DEOCLÉCIO DOMINGOS GARBUGLIO

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual de Londrina (2005), Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas pela ESALQ/USP (2007) e Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas pela UFLA (2010). Atualmente Pesquisador do Programa Milho do Instituto Agronômico do Paraná-IAPAR e Docente no PPG em Agricultura Conservacionista, Área de Genética, Melhoramento e Biotecnologia Vegetal. Tem experiência na área de Melhoramento vegetal, com ênfase em Genética Quantitativa, atuando nos seguintes temas: Melhoramento de milho comum e milhos especiais; Registro e proteção de cultivares; Multiplicação de sementes; Conservação ex-situ de germoplasma, Interação genótipo x ambiente; Estabilidade e adaptabilidade; Estratificação ambiental; Programação computacional aplicada à pesquisa agropecuária

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas

2008 - 2010

Universidade Federal de Lavras
Título: Metodologia de estratificação ambiental e adaptabilidade via análise de fatores associada aos efeitos genotípicos e de interação genótipos por ambientes
Daniel Furtado Ferreira. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Agronomia (Genética e Melhoramento de Plantas)

2006 - 2007

Universidade de São Paulo
Título: Variabilidade genética em progênies S1 e depressão por endogamia em populações de milho (Zea mays L.),Ano de Obtenção: 2008
José Branco de Miranda Filho.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Zea mays L.; Depressão por endogamia; Variabilidade genética.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Genética Quantitativa / Especialidade: Melhoramento de Milho. Setores de atividade: Produção Vegetal.

Graduação em Agronomia

2001 - 2005

Universidade Estadual de Londrina
Título: Obtenção e Avaliação de Híbridos Intervarietais visando Seleção Recorrente, Extração de Linhagens e Síntese de Compostos
Orientador: Valéria C Pípolo / Co-orientador: Pedro Mário de Araújo
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Curso Reg. do Acesso a Biodivers., Biossegur. e suas Aplicações na Pesquisa. (Carga horária: 20h). , Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná, Brasil.

2017 - 2017

Autocad. (Carga horária: 42h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - PR, SENAC/PR, Brasil.

2016 - 2016

INCUBADORA DE PROJETOS E PROCESSOS - GESTÃO DE PROCESSOS. (Carga horária: 24h). , Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná, Brasil.

2016 - 2016

Software Genes - aplic. em exper. agríc. com ênfase no melh.gen. de plantas. (Carga horária: 40h). , Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná, Brasil.

2016 - 2016

Introd. à Seleção Genômica Ampla aplic. ao Melhoramento Genético de Plantas. (Carga horária: 24h). , Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná, Brasil.

2014 - 2014

Gestão de Pessoas e Equipe. (Carga horária: 24h). , SEBRAE, SEBRAE, Brasil.

2013 - 2013

Gerenciamento da Qualidade em Projetos. (Carga horária: 20h). , Universidade Norte do Paraná, UNOPAR, Brasil.

2013 - 2013

Planejamento Para Uso Racional da Água. (Carga horária: 20h). , Universidade Norte do Paraná, UNOPAR, Brasil.

2013 - 2013

Avaliação de Impactos Ambientais. (Carga horária: 20h). , Universidade Norte do Paraná, UNOPAR, Brasil.

2013 - 2013

Registro e Proteção de Cultivares. (Carga horária: 16h). , Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná, Brasil.

2013 - 2013

Gerenciamento de Impactos e Riscos Ambientais. (Carga horária: 20h). , Universidade Norte do Paraná, UNOPAR, Brasil.

2012 - 2012

Busca de Inform. tecnol. em BD de patentes. (Carga horária: 8h). , Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná, Brasil.

2011 - 2011

Seleção Assist. por MM para Caract. Quantitativos. (Carga horária: 5h). , Associação Brasileira de Melhoramento de Plantas, SBMP, Brasil.

2010 - 2010

Data Mining. (Carga horária: 24h). , Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná, Brasil.

2010 - 2010

Proteção e Registro de Cultivares. (Carga horária: 15h). , Instituto de Tecnologia do Paraná, TECPAR, Brasil.

2009 - 2009

Utilizacao do modelo DSSAT. (Carga horária: 40h). , Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná, Brasil.

2007 - 2008

Obtenção de híbridos de milho de endogamia parcial. (Carga horária: 452h). , Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná, Brasil.

2007 - 2007

Uso do software Genes. , Associação Brasileira de Melhoramento de Plantas, SBMP, Brasil.

2005 - 2005

Extensão universitária em Modelos Biométricos aplicados à análise de QTLs. , International Biometric Society, IBIOMSOC, Brasil.

2005 - 2005

Técnicas experimentais em Agronomia. (Carga horária: 64h). , Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.

2005 - 2005

Agronegócio. , Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.

2005 - 2005

Pós Colheita. , Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.

2005 - 2005

Técnicas de Apresentação de Trabalhos Científicos. (Carga horária: 24h). , Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná, Brasil.

2004 - 2004

O.G.M.s e Seleção Assistida por Marcd. Moleculares. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.

2004 - 2004

Biotecnologia e Biossegurança. (Carga horária: 36h). , Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.

2004 - 2004

Mapeamento Físico de DNA's Repetitivos Em Plantas. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.

2004 - 2004

Monitoria Acadêmica: Melhoramento de Plantas. (Carga horária: 102h). , Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.

2004 - 2004

Genética Quantitativa. (Carga horária: 68h). , Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Melhoramento Vegetal.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Estatística Experimental.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Tecnologia de Informação Aplicada ao Melhoramento Genético.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MONTECELLI, Almir ; LOMBARDI, Jossiane ; DENGLER, Ralf Udo ; BASSOI, Manoel Carlos ; FOLONI, Jose Salvador Simoneti ; RIEDE, Carlos Roberto ; CAMPOS, Luiz Alberto Cogrossi ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; PIRES, Luciana . VII Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale. 2013. (Congresso).

MONTECELLI, Almir ; LOMBARDI, Jossiane ; DENGLER, Ralf Udo ; FOLONI, Jose Salvador Simoneti ; BASSOI, Manoel Carlos ; RIEDE, Carlos Roberto ; CAMPOS, Luiz Alberto Cogrossi ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . VIII Forum Nacional do Trigo. 2013. (Congresso).

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; CAMPOS, Luiz Alberto Cogrossi ; RIEDE, Carlos Roberto ; SCHOLZ, Maria Brigida dos Santos ; SHIOGA, Pedro Sentaro . VI Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale. 2012. (Outro).

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; RODRIGUES, Ligia Deisy ; SCHUSTER, Ivan . 2 Encontro Paranaense de Melhoramento de Plantas. 2012. (Outro).

MACHADO, Juarez Campolina ; MODA-CIRINO, Vania ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . 1 Encontro Paranaense de Melhoramento de Plantas. 2010. (Outro).

BIANCO, R. ; BARROS, Alberto Sérgio Do Rêgo ; GERAGE, Antonio Carlos ; SHIOGA, Pedro Sentaro ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; ROVARIS, Sara Regina Silvestrin ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . XXVII Congresso Nacional de Milho e Sorgo. 2008. (Congresso).

BIANCO, R. ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; BARROS, Alberto Sérgio Do Rêgo ; GERAGE, Antonio Carlos ; SHIOGA, Pedro Sentaro ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; ROVARIS, Sara Regina Silvestrin . III Simpósio Brasileiro sobre a Lagarta-do-Cartucho, Spodoptera frugiperda. 2008. (Outro).

BIANCO, R. ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; GERAGE, Antonio Carlos ; SHIOGA, Pedro Sentaro ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; ROVARIS, Sara Regina Silvestrin . Workshop sobre Manejo e Etiologia da Mancha Branca do Milho. 2008. (Outro).

PÍPOLO, Valéria Carpentieri ; RINALDI, Danilo ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; SOUZA, Silvia Graciele Hulse . Curso e Atualização em Biotecnologia - da análise de DNA à clonagem animal. 2007. (Outro).

PÍPOLO, Valéria Carpentieri ; SOUZA, Silvia Graciele Hulse ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . 1º Workshop em Biossegurança - Avaliação de risco das liberações de OGMs no ambiente. 2006. (Outro).

PÍPOLO, Valéria Carpentieri ; GARCIA, José Eduardo ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; QUEIRÓZ, Agnelo ; RINALDI, Danilo ; MACHADO, Leandro Bonadio ; PAULA, Rafael Frederico de ; SIPIONI JUNIOR, Wilson ; MORENO, Thiago dos Santos Sábio . 1º CURSO DE EXTENSÃO EM BIOTECNOLOGIA E BIOSSEGURANÇA. 2004. (Outro).

UEL, Departamento de Agronomia ; NEVES, Pedro Manuel Olveira Janeiro ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; SATO, Alessandro Jeferson ; LUDOVICO, Edgard Inácio ; CAUS, Jeferson ; MAIA, Gabriel de Freitas ; ANDROCIOLI, Humberto Godoi ; NOVAES, Marcos Tsuchida ; MARTINS, Priscila ; PELISON, Rodrigo César ; CORRÊA, Rosana de Melo ; COSTA, Thais Martins Marques . VII Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia. 2003. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

8 Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação - EAITI.Membro do Comitê Externo do CNPq. 2018. (Encontro).

7 Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação - EAIT.Membro do Comitê Externo do CNPq. 2017. (Encontro).

VIII Forum Nacional do Trigo. 2013. (Outra).

VII Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale. 2013. (Congresso).

VI Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale. 2012. (Outra).

6 Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. Seleção de genitores para cruzamentos em trigo. 2011. (Congresso).

V Reunião da Comissão Brasileira de Pesqusia de Trigo e Triticale. 2011. (Outra).

Workshop de curadores de germoplasma do Brasil... 2011. (Simpósio).

XXXI Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Aveia. 2011. (Encontro).

XXVIII Congresso Nacional de Milho e Sorgo. Metodologia FGGA: Comparação de métodos para estudo da interação Genótipo x Ambiente. 2010. (Congresso).

V Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. ESTUDO DE POPULAÇÕES E DOS COMPONENTES DA PRODUÇÃO EM MILHO (Zea mays L.) ATRAVÉS DE CRUZAMENTO DIALÉLICO. 2009. (Congresso).

III Simpósio Brasileiro sobre a Lagarta-do-Cartucho, Spodoptera frugiperda. 2008. (Simpósio).

Workshop sobre Manejo e Etiologia da Mancha Branca em Milho. 2008. (Outra).

XII Simpósio de Atualização em Genética e Melhoramento de Plantas... 2008. (Simpósio).

XXVII Congresso Nacional de Milho e Sorgo. .. 2008. (Congresso).

4 Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. .. 2007. (Congresso).

1 Workshop em Biossegurança - Avaliação de riscos das liberações de OGMs no ambiente. 2006. (Outra).

II Simpósio brasileiro sobre a lagarta-do-cartucho, Spodoptera frugiperda. 2006. (Simpósio).

I Simpósio sobre colletotrichum graminicola. 2006. (Simpósio).

XXVI Congresso Nacional de Milho e Sorgo. .. 2006. (Congresso).

11 Simpósio de Estatística Aplicada à Experimentação Agronômica (SEAGRO).50ª Reunião Anual da Região Brasileira da Sociedade Internacional de Biometria (RBRAS). 2005. (Outra).

1 Simpósio Internacional de Grãos Armazenados Armazenados.1 Simpósio Internacional de Grãos Armazenados Armazenados. 2005. (Simpósio).

2 Simpósio Paranaense de Pós-Colheita.2 Simpósio Paranaense de Pós-Colheita. 2005. (Simpósio).

IX Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia.IX Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia. 2005. (Outra).

SEAGRO 2005.11 Simpósio de Estatística Aplicada à Experimentação Agronômica (SEAGRO). 2005. (Simpósio).

V Congresso Brasileiro de Agroinformática. .. 2005. (Congresso).

V Congresso Brasileiro de Agroinformática.11 Simpósio Brasileiro de Tecnologia da Informação no Agronegócio Cooperativo. 2005. (Simpósio).

XIII Seminário do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - CNPq/ Iapar.XIII Seminário do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - CNPq/ Iapar. 2005. (Seminário).

1 CURSO DE EXTENSÃO EM BIOTECNOLOGIA E BIOSSEGURANÇA.1 Curso de Extensão em Biotecnologia e Biossegurança. 2004. (Outra).

7 Encontro de Atividades Científicas da UNOPAR.7 Encontro de Atividade Científicas da UNOPAR. 2004. (Encontro).

I Simpósio Brasileiro sobre a Lagarta-do-Cartucho, Spodoptera Frugiperda.1 Simpósio Brasileiro sobre a Lagarta-do-Cartucho, Spodoptera frugiperda. 2004. (Simpósio).

VII Encontro Paranaense de Genética.VII Encontro Paranaense de Genética. 2004. (Encontro).

VIII Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia.VIII Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia. 2004. (Outra).

XXV Congresso Nacional de Milho e Sorgo. XXV Congresso Nacional de Milho e Sorgo. 2004. (Congresso).

1 Encontro Tecnológico de Milho Safrinha.1 Encontro Tecnológico de Milho Safrinha. 2003. (Encontro).

VII Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia.VII Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia. 2003. (Outra).

VI Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia.VI Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia - Participação do Engenheiro Agrônomo na Sociedade. 2002. (Outra).

Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia.V Mostra Acadêmica de Trabalhos de Agronomia. 2001. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Emanuel Gava

FARIA, Marcos Ventura; MATOS, José Wilacildo de;GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS. Análise dialélica utilizando componentes principais e divergencia genética em milho super doce. 2019. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

Aluno: Renan Guilherme Vanzo

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOSFERREIRA, Josué MaldonadoFONSECA JÚNIOR, Nelson da Silva. Capacidade combinatória entre dialelos parciais circulantes ao nível interpopulacional em milho. 2019. Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná.

Aluno: Felipe Teodoro Amorim

MACHADO, Andressa Cristina ZamboniFONSECA JÚNIOR, Nelson da SilvaGARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS. Diversidade genética em feijão paraa resistência ao nematóide das lesões radiculares. 2019. Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná.

Aluno: Renato Gonçalves Oliveira

FERREIRA, Josué Maldonado; GONCALVES, Leandro Simões Azeredo;GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS. Analise dialélica enntre populações de milho superdoce em diferentes épocas em Londrina. 2018. Dissertação (Mestrado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Maikon Guerith Baptistella da Silva

FERREIRA, Josué Maldonado; TEIXEIRA, Flavia França;GARBUGLIO, Deoclécio Domingos. Análise dialélica entre linhagens S6 de milho superdoce em diferentes ambientes no norte do Paraná. 2017. Dissertação (Mestrado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Natália Cristine Signori

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS; FONSECA, Inês Cristina de Batista;FONSECA JÚNIOR, Nelson da Silva. Interação genótipo x ambiente na qualidade tecnológica de trigo, cultivado na região norte do Paraná. 2017. Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná.

Aluno: Alline Sekiya

FERREIRA, Josué Maldonado; ARIAS, Carlos Alberto Arrabal;GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS. Indução de haploidia em populações de milho superdoce utilizando indutor gimnogenético. 2016. Dissertação (Mestrado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Polyana Barros Polido

SOUZA, Silvia Graciele Hulse; VALLE, Juliana Silveira do;GARBUGLIO, Deoclécio Domingos. Diversidade genética em trigo (Triticum aestivum) acessado por marcadores ISSR e Microsssatélites. 2014. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia Aplicada à Agricultura) - Universidade Paranaense.

Aluno: Jerônimo Gadens do Rosário

Mendes, Marcelo da Cruz;ZUCARELI, Claudemir; SANTA, Osmar Roberto Dalla;GARBUGLIO, Deoclécio Domingos. Inoculação com Azospirillum brasilense associado à redução da adubação nitrogenada de cobertura em cultivares de trigo. 2013. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual do Centro-Oeste.

Aluno: Eduardo Stefani Pagliosa

Pipolo, Antonio Eduardo;PRETE, Cássio Egidio CavenaghiGarbúglio, Deoclécio Domingos; MOREIRA, Jose Ubirajara Vieira; FONSECA JUNIOR, Nelson da Silva. Ganho genético em soja na região meridional do Brasil. 2016. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Cristiani Santos Bernini

PATERNIANI, Maria Elisa A.G. Z.; SIQUEIRA, Walter José; SAWAZAKI, Eduardo; COSTA NETTO, Antonio Paulino da;Garbuglio, Deoclécio Domingos. Seleção de progênies interpopulacionais de milho e estimativas de parâmetros genéticos relacionadas com tolerância à seca. 2015. Tese (Doutorado em Agricultura Tropical e Subtropical) - Instituto Agronômico de Campinas.

Aluno: Allan Henrique da Silva

PATERNIANI, Maria Elisa Ayres Guidetti Zagatto; NASCIMENTO JUNIOR, Alfredo;GARBUGLIO, Deoclécio Domingos; FERREIRA FILHO, Antonio Wilson Penteado; SIQUEIRA, Walter José. Triticale: Comportamento agronômico, estudo genético da tolerância à toxicidade de alumínio e estimativas de parâmetros genéticos. 2013. Tese (Doutorado em Agricultura Tropical e Subtropical) - Instituto Agronômico de Campinas.

Aluno: Raphael Rossi Silva

FONSECA, Inês Cristina de Batista;ZUCARELI, ClaudemirGARBUGLIO, Deoclécio Domingos. Adubação nitrogenada em cobertura no rendimento e qualidade de grãos de cultivares de trigo. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Paulo Campos Granado Zerbinatti

FONSECA JUNIOR, Nelson Silva; MACHADO, Juarez Campolina;GARBUGLIO, Deoclécio Domingos. Interação Genótipo x Ambiente em cultivares do grupo comercial carioca. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Maikon Guerith Baptistella da Silva

FERREIRA, Josué Maldonado; ARIAS, Carlos Alberto Arrabal;Garbuglio, Deoclécio Domingos. Análise dialélica de linhagens S6 de milho superdoce em diferentes ambientes no norte do Paraná. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Alline Sekiya

FERREIRA, Josué Maldonado; GONCALVES, Leandro Simões Azeredo;Garbuglio, Deoclécio Domingos. Indução à haploidia e duplicação cromossômica em milho superdoce para obtenção de linhagens homozigóticas. 2015.

Aluno: ANA CARLA MARTINS VIDOTTI

ZUCARELI, ClaudemirRIEDE, Carlos RobertoGARBUGLIO, Deoclécio Domingos. Avaliação de genótipos de trigo visando a biofortificação dos micronutrientes Fe e Zn. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: William Tsuyoshi Ogasawara

ARAÚJO, Pedro Mário deGARBUGLIO, Deoclécio Domingos; BARROS, Luiz Miguel de. Diferencial de produtividade entre cultivares de milho convencional e transgênico (Bt). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Mayara Camila Pereira

PÍPOLO, Valéria CarpentieriARAÚJO, Pedro Mário deGARBUGLIO, Deoclécio Domingos. Capacidade de combinação de linhagens S1 de populações de milho`para fins de seleção recorrente recíproca. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Miriam Suzane Vidotti

ZUCARELI, Claudemir; SILVA, Raphael Rossi;GARBUGLIO, Deoclécio Domingos. Análise biplot na avaliação de cultivares de trigo para forma dos grão e qualidade tecnológica. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Valquíria Sheila Zago

PÍPOLO, Valéria CarpentieriARAÚJO, Pedro Mário deGARBUGLIO, Deoclécio Domingos. Avaliação de populações de milho através de cruzamentos dialélicos. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Sara Regina Silvestrin Rovaris

FERREIRA, Josué MaldonadoARAÚJO, Pedro Mário deGARBUGLIO, Deoclécio Domingos. Dois ciclos de seleção recorrente na população de milho IPR 114. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Thales Pereira Barreto

PÍPOLO, Valéria CarpentieriGARBUGLIO, Deoclécio Domingos; Felici, P.H.N.. Seleção de famílias de meios irmãos na população de milho pipoca CMS-43. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Daiana Alves da Silva

PÍPOLO, Valéria CarpentieriGARBUGLIO, Deoclécio Domingos; Felici, P.H.N.. Avaliação de populações de milho crioulo em sistemas de agricultura familiar. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

José Branco de Miranda Filho

MIRANDA FILHO, Jose Branco de. Variabilidade genética em progênies S1 e depressão por endogamia em populações de milho (Zea mays L.).. 2008. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade de São Paulo.

