Waldir César Ferreira de Oliveira

Graduado do curso de Biomedicina pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Foi chefe de redação e revisor geral do Jornal Biomed Informa, Diretor Geral do Diretório Acadêmico Valéria Fazan do curso de Biomedicina, coordenador geral da Comissão Organizadora do XVI Encontro Mineiro de Biomedicina, e representante discente dos cursos da saúde junto à Comissão Eleitoral para escolha de reitor (2018-2022). Desenvolveu pesquisas relacionados à hipertensão e utilização de células mesenquimais para terapia. Atualmente faz Doutorado direto pelo Programa de Biociências e Biotecnologia pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP com o projeto intitulado "Avaliação do potencial terapêutico de biocurativos com células estromais mesenquimais em modelos de queimaduras graves em ratos".

Informações coletadas do Lattes em 22/12/2021

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Biociências e Biotecnologia

2020 - Atual

Universidade de São Paulo
Título: AVALIAÇÃO DO POTENCIAL TERAPÊUTICO DE BIOCURATIVOS COM CÉLULAS ESTROMAIS MESENQUIMAIS EM MODELO DE QUEIMADURA GRAVE EM RATOS.,
Kelen Cristina Ribeiro Malmegrim de Farias. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Células Estromais Mesenquimais; Queimaduras graves; terapia celular.Grande área: Ciências BiológicasSetores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.

Graduação em Biomedicina

2016 - 2020

Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Título: EMPREGO DE CÉLULAS TRONCO DE MEDULA ÓSSEA ADMINISTRADAS NO PARÊNQUIMA RENAL PARA O TRATAMENTO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA EM RATOS ESPONTANEAMENTE HIPERTENSOS .
Orientador: Valdo José Dias da Silva

Ensino Médio (2º grau)

2010 - 2012

ALBERTO SANTOS DUMONT

Formação complementar

2019 - 2019

XIX Curso de Verão: Genoma, Proteoma e o Universo Celular - Oncologia, Célu. (Carga horária: 80h). , Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto, FUNDHERP, Brasil.

2019 - 2019

Produção e caracterização de células para aplicações em terapia celular. (Carga horária: 40h). , Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto, FUNDHERP, Brasil.

2018 - 2018

V Escola de Inverno em Biociências e Biotecnologia. (Carga horária: 30h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2018 - 2018

XI Curso de Inverno em Imunologia. (Carga horária: 60h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2018 - 2018

CULTIVO DE CÉLULAS DE MAMÍFEROS: TÉCNICAS E APLICAÇÕES NA PESQUISA CIENTÍFI. (Carga horária: 40h). , Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.

2018 - 2018

Capacitação no Uso e Manejo de Animais de Laboratório. (Carga horária: 60h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2017 - 2017

NOÇÕES BÁSICAS PARA CRIAÇÃO DE PÁGINAS NA INTERNET: HTML, CSS E JAVASCRIPT. (Carga horária: 15h). , Universidade Federal do Triângulo Mineiro, UFTM, Brasil.

2017 - 2017

Processamento e análises de tecidos em pesquisa científica em animais de la. (Carga horária: 15h). , Universidade Federal do Triângulo Mineiro, UFTM, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Organização de eventos

OLIVEIRA, W. C. F. ; SARAIVA, L. ; FILIPE, M. ; RAPATONNI, J. ; CAROLINE, A. . XV Encontro Mineiro de Biomedicina. 2018. (Congresso).

OLIVEIRA, W. C. F. ; FARIA, L. C. ; LELIS, G. A. . Coquetel de Inauguração do Jornal Biomed Informa. 2018. (Congresso).

OLIVEIRA, W. C. F. ; FILIPE, M. ; RAPATONNI, J. ; FARIA, L. C. ; SILVA, L. A. ; BUENO, G. ; DELBONI, B. F. . Dedinho de prosa: um lugar para acolher e ser acolhido. 2018. (Congresso).

SARAIVA, L. ; ARAUJO, N. ; FILIPE, M. ; RAPATONNI, J. ; OLIVEIRA, W. C. F. . XIV Encontro Mineiro de Biomedicina. 2017. (Congresso).

