Fabelina Karollyne Silva dos Santos

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Piauí - UFPI. Tem experiência como Bolsista de Iniciação Cientifica do CNPq de 2015 à 2018. Trabalhou como monitora na disciplina de Sistemática animal quando graduanda.Tendo experiência na área de Genética, com ênfase em avaliação toxicológica em nível celular de aditivos alimentares e outros ingredientes utilizados na indústria em bioensaios vegetal e animal.

Informações coletadas do Lattes em 19/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Ciências Biológicas

2014 - 2018

Universidade Federal do Piauí
Título: TOXICIDADE E GENOTOXICIDADE DE AROMATIZANTES ALIMENTARES DE HORTELÃ, CANELA E LIMÃO
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

2011 - 2013

UNIDADE ESCOLAR CLEMENTINO MARTINS

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

Extensão universitária em Ensinando mãos a falar. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal do Piauí, UFPI, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Citogénetica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SANTOS, F. K. S. ; Fonseca, M. G. . I Simpósio de Pesquisa e Desenvolvimento em Ciências Biológicas do campus de Picos. 2017. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Evento de Extensão Dia Nacional do Pedagogo 2019: O papel do do pedagogo na atualidade e.Evento de Extensão Dia Nacional do Pedagogo 2019: O papel do do pedagogo na atualidade. 2019. (Outra).

XXVII Seminário de Iniciação científica da UFPI.NEPAS: Experiências iniciais de grupos de pesquisa no diretório de pesquisa do CNPq. 2018. (Seminário).

XXVII Seminário de Iniciação Científica e X Seminário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Universidade Federal do Piauí,. 2018. (Seminário).

Dia da Ciência e Pesquisa:?Avanços e Desafios?.Dia da Ciência e Pesquisa:?Avanços e Desafios. 2017. (Oficina).

I Encontro Interdisciplinar de Educação Inclusiva: Você Conhece a Síndrome de Angelman?.Você Conhece a Síndrome de Angelman?. 2017. (Encontro).

I Simpósio de pesquisa e desenvolvimento e Ciências Biológicas de Picoas.I Simpósio de pesquisa e desenvolvimento e Ciências Biológicas de Picoas. 2017. (Simpósio).

Mesa Redonda Atenção em Oncologia: Avanços e Desafios.Mesa Redonda Atenção em Oncologia: Avanços e Desafios. 2017. (Outra).

Setembro Amarelo: Viver é a melhor escolha. 2017. (Outra).

XXI Encontro de Genética do Nordeste.Proteômica e Genética: por que, como e para que?. 2017. (Encontro).

2º Expo Picos Ambiental- Semana de Meio Ambiente 2016. 2º Expo Picos Ambiental- Semana de Meio Ambiente 2016. 2016. (Exposição).

ENGENE.minicurso Proteômica e Genética: por que, como e para que?. 2016. (Encontro).

I Congresso Nacional de Nutrição , saúde e sustentabilidade- -. 2016. (Congresso).

I mostra de geociências. I mostra de geociências. 2016. (Exposição).

Palestra Câncer de Próstata: O conhecimento previne.Palestra Câncer de Próstata: O conhecimento previne. 2016. (Outra).

VI Semana de Biologia e II Encontro Interdisciplinar de Educação do Cam.Estudos de Citotoxicidade e Genotoxicidade. 2016. (Encontro).

VI Semana de Biologia e II Encontro Interdisciplinar de Educação do Cam.Biologia artística com biscuit. 2016. (Encontro).

VI Semana de Biologia e II Encontro Interdisciplinar de Educação do Campo.VI Semana de Biologia e II Encontro Interdisciplinar de Educação do Campo. 2016. (Encontro).

XXI Encontro de Genética do Nordeste.Cultivo de Células. 2016. (Encontro).

XXI Encontro de Genética do Nordeste.Cultivo de Células. 2016. (Encontro).

Fitoterapia clínica.curso de fitoterapia clínica. 2015. (Outra).

V Semana Acadêmica de Pedagogia.Didática: um diálogo entre teoria e prática para uma docência comprometida com a justiça social. 2015. (Outra).

V Semana Acadêmica de Pedagogia.V Semana Acadêmica de pedagogia. 2015. (Outra).

