Ive Marchioni Avilez

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de São Carlos, mestrado e doutorado em Genética e Evolução pela mesma instituição. Apresenta dois pós-doutorados feitos em ecotoxicologia aplicada à piscicultura. As principais áreas de atuação são: Bioquímica adaptativa, com ênfase em metabolismo, enzimologia aplicados a Aqüicultura e Ecotoxicologia Experiência na área de educação no ensino superior, médio e fundamental.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Genética e Evolução

2003 - 2008

Universidade Federal de São Carlos
Título: Metabolismo antioxidativo, biotransformação hepática e alterações histológicas de matrinxã (Brycon amazonicus, Spix&Agassiz, 1829, CHARACIDAE) exposto fenol
Gilberto Moraes. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: teleósteo; água doce; toxicologia; fenol; metabolismo antioxidativo; Brycon amazonicus. Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Bioquímica Adaptativa / Especialidade: Aquicultura. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca / Subárea: Aqüicultura. Setores de atividade: Produção Animal, Inclusive Serviços Veterinários; Captação, Tratamento e Distribuição de Água, Limpeza Urbana, Esgoto e Atividades Conexas; Refino de Petróleo.

Mestrado em Genética e Evolução

2000 - 2002

Universidade Federal de São Carlos
Título: Respostas metabólicas e hematológicas de Brycon cephalus (Gunther, 1869), matrinxã (Teleostei; characidae) submetido ao nitrito ambiental,Ano de Obtenção: 2002
Gilberto Moraes.Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: nitrito; matrinxã; metabolismo; anemia hemolítica; equilíbrio iônico; hematologia. Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca / Subárea: Aqüicultura / Especialidade: Piscicultura. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica.

Graduação em Ciências Biológicas

1996 - 1999

Universidade Federal de São Carlos

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2012 - 2014

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil. , Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Piscicultura.

2011 - 2011

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2004 - 2004

Biologia Molecular aplicada a ecotoxicologia. (Carga horária: 8h). , Sociedade Brasileira de Ecotoxicologia, SETAC BRASIL, Brasil.

1999 - 1999

Extensão universitária em I Curso de atualização em zoonoses. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

1999 - 1999

Bioética. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

1999 - 1999

DNA mitocondrial nos estudos evolutivos. (Carga horária: 3h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

1999 - 1999

O lúdico no ensino de ciências biológicas. (Carga horária: 3h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

1999 - 1999

Evolução do DNA satélite e seu uso como marcador. (Carga horária: 3h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

1997 - 1997

Extensão universitária em Curso de inverno em química fisiológica. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Bioquímica Adaptativa.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca / Subárea: Aqüicultura.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Toxicologia/Especialidade: Ecotoxicologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Metabolismo e Bioenergética.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Aquaciência 2014 - VI Congresso da Sociedade Brasileiro de Aquicultura e Biologia Aquática. Efeitos da deltametrina nas atividades das enzimas digestivas de matrinxã (Brycon amazonicus). 2014. (Congresso).

ECOTOX 2014 XIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia. Efeito da cipermetrina nas ativiades das enzimas digestivas de matrinxã (Brycon amazonicus). 2014. (Congresso).

Ibamtox - 2nd Ibero-American Meeting on toxicology and environmental health. New tools to verify effects of pyretroids in fish: environmental approach. 2013. (Congresso).

III Jornada de Reumatologia Araraquara - São Carlos. 2012. (Encontro).

XII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia. Anemia Hemolítica em matrinxã (Brycon amazonicus) exposto ao piretroide deltametrina. 2012. (Congresso).

X International Congress on the Biology of fish. Effects of deltamethrin in brain acetylcholinesterase of matrinxã (Brycon amazonicus ?Characidae). 2012. (Congresso).

V Worhshop de Grupos de pesquisa na 9. Jornada Científica e Tecnológica da UFSCARca.Bioquímica adaptativa. 2011. (Simpósio).

World aquaculture 2011. Effects of Phenol Exposure and Recovery in biotransformation metabolism of Brycon amazonicus. 2011. (Congresso).

XI Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia. Avaliacao do mebolismo de biotransformacao hepatica de matrinxa exposto ao fenol. 2010. (Congresso).

II Conferencia Latinoamericana sobre cultivo de Peces Nativos,. Acethylconesterase activity of Brycon amazonicus exponed to sublethal concentration of phenol and recovery. 2009. (Congresso).

VI Seminário Internacinal de Acuicultura - II Congresso de investigaciones Acuícolas.Efeitos do fenol no metabolismo antixidante de matrinxã. 2007. (Seminário).

IX congresso Brasileiro de Ecotoxicologia. Efeito tóxico do fenol em eritróciots de brucon cephalus , matrinxã ( Pisces , characidae). 2006. (Congresso).

Workshop de comemoração : 15 anos do programa de pós-graduação em Genética e Evolução.Histopatologia em matrinxã (pisces, Brycon cephalus) exposto ao fenol. 2006. (Encontro).

II Workshop de Pós-Graduação em Genética e Evolução. 2004. (Encontro).

VIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicolgia. VIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia. 2004. (Congresso).

VI International Congress on the biology. VI International Congress on the biology. 2004. (Congresso).

3. Encontro Regional de Piscicultores de Mococa-SP.3. Encontro Regional de Piscicultura de Mococa-SP. 2003. (Encontro).

IV Encontro de extenção da UFSCar : Compromisso social e conhecimento.IV Encontro de extenção da UFSCar : Compromisso social e conhecimento. 2003. (Encontro).

Workshop On fish Nutrition and phisiology.Workshop On Fish Nutrition and Physiology. 2003. (Oficina).