CLAUDIO LOPES DE SOUZA JUNIOR

MIRANDA FILHO, J. B.; PINHEIRO, J. B.; Araújo, P.M.;SOUZA JUNIOR, C. L.. Variabilidade Genética em Progênies S1 e Depressão por Endogamia em Populações de Milho. 2008. Dissertação (Mestrado em Agronomia Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade de São Paulo.

Juarez Campolina Machado

FERREIRA, D. F.; ARAÚJO, P. M.; FONSECA JUNIOR, N. S.; SANTOS, J. B.;MACHADO, J. C.. Metodologia de estratificação ambiental e adaptabilidade via análise de fatores associadas aos efeitos genotipicos e da interação genótipos por ambientes. 2010. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras.

Daniel Furtado Ferreira

Ferreira, D. F.SANTOS, João Bosco dos; ARAUJO, P. M.; FONSECA JUNIOR, N. S.; MACHADO, J. C.. Metodologia de estratificação ambiental e adaptabilidade via análise de fatores associada aos efeitos genotípicos e de interação genótipos por ambientes. 2010. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras.

JOSÉ BALDIN PINHEIRO

PINHEIRO, J. B.; MIRANDA FILHO, José Branco de; Araújo, PM. Variabilidade genética em progênies S1 e depressão por endogamia em populações de milho (Zea mays L.). 2008. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Genética e Melhoramento de Plantas)) - Universidade de São Paulo.

Flávia Maria Avelar Gonçalves

FERREIRA, Daniel Furtado; ABREU, A. F. B.;GONCALVES, F. M. A.SANTOS, João Bosco dos. Estudo de Populações e dos Componentes da Produção em Milho (Zea mays L.) através de Cruzamento Dialélico. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras.

Ângela de Fátima Barbosa Abreu

FERREIRA, Daniel FurtadoABREU, A. de F. B.GONÇALVES, Flávia Maria AvelarSANTOS, João Bosco dos. Estudo de populações e dos componentes da produção em milho (Zea mays L.) através de cruzamento dialélico. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras.

Nelson da Silva Fonseca Júnior

FERREIRA, D. F.SANTOS, J. B.; ARAÚJO, P. M.;FONSECA JÚNIOR, N. S.; MACHADO, J. C.. Metodologia de estratificação ambiental e adaptabilidade via análise de fatores associada aos efeitos genotípicos e de interação genótipos por ambientes. 2010. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Assucena Adriana Pinhata

MACHINE LEARNING APPLIED TO WHITE MAIZE CLASSIFICATION FOR YIELD PERFORMANCE FROM AGRONOMIC AND EDAPHOCLIMATIC INFORMATIONS; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná; (Orientador);

Lahys Fernanda Silva

Scott-Knott aplicado à quantificação de percentuais simples e complexo da interação genotipo x ambiente; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná; (Orientador);

Jackson Tavela da Silva

Desenvolvimento de algoritmos em R com ênfase em redes neurais aplicadas ao melhoramento de plantas; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná; (Orientador);

Maria Angélica Marçola

Parametros genéticos obtidos em progenies da cultivar de milho IPR 164; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Fundação de Apoio a Pesquisa Agropecuária; (Orientador);

Elcio Friske

Análise dialélica para dry-down e qualidade industrial em grãos de milho na segudna safra; Início: 2018; Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Gabriela Inocente

Diverisdade genética em milho acessada através de dialelo parcial circulante interpopulacional e marcadores moleculares; Início: 2016; Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Kelly Pelizzaro

Início: 2018; Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;

Yasmin Moura Araujo

Desenvolvimento de linhagens tropicais de milho, indutoras de haploidia gimnogenética; Início: 2019 - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Renan Guilherme Vanzo

Capacidade combinatória entre dialelos parciais circulantes ao nível interpopulacional em milho; 2019; Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Natália Cristine Signori

Interação genótipo x ambiente na qualidade tecnológica de trigo, cultivado na região norte do Paraná; 2017; Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Fernando Cesar Carducci

Cultivares de café arábica com resistência a manha aureolada; 2017; Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Gabriela Inocente

AVALIAÇÕES DE POPULAÇÕES DE MILHO ATRAVÉS DE CRUZAMENTO DIALÉLICO; 2016; Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Mariana Mantelato Neiva

Incidência de Hipothenemus hampei (Ferrari, 1867) (Coleoptera: Scolytidae) e Leucoptera coffeella Guèrin-Méneville, 1842) (Lepidoptera: Lyonetiidae) em café cultivado em diferentes sistemas agroflorestais; 2016; Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Patrícia Meirieli Marini

Estudos histopatológicos da resistência de aveia branca a Meloidogyne incognita; 2015; Dissertação (Mestrado em AGRICULTURA CONSERVACIONISTA) - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Daiana Alves da Silva

Avaliação de populações de milho crioulo em sistemas de agricultura familiar; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Thales Pereira Barreto

Seleção de famílias de meios irmãos na populáção de milho pipoca CMS-043; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Yasmin de Moura Araújo

Análise de fatores aplicada a estudos de adaptabilidade de cultivares de milho e estratificação ambiental; 2018; Iniciação Científica - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Helio de Souza Junior

Seleção de híbridos promissores de milho para diferentes variáveis agronômicas; 2018; Iniciação Científica - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Fundação Araucária; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Priscila Maria de Moraes

Desenvolvimento de linhagens tropicais de milho, indutoras de haploidia gimnogenética; 2018; Iniciação Científica - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Guilherme Fernandes Tavela

Análise de divergencia genética entre linhagens de milho através de variáveis multicategóricas; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Priscila Maria Moraes da Silva

Desenvolvimento de linhagens tropicais de milho, indutoras de haploidia gimnogenética; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Norte do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Guilherme Fernandes Tavela

SELEÇÃO DE LINHAGENS PROMISSORAS DE TRIGO, PARA DIFERENTES VARIÁVEIS AGRONÔMICAS; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

DOUGLAS MARIANI ZEFFA

Seleção de linhagens promissoras de trigo para diferentes variáveis agronômicas; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina, IAPAR; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Angélica Araujo de Oliveira

Avaliação de genótipos de trigo para tolerância ao alumínio; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Rogerson Hideyuki Thomé Komura

Seleção de linhagens promissoras de trigo, para diferentes variáveis agronômicas; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Centro Universitário Filadélfia, IAPAR; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Victorio Sinegallia Costa

Interação genótipo x ambiente na avaliação de linhagens avançadas de aveia granífera; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Centro Universitário Filadélfia, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Angélica Araujo de Oliveira

Caracterização, conservação e pré-melhoramento do banco ativo de germoplasma de trigo do IAPAR; ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Victorio Sinegalia Costa

Diversidade genetica entre acessos do BAG-Trigo do IAPAR estimada através de variáveis quantitivas; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Centro Universitário Filadélfia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Luiz Gustavo Batista Ferreira

Caracterização, conservação e pré-melhoramento do banco ativo de germoplasma de trigo do IAPAR; ; 2011; Iniciação Científica - Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Angélica Araujo de Oliveira

Caracterização e avaliação de acessos do banco ativo de germoplasma de trigo do IAPAR; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Rogerson Hideyuki Thomé Komura

Caracterização, conservação e pré-melhoramento do banco ativo de germoplasma de trigo do IAPAR; ; 2011; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Centro Universitário Filadélfia, Fundação Araucária; Orientador: Deoclécio Domingos Garbuglio;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Pedro Mário de Araújo

Variabilidade genética em progênies S1 e depressão por endogamia em populações de milho (Zea mays L; ); 2007; Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Pedro Mário de Araújo;

Pedro Mário de Araújo

Obtenção e Avaliação de Híbridos Intervarietais Visando Seleção Recorrente, Extração de Linhagens e Síntese de Compostos em Milho; 2005; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Pedro Mário de Araújo;

Pedro Mário de Araújo

Obtenção e Avaliação de Híbridos Intervarietais visando Seleção Recorrente, Extação de Linhagens e Síntese de Compostos; 2004; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Pedro Mário de Araújo;

Pedro Mário de Araújo

Desenvolvimento de Híbridos de Linhagens S2 de Milho; 2003; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Pedro Mário de Araújo;

José Branco de Miranda Filho

Variabilidade genética em progênies S1 e depressão por endogamia em populações de milho (Zea mays L; ); ; 2007; Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Jose Branco de Miranda Filho;

Daniel Furtado Ferreira

Metodologia de estratificação ambiental e adaptabilidade via análise de fatores associada aos efeitos genotípicos e de interação genótipos por ambientes; 2010; Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Daniel Furtado Ferreira;

VALÉRIA CARPENTIERI PÍPOLO

Obtenção e avaliação de híbridos intervarietais visando seleção recorrente, extração de linhagens e síntese de compostos; 2006; 42 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Valéria Carpentieri-Pípolo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . SISPOS - Sistema de gerenciamento de dados acadêmicos. REVISTA DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL , v. 1, p. 9-9, 2019.

  • COUTO, EVELLYN GISELLY DE OLIVEIRA ; CURY, MAYARA NEVES ; BANDEIRA E SOUZA, MASSAINE ; GRANATO, ÍTALO STEFANINE CORREIA ; VIDOTTI, MIRIAM SUZANE ; DOMINGOS GARBUGLIO, DEOCLÉCIO ; CROSSA, JOSÉ ; BURGUEO, JUAN ; FRITSCHE-NETO, Roberto . Effect of F1 and F2 generations on genetic variability and working steps of doubled haploid production in maize. PLoS One , v. 14, p. e0224631, 2019.

  • GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . IPRDataCol - software for field labelling and data storage. Crop Breeding and Applied Biotechnology , v. 18, p. 343-348, 2018.

