José Humberto Rodrigues dos Anjos

Realizou estágio pós-doutoral no Programa de Pós-graduação em Estudos Literários da Universidade Estadual do Mato Grosso - UNEMAT, onde pesquisou o ensino de literatura afro-brasileira e africana na rede básica de educação. É doutor em Educação pela Universidade de Uberaba - UNIUBE. Mestre em Estudos da Linguagem, pela Universidade Federal de Goiás - UFG. Graduado em Letras, Português/Inglês e suas respectivas Literaturas pela Universidade Estadual de Goiás - UEG e em Pedagogia pela Faculdade Mantenense dos Vales Gerais - Intervale. Tem experiência na área de Ensino de Literatura afro-brasileira, literatura produzida em Goiás e educação antirracista. Atualmente é professor efetivo da Universidade Federal de Goiás - Campus Goiás no curso de Pedagogia, onde atua como coordenador da Especialização em Práticas Pedagógicas na Educação Básica, e no Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas - NEABI (DGP-CNPq). Compõe a Comissão de heteroidentificação da UFG e é membro do Grupo de Estudo e Pesquisa Educação do Cerrado e Cidadania - GPECC (DGP-CNPq). Tem dedicado parte de sua produção intelectual e de seu trabalho docente ao combate às opressões e ao ensino de uma educação decolonial que ensine a pensar o respeito, a existência do outro e as formas de ler e compreender as relações sociais. Pesquisador associado à Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as - ABPN e da Associação Brasileira de Literatura Comparada - ABRALIC. E-mail: josehumberto2@ufg.br

Informações coletadas do Lattes em 05/04/2024

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em Educação

2016 - 2019

Universidade de Uberaba
Título: Práticas pedagógicas do bacharel iniciante no Ensino Superior: intervenções a partir das Representações Sociais
Vania Maria de Oliveira Vieira. Palavras-chave: Representações Sociais; Ensino Superior; Professor iniciante; Desenvolvimento profissional.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia.

Mestrado em Estudos da Linguagem

2011 - 2013

Universidade Federal de Goiás
Título: ?Na minha vida, a vida mera das obscuras, Ano de Obtenção: 2013
João Batista Cardoso.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Cora Coralina; Modernismo; Representações.Grande área: Lingüística, Letras e ArtesGrande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia.

Especialização em Gestão de sala de aula no Ensino Superior

2017 - 2018

Centro Universitário de Mineiros
Título: Por uma educação que ensine a pensar: duas contribuições da pedagogia histórico-crítica para a formação de professores
Orientador: Irondina de Fátima Silva

Graduação em Pedagogia

2013 - 2017

FACULDADE MANTENENSE DOS VALES GERAIS

Graduação em Letras Português/Inglês

2005 - 2009

Universidade Estadual de Goiás
Título: Entre becos e memórias: Cora Coralina e a tradição poética modernista em Goiás
Orientador: Maria Divina de Jesus Silva

Pós-doutorado

2021 - 2023

Pós-Doutorado. , Universidade do Estado de Mato Grosso, UNEMAT, Brasil. , Grande área: Lingüística, Letras e Artes, Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação.

Formação complementar

2018 - 2018

Software Evoc 2005 - Análise prototípica com o aporte da TRS. (Carga horária: 16h). , Fundação Carlos Chagas, FCC, Brasil.

2016 - 2016

Planejamento Pedagógico 2016/2. (Carga horária: 4h). , Centro Universitário de Mineiros, UNIFIMES, Brasil.

2016 - 2016

Planejamento Pedagógico 2016/1 - Informes Institucionais. (Carga horária: 4h). , Centro Universitário de Mineiros, UNIFIMES, Brasil.

2015 - 2015

Atualização e Qualificação de Avaliadores das redações do ENEM. (Carga horária: 120h). , Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Event, CEBRASPE, Brasil.

2015 - 2015

Atualização e Qualificação de Avaliadores das redações do ENEM. (Carga horária: 120h). , Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Event, CEBRASPE, Brasil.

2014 - 2014

Literatura e Cultura em Goiás. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Libras

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Educação étnico-racial e afrodiaspórica.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura e Ensino.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura produzida em Goiás.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura afro-brasileira.

