GUINEVERRE ALVAREZ MACHADO DE MELO GOMES

Professora Adjunta do Centro de Formação em Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). Professora permanente do Mestrado em Ciências e Sustentabilidade (PPGCS) da UFSB. Líder do RG CLIMA - Grupo de Pesquisa em Mudanças Climáticas, Direito e Sociedade, na UFSB. Doutora em Administração pela Universidade Federal da Bahia (UFBA, 2016, com bolsa de estudos da CAPES), com estudos doutorais no United Nations University Institute of Advanced Studies in Sustainability (Instituto de Estudos Avançados em Sustentabilidade da Universidade da ONU), em Tokyo, Japão (2014), com bolsa de estudos da CAPES. É Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente e Bacharel em Direito pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC, com bolsa de estudos da CAPES), especialista em Direito Internacional (Damásio). Tem estudado direito e mudanças climáticas, o regime climático internacional, suas relações com o direito internacional, as florestas e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030.

Informações coletadas do Lattes em 13/03/2023

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em Administração

2012 - 2016

Universidade Federal da Bahia
Título: Implementação do REDD+ no Brasil: análise das ameaças e oportunidades, forças e fraquezas
Orientador: em United Nations University ( José Antonio Puppim de Oliveira)
com José Célio Silveira Andrade. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: mudanças climáticas; Mercado de Carbono Voluntário; UNFCCC; REDD+; Programa jurisdicional; Brasil. Grande área: Ciências Sociais AplicadasGrande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração Pública / Especialidade: Política e Planejamento Governamentais.

Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente

2007 - 2009

Universidade Estadual de Santa Cruz
Título: O DESCARTE DE MATERIAL DE INFORMÁTICA EM ITABUNA, BAHIA: Inferências jurídico-ambientais., Ano de Obtenção: 2009
Elis Cristina Fiamengue.Coorientador: Salvador Dal Pozzo Trevisan. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: lixo tecnológico; direito ambiental; resíduos sólidos.Grande área: Ciências Sociais AplicadasGrande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração Pública. Grande Área: Outros / Área: Ciências Ambientais.

Especialização em Direito Internacional

2017 - 2018

Damásio Educacional
Título: DE QUIOTO A PARIS: o Brasil e suas florestas nos tratados climáticos internacionais
Orientador: Thiago Romero

Graduação interrompida em 2015 em Administração

2012 - Atual

Universidade Estácio de Sá
Ano de interrupção: 2015

Graduação em Direito

2001 - 2005

Universidade Estadual de Santa Cruz

Formação complementar

2020 -

Educação em Direitos Humanos (online). (Carga horária: 30h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2020 - 2020

Políticas públicas e governo local (online). (Carga horária: 40h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2020 - 2020

Formação de facilitadores de aprendizagem. (Carga horária: 40h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2020 - 2020

Revista Científica: qualificação para novos editores (online). (Carga horária: 90h). , Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, UERGS, Brasil.

2020 - 2020

Impactos da mudança do clima para a gestão municipal (online). (Carga horária: 20h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2020 - 2020

Formação Docente para Professores de Direito. (Carga horária: 10h). , FGV (online), FGV, Brasil.

2018 - 2019

Introductory e-Course on Climate Change. (Carga horária: 12h). , UN Climate Change Learning Partnership, UNCC LEARN, Suiça.

2018 - 2019

International Climate Change Law and Policy. (Carga horária: 18h). , edX (online), EDX, Estados Unidos.

2018 - 2018

Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica. (Carga horária: 40h). , Ambiental Consulting, AC, Brasil.

2018 - 2018

Capacitação de Docentes para Compor o Banco de Avaliadores do Sistema Naci. (Carga horária: 90h). , Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, INEP/MEC, Brasil.

2014 - 2014

Science in Sustainability. (Carga horária: 12h). , United Nations University, UNU, Japão.

2013 - 2013

Institutions, Governance, and International Development. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2012 - 2012

Doctoral School on Latin American, European and Comparative. (Carga horária: 40h). , United Nations University Institute on Comparative Regional Integration Stu, UNU-CRIS, Bélgica.

2008 - 2008

Mecanismo de Desenv. Limpo Aplicado a Resíduos Sól. (Carga horária: 36h). , Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal, MMA, Brasil.

2008 - 2008

Cultura, Ideologia e Memória Social: encaminhando.. (Carga horária: 20h). , Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Mudanças climáticas e florestas.

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Governança climática.

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Gestão ambiental.

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito internacional.

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Divulgação Científica.

Organização de eventos

ALVAREZ, G. ; NASCIMENTO, I. T. R. . Workshop Como começar mal uma pesquisa - Diálogos UFSB e UFCA. 2021. (Outro).

ALVAREZ, G. ; NASCIMENTO, I. T. R. ; DOURADO, J. . A expansão do ensino superior brasileiro como estratégia de desenvolvimento territorial. 2020. (Outro).

ALVAREZ, G. ; NASCIMENTO, I. T. R. ; DOURADO, J. . Oficina Arena de Atores. 2020. (Outro).

ALVAREZ, GUINEVERRE ; AMARAL, M. A. . Oficina de currículo lattes. 2020. (Outro).

ALVAREZ, GUINEVERRE ; AMARAL, M. S. . Oficina de formatação de textos científicos. 2020. (Outro).

ALVAREZ, GUINEVERRE ; VERA, L. R. . Workshop Gestão de mídias sociais para divulgação científica. 2020. (Outro).

ALVAREZ, GUINEVERRE . Mesa RG Clima: mudanças climáticas na mata atlântica do extremo sul da Bahia.. 2019. (Outro).

ALVAREZ, G. ; NEVES, F. M. . Seminários RG Clima - Edição 2019.3. 2019. (Outro).

ALVAREZ, G. . Pesquisa e Direito: desafios para redução das desiguladades. 2018. (Outro).

Participação em eventos

Artesanato e Sustentabilidade Ambiental.Caminhos e perspectivas para o artesanato com sustentabilidade ambiental. 2021. (Encontro).

O Novo Código Florestal, a Lei da Mata Atlântica e as Propriedades Rurais no Extremo Sul da Bahia.O Novo Código Florestal, a Lei da Mata Atlântica e as Propriedades Rurais no Extremo Sul da Bahia. 2021. (Encontro).

6° CIPCI Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação. Avaliadora dos resumos de Iniciação Científica. 2020. (Congresso).

Como fazer educação a distância para quem não tem acesso à internet?. 2020. (Outra).

Curso de Gestão Social.Gestão social e desenvolvimento sustentável. 2020. (Encontro).

I Simpósio Internacional Dimensões da Ecologia: por um Estado de Direito Ecológico.Desafios da justiça interegeracional e mudanças climáticas. 2020. (Simpósio).

Simpósio Jurídico online Unime Itabuna.Justiça intergeracional e mudanças climáticas. 2020. (Simpósio).

Webinars de Direito das Mudanças Climáticas - Semana do Meio Ambiente. 2020. (Outra).

IV Encontro Interinstitucional de Conservação, Restauração e Economia Florestal.Mudanças climáticas e a mata atlântica do sul da Bahia. 2019. (Encontro).

IX Seminário de Pesquisa e Extensão do Extremo Sul da Bahia.GOVERNANÇA CLIMÁTICA POSTA EM PRÁTICA: CONSIDERAÇÕES A PARTIR DE TEIXEIRA DE FREITAS, BA. 2019. (Seminário).

Latin American and Caribbean Climate Week. 2019. (Encontro).

XXIII Seminário de Gestão Social.Formação Interdisciplinar e Internacionalização da Carreira Profissional. 2019. (Seminário).

20 Conferência das Partes da UNFCCC. 2014. (Encontro).

International Seminar REDD+ Implementation and Sustainable Forest Management. 2014. (Seminário).

Post-2015 Development Agenda ? For Integrating Sustainable Development Goals (SDGs) and Post Millennium Development Goals (MDGs). 2014. (Simpósio).

Consórdio Doutoral ANPAD. Governança e Co-beneficios de projetos de carbono florestal no Brasil: estudo de caso do projeto CO2 Neutro, na APA de Pratigi, Bahia. 2013. (Congresso).

XXXVII EnANPAD. Desafios e Limitações de Métodos Quantitativos de Pesquisa em Administração. 2013. (Congresso).

XXXVII EnANPAD. Métodos Qualitativos de pesquisa em Administração. 2013. (Congresso).

XXXVII EnANPAD. 2013. (Congresso).

Conferência Regional do Meio Ambiente. 2008. (Outra).

XII Seminário Integrador II e VII Encontro de Mestres da Rede PRODEMA.Políticas públicas para o descarte de material de microinformática em Itabuna, Bahia: adequação jurídico-ambiental.. 2007. (Seminário).

X Semana de Mobilização Científica - SEMOC - Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.Práticas de gestão ambiental em unidades de produção rural na rodovia Ilhéus-Itabuna, Bahia. 2007. (Outra).

3ª Conferência Nacional sobre Legislação Ambiental. 2006. (Outra).

A Reforma Tributária em Debate.A Reforma da Previdência e Tributária: o que necessita o Brasil. 2003. (Outra).