1° Simpósio de Humanização de saúde.1° Simpósio de Humanização de saúde. 2014. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Ana Paula Peron

Avaliação da toxicidade e da ação potencializadora de danos celulares de excipientes de Licor, Mel, Abricó e Cereja sobre as células de meristemas de raízes de Allium cepa L; ; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ana Paula Peron;

Ana Paula Peron

Avaliação preliminar da toxicidade em nível celular de aditivos de aroma e sabor líquidos sintéticos, tipo idêntico ao natura, nas formas individuais e associados entre si; 2016; Iniciação Científica - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ana Paula Peron;

Ana Paula Peron

Avaliação preliminar da toxicidade em nível celular de aditivos aromatizantes líquidos sintéticos, tipo idêntico ao natural de hortelã, Canela e erva doce, avaliados individualmente e associados entre si; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ana Paula Peron;

Márcia Maria Mendes Marques

Citotoxicidade e genotoxicidade dos aromatizantes limão, canela e hortelã utilizando o sistema teste Artemia salina e Allium cepa; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Marcia Maria Mendes Marques;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SANTOS, F. K. S. ; MARQUES, M. M. M. ; TILBULRG, M. F. V. ; GUEDES, M. I. F. ; PERON, A. P. . Toxicity of food flavorings to ex-vivo, in vitro and in vivo bioassays. ACTA SCIENTIARUM. TECHNOLOGY (ONLINE) , v. 49, p. 13-26, 2019.

  • ROCHA, R. B ; SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; Oliveira, V. A. ; NASCIMENTO, A. L. ; MARQUES, M. M. M. ; PERON, A. P. . Cytotoxic and genotoxic potential of banana, hazelnut and cherry flavoring additives against different test systems.. ACTA TOXICOLÓGICA ARGENTINA , v. 26, p. 67-70, 2018.

  • MOURA, R. A. M. ; MARQUES, M. M. M. ; PEREIRA, H. M. ; SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; GUEDES, M. I. F. ; PERON, A. P. . Industrial milk powder in bioassays for evaluation of cytotoxicity and genotoxicity. Bioscience Journal , p. 1622-1631, 2017.

  • SILVA, ERICK LEAL DA ; SALES, ILA MONIZE SOUSA ; SANTOS, FABELINA KAROLLYNE SILVA DOS ; PERON, ANA PAULA . Processed fruit juice ready to drink: screening acute toxicity at the cellular level . ACTA SCIENTIARUM. BIOLOGICAL SCIENCES (ONLINE) , v. 39, p. 195-200, 2017.

  • SOUSA SALES, ILA MONIZE ; PERON, ANA PAULA ; SANTOS, FABELINA KAROLLYNE SILVA DOS ; SOUSA, JOÃO MARCELO DE CASTRO E . Toxicidade aguda em nível celular de aromatizantes de Biscoito e Tutti-frutti em associação. MULTITEMAS (UCDB) , v. 22, p. 253-267, 2017.

  • MOURA, DÉBORA DAYANE ARAUJO ; PERON, ANA PAULA ; VELOSO, CLEIDIANE JOSEFA DOS SANTOS ; SILVA, MARIA EDUARDA DE SOUSA ; SANTOS, FABELINA KAROLLYNE SILVA DOS ; OLIVEIRA, VALTÂNIA ANA DE . Cytogenotoxicity of shakes added with synthetic microingredients. CIÊNCIA E NATURA , v. 39, p. 520, 2017.

  • SALES, I. M. S. ; BARBOSA, J. S ; SANTOS, F. K. S. ; SILVA, F. C. C ; FERREIRA, P. M. P. ; PERON, A. P. . Acute Toxicity of Grape, Plum and Orange Synthetic Food Flavourings Evaluated in in vivo Test Systems. Food Technology and Biotechnology. FOOD TECHNOLOGY AND BIOTECHNOLOGY , v. 55, p. 131-137, 2017.

  • SOUSA SALES, ILA MONIZE ; SILVA DOS SANTOS, FABELINA KAROLLYNE ; PERON, ANA PAULA . Citogenotoxicidade de aromatizantes utilizados na fabricação de alimentos industrializados. CADERNO DE PESQUISA. SÉRIE BIOLOGIA (UNISC) , v. 29, p. 31-38, 2017.

  • SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SILVA, F. C. C ; SOUSA, J. M. C. E. ; PERON, A. P. . Microingredientes aromatizantes sintéticos artificiais em associação: triagem para a atividade citotóxica e genotóxica. Revista Brasileira de Biociências , v. 14, p. 233-237, 2016.

