João Vitor Rodrigues Alencar

Professor de Filosofia do Instituto Federal do Pará (IFPA - campus Cametá). Graduado em filosofia pela Universidade de São Paulo (2007-2013), com iniciação científica na área de Estética (2011-2013, com apoio do CNPq). Desde 2016 é doutorando no programa de Pós-graduação do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada na área de Letras (FFLCH/USP), em que pesquisa o romance Estorvo (1991), de Chico Buarque, na linha "literatura e sociedade".

Informações coletadas do Lattes em 30/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)

2016 - Atual

Universidade de São Paulo
Título: Pelo olho mágico de Estorvo: forma e processo social em Estorvo, de Chico Buarque,
Orientador: Ana Paula de Sá e Souza Pacheco
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Lingüística, Letras e ArtesGrande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.

Graduação em Filosofia

2007 - 2013

Universidade de São Paulo
Título: Brás Cubas, romance filosófico?
Orientador: Luiz Fernando Franklin de Matos
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2013 - 2015

Formação pegagógica complementar equivalente a licenciatura plena. (Carga horária: 900h). , Claretiano Centro Universitário, Claretiano/BAT, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Rosivagno Marques de Nascimento

ALENCAR, J. V. R.; OLIVEIRA, R. M. S.; BENTO, Rodolpho C.. O uso do computador como ferramenta de comunicação. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Informática educativa) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - Campus Cametá.

Aluno: Maria Jocélia Oliveira Furtado

ALENCAR, J. V. R.; Bento, R. C.; NETO, Benedito. As TICs na educação infantil: os desafios e possibilidades da EMEI Dom José Elias Chaves. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Informática educativa) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - Campus Cametá.

Aluno: Neuzalina Furtado Cardoso

VIANA, Lília C. V.; TELES, Janete F.;ALENCAR, J. V. R.. Práticas de alfabetização e letramento. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Informática educativa) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - Campus Cametá.

Aluno: Zilene Baia Moraes

VIANA, Lília C. V.; TELES, Janete F.;ALENCAR, J. V. R.. A inserção do jogo educativo "Números para crianças" e suas contribuições no processo ensino-aprendizagem de alunos da turma Jardim II da EMEI Maria Regina Assunção. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Informática educativa) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - Campus Cametá.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

César Takemoto Quitério

TAKEMOTO, César; SOARES, Marcos; Pacheco, Ana Paula. Pelo olho mágico de Estorvo: forma e processo social no primeiro romance de Chico Buarque. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo.

Marcos César de Paula Soares

PACHECO, A. P. S. E. S.;SOARES, Marcos César de Paula; TAKAMOTO, C.. Pelo olho mágico de Estorvo: forma e processo social no primeiro romance de Chico Buarque. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo.

Ana Paula Sá e Souza Pacheco

PACHECO, A.P.; SOARES, M. C. P.; QUITERIO, C. T.. Pelo olho mágico de Estorvo: forma e processo social no primeiro romance de Chico Buarque. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Teoria Literária e Literatura Comparada) - Unidade de Saúde Pública Arnaldo Sampaio.

Walter Garcia da Silveira Júnior

PACHECO, A. P. S. E. S.; GONCALVES, A.;GARCIA, Walter.. Pelo olho mágico de Estorvo, de Chico Buarque. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo.

Anderson Gonçalves da Silva

GONÇALVES, A.; PACHECO, A. P. S. E. S.; GARCIA, W.. Estorvo de Chico Buarque. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Maria Jocélia Oliveira Furtado

As TICs na educação infantil: Os desafios e possibilidades da EMEI Dom José Elias Chaves; 2019; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Informática educativa) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - Campus Cametá; Orientador: João Vitor Rodrigues Alencar;

Rosivagno Marques de Nascimento

O uso do computador como ferramenta de comunicação; 2019; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Informática educativa) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - Campus Cametá; Orientador: João Vitor Rodrigues Alencar;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ALENCAR, João Rodrigues . A difusão da cidade em estorvo de Chico Buarque. Opiniães: revista dos alunos de Literatura Brasileira , v. 5, p. 18-27, 2016.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