I Encontro sobre Responsabilidade Civil Médica. 2003. (Encontro).

Oficina sobre Sistemas Internacionais de Proteção dos Direitos Humanos.O Direito e as Vítimas do Direito. 2003. (Oficina).

XVI ERED. 2003. (Encontro).

1 Seminário de Direito do Consumidor.A responsabilidade objetiva no direito do consumidor. 2002. (Seminário).

Estudos sobre Direito e Contemporaneidade. 2002. (Seminário).

I Ciclo de Estudos do Direito.Diálogos com a Sociedade. 2002. (Outra).

I Ciclo de Estudos Jurídicos - Diálogos com a Sociedade.A Terra e o Direito. 2002. (Seminário).

III Fórum Brasil de Direito.As novas tendências do Direito Civil e do Direito Processual Civil. 2002. (Outra).

VIII Semana Jurídica.Direito Público para o 3 Milênio. 2002. (Outra).

Colóquio com Luis Fernandes - Globalização e Universidade. 2001. (Encontro).

XIV ERED. 2001. (Encontro).

Participação em bancas

Aluno: Ana Carine Oliveira do Nascimento

VENTURA, A. C.;ALVAREZ, G.; ROSA, S. M.; SANTANA, J. S.. Implementação de política pública com enfoque na minimização dos impactos socioambientais: Um instrumento participativo na Península de Itapagipe.. 2022. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Interdisciplinar e Profissional em Desenvolvimento e Gestão Social) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Jhonatas Santos da Silva

MARTINS, H. T.; RABBANI, R. M. R.;ALVAREZ, G.. Família e Estado Brasileiro ? Produção de Normas À(s) Famílias na Rota do Afeto. 2021. Exame de qualificação (Mestrando em ESTADO E SOCIEDADE) - Universidade Federal do Sul da Bahia.

Aluno: Daniel Augusto Frediani

DAVEL, E.; VENTURA, A. C.;ALVAREZ, GUINEVERRE; FRAGA, A. M.. Gestão Dialógica de Projetos Socioambientais: desafios de mobilização, avaliação e autonomia. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Interdisciplinar e Profissional em Desenvolvimento e Gestão Social) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Joana Souza Santos

ALVAREZ, G.; PAZO, C. G.; ALMEIDA, C. S.. Violência de gênero no município de Porto Seguro - Bahia: uma análise sobre o Centro de Referência ao Atendimento á Mulher (CRAM). 2021. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal do Sul da Bahia.

Aluno: Juliana Corona Andrade

ALVAREZ, G.; SANTOS, R. B.; PAZO, C. G.. Perspectivas de gênero e o sistema de justiça: o que a audiência de instrução ocorrida no "caso Mari Ferrer" nos diz sobre o patriarcado?. 2021. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal do Sul da Bahia.

Aluno: Danilo Ferreira de Almeida Farias

ALVAREZ, GUINEVERRE; CORREA, F. F.; FAGNELLO, C. R.. Agenda 2030 e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável como instrumentos de consubstanciação do Estado Socioambiental de Direito. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia.

Aluno: Gabriel Gil Lima Xavier

ALVAREZ, GUINEVERRE; NEVES, F. M.; CADUDA, S.. Desafios para governança do clima em Teixeira de Freitas, Bahia. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia.

Aluno: Lilian Santos de Oliveira

ALVAREZ, GUINEVERRE; BENINCA, D.; REGO, A. A.. Perfil socioeconômico do produtor feirante de hortifruti da Feira Livre da Cidade Alta de Itamaraju-Bahia. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia.

Aluno: Lethicia Nunes de Lemos Vasconcelos e Aire Gonçalves

ALVAREZ, GUINEVERRE; REGO, A. A.; GAMERMAN, I. M.. Contrato social: Hobbes, Locke, Rousseau e o Impeachment de Dilma Roussef. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia.

Aluno: Jhonatas Santos da Silva

ALVAREZ, GUINEVERRE; REGO, A. A.; NUNES, F.. Família na ótica do Estado: tutela às famílias nas Constituição Imperial do Brasil de 1824. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia.

Aluno: Vinicius Rocha Trindade da Silva

GOMES, G. A. M. de M.; FARIAS NETO, M. M.; REIS, L. C.. A influência da mídia no processo penal brasileiro: caso Escola Base e Isabella Nardoni. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - IUNI Educacional Unime Itabuna.

Aluno: Thiago Matos Villela

GOMES, G. A. M. de M.; FARIAS NETO, M. M.; REIS, L. C.. O beijo lascivo em reflexo da dignidade sexual. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - IUNI Educacional Unime Itabuna.

Aluno: Lucimario Santos Ferreira

GOMES, G. A. M. de M.; FARIAS NETO, M. M.; REIS, L. C.. A possibilidade da aplicação do princípio da insignificância na fase inquisitorial. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - IUNI Educacional Unime Itabuna.

Aluno: Erasmo dos Santos Bomfim

GOMES, G. A. M. de M.; SENNA, A. K. S.; ARAGAO, M. J. S.. A banalização do dano moral e as demandas judiciais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - IUNI Educacional Unime Itabuna.

Aluno: Francielly Dias Oliveira dos Santos

GOMES, G. A. M. de M.; SENNA, A. K. S.; ARAGAO, M. J. S.. Pedido de alimentos pós-dissolução do casamento. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - IUNI Educacional Unime Itabuna.

Aluno: Danielisson Oliveira Costa

GOMES, G. A. M. de M.; SENNA, A. K. S.; ARAGAO, M. J. S.. O cidadao portador de transtornos mentais no Brasil: reflexões a respeito da Lei 10.216/2001. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - IUNI Educacional Unime Itabuna.

Aluno: Almir Clemente Coelho Guimarães

GOMES, G. A. M. de M.; SENNA, A. K. S.; ARAGAO, M. J. S.. A violência doméstica e seus reflexos nos atos infracionais praticados por crianças e adolescentes. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - IUNI Educacional Unime Itabuna.

Aluno: Rodrigo de Almeida Barreto

GOMES, G. A. M. de M.; SENNA, A. K. S.; ARAGAO, M. J. S.. O desastre em Mariana: o maior crime socioambiental da história brasileira sob a ótica da tríplice responsabilização. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - IUNI Educacional Unime Itabuna.

GOMES, G. A. M. de M.; GUIMARAES, P. M.; LOPES, G. S.. Processo seletivo para professor titular - Edital 05/2017. 2017. IUNI Educacional Unime Itabuna.

GOMES, G. A. M. de M.; CARVALHO, P. A.; LOPES, G. S.. Processo seletivo para professor titular - Edital 05/2017. 2017. IUNI Educacional Unime Itabuna.

ALVAREZ, G.; KAVALEK, D. S.. Bancas de seleção para candidatos ao processo seletivo de aluno/a regular para preenchimento de vagas do Programa de Pós-graduação em Ciências e Sustentabilidade da UFSB. 2022. Universidade Federal do Sul da Bahia.

ALVAREZ, G.; REGO, A. A.; MULLER, T. S.. Bancas de seleção para candidatos ao processo seletivo de aluno/a regular para preenchimento de vagas do Programa de Pós-graduação em Ciências e Sustentabilidade, curso de mestrado acadêmico. 2021. Universidade Federal do Sul da Bahia.

Comissão julgadora das bancas

Antonio Carlos Alves Macedo

MACEDO, A. C. A.. O dano moral e a aplicabilidade de penas alternativas. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Ubaldino Marques da Silva Júnior

SILVA JÚNIOR, U. M.. O dano moral e o abuso do direito: a conscientização popular, a indústria do dano moral e a aplicabilidade de penas alternativas. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em DIREITO) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Paulo Dimas Rocha de Menezes

ANDRADE, José Célio Silveira;MENEZES, Paulo Dimas Rocha de; TREVISAN, Salvador dal Pozzo.; VITALE, Denise.; OLIVEIRA, José Antônio Puppim de. DESAFIOS PARA IMPLEMENTACAO DO REDD+ NO BRASIL: análise das ameaças, oportunidades, forças e fraquezas.. 2016. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal da Bahia.

Maria Teresa Franco Ribeiro

PEDROSA, José Geraldo;RIBEIRO, M. T. F.; MARTIN, J. L.. Governança e Co-Benefícios em Projetos de Carbono Florestal no Brasil: o caso do C02 neutro, na APA de Pratigi, Bahia, Brasil. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Administração) - Universidade Federal da Bahia.

Salvador Dal Pozzo Trevizan

FIAMENGUE, E.;TREVIZAN, S. D. P.; Silva Filho. Gestão do lixo de informática em Itabuna, BA: aspectos normativos, ambientais e sociais. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em Desenvolvimento Regional e Meio Ambien) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Salvador Dal Pozzo Trevizan

TREVIZAN, S. D. P.; Andrade, J. C. S.; OLIVEIRA, J. A. P.; MENEZES, P. D. R.; MENDES, D. C. V. R.. Desafios para implantação do REDD+ no Brasil: análise das ameaças e oportunidades, forças e fraquezas.. 2016. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal da Bahia.