  • SALES, ILA MONIZE SOUSA ; OLIVEIRA, JUSSARA DAMASCENA DE ; SANTOS, FABELINA KAROLLYNE SILVA DOS ; FEITOZA, LIDIANE DE LIMA ; SOUSA, JOÃO MARCELO DE CASTRO E ; PERON, ANA PAULA . Toxicity at the cellular level of artificial synthetic flavorings. ACTA SCIENTIARUM. BIOLOGICAL SCIENCES (ONLINE) , v. 38, p. 297-303, 2016.

  • SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; Oliveira, V. A. ; NASCIMENTO, A. L. ; PERON, A. P. . TOXICIDADE DE AROMATIZANTES ALIMENTARES SINTÉTICOS DE UVA, AMEIXA E LARANJA A TECIDOS DE INTENSA PROLIFERAÇÃO CELULAR.. In: I CONGRESSO BRASILEIRO DE ALIMENTOS E NUTRIÇÃO ? CONBAN I CONGRESSO BRASILEIRO DE SAÚDE E NUTRIÇÃO ? CONNUS, 2017, Teresina. I CONGRESSO BRASILEIRO DE ALIMENTOS E NUTRIÇÃO ? CONBAN I CONGRESSO BRASILEIRO DE SAÚDE E NUTRIÇÃO ? CONNUS, 2017, Teresina-PI. I CONGRESSO BRASILEIRO DE ALIMENTOS E NUTRIÇÃO ? CONBAN I CONGRESSO BRASILEIRO DE SAÚDE E NUTRIÇÃO ? CONNUS, 2017, Teresina. I CONGRESSO BRASILEIRO DE ALIMENTOS E NUTRIÇÃO ? CONBAN I CONGRESSO BRASILEIRO DE SAÚDE E NUTRIÇÃO ? CONNUS., 2017. v. 1. p. 18-23.

  • SILVA, M. E. S. E. ; Carvalho, B. L. ; SANTOS, F. K. S. ; Oliveira, V. A. ; NASCIMENTO, A. L. ; PERON, A. P. . Potencial tóxico em nível celular de leites industrializados do tipo UHT.. In: I Congresso Brasileiro de Alimentos e Nutrição/I Congresso Brasileiro de Nutrição e Saúde, 2017, Tersina-PI. Congresso Brasileiro de Alimentos e Nutrição, 2017. v. 1.

  • SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; Oliveira, V. A. ; NASCIMENTO, A. L. ; PERON, A. P. . Toxicidade de aromatizantes alimentares sintéticos, idênticos aos naturais, a tecidos de intensa proliferação celular.. In: I Congresso Brasileiro de Alimentos e Nutrição/I Congresso Brasileiro de Nutrição e Saúde, 2017, Tersina-PI. Congresso Brasileiro de Alimentos e Nutrição, 2017. v. 1.

  • SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; NASCIMENTO, A. L. ; Oliveira, V. A. ; MARQUES, M. M. M. ; PERON, A. P. . Citotoxicidade in vitro induzida por leites industrializados tipo em pó.. In: I Congresso Brasileiro de Alimentos e Nutrição/I Congresso Brasileiro de Nutrição e Saúde, 2017, Tersina-PI. Congresso Brasileiro de Alimentos e Nutrição, 2017. v. 1.

  • SILVA, G. J. S. E. ; Oliveira, V. A. ; SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; NASCIMENTO, A. L. ; PERON, A. P. . Toxigenética de leites industrializados, tipo em pó, para crianças: screnning da citotoxicidade e genotoxicidade.. In: I Congresso Brasileiro de Alimentos e Nutrição/I Congresso Brasileiro de Nutrição e Saúde, 2017, Tersina-PI. Congresso Brasileiro de Alimentos e Nutrição, 2018. v. 1.

  • SILVA, G. J. S. E. ; SILVA, E. L. ; SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SOUSA, J. M. C. E. ; PERON, A. P. . Citotoxicidade, genotoxicidade e mutagenicidade de preparados sólidos para refrescos. In: I Congresso Nacional de Nutrição, Saúde e Sustentabilidade (I CONNUTSS)/ V Semana de Nutrição (V SENUT)/ III Feira de Nutrição (III FENUT), 2016, Picos-PI. CONNUTSS, 2016.