XV encontro nacional de ictiologia.XV encontro nacional de ictiologia. 2003. (Encontro).

XXVI Congresso Brasileiro de Zoologia. XXVI Congresso Brasileiro de Zoologia. 2002. (Congresso).

10 Encontro de Biólogos do CRB-1 (SP, MT, MS). 10 Encontro de Biologos do CRB-1. 1999. (Congresso).

XIII Encontro Brasileiro de Ictiologia -EBI.Respostas Bioquímicas e hematológicas de Gymnotus carapo (LINNAEUS, 1758), submetido à hipóxia ambiental. 1999. (Encontro).

VI Congresso de iniciação científiva. Estudo das respostas metabólicas de Gymnotus carapo(Linnaeus, 1758) tuvira, submetido a hipóxia ambiental. 1998. (Congresso).

V Congresso de Iniciação Cientifica (CIC-UFSCar). Estudo da atividade arginino hidrolástica no teleósteo de água doce Astyanax bimaculatus. 1997. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Francine Perri Venturini

MORAES, G.; CRUZ, C.;AVILEZ, I. M.; BASTOS, V. L. F. C.. Toxicidade aguda e respostas metabólicas e hematológicas do pacu (Piaractus mesopotamicus, HOLMBERG, 1887) exposto a concentração sub-letal de triclorfon e recuperação. 2010. Dissertação (Mestrado em Genética e Evolução) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Lucas Ribeiro Xavier Cortella

AVILEZ, I. M.MORAES, G.BASTOS, J. C.; KALININ. A.L.. Estresse oxidativo em matrinxã, Brycon amazonicus (AGASSIZ, 1829), exposto ao piretróide KESHET. 2010. Dissertação (Mestrado em Genética e Evolução) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Germán David Castañeda Alvarez

AVILEZ, I. M.. Caracterizacion de La actividad de La tripsina, quimiotripsina y lipasa, em larvas de Pseudoplatystomas fasciatum alimentadas com Artemia salina. 2009. Dissertação (Mestrado em Acuicultura ? Aguas continentales) - Instituto de Acuicultura de Los LLanos da Universidad de Los LLanos.

Aluno: Rodrigo Yamakami Camilo

AVILEZ, I. M.DE ALMEIDA, L.C.HONORATO, C. A.MORAES, G.; Melo, J.F.B.. Estudo comparativo de tipos diferentes de carboidratos dietéticos no desempenho produtivo, na expressão das enzimas digestivas e no metabolismo de matrinxã, Brycon amazonicus e de híbridos de pintado (Pseudoplastystoma corruscans X Pseudoplatystoma fasciatum). 2012. Tese (Doutorado em Genética e Evolução (Ciências)) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Luciana Cristina de Almeida

AVILEZ, I. M.HONORATO, C. A.MORAES, G.; MOREIRA FILHO, O.; Cyrino, J. E.P.. Desempenho produtivo, eficiência digestiva e perfil metabólica de juvenis de Tambaqui, Colossoma macropomum (CUVIER, 1818), alimentados com diferentes taxas de carboidratos/lipídios. 2010. Tese (Doutorado em Pós- graduação em Genética e Evolução) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Ferananda Dias de Moraes

AVILEZ, I. M.; FERNANDES, M. N.. Estudo das respostas bioquímicas e hematológicas de matrinxã (Brycon amazonicus) exposto a uma formulação do piretroide cipermetrina. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Genética e Evolução (Ciências)) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Hugo Ribeiro da Silva

AVILEZ, I. M.AGUIAR, L. H.; Araujo, H.S.S.. Caracterização das células sanguíneas e hemoglobinas do peixe pulmonado, Lepidosiren paradoxa (Fitzinger, 1837). 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Taise Fernanda da Silva

AVILEZ, I.M.; MALAVAZI, I.. Identificação, expressão recombinante e caracterização de uma enzima digestiva de Diaphorina citri, inseto vetor da doença huanglongbing. 2012.

Aluno: Priscila Adriana Rossi

AVILEZ, I. M.MORAES, G.MORAES, F. D.. Alterações metabólicas de bagre do canal (Ictalurus punctatus) em resposta ao fenol. Orientador: Prof. Dr. Gilberto Moraes.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Paula ericson Guilherme

AVILEZ, I. M.; CRUZ, C.. Avaliação das sensibilidades dos peixes guaru (Phallocerus caudimaculatus) e mato grosso (Hyphessobrycon eques) e da macrófita Lemna Minor aos herbicidas gifosate e imazapyr. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biologicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Francine Perri Venturini

AVILEZ, I. M.; CRUZ, C.. Consumo e preferência alimentar de Pomacea canaliculata por macrofitas aquaticas submersas e suas susceptibilidade ao sulfato de cobre e ao nim. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biologicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Cássia Maris Toledo Saccon

AVILEZ, I. M.; Côrrea,C.F.;MORAES, G.. Aspectos metabólicos da dinâmiica de absorção de carboidratos simples e complexos em Piaractus mesopotamicus. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Rodrigo Yamakami Camilo

AVILEZ, I. M.MORAES, G.. Estudo dos efeitos de aminoácidos adicionados à dieta artificial de matrinxã (Brycon cephalus) na indução de enzimas digestivas. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Tiago Silvestre Fernandes Hori

AVILEZ, I. M.MORAES, G.. Alterações do perfil metabólico do tambacu (hibrido piaractus mesopotamicus X Colossoma macropomum) exposto a três concentrações de nitrito ambiental. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

AVILEZ, I.M.; Araujo, H.S.S.. Comissão de seleção ao doutorado. 2012. Universidade Federal de São Carlos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Lucia Helena de Aguiar Vieira

AGUIAR, Lucia Helena deMORAES, Gilberto; BASTOS, Vera Lucia Freire da Cunha; BASTOS NETO, J. C.; ROCHA, O.; MOREIRA FILHO, O.. Estudo do metabolismo antioxidativo, a biotransformação hepática e as alterações histológicas de Brycon amazonicus (SPIX E AGASSIZ, 1829), matrinxã, (Teleostei; Characidae), submetido ao fenol. 2008. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Genética e Evolução) - Universidade Federal de São Carlos.