Comissão julgadora das bancas

Sálua Cecílio

CECÍLIO, S.; VIEIRA, V. M. O.; Novais, Adelina de Oliveira; CARDOSO, J. B.; MÁRQUES, Fernanda Telles. Práticas pedagógicas do bacharel iniciante no ensino superior: intervenções a partir das representações sociais. 2019. Tese (Doutorado em Doutorado em Educação) - Universidade de Uberaba.

Sálua Cecílio

CECÍLIO, S.; VIEIRA, V. M. O.; MÁRQUES, Fernanda Telles; Novais, Adelina de Oliveira. Práticas pedagógicas do bacharel iniciante no ensino superior: intervenções a paritir das representações sociais. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Educação) - Universidade de Uberaba.

Fernanda Telles Marques

VIEIRA, V. M. O.; NOVAES, A. O.; CARDOSO, J. B.; CECILIO, S.;MÁRQUES, F. T.. Práticas pedagógicas do bacharel iniciante no Ensino Superior: intervenções a partir das representações sociais. 2019. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de Uberaba.

Fernanda Telles Marques

VIEIRA, V. M. O.; NOVAES, A. O.; CECILIO, S.;MÁRQUES, F. T.. Práticas pedagógicas do bacharel iniciante no Ensino Superior: intervenções a partir das representações sociais. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade de Uberaba.

Flávio Pereira Camargo

CARDOSO, J. B.; CAVALCANTE, M. I.;CAMARGO, Flávio Pereira. "Na minha vida, a vida mera das obscuras": as representações do eu e outros espaços em "Poemas dos becos de Goiás e estórias mais", de Cora Coraliina. 2013. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Universidade Federal de Goiás.

Flávio Pereira Camargo

CARDOSO, J. B.;CAMARGO, Flávio Pereira; CAVALCANTE, M. I.. "Na minha vida, a vida mera das obscuras": representações do Eu e de outros espaços em 'Poemas dos becos de Goiás e estórias mais', de Cora Coralina. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Estudos da Linguagem) - Universidade Federal de Goiás.

Vânia Maria de Oliveira Vieira

VIEIRA, V. M. O.; NOVAES; CARDOSO, J. B.; CECILIO; MÁRQUES. PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DO BACHAREL INICIANTE NO ENSINO SUPERIOR: INTERVENÇÕES A PARTIR DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS. 2019. Tese (Doutorado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA UNIUBE) - Universidade de Uberaba.

Vânia Maria de Oliveira Vieira

VIEIRA, V. M. O.; MARQUES, F. T.; CECILIO; NOVAES; CARDOSO, J. B.. PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DO BACHAREL INICIANTE NO ENSINO SUPERIOR: INTERVENÇÕES A PARTIR DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA UNIUBE) - Universidade de Uberaba.

Maria Imaculada Cavalcante

CAVALCANTE, M. I.; CARDOSO, J. B.; CAMARGO, F. P.. Naminha vida, a vida mera das obscuras: as representações do Eu e dos outros espaços em "Poemas dos becos de Goiás e estórias mais", de Cora Coralina. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Estudos da Linguagem) - UFG - Campus Catalão.

Foi orientado por

Maria Divina de Jesus Silva

ENTRE BECOS E MEMÓRIAS:Cora Coralina e a tradição poética modernista em Goiás; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Letras) - Universidade Estadual de Goias; Orientador: Maria Divina de Jesus Silva;

Irondina de Fátima Silva

Por uma Educação que Ensine a Pensar: Duas Contribuições da Pedagogia Histórico-Crítica para a Formação de Professores; 2019; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Sala de Aula no Ensino Superior) - Centro Universitário de Mineiros; Orientador: Irondina de Fátima Silva;

Vânia Maria de Oliveira Vieira

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DO DOCENTE INICIANTE NO ENSINO SUPERIOR: INTERVENÇÕES A PARTIR DA IDENTIFICAÇÃO DAS AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS; 2016; Tese (Doutorado em DOUTORADO) - Universidade de Uberaba,; Orientador: Vânia Maria de Oliveira Vieira;

Yasmin Cortizo Prieto

CELIN; 2019; Orientação de outra natureza; (medicina) - Centro Universitário de Mineiros; Orientador: Yasmin Cortizo Prieto;