  • VELOSO, C. J. S. ; MOURA, D. D. A. ; SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SOUSA, J. M. C. E. ; PERON, A. P. . Efeitos tóxicos de leites em pó frente a tecido de intensa proliferação celular.. In: I Congresso Nacional de Nutrição, Saúde e Sustentabilidade (I CONNUTSS)/ V Semana de Nutrição (V SENUT)/ III Feira de Nutrição (III FENUT),, 2016, Picos-PI. (CONNUTSS), 2016. v. 1.

  • SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . Genotoxicidade aguda de aromatizantes artificiais em associação.. In: I Congresso Nacional de Nutrição, Saúde e Sustentabilidade (I CONNUTSS)/ V Semana de Nutrição (V SENUT)/ III Feira de Nutrição (III FENUT), 2016, Picos-PI. CONNUTSS, 2016. v. 1.

  • MOURA, D. D. A. ; MARTINS, H. A. ; SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SOUSA, J. M. C. E. ; PERON, A. P. . Análise citogenética da citotoxicidade de bebidas lácteas achocolatadas do tipo não fermentadas.. In: I Congresso Nacional de Nutrição, Saúde e Sustentabilidade (I CONNUTSS)/ V Semana de Nutrição (V SENUT)/ III Feira de Nutrição (III FENUT), 2016, Picos-PI. CONNUTSS, 2016. v. 1.

  • SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . Toxicidade de aromatizantes de maracujá e morango frente a células de tecido hematopoiético de roedores.. In: I Congresso Nacional de Nutrição, Saúde e Sustentabilidade (I CONNUTSS)/ V Semana de Nutrição (V SENUT)/ III Feira de Nutrição (III FENUT), 2016, Picos-PI. CONNUTSS, 2016. v. 1.

  • SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . Avaliação da toxicidade e da ação potencializadora de danos celulares de excipientes de Licor, Mel, Abricó e Cereja sobre as células de meristemas de raízes de Allium cepa L. In: XXVII Seminário de Iniciação Científica da Universidade Federal do Piauí, 2018, Tersina-PI. Seminário de Iniciação Científica da Universidade Federal do Piauí, 2018. v. 27. p. 17.

  • SILVA, M. E. S. E. ; MOURA, D. D. A. ; NASCIMENTO, A. L. ; GUEDES, J. B. ; SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . Toxicidade de Ginkgo biloba L., sem aditivação e associado a excipientes artificiais, em células meristemáticas de raízes de Allium cepa L.. In: XXII Encontro de Genética do Nordeste, 2018, Natal-RN. Encontro de Genética do Nordeste- ENGENE, 2018.

  • SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE DE ADITIVOS DE AROMA E SABOR LÍQUIDOS SINTÉTICOS, TIPO IDÊNTICO AO NATURAL, DE HORTELÃ, CANELA E LIMÃO, AVALIADOS INDIVIDUALMENTE E ASSOCIADOS, EM SISTEMA TESTE VEGETAL. In: XXVI Seminário de Iniciação Cientíca da UFPI, 2017, Teresina-PI. Seminário de Iniciação Científica da Universidade Federal do Piauí, 2017.

  • SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . AÇÃO CITÓXICA DE AROMATIZANTES ALIMENTARES SINTÉTICOS DE BAUNILHA, BISCOITO E TUTTI-FRUTTI ASSOCIADOS ENTRE SI, EM DIFERENTES DOSES, EM CÉLULAS MERISTEMAS DE RAÍZES DE Allium cepa L.. In: XXV Seminário de Iniciação Científica da UFPI, 2016, Teresina. Seminário de Iniciação Científica da UFPI, 2016. v. 1.

  • SILVA, M. E. S. E. ; SANTOS, F. K. S. ; NASCIMENTO, A. L. ; GUEDES, J. B. ; MARQUES, M. M. M. ; PERON, A. P. . Potencial citotóxico, genotóxico e tóxico de aromatizantes alimentares sintéticos de cereja, banana e avelã. In: XXII Encontro de Genética do Nordeste, 2018, Natal-RN. Encontro de Genética do Nordeste-ENGENE, 2018. v. XX.

  • SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; Oliveira, V. A. ; GUEDES, J. B. ; SALES, I. M. S. ; PERON, A. P. . Avaliação da toxicidade em nível celular de aromatizantes alimentares sintéticos de baunilha, biscoito e tutti-frutti associados entre si em diferentes doses.. In: I Simpósio de Pesquisa e Desenvolvimento em Ciências Biológicas do Campus de Picos, 2017, Picos-PI. I Simpósio de Pesquisa e Desenvolvimento em Ciências Biológicas do Campus de Picos, 2017. v. 1.

  • SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; PERON, A. P. . Efeito antiproliferativo e genotóxico de aditivos alimentares de aroma e sabor sintéticos, idênticos ao natural, de Laranja e Maracujá. In: XXI Encontro de Genética do Nordeste, 2016, Recife-PE. Encontro de Genética do Nordeste- ENGENE, 2016.

  • SALES, I. M. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . ANÁLISE CITOGENÉTICA DA TOXICIDADE DE AROMATIZANTES ALIMENTARES SINTÉTICOS, DOS TIPOS ARTIFICIAIS, DE BAUNILHA, BISCOITO E TUTTI-FRUTTI.. In: XXI Encontro de Genética do Nordeste,, 2016, Recife-PE. Encontro de Genética do Nordeste- ENGENE, 2016.

  • SALES, I. M. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . POTENCIAL CITOTÓXICO E GENOTÓXICO DE AROMATIZANTES SINTÉTICOS, DOS TIPOS IDÊNTICOS AO NATURAL, DE UVA E AMEIXA.. In: XXI Encontro de Genética do Nordeste, 2016, Recife-PE. Encontro de Genética do Nordeste- ENGENE, 2016.

  • SALES, I. M. S. ; SILVA DOS SANTOS, FABELINA KAROLLYNE ; SILVA, M. E. S. E. ; PERON, A. P. . TOXICIDADE DE AROMATIZANTES ALIMENTARES SINTÉTICOS, DOS TIPOS ARTIFICIAIS DE BAUNILHA, BISCOITO E TUTTI-FRUTTI, ASSOCIADOS ENTRE SI, AO CICLO CELULAR DE MERISTEMAS DE RAÍZES DE ALLIUM CEPA L.. In: XXI Encontro de Genética do Nordeste, 2016, Recife-PI. Encontro de Genética do Nordeste- ENGENE, 2016.

  • SILVA, G. J. S. E. ; SANTOS, FABELINA KAROLLYNE SILVA DOS ; MARQUES, M. M. M. ; PERON, A. P. . Cytotoxic and genotoxic potential of industrialized powdered milk for infants and young children.. ACTA SCIENTIARUM. TECHNOLOGY (ONLINE) , 2019.

  • SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . Avaliação da toxicidade e da ação potencializadora de danos celulares de excipientes de Licor, Mel, Abricó e Cereja sobre as células de meristemas de raízes de Allium cepa L.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • GUEDES, J. B. ; MOURA, D. D. A. ; NASCIMENTO, A. L. ; Oliveira, V. A. ; SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . Citotoxicidade e genotoxicidade do fruto goji berry in natura e na forma industrializada frente a tecido de intensa proliferação celular. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SILVA, M. E. S. E. ; SANTOS, F. K. S. ; NASCIMENTO, A. L. ; GUEDES, J. B. ; Oliveira, V. A. ; PERON, A. P. . Avaliação preliminar da toxicidade em nível celular de aditivos de aroma e sabor líquidos sintéticos, tipo idêntico ao natural, de hortelã, canela e limão, avaliados individualmente e associados, em sistema teste vegetal. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE DE ADITIVOS DE AROMA E SABOR LÍQUIDOS SINTÉTICOS, TIPO IDÊNTICO AO NATURAL, DE HORTELÃ, CANELA E LIMÃO, AVALIADOS INDIVIDUALMENTE E ASSOCIADOS, EM SISTEMA TESTE VEGETAL. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • Oliveira, V. A. ; SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; NASCIMENTO, A. L. ; PERON, A. P. . TOXIGENÉTICA DE LEITES INDUSTRIALIZADOS, TIPO EM PÓ, PARA CRIANÇAS: SCRENNING DA CITOTOXICIDADE E GENOTOXICIDADE. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, M. E. S. E. ; Carvalho, B. L. ; SANTOS, F. K. S. ; Oliveira, V. A. ; PERON, A. P. . POTENCIAL TÓXICO EM NÍVEL CELULAR DE LEITES INDUSTRIALIZADOS DO TIPO UHT. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; NASCIMENTO, A. L. ; Oliveira, V. A. ; MARQUES, M. M. M. ; PERON, A. P. . CITOTOXICIDADE in vitro INDUZIDA POR LEITES INDUSTRIALIZADOS TIPO EM PÓ. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Santos, O. ; Meneses, G. S. ; SANTOS, F. K. S. ; Leal, M. F. ; Pacheco, A. C. L. ; MARQUES, M. M. M. . AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE DO EXTRATO ETANOLICO DE Turnera ulmifolia L. ATRAVÉS DO BIOENSAIO DE LETALIDADE FRENTE À Artemia salina Leach. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; Oliveira, V. A. ; NASCIMENTO, A. L. ; GUEDES, J. B. ; SALES, I. M. S. ; PERON, A. P. . Ação citotóxica de aromatizantes alimentares sintéticos de baunilha, biscoito e tutti-friutti associados entre si, em diferentes doses, em células meristemáticas de raízes de allium ceoa l. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; Oliveira, V. A. ; NASCIMENTO, A. L. ; PERON, A. P. . TOXICIDADE DE AROMATIZANTES ALIMENTARES SINTÉTICOS DE UVA, AMEIXA E LARANJA A TECIDOS DE INTENSA PROLIFERAÇÃO CELULAR. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . Ação citóxica de aromatizantes alimentares sintéticos de baunilha, biscoito e tutti-frutti associados entre si, em diferentes doses, em células meristemas de raízes de allium cepa l. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • VELOSO, C. J. S. ; MOURA, R. A. M. ; SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SOUSA, J. M. C. E. ; PERON, A. P. . Efeitos Tóxicos de leites em pó frente a tecido de intensa proliferação celular. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MOURA, D. D. A. ; MARTINS, H. A. ; SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SOUSA, J. M. C. E. ; PERON, A. P. . Análise citogenética da citotoxicidade de bebidas lácteas achocolatadas do tipo não fermentadas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, G. J. S. E. ; SILVA, E. L. ; SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SOUSA, J. M. C. E. ; PERON, A. P. . Citotoxicidade, genotoxicidade e mutagenicidade de preparos sólidos para refrescos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; PERON, A. P. . Efeito antiproliferativo e genotóxico de aditivos alimentares de aroma e sabor sintéticos, idênticos ao natural, de Laranja e Maracujá. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; SILVA, M. E. S. E. ; PERON, A. P. . Toxicidade de aromatizantes alimentares sintéticos, dos tipos artificiais de Baunilha, Biscoito e Tutti-Frutti. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SALES, I. M. S. ; SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . Genotoxicidade aguda de aromatizantes artificiais em associação. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . Avaliação da toxicidade e da ação potencializadora de danos celulares de excipientes de cereja, mel, abacaxi e erva doce sobre as células de meristemas Allium cepa L.. 2018. (Relatório de pesquisa).

SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . AVALIAÇÃO PRELIMINAR DA TOXICIDADE EM NÍVEL CELULAR DE ADITIVOS DE AROMA E SABOR LÍQUIDOS SINTÉTICOS, TIPO IDÊNTICO AO NATURAL, DE HORTELÃ, CANELA E LIMÃO, AVALIADOS INDIVIDUALMENTE E ASSOCIADOS, EM SISTEMA TESTE VEGETAL. 2017. (Relatório de pesquisa).

SANTOS, F. K. S. ; PERON, A. P. . AÇÃO CITOTÓXICA DE AROMATIZANTES ALIMENTARES SINTÉTICOS DE BAUNILHA, BISCOITO E TUTTI-FRUTTI ASSOCIADOS ENTRE SI, EM DIFERENTES DOSES, EM CÉLULAS MERISTEMÁTICAS DE DE RAÍZES DE Allium cepa L.. 2016. (Relatório de pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - 2018

