional. 2018. (Simpósio).

GEL- Grupos de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo. A não assertividade nas orações condicionais. 2017. (Congresso).

SENELCO - Seminário Nacional de Estudos Linguísticos do Centro-Oeste.A NÃO ASSERTIVIDADE EM CONECTORES CONDICIONAIS. 2017. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

SEBASTIAO CARLOS LEITE GONÇALVES

OLIVEIRA, T. P.;GONÇALVES, S. C. L.; FONTES, M. G.. A FORMAÇÃO DO SUBESQUEMA [V_QUE] CONDICIONAL NA HISTÓRIA DO PORTUGUÊS. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Michel Gustavo Fontes

SOUZA, E. R. F.;FONTES, M. G.; OLIVEIRA, T. P.. O subsesquema [V_QUE] condicional no português. 2020. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Michel Gustavo Fontes

OLIVEIRA, T. P.; GONÇALVES, C. L. G.;FONTES, M. G.. A formação do subesquema [V_QUE] condicional na história do português. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Vanessa Hagemeyer Burgo

OLIVEIRA, Taísa Peres de; FONTES, Michel Gustavo; GONCALVES, SEBASTIÃO CARLOS LEITE;BURGO, VANESSA HAGEMEYER. A FORMAÇÃO DO SUBESQUEMA [V_QUE] CONDICIONAL NA HISTÓRIA DO PORTUGUÊS. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Edson Rosa Francisco de Souza

CLEMENTE, C. G. C.; OLIVEIRA, T. P.; FONTES, M. G.;SOUZA, E. R. F.. O subesquema V-Que condicional no português. 2020. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Flávia Bezerra de Menezes Hirata-Vale

A microconstrução dado que no português segundo a teoria cognitivo-funcional; Início: 2020; Tese (Doutorado em Linguística) - Universidade Federal de São Carlos; (Orientador);

Taísa Peres de Oliveira

A não-assertividade em construções condicionais; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

CLEMENTE, C. G. C. . Conhecendo e explorando os exames de proficiência em Língua Inglesa. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - 2020

    O subesquema [V_que] condicional no Português, Descrição: A partir de uma análise diacrônica prévia, observou-se que o subesquema [V_que] passa a integrar a rede condicional a partir do século XIX, sancionando microconstruções como supondo que, considerando que, dado que e posto que (verbos cognitivos e de transferência). Assim, com base na teoria de Traugott e Trousdale (2013), pretende-se descrever o grau de esquematicidade, produtividade e composicionalidade do subesquema [V_que] condicional, a partir da coleta de dados compostos por suas microconstruções, nos séculos XIX e XX. Para a condicionaldiade, apoia-se principalmente em Dancygier (1998), Sweetser (1990) e Oliveira (2019), a fim de mostrar o valor condicional enquanto pareamento de forma e sentido.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Camila Gabriele da Cruz Clemente - Integrante / Taisa Peres de Oliveira - Coordenador., Financiador(es): CAPES - Bolsa.

  • 2018 - 2019

    A não-assertividade em construções condicionais, Descrição: Entendendo que as estruturas condicionais ?se p, q?, conforme Dancygier (1998), são formadas por proposições que não podem ser afirmadas sempre, toma-se como objeto de descrição o traço não-assertividade, o traço básico das construções condicionais. Então, este trabalho pretende verificar como se da a marcação do traço básico das construções condicionais, com base especialmente em Dancygier (1998), concebendo a condicionalidade enquanto categoria conceptual, nos princípios construcionalistas de Traugott e Trousdale (2013), em conectores condicionais propostos por Oliveira (2014) e Neves (2000) e na visão de Bybee (2010) de que a interação verbal dos interlocutores molda as propriedades dos enunciados, pois se tem uma gramática maleável. Os dados utilizados nesta pesquisa foram coletados do Corpus do Português, banco de dados disponível no site www.corpusdoportugues.org. Para este trabalho, foram consideradas construções condicionais compostas pelas conjunções embasadas nos trabalhos de Oliveira (2014) e Neves (2000): a menos que, a não ser que, se, que, exceto se, uma vez que, contanto que, desde que, salvo se, sem que, supondo que, somente se, na condição de que, no período que compreende os séculos XX e XXI.. , Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Camila Gabriele da Cruz Clemente - Integrante / Taisa Peres de Oliveira - Coordenador.

  • 2016 - 2017

    O traço não assertividade nos conectores condicionais, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Taísa Peres de Oliveira em 25/03/2019., Descrição: Neste trabalho avaliou-se os conectores condicionais conforme o parâmetro de condicionalidade não-assertividade. O objetivo foi possibilitar compreender as relações de determinação entre a base lexical do conector e a expressão da não factualidade presente nas orações condicionais. Este trabalho parte de uma concepção funcional-cognitivista da linguagem, baseados principalmente em Dancygier (1998) e Bybee (2010). Os dados a serem analisadores serão coletados na base de dados Corpus do Portugues.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Camila Gabriele da Cruz Clemente - Integrante / Taisa Peres de Oliveira - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2019 - 2020

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pesquisadora, Regime: Dedicação exclusiva.

2013 - 2017

CNA Escola de Idiomas

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora de Inglês

2016 - 2018

Funlec

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora de Inglês, Carga horária: 36

Outras informações:
Professora de Inglês Bilingue. Tive que sair para poder me dedicar integralmente para o mestrado.

2019 - 2020

Cursinho Adapte - CPTL

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Professora de Redação, Português e Literatura, Carga horária: 4

Outras informações:
Responsável por ministrar aulas e coordenar um grupo com 10 corretores.

2019 - 2019

Projeto A Candeia

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Professora de Português, Carga horária: 3

Outras informações:
Projeto de Valorização da Criança e do Adolescente. Responsável pelo apoio escolar, como: auxilio em tarefas, trabalhos, estudos para provas e aprendizagem de leitura e escrita.