José Carlos Lázaro da Silva Filho

FIAMENGUE, E.; TREVIZAN, S.;LÁZARO DA SILVA FILHO, J.C.. O descarte de equipamentso de informática em Itabuna, Bahia: Inferências Jurídico-Ambientais. 2009. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Elis Cristina Fiamengue

FIAMENGUE, E. C.; SILVA FILHO, J. C. L.; Trevizan, S D P. O descarte de equipamentos de informática em Itabuna/Bahia: inferências jurídico-ambientais. 2009. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

Paulo Cesar Pontes Fraga

Fiamenge, Elis;Fraga, Paulo Cesar Pontes; Trevisan, Salvador. O descarte de equipamentos de microinformática em Itabuna, Bahia: análise jurídico-ambiental. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Universidade Estadual de Santa Cruz.

José Antonio Puppim de Oliveira

ANDRADE, JOSÉ CÉLIO SILVEIRA; Salvador Dal Pozzo Trevizan; Paulo Dimas Rocha de Menezes; Denise Cristina Vitale Ramos;PUPPIM DE OLIVEIRA, JOSÉ A.. DESAFIOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DO REDD+ NO BRASIL: ANÁLISE DAS AMEAÇAS E OPORTUNIDADES, FORÇAS E FRAQUEZAS. 2016. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal da Bahia.

Orientou

Raissa Klasman

Gentrificação na Costa do Descobrimento; Início: 2022; Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS E SUSTENTABILIDADE) - Universidade Federal do Sul da Bahia; (Orientador);

Lucas de Souza Moreira

Compras sustentáveis na Universidade Federal do Sul da Bahia: Análise dos processos de licitação para aquisição de materiais de expediente; Início: 2021; Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS E SUSTENTABILIDADE) - Universidade Federal do Sul da Bahia; (Orientador);

Larissa Neves

O modelo de Gestão Ambiental da UFSB: Limitações e possibilidades na implementação de práticas de reciclagem no Campus Paulo Freire; Início: 2021; Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS E SUSTENTABILIDADE) - Universidade Federal do Sul da Bahia; (Coorientador);

Stefanie da Hora Silva

Vulnerabilidade socioclimática na Costa do Descobrimento; Início: 2022; Iniciação científica (Graduando em Direito) - Universidade Federal do Sul da Bahia, Universidade Federal do Sul da Bahia; (Orientador);

Paulo Afonso dAngeli Neto

Falando de vulnerabilidades na Costa do Descobrimento - projeto de extensão; Início: 2022; Orientação de outra natureza; Universidade Federal do Sul da Bahia; ufsb; (Orientador);

Patrícia Campista dos Santos

A ecologização do direito como resposta ética aos desafios planetários de sustentabilidade; 2020; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Lázaro Botelho Araújo

Educação para mudanças climáticas em escolas públicas de Teixeira de Freitas; Em que pé estamos?; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia, Universidade Federal do Sul da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Stefanie da Hora Silva

Mudanças climáticas globais e ações locais: a inserção do Programa Arboretum nos marcos regulatórios de florestas e clima; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Lilian Santos de Oliveira

Perfil socioeconômico do produtor feirante de hortifruti da Feira Livre da Cidade Alta de Itamaraju-Bahia; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Danilo Ferreira de Almeida Farias

Agenda 2030 e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável como instrumentos de consubstanciação do Estado Socioambiental de Direito; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Gabriel Gil Lima Xavier

Desafios para governança do clima em Teixeira de Freitas, Bahia; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Danilo Ferreira Almeida Farias

Programa Arboretum como potencializador da Agenda 2030 na mata atlântica do extremo sul da Bahia; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia, Ministério Público do Estado da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Gabriel Gil Lima Xavier

Adaptação baseada em ecossistemas: desafios para redução de riscos associados à mudança do clima na mata atlântica do extremo sul da Bahia; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia, Ministério Público do Estado da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Fernanda Moreira Tigre

Adaptação baseada em ecossistemas: desafios para redução de riscos associados à mudança do clima na mata atlântica do extremo sul da Bahia; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia, Ministério Público do Estado da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Stefanie da Hora Silva

Marcos regulatórios para as mudanças climáticas no Brasil: um olhar para a mata atlântica a partir do Programa Arboretum; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia, Universidade Federal do Sul da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Lázaro Botelho Araújo

Educação para as mudanças climáticas em escolas públicas no extremo sul da Bahia: o potencial da mata atlântica como tema mobilizador; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Ingrid Cardoso dos Santos

Agenda 2030 e Adaptação baseada em ecossistemas: percepção dos riscos à mudança do clima na mata atlântica do extremo sul da Bahia; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Interdisciplinar em Ciências) - Universidade Federal do Sul da Bahia, Ministério Público do Estado da Bahia; Orientador: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes;

Foi orientado por

Asher Kiperstok

Governança local e cobenefícios de projetos de caborno florestal no Brasil; Início: 2014; Tese (Doutorado em Núcleo de Pós graduação em Administração) - Universidade Federal da Bahia; (Coorientador);

Elis Cristina Fiamengue

O descarte de equipamentos de informática em Itabuna/Bahia: inferências jurídico-ambientais; 2009; Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Elis Cristina Fiamengue;

José Antonio Puppim de Oliveira

Florestas e mudancas climaticas (REDD+); 2014; Orientação de outra natureza - United Nations University, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: José Antonio Puppim de Oliveira;

Thiago Giovani Romero

DE QUIOTO A PARIS: o Brasil e suas florestas nos tratados climáticos internacionais; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós Graduação em Direito Internacional) - Damásio Educacional; Orientador: Thiago Giovani Romero;

Produções bibliográficas

  • NEVES, FREDERICO MONTEIRO ; ALVAREZ, GUINEVERRE ; CORRÊA, FÁBIO FERNANDES ; SILVA, JOÃO BATISTA LOPES . Drivers of vulnerability to climate change in the southernmost region of Bahia (Brazil). SOCIEDADE & NATUREZA (UFU. ONLINE) , v. 34, p. 1-15, 2021.

  • FARIAS, D. F. A. ; ALVAREZ, G. . A Agenda 2030 e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável como instrumentos de efetivação do Estado Socioambiental de Direito brasileiro. REVISTA DE DIREITO AMBIENTAL , v. 25, p. 355-377, 2020.

  • ALVAREZ, GUINEVERRE ; ELFVING, MARIA ; ANDRADE, CÉLIO . REDD+ governance and indigenous peoples in Latin America: the case of Suru Carbon Project in the Brazilian Amazon Forest. LATIN AMERICAN JOURNAL OF MANAGEMENT FOR SUSTAINABLE DEVELOPMENT , v. 3, p. 133, 2016.

  • PAIVA, D. ; GARCIA, L. F. ; VENTURA, A. C. ; ALVAREZ, G. ; ANDRADE, J. C. S. . Mercado Voluntário de Carbono: Análises de Cobenefícios de Projetos Brasileiros. RAC. REVISTA DE ADMINISTRAÇÃO CONTEMPORÂNEA (ONLINE) , v. 19, p. 45-64, 2015.

  • VENTURA, ANDRÉA CARDOSO ; FARIAS, LUANA DAS GRAÇAS QUEIRÓZ DE ; PAIVA, DANIELLE SOARES ; GOMES, GUINEVERRE ALVAREZ MACHADO DE MELO ; ANDRADE, JOSÉ CÉLIO SILVEIRA . Carbon market and global climate governance: limitations and challenges. International Journal of Innovation and Sustainable Development , v. 9, p. 28-47, 2015.

  • PAIVA, D. ; GOMES, G. A. M. de M. ; GARCIA, L. F. ; ANDRADE, J. C. S. . Voluntary carbon market and its contributions to sustainable development: analysis of the Monte Pascoal-Pau Brazil ecological corridor. International Journal of Innovation and Sustainable Development , v. 8, p. 1, 2014.

  • ALVAREZ, G. . A Organização e o Inconsciente. NAU Social , v. 4, p. 210-213, 2013.

  • SOUZA, A. L. R. de ; ANDRADE, J. C. S. ; ALVAREZ, G. ; SANTOS, N. . CARBON FINANCE IN THE WORLD AND IN BRAZIL: A STUDY ON FINANCING, INVESTMENT FUNDS AND INDICES OF ENVIRONMENTAL SUSTAINABILITY TO PROMOTE A LOW CARBON ECONOMY. REVISTA DE GESTAO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE , v. 2, p. 177-207, 2013.

  • FARIAS, L. Q. ; VENTURA, A. C. ; PAIVA, D. ; GOMES, G. A. M. de M. ; ANDRADE, J. C. S. . Mercado global de carbono e governança global do clima: desafios e oportunidades. DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE (UFPR) , v. 28, p. 11-27, 2013.

  • SOUZA, A. L. R. de ; ALVAREZ, G. ; ANDRADE, J. C. S. . Mercado regulado de carbono no Brasil: um ensaio sobre divergências contábil e tributária dos créditos de carbono. ORGANIZAÇÕES & SOCIEDADE (ONLINE) , v. 20, p. 675-697, 2013.