Agnaldo Rodrigues da Silva

Início: 2022; Universidade do Estado de Mato Grosso;

Projetos de pesquisa

  • 2023 - Atual

    Projeto Nagô: A Lei 10.639/2003 e o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira Mediados Pela Literatura Infanto-Juvenil, Descrição: Trata-se de uma pesquisa documental e bibliográfica, de cunho qualitativo em que se discutirá a mediação de leitura como premissa para o ensino das literaturas e culturas afro-brasileira na Educação Básica. É divida em duas etapas: a) na primeira serão realizadas as leituras e buscas bibliográficas a fim de elaborar um estado do conhecimento sobre o tema da pesquisa. Nessa etapa, os descritores a serem utilizados serão: Ensino, Literatura Afro-brasileira, Cultura Afro-brasileira e Lei 10.639/2003. A segunda etapa será destinada à elaboração do livro com as sugestões de mediação de leitura para ensino das literaturas e culturas afro-brasileira, bem como com as reflexões sobre a pesquisa. Tem como objetivo geral discutir os avanços e retrocessos do ensino de literatura e cultura afro-brasileira após a promulgação da Lei 10.639/2003. A educação para as relações étnico-raciais, embora seja uma necessidade, e ao mesmo tempo uma exigência criada pela lei 10.639/2003, posteriormente modificada pela 11.645/2008, ainda enfrenta muitos desafios em sua implementação/aceitação nas escolas ou mesmo na produção de materiais didáticos que possibilitem segurança aos professores, sobretudo da rede básica de ensino para realizarem o proposto na lei. Diante desse contexto pergunta-se: quais são os avanços e retrocessos alcançados na Educação Básica, pós Lei 10.639/2003, em relação ao ensino de cultura afro-brasileira por meio da leitura literária?. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: José Humberto Rodrigues dos Anjos - Coordenador / Eleno Marques de Araujo - Integrante / Glabia Soraia Andrade Silva - Integrante / Ellen Geovana Araújo Matos - Integrante / Stefany Gonçalves da Silva - Integrante / Karoline Vitória Aguiar de Sousa - Integrante / Luiz Henrique C. Argolo - Integrante / Aline Kelen Rodrigues da Silva - Integrante.

  • 2022 - Atual

    Observatório Regional de Políticas de Combate às Violências de Gênero, Descrição: O presente projeto de pesquisa tem por objetivo a construção do OBSERVATÓRIO DE POLÍTICAS DE COMBATE ÀS VIOLÊNCIAS DE GÊNERO no Campus Goiás com o propósito de realizar a popularização científica de um tema tão presente na sociedade e de defesa dos direitos humanos. A produção do conhecimento através da organização dos dados sobre a temática tem o condão de fazer com que o conhecimento científico possa ser disseminado, compreendido e utilizado, se constituindo como produtor de informações e significado para a sociedade.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: José Humberto Rodrigues dos Anjos - Integrante / MARGARETH PEREIRA ARBUES - Integrante / MARIA CAROLINA CARVALHO MOTTA - Coordenador.

