Igor Araújo Pinto

Um Químico que acredita no poder da ciência e nesta como meio de transformação. Só a educação é capaz de fazer alcançarmos lugares inimagináveis. Graduado em Química pela Universidade Federal do Amazonas - UFAM, participou de iniciações científicas desde o terceiro período da faculdade, atuando nas áreas de fitoquímica, química ambiental, microbiologia, sempre fazendo uso da química analítica para responder as perguntas levantadas. Durante a graduação foi voluntário em projetos de extensão do ensino de química nas escolas publicas de Manaus. A motivação para sermos questionadores, pensarmos em soluçoes e criarmos os futuros cientistas é um trabalho continuo. Obteve o título de Mestre em Química pela PUC-Rio, no desenvolvimento de sondas à base de grafeno para quantificação indireta de aminoglicosídeos por fotoluminescência, e no desenvolvimento de nanoparticulas metálicas de prata para quantificação de aminoglicosídeos. Atualmente, segue trabalhando no desenvolvimento, execução de projetos de pesquisa e desenvolvimento de nos produtos finais, e ligado a rede SisNano de Laboratórios associados para a caracterização de novos materiais e nanotecnologia na área de ciência dos materiais. Acredita que o conhecimento possa e deve ser aplicado para geração de produtos finais que podem mudar cenários e agregar à economia circular. Um incentivador do desenvolvimento de start-up's.

Informações coletadas do Lattes em 05/10/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em Química

2016 - 2018

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio
Título: Photoluminescent determination of aminoglycosides using graphene quantum dots in aqueous systems containing Fe(III) or silver nanoparticles, Ano de Obtenção: 2018
Ricardo Queiroz Aucelio.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Grafeno; Aminoglicosídeo; Fotoluminescência; nanopartículas de prata.Grande área: Ciências Exatas e da Terra

Graduação em Química

2010 - 2015

Universidade Federal do Amazonas
Título: IDENTIFICAÇÃO DE MARCADORES QUÍMICOS E MICROBIOLÓGICOS EM FARINHA DE MANDIOCA DA REGIÃO AMAZÔNICA POR CLAE-EM
Orientador: Marcos Batista Machado
com Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Formação complementar

2021 - 2021

Configuração, Instalação e Operação do equipamento PGSTAT204 with FRA32M. (Carga horária: 12h). , Metrohm Pensalab Instrumentacão Analitica, METROHM, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Orgânica/Especialidade: Estrutura, Conformação e Estereoquímica.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química de Alimentos.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química dos Produtos Naturais.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Análise de Traços e Química Ambiental.

Participação em eventos

II Congreso de Química del Caribe. Photoluminescence quantification of neomycin in pharmaceutical composition and in rubella vaccine using amino functionalized graphene quantum dots with mediation by Fe(III). 2019. (Congresso).

XVI Encontro Regional da Sociedade Brasileira de Química Rio de Janeiro - SBQ-Rio.ESTUDO DA INTERAÇÃO DE PONTOS QUÂNTICOS DE GRAFENO AMINO FUNCIONALIZADOS MEDIADO POR METAIS PARA A DETERMINAÇÃO DE AMINOGLICOSÍDEOS. 2017. (Encontro).

Desvendando a Química Forense.. Química Por Trás das Ciências Forenses. 2015. (Congresso).

35° Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química. Investigação química de Eugenia aftaceae) com auxílio de ferramentas quimiométricasf. citrifolia (Myr. 2012. (Congresso).

Desvendando a Química Forense.. 2012. (Congresso).

Comissão julgadora das bancas

afonso duarte leão de souza

SOUZA, A. D. L.; OUTROS. Identificação de marcadores químicos por espectrometria de massas em farinha de mandioca no interior do Amazonas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Química) - Universidade Federal do Amazonas.

ANDREA ROSANE DA SILVA

AUCELIO, R. Q.; DORNELLAS, R. M.; Cardoso, A.A.;Da SILVA, A. R.; Godoy, J.M.O.. Photoluminescent determination of aminoglycosides using graphene quantum dots in aqueous systems containing Fe(III) or silver nanoparticles. 2018. Dissertação (Mestrado em Pós graduação em química) - Pontifícia Universidade católica do Rio de Janeiro.