OLIVEIRA, W. C. F. ; PRECINOTTO, P. . I Simpósio de Geriatria e Gerontologia da UFTM: Visão global do idoso e novas abordagens para o envelhecimento. 2016. (Congresso).

Participação em eventos

VI Simpósio Introdutório à Liga de Análises Clínicas. 2019. (Simpósio).

III Simpósio Introdutório à Liga de Biologia Molecular. 2018. (Simpósio).

Informática Forense: atualizações. 2018. (Simpósio).

Principais resultados alcançados nos últimos cinco anos do CTC. 2018. (Simpósio).

V Escola de Inverno em Biociências e Biotecnologia,. 2018. (Congresso).

XVI Congresso Brasileiro de Biomedicina e IV Congresso Internacional de Biomedicina. 2018. (Congresso).

Conhecimento sobre HIV/AIDS e satisfação com os serviços de saúde idosos usuários da Estratégia Saúde da Família. 2017. (Oficina).

III REUNIÃO MAGNA DA DISCIPLINA DE CARDIOLOGIA DA UFTM. 2017. (Simpósio).

I Simpósio da Liga Acadêmica de Ciências Forenses. 2017. (Simpósio).

Mesa-Redonda Entendendo a Doença de Alzheimer: do diagnóstico ao tratamento. 2017. (Simpósio).

Mesa-Redonda Oficinas de Neurociências e Neuroarte. 2017. (Simpósio).

Perfusão e Circulação Extracorpórea (CEC), novas áreas de aplicação. 2017. (Encontro).

Pesquisa em células-tronco no Brasil: cenário atual e perspectivas. 2017. (Simpósio).

Toxinas animais: Fazendo do veneno um medicamento. 2017. (Encontro).

XX Encontro Nacional de Biomedicina. 2017. (Oficina).

1 Simpósio de Biotecnologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.. 2016. (Simpósio).

XIX Encontro Nacional de Biomedicina. 2016. (Encontro).

Comissão julgadora das bancas

Wilian de Assis Silveira

SILVEIRA, W. A.. Avaliação fisiopatológica de ratos espontaneamente hipertensos submetidos ao emprego de células mesenquimais no parênquima renal para o tratamento da hipertensão arterial sistêmica. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

Carlo José Freire de Oliveira

Oliveira Carlo J; FRANTZ, F. G.; SOUZA, L. E. B.. Mesenchymal stromal cells as therapeutic tools for skin wound healing: state of art and perspectives. 2023. Exame de qualificação (Doutorando em Biociências Aplicada a Farmácia) - Faculdade de Ciências Farmaceúticas de Ribeirão Preto.

Orientou

Valdo Jose Dias da Silva

EMPREGO DE CÉLULAS TRONCO DE MEDULA ÓSSEA ADMINISTRADAS NO PARÊNQUIMA RENAL PARA O TRATAMENTO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA EM RATOS ESPONTANEAMENTE HIPERTENSOS; ; 2019; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Biomedicina) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro; Orientador: Waldir César Ferreira de Oliveira;

Foi orientado por

KELEN CRISTINA RIBEIRO MALMEGRIM DE FARIAS

Avaliação do potencial terapêutico de biocurativos com células estromais mesenquimais em modelo de queimadura grave em ratos; Início: 2020; Tese (Doutorado em Biociências e Biotecnologia) - Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Afonso Pelli

Monitor Bolsista na disciplina ?Ecologia & Evolução (Biomedicina)?; 2017; Orientação de outra natureza; (Biomedicina) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro; Orientador: Afonso Pelli;

Fabiani Gai Frantz

Atividades de Reforço em Imunologia no Módulo Fisiopatologia, Farmacologia e Química Farmacêutica I; 2022; Orientação de outra natureza - Universidade de São Paulo, Programa de Apoio Pedagógico - USP; Orientador: Fabiani Gai Frantz;

Produções bibliográficas

  • NUNES, D. C. ; OLIVEIRA, W. C. F. ; OLIVEIRA, K. C. G. ; MARANGON JUNIOR, H. . CINCO IMPORTANTES INOVAÇÕES CIENTÍFICAS. Nanocell News, Ribeirão Preto, 07 out. 2019.