  • GOMES, G. A. M. de M. ; FIAMENGUE, E. C. . A gestão do lixo tecnológico em Itabuna-Bahia: inferências jurídico-ambientais. Fórum de Direito Urbano e Ambiental (Impresso) , v. 55, p. 47-58, 2011.

  • ALVAREZ, G. ; NASCIMENTO, I. T. R. . Onde os ?monstros? não têm vez: desmistificando ciência e pesquisa por caminhos de possibilidades. 1. ed. Juazeiro do Norte: Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação - PRPI, 2021. v. 1. 140p .

  • ALVAREZ, G. . Como começar mal uma pesquisa?. In: Guineverre Alvarez, Ives Romero Tavares do Nascimento. (Org.). Como começar mal uma pesquisa?. 1ed.Juazeiro do Norte: Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação - PRPI, 2021, v. 1, p. 71-79.

  • ALVAREZ, G. ; NEVES, F. M. ; CORREA, F. F. ; XAVIER, G. G. L. ; TIGRE, F. M. . Justiça intergeracional, mudanças climáticas e uso do solo: que considerações podemos fazer para a Mata Atlântica brasileira?. In: RODRIGUES, Léo Peixoto; SILVA, Rafael Braz; PRATES, Camila Dellagnese. (Org.). Sociologia ambiental: possibilidades epistêmicas e realidades complexas. 1ed.São Paulo: Paco, 2021, v. 1, p. 175-202.

  • ALVAREZ, G. ; ANDRADE, JOSÉ CÉLIO SILVEIRA . Desafios para a governança de REDD+UNFCCC no Brasil. In: Guilherme de Oliveira Schmitz, Rafael Assumpção Rocha. (Org.). Brasil e o Sistema das Nações Unidas : desafios e oportunidades na governança global. 1ed.Brasília: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, 2017, v. 15, p. 423-452.

  • VENTURA, A. C. ; ALVAREZ, GUINEVERRE ; ANDRADE, CÉLIO . Cidades Latinoamericanas no Clima. Correio 24 horas, Salvador, 27 ago. 2019.

  • OLIVEIRA, L. B. ; SILVA, J. S. ; ALVAREZ, G. . Custeio Do Ciclo De Vida Adicionado: Uma Abordagem Integrada Para Mensuração Dos Custos De Vida De Um Produto. In: VIII Conference GECAMB 2018 / Conferência de Contabilidade e Gestão Ambiental, 2018, Setubal. VIII Conference GECAMB 2018 Ebook. Setubal: Instituto Politécnico de Setúbal, 2018. p. 12-23.

  • ALVAREZ, G. ; ANDRADE, J. C. S. ; ELFVING, M. . Local governance and indigenous people in the brazilian amazon: How can organizations work together to operate REDD+?. In: 9th Research Workshop on Institutions and Organizations ? RWIO, 2014, Pirassununga, São Paulo. Proceedings of the 9th Research Workshop on Institutions and Organizations ? RWIO, 2014.

  • SOUZA, A. L. R. de ; ANDRADE, J. C. S. ; SILVA JUNIOR, A. C. ; ALVAREZ, G. ; GOULART, R. C. . Finanças climáticas no mundo e no Brasil: um estudo sobre financiadores, fundos de investimento e índices de sustentabilidade ambiental em prol de uma economia de baixo carbono. In: XXXVII EnANPAD, 2013, Rio de Janeiro. Anais do XXXVII EnANPAD, 2013.

  • PAIVA, D. ; ALVAREZ, G. ; ANDRADE, J. C. S. . Mercado de Carbono Voluntário: análise dos co-benefícios dos projetos brasileiros de carbono florestal para o desenvolvimento sustentável. In: XV Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente ENGEMA, 2013, São Paulo. Anais do XV Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente, 2013.

  • SOUZA, A. L. R. de ; SILVA JUNIOR, A. C. ; ALVAREZ, G. ; ANDRADE, J. C. S. . Financiamento do Carbono: Um Ensaio sobre as Iniciativas em Prol de uma Economia de Baixo Carbono no Brasil e no Mundo. In: XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP), 2013, Salvador. Anais do XXXIII ENEGEP, 2013.

  • SOUZA, A. L. R. de ; RAMOS, E. ; SILVA JUNIOR, A. C. ; GOMES, G. A. M. de M. . Custos de Transação e Investimentos Associados ao MDL: um ensaio no Brasil. In: Vth Conferência de Gestão e Contabilidade Ambiental da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, 2012, Coimbra. Vth Anais do GECAMB 2012, 2012.

  • PAIVA, D. ; GOMES, G. A. M. de M. ; ANDRADE, J. C. S. . Co-beneficios de projetos de redução de Gee do mercado voluntário: análise do Corredor Ecologico Monte Pascoal-Pau Brasil. In: VIII CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO (CNEG), 2012, Rio de Janeiro. Anais do VIII CNEG, 2012.

  • FARIAS, L. Q. ; VENTURA, A. C. ; PAIVA, D. ; GOMES, G. A. M. de M. ; ANDRADE, J. C. S. . O Papel do Mercado de Carbono na Governança Ambiental Global ? análise dos desafios e oportunidades. In: I Seminário de Graduação e Pós-graduação da ABRI/UNB, 2012, Brasília. Anais do I Seminário de Graduação e Pós-graduação da ABRI, 2012.

  • SOUZA, A. L. R. de ; GOMES, G. A. M. de M. ; ANDRADE, J. C. S. . Créditos de Carbono e as Divergências Contábeis e Tributárias: Análise do Contexto Regulatório da Comercialização de Créditos de Carbono oriundos de Projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) no Mercado de Carbono Brasileiro. In: XXXV Encontro da Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Administração - ENANPAD., 2011, Rio de Janeiro. ANAIS DO XXXV ENANPAD 2011, 2011.

  • SOUZA, A. L. R. de ; GOMES, G. A. M. de M. ; ANDRADE, J. C. S. . Créditos de Carbono: um Estudo sobre a Perspectiva Regulatória do Mercado de Carbono Brasileiro. In: Congresso Nacional de Excelência em Gestão CNEG, 2011, Rio de Janeiro. Anais do CNEG 2011, 2011.

  • SOUZA, A. L. R. de ; GOMES, G. A. M. de M. ; ANDRADE, J. C. S. . Créditos de Carbono e Marcos Regulatórios: um estudo sobre a perspectiva regulatória do Mercado de Carbono Brasileiro. In: EnAnpad 2011, 2011, Rio de Janeiro. Anais do ENANPAD 2011, 2011.

  • TIGRE, F. M. ; ALVAREZ, GUINEVERRE . ADAPTAÇÃO BASEADA EM ECOSSISTEMAS: DESAFIOS PARA REDUÇÃO DE RISCOS ASSOCIADOS À MUDANÇA DO CLIMA NA MATA ATLÂNTICA DO EXTREMO SUL DA BAHIA. In: 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020, 2020, Teixeira de Freitas. Anais do 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020. Itabuna: Cubo, 2020. v. 1. p. 69-69.

  • CARDOSO, I. ; NEVES, F. M. ; ALVAREZ, G. . CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO FLORESTAL DO PROGRAMA ARBORETUM COMO OPÇÕES DE RESPOSTA À MUDANÇA DO CLIMA, AO ODS 13 E À INDC BRASILEIRA. In: 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020, 2020, Teixeira de Freitas. Anais do 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020. Itabuna: Cubo, 2020. v. 1. p. 70-70.

  • ANGELI NETO, P. A. ; NEVES, F. M. ; ALVAREZ, G. . SISTEMAS SOCIOECOLÓGICOS NO EXTREMO SUL DA BAHIA: UMA ABORDAGEM A PARTIR DOS SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS EM COMUNIDADES RURAIS. In: 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020, 2020, Teixeira de Freitas. Anais do 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020. Itabuna: Cubo, 2020. v. 1. p. 71-71.

  • SILVA, S. H. ; NEVES, F. M. ; ALVAREZ, G. . MUDANÇAS CLIMÁTICAS GLOBAIS E AÇÕES LOCAIS: A CONTRIBUIÇÃO DO PROGRAMA ARBORETUM PARA OS MARCOS REGULATÓRIOS DE FLORESTAS E CLIMA. In: 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020, 2020, Teixeira de Freitas. Anais do 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020. Itabuna: Cubo, 2020. v. 1. p. 72-72.

  • FARIAS, D. F. A. ; NEVES, F. M. ; ALVAREZ, G. . PROGRAMA ARBORETUM COMO POTENCIALIZADOR DA AGENDA 2030 NA MATA ATLÂNTICA DO EXTREMO SUL DA BAHIA. In: 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020, 2020, Teixeira de Freitas. Anais do 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020. Itabuna: Cubo, 2020. v. 1. p. 74-74.

  • NASCIMENTO, V. C. G. ; ALVAREZ, G. ; NEVES, F. M. . PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS NO EXTREMO SUL DA BAHIA: O CASO DO PROGRAMA ARBORETUM DE CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO DA DIVERSIDADE FLORESTAL. In: 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020, 2020, Teixeira de Freitas. Anais do 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020. Itabuna: Cubo, 2020. v. 1. p. 75-75.