  • ROVARIS, Sara Regina Silvestrin ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; Garbuglio, Deoclécio Domingos ; AZEVEDO, CLEBER VINICIUS GUIARETTA DE ; Prete, Cássio Egídio Cavenaghi . Genetic characterization of the 28 maize landraces in Paraná State. SEMINA. CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ONLINE) , v. 38, p. 1715-1726, 2017.

  • GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; MIRANDA FILHO, José Branco ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; GERAGE, Antonio Carlos . Inbreeding depression in maize populations and its effects on the obtention of promising inbred lines. SEMINA. CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ONLINE) , v. 38, p. 2981, 2017.

  • BARICHELLO, DILIANE ; FARINACIO, RENATO ; SANTOS, CAMILLA CARVALHO NUMES DOS ; ANDRADE, GISELLY APARECIDA ; NAGASHIMA, GETÚLIO TAKASHI ; Garbúglio, Deoclécio Domingues ; YADA, INÊS FUMIKO UBUKATA ; TRAVENSOLO, REGIANE DE FÁTIMA ; BIANCHI, BEATRIZ CUTILAK ; VIEIRA, LUIZ GONZAGA ESTEVES ; CARLOS, Eduardo Fermino . Drought-tolerant transgenic Swingle Citrumelo controls accumulation of proline modulating the expression of key genes of the proline metabolism. Citrus Research & Technology , v. 38, p. 1-12, 2017.

  • GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . IPRDATACOL - GERADOR DE ETIQUETAS DE CAMPO E ARMAZENAMENTO DE DADOS. REVISTA DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL , v. 1, p. 147-147, 2017.

  • GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . PREDHDT - Predição de hibridos duplos e triplos de milho. REVISTA DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL , v. 1, p. 144-144, 2017.

  • GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . SCE - CALCULO DE DEPRESSÃO ENDOGAMICA COM DUAS GERAÇÕES. REVISTA DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL , v. 1, p. 145-145, 2017.

  • RIEDE, Carlos Roberto ; CAMPOS, Luiz Alberto Cogrossi ; ARRUDA, Klever Marcio Antunes ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; SILVA, Avahy Carlos da . IPR Aimoré - Triticale cultivar of early maturity and wide adaptation.. Crop Breeding and Applied Biotechnology (Online) , v. 16, p. 361-364, 2016.

  • MARINI, PATRÍCIA M. ; GARBUGLIO, DEOCLÉCIO D. ; DORIGO, ORAZÍLIA F. ; MACHADO, ANDRESSA C. Z. . Histological characterization of resistance to Meloidogyne incognita in Avena sativa. Tropical Plant Pathology , v. 41, p. 203-209, 2016.

  • MACHADO, A. C. Z. ; SILVA, S. A. ; DORIGO, O. F. ; RIEDE, C. R. ; GARBUGLIO, D. D. . Phenotypic variability and response of Brazilian oat genotypes to different species of root-knot and root-lesion nematodes. European Journal of Plant Pathology , v. 141, p. 111-117, 2015.

  • Garbuglio, Deoclécio Domingos ; FERREIRA, DANIEL FURTADO . FGGE method: description and application in data from maize cultivars. Euphytica (Wageningen) , v. 204, p. 723-737, 2015.

  • RIEDE, Carlos Roberto ; CAMPOS, Luiz Alberto Cogrossi ; OKUYAMA, Lauro Akio ; SCHOLZ, MARIA BRÍGIDA DOS SANTOS ; SHIOGA, Pedro Sentaro ; PÓLA, JOSE NILVADO ; MACHADO, Juarez Campolina ; GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . IPR CATUARA TM - new cultivar of high gluten wheat. Crop Breeding and Applied Biotechnology (Online) , v. 15, p. 56-58, 2015.

  • RIEDE, Carlos Roberto ; GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS ; MACHADO, Andressa Cristina Zamboni ; PÓLA, JOSE NILVADO ; CARVALHAL, Renan ; ARRUDA, Klever Marcio Antunes . IPR AFRODITE - new oat cultivar with nematode resistance. Crop Breeding and Applied Biotechnology (Online) , v. 15, p. 278-281, 2015.

  • GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS ; FERREIRA, DANIEL FURTADO ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; GERAGE, Antonio Carlos ; SHIOGA, Pedro Sentaro . Comparison of multivariate methods for studying the GE interaction. Semina. Ciências Agrárias (Online) , v. 36, p. 3499-3516, 2015.

  • PAGLIOSA, EDUARDO STEFANI ; CARPENTIERI-PIPOLO, VALERIA ; Garbuglio, Deoclécio Domingos ; ORO, THIAGO HENRIQUE ; DE ALMEIDA LOPES, KARLA BIANCA ; ZUCARELI, Claudemir . Repeatability of Pre-Harvest Sprouting in Wheat. American Journal of Plant Sciences , v. 05, p. 1607-1613, 2014.

  • SOUZA, SGH ; SOUZA, SGH ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; CARPENTIERI-PÍPOLO, Valéria ; FONSECA JÚNIOR, Nelson da Silva ; RUAS, Claudete de Fátima ; RUAS, Paulo Maurício . Genetic Distance Estimated by RAPD Markers and Performance of Topcross Hybrids in Popcorn. American Journal of Plant Sciences , v. 12, p. 1666-1673, 2012.

  • SANTOS, Esmael Lopes dos ; Garbuglio, Deoclécio Domingos ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; GERAGE, Antonio Carlos ; SHIOGA, Pedro Sentaro ; PRETE, Cássio Egidio Cavenaghi . Uni and multivariate methods applied to studies of phenotypic adaptability in maize (Zea mays L.). Acta Scientiarum. Agronomy (Online) , v. 33, p. 633-639, 2011.

  • ROVARIS, Sara Regina Silvestrin ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; Prete, Cássio Egídio Cavenaghi ; Zago, Valquíria Sheila ; Silva, Lucas José Ferreira da . Estimates of genetic parameter in maize commercial variety IPR 114 at Paraná State, Brazil. Acta Scientiarum. Agronomy (Online) , v. 33, p. 621-625, 2011.

  • PÍPOLO, Valéria Carpentieri ; SOUZA, Agnelo de ; SILVA, Daiana Alves ; BARRETO, Thales Pereira ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; FERREIRA, Josué Maldonado . Avaliação de cultivares de milho crioulo em sistemas de baixo nível tecnológico. Acta Scientiarum (UEM) , v. 32, p. 229-233, 2010.

  • COSTA, Luciana ; RIEDE, Carlos Roberto ; ZUCARELI, Claudemir ; CARPENTIERI-PÍPOLO, Valéria ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Identification of promising wheat genotypes for crossing. Crop Breeding and Applied Biotechnology (Online) , v. 11, p. 82-87, 2010.

  • GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; MIRANDA FILHO, José Branco ; CELLA, Marcos . Variabilidade genética em famílias S1 de diferentes populações de milho. Acta Scientiarum (UEM) , v. 31, p. 209-213, 2009.

  • GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; PÍPOLO, Valéria Carpentieri ; BRUEL, Daniela Cristina ; NEVES, Carmen Silvia Vieira Janeiro ; SOUZA, Silvia Graciele Hulse . Frutificação e desenvolvimento de frutos de aceroleira no Norte do Paraná. Ciência Rural (UFSM. Impresso) , v. 38, p. 1871-1876, 2008.

  • GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; RINALDI, Danilo ; PÍPOLO, Valéria Carpentieri ; GERAGE, Antonio Carlos ; RUAS, Claudete de Fátima ; FONSECA JUNIOR, Nelson Silva ; SOUZA, Agnelo de ; SOUZA, Silvia Graciele Hulse . Correlação entre heterose e divergência genética estimadas por cruzamentos dialélicos e marcadores moleculares rapd em populações de milho-pipoca. Bragantia (São Paulo, SP. Impresso) , v. 66, p. 183-192, 2007.

  • CUCOLOTTO, Mauro ; PÍPOLO, Valéria Carpentieri ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; FONSECA JUNIOR, Nelson Silva ; KAMIKOGA, Marcos Kazuyuki . Genotype x environment interaction in soybean: evaluation from three methodologies. Crop Breeding and Applied Biotechnology (Impresso) , v. 7, p. 271-278, 2007.

  • GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; GERAGE, Antonio Carlos ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; FONSECA JUNIOR, Nelson Silva ; SHIOGA, Pedro Sentaro . Análise de fatores e regressão bissegmentada em estudos de estratificação ambiental e adaptabilidade em milho. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , v. 42, p. 183-191, 2007.

  • GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; MENDONÇA, Osmair ; PÍPOLO, Valéria Carpentieri ; FONSECA JUNIOR, Nelson Silva . Análise de fatores e estratificação ambiental na avaliação da adaptabilidade e estabilidade em soja. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , v. 42, p. 1567-1575, 2007.

  • BRUEL, Daniela Cristina ; PÍPOLO, Valéria Carpentieri ; GERAGE, Antonio Carlos ; FONSECA JUNIOR, Nelson Silva ; RUAS, Claudete de Fátima ; RUAS, Paulo Mauricio ; SOUZA, Silvia Graciele Hulse ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Correlation between genetic diversity estimated by RAPD markers and performance of maize hybrids. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , v. 41, p. 1491-1498, 2006.

  • ALVES, Sérgio José ; TOLEDO, José Francisco Ferraz de ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Comportamento de diferentes classes genéticas de milho com relação à estabilidade e adaptabilidade. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 5, p. 291-303, 2006.

  • GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; ARAÚJO, Pedro Mário de . Avaliação de híbridos intervarietais de milho (Zea mays l.) através de cruzamento dialélico parcial, considerando 4 ambientes. Semina. Ciências Agrárias , v. 27, p. 373-386, 2006.

  • GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; ARAÚJO, Pedro Mário de . Potencial Genético de Linhagens Parcialmente Endogâmicas de Milho e Híbridos Comerciais. UNOPAR Científica. Ciências Biológicas e da Saúde , Londrina, v. 5/6, n.1, p. 77-83, 2005.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . Comitê externo - CNPQ - IX EAITI - PIBITI 2019. 2019.