Lucia Helena de Aguiar Vieira

AGUIAR, Lucia Helena deMORAES, Gilberto. Estudos das respostas metabólicas e hematológicas de Gymnotus carapo, submetido a hipóxia ambiental.. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Cristina Ferro Corrêa Toniolo

CORRÊA-TONIOLO, C. F.; AGUIAR, L. H.; MORAES, G.. "Estudo das respostas metabólicas e hematológicas de Gymnotus carapo, submetido à hipóxia ambiental".. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Orlando Moreira Filho

MOREIRA FILHO, O.; ROCHA, Odete; ARAÚJO, Ana Paula Ulian de. ?Biochemical adaptations of Matrinxa, Brycon amazonicus (Teleostei; Characidae), exposed to phenol?. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Genética e Evolução) - Universidade Federal de São Carlos.

Marisa Narciso Fernandes

MORAES, G.FERNANDES, M. N.; GOISSIS, G.. Respostas metabólicas e hematológicas de Brycon cephalus (Günther, 1869), Matrinxã (Teleostei, Briconidae) submetido ao nitrito ambiental. 2002. Dissertação (Mestrado em Genética e Evolução) - Universidade Federal de São Carlos.

Flavio Henrique da Silva

Henrique-Silva, F.; ARAÚJO, Heloísa Sobreiro Selistre de; SCHWANTES, Maria Luiza Barcellos. Blood disturbs in matrinxã Brycon cephalus (TELEOSTEI, Günther, 1869) exposed to environmental nitrite. 2002. Outra participação, Universidade Federal de São Carlos.

Heloisa Sobreiro Selistre de Araujo

AVILEZ, I. M.;SELISTRE-de-ARAUJO, H. S.. Blood disturbs in matrinxã Brycon cephalus (TELEOSTEI, Gunther, 1869) exposed to environmental nitrite. 2002. Outra participação, Universidade Federal de São Carlos.

LUCIANA CORREIA DE ALMEIDA REGITANO

SILVA, Flavio Henrique da; ARAÚJO, Heloísa Sobreiro Selistre de; SCHWANTES, Maria Luiza Barcellos;LAMA, Sílvia Nassif DelRegitano, L. C. de A.. BLOOD DISTUTBS IN MATRINXÃ Brycon cephalus (TELEOSTEI, Gunther, 1869) EXPOSED TO ENVIRONMENTAL NITRITE.. 2002. Outra participação, Universidade Federal de São Carlos.

Ana Paula Ulian de Araújo

ARAUJO, A P U. Biochemical adaptations of matrinxa, Brycon amazonicus (Teleostei; Characidae), exposed to phenol. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Genética e Evolução) - Universidade Federal de São Carlos.

Luis Antônio Kioshi Aoki Inoue

MORAES, Gilberto; BASTOS, V.F.C.; BASTOS NETO, J. C.; AGUIAR, L.; ROCHA, O.; KALININ, A.L.; MOREIRA-FILHO, O.;INOUE, L.A.K.A.. Estudo do metabolismo antioxidativo, a biotransformação hepática e as alterações histológicas de Brycon amazonicus (Teleostei; Chracidae) submetido ao fenol. 2008. Tese (Doutorado em Genética e Evolução) - Universidade Federal de São Carlos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Lucas Ribeiro Xavier Cortella

Estresse oxidativo em matrinxã, brycon amazonicus (Agassiz, 1829), exposto ao inseticida piretróide KESHET; 2010; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Genética e Evolução) - Universidade Federal de São Carlos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Coorientador: Ive Marchioni Avilez;

Livia Zuffo

Efeitos da exposição da deltametrina no trato digestório de matrinxã; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Ive Marchioni Avilez;

Juliana Helena Batista

Noções de ecotoxicologia de água doce; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Ive Marchioni Avilez;

Fernando Peron Magrini

Noções de Ecotoxicologia em peixes de água doce; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Ive Marchioni Avilez;

Erika Sayuri Kanashiro

Bioquímica na ecotoxicologia de peixes neotropicas; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Ive Marchioni Avilez;

Bianca de Campos Ferreira

Bioquímica na avalição do metabolismo de peixes neotropicas; 2010; Iniciação Científica - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Ive Marchioni Avilez;

Camila Aparecida Pigão Soares

Efeitos da deltametrina no metabolismo intermediário de matrinxã, Brycon amazonicus; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ive Marchioni Avilez;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Gilberto Moraes

Respostas metabólicas e hematológicas de Brycon cephalus (Günther, 1869) matrinxa (Teleostei; Characidae) submetido ao nitrito ambiental; ; 2002; 77 f; Dissertação (Mestrado em Genética e Evolução) - Universidade Federal de São Carlos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Gilberto Moraes;

Gilberto Moraes

Respostas do metabolismo antioxidante em matrinxã Brycon amazonicus exposto ao fenol ambiental; 2007; Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação emGenética e Evolução) - Departamento de Genética e Evolução, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Gilberto Moraes;

Gilberto Moraes

2011; Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Gilberto Moraes;

Gilberto Moraes

Estudo das respostas metabólicas e hematológicas de Gymnotus carapo submetido à hipoxia ambiental; 1999; 45 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciencias Biologicas) - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Gilberto Moraes;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • DE MORAES, FERNANDA DIAS ; VENTURINI, FRANCINE PERRI ; ROSSI, PRISCILA ADRIANA ; Avilez, Ive Marchioni ; DA SILVA DE SOUZA, NAIARA ELISABETE ; Moraes, Gilberto . Assessment of biomarkers in the neotropical fish Brycon amazonicus exposed to cypermethrin-based insecticide. ECOTOXICOLOGY , v. 27, p. 188-197, 2018.