  • SANTOS, V. S. ; ALVAREZ, G. ; NEVES, F. M. . SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS FLORESTAIS E ADAPTAÇÃO ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS NO EXTREMO SUL DA BAHIA. In: 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020, 2020, Teixeira de Freitas. Anais do 6 Congresso de Iniciação a Pesquisa, Criação e Inovação ? 2020. Itabuna: Cubo, 2020. v. 1. p. 75-75.

  • ANDRADE, J. C. S. ; ALVAREZ, G. . The Role of the Private Sector in Global Climate Governance. In: XVIII ISA World Congress of Sociology, 2014, Yokohama. Proceedings of XVIII ISA World Congress of Sociology, 2014.

  • ALVAREZ, GUINEVERRE ; NEVES, F. M. . Crise climática e desafios para o extremo sul da Bahia. 2020. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVAREZ, GUINEVERRE . Justiça intergeracional e mudanças climáticas. 2020. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVAREZ, GUINEVERRE . Estratégias para abordagem de mudanças climáticas e restauração florestal no ensino superior: RG Clima. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVAREZ, G. . Mudanças climáticas e resíduos sólidos em Teixeira de Freitas: uma discussão necessária. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CORREA, F. F. ; ALVAREZ, G. . Mudanças climáticas e uso da terra: as pesquisas do RG Clima com o Programa Arboretum. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • TIGRE, F. M. ; XAVIER, G. G. L. ; ALVAREZ, GUINEVERRE ; NEVES, F. M. . Mudanças climáticas e adaptação baseada em ecossistemas na mata atlântica do extremo sul da Bahia: o que nos trazem experiências de restauração florestal?. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVA, S. H. ; ALVAREZ, GUINEVERRE ; NEVES, F. M. . Marcos regulatórios de mudanças climáticas no Brasil: um olhar a partir do Programa Arboretum. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ARAUJO, L. B. ; ALVAREZ, GUINEVERRE ; NEVES, F. M. . Educação para as mudanças climáticas em escolas públicas de Teixeira de Freitas: o que estamos fazendo?Educação para as mudanças climáticas em escolas públicas de Teixeira de Freitas: o que estamos fazendo?. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • FARIAS, D. F. A. ; ALVAREZ, GUINEVERRE ; NEVES, F. M. . Programa Arboretum como potencializador da Agenda 2030 na mata atlântica do extremo sul da Bahia. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • FARIAS, D. F. A. ; ALVAREZ, GUINEVERRE . O ESTADO SOCIOAMBIENTAL DE DIREITO EM TEMPOS DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS: uma interface teórica com a Agenda 2030. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ANGELI NETO, P. A. ; NASCIMENTO, V. C. G. ; NEVES, F. M. ; ALVAREZ, GUINEVERRE . MUDANÇAS CLIMÁTICAS E ADAPTAÇÃO BASEADA EM ECOSSISTEMAS NA MATA ATLÂNTICA DO EXTREMO SUL DA BAHIA: o que nos trazem experiências de restauração florestal?. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • XAVIER, G. G. L. ; NEVES, F. M. ; ALVAREZ, GUINEVERRE . ADAPTAÇÃO BASEADA EM ECOSSISTEMAS: MATA ATLÂNTICA. 2019. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • NASCIMENTO, V. C. G. ; NEVES, F. M. ; ALVAREZ, GUINEVERRE . AVALIAÇÃO DE INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE EM TEIXEIRA DE FREITAS/BA. 2019. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • ALVAREZ, GUINEVERRE . Mudanças climáticas a partir da terra: o que nos diz o IPCC. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FARIAS, D. F. A. ; ALVAREZ, GUINEVERRE . AGENDA 2030 NA MATA ATLÂNTICA DO EXTREMO SUL DA BAHIA: CONSIDERAÇÕES A PARTIR DA RESTAURAÇÃO FLORESTAL. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVAREZ, G. . O regime climático internacional e o dever de casa do Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVAREZ, G. . Antigos e novos desafios das mudanças climáticas para o Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVAREZ, G. . Governança e Co-beneficios de projetos de carbono florestal no Brasil: estudo de caso do projeto CO2 Neutro, na APA de Pratigi, Bahia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SOUZA, A. L. R. de ; ANDRADE, J. C. S. ; SILVA JUNIOR, A. C. ; ALVAREZ, G. ; GOULART, R. C. . Finanças climáticas no mundo e no Brasil: um estudo sobre financiadores, fundos de investimento e índices de sustentabilidade ambiental em prol de uma economia de baixo carbono. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GOMES, G. A. M. de M. . La dinámica internacional en proyectos de carbono florestal en Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GOMES, G. A. M. de M. ; TREVIZAN, S. D. P. ; FARIAS, L. Q. ; QUERINO, W. . A insustentabilidade ambiental do descarte do lixo tecnológico em Itabuna - Bahia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • QUERINO, W. ; FARIAS, L. Q. ; GOMES, G. A. M. de M. . Disposição de resíduos sólidos no comércio varejista de Itabuna, Bahia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTOS, J. C. ; Williane Oliveira Querino ; FARIAS, L. Q. ; GOES, A. O. S. ; CASTRO, S. B. ; GOMES, G. A. M. de M. ; SANTANA, E. S. ; FARIAS, C. Q. . Gestão Ambiental desenvolvida pela indústria DPAM/Nestlé: uma visão dos colaboradores e da comunidade no município de Itabuna, Bahia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • GOMES, G. A. M. de M. . O municipio e o lixo: um debate pela sustentabilidade. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GOMES, G. A. M. de M. . Metodologia da Pesquisa: o uso da linguagem cientifica. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Santos, D. S. ; Manz, J. ; GOMES, G. A. M. de M. ; DIAS, P. A. . Práticas de gestão ambiental em unidades de produção rural na rodovia Ilhéus-Itabuna, Bahia. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVAREZ, G. ; NASCIMENTO, I. T. R. . Onde os ?monstros? não têm vez: desmistificando ciência e pesquisa por caminhos de possibilidades. Juazeiro do Norte, Ceará, 2021. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

  • ALVAREZ, G. ; NASCIMENTO, I. T. R. . Onde os ?monstros? não têm vez: desmistificando ciência e pesquisa por caminhos de possibilidades. Juazeiro do Norte, Ceará, 2021. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

Outras produções

ALVAREZ, GUINEVERRE . Avaliação de autorização de curso para INEP/MEC (cód. 142872). 2018.

ALVAREZ, G. . Avaliação ad hoc - Projeto Consolidação da experiência das novíssimas universidades federais brasileiras enquanto estratégias de desenvolvimento territorial. 2022.

ALVAREZ, G. . Parecer de artigo científico - Revista Paranoá. 2022.

ALVAREZ, G. . Parecer sobre aproveitamento de componentes curriculares em nível de mestrado. 2022.

ALVAREZ, G. ; PIRES, L. C. . Projeto de Regulamento para credenciamento docente no PPGCS UFSB. 2022.

ALVAREZ, G. . Parecer de artigo científico - Revista Veredas. 2022.

ALVAREZ, G. ; SILVA, J. B. L. ; LIMA, M. R. ; PIRES, L. C. . Revisão Regimento Interno do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Sustentabilidade- PPGCS UFSB. 2021.

ALVAREZ, G. ; SILVA, J. B. L. ; LIMA, M. R. ; PIRES, L. C. . Regimento Interno do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Sustentabilidade- PPGCS UFSB. 2021.

ALVAREZ, G. ; SILVA, J. B. L. ; RONER, M. N. B. ; GAFFO, L. ; HERCULANO, B. G. N. P. . Autoavaliação do Programa de Pós-graduação em Ciências e Sustentabilidade (PPGCS). 2021.

ALVAREZ, G. . Parecer sobre aproveitamento de componentes curriculares em nível de mestrado. 2021.

ALVAREZ, G. ; PIRES, L. C. . Parecer de condições e viabilidade de credenciamento docente para o PPGCS UFSB. 2021.

ALVAREZ, GUINEVERRE . Avaliação de projeto de pesquisa do Programa Institucional de Iniciação científica e tecnológica (PIICT) da Universidade Federal do Cariri (UFCA). 2019.

ALVAREZ, GUINEVERRE . avaliação de projeto de pesquisa do Programa Institucional de Iniciação científica e tecnológica (PIICT) da Universidade Federal do Cariri (UFCA). 2019.

ALVAREZ, GUINEVERRE . Parecer do Artigo Científico 22564-76918 - Revista O&S. 2017.

VENTURA, A. C. ; ALVAREZ, G. ; ANDRADE, CÉLIO . Soluções para Mudanças Climáticas: o papel da Semana do Clima da ONU. 2019; Tema: Mudanças climáticas. (Blog).

ANGELI NETO, P. A. ; SILVA, S. H. ; ALVAREZ, G. . Perfil do grupo de pesquisa RG Clima no Instagram. 2019; Tema: Mudanças climáticas, Direito e Sociedade. (Rede social).

MOREIRA, L. S. ; ALVAREZ, G. . Boas práticas para compras sustentáveis nas Universidades públicas brasileiras. 2022. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha /ebook).

MOREIRA, L. S. ; ALVAREZ, G. . Melhoras práticas para compras sustentáveis em Universidades públicas brasileiras. 2022. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha /ebook).