Rafael Machado Dornellas

AUCELIO, RICARDO Q.;DORNELLAS, RAFAEL M; CARDOSO, A. A.; DA SILVA, ANDREA R.; GODOY, J. M. O.. Photoluminescent determination of aminoglycosides using graphene quantum dots in aqueous systems containing Fe(III) or silver nanoparticles. 2018. Dissertação (Mestrado em Química) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Emmanoel Vilaça Costa

COSTA, E. V.. Identificação de marcadores químicos por espectrometria de massas em farinha de mandioca no interior do Amazonas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Química) - Universidade Federal do Amazonas.

Foi orientado por

Marcos Batista Machado

IDENTIFICAÇÃO DE MARCADORES QUÍMICOS E MICROBIOLÓGICOS EM FARINHA DE MADIOCA DA REGIÃO AMAZÔNICA POR CLAE-EM; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Química) - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Marcos Batista Machado;

Marcos Batista Machado

Investigação química de Eugenia aff; citrifolia (Myrtaceae) com auxílio de ferramentas quimiométricas; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Química) - Universidade Federal do Amazonas; Orientador: Marcos Batista Machado;

Produções bibliográficas

  • PINTO, IGOR ARAÚJO ; TOLOZA, CARLOS A.T. ; ALMEIDA, JOSEANY M.S. ; DA SILVA, ANDREA R. ; LARRUDE, DUNIESKYS G. ; AUCÉLIO, RICARDO Q. . Quantification of neomycin in rubella vaccine by off/on metal ion mediated photoluminescence from functionalized graphene quantum dots. SPECTROCHIMICA ACTA PART A-MOLECULAR AND BIOMOLECULAR SPECTROSCOPY , v. 220, p. 117139, 2019.

  • PINTO, I. A. . Investigação química de Eugenia aff. citrifolia (Myrtaceae) com auxílio de ferramentas quimiométricas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Projetos de pesquisa

  • 2014 - 2015

    IDENTIFICAÇÃO DE MARCADORES QUÍMICOS E MICROBIOLÓGICOS EM FARINHA DE MANDIOCA DA REGIÃO AMAZÔNICA POR CLAE-EM, Descrição: As micotoxinas têm sido o principal objeto de estudo relacionado a contaminações em alimentos. A farinha de mandioca (Manihot esculenta Crantz) é um dos principais alimentos presentes na dieta da população da região amazônica. Portanto, a investigação da presença de micotoxinas em amostras de farinha de mandioca se faz necessário. Amostras de farinha de mandioca de diferentes localidades dos Estados do Amazonas e do Pará foram adquiridas e submetidas ao cultivo em meio BDA. Uma amostra de farinha originária de Tefé (AM) foi submetida à extração sucessiva com diferentes solventes orgânicos, os quais resultaram nos extratos hexânico, acetato de etila e metanólico, resultando em três microextratos in natura. Todos os extratos obtidos foram submetidos a análises cromatográficas e espectrométricas. Isolou-se e identificou-se a presença de três gêneros de fungos (Aspergillus, Penicillium e Fusarium) nas amostras selecionadas. As análises por CLAE-EM (APCI) das extrações da amostra in natura e da amostra com os fungos crescidos foram realizadas. A análise dos perfis cromatográficos dos extratos in natura evidenciou elevada similaridade dos perfis cromatográficos. Contudo, o microextrato metanólico apresenta a melhor intensidade relativa dos constituintes, bem como o melhor rendimento. A análise por CLAE-EM em modo SIM (Selected Ion Monitoring) possibilitou sugerir a presença das micotoxinas deoxynivalenol, scirpentriol e ácido penicílico no extrato metanólico de farinha de mandioca, bem como nos extratos cultivados com Aspergillus sp., Penicillium sp. e Fusarium sp... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Igor Araujo Pinto - Coordenador / Antonia Queiroz Lima de Souza - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Estudo quimiotaxonômico de espécies de Eugenia (Myrtaceae) ocorrentes na Reserva Florestal Adolpho Ducke AM, Descrição: A determinação da composição química de determinada matriz vegetal tem sido amplamente utilizada na sistemática vegetal, tanto para análise de variações infra-específica quanto na determinação de relações filogenéticas entre famílias e outros grandes grupos taxonômicos. Portanto, estudos fitoquímicos com enfoque taxonômico tem corroborado estudos sistemáticos de famílias vegetais ausentes de estudos filogenéticos a nível de gênero e espécie. Neste contexto, a elevada variação morfológica da família Myrtaceae em todos os níveis taxonômicos confere um elevado grau de dificuldade de identificação entre as famílias angiospermais tropicais, inclusive na escala de gênero. Suas informações taxonômicas são escassas, somado ao pouco número de especialistas na família. O elevado grau de habilidade necessário para identificação botância de Myrtaceae requer uma revisão taxonômica dessa família, principalmente nos biomas mais afetados pela agressão humana, entre eles o Amazônico. A taxonomia das espécies dessa família ocorrentes nos trópicos ainda foi pouco explorada, ao contrário das espécies ocorrentes na Austrália. Dentre os gêneros de Myrtaceae ocorrentes na RFAD, destaca-se Eugenia com vinte e oito espécies identificadas, constituindo o seu maior grupo. Portanto, propõe-se estudar a composição química de diferentes espécies de Eugenia ocorrentes na Reserva Florestal Adolpho Ducke AM, possibilitando oferecer subsídios quimiotaxonômicos para a compreensão da sistemática dessas espécies de Myrtaceae. Este projeto possibilitará que estudos taxonômicos envolvendo espécies pertencentes ao gênero Eugenia auxiliem a construção de um modelo de classificação não-ambíguo, que possa nortear a compreensão sobre a família Myrtaceae, consequentemente, permitindo ampliar o conhecimento sobre a biodiversidade amazônica... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Igor Araujo Pinto - Coordenador., Financiador(es): Universidade Federal do Amazonas - Bolsa.