  • VENTURINI, F. P. ; DE MORAES, F. D. ; ROSSI, P. A. ; AVILEZ, I. M. ; SHIOGIRI, N. S. ; MORAES, G. . A multi-biomarker approach to lambda-cyhalothrin effects on the freshwater teleost matrinxa Brycon amazonicus: single-pulse exposure and recovery. FISH PHYSIOLOGY AND BIOCHEMISTRY , v. 45, p. 341-353, 2018.

  • AVILEZ, I. M. ; DE AGUIAR, LUCIA HELENA ; Hori, Tiago Silvestre ; MORAES, G. . Metabolic responses of matrinxã, Brycon amazonicus (Spix & Agassiz, 1829), exposed to environmental nitrite. Aquaculture Research (Print) , v. 44, p. 596-603, 2013.

  • DE ALMEIDA, L.C. ; AVILEZ, I.M. ; HONORATO, C.A. ; HORI, T.S.F. ; MORAES, G. . Growth and metabolic responses of tambaqui (Colossoma macropomum) fed different levels of protein and lipid. Aquaculture Nutrition (Print) , v. 17, p. e253-e262, 2011.

  • AVILEZ, I. M. ; HORI, T. S. F. ; ALMEIDA, L. C. ; HACKBARTH, A ; BASTOS, J. C. ; BASTOS, V. L. F. C. ; MORAES, G . Effects of phenol in antioxidant metabolism in matrinxã, Brycon amazonicus (Teleostei; Characidae). Comparative Biochemistry and Physiology. C, Toxicology & Pharmacology , v. 148, p. 136-142, 2008.

  • HORI, T. S. F. ; AVILEZ, I. M. ; IWAMA, G. K. ; Jonhson, S.C. ; MORAES, G. ; Afonso, L.O.B. . Impairment of the stress response in matrinxã juveniles (Brycon amazonicus) exposed to low concentrations of phenol. Comparative Biochemistry and Physiology. C, Comparative Pharmacology and Toxicology , v. 147, p. 416-423, 2008.

  • HORI, T. S. F. ; AVILEZ, I. M. ; INOUE, L.A. K. ; MORAES, G. . METABOLICAL CHANGES INDUCED BY CHRONIC PHENOL EXPOSURE IN MATRINXÃ Brycon cephalus (TELEOSTEI: CHARACIDAE) JUVENILES. Comparative Biochemistry and Physiology. C, Toxicology & Pharmacology , v. 143, n.1, p. 67-72, 2006.

  • MORAES, G. ; AVILEZ, I. M. ; HORI, T. S. F. . Comparison Between biochemical resposnses of the teleost pacu and its hybrid tambacu (Piaractus mesopotamicus X Colossoma macropomum) to short term nitrite exposure. Brazilian Journal of Biology , v. 66, p. 1103-1108, 2006.

  • MORAES, G. ; ALTRAN, A. E. ; AVILEZ, I. M. ; BARBOSA, C. C. ; BIDINOTTO, P. M. . Metabolic adjustments during semi-aestivation of the marbles swamp eel (Symbranchus marmoratus, Bloch 1795) - A facultative air breathing fish. Brazilian Journal of Biology , são carlos, v. 65, n.2, p. 305-3012, 2005.

  • AGUIAR, L. H. ; AVILEZ, I. M. ; MORAES, G. ; Côrrea,C.F. ; ALTRAN, A. E. . Metabolic effects of folidol 600 on the neotropical freshwater fish Brycon cephalus (Günther, 1769). Environmental Research (New York) , v. 95, p. 224-230, 2004.

  • AVILEZ, I. M. ; AGUIAR, L. H. ; ALTRAN, A. E. ; MORAES, G. . Acute toxicity of nitrite to matrinxã, Brycon cephalus (Gunther,1869), (Teleostei-Characidae). Ciência Rural , Santa Maria, RS, v. 34, n.6, p. 1753-1756, 2004.

  • AVILEZ, I ; ALTRAN, A ; AGUIAR, L ; MORAES, G . Hematological responses of the Neotropical teleost matrinx? () to environmental nitrite. Comparative Biochemistry and Physiology. C, Toxicology & Pharmacology , Canadá, v. 139, p. 135-139, 2004.

  • MORAES, G. ; AVILEZ, I. M. ; ALTRAN, A. E. ; BARBOSA, C. C. . Biochemical and hematological responses of the banded knife fish Gymnotus carapo (Linnaeus, 1758) exposed to environmental hypoxia. Brazilian Journal of Biology , São Carlos, v. 62, n.4a, p. 633-640, 2002.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

ALMEIDA, L. C. ; AVILEZ, I. M. ; MORAES, G ; MORAES, F. D. ; ROSSI, P.A. ; VENTURINI, F. P. ; FABRIZZI, F. . Contribuições da bioquímica adaptativa à piscicultura: curso teórico-prático. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

AVILEZ, I. M. ; VENTURINI, F. P. ; ROSSI, P.A. ; MORAES, F. D. ; CORTELLA,L.C . Ecotoxicologia aquatica: curs teorico-prático. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

