Teresa Cristina Silveira

Cursou a graduação em ciências sociais pela Universidade Estadual Paulista - Faculdade Júlio de Mesquita (UNESP), com licenciatura plena em Sociologia e bacharelado em antropologia. Possui mestrado pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de São Carlos (PPGAS - UFSCar).Tem experiência na área de etnologia indígena, atuando principalmente nos seguintes temas: Guarani-Mbya, saúde indígena,xamanismo. Atualmente trabalha com consultoria antropológica e analista socioambiental junto a populações tradicionais na Amazônia e Mata Atlântica.

Informações coletadas do Lattes em 30/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Antropologia Social

2008 - 2011

Universidade Federal de São Carlos
Título: ? Mbya retxãi Opy tekoaxy mongy'a oa? A manutenção da saúde Guarani-Mbya na Casa de Reza.,Ano de Obtenção: 2011
Marina Denise Cardoso.Palavras-chave: Xamanismo; Populações Indígenas; Antropologia da Saúde; Guarani-mbya.Grande área: Ciências Humanas

Graduação em Ciências Sociais

2003 - 2007

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: A CURA DO SABER - O SABER DO CURAR: UMA ETNOGRAFIA SOBRE OS PROCEDIMENTOS TERAPÊUTICOS DAS MULHERES DO ASSENTAMENTO REUNIDAS
Orientador: MIRIAN CLAUDIA LOURENÇÃO SIMONETTI.
Bolsista do(a): UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA, UNESP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2011 - 2011

Treinamento de Novos Auditores Sociais.. (Carga horária: 48h). , Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola, IMAFLORA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Alemão

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnologia Indígena.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia da Saúde.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Teoria Antropológica.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Rural.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Territoriedade.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SILVEIRA, T. C. . COORDENOU o Ciclo de Palestras promovido pelo Sub-grupo de estudos: Políticas Públicas, Ambiente e Populações, realizado na UNESP - Campus de Marília, do dia 17/08/2004 ao dia 15/12/2004. 2004. (Outro).

SILVEIRA, T. C. . Coordenou o Ciclo de Palestras promovido pelo Sub-grupo de estudos: Políticas Públicas, Ambiente e Populações, realizado na UNESP- Campus de Marília, do dia 03/04/2003 ao dia 19/11/2003. 2003. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Índios Guarani: identidade, território e autonomia.. 2008. (Seminário).

Palestra "Transgênicos: Segurança ou ameaça?"."Transgênicos: Segurança ou ameaça". 2008. (Seminário).

OFICINA: REFERÊNCIAS - XVIII CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNESP. 2006. (Oficina).

SEMINÁRIO INTERNACIONAL FAZENDO GÊNERO 7.AS MULHERS DO ASSENTAMENTO REUNIDAS E AS SUAS TRANSMISSÕES DE CONHECIMENTO RELATIVO A TERRA NO SIMPÓSIO TEMÁTICO 31.. 2006. (Seminário).

SEMINÁRIO INTERNACIONAL FAZENDO GÊNERO 7. 2006. (Seminário).

SIMPÓSIO DE DIREITO E MEIO-AMBIENTE/ UNIVEM - II FÓRUM DE POLÍTICAS PÚBLICAS, AMBIENTE E POPULAÇÕES/ FFC - UNESP.. 2006. (Simpósio).

SIMPÓSIO INTERNACIONAL TRADUÇÃO E PERCEPÇÃO - CIÊNCIAS SOCIAIS EM DIÁLOGO. 2006. (Simpósio).

V SEMANA DA MULHER - MULHER E RELAÇÕES DE PODER NO SÉCULO XXI. 2006. (Congresso).

XVIII Congresso de Iniciação Cientifica da UNESP. Mulheres Assentadas e os Conhecimentos Ancestrais Relativos a Terra.. 2006. (Congresso).

13º SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DA USP - SIICUSP.AS MULHERES DO ASSENTAMENTO ARGENTINA MARIA E SUA RELAÇÃO COM A TERRA.. 2005. (Simpósio).

12º SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA USP - SIICUSP.OS TRANSGÊNICOS NA SOCIEDADE BRASILEIRA. 2004. (Seminário).

Ciclo de Palestras Promovido pelo sub-grupo de estudos: Políticas Públicas, Ambiente e Populações.Soja Transgênica: aspectos sociais e políticos. 2004. (Seminário).

IX JORNADA DE CIÊNCIAS SOCIAIS - JORNADA DE ESTUDOS ROBERTO CARDOSO DE OLIVEIRA. 2004. (Seminário).