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . Comitê externo - CNPQ - VII EAITI - PIBITI 2018. 2018.

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Comitê externo - CNPq - VII EAITI - PIBITI. 2017.

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Ad hoc Fundação Araucária - projetos e relatórios de pesquisa. 2013.

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Ad hoc PIBIC/CNPq-FESURV 2011/12 - Processo de Seleção de Propostas para Bolsas. 2011.

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Plataforma Núcleo 1 - Genetic Access Control: gruponucleo1.com.br/nucleo1. 2012.

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Anais 2 Encontro Paranaense de Melhoramento de Plantas. 2012.

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . GetData - Captador de Dados para Determinadores de Umidade de Grãos. 2008.

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . EXECPlain 1.0.2007; Gerados de sorteios e cadernos de campo para blocos ao acaso. 2007.

CHIBANA, Eduardo Yasuji ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . COLETA FILIZOLA - Aplicativo para coleta de dados em Balanças Filizola para experimentos de campo. 2007.

CHIBANA, Eduardo Yasuji ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . AiE ? Assistente para Impressão de etiquetas de campo com códigos de barra. 2007.

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . CD-Rom Disciplina de Melhoramento de Plantas UEL - 3AGR 014, Plantas Alógamas. 2004.

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Macro para Cálculo de Heterose Percentual Média. 2003.

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS ; GERAGE, Antonio Carlos ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; BIANCO, R. ; CUSTODIO, Adriano Augusto de Paiva ; BARROS, Alberto Sérgio Do Rêgo . Boletim Técnico n 92 - ISSN 0100-3054- Avaliação de Cultivares de milho - 2a Safra 2018. 2019.

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS ; SHIOGA, Pedro Sentaro ; GERAGE, Antonio Carlos ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; BIANCO, R. ; CUSTODIO, Adriano Augusto de Paiva ; BARROS, Alberto Sérgio Do Rêgo . Boletim Técnico n 91 - ISSN 0100-3054- Avaliação de Cultivares de milho - Safra 2017/2018. 2018.

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS ; SHIOGA, Pedro Sentaro ; GERAGE, Antonio Carlos ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; BIANCO, R. ; CUSTODIO, Adriano Augusto de Paiva ; BARROS, Alberto Sérgio Do Rêgo . Boletim Técnico n 90 - ISSN 0100-3054- Avaliação de Cultivares de milho - 2a Safra 2017. 2018.

SHIOGA, Pedro Sentaro ; GERAGE, Antonio Carlos ; ARAÚJO, Pedro Mário de ; BARROS, Alberto Sérgio Do Rêgo ; CUSTODIO, Adriano Augusto de Paiva ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Boletim Técnico n 89 - ISSN 0100-3054- Avaliação de Cultivares de milho - Safra 2016/2017. 2017.

BASSOI, Manoel Carlos ; RIEDE, Carlos Roberto ; CAMPOS, Luiz Alberto Cogrossi ; FOLONI, Jose Salvador Simoneti ; NASCIMENTO JUNIOR, Alfredo ; GARBUGLIO, Deoclécio Domingos ; ARRUDA, Klever Marcio Antunes . Cultivares de Trigo e Triticale - 2015 - Embrapa e IAPAR. 2015.

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . Seleção da cultivar é fator decisivo para safrinha de milho. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . Cultivares de nicho trazem diversificação e boa rentabilidade. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . Iapar apresenta novo boletim de cultivares de milho. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . Boletim técnico avalia cultivares para a safrinha de milho. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . Cuidado com os riscos da safrinha. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . Preço do milho para canjica pode chegar ao dobro do normal. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GARBUGLIO, DEOCLECIO DOMINGOS . Boletim técnico do Iapar avalia cultivares para a safrinha de milho. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Núcleo1 - Tecnologia da Informação Aplicada ao Melhoramento de Plantas. 2017; Tema: Tecnologia da Informação Aplicada ao Melhoramento de Plantas. (Site).

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Comitê Técnico-Científico para avaliação de trabalhos submetidos à VI RCBPTT. 2012. (Participação em Comitê Técnico-Científico).

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Genética e Melhoramento de Espécies Vegetais de Interesse Agronômico. 2005 (Palestra ministrada) .

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . MELHORAMENTO E GENÉTICA VEGETAL: Programas de Pesquisa e Desenvolvimento de Cultivares. 2005 (Palestra ministrada) .

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Melhoramento Genético de Plantas. 2005 (Palestra ministrada) .

GARBUGLIO, Deoclécio Domingos . Princípios de Experimentação Agrícola e Softwares Aplicados. 2004 (Aula Ministrada) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Utilização de plantas modelo no estudo funcional de genes envolvidos na resistência de doenças de culturas de interesse econômico para o Estado do Paraná, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Andressa Cristina Zamboni Machado - Integrante / Juarez Pires Tomaz - Integrante / Kelly Pelizzaro - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Multiplicação, manutenção e preservação de sementes genéticas de cereais de inverno., Descrição: Quando uma nova cultivar é desenvolvida, o melhorista prepara uma amostra que é utilizada para incrementar a quantidade de sementes que irá em última instância ser distribuída aos agricultores. A amostra é referida como semente genética uma vez que o melhorista é o responsável pela sua produção e manutenção. Com os objetivos de multiplicar as sementes genéticas de cereais de inverno e formar estoques iniciais para participação das linhagens e cultivares em ensaios cooperativos de rede (VCU), ensaios preliminares internos e formação de sementes nucleares que serão a base para futuras classes de sementes será desenvolvido o presente trabalho. A manutenção da pureza das principais cultivares será realizada em intervalos regulares. A preservação ex-situ das sementes de cultivares, linhagens, linhas avançadas e outro germoplasma de importância agronômica será realizada através de depósito em câmara fria apropriada para este fim. A semente utilizada para produzir a semente genética será derivada de coleções de avaliação ou de ensaios preliminares. As duas alternativas para a produção inicial de semente genética serão a seleção massal e o teste de progênies.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6

  • 2014 - 2016

    Avaliação de cultivares de trigo para o Paraná., Descrição: A indicação de novos cultivares de trigo de maior potencial produtivo, maior sanidade, qualidade tecnológica e outras características agronômicas de interesse deverão contribuir para o aumento da produtividade do trigo sem acarretar maiores custos aos agricultores. A diversificação de cultivares também será fator de redução de riscos, contribuindo para assegurar maior rentabilidade ao setor agro-industrial. As novas linhagens de trigo provenientes dos programas de melhoramento das instituições que trabalham com a espécie serão avaliadas em rede de ensaios de rendimento de grãos, conduzidos em diferentes regiões tritícolas do Paraná. A avaliação ao nível estadual, contemplando as diversas regiões produtoras, permitirá a identificação das melhores linhagens que se destaquem por atributos adaptativos após a determinação do Valor de Cultivo e Uso (VCU, Portaria 294 de 14/10/98 da Secretaria de Desenvolvimento Rural ?SDR). A rede de ensaios para determinação do VCU será conduzida cooperativamente pela parceria Instituto Agronômico do Paraná-IAPAR, Embrapa Soja e Fundação Meridional. Os resultados analisados em conjunto permitirão o ingresso no mercado de novos cultivares de trigo, que visam substituir os em cultivo e/ou que apresentem defeitos advindos principalmente da suscetibilidade à doenças e baixa aptidão industrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro / Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação., Número de produções C, T & A: 4

  • 2013 - 2016

    PLATAFORMA NÚCLEO 1 ? Sistema on-line para controle de sementes genéticas de cereais de inverno, Descrição: Quando uma nova cultivar é desenvolvida, o melhorista prepara uma amostra que é utilizada para incrementar a quantidade de sementes que irá, em última instância, ser distribuída aos agricultores. A amostra é referida como semente genética uma vez que o melhorista é o responsável pela sua produção, catalogação, manutenção e repasse para produção de sementes básicas. O objetivo do presente trabalho será desenvolver um software multiplataforma (Windows, Linux e Mac) que esteja disponível na rede interna (LAN) do IAPAR e que permita aos melhoristas catalogarem e controlarem as quantidades disponíveis de sementes genéticas, bem como formar estoques iniciais para participação das linhagens e cultivares em ensaios cooperativos de rede (VCU), ensaios preliminares internos, formação de sementes nucleares e repasse para produção de semente básica. A manutenção da pureza genética das principais cultivares será realizada em intervalos regulares. A preservação ex-situ das sementes de cultivares, linhagens, linhas avançadas e outro germoplasma de importância agronômica será realizada através de depósito em câmara fria apropriada para este fim e cada saída de sementes será atualizada no sistema constantemente.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Carlos Roberto Riede - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Caracterização, conservação e pré-melhoramento do banco ativo de germoplasma de trigo do IAPAR., Descrição: Há uma crescente preocupação com o estreitamento da base genética das cultivares modernas de trigo, uma vez que os melhoristas têm preferido utilizar linhagens elites como genitores nos programas de melhoramento. Esta estratégia abre uma lacuna entre as atividades de recursos genéticos e de melhoramento. Enquanto os pesquisadores envolvidos com recursos genéticos coletam e conservam a variabilidade, os melhoristas não têm explorado a diversidade disponível. O objetivo do presente trabalho é regenerar, multiplicar, caracterizar, conservar e promover o pré-melhoramento dos recursos genéticos do Banco Ativo de Germoplasma de Trigo (BAGT) do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR). Para cumprir os objetivos será feita a regeneração de todos os acessos do BAGT do IAPAR. Em seguida será realizada a caracterização e avaliação dos acessos sendo que a cada ano, 209 acessos juntamente com 16 cultivares testemunhas serão avaliados. As atividades de pré-melhoramento serão realizadas primeiramente alocando os acessos em cada uma das categorias (conjuntos gênicos) de trigo. Em todas as etapas de avaliação, os genótipos que se destacarem para características específicas serão direcionados para avaliações mais elaboradas procurando identificar genes (alelos) de interesse econômico imediato ou potencial. Essa etapa de avaliação complementar enfocará informações sobre qualidade de grãos, tolerância a estresses bióticos e abióticos e produtividade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante., Número de produções C, T & A: 1

  • 2010 - 2012

    Identificação de fontes de resistência genética para brusone e giberela em genótipos de trigo, Descrição: A brusone (Pyricularia grisea) e a giberela (Fusarium graminearum) são as principais doenças de espiga da cultura do trigo no Paraná e juntas provocam significativas perdas quantitativas e qualitativas. O controle químico dessas doenças é pouco eficiente e os níveis de resistência genética das cultivares existentes é baixo. Então o objetivo deste trabalho será identificar fontes de resistência genética para brusone e giberela em genótipos de trigo. Pretende-se melhor estabelecer o controle genético como parte integrante do manejo de doenças de espiga. Para isso, a resistência genética da brusone e da giberela será avaliada em aproximadamente 100 genótipos de trigo em experimentos de campo, nos anos de 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014. Para a brusone os experimentos serão instalados em Londrina e para giberela em Ponta Grossa devido o clima ser favorável a doença. O delineamento experimental será em blocos ao acaso com três repetições e duas épocas de semeadura, a primeira em xx e a segunda em zz. A avaliação da resistência genética será baseada na severidade das doenças com auxílio de uma escala diagramática. Para favorecer a intensidade da brusone em Londrina os experimentos serão irrigados por aspersão convencional a partir da fase de emborrachamento das plantas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Coordenador., Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2010

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safrinha 2010, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safrinha 2009.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (3) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Coordenador / Esmael Lopes dos Santos - Integrante.