AVILEZ, I. M. ; CRUZ, C. ; HONORATO, C. A. ; MORAES, G. . Toxicologia na aqüicultura. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

AVILEZ, I. M. . "II senama da opção- Encontros sobre perspectivas para alunos de Ensino Médio. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2012 - 2014

    2012/03898-5 Efeitos dos piretroides sobre as enzimas digestivas de matrinxã , Brycon amazonicus, Descrição: Bolsa de Pós doutorado. Os inseticidas piretroides, tais como a deltametrina, cipermetrina, lambda-cialotrina, são considerados produtos ideais de baixa toxicidade para aves e mamíferos. Apesar disso, diversos estudos relatam os efeitos tóxicos dos piretroides sobre organismos não-alvo, tais como os peixes. Nesses animais, a toxicidade é revelada por alterações hematológicas e metabólicas, por danos hepáticos e neurológicos, indução de estresse oxidativo e genotoxicidade. Devido à ampla utilização dos piretroides e aos seus efeitos tóxicos, e sabendo-se também, que a saúde do peixe pode ser avaliada através da habilidade em digerir o alimento, justifica-se a necessidade de estudos também acerca dos efeitos sobre a atividade de enzimas digestivas dos peixes expostos a essa classe de produtos. Sabe-se que tal habilidade depende tanto da presença quanto da quantidade apropriada de enzimas digestivas Os peixes são considerados bons modelos em estudos de ecotoxicologia e o monitoramento da sua saúde permite a compreensão das alterações do ambiente aquático. O matrinxã, Brycon amazonicus, é um peixe da bacia amazônica que vem se destacando na piscicultura nacional por apresentar bom crescimento, ótima aceitação de dieta artificial e carne muito apreciada pelo sabor. Desse modo, os objetivos deste projeto são: analisar os efeitos dos piretroides (deltametrina, cipermetrina e lambda-cialotrina), após 96 horas de exposição, de 1/10 da CL50/96 horas sobre a atividades das enzimas digestivas do intestino. Os peixes serão expostos aos xenobióticos em sistemas de tanques ?in door? e, após o período de exposição, os animais serão anestesiados e eutanasiados para a amostragem do trato gastrintestinal. Serão avaliadas as atividades das enzimas digestivas do intestino total (protease inespecífica ,quimiotripsina, tripsina, lipase e amilase).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Coordenador / Gilberto Moraes - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2011 - 2013

    484939/2011-4 Respostas metabólicas e de crescimento de tambaqui (Colossoma macropomum, Cuvier 1818) submetido ao exercício sustentado, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luciana Cristina de Almeida em 14/09/2015., Descrição: participação em projeto UNIVERSAL/CNPq Este trabalho será realizado no Laboratório de Bioquímica Adaptativa do Depto de Genética e Evolução da UFSCar e visa dar continuidade aos estudos do metabolismo adaptativo de tambaqui (Colossoma macropomum) frente á diferentes situações. A espécie proposta é de amplo interesse comercial devido à excelente qualidade de sua carne e a seu grande potencial para aquicultura. O objetivo deste trabalho é o estudo das respostas adaptativas digestivas de crescimento e metabolismo intermediário em juvenis de tambaqui submetidos a diferentes velocidades de natação, inferindo-se a possibilidade de troca parcial da fração proteica pelas frações glicídicas e lipídicas em função da prática do exercício em uma velocidade ideal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Integrante / Gilberto Moraes - Integrante / Luciana Cristina de Almeida - Coordenador / Fernando Fabrizzi - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de São Carlos - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2012

    Efeitos da deltametrina sobre a biotransformação, a neurotoxicidade eo metabolismo intermediário de matrinxã Brycon amazonicus, Descrição: 562054/2010-3 auxilio financeiro em aquicultura Bolsa de pós doc e bolsa de iniciação cientíca. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Integrante / Gilberto Moraes - Coordenador / Camila Aparecida Pigão Soares - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2011 - 2011

    562054/2010-3 Efeitos no metabolismo de biotransformação hepática e na neurotoxicidade de matrinxã exposto à deltametrina, Descrição: Pós- doutorado Os inseticidas da classe dos piretroides, como a deltametrina, são considerados produtos ideais devido à sua baixa toxicidade para aves e mamíferos, ao seu amplo espectro de ação e a não se acumularem ao longo da cadeia trófica. Apesar disso, diversos estudos relatam os efeitos tóxicos da deltametrina sobre organismos não-alvo, tais como os peixes. Nesses animais, a toxicidade é revelada por alterações hematológicas, alterações do metabolismo intermediário, por danos hepáticos e neurológicos, além da indução de estresse oxidativo. Os peixes são considerados bons modelos em estudos de ecotoxicologia por pertencerem ao maior grupo dentre os vertebrados, pela sua sensibilidade e por seu monitoramento permitir a compreensão das alterações do ambiente aquático. Devido à ampla utilização da deltametrina e aos seus efeitos tóxicos, justifica-se a necessidade de estudos acerca dos danos neurotóxicos causados pela exposição a esse produto; a verificação da capacidade específica de sua biotransformação de organismos não-alvo e as alterações em seu metabolismo. Os objetivos deste projeto de pós-doutorado foram: 1) analisar os efeitos da deltametrina (1/10 da CL50/96 horas) sobre as reações do metabolismo de xenobióticos (fase I e fase II) após 6, 24 e 48 horas de exposição, 2) avaliar a neurotoxidade após 6, 24 e 48 horas de exposição. O organismo alvo foi o matrinxã, Brycon amazonicus, um peixe da bacia amazônica que vem se destacando na piscicultura nacional por apresentar bom crescimento, ótima aceitação de dieta artificial e carne muito apreciada pelo sabor. Os peixes foram expostos ao xenobiótico em sistemas de tanques ?in door? e após o período de exposição, os animais foram anestesiados, o sangue foi coletado para a determinação de parâmetros hematológicos, e os animais foram abatidos para a amostragem dos tecidos (fígado e cérebro). As alterações hematológicas observadas indicam que a deltametrina causou alterações hematológicas pós 6, 24 e 48 horas de exposição sub-letal em matrinxã, indicando uma anemia hemolítica e diminuição no transporte de gás oxigênio aos tecidos. Verificou uma indução na acetilcolinesterase cerebral de matrinxã após 24 e 48 horas de exposição. O matrinxã exposto à deltametrina apresentou uma inibição na fase I de biotransformação, porém uma indução da fase II indicada pelo aumento da atividade da Glutationa-S-transferase.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Coordenador / Gilberto Moraes - Integrante / Luciana Cristina de Almeida - Integrante / Priscila Adriana Rossi - Integrante / Camila Aparecida Pigão Soares - Integrante / Francine Perri Venturini - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2004 - 2006