IX JORNADA DE CIÊNCIAS SOCIAIS - JORNADA DE ESTUDOS ROBERTO CARDOSO DE OLIVEIRA.OFICINA ANTROPOLOGIA VISUAL I E II. 2004. (Oficina).

IX JORNADA DE CIÊNCIAS SOCIAIS - JORNADA DE ESTUDOS ROBERTO CARDOSO DE OLIVEIRA.BIOTECNOLOGIA E A MONOCULTURA DAS SEMENTES NA SOCIEDADE BRASILEIRA. 2004. (Outra).

OFICINA ANTROPOLOGIA VISUAL I E II - IX JORNADA DE CIÊNCIAS SOCIAIS - JORNADA DE ESTUDOS ROBERTO CARDOSO DE OLIVEIRA.. 2004. (Oficina).

XI JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DO CAMPUS DE MARÍLIA.A SOCIEDADE BRASILEIRA E O DEBATE INTERNACIONAL SOBRE OS TRANSGÊNICOS. 2004. (Outra).

XI Jornada de Iniciação Científica do Câmpus de Marília.A sociedade brasileira e o debate internacional sobre os transgênicos.. 2004. (Outra).

"A dimensão político democrática nas teorias de desenvolvimento sustentável e suas implicações para a gestão local" - Seminário do Sub Grupo de Estudos: Políticas Públicas, Ambiente e Populações - UNESP/Marília. 2003. (Seminário).

CICLO DE DEBATES DO SUB GRUPO POLÍTICAS PÚBLICAS, AMBIENTE E POPULAÇÕES..OS TRANSGÊNICOS E O PROTOCOLO DE CARTAGENA. 2003. (Seminário).

I FÓRUM DE BIOTECNOLOGIA E ORGANISMOS GENETICAMENTE MODIFICADOS.. 2003. (Outra).

Indústria Cultural - Sub grupo de Estudos de Políticas Públicas, Ambiente e Populações - UNESP/Marília.. 2003. (Seminário).

Seminário:. 2003. (Seminário).

SEMINÁRIO: PERSPECTIVAS DA REFORMA AGRÁRIA NO BRASIL.. 2003. (Seminário).

Seminário "A Amazônia e a crise da modernização" - organizado pelo Sub-Grupo Políticas Públicas, Ambiente e Populações" - UNESP/Marília. 2003. (Seminário).

Seminário "Ambientalismo - projeto realista utópico para as Ciências Sociais. Atores sociais e a consolidação democrática na América Latina - Organizado pelo Sub Grupo de Estudos "Políticas Públicas, Ambiente e Populações " - UNESP/Marília. 2003. (Seminário).

Seminário "O Preço da Riqueza" - realizado pelo Sub Grupo de Estudos "Políticas Públicas, Ambiente e Populações- UNESP/Marília. 2003. (Seminário).

Seminário "Poluição do ar e da água" - organizado pelo Sub grupo de Estudos "Políticas Públicas, Ambiente e Populações" - UNESP/Marília. 2003. (Seminário).

SEMINÁRIO INTERNACIONAL TRANSGÊNICOS NO BRASIL.. 2003. (Seminário).

Sub grupo de Estudos "Políticas Públicas, Ambiente e Populações".Os Transgênicos e o Protocolo de Cartagena.. 2003. (Seminário).

X JORNADA PEDAGÓGICA. 2003. (Encontro).

XXVII JORNADA DE FILOSOFIA E TEORIA DAS CIÊNCIAS HUMANAS.. 2003. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

José Geraldo Alberto Bertoncini Poker

POKER, J. G. A. B.; Domingues, Sergio A.; Simonetti, Mirian C.. O saber de curar a cura do saber: o uso das plantas medicinais pelas mulheres do assentamento Reunidas-Promissão-SP. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Faculade de Filosofia e Ciências - UNESP/campus de Marília.

Edmundo Antonio Peggion

CARDOSO, Marina Denise; ANDRELLO, G.;PEGGION, E. A.. Opy Tekoaxy mongy´a oa - A manutenção da saúde Guarani-Mbya na Casa de Reza. 2011. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal de São Carlos.

Edmundo Antonio Peggion

CARDOSO, Marina Denise;PEGGION, E. A.. Mbya retxãi: opy tekoaxy mongy´a oa - A manutenção da saúde Guarani Mbya na Casa de Reza. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade Federal de São Carlos.