    AVALIÇÃO CITOTOTÓXICA, GENOTÓXICA E MUTAGÊNICA DE EXCIPIENTES AROMATIZANTES, E A AÇÃO DESSES INGREDIENTES FRENTE A TECIDOS MERISTEMÁTICOS EXPOSTOS A DIFERENTES TRATAMENTOS COM SUBSTÂNCIA CLASTOGÊNICA., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ana Paula Peron em 09/07/2019., Descrição: Os aditivos de aroma e sabor, devido as suas propriedades odoríferas e sápicas, proporcionam e/ou intensificam o aroma e o sabor dos alimentos sem o propósito de nutrir. São classificados como naturais, sintéticos idênticos aos naturais e sintéticos artificiais de reação ou transformação. Possuem formulação química complexa, constituída por onze classes de compostos ? os diluentes, antioxidantes, antiespumantes, conservantes, emulsificantes, estabilizantes, reguladores de acidez, realçadores de sabor, antiumectantes, antiaglutinantes, corantes e solventes de extração e processamento - e aceita em âmbito mundial pelas agências regulamentadoras Codex Alimentarius Commission, Food and Drug Administration (FDA), Flavour and Extract Manufactuers Association (FEMA), e nacionalmente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). No entanto, estes órgãos reguladores, em seus documentos técnicos, não explicitam quais compostos em específico e suas concentrações, o índice de Ingestão Diária Aceitável (IDA) e as doses limites toleráveis dos aromatizantes para cada tipo de alimento. Dessa forma, a utilização destes aditivos suscita uma série de dúvidas quanto a sua toxicidade em nível sistêmico e celular, e declaram ser urgente a realização de pesquisas que avaliem seus potenciais toxicológicos. Em consonância as observações feitas por estes pesquisadores, as agências Codex Alimentrius Commission, FEMA e ANVISA relatam em seus arquivos a necessidade constante de estudos toxicológicos de efeito agudo envolvendo os aditivos alimentares em geral. Os resultados destas pesquisas são muito importantes, visto que indicarão ou não a necessidade de estudos sobre a avaliação dos efeitos tóxicos crônicos desencadeados por tais ingredientes. Citam ainda, que estas avaliações são a base de elaboração ou modificação de estratégias das agências reguladoras e, consequentemente, de atuação dos profissionais responsáveis pela vigilância alimentar e nutricional da população. Este tipo de aditivo foi escolhido para este estudo em função de ser amplamente utilizado na indústria, em alimentos industrializados, e também pelo fato de ser quase inexistente na literatura científica trabalhos de avaliação toxicológica sobre tais compostos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Fabelina Karollyne Silva dos Santos - Integrante / Ana Paula Peron - Coordenador.

  • 2015 - 2016

    POTENCIAL CITOTÓXICO E GENOTÓXICO DE AROMATIZANTES ALIMENTARES SINTÉTICOS AVALIADOS INDIVIDUALMENTE E ASSOCIADOS ENTRE SI EM DOSES IGUAIS E EM DOSES DIFERENTES., Descrição: Os aditivos de aroma e sabor, devido as suas propriedades odoríferas e sápicas, proporcionam e/ou intensificam o aroma e o sabor dos alimentos sem o propósito de nutrir. São classificados como naturais, sintéticos idênticos aos naturais e sintéticos artificiais de reação ou transformação. Possuem formulação química complexa, constituída por onze classes de compostos ? os diluentes, antioxidantes, antiespumantes, conservantes, emulsificantes, estabilizantes, reguladores de acidez, realçadores de sabor, antiumectantes, antiaglutinantes, corantes e solventes de extração e processamento - e aceita em âmbito mundial pelas agências regulamentadoras Codex Alimentarius Commission, Food and Drug Administration (FDA), Flavour and Extract Manufactuers Association (FEMA), e nacionalmente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). No entanto, estes órgãos reguladores, em seus documentos técnicos, não explicitam quais compostos em específico e suas concentrações, o índice de Ingestão Diária Aceitável (IDA) e as doses limites toleráveis dos aromatizantes para cada tipo de alimento. Dessa forma, a utilização destes aditivos suscita uma série de dúvidas quanto a sua toxicidade em nível sistêmico e celular, e declaram ser urgente a realização de pesquisas que avaliem seus potenciais toxicológicos. Em consonância as observações feitas por estes pesquisadores, as agências Codex Alimentrius Commission, FEMA e ANVISA relatam em seus arquivos a necessidade constante de estudos toxicológicos de efeito agudo envolvendo os aditivos alimentares em geral. Os resultados destas pesquisas são muito importantes, visto que indicarão ou não a necessidade de estudos sobre a avaliação dos efeitos tóxicos crônicos desencadeados por tais ingredientes. Citam ainda, que estas avaliações são a base de elaboração ou modificação de estratégias das agências reguladoras e, consequentemente, de atuação dos profissionais responsáveis pela vigilância alimentar e nutricional da população. Este tipo de aditivo foi escolhido para este estudo em função de ser amplamente utilizado na indústria, em alimentos industrializados, e também pelo fato de ser quase inexistente na literatura científica trabalhos de avaliação toxicológica sobre tais compostos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Fabelina Karollyne Silva dos Santos - Integrante / Ana Paula Peron - Coordenador / Ila Monize Sousa Sales - Integrante / João Marcelo de Castro e Sousa - Integrante.