  • 2020 - 2021

    Projeto nagô: resistência, decolonização e direitos da população negra no Brasil contemporâneo, Descrição: O projeto em tela é fruto de uma ação de Extensão desenvolvida desde 2016 denominada Projeto Nagô, e que trabalha com a formação de professores em perspectivas voltadas aos Direitos Humanos e a educação étnico-racial. Nesta Pesquisa, propomos o mesmo olhar sobre esse objeto, no entanto temos como objetivo investigar de que maneira os direitos da população negra têm sido violados no Brasil contemporâneo, bem como em que medida, e de quais formas esse povo tem estabelecido estratégias de resistência. De acordo com Brasil (2015) os negros ainda são a maior parte da população que têm seus direitos violados, fator que pode ser explicado não apenas pelo histórico escravocrata do país, como também pela falta de políticas públicas de combate às práticas de racismo e intolerância. Ademais é importante ressaltar que, embora a maioria da população brasileira (56,10) se declare negra, boa parte dela não ocupa cargos de poder, ou mesmo de tomada de decisão política no país. Esse dado, revelado pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD, 2019), alerta para o fato de que embora sejam maioria numérica, os negros ainda são minoria social, sendo que o racismo estrutural é uma prática ainda emergente e atual. Diante dessas duas afirmações - (BRASIL, 2015) e (PNAD, 2019) o referido projeto aborda por meio da pesquisa acadêmica as variadas formas de exclusão, enfrentamento, racismo, discriminação, cultura, religião e resistência da população negra no Brasil. Fazem parte do projeto, estudantes dos cursos de Pedagogia, Direito, Educação Física e Psicologia do Centro Universitário de Mineiros UNIFIMES; os professores associados à linha de pesquisa Direitos Humanos e representações sociais do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão Multidisciplinar NEPEM, bem como estudantes do curso de Pós-graduação lato sensu em Gestão de sala de aula no Ensino Superior. Como suporte teórico buscam-se os estudos de autores como Silva (2010), Gomes (2007), Munanga (2001) dentre outros que se dedicam às discussões sobre a população negra, seus direitos e demais estudos diaspóricos e decoloniais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (9) . , Integrantes: José Humberto Rodrigues dos Anjos - Coordenador / Ramila Rafaela Silva Sales - Integrante / Eleno Marques de Araujo - Integrante / Brenda Inácio Arantes - Integrante / Elisângela Maura Catarino - Integrante / Guilherme Sousa Borges - Integrante / Deise Katiuscia Xavier Kaisa Oliveira - Integrante / Gabriel Junio Oliveira Costa - Integrante / Bruno Luiz Santos Alves - Integrante / Kalíbia Marasca de Souza - Integrante / Eliza Maria Borba de Oliveira - Integrante / Brendha Moreira Rocha - Integrante / Paulynni Pereira Silva - Integrante / Vitor Emanuel Silva Santos - Integrante / Mithiele Pereira dos Santos - Integrante / Aderval dos Santos Reis - Integrante / Alline Caruzo Rosa - Integrante / Francislayne Gonzaga Rezende - Integrante / Raissy Pamela Martins Sousa - Integrante / Romão Emanuel de Souza Vargas - Integrante / Vitória Micheli Martins Da Silva - Integrante / Diego Plá da Luz - Integrante / Glabia Soraia Andrade Silva - Integrante.

  • 2019 - 2020

    Literatura Infanto-juvenil como subsídio para implementação da Lei 10.639/2003, Descrição: A educação para as relações étnico-raciais embora seja uma necessidade, e ao mesmo tempo uma exigência criada pela lei 10.639/2003, ainda enfrenta muitos desafios seja em sua implantação nas escolas, ou mesmo na produção de materiais didáticos que instrumentalizem a prática docente. Após 15 anos de sua promulgação, observa-se, sobretudo no cenário educacional goiano, que poucas são as iniciativas para que a o trabalho com as questões étnico-raciais seja de fato real. O grande entrave para que as práticas pedagógicas dos docentes sejam desenvolvidas de forma eficaz e eficiente é justamente a formação dos professores para tal trabalho, pois de nada adianta uma produção massiva de materiais se o docente não estiver preparado para mobilizar tais conteúdos em sala de aula. Neste sentido, propomos o presente projeto de pesquisa intitulado Literatura infanto-juvenil como subsídio para implementação da Lei 10.639/2003, que visa investigar as formas e possibilidades que a literatura infanto-juvenil, sobretudo aquela produzida no século XX, e por isso cognominada como parte integrante da Literatura Contemporânea, pode contribuir para o trabalho pedagógico voltado a uma educação étnico-racial. É preciso considerar a literatura não como mero pano de fundo para esta proposta, mas como um instrumento social pelo qual podemos promover a reflexão, o debate e, por conseguinte a identificação de si, e dos outros. Cândido (1972) ao falar da literatura como formação do homem, prelecionou que esta é uma arte capaz de promover não apenas a reflexão, mas proporcionar epifanias e catarses. Neste sentido, é importante salientar que enquanto arte a literatura é capaz de proporcionar no espaço da sala de aula, muitos momentos de aprendizagem e indo muito além do sistema ler-interpretar-responder. Tais reflexões e avanços ao sistema anteriormente descrito são fundamentais para que o trabalho docente em relação à educação étnico-racial aconteça nas salas de aulas. Muitos professores desconhecem as possibilidades de trabalho com a literatura, ou mesmo ficam limitados a títulos que são veiculados pela grande mídia em uma tentativa mercadológica de impulsionamento de um mercado editorial exclusivista. Percebemos, uma grande dificuldade em estabelecer discussões em sala de aula que avancem mais em relação à temática étnico-racial, uma vez que os professores e as escolas voltam a uma representação social do negro que o direciona apenas a temas de escravidão, ou de sua marginalidade em relação a outros temas. Desta maneira ficam à margem das discussões temas como a cultura, a língua, a linguagem e sobremaneira a literatura e os personagens negros. No projeto em tela, propomos, portanto, estudar a literatura infanto-juvenil como um subsídio para o trabalho com as relações étnico-raciais, apresentando o universo da literatura e suas possibilidades de explorar a história e a cultura afro-brasileira.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: José Humberto Rodrigues dos Anjos - Coordenador / Brenda Inácio Arantes - Integrante / Janiete Maria de Oliveira Silva - Integrante / Jorge Luiz Tolentino de Almeida - Integrante.