    476342/2004-0 Estudo dos efeitos metabílocos resultante do estresse causado pela exposição ambiental ao fenol no teleósteo de água doce matrinxã, Descrição: Projeto UNIVERSAL- CNPq A poluição é hoje um problema que afeta todos os ambientes inclusive o de água doce, e consequentemente, os organismos aquáticos que vivem nele. Os peixes formam um grupo de grande sob a perspectiva ecotoxicológica, pois são o maior grupo dentre os vertebrados. Segundo o relatório de 2001 sobre a qualidade das águas interiores do Estado de São Paulo, o fenol é uma das substâncias químicas exógenas que está em concentração acima da permitida por lei. Este xenobiótico é um composto orgânico e lipofílico. Sua presença nos corpos de água se deve principalmente aos despejos de origem industrial . O fenol é um composto tóxico aos organismos aquáticos em concentração relativamente baixas, tendo ação genotóxica, carcinogênica, imunotóxica , estando anda, relacionado à produção de radicais livres. O matrinxã é um teleósteo de água doce , originário da bacia Amazônica, vem sendo amplamente introduzido no Estado de São Paulo através da piscicultura . Esta espécie tem apresentado alta adaptabilidade as condições de cativeiro, aceitando bem a alimentação artificial , e apresentando excelentes índices de crescimento. Os objetivos deste projeto são analisar os efeitos do fenol na indução do metabolismontioxidante eritrocitário e sua biotransformação hepática (fase I e II), além da verificação das alterações no metabolismo intermediário e possíveis danos histopatológicos. Para tal, serão realizados 5 experimentos . oprimeiro será a determinação da CL50/96h. A partir destes, 3 experimentos para determinar os efeitos bioquímicos e histopatológicos da exposição ao fenol (1/10 DA cl50/96H) por 96 horas, UTILIZANDO-SE 10 PEIXES TESTES E 10 PEIXES CONTROLE. em sequência, será realizado um experimento de recuperação de 4 e 15 dias. Nestes experimentos, o sangue será coletado, e então, os animais serão sacrificados para amostragem do fígado e músculo branco. No sangue serão determinados os parâmetros hematológicos e enzimas do metabolismo antioxidativo e intermediário. No fígado, serão ensaidas as monooxigenases dependentes do citocromo p450 (fase I) e Glutationa-S-transferase (fase II) e enzimas do metabolismo intermediário. Amostras de fígado serão coletadas para análises histopatológicas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Integrante / Gilberto Moraes - Coordenador / HORI, T.S.F. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2008

    03/07884-0 Estudo das respostas metabólicas e dos mecanismos bioquímicos de desintoxicação do fenol em juvenis de Brycon cephalus, Descrição: auxilio pesquisa A poluição é hoje um problema que afeta todos os ambiente inclusive o de água doce, e conseqüentemente, os organismos que vivem nele. Os peixes formam um grupo de grande importância sob a perspectiva ecotoxicológica, pois são o maior grupo dentre os vertebrados. Além disso, seu monitoramento permite a compreensão das alterações do ambiente aquático. Segundo o relatório de 2001 sobre a qualidade das águas interiores do Estado de São Paulo, o fenol é uma das substâncias químicas exógenas que está em concentração acima da permitida por lei. Este xenobiótico é um composto orgânico e lipofílico. Sua presença nos corpos de água se deve principalmente aos despejos de origem industrial. O fenol é um composto tóxico aos organismos aquáticos em concentrações relativamente baixas, tendo ação genotóxica, carcinogênica, imunotóxica, estando ainda, relacionado à produção de radicais livres. O matrinxã é um teleósteo de água doce, originário da bacia Amazônica, vem sendo amplamente introduzido no Estado de São Paulo através da piscicultura. Esta espécie tem apresentado alta adaptabilidade às condições de cativeiro, aceitando bem a alimentação artificial, e apresentando excelentes índices de crescimento. Os objetivos deste projeto são analisar os efeitos do fenol na indução do metabolismo antioxidativo eritrocitário, metabolismo intermediário e sua biotransformação hepática (fase I e fase II). Para tal, serão realizados três experimentos. O primeiro será a determinação da CL50 de 96 horas. A partir deste, um experimento para determinar os efeitos bioquímicos de exposição ao fenol por 96 horas (1/10 da CL50 de 96 horas) utilizando-se 10 peixes teste e 10 controle. Em seqüência, será realizado um experimento de recuperação de 4 e 15 dias a esta exposição. Nestes experimentos, o sangue será coletado, e então os animais serão sacrificados para a amostragem do fígado. No sangue serão determinados os parâmetros hematológicos e enzimas do metabolismo antioxidativo, intermediários mebólicos e enzimas envolvidas. No fígado, serão ensaiadas as monooxigenases dependentes do citocromo P450 (Fase I) e Glutationa-S-transferase (Fase II).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Integrante / Gilberto Moraes - Coordenador / Tiago Silvestre Fernandes Hori - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2003 - 2005