ALENCAR, J. V. R. . Parecerista ad hoc do número 15 da Opiniães - revista dos alunos da literatura brasileira.. 2019.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    Pelo olho mágico de Estorvo: forma e processo social no primeiro romance de Chico Buarque, Descrição: O que teria levado o compositor e cantor popular Chico Buarque estrear no gênero romance com uma obra tão hermética como Estorvo? Esse passo estético inusitado teria ligação com as transformações sociais pelas quais passava o mundo e o país naquele final de século 20? Buscarei responder a essas e outras perguntas a partir de uma análise imanente da narrativa, tentando: a) identificar seus procedimentos técnicos (sobretudo, a construção da prosa e a montagem das cenas); b) mapear elementos históricos-sociais que compõem suas situações narrativas (com atenção especial à entrada de novos materiais e dinâmicas no campo da literatura brasileira); c) discernir uma posição subjetiva e de classe do narrador em relação àqueles materiais; d) indicar como esses temas e formas se relacionam com outras obras do autor; d) delinear a maneira como ele dialoga com os impasses legados pelo debate intelectual e artístico que vem desde pelo menos os anos 1960; e) descrever brevemente como ele reverbera seu contexto de produção e f) discutir sua recepção jornalística e acadêmica. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: João Vitor Rodrigues Alencar - Coordenador / Ana Paula de Sá e Souza Pacheco - Integrante.

  • 2011 - 2013

    Machado de Assis e o romance filosófico francês do século 18: tema e/ou forma?, Descrição: As várias citações que Machado de Assis faz das narrativas francesas do século 18 que ficaram conhecidas como filosóficas devem ser consideradas como influência e/ou ironia? O que elas dizem a respeito da importação dos temas e formas dessas narrativas ligadas às lutas liberais-progressistas para um Brasil ainda escravista? Este projeto busca responder a essas perguntas através de um estudo comparado das obras de maturidade de Machado de Assis (os romances Memórias póstumas de Brás Cubas e Dom Casmurro, bem como os contos Teoria do Medalhão e O espelho) e algumas dessas obras filosófico-literárias (O Cândido, de Voltaire; Isto não é um conto e Jacques, o fatalista, e seu amo, de Denis Diderot). Nele, buscamos: a) mapear as várias citações implícitas e explícitas dessas narrativas nas obras citadas de Machado; b) discernindo nessas citações as referências superficiais dos empréstimos técnicos mais profundos ; c) interpretar o estatuto com que essas referências funcionam dentro da relação entre temas e formas das narrativas machadianas; d) analisar como a recepção delas foi marcada pelo debate sobre seu gênero ?filosófico? ou ?filosofante?, desde a época de sua publicação até os dias de hoje; e) discutir (com apoio nos textos machadianos de crítica) o problema da formação dos gêneros romance e filosofia no Brasil. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: João Vitor Rodrigues Alencar - Coordenador / Luiz Fernando Batista Franklin de Matos - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2016 - Atual

Universidade de São Paulo

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2016 - 2017

Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Rondônia

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 40

Atividades

  • 05/2016 - 12/2017

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Filosofia (I, II, III e IV)

2018 - Atual

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - Campus Cametá, IFPA - Cametá

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor EBTT, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 12/2018 - 08/2019

    Ensino, Informática educativa, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, ASPECTOS ÉTICOS DO USO DE NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO, INFORMÁTICA APLICADA À EDUCAÇÃO ESPECIAL

  • 12/2018 - 08/2019

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Filosofia (I, II e III)

  • 12/2018 - 08/2019

    Extensão universitária , DEPEX, .,Atividade de extensão realizada, Projeto Literatura e Contemporaneidade.

  • 02/2019 - 06/2019

    Outras atividades técnico-científicas , DEPEX, DEPEX.,Atividade realizada, Teatro anglófono (disciplina oferecida ao curso de Letras Inglês da UFPA-Cametá em cooperação com o IFPA-Cametá).