  • 2010 - 2012

    Plantas úteis amazônicas: caracterização química e atividade biológica, Descrição: O presente projeto (CNPq 575625/2008-2) é um projeto de pesquisa científica básica, contudo os estudos realizados nessa proposta são de grande interesse para a economia regional da Amazônia Ocidental e podem ter grande implicação para o desenvolvimento tecnológico da região. Esse projeto envolve várias ações do nosso grupo de pesquisa de valorar a biodiversidade amazônica, buscando indicar e comprovar a potencialidade de espécies vegetais Amazônicas úteis com a descrição dos seus constituintes químicos e algumas de suas propriedades biológicas. Pretende-se nesse projeto conciliar os objetivos acima mencionados com a formação de recursos humanos de alto nível. Para o desenvolvimento desse projeto, estão envolvidos vários alunos de iniciação científica e principalmente de pós-graduação de cursos localizados no Estado do Amazonas. Em cada um dos projetos de pesquisa desses alunos é dada a ênfase ao estudo químico e de atividade biológico de espécies úteis amazônicas.... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (5) . , Integrantes: Igor Araujo Pinto - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    Estudo fitoquímico e avaliação dos potenciais antioxidantes e citotóxicos de espécies de Myrtaceae ocorrentes na Reserva Adolpho Ducke - AM, Descrição: A família Myrtaceae é constituída por 3.000 a 4.000 espécies, distibuídas em 130 a 140 gêneros. No Brasil, estima-se a existência de 1.000 espécies pertencentes a 26 gêneros nativos e nove introduzidos, constituindo uma das maiores famílias da flora brasileira. Na Reserva Adolpho Ducke em Manaus AM, uma amostra representativa da floresta Amazônica de terra-firme, identificou-se 56 espécies de Myrtaceae pertencentes a sete gêneros (Blepharocalyx, Myrciaria, Calycolpus, Calyptranthes, Eugenia, Myrcia e Marlierea). As espécies de Myrtaceae são em geral árvores ou arbustos, raramente subarbustos, conhecidas por serem ricas em óleos voláteis e pelo uso na medicina tradicional. Diversas espécies dessa família são usadas na medicina tradicional, tais como: a goiaba (Psidium guajava) e a pitanga (Eugenia uniflora) como anti-diarréicos; pedra-umecaá (Myrcia citrifolia e Eugenia punicifolia) para o tratamento de diabetes e guamirim (Eugenia florida) no combate ao câncer. O Ministério da Saúde do Brasil divulgou em 2009 uma relação contendo 71 plantas medicinais que poderão ser usadas como medicamentos fitoterápicos pelo Sistema Único de Saúde SUS, dentre as quais estão quatro Myrtaceae, Eucalyptus globulus (eucalipto), Eugenia uniflora (pitanga) e Psidium guajava (goiaba) a serem prescritas para combater leucorréia, diarréia e úlcera, respectivamente, além de Syzygium spp. (S. jambolanum ou S. cumini, jambolão). Estudos fitoquímicos de espécies de Myrtaceae ocorrentes em outros biomas do mundo, incluindo brasileiros, revelam uma composição rica em sesquiterpenos e flavonóides com variadas atividades biológicas para diversas espécies pertencentes a diferentes gêneros dessa família vegetal. Considerando a importância das espécies dessa família na medicina tradicional e a carência de estudos fitoquímicos e biológicos de espécies de Myrtaceae da região amazônica, propõe-se estudar a composição química e avaliar os potenciais antioxidantes e citotóxicos de óleos essenci. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Igor Araujo Pinto - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas - Auxílio financeiro.