    500243/2003-4 Estudo das respostas adaptativas em teleosteos de água doce, Descrição: Este estudo engloba subprojetos que compõem a maior parte da linha de pesquisa do Laboratório de Biologia adaptativa do departamento de Genética e Evolução da UFSCar. Estes subprojetos são desenvolvidos por alunos de pós-graduação em nível de mestrado e doutorado, além de alunos de iniciação científica. De maneira geral, esses envolvem o estudo das respostas bioquímicas à variação de fatores externos desde o tero de nutrientes até a ação de fatores estressantes como o transporte e efeitos de xenobiótico. Estes subprojetos são parcialmente subsidiados pela FAPESP, CNPq e CAPES, contando ainda coma colaboração do CEPTA- IBAMA. Nossos modelos experimentais são, em sua maioria, realizados em laboratório sob condições controladas , procurando simular situações naturais ou situações usualmente impostas pelo manejo. Nosso objetivo, desde que iniciamos em 1994 esta linha de pesquisa, é conhecer parte das respostas bioquímicas primárias de nossas espécies de eixes de água doce frente às variações externas enunciadas. Um enfoque especial é dado às alterações do metabolismo, particularmente o metabolismo intermediário, em respostas adaptativas a alterações de parâmetros nutricionais , de qualidade de água, de presença de compostos xenobiótico, além de outros fatores fonte de estresse durante o cultivo e manuseio de peixes. Estes trabalhos são elaborados com alguns propósitos, entre os quais, o de levar ao campo uma proposta, com bases científicas, de atuação no manejo das espécies promissoras para o cultivo. Pouco se sabe sobre o s mecanismos moleculares responsáveis para responder e se adaptar a situações diversas. Nossas atividades nestes últimos anos têm gerado um conjunto de dados relevantes , que vêm sendo apresentados , discutidos em encontros nacionais e internacionais, e publicados tanto em revistas no Brasil quando no exterior. Apesar de trabalharmos nossos problemas com uma abordagem bioquímica, procuramos simplificar a metodologia empregada com o propósito de facilitar seu uso no campo. Desta feita, vimos desenvolver trabalhos com os efeitos adaptativos de nossos peixes de água doce, a diferentes condições de nutrição, transporte, manipulação e ação de substâncias xenobióticas de uso em diferentes atividades no campo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Integrante / Gilberto Moraes - Coordenador / Alexandre Altran - Integrante / Tiago Silvestre Fernandes Hori - Integrante / Luis Kioshi Inoue - Integrante / Luis Orlando Bertola Afonso - Integrante / Araceli Hackbarth - Integrante / José Fernando Bibiano Melo - Integrante / Bernardo Baldisserotto - Integrante / Vânia Lúcia Loro - Integrante / Graziéle Fernanda Deriggi - Integrante / Antônio Donizetti Aparecido da Silva - Integrante / Cristiano dos Santos Neto - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2000 - 2002

    2000/03257-2 Respostas metabólicas e hematológicas de Brycon cephalus (Gunther, 1869), matrinxã (Teleostei; characidae) submetido ao nitrito ambiental, Descrição: Mestrado O ambiente aquático está sujeito a grandes variações, e os organismos que nele vivem está exposto a elas. O nitrito é um ânion presente no ambiente, e faz parte do ciclo do nitrogênio, resultante do processo de nitrificação. Quando em excesso pode causar sérios danos aos organismos. A resolução CONAMA n. 20 de 1986 indica que a concentração máxima de nitrito permitida na água é 1 ppm. O efeito mais comum do nitrito é a transformação da hemoglobina em metahemoglobina, pela da oxidação do ferro do grupo heme desta proteína e conseqüente acúmulo de nitrito no plasma. A metahemoglobina não é capaz de transportar o oxigênio e segundo alguns autores este efeito pode resultar em hipóxia funcional. O matrinxã, Brycon cephalus, é um teleósteo de água doce que vive na Bacia Amazônica e do Tocantins ? Araguaia. Vêm sofrendo com o aumento da poluição e conseqüente desequilíbrio de seu ambiente natural. Esta espécie começa a ser amplamente cultivada e o interesse da piscicultura por ela têm aumentado muito nos últimos anos. Em tanques de piscicultura as concentrações de nitrito muitas vezes podem estar alteradas, principalmente se o cultivo for em alta densidade, o que pode levar a uma grande produção de amônia, percursora do nitrito. O objetivo deste trabalho foi estudar as respostas hematológicas e metabólicas de matrinxã submetido ao nitrito ambiental e o papel da enzima NADH-metahemoglobina redutase (que reduz a metahemoglobina). Para este estudo foram realizados quatro experimentos. O primeiro foi um teste de toxicidade (CL50) para 96 horas. Neste experimento foram utilizados 50 exemplares que foram divididos igualmente em 5 lotes, um controle (0 ppm de nitrito) e quatro concentrações diferentes (1, 2.5, 5 e 10 ppm de nitrito). Os peixes permaneceram em um sistema semi-estático por 96 horas, e a cada 24 horas foi verificado o número de animais mortos. Os outros três experimentos (de diferentes tempos de exposição ao nitrito) foram feitos em concentrações sub-letais obtidas a partir do teste de toxicidade, 1, 2 e 3 ppm de nitrito. Em cada experimento foram utilizados 24 exemplares, os quais foram igualmente divididos em quatro lotes, e submetidos às concentrações sub-letais, sendo um o controle, por 24, 48 e 96 horas. Após cada experimento o sangue foi coletado para a determinação dos parâmetros hematológicos, NADH-metahemoglobina redutase, íons plasmáticos e intermediários metabólicos no plasma. Posteriormente, os animais foram sacrificados para a retirada dos tecidos (fígado, rim, músculo branco, cérebro e coração) para as determinações de intermediários metabólicos e enzimas do metabolismo oxidativo. O resultado obtido do teste de toxicidade (CL50-96 horas) para o nitrito foi 4,32 ppm. No teste de exposição ao nitrito houve um aumento da metahemoglobina e queda de hematócrito, hemoglobina total e do número de células vermelhas. Com isso pudemos concluir que houve uma anemia funcional e hemolítica. O nitrito apresentou um aumento no plasma de até 30 vezes o valor encontrado no ambiente, porém os outros íons não apresentaram uma resposta a este aumento (exceto o potássio durante o experimento de 24 horas). Também não se observou distúrbio eletrolítico durante a exposição ao nitrito. Os perfis dos intermediários metabólicos e as enzimas oxidativas sugerem não haver preferência pelo metabolismo anaeróbico em nenhum dos tecidos analisados, ocorrendo até catabolismo de proteínas com conseqüente aumento de amônia plasmática. Órgãos como cérebro e coração não sofreram injúrias durante a exposição ao nitrito. A concentração máxima de nitrito permitida na água (1 ppm) já causa efeitos de anemia funcional e hemolítica em 24 horas. Portanto, o efeito do nitrito em pouco tempo, para a concentração permitida pela Legislação Brasileira, já apresenta efeitos deletérios o matrinxã.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Integrante / Gilberto Moraes - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 4