ALVAREZ, GUINEVERRE . Experiências de ensino, pesquisa e extensão em Desenvolvimento Regional e Mudanças Climáticas. 2019. .

ALVAREZ, GUINEVERRE ; AMARAL, M. A. . Minicurso de Iniciação à Pesquisa Qualitativa - Módulo II. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

ALVAREZ, GUINEVERRE ; PIRES, C. C. . Minicurso de Iniciação à Pesquisa Qualitativa - Módulo I. 2018. .

Projetos de pesquisa

  • 2022 - Atual

    Vulnerabilidades sócio climáticas na Costa do Descobrimento: conjunturas locais e reflexões para a justiça climática, Descrição: Trata-se de um projeto de pesquisa que visa desenvolver um painel de vulnerabilidades sociais e climáticas para a Costa do Descobrimento para, a partir de tal ponto, discutir questões centrais da justiça climática na região. Neste documento está expressado o Ano 1 da proposta. É integrado por um Plano de Trabalho para bolsista de iniciação científica (Anexo I), que atuará na vila de Santo André, pertencente ao município baiano de Santa Cruz Cabrália. Foi criado na conjuntura do reconhecimento de que o aquecimento global agravado pelo homem tem produzido uma crise climática sem precedentes, geradora de inúmeras perdas e calamidades globais e sentida com maior intensidade por países de baixa renda. A vulnerabilidade de uma população é produto da exposição física a um perigo natural e da capacidade humana de se preparar para desastres ou mitigar e recuperar-se dos seus impactos negativos. Uma vez que a vulnerabilidade é diferente dentro das comunidades e entre sociedades, regiões e países, mas impulsionada por padrões de desenvolvimento socioeconômico que se cruzam, discutir sua distribuição desigual e o (re)conhecimento dessas condições de vulnerabilidade pode fortalecer ações de mitigação e adaptação às mudanças climáticas e ainda direcionar transições para um quadro de redução de riscos e desfechos negativos. Esta discussão também se insere em outras temáticas, para além das já citadas, com a de implementação da Agenda 2030, destacadamente o ODS 13 (Ação contra a mudança global do clima) e do Acordo de Paris.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes - Coordenador / Stefanie da Hora Silva - Integrante / Robson Tarsis - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal do Sul da Bahia - Bolsa.

  • 2019 - 2021

    Agenda 2030 e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: ação contra a mudança global do clima na mata atlântica do extremo sul da Bahia, Descrição: Tratados sobre o clima e planos de ação globais são idealizados e buscados pelos países para orientar suas ações sob o paradigma do desenvolvimento sustentável. Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e a Agenda 2030 nascem neste arcabouço científico e político que prevê expressamente tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos (ODS 13), o que não pode olvidar os esforços locais para sua efetiva implementação. Assim, conhecer e analisar ações no país que contribuem para o combate às mudanças climáticas e seus impactos, com base nas principais e mais recentes normas e Agendas internacionais sobre o tema (Acordo de Paris e Agenda 2030, por exemplo) é providência crucial para se refletir sobre um efetivo e possível desenvolvimento mais harmônico com as necessidades ambientais do planeta. Neste sentido, este projeto de pesquisa pretende analisar os desafios e contribuições do Programa Arboretum de Conservação e Restauração da Diversidade Florestal para as metas do Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 13 e implementação da Agenda 2030 na região da mata atlântica do extremo sul da Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes - Coordenador / Frederico Monteiro Neves - Integrante / Danilo Ferreira Almeida Farias - Integrante / Stefanie da Hora Silva - Integrante / Lázaro Botelho Araújo - Integrante / Fernanda Moreira Tigre - Integrante / Gabriel Gil Lima Xavier - Integrante / Fabio Fernandes Correa - Integrante., Financiador(es): Ministério Público do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.

  • 2019 - 2021

    Serviços ecossistêmicos florestais e metas brasileiras de enfrentamento das mudanças climáticas na mata atlântica do extremo sul da Bahia, Descrição: Dentre os intensos e complexos processos de negociação entre diversas nações do globo em busca por possíveis soluções neste campo, as florestas e seus serviços ecossistêmicos têm ganhado cada vez mais espaço, uma vez que são elementos imprescindíveis para estabilização da temperatura climática e atuam no sequestro e estocagem de gases de efeito estufa. O paradoxo do caso, no entanto, é que as florestas e seus serviços ecossistêmicos são também afetados negativamente pelas mudanças climáticas, além de historicamente serem vulneráveis à ação humana no Brasil. Neste sentido, este projeto de pesquisa visa identificar e analisar serviços ecossistêmicos em projetos de restauração florestal na região do extremo sul da Bahia, bem como a contribuição para o cumprimento de metas nacionais e internacionais de enfrentamento das mudanças climáticas a partir das mesmas. Para tanto, tem como foco as ações do Programa Arboretum, do Ministério Público do Estado da Bahia, e seus Núcleos de coleta de sementes e plantio de mudas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes - Integrante / Frederico Monteiro Neves - Coordenador / Gabriel Anderson de Sousa Cruz - Integrante / Paulo Afonso de Angeli Neto - Integrante / Vitória Caroline Gonçalves Nascimento - Integrante / Viviane Santana dos Santos - Integrante., Financiador(es): Ministério Público do Estado da Bahia - Bolsa.

  • 2019 - Atual

    A expansão do ensino superior brasileiro como estratégia de desenvolvimento territorial: o caso das novíssimas universidades federais, Descrição: Este projeto de pesquisa tem como objetivo geral analisar como se efetivou, a partir da dimensão político-institucional, a criação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) e da Universidade Federal do Sul Sudeste do Pará (UNIFESSPA) como estratégias de desenvolvimento territorial. Parte de um trabalho acadêmico desenvolvido sobre as condicionantes políticas e institucionais que criaram a Universidade Federal do Cariri (UFCA), no sul do Ceará. Esta instituição foi estruturada mediante uma necessidade local de vagas de ensino superior público e gratuito aliada à ação de diversos atores que, diante de diversos interesses e motivações, atuaram em prol da nova universidade no Cariri cearense. Um dos achados da pesquisa-base disse respeito ao fato de que a UFCA representou efetivamente uma política pública estratégica de desenvolvimento territorial, encampada pelo governo federal e viabilizada pelos atores sociais locais. Isso dotou a universidade de um caráter regional que vai além do seu nome. O que esta proposta de pesquisa quer saber é se há convergências e divergências com o caso das outras três novíssimas universidades federais brasileiras, tal como a UFCA. Para tanto, terá como abordagem a pesquisa qualitativa, estruturada por meio de um estudo de caso. Como fontes de dados, serão selecionados documentos, bibliografia e realizadas entrevistas. A análise será realizada pela triangulação dos dados, técnica principal, e pela arena de atores, técnica complementar. Após três anos de execução da pesquisa, os resultados serão úteis para se descobrir os meandros de criação de cada instituição universitária, diante da perspectiva político-institucional do desenvolvimento territorial, além de estruturar um modelo comparativo com a UFCA e, assim, traçar aprendizagens e conhecimentos sobre esses fenômenos institucionais brasileiros... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) . , Integrantes: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes - Integrante / Ives Tavares Romero do Nascimento - Coordenador / Milanya Ribeiro da Silva - Integrante / Eva Regina do Nascimento Lopes - Integrante / Raimundo Dalmir Luiz de Souza - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Universidade Federal do Cariri - Bolsa.

  • 2013 - 2017

    Cobenefícios em prol do Desenvolvimento Sustentável de Projetos de Redução de Gases do Efeito Estufa (GEE) no Brasil, Descrição: O presente projeto pretende contribuir para o desenvolvimento de novas técnicas, métodos e procedimentos que colaborem de maneira eficiente e eficaz para a mitigação e adaptação às mudanças climáticas e desenvolvimento sustentável no Brasil, principalmente na região semiárida do Estado da Bahia. Para tal, este projeto tem como objetivo geral analisar os cobenefícios para o desenvolvimento sustentável dos projetos de redução de GEE que vem sendo desenvolvidos para enfrentamento das mudanças climáticas no Brasil. Isto é, os outros possíveis benefícios para o desenvolvimento sustentável gerados por esses projetos, para além da redução da emissão de GEE para a atmosfera, tais como: criação de empregos, promoção de energias renováveis, mitigação da pobreza, etc. O caráter abrangente do tema e as múltiplas possibilidades de investigação permitem o desdobramento do objetivo geral nos seguintes objetivos específicos: 1) Conhecer quais os projetos de redução de GEE que vem sendo desenvolvido no Brasil, e mais especificamente na região semiárida da Bahia, no mercado de créditos de carbono e em atividades de tecnologias sociais e demais tecnologias ainda não incluídas neste mercado 2) Identificar quem são os principais atores do Brasil direta ou indiretamente envolvidos no desenvolvimento de políticas, projetos e tecnologias de redução de GEE para enfrentamento às mudanças climáticas 3) Evidenciar o perfil dos projetos de redução de GEE desenvolvidos no mercado de carbono no Brasil (tipologia, volume de GEE reduzido, instrumentos de comercialização, cobenefícios sociais, ambientais e econômicos para o desenvolvimento sustentável, tecnologias ambientais empregadas, etc.) 4) Evidenciar o perfil dos projetos de redução de GEE que utilizam tecnologias sociais e tecnologias ambientais implantadas no Brasil, porém ainda não incluídas no mercado de carbono e que possuam potencial de viabilidade econômica para seu desenvolvimento 5) Evidenciar os processos de transferênc. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (3) . , Integrantes: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes - Integrante / Danielle Paiva - Integrante / Andréa Cardoso Ventura - Integrante / ANDRADE, JOSÉ CÉLIO SILVEIRA - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2013 - 2016

