Davi Santos Oliveira

Possui Licenciatura em Química pela Universidade Federal do Amazonas (2017) e Mestrado em Química Orgânica pela Universidade Federal do Amazonas (2019). Atuou como aluno pesquisador desde de 2015 no Laboratório de Biomoléculas da Amazônia (Q-Bioma), participando de pesquisas nas áreas de química de produtos naturais e química analítica, recebendo honra ao mérito pelo 4° lugar na execução do Projeto Científico (2015). No período de 2017 a 2019 tem atuado em pesquisas com análise metabolômica de espécies do Gênero Copaifera, para a caracterização química a identificação de marcadores químicos multivariados. Durante o curso de mestrado realizou visitas e treinamentos nos laboratórios no Instituto Militar de Engenharia (IME-RJ) e no Laboratório de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico (LADETEC). Publicou dois artigos científicos. Possui experiência na área de Química Orgânica, com ênfase em Metabolômica, com conhecimentos práticos e teóricos em mapeamento metabólico de extratos vegetais por técnicas cromatográficas (TLC, MPLC, UHPLC), espectrometria de massas, quimiometria e fitoquímica. Atuou na docência pela instituição de ensino Escola Nilton Lins - Japiim, Manaus/ AM como professor de química de 02/2020 a 01/2022.

Informações coletadas do Lattes em 14/05/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em Química

2017 - 2019

Universidade Federal do Amazonas
Título: Estudo metabolômico do gênero Copaífera - Fabaceae,Ano de Obtenção: 2019
Valdir Florêncio da Veiga Júnior.Coorientador: Larissa Silveira Moreira Wiedemann. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Metabolôma; Espectrometria de Massas; Gênero Copaífera; Quimiometria.Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Produtos Naturais e Biomoléculas.

Graduação em Química

2013 - 2017

Universidade Federal do Amazonas

Ensino Médio (2º grau)

2009 - 2011

Escola Estadual Senador João Bosco Ramos de Lima

Idiomas

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Produtos Naturais.

Participação em eventos

II - Seminario Internacional de Tecnologia e Sustentabilidade - SINTES. 2016. (Seminário).

XXV - Congresso de Iniciação Cientifica da UFAM. Padronização de óleos de copaiba por cromatografia a gás (CG) e acoplada à espectrometria de massas (CG-EM). 2016. (Congresso).

XXV - Congresso de Iniciação Cientifica da UFAM. 2016. (Outra).

XXIV - Congresso de Iniciação Cientifica da UFAM. Estudos químicos e fisico-químicos de sementes de interesse para reflorestamento na Amazônia. 2015. (Congresso).

Comissão julgadora das bancas

Joel Aparecido Passo

Passo, J.A.. "Estudo metabolônico do género Copaifera - Fabaceae. 2019. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal do Amazonas.

Priscila Ferreira de Aquino

VEIGA JUNIOR, V. F.;AQUINO, P. F.; PASSO, J. A.. Estudo metabolômico do gênero Copaifera - Fabaceae. 2019. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal do Amazonas.

Priscila Ferreira de Aquino

VEIGA JUNIOR, V. F.;AQUINO, P. F.; NUNEZ, C. V.. Estudo metabolômico do gênero Copaifera - Leguminosae. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Química) - Universidade Federal do Amazonas.

Cecilia Veronica Núñez

NUNEZ, CECILIA VERÔNICA; AQUINO, P. F.; Veiga JR, V. F.. Estudo metabolômico do gênero Copaifera - Leguminosae. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Química) - Universidade Federal do Amazonas.

Foi orientado por

Larissa Silveira Moreira Wiedemann

Estudo Metabolômico do Gênero Copaifera ? Leguminoseae; 2017; Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal do Amazonas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Larissa Silveira Moreira Wiedemann;

Manuel de Jesus Vieira LIMA JÚNIOR

Estudos químicos e físico-químicos de sementes de interesse para reflorestamento na Amazônia; ; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Federal do Amazonas, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Manuel de Jesus Vieira Lima Junior;

Valdir Florencio da Veiga Junior

Padronização de óleos de copaíba por cromatografia a gás (CG) acoplado à espectrometria de massas (CG-EM); 2016; Iniciação Científica - Universidade Federal do Amazonas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Valdir Florencio da Veiga Junior;

Produções bibliográficas

  • ANTONIO, ANANDA DA SILVA ; OLIVEIRA, DAVI SANTOS ; CARDOSO DOS SANTOS, GUSTAVO RAMALHO ; PEREIRA, HENRIQUE MARCELO GUALBERTO ; WIEDEMANN, LARISSA SILVEIRA MOREIRA ; VEIGA-JUNIOR, VALDIR FLORÊNCIO DA . UHPLC-HRMS/MS on untargeted metabolomics: a case study with Copaifera (Fabaceae). RSC Advances , v. 11, p. 25096-25103, 2021.

  • OLIVEIRA, DAVI ; LIMA, LEANDRO ; ANTONIO, ANANDA ; WIEDEMANN, LARRISA ; VEIGA-JUNIOR, VALDIR . PERFIL METABÓLICO DOS EXTRATOS POLARES DAS FOLHAS, GALHOS E CASCAS DE Copaifera multijuga HAYNE (COPAÍBA MARI-MARI DA AMAZÔNIA) POR ESI-EM. QUIMICA NOVA , v. 43, p. 72/1-77, 2019.