  • 2017 - 2017

    Racismo a brasileira: educação e relações étnico-raciais na perspectiva da Lei 10639/2003, Descrição: No Brasil vive-se uma discrepância, basta voltar o olhar para o passado e ver como essa nação se formou. Criou-se, décadas atrás, em terras brasileiras a errônea ideia de que há uma democracia racial o que atualmente se reflete na luta de um povo que foi explorado e discriminado somente pela cor da pele e pelas diferentes raízes culturais que explicavam suas origens. A Lei 10639/2003, dispõe sobre a obrigatoriedade da disciplina ?História e Cultura Afro-Brasileira?, afim de dar o valor, respeito e reconhecimento àqueles que influenciaram em diversos âmbitos culturais e tiveram sua grande participação no que hoje se consolida como Brasil. Espera-se com este estudo, discutir sobre o racismo brasileiro, possibilitando uma maior compreensão sobre este fenômeno ainda presente na sociedade, sobretudo no espaço escolar. Tal estudo, possibilitará uma reflexão sobre o processo de formação da sociedade brasileira, bem como de que forma o ordenamento jurídico tem colaborado para a garantia de que todos devem ser respeitados, indiferentemente à sua etnia. Com a implementação deste projeto, além das produções já citadas, temos como intenção solidificar o Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão Multidisciplinar ? NEPEN que busca de forma sistemática promover discussões que privilegiem o campo das linguagens, da educação e do combate às opressões. Intenciona-se ainda, apresentações e participações em seminários e congressos que contemplem a temática estudada, bem como a elaboração de um artigo de conclusão do projeto.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: José Humberto Rodrigues dos Anjos - Coordenador / Polyana Lopes Rinaldi - Integrante / Elce Nunes Nogueira da Costa - Integrante / Brenda Inácio Arantes - Integrante.

  • 2012 - 2015

    L.I.M.E.S. - Literatura e Imaginário, Marginalidade, Estética e Sociedade - UFG, Descrição: O Grupo L.I.M.E.S. pretende propor e participar de eventos acadêmicos que promovam a divulgação da sua atividade na esfera do aprofundamento e da ampliação dos conhecimentos literários no que se refere ao diálogo dos limites da Literatura com as questões do imaginário, marginalidade, estética e sociedade. Também está previsto o compartilhamento e troca de trabalhos desenvolvidos pelos pesquisadores e alunos envolvidos no grupo com outros pesquisadores do Brasil e exterior.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: José Humberto Rodrigues dos Anjos - Integrante / João Batista Cardoso - Coordenador / Lidiane Silva - Integrante.

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Goiás, Regional Goiás. , Praça Brasil Ramos Caiado, Centro Histórico, 76600000 - Goiás, GO - Brasil, Telefone: (62) 33721440, URL da Homepage:

Experiência profissional

2022 - Atual

Universidade Federal de Goiás

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 07/2022

    Direção e administração, Regional Goiás.,Cargo ou função, Conselheiros da Câmara de Graduação do CEPEC.