  • 2009 - 2010

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safra 2009/2010, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safra normal 2009/2010.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Coordenador / Esmael Lopes dos Santos - Integrante.

  • 2009 - 2009

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safrinha 2009, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safrinha 2009.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Coordenador / Esmael Lopes dos Santos - Integrante.

  • 2009 - 2009

    Melhoramento de linhagens indutoras de haploidia, Descrição: . Buscar, através de métodos convencionais e não convencionais, uma melhoria nas linhagens gimnogenéticas indutoras de haploidia de modo a maximizar a eficiência na obtenção de linhagens promissoras duplo-haplóides do programa de melhoramento genético da Dow Agrosciences Industrial Ltda.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (3) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Magno Sebastião de Oliveira - Integrante / Edimilson Linares - Integrante / Roberto Venceslau Carvalho - Coordenador / Leandro Vagno de Souza - Integrante / Renato Pereira - Integrante., Financiador(es): Dow Agrosciences Ind. Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2009

    Desenvolvimento de softwares aplicados ao melhoramento vegetal, Descrição: Desenvolver ferramentas computacionais específicas para maximizar a eficiência de serviços administrativos da Estação Experimental de Castro - PR. Dar treinamento básico para outros usuários de computadores. Realizar análises estatísticas via modelos mistos (BLUP) e métodos multivariados para estudar as interações genótipo x ambiente (GxA). Coordenar todas as atividades relacionadas com a entrada de dados e análises. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (3) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Magno Sebastião de Oliveira - Integrante / Edimilson Linares - Integrante / Roberto Venceslau Carvalho - Integrante / Leandro Vagno de Souza - Integrante / Renato Pereira - Integrante., Financiador(es): Dow Agrosciences Ind. Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2009

    Monitoramento e avaliação de ensaios para validação de cultivares de milho geneticamente modificados (GM), Descrição: Coordenar todas as atividades relacionadas à implementação deste projeto. Realizar o treinamento necessário para atender todos os procedimentos relacionados no manual ?RTSOPs? buscando o total cumprimento de tarefas. Dar suporte no treinamento de empregado para atender visitante e inspetores oficiais. Ser responsável pela coleta de dados e manter todos os livros de campo completos e atualizados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (4) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Magno Sebastião de Oliveira - Integrante / Edimilson Linares - Integrante / Roberto Venceslau Carvalho - Integrante / Leandro Vagno de Souza - Integrante / Renato Pereira - Integrante / André Brito - Integrante., Financiador(es): Dow Agrosciences Ind. Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2009

    Desenvolvimento e avaliação de linhagens Duplo-haplóides adaptadas à região Sul do Brasil, Descrição: Obtenção e avaliação linhagens endogâmicas de milho adaptadas para o Sul do Brasil, em regiões acima de 700m (subtropical alto) e abaixo de 700m (subtropical baixo) obtidas a partir de populações segregantes pelo método de dihaploidização, no programa de melhoramento genético da Dow Agrosciences Industrial Ltda. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (3) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Magno Sebastião de Oliveira - Integrante / Edimilson Linares - Integrante / Roberto Venceslau Carvalho - Integrante / Leandro Vagno de Souza - Integrante / Renato Pereira - Integrante., Financiador(es): Dow Agrosciences Ind. Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2009

    Avaliação de híbridos simples e triplos de milho para a região Sul do Brasil, Descrição: * Obtenção, desenvolvimento e avaliação de híbridos simples e triplos de milho adaptados para o Sul do Brasil, em regiões acima de 700m (subtropical alto) e abaixo de 700m (subtropical baixo) obtidos a partir de linhagens duplo-haplóides sintetizadas no programa de melhoramento genético da Dow Agrosciences Industrial Ltda. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (3) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Magno Sebastião de Oliveira - Coordenador / Edimilson Linares - Integrante / Roberto Venceslau Carvalho - Integrante / Leandro Vagno de Souza - Integrante / Renato Pereira - Integrante.

  • 2008 - 2009

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safra 2008/2009, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safra normal 2008/2009.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Coordenador / Esmael Lopes dos Santos - Integrante.

  • 2008 - 2008

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safrinha 2008, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safrinha 2008. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2011

    Obtenção de cultivares de triticale e centeio adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: O Brasil importa hoje cerca de 6 a 7 milhões de toneladas de trigo, mais da metade do que necessita para um consumo de 11/12 milhões de toneladas. O Paraná, maior produtor nacional desse cereal contribui com mais de 50% da produção nacional (cerca de 3,2 milhões de toneladas de grãos). A cultura do trigo no Estado vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas principalmente fitossanitários com esta cultura, procuravam-se alternativas para amenizar o problema. As tentativas anteriores ? mandioca, milho ou arroz ? não surtiram efeito. O triticale ? cereal híbrido de trigo e centeio ? e o próprio centeio apresentaram-se como promissores, em virtude de sua semelhança ao trigo e aceitação popular (no caso do centeio através dos pães pretos). O triticale tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas). A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Juntamente com os trabalhos com esse cereal, o projeto visa selecionar populações de centeio resistentes às ferrugem e resg. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante.

  • 2007 - 2008

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safra 2007/2008, Descrição: Safra 2007/2008 Descrição: * Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safra normal 2007/2008. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2007

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safrinha 2007, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safrinha 2007. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2008

    Genética da resistência a doenças em milho, Descrição: Avaliação de germoplasmas (1300 acessos e 110 populações) como fonte de resistência a doenças do milho causadas por: Puccinia polysora, Physopella zeae, Exserohilum turcicum, Phaeosphaeria maydis, e complexo enfezamento, síntese de novas populações e seleção recorrente para elevar o padrão de resistência. Estudo de marcadores moleculares.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / José Branco de MIranda Filho - Integrante / Andressa Gois MOrales - Integrante / Fernando Angelo Piotto - Integrante / Luis Eduardo Aranha Camargo - Coordenador / Onildo Nunes de Jesus - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2006 - 2007

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safra 2006/2007, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safra normal 2006/2007. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2006

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safrinha 2006, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safrinha 2006. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2006

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safra 2005/2006, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safra normal 2005/2006. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2005

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safrinha 2005, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safrinha 2005. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2007

    Interação genótipo x ambiente em linhagens de soja no Paraná, Descrição: Avaliação de linhagens de soja, em 9 regiões distintas no Estado do Paraná, com a finalidade de estudar a estabilidade e adaptabilidade das linhagens desenvolvidas pela Milenia Biotecnologia e Genética Ltda e definir possíveis similaridades entre os ambientes. Para produtividade, será realizados estudos de adaptabilidade e estabilidade das linhagens e verificação das similaridades entre os locais testados, por meio de metodologias basedas em Análise de Fatores e Regressões Simples e Bissegmentadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador.

  • 2004 - 2006

    Obtenção e Avaliação de híbridos intervarietais visando seleção recorrente , extração de linhagens e síntese de compostos, Descrição: * Obtenção, Desenvolvimento e Avaliação de híbridos intervarietais obtidos a partir de populações sintetizadas no programa de melhoramento genético do Iapar * Estimar parâmetros que venham a auxiliar na escolha de materiais para posteriores trabalhos com seleção recorrente, extração de linhagens e síntese de compostos. Fomento: Conselho Nacional de Pesquisa - CNPq.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Aparecido Sales de Carvalho - Integrante / Antonio Alves Ferreira - Integrante / Mauro de Souza Santos - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 4

  • 2004 - 2005

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safra 2004/2005, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safra normal 2004/2005.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2004

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safrinha 2004, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safrinha 2004. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2004

    Desenvolvimento de Híbridos de Linhagens S2 de Milho, Descrição: * Obtenção, Desenvolvimento e Avaliação de híbridos parcialmente endogâmicos obtidos a partir de linhagens S2; * Validar o método de CDPCI para seleção de linhagens dentro de um programa de desenvolvimento de híbridos de milho; * Selecionar híbridos de linhagens S2 com potencial para exploração comercial; * Definir metodologia para manutenção de linhagens parcialmente endogâmicas;. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Coordenador / Aparecido Sales de Carvalho - Integrante / Antonio Alves Ferreira - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Alberto Sérgio do Rêgo Barros - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná - Cooperação., Número de produções C, T & A: 3

  • 2003 - 2003

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safrinha 2003, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safrinha 2003.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2002 - 2008

    Desenvolvimento de populações melhoradas de milho para o Estado do Paraná, Descrição: Através dos diferentes métodos de melhoramento pretende-se desenvolver populações de ampla adaptação às condições de clima e solo do Paraná, sendo que estas devem apresentar boa rusticidade para suportar fatores adversos, que sejam eficientes na absorção de nutrientes, resistentes a pragas e doenças apresentando também alta produtividade para que possa manter a eficiência e competitividade da agricultura paranaense. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante.