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2016

    Padronização de óleos de copaiba por cromatografia a gás (CG) e acoplada à espectrometria de massas (CG-EM), Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Valdir Florencio da Veiga Junior em 18/04/2022., Descrição: As espécies do gênero Copaifera estão entre as mais estudadas no mundo, por sua importância ecológica e econômica, tendo um intenso processo de inserção no mercado de cosméticos devido às propriedades terapêuticas de seu óleo possui. A padronização dos óleos de Copaifera multijuga possibilitou categorizar regiões características dos espectros por cromatografia gasosa uma técnica muito sensível na detecção de compostos orgânicos. A variedade nas amostras da mesma espécie possibilitou uma boa leitura no tratamento dos dados, possibilitando estabelecer padrões característicos da espécie. O estudo se mostrou muito satisfatório e eficaz determinando características antes, não observadas para a espécie.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Davi Santos Oliveira - Integrante / Valdir Florêncio da Veiga Junior - Coordenador.

Projetos de desenvolvimento

  • 2014 - 2015

    Estudos químicos e fisico-químicos de sementes de interesse para reflorestamento na Amazônia, Descrição: Muitos espécies nativas com frutos e sementes presentes no território brasileiro disponibilizam importantes recursos de potencial econômico e sustentável. A pesquisa deu amparos para a contribuição na elaboração de tabelas de composição de alimentos e verificação de perfil químico e físico-químico podendo contribuir, por exemplo, na área de biocombustíveis. Visando que muitas espécies nativas da Amazônia ainda possuem seus potenciais inexplorados. O pouco conhecimento sobre a composição química de determinadas sementes de espécies amazônicas motivou a realização desse projeto, , pois, além de apresentar importante potencial econômico, deu sustentações experimentais para subsidiar o cultivo e a seleção adequada visando ao seu aproveitamento na indústria de alimentos, madeireira e reflorestamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Davi Santos Oliveira - Integrante / Manuel de Jesus da V. Lima Junior - Coordenador.

  • 2014 - 2015

    Estudos químicos e fisico-químicos de sementes de interesse para reflorestamento na Amazônia, Descrição: Muitos espécies nativas com frutos e sementes presentes no território brasileiro disponibilizam importantes recursos de potencial econômico e sustentável. A pesquisa deu amparos para a contribuição na elaboração de tabelas de composição de alimentos e verificação de perfil químico e físico-químico podendo contribuir, por exemplo, na área de biocombustíveis. Visando que muitas espécies nativas da Amazônia ainda possuem seus potenciais inexplorados. O pouco conhecimento sobre a composição química de determinadas sementes de espécies amazônicas motivou a realização desse projeto, , pois, além de apresentar importante potencial econômico, deu sustentações experimentais para subsidiar o cultivo e a seleção adequada visando ao seu aproveitamento na indústria de alimentos, madeireira e reflorestamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Davi Santos Oliveira - Integrante / Manuel de Jesus da V. Lima Junior - Coordenador.

  • 2014 - 2015

    Estudos químicos e fisico-químicos de sementes de interesse para reflorestamento na Amazônia, Descrição: Muitos espécies nativas com frutos e sementes presentes no território brasileiro disponibilizam importantes recursos de potencial econômico e sustentável. A pesquisa deu amparos para a contribuição na elaboração de tabelas de composição de alimentos e verificação de perfil químico e físico-químico podendo contribuir, por exemplo, na área de biocombustíveis. Visando que muitas espécies nativas da Amazônia ainda possuem seus potenciais inexplorados. O pouco conhecimento sobre a composição química de determinadas sementes de espécies amazônicas motivou a realização desse projeto, , pois, além de apresentar importante potencial econômico, deu sustentações experimentais para subsidiar o cultivo e a seleção adequada visando ao seu aproveitamento na indústria de alimentos, madeireira e reflorestamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Davi Santos Oliveira - Integrante / Manuel de Jesus da V. Lima Junior - Coordenador.

  • 2014 - 2015

    Estudos químicos e físico-químicos de sementes de interesse para reflorestamento na Amazônia, Descrição: Muitos espécies nativas com frutos e sementes presentes no território brasileiro disponibilizam importantes recursos de potencial econômico e sustentável. A pesquisa deu amparos para a contribuição na elaboração de tabelas de composição de alimentos e verificação de perfil químico e físico-químico podendo contribuir, por exemplo, na área de biocombustíveis. Visando que muitas espécies nativas da Amazônia ainda possuem seus potenciais inexplorados. O pouco conhecimento sobre a composição química de determinadas sementes de espécies amazônicas motivou a realização desse projeto, , pois, além de apresentar importante potencial econômico, deu sustentações experimentais para subsidiar o cultivo e a seleção adequada visando ao seu aproveitamento na indústria de alimentos, madeireira e reflorestamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Davi Santos Oliveira - Integrante / Manuel de Jesus da V. Lima Junior - Coordenador.

Prêmios

2015

Certificado de Honra ao Merito pelo 4° lugar na execução do Projeto Científico intitulado "Estudos químicos e físico-químicos de sementes de interesse para o reflorestamento na Amazônia", Pró-Reitoria de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Amazonas.

Histórico profissional

Experiência profissional

2015 - 2016

Universidade Federal do Amazonas

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estágio voluntário, Carga horária: 20

2020 - 2022

Escola Miguel de Cervantes - Unidade Japiim - Manaus/ AM

Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor da disciplina de química, Carga horária: 20