Marina Denise Cardoso

CARDOSO, M. D.; SANTILLI, P.; PEGGION, E. A.. Mbya retxãi: Opy tekoaxy mongy'a oa:a manutenção da saúde Guarani-Mbya na Casa de Reza. 2011. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal de São Carlos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Mauro de Mello Leonel Júnior

A Sociedade Brasileira e o Debate Internacional sobre os Transgênicos; 2004; 20 f; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Mauro de Mello Leonel Júnior;

Mirian Cláudia Lourenção Simonetti

O SABER DO CURAR - A CURA DO SABER: O USO DAS PLANTAS MEDICINAIS PELAS MULHERES DO ASSENTAMENTO REUNIDAS-PROMISSÃO-SP; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Mirian Cláudia Lourenção Simonetti;

Mirian Cláudia Lourenção Simonetti

Arte-educação para a cidadania planetária; 2005; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, universidade estadual paulista; Orientador: Mirian Cláudia Lourenção Simonetti;

Mirian Cláudia Lourenção Simonetti

Mulheres assentadas e o etno conhecimento; 2005; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Mirian Cláudia Lourenção Simonetti;

Mirian Cláudia Lourenção Simonetti

Arte-educação para a cidadania planetária; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, universidade estadual paulista; Orientador: Mirian Cláudia Lourenção Simonetti;

Mirian Cláudia Lourenção Simonetti

O saber do curar - a cura do saber: o uso das plantas medicinais pelas mulheres do assentamento Reunias; 2008; Orientação de outra natureza; (Ciências Sociais) - UNESP FFC Marília; Orientador: Mirian Cláudia Lourenção Simonetti;

Marina Denise Cardoso

Mbya retxãi: Opy tekoaxy mongy'a oa: a manutenção da saúde Guarani-Mbya na Casa de Reza; 2011; Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal de São Carlos,; Orientador: Marina Denise Cardoso;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Monteiro, J. M. ; MANO, Marcel ; RODRIGUES, R. ; PINHEIRO, Niminon ; MACEDO, Valeria ; ECKART, J. A. B. ; ALMEIDA, L. R. ; TESTA, A. Q. ; SILVEIRA, T. C. ; MONTAVANELLI, T. ; DANAGA, A. C. ; LOURENÇO, M. S. ; MAINARDI, C. . O corpo fortalecido na Opy (Casa de Reza). In: PEGGION, Edmundo A.; DANAGA, Amanda C.. (Org.). Povos Indígenas em São Paulo - novos olhares. 1ed.São Carlos: EDUFSCar, 2016, v. 1, p. 189-210.

  • SILVEIRA, T. C. . AS MULHERES DO ASSENTAMENTO REUNIDAS E SUAS TRANSMISSÕES DE CONHECIMENTO RELATIVOS A TERRA NO SIMPÓSIO TEMÁTICO 31.. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL FAZENDO GÊNERO 7, 2006, FLORIANÓPOLIS. Fazendo Gênero 7 - livro de resumos., 2006.

  • SILVEIRA, T. C. ; SIMONETTI, M. C. L. . AS MULHERES DO ASSENTAMENTO ARGENTINA MARIA E SUA RELAÇÃO COM A TERRA. In: 13º SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DA USP - SIICUSP, 2005, SÃO PAULO. 13º SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DA USP - SIICUSP, 2005.

  • SILVEIRA, T. C. ; BELINI, L. ; Santana, O. Valdinéia ; Campana, P. Daniel ; TESTA, V. A. ; PIRES, J. D. ; LEONEL JUNIOR, M. M. ; AURELIO SOBRINH, C. ; SOUZA, D. M. . Ciclo de Palestras Promovido pelo sub-grupo de estudos: Políticas Públicas, Ambiente e Populações. In: Ciclo de Palestras Promovido pelo sub-grupo de estudos: Políticas Públicas, Ambiente e Populações, 2004, Marília. Ciclo de Palestras Promovido pelo sub-grupo de estudos: Políticas Públicas, Ambiente e Populações, 2004.

  • SILVEIRA, T. C. . A SOCIEDADE BRASILEIRA E O DEBATE INTERNACIONAL SOBRE OS TRANSGÊNICOS. In: XI JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DO CAMPUS DE MARÍLIA, 2004, MARÍLIA. XI JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DO CAMPUS DE MARÍLIA, 2004.

  • SILVEIRA, T. C. . Os Transgênicos e o Protocolo de Cartagena. In: Sub grupo de Estudos, 2003, Marília. sub grupo de Estudos Políticas públicas, Ambiente e populações., 2003.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

LEW, R. ; MUSIAL, GIOVANI ; SILVEIRA, T. C. . FORMAÇÃO DOS AGENTES AMBIENTAIS INDIGENAS DO OIAPOQUE PARA PNGATI, TNC.. 2017.

LEW, R. ; SILVEIRA, T. C. ; MUSIAL, GIOVANI . FORMAÇÃO DOS AGENTES AMBIENTAIS INDIGENAS DO OIAPOQUE PARA PNGATI, TNC. 2016.

Lima, C.M. ; Guarani, C.F. ; SILVEIRA, T. C. . Ponto de Cultura Indígena Arandu Porã ? Guarani Mbya.. 2016.

RODRIGUES, J. M. ; SILVEIRA, T. C. . Coordenação dos Estudo Antropológico para o Relatório Técnico de Identificação e Delimitação Territorial (RTID) /SRI-INCRA.. 2015.

UTSONOMIA, R. ; SILVEIRA, T. C. . Analista Socioambiental - PBA-CI UHE BELO MONTE, VERTHIC. 2015.

SILVEIRA, T. C. . Antropóloga - analista socioambiental de comunidades pesqueiras, MARAJO/PA, SEI Consultoria. 2015.

SILVEIRA, Teresa ; Luciana Gonçalves de Carvalho . Relatório Técnico de Identificação e Delimitação Territorial (RTID) da Comunidade Remanescente de Quilombola do Moura, Oriximiná, Pará - INCRA.. 2014.

Mariana Zanetti ; SILVEIRA, T. C. . Due Dilligence, AMATA. 2014.

Oliveira, F. ; SILVEIRA, Teresa . Capacitação em Educação para GATI - PBA-UHE Teles Pires. 2014.

STREMEL, A. ; MACHADO, F. ; PATRICIO, M. M. ; SILVEIRA, T. C. . Estudo de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) da BR-156 e Ponte Brasil-Guiana Francesa (FUNAI/OLHARES Consultoria). 2013.

FERREIRA, J. ; SILVEIRA, T. C. . Plano de Trabalho para ECI da duplicação da BR-101BA (FUNAI-OLHARES Consultoria). 2013.

MACHADO, F. ; PATRICIO, M. M. ; SILVEIRA, T. C. . ECI - SLT, FUNAI/OLHARES Consultoria.. 2013.

SILVEIRA, T. C. ; Mariana Zanetti . Laudo Antropológico para responder aos critérios de avaliação FSC de projetos de manejo em comunidades ribeirinhas. AMATA.. 2012.

Mariana Zanetti ; SILVEIRA, T. C. . Consultoria em Responsabilidade Social e Meio Ambiente para implantação de certificação florestal FSC, AMATA.. 2012.

Mariana Zanetti ; SILVEIRA, T. C. . Consultoria em Responsabilidade Social e Meio Ambiente para implantação de certificação florestal (FSC). AMATA.. 2012.

Mariana Zanetti ; SILVEIRA, T. C. . Consultoria em Responsabilidade Social e Meio Ambiente em comunidade ribeirinha. AMATA. 2012.

Matias ; Mergulhão ; Papá ; SILVEIRA, T. C. ; Schultze . Exposição Arandu Porã - Sabedoria Sensível Guarani-Mbya.. 2010.

Matias ; Mergulhão ; Papá ; SILVEIRA, T. C. ; Schultze . Exposição Arandu Porã - Sabedoria Sensível Guarani-Mbya.. 2010.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2008 - 2011

    GEP- Modelos terapêuticos, políticas de saúde, práticas corporais e a investigação antropológica, Descrição: Duas linhas de pesquisa compõem este GEP. Uma delas tem como objetivo principal investigar os modelos terapêuticos como parte dos sistemas simbólicos culturalmente ordenados, procurando alinhar essa análise com os aspectos organizacionais, institucionais e político-ideológicos dos programas de saúde pública. Procura-se, assim, contribuir para a identificação dos principais problemas referentes ao atendimento médico oficial, apontando para os seus eventuais limites e distorções. Pesquisas já concluídas e/ou em andamento incluem: 1) projetos localizados que trabalham com a articulação entre as "representações nativas" sobre doença e processos terapêuticos; 2) projetos que se articulam em torno da temática sobre a formação e análise discursiva do campo das "medicinas alternativas"; 3) projetos sobre programas especiais de atendimento à saúde pública, enfocando o seu impacto sobre as populações-alvo, incluindo desde projetos de avaliação sobre o programa de formação de agentes indígenas de saúde, até aqueles dirigidos ao processo de desisntitucionalização da assistência psiquiátrica e formas terapêuticas organizacionais alternativas. A outra linha de pesquisa deste GEP procura ampliar o enfoque etnográfico e analítico em torno das práticas corporais e das apropriações simbólicas sobre o corpo, abordando outras dimensões sociais, notadamente aquelas vinculadas às esferas do lazer e das práticas esportificadas. Determinadas representações sobre saúde corporal estão em diálogo permanente com uma gama de atividades físicas, performances competitivas e esportificadas que demandam por abordagens mais específicas do domínio da antropologia do esporte. A esportificação e institucionalização das práticas corporais a partir de determinados investimentos simbólicos sobre o corpo demarcam e apontam para múltiplas representações na confluência entre saúde e estilos de vida. Pesquisas em andamento: 1) práticas esportivas e a noção de "risco corporal" entre segmentos jovens.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (16) . , Integrantes: Teresa Cristina Silveira - Coordenador / Carolina Capelli - Integrante / Clarissa de Paula Martins Lima - Integrante / Juliana Affonso Gomes Coelho - Integrante / Marina Denise Cardoso - Integrante / Lucas Alexandre Pires - Integrante / Natalia Malheiros Martins - Integrante / Priscila Fazio Rabelo - Integrante / Reginaldo Silva de Araújo - Integrante.

  • 2004 - 2010

    Os sentidos da luta pela terra no imaginário das famílias dos assentamentos de reforma agrária no Brasil, Descrição: Objetiva analisar a realidade das famílias assentadas e sua inserção na sociedade brasileira contemporânea, tendo como ponto de partida a luta pela terra organizada pelos Sem Terra, ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem terra (MST). Visa apreender, através da memória e do imaginário das famílias assentadas o que pensam os principais protagonistas da luta pela terra, os Sem Terra, seja através de seus depoimentos, seja através das histórias de vida. Baseia-se em seus depoimentos e visa perscrutar tanto os aspectos objetivos quanto subjetivos que perpassam suas falas. Elas remetem a categorias culturais centrais para as famílias aqui estudadas. Expressam, objetivamente, o trabalho na terra e a produção do alimento para a família e o mercado. Subjetivamente, representam um conjunto de significados morais, pois se vincula simbolicamente ao ideário camponês onde o pai de família deve propiciar o governo da produção, a gestão da família e o provimento dos alimentos através da produção da terra. A idéia da família camponesa será vista não apenas como unidade de produção e consumo, mas também como uma unidade cultural. A remontagem do novo modo de vida, através da moradia nos assentamentos, possibilita que os padrões culturais que definiam os valores e as práticas da cultura camponesa tais como o ideal de autonomia, liberdade e fartura, sejam recolocados nos assentamentos de reforma agrária.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Teresa Cristina Silveira - Integrante / Mirian Cláudia Lourenção Simonetti - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de São Carlos. , Via Washington Luís, km 235, Universitário, 13565905 - São Carlos, SP - Brasil, Telefone: (16) 33518369

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2017 - Atual

    Fundação Ipiranga

    Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Consultoria, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Elaboração, planejamento e execução de oficinas correspondentes ao Programa de Fortalecimento Institucional do Plano Básico Ambiental - Componente Indígena da UHE Belo Monte. Etnias: Asurini e Arawete.

  • 2015 - Atual

    Instituto Indígena Guarani da Mata Atlântica

    Vínculo: Convidada., Enquadramento Funcional: Consultoria e Assessoria., Carga horária: 10, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Fortalecimento Institucional e Captação de recursos e execução de atividades dentro da TI Rio Silveira, Bertioga/SP. Etnia: Guarani-Mbya. Relação com a Comissão Guarani Yyrupa - (CGY).

  • 2016 - 2016

    Cursos Preparatórios Para Concursos Públicos

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Contrato, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Ministrado aulas de Etnologia Indígena, Legislação Indígena, História do Mov. Indigenista, Parentesco, PNGATI.

  • 2010 - 2010

    Associação Comunitária Indígena Guarani Tjerú Mirim BA'E Kuaa'i

    Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Serviços técnicos especializados -

    Outras informações:
    Serviços Técnicos - Projeto Arandu Porã -"Sabedoria Sensível Guarani Mbya" - Contrato - Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

  • 2008 - 2008

    Secretária de Educação do Estado de São Paulo

    Vínculo: Professor de Educação Básica 2, Enquadramento Funcional: Temporário, Carga horária: 22

    Atividades

    • 05/2008 - 12/2008

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Filosofia (substituição)., Oficina de Filosofia, Oficina de Empreendedorismo Social., Sociologia

  • 2012 - 2012

    Secretaria de Estado da Educação

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor de Sociologia, Carga horária: 18

  • 2004 - 2010

    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

    Vínculo: Integrante, Enquadramento Funcional: pesquisador