  • OLIVEIRA, W. C. F. . A vida invisível sob nossos olhos. Biomed Informa: O jornal oficial da Biomedicina UFTM, Uberaba, p. A6 - A8, 01 ago. 2019.

  • OLIVEIRA, W. C. F. . A Bioética na Biomedicina: Como os mundos conversam. Biomed Informa: O jornal oficial da Biomedicina UFTM, Uberaba, p. A9 - A10, 18 maio 2019.

  • OLIVEIRA, W. C. F. ; FARIA, L. C. ; RAFAEL, I. S. . COMO O CAFÉ PODERIA AJUDAR NO TRATAMENTO DA DIABETES. Nanocell News, Ribeirão Preto, 01 abr. 2019.

  • RAFAEL, I. S. ; OLIVEIRA, W. C. F. ; FARIA, L. C. . LIBERTE SUA MENTE DOS TRANSTORNOS CAUSADOS PELA ANSIEDADE. Nanocell News, Ribeirão Preto, 01 abr. 2019.

  • OLIVEIRA, W. C. F. . ?From bench-to-bedside?: A pesquisa Translacional como ferramenta de inovação tecnológica. Biomed Informa: O jornal oficial da Biomedicina UFTM, Uberaba, p. A9 - A10, 01 mar. 2019.

  • RAFAEL, I. S. ; OLIVEIRA, W. C. F. ; FARIA, L. C. . UM CAMINHO PARA O DESENVOLVIMENTO DE NOVAS TERAPIAS PARA DOENÇAS QUE AFETAM SEU ORGANISMO. Nanocell News, Ribeirão Preto, 28 jan. 2019.

  • FARIA, L. C. ; OLIVEIRA, W. C. F. ; RAFAEL, I. S. . COMO A TOXINA DE UMA BACTÉRIA PODE SANAR SUA DOR?. Nanocell News, Ribeirão Preto, 28 jan. 2019.

  • FARIA, L. C. ; OLIVEIRA, W. C. F. ; RAFAEL, I. S. . QUEM INFLAMA MAIS: HOMEM OU MULHER? E A RELAÇÃO COM ANSIEDADE E DEPRESSÃO. Nanocell News, Ribeirão Preto, 24 dez. 2018.

  • OLIVEIRA, W. C. F. . Vacinas: Enxergando a Biomedicina marcada em você. Biomed Informa, UFTM - Uberaba, MG, p. A2 - A3, 04 jul. 2018.

  • OLIVEIRA, W. C. F. . Células-Tronco - A busca pela imortalidade. Biomed Informa, UFTM - Uberaba, MG, p. 4 - 5, 17 maio 2018.

  • OLIVEIRA, W. C. F. ; NUNES, D. C. ; SILVA, V. J. D. . Emprego de células tronco mesenquimais administradas no parênquima renal para o tratamento da hipertensão arterial sistêmica espontânea em ratos. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • OLIVEIRA, W. C. F. ; FERRAZ, R. B. ; SILVA, V. J. D. . Uso de células Mesenquimais em transplantes cardíacos em Ratos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • OLIVEIRA, W. C. F. ; SILVA, V. J. D. . ?EMPREGO DE CÉLULAS TRONCO DE MEDULA ÓSSEA ADMINISTRADAS NO PARÊNQUIMA RENAL PARA O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA ESPONTÂNEA EM RATOS?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • OLIVEIRA, W. C. F. ; SILVA, V. J. D. . EMPREGO DE CÉLULAS TRONCO DA MEDULA ÓSSEA INOCULADAS NO PARÊNQUIMA RENAL PARA O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA ESPONTÂNEA EM RATOS.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • OLIVEIRA, W. C. F. ; MENDES, A. P. ; RODRIGUES JUNIOR, V. ; SILVA, V. J. D. . ANÁLISE DE NÍVEIS SÉRICOS DE MEDIADORES NA INFLAMAÇÃO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA ESSENCIAL. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções

SILVA, V. J. D. ; OLIVEIRA, W. C. F. ; NUNES, D. C. . Curso Introdutório à Cultura de Células Tronco. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    Avaliação do potencial terapêutico de biocurativos com células estromais mesenquimais em modelo de queimadura grave em ratos., Descrição: Queimaduras graves de pele comprometem vários sistemas fisiologicamente interligados, como o imunológico e o respiratório, entre outros, podendo levar ao óbito em poucos dias. Os pacientes com queimaduras graves necessitam de cuidados especiais e rápidos, além de longos dias de internação para completa recuperação. As células estromais mesenquimais multipotentes (MSCs) constituem uma importante alternativa terapêutica devido às suas propriedades regenerativas e imunomodulatórias. Como queimaduras graves necessitam de atendimento rápido e eficaz, o uso de células autólogas inviabiliza a terapêutica. Assim, as MSC alogênicas podem ser utilizadas para o tratamento de queimaduras graves em humanos, uma vez que as MSC apresentam baixa imunogenicidade. Dessa forma, o objetivo do presente projeto é avaliar o potencial terapêutico de MSCs xenogênicas derivadas de cordão umbilical humano (hUC-MSC) associadas a um biocurativo, no tratamento de queimaduras graves em ratos. Para isso as hUC-MSC serão isoladas e expandidas in vitro, precondicionadas ou não, e bioimpressas no biocurativo. As queimaduras experimentais serão realizadas no dorso de ratos Wistar que serão submetidos ao biocurativo com ou sem células. Serão avaliados os efeitos sistêmicos e locais no animal, tais como: sobrevida, ocorrência da síndrome da resposta inflamatória sistêmica (SIRS), imunossupressão sistêmica, mecanismos celulares e moleculares envolvidos no processo de cicatrização, regeneração tecidual além de expressão de fatores angiogênicos, fatores de crescimento, de quimiocinas e citocinas entre outros. O potencial terapêutico do biocurativo com hUC-MSC na cicatrização/regeneração da pele e imunomodulação poderá ser utilizado não somente para os pacientes vítimas de queimaduras graves, mas também, para tratamento de úlceras crônicas e outras patologias que atingem a pele.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Waldir César Ferreira de Oliveira - Integrante / Kelen Crisitna Ribeiro Malmegrim de Farias - Coordenador / José Lucas Martins Rocha - Integrante / Carolina Caliari Oliveira - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2019 - 2020

    Emprego de células tronco mesenquimais no parênquima renal como tratamento da Hipertensão Arterial Sistêmica em ratos espontaneamente hipertensos., Descrição: A HAS, é uma pandemia do mundo moderno, e responsável direta e/ou indiretamente por mais da metade das mortes naturais no mundo atual. Sua fisiopatologia e complexa e envolve alterações funcionais em vários sistemas regulatórios da pressão arterial, incluindo os rins, o principal regulador de longo prazo da pressão arterial. Ainda que a terapia atual da HAS tenha avançado muitíssimo nas últimas décadas, uma cura definitiva ainda não esta disponível. Novas abordagens terapêuticas baseadas em eletro-estimulação, terapia imune, genica e celular tem surgido nos últimos anos, trazendo novas esperanças para um tratamento definitivo. Dados experimentais prévios de nosso laboratório [2,3] mostraram que células tronco de medula óssea administradas sistemicamente por via endovenosa reduzem a pressão arterial por tempo prolongado (cerca de duas semanas) em SHRs, além de melhorar a hipertrofia cardíaca compensatória e a disfunção endotelial. As células administradas se distribuem nas primeiras 48 horas principalmente para os pulmões, figado, baco, medula óssea e rins. Dado o papel fundamental dos rins na patogenese da HAS [1], um eventual efeito da administração direta das células no parênquima renal poderia ser também benéfico. Assim, para testar esta hipótese, o presente projeto visa estudar os efeitos da administração de MSC de medula óssea administradas diretamente no parênquima renal sobre a HAS em SHRs.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Waldir César Ferreira de Oliveira - Integrante / Valdo José Dias da Silva - Coordenador / Dôuglas Caixeta Nunes - Integrante / Lucas Felipe de Oliveira - Integrante / Angélica Cristina Alves - Integrante.