    ANÁLISE DOS COBENEFÍCIOS DOS PROJETOS DE REDUÇÃO DE EMISSÃO DE GASES DO EFEITO ESTUFA NO BRASIL, Descrição: A estipulação do Protocolo de Kyoto (PK) ? acordo internacional multilateral formulado em 1997 e com início de vigência em 2005 ? visa à adoção de estratégias globaispara enfrentamento das mudanças climáticas, o que oportunizou a criação de um novo ativofinanceiro: os créditos de carbono. Essa nova ?moeda? permite que países desenvolvidos(com efetivas metas de redução da sua emissão de gases do efeito estufa) e países emdesenvolvimento (sem metas de redução definidas pelo acordo, entre eles o Brasil, China,Índica, África do Sul) negociem entre si Reduções Certificadas de Emissão (RCEs), resultantede projetos promovidos por estes para auxiliar no cumprimento das metas daqueles. Nestecontexto, surge o chamado Mercado de Carbono.Em geral, os projetos desenvolvidos no âmbito do PK e mediados pela ConvençãoQuadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (UNFCCC) integram o que atualmentese denomina de ?mercado regulado de carbono?. São os mecanismos de desenvolvimentolimpo (MDL), que devem atender a um duplo objetivo: redução de emissão de Gases doEfeito Estufa (GEEs) e promoção do desenvolvimento sustentáve l. Os possíveis incrementossociais, ambientais e econômicos trazidos às localidades onde estes projetos sãoimplementados são chamados de ?cobenefícios?, sendo considerados adicionais à redução deGEE. Diversas pesquisas vêm apontando limitações importantes do mercado regulado emtrazer cobenefícios, tendo em vista, especialmente, a não definição, por parte do PK, de quaisos critérios a serem adotados por cada país para categorizar um projeto de MDL como umaestratégia que está promovendo desenvolvimento sustentável.Além do expressivo volume de comercializações de créditos de carbono realizadasneste ambiente institucional, é crescente o movimento de negociações de créditos entreempresas e países que não possuem metas definidas de redução de GEE e estão, portanto, forada abrangência do PK. Atrás de objetivos diversos, esses atores vêm movimentando umnúmero significativo de ativos de carbono, no chamado ?mercado voluntário de carbono ?. Este vem sendo paulatinamente reconhecido como um mercado capaz de gerar cobenefíciosbastante exitosos, guiados por Padrões Internacionais (PI). Aparentemente, isso se deve aofato de que, muitas empresas adotam projetos voluntários de carbono para não apenas reduzirsuas emissões, adequandose às exigências mundiais, mas também para promover ações deresponsabilidade socioambiental. Com isso, os PI adotam regras rigorosas para poderassegurar aos compradores de créditos que os projetos por eles financiados efetivamente irãotrazer benefícios verificáveis às comunidades impactadas, gerando com isso uma boa imagemcorporativa para compradores e vendedores de créditos.Adicionalmente às estratégias de mercado, em estratégias ligadas ou não a ele, algunspaíses têm lançado mão de Ações de Mitigação Nacionalmente Apropriadas (NAMAs, nasigla em inglês), as quais se constituem em um conjunto de políticas e ações que traduzem umcompromisso do país em reduzir as emissões de gases de efeito estufa. O Brasil, em especial,registrou seu projeto de NAMAs durante a Convenção da ONU sobre Mudanças Climáticasem Copenhague, em 2009, ao definir de forma voluntária e ambiciosa suas metas de reduçõesde emissões de GEE. Tal projeto foi convertido em lei nacional, a Política Nacional sobreMudança do Clima (Lei n. 12.187/2009), cujo objetivo se pretende alcançar com medidasgerais de adaptação e/ou mitigação e, em especial, na diminuição do desmatamento naAmazônia brasileira e outros biomas. Nesta perspectiva, destacamse projetos desenvolvidos no país que objetivam a recuperação de áreas florestais degradadas e a redução de emissões deGEEs por desmatamento, através de incentivos do mercado de carbono... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes - Integrante / PAIVA, DANIELLE SOARES - Integrante / ANDRADE, JOSÉ CÉLIO SILVEIRA - Coordenador / Sonia Gomes - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2013

    Tecnologias Ambientais e Sociais para Enfrentamento das Mudanças Climáticas no Nordeste Brasileiro, Descrição: O projeto pretende contribuir para o desenvolvimento de novas técnicas, métodos e procedimentos que colaborem de maneira eficiente e eficaz para a mitigação e adaptação às mudanças climáticas e desenvolvimento sustentável no Nordeste do Brasil, principalmente na região semiárida do Estado da Bahia. Para tal, este projeto tem como objetivo geral analisar os projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, do mercado voluntário de carbono, das tecnologias sociais e demais tecnologias de enfrentamento das mudanças climáticas e soluções que vem sendo desenvolvidas na região, verificando seu posicionamento tecnológico frente ao Brasil e ao mundo e as oportunidades existentes na Bahia. Os procedimentos metodológicos desta investigação estão divididos em três fases. A primeira fase de realização deste projeto de pesquisa terá um caráter exploratório, tendo como propósito a construção de uma grade analítica adequada e robusta para responder ao problema de pesquisa. A segunda fase será dedicada à construção da grade analítica. Será construído um quadro teóricometodológico de referência, a partir da análise dos dados coletados durante a pesquisa exploratória e do aprofundamento da revisão da literatura especializada (nacional e estrangeira), visando à operacionalização de pelo menos 10 estudos de caso na terceira fase da pesquisa. Na terceira fase, serão selecionados ao menos 10 projetos de diferentes tipos de mercado de carbono (voluntário ou regulado) e de tecnologias sociais e demais tecnologias ainda não inseridas no mercado de carbono, que já estejam em operação, pelo menos em escala piloto, em diferentes setores produtivos no Nordeste do Brasil, principalmente na região semiárida do Estado da Bahia... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes - Integrante / Ricardo Curi Goulart - Integrante / VENTURA, ANDRÉA CARDOSO - Integrante / PAIVA, DANIELLE SOARES - Integrante / ANDRADE, JOSÉ CÉLIO SILVEIRA - Coordenador., Financiador(es): Universidade Federal da Bahia - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2013

    Investigacion en modelos de proyecos MDL a ser implementados por empresas brasilenas para mejorar su contribucion al Desarrollo Humano, Descrição: El proyecto tiene como finalidade contribuir a la mejora del impacto sobre el desarrollo humano de los proyectos llevados a cabo en el marco del Mecanismo de Desarrollo Limpio (MDL) previsto en el Protocolo de Kioto. Este se encuentra justificado por el propio objetivo dual del MDL: facilitar la reduccion de emisiones de pases desarrollados y contribuir al desarrollo sostenible de los pases en desarrollo. Para ello, se trabajara de manera especfica en el contexto de los MDL implementados por empresas brasilenas en una investigacion que plantea 2 etapas diferenciadas de investigacion: Un estudio de campo sobre 10 MDL siendo implementados por empresas brasilenas. Una propuesta de modelos de proyectos MDL que contribuyan significativamente a la mejora del desarrollo humano de las comunidades del entorno del proyecto. Para la realizacion de la primera etapa de la investigacion, se utilizara el S&E Standard. Este estandar ha sido disenado por el GOCMA, y consiste en una herramienta flexible de principios gua, criterios e indicadores. Los resultados se difundir an con el fin de oner a disposicion de ONG, universidades, gobiernos y empresas las herramientas desarrolladas y los analisis realizados. Con todo ello se pretende contribuir al acercamiento de los proyectos ligados a la mitigacion de la emision de gases de efecto invernadero al desarrollo de las poblaciones mas desfavorecidas de los pases del Sur, a traves del enfoque de los mismos a actuaciones con impacto en el desarrollo... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes - Integrante / Luz Fernandez Garcia - Integrante / VENTURA, ANDRÉA CARDOSO - Integrante / ANDRADE, JOSÉ CÉLIO SILVEIRA - Coordenador / JANICE APARECIDA JANISSEK DE SOUZA - Integrante / ANA CRISTINA TELESFORO - Integrante / JULIO MARTIN - Integrante / ALESSANDRA BITENCOURT - Integrante., Financiador(es): Universidad Politecnica de Madrid - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2013

    Contribuciones de las Tecnologías Sociales Aplicadas al Desarrollo Humano y la Mitigación y Adaptación de los efectos del Cambio Climático, Descrição: Identificar el potencial de las experiencias de innovación social en materia tecnológica que se están implementando en Brasil, para actuar como mecanismos de mitigación y/o adaptación al cambio climático, y como contribución al desarrollo humano de las comunidades en las que se implementan. Explorar la posibilidad de replicar estas experiencias a distintas escalas... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (3) . , Integrantes: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes - Coordenador / Luz Fernandez Garcia - Integrante / VENTURA, ANDRÉA CARDOSO - Integrante / ANDRADE, JOSÉ CÉLIO SILVEIRA - Integrante / JULIO LUMBRERAS - Integrante.