  • 07/2022

    Pesquisa e desenvolvimento, Regional Goiás.,Linhas de pesquisa

  • 07/2022

    Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Etnias, gênero, sexualidade e educação

  • 07/2022

    Ensino, Abi - Pedagogia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Educação Popular e Pedagogia Freireana, Literatura infanto-juvenil, Representações da pobreza e das violências no cinema e na literatura, Educação para Relações Étnico-Raciais, Literatura Brasileira produzida em Goiás

2015 - 2022

Centro Universitário de Mineiros

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 30

Outras informações:
Professor Efetivo do Centro Universitário de Mineiros - UNIFIMES, via concurso público homologado pelo Decreto Fundacional n° 179/2018. Foi editor chefe e fundador da Revista Interação Interdisciplinar, periódico científico do Centro Universitário de Mineiros - Unifimes, nomeado pela portaria 021 de 02 de fevereiro de 2017.

Atividades

  • 08/2019

    Direção e administração, Instituto Superior de Educação.,Cargo ou função, Coordenador do Núcleo de Formação e Assessoramento Pedagógico | NUFAPE.

  • 01/2019

    Extensão universitária , Instituto Superior de Educação.,Atividade de extensão realizada, Centro de Ensino de Línguas - CELIN | UNIFIMES.

  • 01/2018

    Direção e administração, Instituto Superior de Educação.,Cargo ou função, Coordenador do Centro de Ensino de Línguas | CELIN.

  • 01/2017

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Superior de Educação.,Cargo ou função, Membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

  • 08/2016

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História, Sociedade e Cultura Afro-brasileira, Africana e Indígena

  • 02/2016

    Ensino, Direito, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Linguagem Jurídica

  • 02/2016

    Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Leitura e Compreensão de Textos

  • 02/2016

    Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Leitura e Compreensão de Textos

  • 02/2016

    Ensino, Engenharia Civil, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Leitura e Compreensão de Textos

  • 04/2016 - 04/2016

    Ensino, Gestão de Sala de Aula no Ensino Superior, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Planejamento e Avaliação da Aprendizagem no Ensino Superior

2018 - 2019

Universidade do Estado de Mato Grosso

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 20

Atividades

  • 01/2018 - 12/2019

    Ensino, Letras, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado de Literaturas de Língua Portuguesa, Literatura Contemporânea, Literatura infanto-juvenil, Teoria da narrativa

2011 - 2013

FESURV - Campus Caiapônia

Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 30

Atividades

  • 01/2013 - 08/2013

    Ensino, Educação Física, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Cultura e política escolar, História da Educação, Projeto de pesquisa

  • 01/2011 - 08/2013

    Ensino, Direito, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Metodologia da pesquisa Científica, Metodologia da pesquisa jurídica

  • 01/2013 - 03/2013

    Ensino, Docência Universitária, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Ética e etiqueta docente

2018 - 2018

Faculdade Morgana Potrich

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 10

Atividades

  • 01/2018 - 12/2018

    Ensino, Direito, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Linguagem Jurídica

2012 - 2013

Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CNPQ, Carga horária: 8

Atividades

  • 01/2012 - 01/2013

    Estágios , Universidade Federal de Goiás.,Estágio realizado, Estágio Supervisionado nas disciplinas de Literatura.

2015 - 2015

Faculdade de Iporá

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

  • 01/2015 - 12/2015

    Ensino, Direito, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Linguagem Jurídica, Cultura e conhecimento

2014 - 2015

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - GO

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Supervisor Pedagógico, Carga horária: 40

2010 - 2015

Colégio ENGEMED

Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor/Coordenador, Carga horária: 40

Atividades

  • 01/2010

    Direção e administração, Colégio ENGEMED.,Cargo ou função, Coordenador pedagógico.

2009 - 2010

Colegio Estadual Professora Analícia Cecilia Barbosa da Silva

Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Contrato temporário, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 07/2009 - 07/2010

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Língua Portuguesa, Literatura brasileira

2013 - 2014

FUNDACAO ANTARES DE ENSINO SUPERIOR, POS-GRADUACAO, PESQUISA E EXTENSAO

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

2020 - Atual

Colégio ÁGAPE

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor da Educação Básica, Carga horária: 20

Atividades

  • 01/2020

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Literatura, Direitos Humanos