Projetos de desenvolvimento

  • 2019 - 2020

    Estudo acerca do potencial da utilização do CAMU CAMU no tratamento/profilaxia de úlceras de pressão em pacientes acamados, Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Igor Araujo Pinto - Integrante / Lizandro Manzato - Coordenador.

Histórico profissional

Experiência profissional

2020 - Atual

IFAM ? CAMPUS MANAUS DISTRITO INDUSTRIAL

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2019 - 2020

Fundação Desembargador Paulo do Anjos Feitoza

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2014 - 2014

AbbVie

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Cientista Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Estagiário de verão trabalhando para o departamento de Química estrutural para Pesquisa & Desenvolvimento na compania farmacêutica AbbVie. Como estagiário de verão, duas metas foram estabelecidas para serem cumpridas em 12 semanas de estágio. Uma das metas era o desenvolvimento de metodologias e manuseamento de um Espectrometro de Massa de Alta Resolução para monitoramento de moléculas nao biológicas em farmacodinâmicos. Minha segunda meta era o desenvolvimento de novas tecnologias usadas para a proteção de produtos da compania, utilizando-se de recente técnicas de ionização de matéria, o Dessorção Iônica por Electrospray (Desorption Electrospray Ionization - DESI).

Atividades

  • 05/2014 - 08/2014

    Pesquisa e desenvolvimento, AbbVie Inc.,Linhas de pesquisa

2014 - 2014

Tennessee Tech University

Vínculo: Pesquisador Voluntário, Enquadramento Funcional: Pesquisador Voluntário, Carga horária: 20

Outras informações:
Pesquisador trabalhando no laboratório de química ambiental do Departamento de Química no Colégio de Ciências e Artes, sob a orientação do Professor Dr. Callender, membro da faculdade de química da Tennessee Technological University

2011 - 2012

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Universitário, Carga horária: 20

Outras informações:
_ Pesquisador no projeto intitulado ?Investigação química da Eugenia aff citrifolia (Myrtacea) utilizando ferramentas quimiométricas? _ Inserido no grupo de pesquisa NEQUIMA da Universidade Federal do Amazonas - UFAM, Brasil.

Atividades

  • 05/2011 - 07/2012

    Pesquisa e desenvolvimento, CNPQ.,Linhas de pesquisa

2012 - 2013

fundação de Amparo à pesquisa do Estado do amazonas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Universitário, Carga horária: 20

Outras informações:
_ Pesquisador no projeto intitulado ?Síntese de materiais adsorventes de metais pesados baseados em caulinita da floresta amazônica? _ Inserido no grupo de pesquisa Química Ambiental da Universidade Federal do Amazonas - UFAM, BraSil.

Atividades

  • 08/2012 - 05/2013

    Pesquisa e desenvolvimento, fapeam, FAPEAM.,Linhas de pesquisa