  • 2010 - 2013

    A PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA NO MERCADO DE CARBONO GLOBAL: UMA ANÁLISE COMPARATIVA, Descrição: Descrição: A estipulação do Protocolo de Kyoto, acordo multilateral formulado em 1997 que entrou em vigor, em nível mundial, em 2005, visando à minimização das mudanças climáticas globais, trouxe consigo a criação de um novo ativo financeiro: os créditos de carbono. Essa nova moeda permite que países desenvolvidos (com efetivas metas de redução da sua emissão de Gases do Efeito Estufa (GEE) perante o primeiro período devigência do Protocolo, compreendido entre 2008 e 2012) e países em desenvolvimento (sem metas de redução para o primeiro período de compromissos do Protocolo) negociem entre si Reduções Certificadas de Emissão (RCEs) promovidas por estes, para auxiliar no cumprimento das metas daqueles. Neste contexto, surge o chamado Mercado de Créditos de Carbono. Além do expressivo volume de comercializações de créditos de carbono realizadas no âmbito do Protocolo, mediado pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (UNFCCC), no agora denominado mercado regulado , é crescente o movimento de negociações de créditos entre empresas e países que não possuem metas definidas de redução de GEE. Atrás de objetivos diversos, esses atores vêm movimentando um número significativo de ativos de carbono, no chamado mercado voluntário de créditos de carbono. Se o mercado regulado é considerado, até os dias de hoje, como algo a ser compreendido e estudado, visto sua incipiência, o mesmo deve ser dito em relação ao mercado voluntário, ainda mais desconhecido e instigante que o primeiro. Desta forma, o presente projeto de pesquisa tem por objetivo investigar o mercado voluntário de carbono no Brasil, selecionando-se 10 (dez) projetos que já negociaram créditos de carbono e comparando-os com 10 (dez) projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), do mercado regulado de carbono, já estudados na primeira fase dessa pesquisa. A matriz analítica a ser construída para este estudo comparativo de casos múltiplos terá como ponto de partida a base conceitual-empíric. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (5) . , Integrantes: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes - Integrante / Luana Queiroz de Farias - Integrante / Jose Célio Silveira Andrade - Coordenador / André Luis Rocha de Souza - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2017

    Governança Ambiental Global e Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, Descrição: Linha de pesquisa: Empresas Brasileiras e Projetos de Mecanismos de Desenvolvimento Limpo. Objetivo: Analisar a utilização dos projetos de MDL pelas empresas brasileiras, tendo como foco a verificação das motivações e dificuldades para a sua implantação, as reais conseqüências e benefícios, no curto e no longo prazo, que tal mecanismo pode trazer para os países em desenvolvimento que o adotam e sua relação com o desenvolvimento sustentável.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Guineverre Alvarez Machado de Melo Gomes - Integrante / Luana Queiroz de Farias - Integrante / Jose Célio Silveira Andrade - Coordenador / André Luis Rocha de Souza - Integrante.

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Sul da Bahia, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências do Campus Paulo Freire. , Praça Joana Angélica, São José, 45988058 - Teixeira de Freitas, BA - Brasil, Telefone: (73) 32912089

Experiência profissional

2019 - Atual

Universidade Federal do Cariri

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2018 - Atual

Universidade Federal do Sul da Bahia

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 03/2021

    Direção e administração, Centro de Formação em Desenvolvimento Territorial.,Cargo ou função, Integrante da Congregação Pro Tempore do CFDT.

  • 01/2021

    Direção e administração, Centro de Formação em Desenvolvimento Territorial.,Cargo ou função, Vice coordenadora do Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Sustentabilidade.

  • 01/2019

    Pesquisa e desenvolvimento, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências do Campus Paulo Freire.,Linhas de pesquisa

  • 07/2018

    Pesquisa e desenvolvimento, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências do Campus Paulo Freire.,Linhas de pesquisa

  • 03/2022 - 07/2022

    Ensino, Direito, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Direito Constitucional II

  • 03/2022 - 07/2022

    Ensino, CIÊNCIAS E SUSTENTABILIDADE, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Direito, ecocomplexidade e justiça ambiental

  • 10/2021 - 04/2022

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Formação em Desenvolvimento Territorial.,Cargo ou função, Integrante da Comissão de Avaliação de credenciamento de novos docentes do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Sustentabilidade.

  • 11/2021 - 03/2022

    Ensino, Direito, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Direito Constitucional I, Direito Processual Constitucional e Administrativo

  • 11/2021 - 03/2022

    Ensino, Gestão Ambiental, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fundamentos de Direito Ambiental

  • 08/2021 - 11/2021

    Ensino, Direito, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ciência do Direito (2 turmas)

  • 05/2021 - 08/2021

    Ensino, Direito, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Direito Internacional Público

  • 05/2021 - 08/2021

    Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História do Direito, Questões Socioambientais contemporâneas

  • 05/2021 - 08/2021

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Formação em Desenvolvimento Territorial.,Cargo ou função, Coordenação da Comissão de Autoavaliação do PPG Ciências e Sustentabilidade.

  • 04/2021 - 08/2021

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Formação em Desenvolvimento Territorial.,Cargo ou função, Integrante da Comissão de Seleção de Novos Estudantes do Programa de PósGraduação em Ciências e Sustentabilidade.

  • 02/2021 - 05/2021

    Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ciência do Direito, Oficina de textos acadêmicos e técnicos em Humanidades

  • 01/2021 - 04/2021

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Formação em Desenvolvimento Territorial.,Cargo ou função, Integrante da Comissão de Revisão do Regimento Interno do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Sustentabilidade - PPGCS.

  • 12/2020 - 04/2021

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Formação em Desenvolvimento Territorial.,Cargo ou função, Representante docente na Comissão Organizadora da Escolha de Decano/a e Vice-Decano/a do CFDT.

  • 10/2020 - 01/2021

    Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fundamentos de Direito Ambiental, Sociologia Jurídica

  • 02/2020 - 05/2020

    Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Direito e Ecocomplexidade, Fundamentos da Filosofia do Direito

  • 09/2019 - 12/2019

    Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Noções de Direito Público (duas turmas), Teorias do Estado

  • 06/2019 - 09/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências do Campus Paulo Freire.,Cargo ou função, Membro de Grupo de Trabalho para elaboração de APCN a nível de Mestrado Acadêmico.

  • 02/2019 - 06/2019

    Ensino, Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais e Suas Tecnologias, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Educação e Direitos Humanos

  • 09/2018 - 12/2018

    Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ciência do Direito, Sociologia jurídica

  • 08/2018 - 11/2018

    Direção e administração, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências do Campus Paulo Freire.,Cargo ou função, Vice-coordenação Colegiado de Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais.

  • 08/2018 - 11/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências do Campus Paulo Freire.,Cargo ou função, Presidente do Núcleo Docente Estruturante da Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais.

  • 06/2018 - 09/2018

    Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Campo das Humanidades: saberes e práticas, Pensamento Social e Político na Formação do Brasil

2011 - Atual

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 4

Atividades

  • 01/2012

    Pesquisa e desenvolvimento, NPGA.,Linhas de pesquisa

2016 - 2017

IUNI Educacional Unime Itabuna

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenador do curso de Direito, Carga horária: 40

2016 - 2017

IUNI Educacional Unime Itabuna

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Coordenador de Núcleo Docente Estruturante, Carga horária: 2

2016 - 2017

IUNI Educacional Unime Itabuna

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Presidente de Colegiado de Curso de Graduação, Carga horária: 2

Atividades

  • 12/2016

    Direção e administração, FACULDADE DO SUL.,Cargo ou função, Coordenadora do curso de Direito.

2018 - 2018

Faculdade Pitágoras de Eunápolis

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 6

2006 - 2011

Universidade Estadual de Santa Cruz

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

Outras informações:
Atua como Pesquisadora no Núcleo de Gestão Ambiental e Comunidades Sustentáveis vinculado ao programa do Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente

2008 - 2010

União Metropolitana de Educação e Cultura

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 15

Outras informações:
Ministrou as disciplinas Direito Constitucional e Introdução ao Estudo do Direito.

Atividades

  • 09/2008 - 01/2010

    Ensino, Direito, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Direito Constitucional, Introdução ao Estudo do Direito

2011 - 2011

Academia de Polícia Militar da Bahia

Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 9

Outras informações:
Leciona Direito Constitucional no Curso de Formação de Oficiais, bacharelado em Segurança Pública e Defesa Social, da Polícia Militar da Bahia.

2006 - 2008

UnisulBahia Faculdades Integradas do Sul da Bahia

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4

Atividades

  • 06/2006 - 08/2008

    Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Direitos Sociais da Criança e do Adolescente, Estatuto da Criança e do Adolescente, Estágio Supervisionado III