  • 2002 - 2008

    Desenvolvimento de híbridos simples, triplo e duplos de linhagens de milho, Descrição: Obtenção, desenvolvimento e avaliação de híbridos simples e triplos de milho obtidos a partir de linhagens endogâmicas e híbridos de linhagens sintetizadas no programa de melhoramento genético do Instituto Agronômico do Paraná - IAPAR. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2002 - 2008

    Desenvolvimento de compostos de milho pipoca adaptados à região norte do Paraná, Descrição: O objetivo deste estudo foi avaliar através de cruzamentos "top-crosses" o potencial heterótico entre 14 populações de milho pipoca. Na safra 1997/1998 foram obtidos os híbridos "top-crosses" resultantes dos cruzamentos das populações com o testador que constituiu-se da mistura eqüitativa de sementes de todas as 14 populações. As populações e os híbridos foram avaliados a campo no delineamento de blocos ao acaso com 3 repetições. Foram realizadas as estimativas dos parâmetros genéticos e as análises de variâncias dos "top-crosses" e das populações. Com base nos resultados de produtividade e capacidade de expansão dos experimentos as populações UEL SI, UEL PAP, UEL ZP, UEL PP, CMS 043 e RS 20 foram as selecionadas para a síntese de compostos. O composto amplo formado a partir das populações UEL SI, UEL ZP, UEL PP, CMS 043 e RS 20 foi o mais promissor tanto para uso comercial como para o melhoramento. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (4) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Valéria Carpentieri Pípolo - Coordenador / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Agnelo de Souza - Integrante / Josué Maldonado Ferreira - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2002 - 2008

    Melhoramento participativo: Seleção cultivares de milho para sistemas de agricultura familiar, Descrição: Os objetivos principais dessa primeira etapa do projeto são: 1)Conservação e multiplicação de germoplasma local de milho. 2)Síntese de composto e populações sistéticas para uso em sistemas de agricultura familiar. 3) capacitar os agricultores de forma eles possam produzir suas próprias sementes. 4) Promover a sustentabilidade da agricultura familiar, através do fortalecimento do intercâmbio de variedades crioulas e as respectivas informações sobre o seu cultivo e usos, entre as famílias de agricultores e agricultoras. 5) Formação de alunos de graduação e pós graduação em melhoramento participativo. METAS: a)Treinamento e capacitação dos agricultores (ex assentados) estejam aptos a produzirem susas próprias sementes de milho. c) Conservação do germoplasma local variedades crioulas de milho. b) Envolver os agricultor no processo de seleção das variedades tornando-os co-responsável pelas decisões geradas. c) Elevação da taxa de adoção da variedades crioulas. d) Analisar e decidir juntamente com os agricultores os resultados obtidos. e) Melhorar o conhecimento por parte do grupo de pesquisa da Universidade dos sistemas de produção em uso pelo agricultores. f)I ntercâmbio de experiências entre agricultores e Universidade; g) Redução do tempo gasto entre a geração e a adoção da do germoplasma melhorado; h)Multiplicação e difusão dessas variedades entre os vizinhos pelos próprios agricultores. i)Possibilidade de se analisar os impactos sociais e econômicos gerados pela adoção da variedades crioulas melhoradas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (4) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Valéria Carpentieri Pípolo - Coordenador / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Agnelo de Souza - Integrante / Josué Maldonado Ferreira - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2002 - 2003

    Avaliação de cultivares de milho no Estado do Paraná ? Safra 2002/2003, Descrição: Avaliação de cultivares comerciais e pré-comerciais de milho com base em características apresentadas pelas cultivares, para assim, selecionar as que melhor se adaptam a determinados ambientes, levando em conta a sanidade destes materiais, durante a safra normal 2002/2003. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2012 - Atual

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - Atual

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro / Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação.

  • 2014 - Atual

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - Atual

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - Atual

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - Atual

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro / Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação.

  • 2014 - Atual

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - Atual

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - Atual

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - 2016

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2016

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - 2016

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2016

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - 2016

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2016

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante.Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - 2016

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador.Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2016

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2014 - 2016

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - 2016

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2016

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Avaliação Estadual de Cultivares de Milho Segunda Safra para o Estado do Paraná., Descrição: O Estado do Paraná tem se consolidado no cultivo de Milho Safrinha com uma expressiva área plantada,crescimento da produtividade e elevação da produção de grãos nos últimos anos, contribuindo de modo significativo no abastecimento desse importante cereal. O cultivo de milho nessa segunda safra, fora das condições climáticas ideais para o desenvolvimento da planta de milho, sofre as consequências deletérias desse ambiente, induzindo as plantas às significativas alterações nos seus metabolismos com efeitos diretos no rendimento de grãos. O presente trabalho será conduzido nas Regiões Norte e Oeste do Paraná com o objetivo de avaliar o comportamento das cultivares de milho na safrinha.Os resultados serão publicados na forma de Boletim Técnico e distribuída para vários segmentos envolvidas com o agronegócio no Estado do Paraná.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Rodolfo Bianco - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2017 - Atual

    Desenvolvimento de hibridos de linhagens de milho, Descrição: O advento do milho híbrido, introduzido na agricultura no final da década de 1920, constituiu-se em avanço significativo para a cultura e contribuiu decisivamente para que se obtivesse e se acumulasse informações científicas e práticas, acerca do aproveitamento da heterose ou vigor híbrido da geração F1, para esta e outras espécies vegetais. A estrutura morfológica das inflorescências do milho e suas disposições na planta facilitaram em muito o avanço dos estudos e domínio completo do método nesta espécie. A obtenção de híbridos com características agronômicas desejáveis e potencial produtivo elevado é objetivo deste projeto, através do qual espera-se oferecer material básico a pequenas empresas e cooperativas produtoras de sementes para que estas adquiram independência quanto a esse insumo, cujo mercado, em grande parte, é dominado por grandes corporações multinacionais. Atualmente, a EMBRAPA é a única empresa pública que fornece material básico de híbridos de milho a esse segmento de produtores de sementes, não conseguindo atender toda a demanda existente. O projeto prevê os seguintes procedimentos: - obtenção de linhagens homozigotas, através do processo de autofecundação; - avaliação da capacidade geral e específica de combinação das linhagens selecionadas; - síntese de híbridos simples, triplos e duplos; e - avaliação agronômica dos híbridos em ensaios de rendimento.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Rodolfo Bianco - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 5

  • 2017 - Atual

    Avaliação Estadual de Cultivares de Milho Primeira Safra para o Estado do Paraná., Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Rodolfo Bianco - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2014 - 2016

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - 2016

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2016

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Avaliação Estadual de Cultivares de Milho Primeira Safra para o Estado do Paraná., Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Rodolfo Bianco - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2017 - Atual

    Avaliação Estadual de Cultivares de Milho Segunda Safra para o Estado do Paraná., Descrição: O Estado do Paraná tem se consolidado no cultivo de Milho Safrinha com uma expressiva área plantada,crescimento da produtividade e elevação da produção de grãos nos últimos anos, contribuindo de modo significativo no abastecimento desse importante cereal. O cultivo de milho nessa segunda safra, fora das condições climáticas ideais para o desenvolvimento da planta de milho, sofre as consequências deletérias desse ambiente, induzindo as plantas às significativas alterações nos seus metabolismos com efeitos diretos no rendimento de grãos. O presente trabalho será conduzido nas Regiões Norte e Oeste do Paraná com o objetivo de avaliar o comportamento das cultivares de milho na safrinha.Os resultados serão publicados na forma de Boletim Técnico e distribuída para vários segmentos envolvidas com o agronegócio no Estado do Paraná.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Rodolfo Bianco - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2017 - Atual

    Desenvolvimento de hibridos de linhagens de milho, Descrição: O advento do milho híbrido, introduzido na agricultura no final da década de 1920, constituiu-se em avanço significativo para a cultura e contribuiu decisivamente para que se obtivesse e se acumulasse informações científicas e práticas, acerca do aproveitamento da heterose ou vigor híbrido da geração F1, para esta e outras espécies vegetais. A estrutura morfológica das inflorescências do milho e suas disposições na planta facilitaram em muito o avanço dos estudos e domínio completo do método nesta espécie. A obtenção de híbridos com características agronômicas desejáveis e potencial produtivo elevado é objetivo deste projeto, através do qual espera-se oferecer material básico a pequenas empresas e cooperativas produtoras de sementes para que estas adquiram independência quanto a esse insumo, cujo mercado, em grande parte, é dominado por grandes corporações multinacionais. Atualmente, a EMBRAPA é a única empresa pública que fornece material básico de híbridos de milho a esse segmento de produtores de sementes, não conseguindo atender toda a demanda existente. O projeto prevê os seguintes procedimentos: - obtenção de linhagens homozigotas, através do processo de autofecundação; - avaliação da capacidade geral e específica de combinação das linhagens selecionadas; - síntese de híbridos simples, triplos e duplos; e - avaliação agronômica dos híbridos em ensaios de rendimento.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Rodolfo Bianco - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 5

  • 2014 - 2016

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - 2016

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2016

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Avaliação Estadual de Cultivares de Milho Segunda Safra para o Estado do Paraná., Descrição: O Estado do Paraná tem se consolidado no cultivo de Milho Safrinha com uma expressiva área plantada,crescimento da produtividade e elevação da produção de grãos nos últimos anos, contribuindo de modo significativo no abastecimento desse importante cereal. O cultivo de milho nessa segunda safra, fora das condições climáticas ideais para o desenvolvimento da planta de milho, sofre as consequências deletérias desse ambiente, induzindo as plantas às significativas alterações nos seus metabolismos com efeitos diretos no rendimento de grãos. O presente trabalho será conduzido nas Regiões Norte e Oeste do Paraná com o objetivo de avaliar o comportamento das cultivares de milho na safrinha.Os resultados serão publicados na forma de Boletim Técnico e distribuída para vários segmentos envolvidas com o agronegócio no Estado do Paraná.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Rodolfo Bianco - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2017 - Atual