  • 1999 - 1999

    Estudo das respostas metabólicas e hematológicas de Gymnotus carapo, tuvira, Descrição: iniciação científica e apresentação de monografia. sem bolsa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Integrante / Gilberto Moraes - Coordenador / Carolina Cisoto Barbosa - Integrante / Paulo Maurício Bidinotto - Integrante.

  • 1998 - 1999

    Metabolismo de Gymnotus carapo submetido à hipóxia ambiental, Descrição: Iniciação científica. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Integrante / Gilberto Moraes - Coordenador., Número de produções C, T & A: 1

  • 1998 - 1999

    estudo das respostas metabólicas em Symbrancus marmoratus submetido a períodos de estivação, Descrição: iniciação científica. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Integrante / Gilberto Moraes - Coordenador / Carolina Cisoto Barbosa - Integrante / Paulo Maurício Bidinotto - Integrante.

  • 1997 - 1998

    Estudo da atividade arginino hidrolásica no teleosteo de água doce Astyanax bimaculatus, Descrição: iniciação científica. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Ive Marchioni Avilez - Coordenador / Gilberto Moraes - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

1998

Prêmio Joven Pesquisador, Universidade Federal De São Carlos.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2012 - 2012

Collegium Sapiens

Vínculo: professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 18

2007 - 2010

Collegium Sapiens

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 10

Atividades

  • 08/2007 - 12/2010

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Ciências

2012 - 2014

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Pós-doutorado, Enquadramento Funcional: pesquisador

Outras informações:
Pós- doutorado

2011 - 2011

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Pós- Doutorado, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 40

2009 - 2010

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: professor substituto, Enquadramento Funcional: professor substituto, Carga horária: 40

Outras informações:
Disciplinas: 2009.1 270202 Biologia Celular turma A - 04 créditos 2009.2 270342 Práticas de Bioquímica e Biologia Celular turma A - 04 créditos 270342 Práticas de Bioquímica e Biologia Celular turma B - 04 créditos 2010.1 270202 Biologia Celular turma A - 04 créditos 270245 Bioquímica I - Estrutura e função de biomoléculas turma B - 02 créditos 2010.2 270342 Práticas de Bioquímica e Biologia Celular turma A - 04 créditos 270342 Práticas de Bioquímica e Biologia Celular turma B - 04 créditos

2000 - 2004

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: aluno de pós graduação, Enquadramento Funcional: voluntário no CPV UFSCar

2001 - 2001

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Est. Sup. capacitação docente, Enquadramento Funcional: aluno de mestrado, Carga horária: 8

Outras informações:
Estágio Supervisionado de Capacitação Docente foi feito na disciplina di Bioquímica de 8 créditos.

Atividades

  • 03/2010 - 12/2011

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 270202 Biologia celular turma A 04 créditos, Bioquímica I - Estrutura e funçaõ de Biomoléculas turma B 02 créditos, 270342 Práticas de bioquímica e Biologia Celular turma A 04 créditos, 270342 Práticas de bioquímica e Biologia Celular turma B 04 créditos

  • 08/2009 - 12/2009

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 270342 Prática de bioquímica e biologia celular turma A 04 créditos, 270342 Prática de bioquímica e biologia celular turma B 04 créditos

  • 03/2009 - 07/2009

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 270202 Biologia celular turma A 04 créditos

  • 03/2000 - 03/2004

    Extensão universitária , Centro de Educação e Ciências Humanas, Departamento de Metodologia de Ensino.,Atividade de extensão realizada, CPV-UFSCar, do Nucleo UFSCar-EScola:monitora da disciplina de Botânica, no 1. semestre de 2000,.

2016 - Atual

Colégio Esperanto

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 18

Outras informações:
Atuo como professora de Biologia do ensino médio e de ciências do ensino fundamental