  • 2014 - 2018

    Avaliação individual e associada da toxicidade em nível celular de aromatizantes alimentares utilizados em alimentos doces em diferentes sistemas testes, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ana Paula Peron em 09/07/2019., Descrição: Os aromatizantes alimentares são aditivos com propriedades aromáticas e/ou sápicas, capazes de conferir ou reforçar o aroma e o sabor dos alimentos sem o propósito de nutrir. São de grande importância para a indústria alimentícia por sua capacidade aromatizante, baixo custo e tempo de permanência nos alimentos. Sua formulação química é constituída de diluentes, antioxidantes, antiespumantes, conservantes, emulsificantes, estabilizantes, reguladores de acidez, realçadores de sabor, antiumectantes, antiaglutinantes, corantes, e de solventes de extração e processamento, aprovados mundialmente pela European Food Safety Authority (EFSA), e nacionalmente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Em função de sua formulação química complexa, no Brasil a ANVISA estipulou não ser necessário declarar no rótulo dos alimentos o aromatizante utilizado e seus constituintes químicos, porém, determinou a obrigatoriedade em colocar a expressão genérica ?aromatizante? juntamente com sua natureza, se natural ou sintético. Nos sintéticos ainda é preciso informar se são idênticos ao natural ou artificial. No entanto, apesar de sua importância, os aromatizantes são considerados um avanço polêmico da indústria de alimentos por muitos especialistas da área de saúde que alegam que os mesmos juntamente com os corantes alimentares contribuem de forma significativa para o empobrecimento da dieta e para o desencadeamento e potencialização de patologias, principalmente em crianças . Segundo este órgão regulamentador, doses elevadas de aromatizantes alimentares podem provocar ações irritantes e narcóticas ao organismo. Também podem produzir toxicidade crônica ao trato digestório a longo prazo, sempre que utilizados de maneira indiscriminada. No entanto, este órgão regulamentador não informa quais são os limites de ingestão diária ideias estipuladas para estes aditivos e quais doses são consideradas elevadas para o organismo. Assim, pesquisadores brasileiros relatam que a utilização dos aromatizantes, principalmente os sintéticos, suscitam uma série de dúvidas quanto a sua toxicidade em nível sistêmico e celular. Dessa forma, torna-se importante realizar trabalhos, em sistemas testes diferentes, que avaliem a toxicidade, como por exemplo em nível celular, dos aromatizantes alimentares sintéticos, fato este que corrobora ao apelo da própria ANVISA de que deve ser constante o aperfeiçoamento das ações de controle sanitário na área de alimentos, com intuito de preservar a saúde da população, além da necessidade de segurança de uso de compostos químicos na constituição de alimentos. Assim, o objetivo principal de tal estudo é Avaliar, de forma individual (controle) e associada, a citotoxicidade de aromatizantes salgados e doces líquidos em sistemas testes in vivo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Fabelina Karollyne Silva dos Santos - Integrante / Ana Paula Peron - Coordenador / Ila Monize Sousa Sales - Integrante / João Marcelo de Castro e Sousa - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2016

Menção Honrosa classificação em 2° lugar apresentação de trabalho cientifico, Universidade Federal do Piauí.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2017 - 2018

    Universidade Federal do Piauí

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Programa de Iniciação Científica - PIBIC, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2017 - 2017

    Universidade Federal do Piauí

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor não-remunerado, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Monitoria não remunerada na disciplina de sistemática animal, tendo como professora orientadora Mariluce Gonçalves Fonseca.

  • 2016 - 2017

    Universidade Federal do Piauí

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Programa de Iniciação Científica - PIBIC, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2015 - 2016

    Universidade Federal do Piauí

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Programa de Iniciação Científica - PIBIC, Carga horária: 12

  • 2015 - 2018

    Universidade Federal do Piauí CSHNB

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista voluntária, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Estágio realizado Estágio de vínculo não empregatício ao laboratório de pesquisa do NUPBSAM ? Núcleo de Pesquisa em Biotecnologia, Saúde e Meio Ambiente totalizando 2.000 horas e também no laboratório de pesquisa 1 totalizando 576 horas.