    Desenvolvimento de hibridos de linhagens de milho, Descrição: O advento do milho híbrido, introduzido na agricultura no final da década de 1920, constituiu-se em avanço significativo para a cultura e contribuiu decisivamente para que se obtivesse e se acumulasse informações científicas e práticas, acerca do aproveitamento da heterose ou vigor híbrido da geração F1, para esta e outras espécies vegetais. A estrutura morfológica das inflorescências do milho e suas disposições na planta facilitaram em muito o avanço dos estudos e domínio completo do método nesta espécie. A obtenção de híbridos com características agronômicas desejáveis e potencial produtivo elevado é objetivo deste projeto, através do qual espera-se oferecer material básico a pequenas empresas e cooperativas produtoras de sementes para que estas adquiram independência quanto a esse insumo, cujo mercado, em grande parte, é dominado por grandes corporações multinacionais. Atualmente, a EMBRAPA é a única empresa pública que fornece material básico de híbridos de milho a esse segmento de produtores de sementes, não conseguindo atender toda a demanda existente. O projeto prevê os seguintes procedimentos: - obtenção de linhagens homozigotas, através do processo de autofecundação; - avaliação da capacidade geral e específica de combinação das linhagens selecionadas; - síntese de híbridos simples, triplos e duplos; e - avaliação agronômica dos híbridos em ensaios de rendimento.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Rodolfo Bianco - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 5

  • 2017 - Atual

    Avaliação Estadual de Cultivares de Milho Primeira Safra para o Estado do Paraná., Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Mário de Araújo - Integrante / Antonio Carlos Gerage - Integrante / Rodolfo Bianco - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2014 - 2016

    Melhoramento Genético de Trigo para Produtividade, Qualidade Tecnológica, Sanidade e Tolerância a Fatores Abióticos, Descrição: A cultura do trigo é essencial para a exploração e ocupação do solo, no período de inverno na região sul e centro-sul do Brasil. Novas cultivares melhoradas, permitem maior competitividade ao produtor, reduzindo os efeitos negativos causados ao ambiente, pela utilização de excessivas quantidades de pesticidas, para controle de doenças e pragas. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior àqueles disponíveis hoje no mercado; b) qualidade tecnológica aceitável a industrialização e uso final. c) tolerância ao complexo acidez de solo; d) resistência às principais doenças ocorrentes como ferrugens, oídio, manchas foliares e doenças de espiga; e) tipo agronômico aceitável pelo produtor rural. A introdução de germoplasma prevista no projeto, se dará através do intercâmbio de material genético com outras instituições. O desenvolvimento de linhagens através de hibridações e desenvolvimento de populações envolverá a escolha de progenitores, planejamento e realização de cruzamentos, seleção em populações segregantes e reunião de linhagens uniformes para os testes de rendimento. A qualidade industrial ou tecnológica da farinha de trigo será determinada pelas características reológicas da farinha. Avaliações de linhagens para reação à germinação na espiga e tolerância ao alumínio tóxico do solo serão também realizadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Coordenador / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Jose Nivaldo Pola - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Integrante / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante / Renan Carvalhal - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2012 - 2016

    Obtenção de cultivares de aveia branca granífera adaptadas às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: No Brasil, o cultivo de aveia vem crescendo continuamente nos últimos anos, classificando-se em 2006 como a sétima cultura em área cultivada e a oitava em produção de grãos. A área passou de pouco mais de 20.000 há em 1980 para cerca de 357.000 ha cultivados, obtendo-se uma produção de mais de 500.000 toneladas, o que corresponde a um rendimento médio de 1.400 kg/ha (Conab, 2006). No Brasil, o cultivo da aveia, visando a produção de grãos e/ou forragem e ainda adubação verde, está concentrada no Sul do Brasil, especialmente nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existem áreas crescentes de cultivo também no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais. O aumento da área cultivada de aveia pode ser atribuída a necessidade de diversificação a nível de propriedade, aos preços favoráveis do mercado interno, barreiras à importação, disponibilidade de cultivares com potenciais de rendimento superior, ao aumento do consumo humano de alimentos a base de aveia, o desenvolvimento de bacias leiteiras e da terminação de bovinos nas regiões tradicionais de produção de grãos em pastagem cultivada e o grande consumo pelos eqüinos, nos hipódromos e haras. Os principais objetivos deste trabalho são o desenvolvimento de cultivares com: a) produtividade superior, b)-alta qualidade tecnológica e nutricional, c)-resistência às principais doenças da cultura, d) tolerância aos estresses ambientais e e)-tipo agronômico aceitável pelo produtor rural.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2016

    Obtenção de cultivares de triticale adaptados às condições edafoclimáticas do Paraná, Descrição: A cultura do trigo no Estado do Paraná (maior produtor nacional com mais de 50% da produção), vinha sendo a única opção de cultivo de inverno nas décadas de 70 e 80. Com o agravamento dos problemas, principalmente fitossanitários, procurou-se alternativas para amenizar os problemas como mandioca, milho ou arroz que não surtiram efeito. O triticale, um cereal obtido pela hibridação entre trigo e centeio, tem apresentado alto potencial de rendimento e resistência a fatores bióticos (doenças, pragas) e abióticos (acidez do solo, seca e geadas).A pesquisa com este cereal iniciada no Estado em 1969 dedicou-se desde então a introduzir, selecionar e avaliar novas cultivares de triticale, determinar as de maior rendimento de grãos e biomassa, resistentes às doenças, de melhor aspecto e qualidade industrial dos grãos para incorporá-las aos sistemas de produção regionais. Desde o lançamento do primeiro cultivar brasileiro de triticale importante (IAPAR 23-ARAPOTI) em Ponta Grossa em 1987, e recentemente do IPR 111, também em Ponta Grossa em 2003, este produto tornou-se significativo na produção de grãos panificáveis. Neste projeto prevê-se condução de coleções, populações híbridas e ensaios de rendimento preliminares, intermediários e finais, compostos pelas melhores linhagens/cultivares de triticale selecionadas no IAPAR e em outras instituições. Nesta linha objetiva-se realizar estudos sobre novos usos dos grãos, farinha e planta verde do triticale. Espera-se obter novos genótipos de triticale com características agronômicas superiores. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Deoclécio Domingos Garbuglio - Integrante / Pedro Sentaro Shioga - Integrante / Carlos Roberto Riede - Integrante / Luiz Alberto Cogrossi Campos - Integrante / Lauro Akio Okuyama - Integrante / Maria Brigida dos Santos Scholz - Integrante / Klever Marcio Antunes Arruda - Coordenador / Adriano Augusto de Paiva Custódio - Integrante., Financiador(es): Governo do Estado do Paraná - Auxílio financeiro / Fundação Meridional de Apoio à Pesquisa Agropecuária - Cooperação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2004

Menção Honrosa pelo Trabalho intitulado: Potencial Genético de Linhagens Parcialmente Endogâmicas (S2) de Milho (Zea mays L) e Viabilidade na Utilização de Híbridos Comerciais, durante o 7 Encontro de Atividades Científicas da Unopar, Universidade Norte do Paraná - UNOPAR.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, Publico, Unidade Londrina. , Rodovia Celso Garcia Cid, km 375. Área de Melhoramento e Genética Vegetal, Três Marcos, 86047902 - Londrina, PR - Brasil - Caixa-postal: 10030, Telefone: (43) 33762000, Ramal: 2295, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2013 - Atual

Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Docente - PPG em Agricultura Conservacionista, Carga horária: 4

2010 - Atual

Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2018 - 2018

Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador - PG Agricultura Conservacionista, Carga horária: 20

2016 - 2018

Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Coordenador-Conselho AC em GMBV / PPG-IAPAR, Carga horária: 2

2011 - 2016

Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Líder - Programa Cereais de Inverno, Carga horária: 40

2011 - 2015

Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro Comissão Interna de Biossegurança, Carga horária: 2

2006 - 2008

Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador em projeto de pesquisa

2002 - 2006

Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, IDR-Paraná

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

Outras informações:
Estágiário na Área de Melhoramento Genético Vegetal - Programa Milho, sob supervisão do pesquisador Dr. Pedro Mário de Araújo, desde o início do estágio até a presente data.

Atividades

  • 08/2004 - 02/2006

    Estágios , Publico, Unidade Londrina.,Estágio realizado, Melhoramento Genético Vegetal - Programa Milho - Bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / CNPq.

  • 08/2003 - 08/2004

    Estágios , Publico, Unidade Londrina.,Estágio realizado, Melhoramento Genético Vegetal - Programa MIlho - Bolsista Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná (FAADCT).

  • 04/2003 - 07/2003

    Estágios , Publico, Unidade Londrina.,Estágio realizado, Melhoramento Genético Vegetal - Programa Milho.

  • 11/2002 - 03/2003

    Estágios , Publico, Unidade Londrina.,Estágio realizado, Melhoramento Genético Vegetal - Programa Milho.

2013 - 2015

Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Vínculo: Consultor Ad Hoc, Enquadramento Funcional: Consultor Ad Hoc Projetos/Relatórios Técnicos, Carga horária: 2

2012 - 2013

Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Produtividade em Pesquisa, Carga horária: 20

2011 - 2013

Associação Brasileira de Melhoramento de Plantas

Vínculo: Secretário - Regional Paraná, Enquadramento Funcional: Secretário-Regional Paraná-Gestão 2011-2013, Carga horária: 1

2009 - 2009

Dow Agrosciences Industrial

Vínculo: Melhorista, Enquadramento Funcional: Engenheiro Sênior Pesquisa e Desenvolvimen, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2006 - 2008

Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Estudante de Pós-Graduação, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2004 - 2004

Universidade Estadual de Londrina

Vínculo: Monitorias, Enquadramento Funcional: Monitor Disciplina de Mlehoramento de Plantas, Carga horária: 3

Outras informações:
Monitor da Disciplina de Melhoramento de Plantas, na Universidade Estadual de Londrina, durante o ano de 2004 sob supervisão da Profa. Phd Valéria Carpentieri Pípolo.

2017 - Atual

Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio

Vínculo: Membro do Conselho Curador, Enquadramento Funcional: ., Carga horária: 2