  • 2018 - 2019

    Emprego de células tronco de medula óssea administradas no parênquima renal para o tratamento da hipertensão arterial sistêmica espontânea em ratos, Descrição: A hipertensão arterial sistêmica (HAS), uma pandemia do mundo moderno, é responsável direta e/ou indiretamente por mais da metade das mortes naturais no mundo atual. Sua fisiopatologia é complexa e envolve alterações funcionais em vários sistemas regulatórios da pressão arterial, incluindo os rins, o principal regulador de longo prazo da pressão arterial [1]. Ainda que a terapia atual da HAS tenha avançado muitíssimo nas últimas décadas, uma cura definitiva ainda não está disponível. Novas abordagens terapêuticas baseados em eletro-estimulação, terapia imune, gênica e celular têm surgido nos últimos anos, trazendo novas esperanças para um tratamento definitivo. Dados experimentais prévios de nosso laboratório [2,3] mostraram que células tronco de medula óssea administradas sistemicamente por via endovenosa reduzem a pressão arterial por tempo prolongado (cerca de duas semanas) em ratos espontaneamente hipertensos (SHR ? ?spontaneously hypertensve rats?), além de melhorar a hipertrofia cardíaca compensatória e a disfunção endotelial [2,3]. As células administradas se distribuem nas primeiras 48 horas principalmente para os pulmões, fígado, baço, medula óssea e rins [4]. Dado o papel fundamental dos rins na patogênese da HAS [1], um eventual efeito da administração direta das células no parênquima renal poderia ser também benéfico. Assim, para testar esta hipótese, o presente projeto visa estudar os efeitos da administração de células mononucleares (MN) e células tronco mesenquimais (MSC ? ?mesenchymal stem cells?) de medula óssea administradas diretamente no parênquima renal sobre a HAS em SHRs. Para tal, 30 SHRs machos adultos serão divididos em três grupos experimentais: 1) SHRs controle, tratados com solução salina intra-renal (SHR-CON, n=10); 2) SHRs tratados com células MN por via intra-renal (SHR-MN, n=10); e 3) SHRs tratados com MSCs por via intra-renal (SHR-MSC, n=10). Previamente aos tratamentos, outros quatro SHRs adultos serão eutanasiados e terão seus fêmurs e tíbias excisados para a extração da medula óssea e obtenção de células MN e MSCs. As MSCs serão obtidas após plaqueamento em garrafas plásticas e cultura celular até a 5ª passagem. Paralelamente, os animais receptores terão suas pressões arteriais monitoradas a cada dois dias por 10 dias prévios e 12 dias após o transplante celular via método indireto de oclusão da artéria caudal. No dia do transplante, após laparotomia mediana para exposição dos rins, 5 milhões de células MN ou MSCs serão administradas diretamente no parênquima renal (2,5 milhões por rim). Ao final dos 12 dias de monitoramento, os animais serão canulados e terão a pressão arterial direta registrada para confirmação dos efeitos hemodinâmicos 48 horas depois. Em seguida, após eutanásia e remoção de plasma e órgãos (coração, rins, aorta, baço e medula óssea), estudos bioquímicos, moleculares e histológicos serão efetuados. Espera-se com tal estudo encontrar um efeito anti-hipertensivo significativo das células MN e MSCs administradas diretamente nos rins, reduzindo a pressão arterial de forma prolongada em SHRs.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Waldir César Ferreira de Oliveira - Integrante / Valdo José Dias da Silva - Coordenador / Dôuglas Caixeta Nunes - Integrante / Lucas Felipe de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Células-tronco cardíacas no modelo de cardiomiopatia induzida por Doxorrubicina em ratos., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Valdo Jose Dias da Silva em 13/12/2018., Descrição: A cardiomiopatia tóxica induzida pela doxorubicina é uma condição clínica muito frequente em pacientes em tratamento quimioterápico para o câncer, acarretando no médio prazo sérias consequências para o sistema circulatório e elevando marcadamente o risco de morbi-mortalidade cardiovascular nos pacientes em uso do fármaco. Ainda que os efeitos pró-oxidativos e pró-apoptóticos da doxorrubicina estejam implicados na lesão dos cardiomiócitos, pouco se sabe sobre um eventual efeito em células tronco teciduais residentes no coração, entre elas as células tronco cardíacas c-kitpos CD45neg e as células tronco mesenquimais cardíacas. Assim sendo, o objetivo central do presente trabalho é estudar as características das células-tronco cardíacas c-kitpos CD45neg e mesenquimais (cMSCs) no modelo de cardiomiopatia induzida por Doxorrubicina em ratos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Waldir César Ferreira de Oliveira - Integrante / Valdo José Dias da Silva - Coordenador / Paulo Henrique Olivieri Junior - Integrante.

  • 2017 - 2017

    Conhecimento sobre HIV/AIDS e satisfação com o serviço de usuário idosos da Estratégia de Saúde da Família, Descrição: Trata-se de estudo de caráter observacional e descritivo, transversal e de abordagem quantitativa. Com o objetivo de avaliar o conhecimento sobre HIV/AIDS e a relação com a satisfação com os serviços de saúde dos usuários idosos nos serviços de saúde ofertados pela Estratégia de Saúde na Família em um município de médio porte do interior de Minas Gerais. Espera-se encontrar um nível de conhecimento sobre HIV/ADIS de mediano a satisfatório, com relação positiva entre esse conhecimento e algumas variáveis como, sexo, idade, escolaridade, uso do serviço e acesso a informação sobre HIV e satisfação com o serviço... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Waldir César Ferreira de Oliveira - Coordenador / Álvaro da Silva Santos - Integrante / Giovana G. Nardelli - Integrante / Eliana Maria Gaudenci - Integrante / Luan Augusto Alves Garcia - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.

  • 2017 - Atual

    Níveis séricos de mediadores inflamatórios como possíveis biomarcadores no desenvolvimento de lesão de órgão alvo na hipertensão arterial, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Virmondes Rodrigues Junior em 30/08/2021., Descrição: A hipertensão essencial tem grande incidência mundial. Alguns estudos relacionam a hipertensão com alterações do sistema imune, em especial com mediadores pró-inflamatórios no intuito de verificar possíveis alterações da resposta inflamatória nas fases iniciais de instalação da doença.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Waldir César Ferreira de Oliveira - Integrante / Valdo José Dias da Silva - Integrante / Ana Paula Mendes - Integrante / Virmondes Rodrigues Junior - Coordenador.

Prêmios

2018

Menção Honrosa a Waldir César Ferreira de Oliveira em reconhecimento ao trabalho ?Uso de células tronco mesenquimais em transplante cardíaco em ratos?, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP/RP.

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, Departamento de Análises Clínicas Toxicológia e Bromatologia. , Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP, Vila Monte Alegre, 14040903 - Ribeirão Preto, SP - Brasil, Telefone: (16) 33154240, URL da Homepage:

Experiência profissional

2020 - Atual

Fundação Instituto Pólo Avançado da Saúde de Ribeirão Preto

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2020 - Atual

Universidade de São Paulo

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

2018 - 2019

Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 40

Outras informações:
Iniciação Científica Financiada pela FAPEMIG com o projeto intitulado: "EMPREGO DE CÉLULAS TRONCO DE MEDULA ÓSSEA ADMINISTRADAS NO PARÊNQUIMA RENAL PARA O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA ESPONTÂNEA EM RATOS"

2016 - 2019

Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Vínculo: Institucional, Enquadramento Funcional: Graduado

2016 - 2017

Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Vínculo: estagio, Enquadramento Funcional: Estagiário

Outras informações:
Estágio de 1 ano realizado nos laboratórios de Cultura Celular da Fisiologia na Universidade Federal do Triângulo Mineiro sobre técnicas de cultivo celular e biossegurança.

Atividades

  • 09/2016 - 10/2017

    Estágios , Departamento de Bioquímica, Farmacologia e Fisiologia, Laboratório de Fisiologia.,Estágio realizado, Técnicas de Cultivo Celular e Biossegurança.