Renata Marra Toledo

Possui ensino-fundamental-primeiro-graupelo COLÉGIO SANTA MARIA NOVA SUIÇA(2009) e ensino-medio-segundo-graupelo COLÉGIO SANTA MARIA NOVA SUIÇA(2009). Tem experiência na área de Direito.

Informações coletadas do Lattes em 30/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Direito

2010 - Atual

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas

Ensino Médio (2º grau)

2007 - 2009

Colégio Santa Maria Nova Suíça

Ensino Fundamental (1º grau)

2007 - 2009

Colégio Santa Maria Nova Suíça

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Luiz Augusto Lima de Ávila

ÁVILA, Luiz Augusto Lima de; VASCONCELOS, Ricardo Guerra; MADEIRA, D. C.. O SISTEMA DO RECURSO DE AGRAVO NO NOVO CPC: UMA ANÁLISE CRÍTICA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas Barreiro).

Dhênis Cruz Madeira

MADEIRA, Dhenis Cruz.; AVILA, Luiz Augusto Lima de; VASCONCELOS, Ricardo Guerra. O sistema do recurso de agravo no Novo CPC: uma análise crítica. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Dhênis Cruz Madeira

O sistema de recurso de agravo no Novo CPC: uma análise crítica; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Direito) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais; Orientador: Dhenis Cruz Madeira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - 2014

    A INSERÇÃO DO ENSINO JURÍDICO NA FORMAÇÃO DO CIDADÃO. ESSENCIAL OU DISPENSÁVEL?, Descrição: O trabalho teve como objetivo discutir acerca da possibilidade da inserção do Direito básico na formação do cidadão, nas escolas de ensino fundamental e médio, visto que muitas são as vezes em que os cidadãos, por não conhecerem de seus direitos, ficam em estado de inércia, sem pleitear por aquilo que lhes é devido. Frente a isso, discutimos o tema, no sentido de se tal inércia possibilita maior espaço para as impunidades e abusos que, infelizmente, são bastante recorrentes em nossas sociedade. A Constituição brasileira prevê que ninguém poderá se escusar de cumprir alguma responsabilidade alegando desconhecimento da lei, no entanto, não seria obrigação do Estado fornecer aos cidadãos o mínimo conhecimento para que possam pleitear seus direitos de maneira plena? Dentro desta ótica, devem-se utilizar todos os recursos para que se tenha de forma consolidada a formação do cidadão, para que este indivíduo tenha a percepção necessária para não ter seu direito lesado ou tenha consciência do que se está pleiteando na jurisdição. Como objetivo específico, almejou-se um levantamento bibliográfico sobre o tema e a redação de uma monografia e participação na Semana de Iniciação Científica. . , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Renata Marra Toledo - Coordenador / Hudson Silva Gomes - Integrante / Dhenis Cruz Madeira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2013 - 2014

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas

Vínculo: , Enquadramento Funcional: